Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Estado patrão e explorador

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (12):

As eleições nacionais se avizinham. Ninguém sabe ao certo qual será a pauta que vai centralizar as atenções dos candidatos. Porém, é possível antecipar uma certeza: a maioria vai prometer mundos e fundos com um Estado tentacular, patrão, interventor e paternalista. Mais do mesmo que foi oferecido ao povo brasileiro ao longo de praticamente toda a história republicana nacional. Com sorte, pode aparecer um ou outro concorrente que não vai propor fórmulas milagrosas, mas sim a mais óbvia promessa para combater os vícios estatais e estabelecer as virtudes das liberdades econômicas.

No caso, desestatizar o País e a nossa política que, como de resto, é dependente do Estado. Não será preciso dizer muito. Basta mostrar o País que temos hoje após décadas e décadas de Estado interventor e baixo nível de liberdade econômica.

Sim, a pobreza no Brasil e a concentração de renda se relacionam muito mais com a intervenção do Estado na economia do que com razões supostamente estruturais. Puxemos dos arquivos duas passagens de artigos assinados por Odemiro Fonseca, gestor do Instituto Millennium, um think tank que promove valores e princípios liberais.

1-Ao longo de quase toda a nossa História, o Brasil escolheu imergir no pântano dos mercados internos fechados; substituição das importações; energia, petróleo, subsolo, indústrias, bancos como monopólios estatais; setores privados reservados e incentivados. Capitalismo de Estado e de compadrio. Políticas monetárias teatrais e inflação alta.

2 – Quem paga impostos e custos de regulamentação são os trabalhadores. Que são também os consumidores. Empresários apenas recolhem impostos e custos. No Brasil, da sua margem bruta, os empresários pagam aos seus trabalhadores metade do que recolhem em impostos. Quem explora os trabalhadores no Brasil são os governos.

Tasso x Ciro – Quem está com a razão?

350 4

O senador Tasso Jereissati (PSDB) disparou sua metralhadora, pela primeira vez, contra o, Governo Camilo Santana, durante a convenção estadual do partido, nessa sexta-feira, no auditório da Câmara Municipal de Fortaleza.

Ele disse que o governo de Camilo é “mandado pela oligarquia dos Ferreira gomes”.

Ciro Gomes, por sua vez, numa entrevista durante seminário de lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional, na Assembleia, no mesmo dia em que o tucano soltou o verbo, deu seu recado, em tom de ironia, devolvendo:

“É uma oligarquia bem interessante que os sociólogos deveriam estudar. É uma oligarquia que é dona de uma rede de shopping center do País, que tem R$ 100 milhões de créditos no Banco do Nordeste, é uma oligarquia que tem televisão em Fortaleza, rádio, jornal, portal de internet… É a oligarquia que tem o senador mais rico do País com patrimônio declarado”.

Pois bem, quem está com a razão nessa troca de torpedos?

a) Tasso

b) Ciro

c) Nenhum dos dois

d) Os dois

e) Valha-me, Deus!

Eunício Oliveira anuncia R$ 1 bilhão para obras no Ceará e admite aliança com Camilo

561 4

Obras até então sem previsão de conclusão, no Ceará, poderão revisar seus cronogramas, a partir desta semana, diante da liberação de cerca de R$ 1 bilhão, por meio do Programa Avançar. Foi o que anunciou o presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB), nesse sábado (11), em Lavras da Mangabeira (Centro-Sul), durante entrevista à imprensa local.

“O exercício do mandato parlamentar não pertence a um grupo político, pertence à sociedade. Sou o político mais votado da história do Ceará, e tenho aproveitado essa oportunidade dada por Deus, para ajudar ao povo do meu Estado, especialmente os nossos irmãos sofridos”, comentou Eunício.

Somente no município de Iguatu, também localizado no no Centro-Sul do Ceará, obras avaliadas em cerca de R$ 2,5 milhões serão entregues até 2018. São ações como o Centro de Ação Psicossocial, Centro de Iniciação ao Esporte, Centros de Arte e Esportes Unificados, além de quadras esportivas nas escolas.

