Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Educação de RC supera legado de Luizianne Lins?

517 2

Com o título “Educação pública e a construção da cidadania”, eis artigo do professor universitário João Arruda. Ele comenta bons resultados obtidos pela gestão do prefeito Roberto Cláudio no plano educacional. Confira:

Alvíssaras! A educação pública de Fortaleza supera o triste legado da administração Luizianne Lins e já é uma das melhores do País.

Na contramão das notícias negativas que povoam o cotidiano dos brasileiros, Fortaleza e a administração Roberto Cláudio contemplam os seus munícipes com mais um feito que nos enchem de orgulho e contentamento: a educação de Fortaleza melhorou, deu um grande salto de qualidade e avançou em todos os indicadores de qualidade educacional.

A despeito da injustificada indiferença e do silêncio sepulcral de grande parte da mídia do nosso Estado, a educação oferecida pela Prefeitura de Fortaleza é reconhecidamente de boa qualidade. De acordo com a Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA), divulgada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), a educação pública de Fortaleza foi classificada como a melhor educação pública entre as capitais do Norte e Nordeste e uma das melhores do Brasil.

A notícia é ainda mais surpreendente quando constatamos que essa gigantesca transformação da qualidade do ensino de Fortaleza ocorreu em um curto período de quatro anos. Os fortalezenses lembram, com tristeza, da tragédia educacional Kafkiana legada da administração passada. Ao final do inepto governo Luizianne Lins, Fortaleza era detentora da pior educação pública do Ceará e uma das piores do Brasil.

Na gestão que antecedeu o Governo Roberto Cláudio, o sistema educacional de Fortaleza vivia um clima de penúria e desesperança. O seu corpo docente encontrava-se extremamente desmotivado e a própria secretaria estava carcomida por práticas deletérias e por um sistema clientelista que se retroalimentava e norteava o “projeto pedagógico” da cidade. Só para ilustrar, das 200 escolas municipais, apenas 20 atingiam o nível mínimo desejado pelo Sistema de Avaliação Permanente da Educação Básica do Estado do Ceará (Spaece). Como complicador, as sucessivas greves despolitizadas provocaram uma grande onda de evasão escolar, além da perda de um ano letivo inteiro em oito anos de governo Luizianne Lind.

Em 2012, pela primeira vez na história da nossa cidade, o número de alunos do sistema particular de ensino havia ultrapassado o do sistema público.

A educação pública estava caótica e sem rumo. Uma herança maldita que tinha que ser superada. É isso foi pontificado como um compromisso de campanha do candidato a prefeito Roberto Cláudio.

Ao assumir o governo municipal, em janeiro de 2013, o prefeito Roberto Cláudio convocou, para essa hercúlea tarefa, o então deputado estadual Ivo Gomes, ex-secretário de educação de Sobral, que havia conseguido, com o apoio de uma competente equipe de assessores, na qual se encontrava a atual vice governadora Isolda Cela, transformar a educação pública do seu município na melhor do Estado e numa referência para o Brasil.

Tendo o Programa de Alfabetização na Idade Certa (PAIC) como pressuposto pedagógico norteador, o novo secretário iniciou a sua árdua e exitosa caminhada. Como previsível, essa tarefa era ousada e mexia em práticas consolidadas e em privilégios corporativos imexíveis. Como medidas reestruturantes, foram eliminadas as nocivas práticas clientelistas e a meritocracia passou a ser o critério único para a escolha dos gestores da educação. No mesmo nível de prioridade, vieram a normalização do ano letivo, a garantia dos direitos trabalhistas e a valorização docente.

Consciente do papel social da educação de qualidade, o prefeito Roberto Cláudio não poupou esforços e recursos nessa caminhada: priorizou a Educação Infantil, duplicou o número de vagas nas creches e instituiu a Educação em Tempo Integral. Fortaleza foi a primeira cidade do Brasil a pagar o piso do FUNDEB e a categoria docente conquistou o direito de utilizar 1/3 da sua carga horária para o planejamento e para a sua preparação intelectual, antiga bandeira de luta dos professores.

