Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Criminosos deverão ressarcir a Previdência por danos causados às vítimas, aprova comissão no Senado

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou nessa quarta-feira (11) projeto que concede à Previdência Social o direito de ação regressiva contra quem, pela prática de ato ilícito, der causa ao pagamento de benefício previdenciário ou assistencial às vítimas.

O PLS 347/2017, do senador Paulo Rocha (PT-PA), teve relatório favorável do senador José Pimentel (PE-CE), e passa a tramitar em regime de urgência. O texto segue para a análise da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

De acordo com a proposta, a possibilidade da ação regressiva por parte da Previdência se dará nos casos de violência doméstica e familiar; de acidentes de trânsito com infrações graves ou gravíssimas; ou quando houver negligência no cumprimento das normas de saúde ou segurança do trabalho.

A Secretaria Nacional de Assistência Social, ligada ao Ministério do Desenvolvimento Social, responsável pelo pagamento do benefício de prestação continuada (BPC), também poderá ajuizar ação regressiva nos mesmos casos citados acima.

O devido ressarcimento corresponderá às prestações equivalentes aos 5 anos que antecederem a ação, bem como às prestações que vierem a ser pagas até a extinção do benefício. O pagamento não excluirá a responsabilidade civil, penal ou administrativa de quem deu causa.

Durante a discussão da proposta, Pimentel afirmou que seu objetivo é contribuir para o fortalecimento de uma cultura de maior responsabilidade e de menos violência por parte dos cidadãos.

— Pra usar um exemplo bem simples, o irresponsável que encher a cara de cachaça e atropelar uma trabalhadora quando ela estiver indo pro trabalho, terá a obrigação de ressarcir os cofres públicos. Em outras palavras, vai contribuir pra diminuir o número de acidentes — acredita o senador.

Pimentel ainda reforçou que a Previdência tem prejuízos bilionários devido à ausência de um mecanismo como este na legislação, uma conta que acaba sendo paga por toda a população.

(Agência Senado)

Decisão sobre PIS/Cofins deve sair na semana que vem, diz Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nessa quarta-feira (11) que está sendo estudada uma alternativa para recompor as perdas de arrecadação depois da decisão do Supremo Tribunal Federal que retira o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) da base de cálculo do PIS/Cofins.

“Isso diminui a tributação sobre cada produto, e a Receita [Federal] está efetuando estudos visando avaliar se há necessidade de alguma medida para aumentar a tributação para atingirmos um ponto de neutralidade”, afirmou o ministro, em Washington.

Segundo Meirelles, não há intenção de aumentar a carga tributária. “Não há nenhum aumento de carga. Estaria havendo uma recomposição de base, visando a termos uma neutralidade tributária em relação a essa decisão”, afirmou o ministro. Ele informou que a decisão deve sair no início da semana que vem.

O ministro da Fazenda falou também sobre a reforma da Previdência, ressaltando que o projeto atualmente em discussão equivale a 75% da proposta original. “Nós fizemos uma proposta que podemos tomar como base para comparação com o relatório que foi aprovado na comissão especial e que hoje está em discussão e em votação na Câmara [dos Deputados]. Esse projeto que está hoje em discussão equivale a 75% do projeto original, e nós achamos que este é um patamar que ainda está de acordo com as nossas previsões”.

Segundo Meirelles, uma queda desse patamar ainda poderia estar de acordo com o previsto. “É normal que haja um processo de discussão e modificações no projeto”, afirmou. Questionado sobre o patamar mínimo que ainda seria aceitável para o Ministério da Fazenda, respondeu que não existe um patamar rígido. “Estamos fazendo cálculos exatamente em função de cada mudança”.

De acordo com o ministro, dois itens são “certamente inegociáveis”: a idade mínima para aposentadoria e o “fato de que deve existir uma [regra de] transição”. Meirelles disse que a expectativa é ee aprovação da reforma ainda neste ano.

(Agência Brasil)

STF decide que parlamentar não pode ser afastado sem aval do Congresso

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (11) que deputados e senadores não podem ser afastados do mandato por meio de medidas cautelares da Corte sem aval do Congresso. A conclusão foi definida com voto decisivo da presidente do STF, Cármen Lúcia. O julgamento foi finalizado em 6 votos a 5.

A decisão deverá ser aplicada no caso do senador Aécio Neves (PSDB-MG), que recorreu da medida adotada pela Primeira Turma, na última semana de setembro. Por 3 votos a 2, o colegiado determinou o afastamento dele do mandato e seu recolhimento noturno em casa. No entanto, a decisão não é automática, e ainda não foi definido como será decidida na Corte.