Eunício também disse que tem disponibilizado seu mandato em favor dos cearenses, para conseguir recursos para obras de infraestrutura hídrica, a exemplo da Transposição do São Francisco, Cinturão das Águas, adutoras e açudes, além de obras e custeio da saúde, renegociação das dívidas de produtores rurais prejudicados pela seca, criação de novas faculdades de Medicina e institutos federais de educação no interior.

Sobre as eleições do próximo ano, Eunício afirmou que ainda não formalizou nenhuma aliança. Questionado acerca das ações conjuntas que têm firmado com o governador Camilo Santana e com o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o presidente do Senado disse que o momento é de convergência administrativa, mas não descartou uma aliança política no futuro.

“Temos feito uma parceria em prol dos interesses do Estado. Se avançar para uma aliança política, quem vai ganhar não vai ser Camilo, não vai ser o Eunício. Quem vai ganhar é o Estado do Ceará, porque terá aqui um governador e um presidente de um poder que tem condições de carrear os recursos para melhorar a qualidade de vida do povo cearense”, avaliou.

(Foto – Divulgação)

Taça das Favelas – Palestra de Cafu abre congresso técnico neste domingo

Jovens com idade entre 15 e 17 anos (masculino) e a partir de 15 anos (feminino) participam nesta semana da I Taça das Favelas, em uma promoção da Central Única das Favelas (Cufa-CE). O sorteio dos grupos ocorre neste domingo (12), a partir das 16 horas, na Associação dos Moradores das Quadras, na Aldeota, com palestra do ex-jogador Cafu, pentacampeão mundial pela Seleção Brasileira em 2002.

Os jogos serão disputados nas areninhas Campo do América e Pantanal. A abertura oficial será nesta segunda-feira (13), a partir das 9 horas, na Areninha Pantanal, em jogo amistoso com participação de Cafu e do rapper Dexter.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

Congresso Técnico Taça das Favelas (sorteio das chaves e palestra) Data: 12 de novembro (domingo) Local: Associação dos Moradores das Quadras, Aldeota (Esquina da Virgílio Távora com Beni de Carvalho, ao lado do Colégio Santa Cecília) Horário: 16h Palestra: Ex-jogador Cafu

Abertura Oficial (jogo amistoso com participação do ex-jogador Cafu e rapper Dexter) Data: 13 de novembro (segunda-feira) Local: Areninha Pantanal Horário: 9h

Fase Mata-Mata Data: 18 e 19 de novembro Local: Areninha Campo do América Horário: 9h

Grande Final (encerramento com shows do rapper Dexter e artistas das comunidades) Data: 26 de novembro Local: Areninha Pantanal Horário: 15h

Mega-Sena acumula e paga R$ 29 milhões na quinta-feira

Ninguém acertou os seis números do concurso 1.987 da Mega Sena, realizado na noite desse sábado (11), em Brasília. O prêmio ficou acumulado em R$ 29 milhões, segundo a Caixa Econômica Federal (CEF), para o sorteio da quinta-feira (16), um dia após o feriado da Proclamação da República.

As dezenas sorteadas foram: 1014313445 e 58.

Cinquenta e nove apostadores acertaram cinco dezenas e cada um receberá a quantia de R$ 38,5 mil. Já os 3.920 apostadores com quatro número receberão R$ 828, cada um.

O concurso 4.529 da Quina teve somente um acertador (Santarém-PA), que receberá a quantia de R$ 7,1 milhões. Os números sorteados foram: 15 – 34 – 41 – 62 e 73.

Reforma trabalhista põe fim a 74 anos de proteção dos trabalhadores brasileiros

Da Coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (12):

Ironicamente, na semana de rememoração da Revolução de Outubro, o Brasil, fez retroceder os trabalhadores brasileiros a relações trabalhistas anteriores a 1917, ao pôr fim, nesse sábado (11), à CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), que serviu durante 74 anos como escudo protetor dos trabalhadores brasileiros contra a superexploração de sua mão-de-obra. Legislação que foi uma consequência tardia das conquistas sociais que se seguiram no mundo do trabalho após a Revolução Russa.

A “reforma trabalhista” de Temer & Cia é o que se poderia esperar de um Congresso Nacional composto, quase totalmente, de empresários, ruralistas e testas-de-ferro dos banqueiros. Como a grande massa dos trabalhadores é filiada a sindicatos débeis, sem nenhuma condição de negociar, de igual para igual, com os patrões (nos acordos coletivos que agora se sobreporão à legislação) dá para se ter noção sobre quem ditará as condições.