Em meados de 2014, por exigência eleitoral, o secretário Ivo Gomes teve que se afastar, mas a educação não sofreu problema de continuidade. O seu substituto, professor Jaime Cavalcante, com muita competência e dedicação, deu continuidade às ações necessárias para a melhoria da educação municipal, o mesmo ocorrendo agora com a secretária Dalila Saldanha, que vem conduzindo com maestria esse gratificante resgate da nossa educação pública.

Como fortalezense e consciente da importância da educação no processo de transformação social, sinto-me extremamente gratificado por ter a oportunidade de estar acompanhando essa magistral revolução silenciosa. Além da equipe técnica do Município, gostaria de parabenizar o corpo docente da rede municipal por esse grande feito na direção da construção da cidadania, ao mesmo tempo em que levo minha homenagem a um gestor que faz do compromisso com a Educação a porta de entrada em uma nova era para nossas crianças e jovens.

*João Arruda,

Professor universitário e assessor do Paço Municipal.

(Foto – CNEWS)

Primeira-dama será vendedora por um dia

A primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, será vendedora por um dia na loja solidária da Edisca, inaugurada no último dia 9, no Shopping Rio Mar, piso L2. Ela estará lá das 17 às 19 horas.

A loja Estrelário está com uma linha exclusiva de marcas produzidas por artistas cearenses. O valor garantido com as vendas será revertido para a entidade, informam organizadores do evento.

Mercado financeiro eleva para 3,09% projeção da inflação do ano

O mercado financeiro aumentou levemente a projeção para a inflação este ano. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 3,08% na semana passada para 3,09%. Há quatro semanas, a expectativa estava em 3%. A projeção consta do boletim Focus, publicação divulgada hoje (13) no site do Banco Central (BC) com projeções para os principais indicadores econômicos.

Para 2018, a estimativa para o IPCA, que era 4,02%, subiu para 4,04%. As projeções para 2017 e 2018 permanecem abaixo do centro da meta de 4,50%, que deve ser perseguida pelo BC. Essa meta tem ainda um intervalo de tolerância entre 3% e 6%.

Para alcançar a meta, o BC usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 7,5% ao ano. A expectativa do mercado financeiro para a Selic ao final de 2017 e de 2018 segue em 7% ao ano. A última reunião do ano do Comitê de Política Monetária (Copom), responsável por estabelecer a meta para a taxa Selic, está agendada para os dias 5 e 6 de dezembro.

A projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, foi mantida em 0,73% este ano. Para 2018, a estimativa de expansão se manteve em 2,50%.

(Agência Brasil)

Movimentos sociais promovem em Fortaleza ato em defesa da soberania

O senador petista Lindemberg Farias é um dos convidados.

Começa às 19 horas desta segunda-feira, na Cofeco, em Sabiaguaba, a 5ª Assembleia Nacional Zilda Xavier, instância máxima da organização Consulta Popular, que se estenderá até sexta-feira).

Neste primeiro dia de assembleia, haverá o ato político “Momento atual da conjuntura brasileira: a defesa da soberania nacional e da democracia”, que contará com a presença de senadores como Gleisi Hoffmann, Lindbergh Farias e José Pimentel, do PT, deputados estaduais e federais como Luizianne Lins, além de lideranças políticas e dos movimentos populares que confirmaram presença. Na lista,João Pedro Stédile, do MST; ex-ministro Gilberto Carvalho, Walter Sorrentino, Mariana Dias, da UNE, e Roberto Amaral (PSB).

A 5ª Assembleia da Consulta Popular ocorre num contexto de golpe contra a democracia e a soberania nacional, segundo organizadores. Diante deste cenário, a esquerda brasileira quer retomar o debate estratégico e recolocar a necessidade de um projeto democrático, popular, que “restabeleça a soberania nacional, a democracia e apresente uma alternativa para a classe trabalhadora diante da crise brasileira”, acentuam.

A Consulta Popular completa 20 anos em 2017. A organização política reúne militantes de diferentes movimentos sociais, da juventude, do campo e da cidade. A organização integra a Frente Brasil Popular, reivindica um Projeto Popular para o Brasil e construiu iniciativas como os plebiscitos pela reestatização da Vale (2007) e por uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político (2014).