Após cerca de 10 horas de julgamento, os ministros Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux e Celso de Mello votaram pela possibilidade de afastamento sem autorização da Câmara dos Deputados ou do Senado. Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Marco Aurélio e a presidente, Cármen Lúcia, votaram pela necessidade de aval do Legislativo.

No voto decisivo para o julgamento, a ministra Cármen Lúcia entendeu que a Corte pode determinar medidas cautelares, mas a palavra final é do Congresso para preservar a soberania do voto popular. No entanto, a ministra ponderou que imunidade não é sinônimo de impunidade. Segundo ela, contra decisões judiciais cabe recurso e “não desacato”.

A Corte julgou nesta tarde uma ação direta de inconstitucionalidade protocolada pelo PP e pelo PSC, que entendem que todas as medidas cautelares diversas da prisão previstas no Código de Processo Penal (CPP) precisam ser referendadas em 24 horas pela Câmara dos Deputados ou pelo Senado quando forem direcionadas a parlamentares. Entre as previsões está o afastamento temporária da função pública. A ação foi protocolada no ano passado, após a decisão da Corte que afastou o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do mandato.

(Agência Brasil)

Banco Mundial anuncia crescimento para América Latina em 2017 e 2018

O Banco Mundial anunciou nesta quarta-feira (11), em Washington, que a economia da América Latina e do Caribe terá uma expansão de 1,2% este ano, puxada pela América do Sul. Já para 2018, o crescimento latino-americano será quase o dobro, ficando em 2,3%.

Já o Brasil, depois de dois anos de recessão, crescerá 0,7% em 2017 e 2,3% em 2018, segundo os dados do relatório semestral do economista-chefe do banco para a América Latina e Caribe, Carlos Végh, que se concentra na conexão entre as políticas fiscal e monetária. Gerenciá-las de forma equilibrada será fundamental para a região retomar um crescimento econômico sustentável, disse o especialista.

Ele afirmou que, diferentemente do que ocorreu em outros períodos, a América Latina e o Caribe não poderão contar agora com fatores externos, como o aumento do preço das matérias-primas e a influência positiva de países como a China.

Segundo o relatório, um passo importante para isso é a implementação de políticas econômicas contracíclicas. Ou seja: aquelas que usam os períodos de bonança para baixar o gasto público e subir as taxas de juros, de modo a formar uma reserva para os períodos de crise. Hoje, a maioria dos países da região adota medidas assim.

Segundo o Banco Mundial, por si só a adoção de políticas contracíclicas não garante a retomada de um crescimento forte e sustentável. Além disso, não é fácil colocá-las em ação quando existe pouco espaço fiscal, como agora: 28 dos 32 países da a América Latina e Caribe fecharão 2017 com saldo negativo.

(Agência Brasil)

Base aliada diz ter votos suficientes para rejeitar denúncia contra Temer na CCJ

Parlamentares da base aliada já estão calculando os votos na apreciação da denúncia contra o presidente da República Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). A expectativa de um dos principais articuladores do governo, deputado Beto Mansur (PRB-SP), é de alcançar entre 39 e 42 votos pela aprovação do relatório do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), que recomenda ao plenário a rejeição da denúncia.

“Podemos ter entre 39 e 42 [votos favoráveis ao governo]. Isso porque se a líder do PSB, [deputada] Tereza Cristina [MS], deixar a liderança e o partido bandear para a esquerda, nós vamos perder dois votos. Se ela permanecer, até porque é o líder que indica, nós manteremos dois votos dos quatro do PSB. Também existe a possibilidade de termos votos do PSDB, que compõe a comissão, em função do trabalho que foi feito pelo relator”, analisou Mansur.

Para Mansur, a denúncia também será barrada no plenário. “Já na terça-feira [17], nós deveremos votar e decidir na CCJ. Aí se encaminha para o plenário na semana do dia 23, que é uma segunda-feira. Nós poderemos votar no dia 24 ou no dia 25 no plenário e aí a gente vai discutir politicamente se dá continuidade ou arquiva a denúncia. Na minha visão, a oposição não terá condições de ter 342 votos para dar continuidade. Então, nós vamos arquivar essa denúncia”, avalia.

Para deputados da oposição, a perspectiva de rejeição da denúncia deve ser mantida com a aprovação do relatório de Andrada. No entanto, para o líder do PT, deputado Carlos Zarattini (SP), a votação do plenário pode surpreender as expectativas do governo.

