Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Médico Juan Mejia ganhará a Medalha Boticário Ferreira

402 1

O médico Juan Mejia, coordenador cirúrgico da Unidade de Transplantes do Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart, vai ganhar a Medalha Boticário Ferreira, da Câmara Municipal. A data da solenidade ainda está acerto, mas a homenagem, sem dúvida, é das mais merecidas.

A homenagem coincide com os 20 anos da realização de transplantes cardíacos no Ceará. Na rede pública do Governo do Ceará, o Hospital de Messejana é referência nas regiões Norte e Nordeste nessa área.

(Foto – André Salgado)

Estudante sai ferida após celular explodir debaixo de travesseiros

Uma estudante de 24 anos ficou ferida, após seu celular explodir debaixo de travesseiros enquanto ela dormia. O celular era o A3 2016 da Samsung. A jovem mora em Teresina (PI) e saiu com ferimentos leves e parte do cabelo queimado, informa o Diário de Pernambuco.

Com o aparelho há mais de um ano, a mulher relatou que o celular nunca apresentou problemas e que ela manteve todas as peças originais de fábrica. O celular não estava carregando no momento do acidente, mas segundo a jovem, o fato de estar debaixo de alguns travesseiros pode ter esquentado o sistema.

“Por volta das 7 horas, acordei com o barulho da explosão. Quando vi o fogo, gritei assustada e meu pai veio me ajudar. Ficamos com medo de incendiar a casa toda e jogamos água na cama, nos lençóis e nos travesseiros. Graças a Deus não aconteceu nada em maiores proporções”, descreveu a estudante.

Em nota ao CuriosaMente, blog do Diário de Pernambuco, a empresa comentou o fato: “Lamentamos o incidente, mas, neste momento, não somos capazes de fornecer detalhes sobre o caso pois atualmente estamos conduzindo uma investigação interna para determinar a causa exata do ocorrido”.

O namorado da jovem se prontificou a resolver as questões legais envolvendo o acontecimento. Ele já entrou em contato com Samsung e enviou fotos do aparelho após a explosão. A empresa informou que vai entrar em contato com um engenheiro e analisar o caso. Dependendo da resposta da empresa, o casal pretende mover ação judicial.

(Também com O POVO Online)

Polícia Federal deflagra Operação Gremlins II

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira, a Operação Gremlins II. O objetivo é dar cumprimento a 28 mandados de busca e apreensão, 15 mandados de prisão temporária e 13 mandados de condução coercitiva, todos expedidos pela 32ª Vara da Justiça Federal em Fortaleza. As medidas estão sendo cumpridas em Fortaleza, Aquiraz, Cascavel, Morada Nova, Quixeramobim, Maranguape e Ipú. O objetivo é aprofundar as investigações em torno de organização criminosa que atua desde o ano de 2012 no Estado. O alvo são fraude em financiamentos rurais (PRONAF e PRONAMP), contratados junto ao Banco do Brasil.

O grupo criminoso atuou em 24 municípios do interior do Estado do Ceará. A fraude estimada é da ordem de R$ 20.000.000,00 (Vinte milhões de reais).

Dentre os investigados há funcionários e ex-funcionários de instituição bancária, produtores rurais, empresários, técnicos projetistas e um ex-vereador, cujas contas também foram bloqueadas.

DETALHE – O nome da operação é alusivo ao ser fantástico do cinema que se multiplica com grande velocidade, tornando-se perigoso.

DETALHE 2 – Será concedida hoje entrevista coletiva, às 11h, na sede da Superintendência Regional da PF no Ceará, na Avenida Borges de Melo, 820, Bairro de Fátima.

Cearense assume como corregedor-geral da Justiça Eleitoral

O ministro cearense Napoleão Nunes Maia Filho assumirá, às 19 horas desta terça-feira, o cargo de corregedor-geral da Justiça Eleitoral. Ele entra no lugar do ministro Herman Benjamin, que deixará a Corte no próximo dia 27, devido ao término de seu biênio como ministro efetivo.

Napoleão Nunes Maia é ministro titular do TSE desde agosto de 2016. Foi ministro substituto de 11 de setembro de 2014 até 29 de agosto de 2016. Ele é um dos integrantes do Superior de Tribunal de Justiça (STJ) na Corte Eleitoral, assim como Herman Benjamin.