Confira algumas presenças confirmadas

João Pedro Stédile (MST)
Aton Fon (Consulta Popular)
Ricardo Gebrim (Consulta Popular)
Senadora Gleisi Hoffmann (PT)
Senador Lindbergh Farias (PT)
Roberto Amaral (Frente Brasil Popular)
Senador Pimentel (PT)
Deputado Elmano Freitas (deputado estadual CE)
Valter Sorrentino (vice-presidente do PC do B)
Deputado Valmir Assunção (deputado federal BA)
Gilberto Carvalho (PT)
Deputada federal Luizianne (CE)
Raquel Marques (Deputada estadual do CE)
Wil Pereira (CUT Ceará)
Enedina Soares (FETAMCE)
Levante Popular da Juventude
Jaime Amorim Via Campesina
Mariana Dias (presidenta da UNE)
Emanuel Bertoldi (Alba Movimentos)
Emanuel (Federação Única dos Petroleiros)
Paulão (Confederação Nacional dos Metalúrgicos)
Flavinho (Conem)
Renê Santana (CTB)
Marcha Mundial de Mulheres
Francisco de Assis Diniz (Presidente do PT CE)
Florence (FNDC)
Representante da CNTE

Temer e ministro das Cidades vão entregar Cartão Reforma

348 1

Os primeiros beneficiários do País receberão nesta segunda-feira, às 16 horas, o Cartão Reforma no Palácio do Planalto, em cerimônia simbólica com o presidente Michel Temer. A informação é da assessoria de imprensa do Ministério das Cidades.

Luiz Santos da Silva, Maria do Socorro da Silva Rosado e Valéria Ana da Silva vão representar os 150 moradores do bairro de São João da Escócia, em Caruaru (PE), onde foi executada a fase piloto do programa. Cada família receberá R$ 6 mil, em média, para melhorar a sua casa.

Na cerimônia, o ministro Bruno Araújo assinará ainda portaria que permitirá levar o Cartão Reforma a famílias de municípios de cinco Estados – Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná Alagoas e Pernambuco – que sofreram com as chuvas e tiveram de decretar situação de calamidade pública.

SERVIÇO

*Em breve, outros 1.923 municípios poderão ingressar no programa, por meio do Sistema de Gestão do Cartão Reforma – SisReforma (disponível no portal www.cartaoreforma.cidades.gov.br).

(Foto – Folhapress)

FHC vai pedir a Tasso que abra mão do comando tucano em favor de Geraldo Alckmin

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso vai se reunir com Tasso Jereissati (PSDB-CE) nos EUA, esta semana, para pedir que o senador abra mão da disputa pela presidência do PSDB em nome do governador Geraldo Alckmin. A informação é da Coluna Painel, da Folha de S.,Paulo desta segunda-feira.

Com o discurso de união, Alckmin assumiu o papel de pacificador na convenção do PSDB paulista, nesse domingo (11). Antes da fala do governador, uma parte dos tucanos expressou apoio ao senador Aécio Neves (MG) e a outra, a Tasso.

Tucanos mais próximos a Temer farão um apelo para que o presidente não tire o PSDB do governo. Afirmarão que o partido já decidiu pelo desembarque e que o movimento será feito antes da convenção nacional, marcada para 9 de dezembro.

CCBNB abre exposição “Excursão Pajeú”

O Centro Cultural do Banco do Nordeste abrirá, às 18 horas da próxima quinta-feira, a exposição “Excursão Pajeú”. São trabalhos da artista e arquiteta Cecília Andrade, que fazem parte do projeto Era uma vez um rio, patrocinada pela Lei Rouanet, que envolve além do percurso no espaço expositivo, onde são apresentadas intervenções e documentos do processo de sua pesquisa de mestrado, uma série de caminhadas guiadas semanais.

A experiência multimídia agencia encontros e desencontros com o riacho e permite pensar sobre sua existência em meio a tantas transformações. Estimula ainda a imaginação sobre o rio, que passa a poucos metros do Centro Cultural Banco do Nordeste do Brasil.