Na última sessão da CCJ, o presidente do colegiado, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), concedeu vista coletiva ao parecer apresentado pelo relator, deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG). Uma nova reunião foi convocada para terça-feira da próxima semana (17), quando se dará o início das discussões e votação da matéria. A apreciação do parecer na comissão deverá ocorrer na quarta-feira ou na quinta-feira.

(Agência Brasil)

Ministério da Saúde libera R$ 33 milhões para ampliar e qualificar o SAMU 192

O Ministério da Saúde vai reforçar o atendimento de urgência e emergência em 155 municípios do país. Foram liberados mais R$ 33 milhões por ano para ampliar e qualificar o SAMU 192. Esses recursos serão destinados a 241 serviços, um total de 148 ambulâncias, oito motolâncias, dois aeromédicos, uma ambulancha e sete centrais de regulação.

Atualmente, o SAMU atende 81,8% da população brasileira, atuando em 3.514 municípios. Em todo o País, o Ministério da Saúde já habilitou 3.255 unidades móveis, sendo 2.659 Unidades de Suporte Básico e 596 de Suporte Avançado. Além disso, o Brasil conta com 267 Motolâncias, 13 Equipes de Embarcação, 12 Equipes Aeromédicas e 191 centrais de regulação, com um investimento de R$ 714,7 milhões ao ano.

O objetivo do SAMU 192, que funciona 24h por dia, é socorrer rapidamente pacientes com necessidade de serem levados a unidades que prestam serviços de urgência ou emergência, como hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPA), para atendimentos clínicos, cirúrgicos, obstétricos, entre outros, evitando sofrimento, sequelas ou mesmo a morte.

O acionamento do SAMU se dá pela ligação gratuita à Central de Regulação de Urgências, pelo número 192. A partir do atendimento, as equipes formadas por médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e condutores socorristas são destacados para prestar o atendimento.

(Agência Saúde)

Defesa de Lula diz ter recibos originais de aluguel de apartamento

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informou nesta quarta-feira (11) à Justiça Federal no Paraná ter os recibos originais que comprovam o pagamento de aluguel de um apartamento vizinho ao que mora o ex-presidente, em São Bernardo do Campo (SP). Em petição protocolada hoje, os advogados de Lula pedem que o juiz Sérgio Moro, responsável pelos inquéritos decorrentes da Operação Lava Jato na primeira instância, marque uma “audiência formal” para entrega dos documentos com a presença de perito.

“Pedimos ao juiz Moro, por cautela e, se possível, que seja designada audiência formal para entrega desses documentos com a presença de perito ou de serventuário habilitado que possa constatar o estado do material nesse momento (ausência de rasuras, etc)”, diz trecho da petição apresentada pelo advogado Cristiano Teixeira Martins à 13ª Vara Federal na capital paranaense.

Na segunda-feira (9), Moro deu prazo de cinco dias para que a defesa de Lula informasse se tinha os originais dos 26 recibos apresentados à Justiça. A determinação do magistrado ocorreu após a força-tarefa da Lava Jato protocolar, na semana passada, um incidente de falsidade em que pede perícia nos recibos e afirma que eles são “ideologicamente falsos”.

Para a defesa de Lula, a perícia irá “comprovar a autenticidade” dos recibos e que o pedido do Ministério Público Federal é baseado apenas em “convicções” e não em provas. No documento enviado hoje à Justiça, os advogados listam uma série de provas que atestam a legalidade do contrato de aluguel do apartamento vizinho ao do ex-presidente.

(Agência Brasil)

Agência Reguladora do Ceará vai ganhar sede própria

O advogado Hélio Winston preside a Arce.

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce) já  está em processo  de mudança para a nova sede.

Oficialmente, a sede própria será inaugurada no dia 5 de dezembro próximo, mas a mudança se dará a partir de segunda-feira (16).

SERVIÇO

*Telefone geral – 3194. 5600.

*Novo Endereço – Avenida General Afonso Albuquerque Lima, S/N, Cambeba.

Grupo Cultural Chocalho comemora 33 anos de fundação

O Grupo Cultural Chocalho, através de seu coordenador-geral Auriberto Cavalcante, seu secretário-geral Lyma Netto, e do seu presidente de honra, o ex-governador Lúcio Alcântara – e madrinha, Ana Garcia, vai comemorar, às 19 horas do próximo dia 31, no auditório da Associação Cearense de Imprensa, os seus 33 anos de fundação.