Perfil

Napoleão Nunes Maia Filho é mestre em Direito pela Faculdade de Direito do Ceará (UFC). É ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) desde 23 de maio de 2007. Entre outros cargos na magistratura, foi desembargador federal e vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

Cearense de Limoeiro do Norte, tornou-se graduado pela Faculdade de Direito do Ceará em 1971. Sua formação acadêmica inclui mestrado e títulos como livre-docente em Direito Público e notório saber jurídico. Ainda no Ceará atuou como professor e orientador de mestrado na universidade federal daquele estado.

Na magistratura, destacou-se como juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará e desembargador da Justiça Federal da 5ª Região. É autor de várias publicações sobre Direito Civil, Constitucional e Processual, além de livros de poemas. Também é integrante da Academia Cearense de Letras.

DETALHE – O governador Camilo Santana comparecerá à solenidade de posse de Napoleão Nunes Maia.

(Foto – Divulgação)

Relatório da Unesco alerta para responsabilidade compatilhada na educação

Um relatório da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) alerta governos, escolas, professores, pais e atores privados de que a educação precisa ser uma responsabilidade compartilhada. Segundo o documento, a culpa desproporcional sobre qualquer ator em relação a problemas educacionais sistêmicos pode ter sérios efeitos colaterais negativos, além de ampliar a inequidade e prejudicar a aprendizagem.

O Relatório de Monitoramento Global da Educação 2017-2018, com o tema “Responsabilização na Educação: Cumprir nossos compromissos” será lançado mundialmente amanhã (24). Pela primeira vez, o lançamento mundial acontecerá também no Brasil, em Brasília, e ao mesmo tempo em Londres (Reino Unido) e Maputo (Moçambique).

A coordenadora de educação da Unesco no Brasil, Rebeca Otero, explica que a responsabilização de todos os setores da sociedade é fundamental para a qualidade da educação. “Cada ente tem uma responsabilização. Isso tem que estar muito claro, baseado em um arcabouço legal, justificável no sentido de essa responsabilidade poder ser cobrada. Nós só vamos atingir uma qualidade da educação, inclusiva, equitativa, se conseguirmos efetivamente fazer uma boa prestação de contas e ir corrigindo os problemas que encontramos no meio do caminho”, diz.

O relatório enfatiza a importância da responsabilização para enfrentar lacunas e desigualdades. Mundialmente, menos de 20% dos países garantem legalmente 12 anos de educação gratuita e obrigatória. Atualmente, há 264 milhões de crianças e jovens fora da escola, e 100 milhões de jovens incapazes de ler.

As políticas para melhorar práticas existentes “centradas na construção, em vez de na acusação”, têm mais chances de produzir sistemas educacionais equitativos, inclusivos e de qualidade, de acordo com o estudo da Unesco. “Nenhuma abordagem de responsabilização pode ser bem-sucedida se os atores não tiverem um ambiente favorável ou se forem despreparados para cumprir suas responsabilidades. Sem informações claras, nem recursos ou capacidades suficientes, seus esforços serão frustrados”, aponta o relatório.

Brasil

Segundo a coordenadora da Unesco, o Brasil tem um arcabouço legal forte para garantir a responsabilização em relação à educação, como legislações específicas, além do Plano Nacional de Educação (PNE) e de tribunais de contas. Mas, para ela, ainda falta no país o entendimento de outros entes sobre a importância de sua participação no sistema educativo.

“Por exemplo, um pai de aluno que não vai à escola pode trazer problemas para o próprio aluno e para o desenvolvimento da escola. O estudante, se não tem um bom comportamento, é responsabilidade dele, dos pais e também da escola. Tudo está interligado e se uma dessas partes falha, podemos ter uma queda na qualidade da educação”, explica Rebeca.

Segundo a Unesco, órgãos independentes fortes, como ouvidorias, parlamentos e instituições de auditoria, também são necessários para responsabilizar os governos pela educação. Apesar disso, apenas um em cada seis governos publica relatórios anuais de monitoramento educacional.

(Agência Brsail)

Banco do Brasil participará do Feirão Imobiliário em Sobral

O Banco do Brasil vai participar, com suas linhas de financiamento, do Feirão Imobiliário de Sobral, uma promoção de construtoras e imobiliárias da Região Norte. O evento acontecerá nesta sexta (27) e sábado (28), das 10 às 22 horas, no North Shopping Sobral. Haverá soluções de crédito para financiamento de imóveis novos e usados.

No primeiro semestre deste ano, o BB financiou somente no Ceará um montante superior a R$ 123 milhões, volume 33% superior ao contrato no mesmo período do ano anterior. Além disso, o saldo da carteira de imobiliário do BB no Ceará já ultrapassou R$ 1,9 bilhões, o que representa a maior carteira de imobiliário do Banco do Brasil considerando as regiões Norte e Nordeste.