O Pajeú ainda existe

Por mais de 200 anos, o Riacho Pajeú foi considerado de grande importância para Fortaleza, banhando toda a cidade de vida e possibilidades, mas a intensa urbanização e a ocupação desenfreada vivida pela capital cearense trouxeram consigo danos graves ao afluxo. Mesmo tendo sofrido um processo de apagamento geográfico, a presença do corpo d’água permanece como um imaginário a disputar.

Programação

16 nov
Abertura e fala sobre a pesquisa e o processo criativo
Local: CCNB Fortaleza
Quinta, 18h

24 nov + 01, 08 e 15 dez
Apresentação sobre a pesquisa e o processo criativo
Local: CCNB Fortaleza
Sextas, 10h

25 nov + 02 e 16 dez
Caminhada Guiada “Curto Circuito Pajeú”
com uso do aplicativo Excursão Pajeú
Local de partida: CCBNB Fortaleza
Sábados, 10h

09 dez
Percursos Urbanos
Local de partida: CCBNB Fortaleza
Sábado, 15h

SERVIÇO

*Centro Cultural Banco do Nordeste do Brasil – Rua Conde d’Eu, 560 – Centro, Fortaleza – Ceará.

*De 16 de novembro a 16 dezembro – gratuito

*Mais informações: www.excursaopajeu.com

(Foto – Divulgação)

Aécio Neves: Luciano Huck seria a “falência da política”

Luciano

 

Huck andou apagando de suas redes sociais fotos em que aparecia com o tucano.

“Acho que é um pouco da falência política. É um pouco do momento de desgaste generalizado por que passa a classe política”, afirmou, no último sábado, o senador Aécio Neves (PSDB), ao comentar possível ingresso, na disputa presidencial de 2018, do apresentador Luciano Huck.

Aécio, que já chegou a posar em fotos ao lado do apresentador, quando da última campanha em que foi candidato a presidente (2014), elogiou Huck. Disse ser um sujeito muito capaz e inteligente, mas que precisa ainda conhecer o que ele pensa dos vários temas do interesse do País.

Luciano Huck andou apagando de suas redes sociais fotos em que posava ao lado de Aécio, que não escondeu certo descontentamento com a atitude do apresentador. O tucano, em delação premiada de Joesley Batista, de ter recebido propina de R$ 2 milhões da JBS.

(Foto – Marcos Desimoni)

Com a Câmara parada nesta semana aumenta pressão sobre Temer pró-reforma ministerial

Esta semana promete ser devagar em Brasília. Com feriado, não deve haver quórum para voltar coisa alguma, informa a Coluna Radar, da VejanOnline.

O presidente Temer, então, estará de mãos atadas quanto à tal reforma ministerial, já que admite fazer mudanças na Esplanada em troca da aprovação de outra reforma: a da Previdência.

Com esse assunto parado, aumenta a pressão dos parlamentares sobre o presidente, no melhor estilo uma mão não lava a outra.

PSDB e PR começam a costurar chapa de olho em 2018

Geraldo Luciano, executivo do Grupo M. Dias Branco, pegou gosto pela política depois que, na última sexta-feira, no auditório da Câmara Municipal, estreou discurso na convenção estadual do PSDB. Após assumir a segunda vice-presidência tucana, já terá um compromisso nesta semana: conversa com o deputado estadual Capitão Wagner (PR).

Quem informa é o próprio Capitão, que disse sentir o tucano “bastante empolgado com a política”. Geraldo é sempre lembrado como potencial candidato a governador pelo PSDB e Capitão Wagner sempre cotado para o mesmo cargo por seu partido.

Ambos farão uma espécie de encontro de contas eleitorais, dando início a uma possível dobradinha? Eis a dúvida que os dois evitam adiantar. Wagner, no entanto, não tem des cansado em busca de seu sonho. No fim de semana, esteve em São Paulo em encontro com João Doria e outros prefeitos conferindo evento sobre saúde.