Enem tem segunda e última fase neste domingo

A segunda etapa de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ocorre neste domingo (12) e os portões de acesso ao local da prova fecharão às 13h, no horário de Brasília. As provas começarão 30 minutos após o fechamento dos portões.

Estudantes de todo país que vão utilizar o transporte público para se deslocar até o local de prova devem checar com antecedência a linha de ônibus ou metrô que faz o trajeto desejado, assim como o tempo gasto no percurso, para não se atrasar. Algumas capitais do país anunciaram esquema reforçado para linhas específicas.

Os dois principais os dois itens que não podem ser esquecidos pelos candidatos são: caneta esferográfica de tinta preta e documento oficial com foto. A caneta deve ser fabricada com material transparente e obrigatoriamente preta, porque outra cor de tinta impossibilita a leitura óptica do cartão de respostas.

O documento pode ser a carteira de identidade, carteira de motorista, carteira de trabalho, carteira de reservista ou passaporte. Muita atenção quanto ao documento, pois a carteira de estudante não será aceita como documento oficial. Também não serão aceitas cópias, nem mesmo as autenticadas.

Lanches são permitidos, mas os alimentos industrializados, como biscoitos, salgadinhos e iogurte precisam estar com as embalagens lacradas. Todos serão vistoriados antes do ingresso na sala.

Não é autorizado o uso de celular ou qualquer aparelho eletrônico durante as provas. Os aparelhos terão de ser colocados em um porta-objetos com lacre, que deverá ficar embaixo da cadeira até o fim das provas.

O candidato também não poderá usar lápis, lapiseira, borracha, livros, manuais, impressos, anotações, óculos escuros, boné, chapéu, gorro e similares.

(Com Agências)

Unilab receberá embaixador e membro da Academia Brasileira de Letras

O Campus da Liberdade, em Redenção (Região Metropolitana de Fortaleza), receberá, dia 16 próximo, o embaixador João Almino de Souza Filho, diretor da Agência Brasileira de Cooperação, do Ministério das Relações Exteriores (ABC/MRE), para ministrar a conferência “A cooperação brasileira em prol do desenvolvimento”. A atividade, que acontecerá no Auditório Didático, integra a programação do VIII Ciclo de Debates sobre Bioética, Diplomacia e Saúde Pública e do Curso Livre “Desenvolvimento, Desigualdade e Cooperação Internacional em Saúde”, realizados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em parceria com a Unilab.

Na ocasião, o diplomata, que ocupa a cadeira nº 22 da Academia Brasileira de Letras, lançará o romance “Entre facas, algodão”. A mesa será coordenada pelo reitor da Unilab, Anastácio de Queiroz Sousa, com participação do diretor da Fiocruz no Ceará, Carlile Lavor, e do coordenador do Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde de Brasília, José Paranaguá de Santana.

O ciclo e o curso livre são promovidos pelo Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde, da Fundação Oswaldo Cruz (Nethis/Fiocruz), em parceria com a Unilab, e visam discutir as questões de saúde no panorama internacional para fortalecer os processos decisórios dos sistemas nacionais. A ação tem patrocínio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, vinculada ao Ministério da Educação (Capes/MEC).

Lançamento do romance “Entre facas, algodão”

Em seu primeiro romance nordestino, o sétimo de sua trajetória, João Almino transporta o enredo para Várzea Pacífica, cidadezinha imaginária no interior do Ceará. Lá, o protagonista, um advogado de 70 anos e recém-separado, sai em busca de sua própria identidade, revisitando a memória e o que resta dela, nos lugares onde cresceu. Em uma narrativa em primeira pessoa e na forma de diário, “Entre facas, algodão” circula entre dimensões indispensáveis à vida humana: espaço, tempo e família.

