Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Em frente ao aeroporto de Fortaleza, reina uma parada de ônibus quebra-galho

94 1

Por conta das obras que ampliaram os acessos ao novo terminal do Aeroporto Internacional Pinto Martins, uma parada de ônibus da avenida Senador Carlos Jereissati, acabou demolida e, para não prejudicar usuários do transporte coletivo, surgiu esta, mais próxima do trecho, só que improvisada.

As obras na área do aeroporto já foram concluídas há seis meses, mas nada de nova parada seguindo os padrões estipulados pela gestão municipal.

Este abrigo quebra-galho continua reinando no local, reclama a clientela.

(Foto – Leitor do Blog)

IBGE – Gasto médio mensal das fmaílias é 45,3% menor no meio rural

A Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2017/2018 – divulgada hoje (4) pelo IBGE – confirma que a vida é mais cara na área urbana do que na rural. “Por isso, há um nível de despesas mais alto em áreas urbanas do que nas rurais. A despesa média da família na área urbana chega a ser quase o dobro da rural”, disse à Agência Brasil o gerente do estudo, André Martins.

A despesa total média mensal das famílias brasileiras atingiu R$ 4.649,03 no biênio. Na área urbana, o gasto total médio foi de R$ 4.985,39, com aumento de 7,2% em comparação ao valor nacional, enquanto na área rural o valor da despesa atingiu R$ 2.543,15, ou seja, 45,3% inferior ao gasto médio.

O IBGE classifica as despesas em três grupos: correntes, aumento do ativo e diminuição do passivo. Os gastos correntes concentram o maior percentual de gastos (92,7%) e formam dois grupos: as despesas de consumo, que são os gastos feitos no dia a dia e que correspondem a 81% dos gastos totais; e outras obrigações correntes (impostos, contribuições trabalhistas, serviços bancários, pensões, mesadas e doações).
A sondagem mostra estabilidade nas despesas de consumo em relação à pesquisa 2002/2003, quando representaram 84,2% dos gastos totais.

Mais representativos

Dentro do grupo de despesas de consumo são mais representativos os segmentos de habitação (36,6%), transporte (18,1%) e alimentação (17,5%).

“O transporte, nessa pesquisa, ganhou o segundo lugar. Botou alimentação no terceiro plano”. Juntos, os três segmentos respondem por boa parte das despesas de consumo.

“Os outros setores dividem o que sobra”, afirmou. Assistência à saúde, por exemplo, tem participação de 8% e educação, 4,7%. A assistência à saúde tem participação crescente desde o Estudo Nacional da Despesa Familiar (Endef) 1974/1975, quando somava 4,1%.

Na área urbana, a distribuição das despesas de consumo mostra a mesma posição, com habitação na liderança (37,1%), transporte (17,9%) e alimentação (16,9%). Já na área rural, embora habitação se mantenha em primeiro lugar (30,9%), transporte perde a segunda posição (20%) para alimentação, que participa nas despesas de consumo com 23,8%.

O pesquisador lamentou que as despesas de consumo relativas a fumo ainda tenham ficado com participação de 0,5% no estudo 2017/2018. “Eu queria ver 0% de participação, mas não foi ainda desta vez”, disse. No que tange a outras despesas correntes, que “abrangem tudo que você tem que pagar efetivamente, mas não é consumo”, entre os quais impostos, o estudo indica aumento significativo entre o Endef 1974/1975 e o levantamento hoje divulgado, passando de 5,3% para 11,7%.

Alimentação fora de casa

A pesquisa 2002/2003 já havia observado uma participação relevante da alimentação fora do domicílio nos gastos das famílias brasileiras. Analisando as despesas com alimentação, a POF 2017/2018 aponta que um terço desses gastos é dedicado a pagamento de alimentação fora do domicílio.

São produtos que a família compra para consumir fora da moradia. “É um lanche, um jantar no restaurante, um sanduíche, é uma pipoca que adquire no ponto do ônibus”.

Esse fenômeno é mais marcante na área urbana. André Martins acrescentou que essa despesa com alimentação fora de casa veio aumentando ao longo do tempo. Em 2002/2003, tinha participação de 24,1% dos gastos com alimentação; em 2008/2009, 31,1%. Agora, 32,8%.

Na área urbana, esses gastos com alimentação fora de casa evoluíram de 25,7%, em 2002, para 33,9% no estudo divulgado hoje, e com estabilidade ante a pesquisa de 2008 (33,1%). Já na área rural, subiram de 13,1% para 24,%.

Embora a alimentação fora do domicílio tenha ficado estável no Brasil nos últimos anos, o IBGE informou que, em termos regionais, o Nordeste, o Centro-Oeste e o Sul tiveram expansão significativa nesse tipo de gasto, passando de 23,5%, 30,1% e 27,7% na pesquisa anterior para 32,3%, 38% e 31,1%, na atual, respectivamente.