DE IRMÃO PRA IRMÃO

A Arce, que comemora 20 anos, e seu atual presidente, Hélio Winston, ganharão homenagem na Assembleia Legislativa dia 21, às 18 horas. A pedido do deputado Evandro Leitão, por sinal, irmão de Hélio Winston.
DOCE ESPERA

O coordenador da Fiocruz no Ceará, Carlile Lavor, confirma, para o fim deste mês, no Eusébio (RMF), a inauguração do equipamento. Isso, após quase nove anos. Ali, cursos de pós-graduação, laboratórios e pesquisa.

CAMAROTE 2018

O cachê de Wesley Safadão estaria cotado, em se tratando de Réveillon, em um preço especial. Ou seja, nada de R$ 200 mil – era R$ 500 mil antes do aperto da crise, e agora estaria perto de R$ 800 mil.

ENXAQUECA

O que se dizia, no fim de semana, pós-Tasso ter chutado o pau da barraca contra o governo é que Cid Gomes, apoiador de Camilo Santana, viu retornar à sua rotina uma velha colega que o incomodava vez em quando.
ACAMPAMENTO

Virando acampamento de moradores de rua trecho da avenida Eduardo Girão, quase esquina com a avenida dos Expedicionários. Além de barracas improvisadas, um deles tem direito a armar rede na grade do canal.
DE VOLTA À TERRA

A Funasa fará seu I Encontro com Prefeitos em Quixadá, onde reunirá gestores do Sertão Central para mostrar seus serviços. É a terra do superintendente do órgão, Ricardo Silveira, que disputou e perdeu a prefeitura.
MAIS UMA

Uma faculdade de Medicina privada deve ganhar, ano que vem, a cidade de Iguatu (Centro Sul). Instituições de nível superior de Fortaleza já estão na disputa pelo projeto. Também o Inta, de Sobral.

HORIZONTAIS

Tramita na Assembleia Legislativa um projeto de lei fixando a exigência mínima de curso técnico em radiologia para que o profissional possa exercer a função.

O cantor Berto Barbosa, que estará no Réveillon de João Pessoa (PB), está bombando na internet com seu Instagram: @bb_oficial. Divulga ali seu novo sucesso, “Cola em mim”.

Rogério Ceni ganhará festa com a torcida

Com uma recepção à altura do nome do novo técnico, no Castelão, o Fortaleza apresentará Rogério Ceni na quarta-feira, 15. O evento será dividido em dois momentos, sendo o primeiro direcionado à imprensa, no auditório da praça esportiva e o depois, uma festa junto aos torcedores, na área VIP do setor premium do estádio (o espaço de circulação do setor, antes de chegar às cadeiras).

O evento não será exclusivo para sócios-torcedores — que têm entrada gratuita —, como pensando inicialmente, mas o torcedor comum terá que pagar R$ 30 para ver a chegada do novo comandante, que está marcada para as 16 horas e deve durar cerca de duas horas. A expectativa do departamento de marketing do Leão é de que pelo menos 3 mil tricolores recebam o “M1to”, como é chamado pela torcida do São Paulo.

O espaço escolhido para a festa comporta até 4.250 pessoas. Ceni chegará após conceder entrevista para a imprensa e vai circular entre os torcedores, que poderão tirar fotos e conversar um pouco com o ex-goleiro, mas não haverá a tradicional fila de autógrafos. Depois, ele subirá no palco e será oficialmente apresentado pela diretoria. A música ficará a cargo da dupla Fran e Diego.

Vitrine

O departamento de marketing vai aproveitar a ocasião para vender produtos já com a imagem de Ceni. Camisas e outros artigos vão estar disponíveis para venda no Castelão. Além disso, será possível se tornar sócio do Fortaleza no local.

Com o impacto do anúncio de Rogério Ceni, o clube espera um boom no programa de sócios-torcedores. O ex-goleiro, inclusive, serve como uma espécie de garoto-propaganda para o Leão. Em vídeo publicado nas redes sociais do clube, o novo técnico lançou um desafio para a torcida tricolor.

“Nessa caminhada junto de vocês, meu objetivo é que cheguemos a 20 mil sócios-torcedores. É um desafio que tenho certeza de que não só eu como todo o elenco do Fortaleza vai colaborar para o crescimento dessa equipe. Grande abraço e vejo todos em breve”, disse o ex-goleiro.