Para o superintendente estadual do Banco do Brasil no Ceará, Castro Júnior, há grandes expectativas para esse evento. “A melhora nas condições de crédito com redução das taxas de juros das linhas de financiamento imobiliário, bem como a melhora de indicadores importantes do setor, como o de lançamento de empreendimento e o de vendas, indicam reaquecimento do setor. A iniciativa constitui-se portanto em uma excelente oportunidade de negócios que proporcionará facilidade aos clientes que desejam adquirir a casa própria”, afirma.

SERVIÇO

*North Shopping Sobral (Av. Monsenhor Aloísio Pinto, 300 – Dom Expedito, Sobral (Ceará).

Líder do PSDB diz que maioria quer Tasso assumindo em definitivo a presidência do partido

Líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Ricardo Tripoli (SP) está assumindo que o partido está dividido, mas afirma que a maioria quer que o senador Tasso Jereissati se torne o presidente definitivo.
“Ele [Aécio] é o presidente. E o interino é o Tasso Jereissati, que está indo muito bem. O que a maioria quer, na verdade, é que o presidente Tasso assuma em definitivo. Agora, para que isso ocorra, depende de que o Aécio renuncie”, declara o parlamentar.

OAB endossa emendas apresentadas por Audic Mota ao projeto de reestruturação do Judiciário

A postura da OAB do Ceará contrária ao projeto de reestruturação do Poder Judiciário, iniciativa do Tribunal de Justiça do Estado, ganhou força, pois recebeu emendas do primeiro-secretário da Assembleia, Audic Mota (PMDB), que atendem às exigências da Ordem.

Audic aponta para reforço da virtualização dos processos como saída para a reordenação judiciária, o que já foi aprovado e deve virar realidade dia 31 de dezembro de 2020. Por esse mecanismo, a tramitação será eletrônica em todos os casos.

Até julho, o Estado deve estar com 60% dos seus processos virtualizados. O presidente da OAB do Ceará, Marcelo Mota, que faz corpo a corpo na Assembleia por melhorias no projeto, destacou o apoio de Audic para melhorar o projeto e apostar na virtualização.

Cursos de Mestrado e Doutorado da UFC, Unilab, Uece e IFCE ganharam reconhecimento do MEC

O Ministério da Educação acaba de reconhecer novos cursos de mestrado e doutorado de universidades do Ceará.

Na UFC e Unilab, o mestrado em Antropologia foi reconhecido. No IFCE, o mestrado profissionalizante em Artes também.

Já na Universidade Estadual do Ceará, ganharam reconhecimento o mestrado em Biologia e o doutorado em Sociologia.

Câmara dos Deputados quer votar fim do foro privilegiado para evitar que STF resolva o assunto

Da Coluna Painel, da Folha de S., Paulo:

Passada a votação da denúncia, o deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), presidente da CCJ, colocará o fim do foro privilegiado em pauta. O parecer de Efraim Filho (DEM-PB), favorável à extinção da prerrogativa para crimes comuns, está pronto há um mês.

A disposição da Câmara em votar o texto aumentou depois que o ministro Alexandre de Moraes, do STF, finalizou voto a respeito do assunto, liberando a corte para bater o martelo sobre o tema.

Camilo promove a distribuição de 1.350 novos PMs em evento na Praça do Ferreira

O governador Camilo Santana (PT) comandou, nesta manhã de terça-feira, na Praça do Ferreira, o ato de distribuição dos 1.350 novos soldados da PM, formados na última sexta-feira (20). Parte dele reforçará o patrulhamento no Centro de Fortaleza Camilo atende assim a um pleito de lojistas, comerciários e clientela.

Outras regiões da Capital e do Estado serão contempladas com a atuação ostensiva dos novos PMs, como a periferia de Fortaleza, a área turística litorânea do Ceará e as regiões metropolitanas do Cariri e de Sobral.

(Foto – Leitor do Blog)

Senado pode votar projeto que dá aos agentes penitenciários direitos da carreira policial

O primeiro item da pauta do Plenário do Senado, nesta terça-feira (24), é a votação em segundo turno da proposta de emenda à Constituição (PEC) que cria as polícias penais federal, estaduais e distrital. Pelo texto, os agentes penitenciários passam a ter os mesmos direitos da carreira policial. Se aprovada, a PEC 14/2016 seguirá para a Câmara dos Deputados.