No Sudeste, ao contrário, “deu uma pequena encolhida” (de 37,2% para 34,2%), que pode ser explicada pelo “aperto” provocado pela crise econômica. “Houve uma freada no tipo de alimentação fora de casa porque é mais cara um pouquinho”, disse o pesquisador.

No item alimentação no domicílio, o levantamento atual evidencia que o grupo de produtos compostos de carne, vísceras e pescados segue liderando a despesa média mensal das famílias, com 20,2% do total, com maior peso na Região Norte (27,1%) e menor no Sudeste (18,1%). Esse grupo de produtos indica queda em comparação ao estudo anterior, quando atingiu 21,9% dos gastos.

(Com Agência Brasil)

Fortaleza terá sua 11ª Marcha Pela Vida e Contra o Aborto

Tudo pronto para a 11ª edição da Marcha Pela Vida e Contra o Aborto. Acontecerá na tarde deste sábado, com ato em frente ao Ideal Clube, e tendo como mote não só pressão contra leis que legalizam o aborto, mas, também, contra a onda de violência.

A realização é do Movimento (Movimento pela Vida e Contra a Violência) e tem entre seus principais articuladores o senador Eduardo Girão (Podemos).

 

Enade 2018 – 6% dos cursos avaliados tiraram nota máxima

Em 2018, 492 cursos superiores tiraram a nota máxima no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), de acordo com dados divulgados hoje (4) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Esses cursos correspondem a cerca de 5,8% do total de 8.520 que tiveram o desempenho divulgado.

A maior parte desses cursos é ofertada por instituições públicas federais, 199, seguida por instituições privadas sem fins lucrativos, que ofertam 123; privadas com fins lucrativos, que ofertam 117; públicas estaduais, 52; e um deles é ofertado por instituição pública municipal. Ao todo, foram avaliados nesses cursos 25,2 mil estudantes.

Os resultados são referentes ao Conceito Enade, indicador calculado com base no desempenho dos estudantes no Enade 2018.

O Enade é um exame feito por estudantes – ao final dos cursos de graduação – para avaliar conhecimentos, competências e habilidades desenvolvidas ao longo do curso. Levando em consideração o desempenho dos estudantes nas provas, os cursos são classificados seguindo uma escala de 1 a 5.

O conceito 3 reúne a maior parte dos cursos. Aqueles que tiveram um desempenho menor que a maioria recebem conceitos 1 ou 2. Já os que tiveram desempenho superior à maioria recebem 4 ou 5. De acordo com os resultados divulgados, 1.689 cursos obtiveram conceito 4 e 3.830 obtiveram conceito 3.

Abaixo da média

Na outra ponta, mais de um quarto dos cursos avaliados no Enade do ano passado obtiveram desempenho “abaixo da média” na avaliação – ao todo, 2.509, ou seja, cerca de 29% obtiveram conceitos 1 e 2.

A maior parte desses cursos, 1.397, é ofertada por instituições privadas de ensino superior com fins lucrativos; 864 são ofertados por instituições privadas sem fins lucrativos; 76 por instituições públicas federais; 90 por públicas estaduais; 73 por públicas municipais; e 9 por instituições especiais.

Ao todo, 149.209 estudantes são atendidos por essas instituições de ensino. Eles representam um terço, 34%, dos 439.044 estudantes que participaram do Enade e tiveram notas divulgadas.

Direito e Administração

Em 2018, os cursos de administração e direito representam 48,5% do total de inscritos no Enade.

De acordo com o Inep, 23,8% dos cursos de administração avaliados obtiveram Conceito Enade 1 ou 2; 51% obtiveram conceito 3; 20,7%, conceito 4; e, 4,5%, conceito 5. Entre esses cursos, a média da nota geral dos estudantes no exame foi 38,4 de um total de 100 pontos.

Entre os cursos de direito, 36,7% obtiveram conceitos 1 ou 2; 43,4% obtiveram conceito 3; 13% conceito 4; e, 6,9%, conceito 5. A média da nota geral dos estudantes foi 41,3.

O Enade, para todas as áreas, é composto de 40 questões. Elas são divididas em formação geral, que abrange aspectos da formação profissional do estudante; e componente específico, elaborado para cada uma das áreas avaliadas. A parte específica corresponde a 75% da nota e a geral, a 25%.

Enade 2018

Em 2018, cerca de 462,2 mil estudantes de 10,6 mil cursos de aproximadamente 1,8 mil instituições de ensino participaram do Enade. Nem todos os cursos atenderam a todos os quesitos para o cálculo do Conceito Enade.