(O POVO – Repórter Brenno Rebouças)

Tasso bateu em Camilo porque saiu desmoralizado da crise do PSDB nacional, diz Eudoro

118 1

O superintendente do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Eudoro Santana, afirmou que há “muitos equívocos” nas declarações do senador Tasso Jereissati (PSDB) sobre a influência dos Ferreira Gomes no Governo Estadual. Para ele, que é pai do governador Camilo Santana (PT), a crise interna do PSDB pode ter interferido no episódio.

“Tem que levar em consideração que o Tasso está muito magoado porque foi desmoralizado nesse processo. Tem que deixar tudo isso sentar um pouco”, afirmou o secretário, em referência à destituição do senador tucano do cargo de presidente interino do PSDB pelo senador Aécio Neves.

“A postura do Camilo está correta. O importante é a gestão, é pensar no futuro do Ceará”, disse Eudoro, que foi secretário de Agricultura no governo de Tasso Jereissati, na década de 1980.

“Todos nós temos a contribuir, ele (Tasso) certamente deu a sua grande contribuição, então eu acho que esse assunto é de menor importância”, minimizou o superintendente do Iplanfor.

Após a repercussão das declarações do senador tucano, o governador Camilo Santana se posicionou dizendo que sua responda às críticas “absurdas” de Tasso seria “continuar trabalhando firme pelo povo do Ceará”. “Lamento muito que esse absurdo venha de alguém que há poucos dias me fazia elogios”, disse. “Não tenho tempo a perder com esse tipo de discussão”, continuou.

(O POVO – Repórter Rômulo Costa/Foto – Aurélio Alves))

Gleisi Hoffmann vem reforçar campanha de filiações ao PT do Ceará

328 1

Gleisi já esteve neste ano  no Ceará.

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, estará. em Fortaleza nesta terça-feira. Segundo a direção estadual petista, ela vem participar da solenidade de posse dos novos titulares dos setoriais do partido. O ato ocorrerá a partir das 9 horas, no auditório da Assembleia Legislativa.

Todos os parlamentares federais e estaduais do PT, além de vereadores e alguns prefeitos, deverão conferir o encontro, que marcará também o lançamento da plataforma digital petista voltada a conquistar novas filiações.

Deverão tomar posse os novos titulares dos setoriais da Mulher, Educação, Cultura, Sindical, LGBT, Agrárias, Meio Ambiente e Direitos Humanos.

(Foto – Paulo MOska)

Prefeito Roberto Cláudio diz ter orgulho de ser renovação no grupo dos Ferreira Gomes

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) se juntou aos aliados políticos e respondeu, ontem, as críticas do senador Tasso Jereissati dirigidas ao grupo liderado pelos ex-ministros Cid e Ciro Gomes. Fruto da aliança com os dois irmãos, RC se disse “orgulhoso” de participar de um grupo que dá “oportunidade” para o surgimento de “novas lideranças”, em crítica velada ao bloco opositor liderado pelo senador tucano.

“Quantos jovens não têm surgido dentro desse grupo? Eu, por exemplo: me foi dada a oportunidade de presidir a Assembleia, depois virei prefeito de Fortaleza. O governador Camilo Santana é um jovem, o presidente (da Cmara Municipal) Samito Filho também”, argumenta. “Há um grupo político que dá oportunidade e espaço para que novas lideranças politicas surjam e deem voz ao que pensa”, disse o prefeito ao O POVO, durante reunião com os secretários municipais no Centro de Eventos do Ceará.

O comentário de RC aponta em direção contrária ao movimento da oposição que defende a candidatura de Tasso ao governo como caminho para a “renovação” do Estado.

RC reforçou as críticas que o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) fez ao senador tucano. “Ciro registrou uma coisa muito verdadeira: não temos meio de comunicação, respeitamos a diversidade da imprensa, não temos grandes patrimônios privados”, listou o prefeito.