Sobre o autor

Nascido em 1950, em Mossoró (RN), o escritor e diplomata João Almino lecionou na Fundação Universidade de Brasília (UnB), na Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM), no Instituto Rio Branco e nas universidades de Berkeley, Stanford e Chicago. É bacharel em Direito, mestre em Sociologia, doutor em História Comparada das Civilizações Contemporâneas, e pós-doutor no Centro de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (USP). Embaixador, serviu nas embaixadas do Brasil em Paris, México e Washington. Como escritor, ganhou o prêmio do Instituto Nacional do Livro e Prêmio Candango de Literatura, pelo livro “Ideias para onde passar o fim do mundo”. Conquistou o prêmio Casa de las Américas, pela obra “As cinco estações do amor”, e o prêmio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura, com “Cidade Livre”. Em março deste ano, João Almino foi eleito como imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL). O autor passou a ocupar a cadeira 22, na sucessão do médico Ivo Pitanguy.

SERVIÇO

*Os interessados devem preencher o formulário de inscrição no site da Fiocruz Brasília para emissão de certificados.

*Os inscritos poderão assistir às palestras a distância ou presencialmente. O evento será transmitido ao vivo por facebook.com/fiocruzbrasilia, em transmissão compartilhada por facebook.com/unilaboficial. Posteriormente as palestras estarão disponíveis também offline.

Reforma Trabalhista vai gerar mais empregos, diz Temer

O presidente Michel Temer disse hoje (11) que a reforma trabalhista, em vigor a partir deste sábado (11), poderá acelerar a recuperação dos empregos no Brasil. Em pronunciamento divulgado nas redes sociais, Temer avaliou a nova lei trabalhista como um das medidas mais importantes de seu governo.

“Ouço relatos de empresários que as contratações aumentarão a partir de agora. (…) A nova lei amplia os horizontes para quem procura um emprego e para quem está empregado”, disse Temer.

Para o presidente, as novas regras conectam o mundo do trabalho ao século 21 e atrai expectativa positiva de jovens e estudantes. Temer destacou a introdução da jornada parcial, o trabalho remoto, o intermitente e a regularização de ocupações antes não regulamentadas

Ele ressaltou que as novas modalidades de contratação seguirão os direitos já garantidos e as exigências da carteira assinada, férias, décimo terceiro salário, INSS e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O presidente disse ainda que o Brasil voltou a crescer este ano e o desemprego diminuiu no último trimestre. Segundo Temer, o país terá “um Natal melhor” e que “os brasileiros merecem chegar ao final deste ano com esperanças renovadas”.

Mudanças

Ainda é esperada nova proposição pelo presidente Temer alterando pontos polêmicos da reforma. Em junho, quando a matéria era apreciada no Senado, o presidente enviou uma carta aos senadores prometendo alterar os pontos polêmicos da reforma.

A expectativa é que ocorra no início da próxima semana. Além disso, não há mais uma definição de como essa mudança será feita, se por medida provisória ou projeto de lei.

Dentre esses pontos está a jornada de trabalho de 12 por 36 horas, em que o empregado trabalharia 12 horas seguidas e descansa as 36 seguintes. Na reforma, que vigora a partir deste sábado, a jornada pode ser definitiva por acordo individual. Na alteração prevista, essa modalidade só poderá ser fixada em convenção coletiva ou acordo coletivo de trabalho.

Outro ponto que pode ser alterado aborda o tratamento da gestante e da lactante em ambiente insalubre. O texto prevê que a trabalhadora gestante deverá ser afastada automaticamente, durante toda a gestação, apenas das atividades consideradas insalubres em grau máximo.

Para atividades insalubres de graus médio ou mínimo, a trabalhadora só será afastada a pedido médico. Depois do ajuste na reforma, gestantes serão afastadas de quaisquer atividades, operações ou locais insalubres durante a gestação.

 

Presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará pede direito de resposta

617 1

Sobre vídeo veiculado neste Blog acerca da presença da presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará, Mayra Pinheiro, com o presidenciável Jair Bolsonaro (PSC/RJ) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro, ela pede direito de resposta:

No último dia 18 de outubro de 2017, a Dra. Mayra Isabel Correa Pinheiro, esteve em Brasília para participar da solenidade de lançamento da Frente Parlamentar da Medicina (FPMed), no Plenário Ulysses Guimarães, da Câmara dos Deputados, por ocasião do Dia do Médico.