Foram avaliadas as seguintes áreas com cursos de bacharelado: administração; administração pública; ciências contábeis; ciências econômicas; comunicação social – jornalismo; comunicação social – publicidade e propaganda; design; direito; psicologia; relações internacionais; secretariado executivo; serviço social; teologia; turismo.

Foram avaliados também os cursos superiores de tecnologia em comércio exterior; em design de interiores; design de moda; design gráfico; gastronomia; gestão comercial; gestão da qualidade; gestão de recursos humanos; gestão financeira; gestão pública; logística; marketing; processos gerenciais.

Desempenho do estudante

No boletim do estudante, todos aqueles que fizeram o Enade no ano passado têm acesso às notas individuais, bem como às notas gerais por curso, por região, por unidade da Federação, por área de avaliação e a nota nacional, para comparação. O boletim é acessado pelo sistema Enade por meio de senha individual.

(Agência Brasil)

OAB do Ceará promove feira para adoção de cães e gatos

A Comissão de Defesa dos Direitos dos Animais da OAB do Ceará vai promover neste domingo, das 8 às 12 horas, no Parque Estadual do Cocó, uma feira para doação de cães e gatos. A ONG Abrace e protetoras independentes disponibilizarão os pets para a adoção.

Os animais adotados neste evento serão consultados (teste de triagem), vacinados e chipados. Para adotar um animal é necessário ser maior de 18 anos e apresentar RG, CPF e comprovante de endereço.

Quem quiser doar rações para cães e gatos será bem-vindo, adianta a organização. Todo o material arrecadado será encaminhado para abrigos protetores de animais.

DETALHE – A feira conta com o apoio do Governo Estado e da Prefeitura de Fortaleza. Tem como patrocinadores o Supermercado Nidobox e a Distribuidora Z Vieira.

(Foto – Ilustrativa)

Governo deve lançar MP para extinguir multa adicional de 10% do FGTS

Vem aí uma Medida Provisória (MP) que promete dar fim à multa adicional de 10% do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) que empresas devem pagar ao governo em demissões sem justa causa. A informação é do secretário de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, em entrevista ao portal G1.

“Essa multa vai acabar. Hoje, o valor dessa multa, em 2019, é da ordem de 5,7 bilhões de reais. Estimamos que, em 2020, esse valor vai ser um pouco acima de 6 bilhões de reais”, declarou Rodrigues.

Segundo Rodrigues, o objetivo da mudança é reduzir encargos trabalhistas e dar mais espaço ao governo para gastos no Orçamento de 2020. A multa de 10% do FGTS não vai para o demitido e sim para a União, que então repassa o valor para o fundo de garantia. O secretário afirma que esse adicional contribui para o aumento do teto de gastos e sua extinção faz parte de um pacote de medidas.

Essa multa adicional de 10% foi instituída em 2001, numa contribuição social criada para compensar perdas inflacionárias do fundo.

Waldery Rodrigues garante que não haverá qualquer alteração na taxa de 40% que as empresas devem pagar aos trabalhadores demitidos sem justa causa.

(Foto – Arquivo)

Professores da rede estadual de ensino marcam ato público

77 3

Os professores da rede estadual de ensino do Ceará anunciam: vão realizar um ato, dia 16 próximo, pela manhã, no entorno do Palácio da Abolição. Segundo o presidente do Sindicato Apeoc, Anízio Melo, ainda há “algumas pendências’ por serem atendidos pelo governo.

Já foi conquistado o reajuste de 4,17%, retroativo a janeiro, para todos os professores ativos, temporários e aposentados, além da implantação das Promoções sem Titulação.

A categoria quer ainda a ampliação da carga horária definitiva e convocação dos concursados.

(Foto – Divulgação)

Congresso adia para terça-feira votação de veto que muda regras eleitorais

A análise do veto ao Projeto de Lei 5029/19, que muda regras eleitorais, foi transferida pelo Congresso Nacional. Ficou para as 14 horas da próxima terça-feira, decidiram as lideranças partidárias.

Como as próximas eleições estão marcadas para 4 de outubro de 2020 e as mudanças no pleito devem estar publicadas um ano antes, a aplicabilidade de qualquer dispositivo cujo veto tenha sido derrubado depois do próximo dia 4 será decidida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Entre os itens vetados nesse projeto destaca-se o trecho que acabava com a referência de 30% do montante destinado a emendas impositivas de bancada para a composição do fundo eleitoral. Assim, caberia à Lei Orçamentária de 2020 definir o valor do fundo sem tomar como parâmetro esses 30% do valor global das emendas que, no projeto de lei orçamentária enviado pelo Executivo, soma 6,7 bilhões de reais.

(Com Agências)

Santa Casa de Sobral inscreve para vaga de enfermeiro até domingo

A Santa Casa de Misericórdia de Sobral já está inscrevendo para processo seletivo ao cargo de enfermeiro especialista nas áreas Cardiovascular, Cardiológica e Terapia Intensiva. As inscrições prosseguem até o próximo domingo, no site www.stacasa.com.br.