Embate

A troca de ataques entre os grupos começou após o discurso de Tasso Jereissati na convenção estadual do PSDB, na última sexta-feira, 10, quando o senador atacou o governador Camilo Santana ao dizer que ele é “mandado” pela “oligarquia” dos Ferreira Gomes.

A declaração provocou a reação de Ciro Gomes que devolveu, no mesmo dia, o ataque. “É a oligarquia que tem o senador mais rico do País com patrimônio declarado”, disse Ciro em referência ao tucano. Santana também reagiu as acusações as quais considerou como “absurdas”.

Antes das farpas trocadas na última semana, o senador tucano já havia dirigido comentários elogiosos para Camilo Santana – a quem chegou a destacar um “jeitão tucano” – e também para o prefeito Roberto Cláudio. Em março, durante inauguração de posto de saúde que homenageou a mãe de Tasso, o senador brincou com RC, dizendo que ele estava com “biquinho de tucano crescendo”.

As críticas entre os grupos acontece no contexto de incertezas sobre a situação da oposição cearense para as eleições do ano que vem.

Com as imprecisões sobre a continuidade do PMDB no bloco, o grupo se enfraqueceu e tenta apostar em Tasso Jereissati como esperança para um palanque competitivo em 2018. O senador, no entanto, já declarou que não pretende se candidatar para a vaga no Palácio da Abolição.

(O O POVO – Repórter Rômulo Costa/foto – Mauri Melo)

Maria da Penha defende ampliação do atendimento especializado à mulher

Na última semana, o atendimento a mulheres vítimas de violência doméstica ganhou novas regras, com mais direitos garantidos durante todo o processo. A Lei 13.505, sancionada pelo presidente da República, Michel Temer, adiciona itens à Lei Maria da Penha e traz novas condutas para o atendimento policial e para o trabalho de perícia.

A farmacêutica bioquímica Maria da Penha Maia Fernandes, que deu nome à lei, avaliou que, embora sejam positivas as alterações, essa não deveria ser a maior preocupação dos governantes. “Estão tentando mexer na lei quando, na verdade, o que ela precisa é ser implementada devidamente”, disse sobre a norma que em 2017 completou 11 anos.

Para ela, o mais importante é que os prefeitos tenham em seus municípios, por menores que sejam, um Centro de Referência da Mulher, pois esses são os primeiros locais procurados por mulheres em situação de risco.

Como geralmente os pequenos municípios brasileiros não têm delegacias especializadas no atendimento a mulher, nem juizados especiais, esses centros seriam essenciais para que as vítimas de violência doméstica conhecessem seus direitos e recebessem atendimento psicológico, jurídico e social. “O centro poderia articular, havendo necessidade, atendimento a essa mulher em municípios próximos ou não”, justificou.

Sobre as novidades na lei, que já estão em vigor, Maria da Penha destacou a importância da previsão de que o atendimento policial e pericial especializado às vítimas seja feito, preferencialmente, por pessoas do sexo feminino. “Por mais que o homem tenha sensibilidade, a cultura machista interfere muito. Às vezes delegados aconselham a mulher a voltar para casa, resgatar o relacionamento”, lembrou acrescentando que essas são pequenas modificações que a experiência do dia-a-dia faz perceber que são importantes.

Além desse item, a norma deixa claro que para preservar a integridades física, psíquica e emocional da depoente, a mulher, seus familiares e suas testemunhas devem ter a garantia de que não terão contato direto com investigados ou suspeitos e pessoas relacionadas a eles.

Ainda pelas novas regras, a mulher em situação de violência não deve ser revitimizada ao prestar depoimento. Isso significa que devem ser evitados questionamentos sucessivos sobre o mesmo fato nos âmbitos criminal, cível e administrativo. Da mesma forma, devem-se evitar perguntas sobre a vida privada. A escuta e o interrogatório devem ser feitos em locais com equipamentos próprios e adequados à idade da mulher e à gravidade da violência.

Os depoimentos prestados devem ser registrados em meio eletrônico ou magnético e o material – transcrição do áudio ou mídia com o registro – deve integrar o inquérito. A medida é importante para que a vítima não tenha que repetir o mesmo depoimento em outras fases do processo.