A proposta, de autoria do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), acrescenta essas polícias ao rol dos órgãos do sistema de segurança pública e determina como sua competência a segurança dos estabelecimentos penais e a escolta de presos.

Para o autor, além de igualar os direitos de agentes penitenciários e policiais, a intenção é liberar as polícias civis e militares das atividades de guarda e escolta de presos.

(Agência Senado)

IBGE fará concurso para recenseador

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anuncia concurso público, conduzido pelo edital nº 03/2017, designado a contração temporário de 1.1152 candidatos para realização do Censo Agropecuário 2017. A chance ofertada é direcionada para Recenseador. O certame é uma extensão do processo seletivo guiado pelo edital nº 02/2017, especificamente planejando preencher as vagas nas UF/Áreas de Trabalho que não tiveram um número de candidatos expressivo como esperado, ou, ainda, não tiveram candidatos inscritos.

A chance solicita nível fundamental completo. A proposta salarial se dará pela produtividade calculado pelo setor censitário conforme taxa fixada e de conhecimento prévio pelo Recenseador, com base nas quantidades de unidades de estabelecimentos agropecuários recenseados. Para desempenhar a função pede-se o cumprimento da jornada de trabalho semanal mínima de 25 horas, com a participação integral e obrigatória no Treinamento. Será obrigatório o comparecimento do Recenseador ao Posto de Coleta nos dias e horários estipulados pelo ACM ou pelo ACS.

Governo e UFC farão parceria para aumentar oferta do tratamento de quimioterapia

Da Coluna Vertical, do O POVO desta terça-feira:

O Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos (NPDM), da Universidade Federal do Ceará, acerta parceria com a Secretaria da Saúde do Estado no campo do apoio a pacientes em tratamento contra o câncer. O organismo deverá disponibilizar em breve suas 20 poltronas para quem precisa de quimioterapia.

A informação é da coordenadora de pesquisas do NPDM, Elisabete Moraes, acrescentando que essa medida ajudará a reduzir a demanda de pacientes que precisam dessa oferta no Estado. A contrapartida viria no apoio do governo às pesquisas na área do câncer.

Elisabete informou que o governador Camilo Santana deverá visitar o NPDM nos próximos dias e que um convênio será firmado, mas, em razão de questões burocráticas, o acordo só deve valer a partir de 2018.

(Foto – Paulo MOska)

“Vão ter que enfrentar mesmo!”, diz o tucano Luiz Pontes em resposta a Cid Gomes

232 1

 

A oposição de Camilo Santana (PT) reagiu com desembaraço ao comentário de Cid Gomes (PDT) sobre o enfrentamento de Tasso Jereissati (PSDB) na disputa para o Governo do Estado. “Eles vão ter que enfrentar mesmo”, reforçou o presidente estadual do PSDB, Luiz Pontes.

“Não tem nenhum problema se Tasso for candidato. Quem deve estar preocupado é o Ciro (Gomes)…”, sugeriu o tucano, sem esclarecer os motivos. Pontes reforçou a tendência de candidatura de Jereissati para o executivo estadual, após a indefinição de Eunício Oliveira (PMDB) sobre quem deve apoiar nas eleições de 2018.

O presidente do partido tucano, conforme publicado ontem pelo O POVO, afirmou que o senador peemedebista tem de definir as alianças para 2018 até o fim de novembro.

Também opositor ao governo, o deputado estadual Capitão Wagner (PMDB) reagiu à declaração de Cid e apoiou a candidatura de Jereissati. “Eles (Ferreira Gomes) não temem (Tasso), porque imaginam que os eleitores vão se comportar como nos últimos anos. Mas o sentimento do povo agora é diferente. Se eles acham que podem derrotar usando as mesmas armas, estão enganados”, disse o parlamentar.

(O POVO – Repórter Rômulo Costa/Foto – Cléber Gonçalves)

“Vamos enfrentá-lo”, avisa Cid Gomes sobre uma possível candidatura de Tasso ao Governo

Cid ganha homenagem. No ato, deputados Augusta Brito, Tin Gomes e Carlos Felipe.

O ex-governador Cid Gomes (PDT) reagiu à possibilidade de disputa entre Camilo Santana (PT) e Tasso Jereissati (PSDB) ao Governo do Estado, sugerindo possibilidade de embate. “Se (Tasso) for (o candidato), muito bem, vamos enfrentá-lo”, disse o ex-governador, na tarde de ontem, após solenidade na Assembleia Legislativa em comemoração aos 49 anos de criação da Universidade Vale do Acaraú (UVA).