Na ocasião, haverá homenagem com troféus e diplomas a colaboradores e apoiadores do grupo, ao longo dos últimos 10 anos.

Lista dos Homenageados

Agência da Boa Notícia;
Alaércio Flor;
Ana Garcia Soria;
Ary Albuquerque;
ASSOCIAÇÃO CEARENSE DE IMPRENSA – ACI;
Beto Studart;
Camilo Santana;
Carlos Alberto Guilherme Cavalcante;
Carlos Matos;
CAUCAIA 258 ANOS DE EMANCIPAÇÃO;
César Barreto;
COMUNIDADE CATÓLICA SHALOM;
Débora Lima;
Diogo Fontenelle;
Eduardo Fontes;
Eliomar de Lima;
Érica Amorim;;
Eunício Oliveira;
EXPRESSO GUANABARA;
Flávio Jacinto;
Gerardo Frota – Pardal ;
Iranildo Pereira;
Ivan Frota;
Izaira Silvino;
João Ananias;
Jorge Pinheiro;
José Edilson da Silva Filho;
Lyma Netto;
Paulo Guerra;
Pedro Sampaio;
Rachel Marques; Vicente Alencar; e Vicente Mota;

Diploma Cairós de Poesia – Diploma Responsabilidade sócio-cultural

Batista de Lima;
Emmir Nogueira;
Ilário Marques;
Lêda Maria:
Naumi Amorim;
SINDICATO APEOC;
Ubiratan Aguiar; e
Cláudia Leitão:

Diploma Amigo do Chocalho

Amarílio Melo;
Chico Prado;
Expedito Vasconcelos;
Fernando Farias;
Francinete Azevedo;
– Gilson Moreira;
JORNAL DO COMÉRCIO;
Matusahila Santiago;
Pedro Matos;
Vanda Frota ; e Vandelúcio Souza;

Diploma Destaques Área Cultural

Arleni Portelada;
CLUBE DO BODE;
Dimas Macêdo;
Júnior Bonfim; e
Sebastião Valdemir Mourão.

Leonardo Boff participa de Ciclo de Palestras do Sesc no Interior do Ceará

 

O teólogo e professor Leonardo Boff vai cumprir agenda de palestras no Interior cearense, atendendo a um convite do Sesc, dentro do projeto Formação Contínua de Educadores. Ele abordará a temática “Ética e sustentabilidade no contexto da educação contemporânea” nas Unidades do Sesc em Iguatu, dia 24, e no Crato, dia 25 próximo.

A palestra é voltada para professores, gestores de instituições públicas e privadas, acadêmicos de cursos de licenciatura, educadores populares e líderes comunitários. A ordem é promover uma ampliação no repertório científico-cultural dos participantes. Nos dias do evento, livros do autor estarão disponíveis para venda.

SERVIÇO

*Para ter acesso, basta realizar inscrição online, que está sujeita à lotação dos espaços, sendo necessária a doação de 2 kg de alimentos não perecíveis a serem entregues no credenciamento.

*Unidade Iguatu do Sesc – Rua Treze de Maio, 1130

*Horário – 18h (Credenciamento e apresentação cultural) / 18h30 (Palestra)
Informações: (88) 3581.1130
Inscrições: http://bit.ly/2y41stl

*Unidade Crato do Sesc – Rua André Cartaxo, 443

*Horário – 18h (credenciamento) / 18h30 (palestra)
Informações: (88) 3523.4444 / 3586-9168 / 3586-9177
Inscrições: http://bit.ly/2wCvGAR

(Foto – Divulgação)

PGR pede ao Supremo para desmembrar inquérito de Geddel Vieira

A Procuradoria-Geral da República enviou ao Supremo Tribunal Federal um parece favorável ao desmembramento do inquérito aberto para investigar as incontáveis trapaças dos irmãos Lucio e Geddel Vieira Lima, o homem de R$ 51 milhões.

A informação é da Coluna Radar, da Veja Online.

Se o relator do caso, o ministro Edson Fachin, acolher o pleito da procuradoria, o processo de Geddel correrá na 1ª instância e o de Lucio, que é deputado federal, no Supremo.

Convenção estadual do PDT deve ratificar apoio à reeleição de Camilo Santana

Carlos Lupi e Ciro Gomes participarão do encontro.

Tudo pronto para a convenção estadual do PDT que, a partir das 9 horas, desta quinta-feira, ocupará espaços no ginásio do Clube Náutico, no bairro Meireles, em Fortaleza.