Depois da repercussão negativa entre organizações e órgãos do governo dedicados à defesa da mulher, apenas um artigo do texto original foi vetado pelo presidente Temer. Ele permitiria à polícia aplicar medidas de urgência de proteção a vítimas, em substituição a determinações de um juiz, que seria comunicado num prazo de 24 horas. A principal crítica a essa mudança proposta pelo Legislativo é a de que seriam transferidas para as delegacias de polícia atribuições que cabem originalmente ao Poder Judiciário.

(Agência Brasil)

Terremoto na fronteira entre Irã e Iraque deixa mais de 211 mortos

Um terremoto de magnitude 7,3 atingiu o Iraque neste domingo (12), na fronteira com o Irã, e deixou mais de 210 mortos – principalmente no Irã-, segundo as mídias estatais locais. A informação é do Portal G1, com a agência AFP.

São ao menos 207 mortos e 1.686 feridos no Irã, segundo o vice-presidente da Organização de Gestião de Crises do país, Behnam Saidi, e 4 mortes confirmadas no Iraque. O vice-ministro de Saúde do Irã, Qasem Yan Babaie, afirmou à agência de noticias IRNA que é muito provável que o número de vítimas siga aumentando.

O terremoto ocorreu às 21h18 (horário local, 16h18 em Brasília) e foi sentido em várias províncias do Irã, mas a mais atingida foi Kermanshah, que anunciou três dias de luto. Além de Kermanshah, as populações de Ghasr Shirin, Sarpul e Azgale foram as mais afetadas.

Mais de 90 das vítimas estavam na cidade de Sarpol-e Zahab, em Kermanshah, a cerca de 15 km da fronteira. O principal hospital da cidade foi gravemente danificado.

O tremor foi sentido na Turquia, em Israel e nos Emirados Árabes Unidos, além da capital iraquiana, Bagdá. O epicentro foi registrado a 22 km da cidade iraquiana de Derbendîxan e a 52 km da cidade iraniana de Sarpol-e Z̄ahāb, segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS).

Na briga Tasso-Aécio, Alckmin pode virar o tercius

 

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, não descartou a possibilidade de assumir a presidência do PSDB, após negar esse cenário de forma contundente nos últimos dias. Com a destituição do senador Tasso Jereissati (CE) do comando interino da sigla, na última quinta-feira, dia 9 de novembro, o nome do governador foi levantado por tucanos importantes, como o ex-senador José Aníbal, presidente do Instituto Teotônio Vilela, e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

“Temos dois pré candidatos. Vamos aguardar. Essa é uma decisão coletiva do Brasil inteiro”, disse Alckmin. Além de Tasso, que se declarou candidato na última quarta, dia 8, o governador de Goiás, Marconi Perillo, também afirmou que vai concorrer à presidência do PSDB, que será escolhida em convenção do partido no dia 9 de dezembro.

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), disse ontem que defende Perillo para presidir a sigla, mas “se for necessário” que o governador de São Paulo Geraldo Alckmin assuma o comando da sigla como terceira via “será bom para o partido”.

“Se for necessário que o governador Geraldo Alckmin assuma a presidência do PSDB como um tercius será bom para o partido”, disse o tucano. “Continuo apoiando Marconi Perillo para a presidência do PSDB.”

Nesta semana, o senador Aécio Neves (MG), presidente afastado do partido, destituiu Tasso da presidência interina. A justificativa do mineiro é dar isonomia à escolha do próximo presidente do PSDB, em dezembro, uma vez que Tasso se candidatou ao cargo.

Com a saída de Tasso, assumiu, interinamente, o ex-governador Alberto Goldman. A disputa pelo comando da legenda levou à maior crise interna do PSDB.

(Estadão)

Deu pane no sistema da Ciops

O sistema da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), que verifica nomes, placas de veículos e ocorrências de todos os tipos, saiu do ar a partir das 14h30min de sábado, dificultando o serviço ostensivo geral.

Consequência disso: os operadores da Ciopes estavam tendo que redigir todos os dados na base da velha esferográfica.

Já no domingo, de acordo com o pessoal da área, o sistema voltou a operar normalmente.