Na oportunidade, foram gravados diversos vídeos, com autoridades e parlamentares, que proferiram mensagens de saudação à classe médica brasileira, em função da data comemorativa.

Em um desses vídeos, os Deputados Federais Jair e Eduardo Bolsonaro aparecem e o primeiro profere agradecimentos aos médicos, sem mencionar, em nenhum momento, qualquer entidade ou bandeira partidária. Conforme descrição:

“Jair Bolsonaro: Olá médicos de todo o Brasil! Deputado Jair Bolsonaro. Estou com a Mayra, aqui do meu lado, uma representante da classe médica. Quero mandar um abraço muito especial, a todos vocês, por esse dia: o Dia do Médico. O que seria de nós sem vocês naquele momento que todo mundo pede a Deus pra não passar?! Devemos, primeiro a Deus a nossa vida e, em segundo lugar, a vocês. Estamos juntos e, podem ter certeza, vocês moram no meu coração.

Dra. Mayra Pinheiro: Obrigada pelo reconhecimento!

Eduardo Bolsonaro: Um abraço pessoal. Fica com Deus!”

O Blog do jornalista Eliomar de Lima, editado, veiculado e de responsabilidade do O POVO Online, na data de 20 de outubro de 2017, às 13h41, com redação do próprio jornalista, trouxe postagem de cunho falacioso que induz que a Dra. Mayra Pinheiro, em nome da instituição que preside, estaria apoiando o referido parlamentar em sua pretensa candidatura à Presidência da República.

A matéria então veiculada transmitiu à população, de forma equivocada, inclusive citando o movimento “Médicos pela Democracia”, no qual os mesmos afirmam que o Sindicato dos Médicos do Ceará , por meio de sua presidente, está atrelado a partido político e a pretenso candidato à presidência.

Observando o compromisso do grupo O POVO e de seus colaboradores e ou funcionários com o jornalismo crível e de qualidade, é mister afirmar que, em nenhum momento, a médica citada na matéria foi procurada para falar sobre o assunto em pauta, nem através da Assessoria de Comunicação da entidade que preside e nem diretamente. Denotando assim, uma suspeição do que o conteúdo divulgado fere as regras do bom jornalismo e cujo teor tendencioso, com que foi apresentado, teve a intenção de macular a honra e a integridade da então citada.

Ceará empata no Serra Dourada e poderá garantir acesso na terça-feira

 

A torcida deve receber time no aeroporto nas próximas horas

Em contagem regressiva para retornar à elite do futebol brasileiro, o Ceará segurou o Goiás, na tarde deste sábado, na 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, ao empatar em 0 a 0 com a equipe goiana. Com o resultado, o Vozão chegou aos 60 pontos e poderá assegurar o acesso na rodada cheia da terça-feira (14), quando enfrentará o Paysandu no Castelão.

A três rodadas do final da competição, o Ceará garante acesso em caso de vitória e derrota do Oeste (enfrenta o Internacional) e empate ou derrota de Londrina (diante do Guarani) e Vila Nova (Figueirense).

Na partida deste sábado, o Ceará teve que segurar no primeiro tempo a pressão do Goiás, que ainda possui chances de rebaixamento, mas poderia ter deixado o Serra Dourada com uma vitória na segunda etapa, em duas oportunidades desperdiçadas por Lima. Na primeira, o atacante alvinegro errou o chute, dentro da área e livre de marcação, enquanto, minutos depois, o goleiro Marcelo Rangel fez boa defesa.

O América Mineiro assegurou o acesso, na rodada de hoje, ao vencer o Figueirense, por 2 a 1, fora de casa. O time mineiro também é o novo líder da Série B, agora com 66 pontos, diante do empate em 1 a 1 entre Internacional e Vila Nova, em pleno Beira Rio.

Sucessão tucana – Veja diz que sobrevida de Aécio como liderança política depende da derrota de Tasso

A edição da revista Veja, neste fim de semana, traz o cenário da disputa à presidência do PSDB e a própria sobrevida do senador Aécio Neves (MG) como liderança política. Segundo a matéria, senador mineiro tenta evitar “o que o destino pode lhe reservar de pior: o fim de sua influência no partido” e “a sua transformação em um simples membro da bancada de Minas”.