A oposição se movimenta em torno da candidatura do senador tucano, depois de Eunício Oliveira (PMDB) mostrar aproximação com o atual governador. Os partidos oposicionistas, guiados pelo PSDB, defendem Tasso Jereissati como um nome forte para enfrentar Camilo Santana nas urnas.

No início do mês, o tucano chegou a admitir a candidatura ao Palácio da Abolição em reunião reservada com as principais lideranças da oposição, entre eles representantes do Solidariedade, PSD, PR e PSDB.

O encaminhamento da candidatura se fortalece após clima de tensão entre os partidos da oposição, depois de Eunício se dizer “eleitor de Lula”, caso não haja direcionamentos nacionais ou locais. Os aliados de Eunício alimentam dúvidas sobre o posicionamento do senador peemedebista em 2018.

Aproximação

Cid reiterou, ontem, que os encontros de Camilo e Eunício são fundamentados na necessidade de agilizar liberações de financiamentos para o Governo do Estado no Congresso Nacional.

“Quem está na responsabilidade de governar tem que superar divergências políticas pra ir atrás do que é necessário para a administração”, defendeu o ex-governador, que rompeu com o senador peemedebista em 2014, às vias da eleições estaduais que seriam vencidas por Camilo.

“O senador Eunício cumpre o seu dever institucional que é apoiar o Estado”, contemporiza Gomes.

A tese de que o contato entre Camilo e Eunício são no “âmbito institucional” é endossada pela vice-governadora, Izolda Cela. No entanto, ela sugere que a disputa eleitoral influencia outros comportamentos dos parlamentares. “A proximidade das eleições, às vezes, amolece corações. As pessoas são movidas a não querer fazer feio na fotografia”, diz.

(O POVO – Repórter Rômulo Costa)

Bolsa cai e dólar fecha no maior valor em mais de três meses

Em uma segunda-feira (23) de tensão no mercado financeiro, a Bolsa de Valores de São Paulo caiu, e o dólar norte-americano fechou no maior valor em mais de três meses. O dólar comercial encerrou ontem vendido a R$ 3,231, com alta de 1,3% (R$ 0,041). A moeda está na maior cotação desde 11 de julho (R$ 3,253).

O mercado financeiro operou de forma tensa às vésperas da votação, pela Câmara dos Deputados, da denúncia contra o presidente Michel Temer. No mercado de ações, o dia foi de perdas. O Ibovespa, índice da Bolsa de Valores de São Paulo, fechou o dia aos 75.413 pontos, com queda de 1,28%. Foi o maior recuo diário desde 20 de junho, quando o indicador tinha caído 2,01%.

(Agência Brasil)

Sérgio Cabral é transferido para presídio federal

O juiz Marcelo Bretas,  da 7ª Vara Federal Criminal, determinou a transferência do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, para um presídio federal. O magistrado atendeu ao pedido feito pelo procurador federal Sergio Pinel, que alegou falta de segurança no presídio onde Cabral se encontra, em Benfica.

Pinel considerou que Cabral, durante o interrogatório dessa segunda-feira (23), comentou saber informações sobre a família de Bretas, que trabalharia no setor de bijuterias, o que comprovaria que ele tem acesso a informações privilegiadas dentro da cadeia.

“O que levou o Ministério Público Federal (MPF) a requerer a transferência de Sérgio Cabral foi uma afirmação no seu interrogatório de que teria obtido na prisão informações a respeito da vida da família do magistrado. Isto o MPF acha que é muito grave. A prisão não tem sido suficiente para afastar o réu de informações de fora da cadeia e levou a pedir sua transferência”, explicou Pinel.

Cabral está preso desde novembro do ano passado, após as investigações da Operação Calicute, desdobramento da Lava Jato que prendeu o ex-governador e várias pessoas ligadas a sua gestão no governo. Em maio ele foi transferido de Bangu 8, no Complexo Penitenciário de Gericinó, para a Cadeia Pública José Frederico Marques, no bairro de Benfica.

O advogado Rodrigo Roca, que defende Cabral, considerou a decisão arbitrária e disse que vai recorrer. “Arbitrária, ilegal e nós vamos levar ao conhecimento do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, para que ele decida e dê a última palavra. Se for necessário, vamos aos tribunais de Brasília”, disse Roca, ressaltando que a decisão representa cerceamento à defesa.

(Agência Brasil)