O presidente nacional do partido, Carlos Lupí, e o presidenciável Ciro Gomes são as grandes atrações do encontro que vai reeleger o deputado federal André Figueiredo presidente estadual e o prefeito Roberto Cláudio dirigente municipal.

Há expectativa de mais de 100 prefeitos conferindo o encontro. A mobilização está sendo feita pelo ex-governador Cid Gomes, com apoio do presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque.

A convenção ratificará apoio do PDt à reeleição do governador Camilo Santana e ainda confirmará que Cid é um dos nomes do partido para o Senado.

(Foto – Paulo  MOska

Seduc instala comissão de concurso para professor na próxima semana

Na próxima semana, a Secretaria da Educação do Ceará montará a comissão que responderá pelo concurso público para professor, informa o titular da pasta, Idilvan Alencar.

A medida consta no pacote de bondades anunciado pelo governador Camilo Santana durante evento com os docentes, nesta semana, em Fortaleza.

(Foto – Secom Maceió)

Comissão do Senado aprova mudança na contagem de prazos da Justiça do Trabalho

A contagem de prazo na Justiça do Trabalho deverá levar em conta apenas os dias úteis. É o que prevê o projeto de lei da Câmara (PLC 100/2017) aprovado nesta quarta-feira (11) pela comissão de Constituição e Justiça do Senado. A proposta prevê também a suspensão do prazo processual durante o recesso forense (de 20 de dezembro a 20 de janeiro) e estende a interrupção dos trabalhos, nesse intervalo, em relação a audiências e sessões de julgamento.

O relator, senador Antonio Anastasia (PSDB_MG), defendeu que as mudanças trazidas pelo PLC 100/2017 evitam prejuízos às partes do processo. “A proposição incorpora ao texto as inovações trazidas pelo Código de Processo Civil, uniformizando, portanto, a contagem de prazos no processo do trabalho e no processo civil. Evitam-se, com isso, prejuízos às partes, em virtude da perda do momento oportuno para a prática de importantes atos processuais, como a interposição de recursos, por exemplo. Garante-se, assim, o pleno exercício do contraditório e da ampla defesa”, avaliou o relator no parecer.

Sobre a suspensão dos prazos processuais durante o recesso forense, Anastasia explicou que o texto insere na legislação o mesmo entendimento de uma norma interna do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Por isso, segundo senador, trata-se de um avanço , já que questionamentos sobre perda de prazo processual costumam congestionar o tribunal. Com a aprovação hoje na CCJ, o texto seguirá para análise do plenário Casa, ainda sem data definida.

(Agência Brasil)

Sindifort diz que professor da rede municipal de Fortaleza não tem o que comemorar

304 5

O Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Fortaleza divulga nota. Lamenta que os docentes não têm muito o que comemorar no próximo domingo. É o Dia do Professor. Confira:

Dia do Professor: nada a comemorar, tudo para lutar

O país inteiro ainda está comovido com o exemplo da professora municipal de Janaúba (MG), Helley de Abreu Silva Batista, que mesmo morrendo queimada lutou para salvar crianças da creche onde lecionava. A abnegação e a coragem de Helen servem como parâmetro da dedicação necessária para ser professora(a) no Brasil hoje. Mas não devia ser assim.

Neste 15 de outubro, os professores não têm nada a comemorar e sobram razões para lutar. O governo do corrupto Michel Temer (e seus aliados no Congresso estão retirando direitos históricos dos servidores e da população. Seja através das reformas (trabalhista, previdenciária), seja através de medidas e projetos. Eles querem liquidar o que resta do serviço público e massacrar a população para o benefício de grandes empresários, banqueiros, especuladores e políticos. O último destes ataques foi a aprovação pela CCJ do Senado da proposta de quebra da estabilidade no serviço público através de avaliação de desempenho. A senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE), autora da proposta, esteve ausente em 80% das votações.

Além dos ataques a direitos, projetos como a “escola sem partido” e a decisão do STF sobre o ensino religioso nas escolas, tentam cada vez mais tolher aqueles(as) que buscam uma educação crítica e libertadora.

Mas o ataque contra a educação e os professores não acontece só a nível federal e estadual. Em Fortaleza o prefeito Roberto Cláudio (PDT) continua sem valorizar o magistério, bem como os demais servidores municipais. Este ano, alegando a crise e a falta de recursos, o prefeito não concedeu um centavo de reajuste salarial. Para o reajuste dos servidores não há recursos, mas para enterrar milhões no novo aterro da praia de Iracema tem dinheiro e ainda sobra.