Para isso, Aécio terá que promover a derrota do senador cearense Tasso Jereissati, na disputa à presidência tucana. O primeiro passo, na estratégia mineira, foi destituir Tasso da presidência interina, como forma de Aécio manter a proximidade e a proteção do governo Temer.

O segundo passo foi manifestar apoio à candidatura do governador goiano Marconi Perillo, para a eleição do dia 9 de dezembro. No entanto, o apoio das bancadas mineira e goiana “nem de longe garante a eleição” de Perillo, segundo aponta a Veja.

Afastado do comando do partido desde que foi flagrado achacando em R$ 2 milhões o empresário Joesley Batista, Aécio também não levou sorte no apoio a Perillo, pois Perillo é investigado pela Lava Jato.

Enquanto isso, Tasso apresenta proposta positiva para a recuperação da imagem da legenda, que inclui a criação de um código de ética e a fiscalização de práticas internas. “O PSDB tinha credibilidade. Muita gente não votava no partido, mas o respeitava. Isso não acontece mais”, disse o senador cearense à Veja.

(Foto: Reprodução)

Shoppings preveem aumento de 7% nas vendas de Natal, diz Abrasce

A Associação Brasileira dos Shopping Centers (Abrasce) prevê alta de 7% nas vendas deste final de ano em comparação com o ano passado. O índice é resultado de pesquisa feita entre os associados em todo o país. O setor comemora a expectativa, já quem em 2016 a ampliação das vendas no período natalino foi de apenas 0,3% sobre 2015, ou seja, de estagnação.

De acordo com o levantamento, as categorias que devem ter maior influência no crescimento das vendas serão vestuário, eletroeletrônicos e calçados.

Como resultado da perspectiva de ampliação no faturamento, os lojistas preveem alta de 5% nas contratações temporárias.

Os números do ano também são positivos. O índice acumulado até setembro apontou alta de 5% nos negócios. O desempenho melhor no segundo semestre aponta que deve ser atingida a meta estabelecida para 2017, de crescimento de 5% a 7% nas vendas.

Para a direção da Abrasce, o resultado confirma a tendência de melhora consistente da economia. “A retomada gradativa da confiança do consumidor no segundo semestre deu um fôlego maior ao varejo”, define Glauco Humai, presidente da associação.

Na avaliação da Abrasce, a melhora dos índices de emprego e de confiança do consumidor, aliadas à redução da taxa de juros e da inflação, também indicam 2018 melhor.

(Agência Brasil)

Empresário do setor de vigilância e terceirização será homenageado pela Câmara Municipal

O empresário cearense do setor de vigilância e terceirização de mão de obra, Vicente Araújo Júnior, será homenageado com a medalha Boticário Ferreira, a mais alta honraria concedida pelo Poder Legislativo Municipal.

O requerimento é de autoria do vereador Carlos Mesquita (Pros), que aponta o reconhecimento da trajetória de trabalho e luta do empresário em benefício de Fortaleza.

A homenagem será realizada no dia 30 de novembro, às 19h, durante Sessão Solene no Plenário da Câmara Municipal de Fortaleza.

(Foto: Divulgação)

Lewis Hamilton lamenta que assaltos aconteçam todos os anos no GP do Brasil

“Isto acontece todos os anos aqui”. O desabafo é do tetracampeão mundial de Fórmula 1, o inglês Lewis Hamilton, neste sábado (11), no Rio de Janeiro, ao lamentar o assalto contra integrantes da equipe Mercedes, na noite dessa sexta-feira (10), em uma ação de homens armados na saída do autódromo de Interlagos.

“Alguns integrantes da minha equipe foram parados à mão armada ontem à noite ao deixarem o circuito aqui no Brasil. Houve tiros e uma arma foi colocada na cabeça de um deles. Isto é muito incômodo de se escutar. Por favor, rezem pelos meus companheiros que estão aqui como profissionais hoje, apesar de estarem abalados”, disse Hamilton no Twitter.

Os funcionários da Mercedes estavam dentro de um micro-ônibus e foram abordados à mão armada quando deixavam o circuito. Antes, os ladrões tentaram roubar um carro blindado da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), mas o motorista conseguiu escapar.

(Com a Agência Brasil / Foto: Divulgação)