Enquanto os professores e servidores padecem sem reajuste e com péssimas condições de trabalho, as escolas municipais estão literalmente desabando, como aconteceu recentemente com o teto da quadra da escola municipal Tereza D’ana, no Planalto Ayrton Sena.

Não bastasse isso, os professores, como os demais servidores, sofrem com a limitação crescente dos serviços do IPM Saúde. Cobrada pelo Sindifort, a Prefeitura tem se limitado a desculpas esfarrapadas.

Para piorar ainda mais a situação, a violência desenfreada que toma conta de Fortaleza chegou até as escolas. Após receber várias denúncias e acompanhar de perto os casos de violência contra professores e funcionários de escolas municipais, o Sindifort está fazendo um relatório com estes casos e irá ao Ministério Público pedir providências, visto que há 3 meses a direção do Sindicato solicita sem resultados reunião emergencial com a secretária de Educação para tratar do problema.

Nas escolas há casos de assaltos, furtos, agressões, invasões, depredações e ameaças de todo tipo.

O prefeito Roberto Cláudio, que se elegeu com a promessa de que investiria na segurança pública da cidade, criou secretaria para tratar do caso e colocou em sua chapa um vice-prefeito que foi secretário de Segurança do Ceará. Resultado? Zero! O prefeito não está garantindo nem mesmo a segurança dos professores e demais servidores municipais durante o horário de trabalho. As escolas viraram terra sem lei a mercê das facções e gangues. Não dá para continuar assim!

Contra tudo isso o Sindifort está chamando os professores e demais servidores municipais para um grande ato na quarta-feira, 1º/11/17, às 8h em frente à sede do IPM na av. da Universidade, 1940, Centro.

O Sindifort e a Intersindical – Central da Classe Trabalhadora, saúdam os professores(as) por sua coragem, abnegação e resistência.

Seguimos firmes na luta. Está na hora dos trabalhadores, da juventude, das mulheres, dos excluídos e explorados darem um basta nestes governos e neste sistema de fome, miséria, opressão e exploração.

Parabéns professores e professoras! Saudações a quem tem coragem!

*Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza – Sindifort.

Assis Cavalcante será eleito presidente da CDL Fortaleza

O empresário Assis Cavalcante será eleito, na próxima segunda-feira, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza.

Atualmente respondendo pela Ação Novo Centro, que promove o Natal de Luz, ele é o candidato de consenso.

Vai entrar no lugar de Severino Neto, que deixará legado de quem investiu em modernização da entidade e ampliação de sua relação com segmentos da sociedade.

(Foto – Paulo MOska)

 

Inflação para idosos sobe e acumula alta de 3,53%

O Índice de Preços ao Consumidor da Terceira Idade (IPC-3i), que mede a variação da cesta de consumo de famílias majoritariamente compostas por indivíduos com mais de 60 anos de idade, registrou no terceiro trimestre de 2017 (julho, agosto e setembro), variação de 0,68%. Em 12 meses, o IPC-3i acumula alta de 3,53%.

Os dados foram divulgados hoje (11), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas. Com a alta, o IPC-3i fechou o mês com variação acima da taxa acumulada pelo IPC-BR, que mede a variação da inflação para a maior parte da população do país, e que foi de 3,17% no mesmo período.

Na passagem do segundo trimestre de 2017 para o terceiro trimestre de 2017, a taxa do IPC-3i acusou acréscimo de 0,18 ponto percentual, indo de 0,5% para 0,68%. Três das oito classes de despesa componentes do índice tiveram acréscimo nas taxas de variação.

A principal contribuição partiu do grupo Transportes, que passou de -0,52% para 3,14%. O item que mais influenciou o comportamento desta classe de despesa foi a gasolina, que variou 11,98% no terceiro trimestre, ante -3,16% do trimestre anterior.

Contribuíram também para o acréscimo da taxa do IPC-3i os grupos Habitação (0,4% para 1,08%) e Educação, Leitura e Recreação (0,08% para 1,42%). Para cada uma dessas classes de despesa, deve ser considerado o comportamento dos itens tarifa de eletricidade residencial (-2,46% para 3,80%) e passagem aérea (-8,04% para 16,62%), respectivamente.

Em contrapartida, os grupos Saúde e Cuidados Pessoais (2,7% para 1,21%), Alimentação (-0,94% para -2,19%), Vestuário (1,18% para 0,62%), Comunicação (0,75% para 0,40%) e Despesas Diversas (1,16% para 0,74%) apresentaram decréscimo nas taxas de variação.

(Agência Brasil)