A seleção, segundo a assessoria de imprensa do hospital, tem como objetivo a formação de cadastro de reserva para profissionais com ensino superior completo em enfermagem com especialização concluída ou em andamento nas áreas Cardiovascular, Cardiológica e Terapia Intensiva que irão atuar no Hospital do Coração.

Os inscritos devem apresentar a documentação no setor de Recursos Humanos da Santa Casa de Sobral até o dia 7 de outubro. As inscrições deferidas e indeferidas serão divulgadas no dia 16 de outubro. Já o cronograma com as datas referentes às próximas etapas da seleção serão divulgadas entre os dias 21 e 22 de outubro.

Fortaleza – Série de assaltos acaba em tiroteio, colisão de veícuilo e prisões

Uma série de assaltos foi realizada, entre a noite de quinta-feira e a madrugada desta sexta-feira, em Fortaleza.

Segundo as primeiras informações, um grupo, usando um veículo da marca Prisma, de cor branca, iniciou as abordagens criminosas no Centro, em pontos comerciais na área do Mercado dos Pinhões. De lá, o grupo seguiu assaltando clientes e funcionários numa pizaria na avenida Jovita Feitosa.

Foram acionadas várias viaturas policiais que conseguiram interceptar o grupo, que fazia novas vítimas no bairro Maraponga. O grupo ainda tentou fugir.

Houve troca de tiros e o motorista do veículo do grupo foi atingido. O carro acabou colidindo com um poste. Um dos apontados como criminoso foi baleado e outro preso. Outros dois conseguiram fugir.

Segundo um policial que pediu para não ser identificado, cerca de 20 pessoas foram vítimas de assaltos ao longo dessa série de crimes, tendo dinheiro e celulares levados, mas que devem ser restituídos com a prisão do grupo.

O 34º Distrito Policial vai investigar o caso.

(Foto – WhasApp)

Camilo inaugura obras de revitalização do Corredor Religioso de Canindé

O governador Camilo Santana (PT) entregou, nessa noite de quinta-feira (3), em Canindé, as obras de revitalização do Corredor Religioso do município. O governador também foi homenageado pelos investimentos no turismo religioso, recebendo a comenda Artesão da Paz.

Com investimentos de R$ 2,6 milhões, o projeto de restauração do Corredor Religioso de Canindé contou com requalificação da Via Processional, que liga a Avenida Francisco Campos à Igreja Cristo Redentor, da abertura da “Via Iluminada”, interligando o Convento Franciscano a Praça da Basílica e da reforma da Praça Matriz, além de serviços de repavimentação do entorno, acessibilidade, sinalização, paisagismo, iluminação e construção de estacionamento.

(Fotos – Divulgação)

Desembargadora cearense no CNJ agora como juíza auxiliar

 

O Tribunal de Justiça do Ceará aprovou a prorrogação do afastamento da desembargadora Iracema do Vale tendo em vista a sua indicação para o cargo de juiz auxiliar da presidência do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A sessão ocorreu nessa quinta-feira e foi conduzida pelo presidente do Judiciário cearense, desembargador Washington Araújo.

Iracema do Vale começará a exercer a nova função a partir de 10 de outubro, data em que se encerra o mandato de conselheira do CNJ, com prejuízo das funções jurisdicionais no TJCE. Ela é a primeira desembargadora cearense a se tornar conselheira do CNJ, tendo sido empossada em 2017, em vaga de indicação do Supremo Tribunal Federal (STF). Em 2018, também foi eleita, por unanimidade, ouvidora-geral do Conselho.

(Foto – Mauri Melo)

Caixa lembra: termina nesta sexta-feira prazo para autorização de saques de até R$ 500

Termina hoje o prazo para quem tem conta corrente na Caixa Econômica autorizar crédito automático de até R$ 500 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e poder ter o dinheiro liberado na próxima quarta-feira (9). A informação é da assessoria de comunicação da Instituição e do Portal G1.

Quem tem conta poupança individual já terá os depósitos feitos automaticamente.

A Caixa Econômica Federal prorrogou o prazo para quem tem conta corrente individual, conjunta ou fácil e conta poupança conjunta poder aderir ao crédito automático dos valores do FGTS. Antes o prazo estabelecido era 25 de agosto.

Quem fizer a opção ao saque a partir deste sábado, 5, receberá os valores do FGTS na conta corrente indicada até 20 dias após a adesão
Assim, os nascidos de janeiro a abril que não fizeram a adesão ao saque até o dia 8 de setembro podem fazê-lo agora, mas receberão o dinheiro até 20 dias após o pedido.

Quem nasceu entre maio e agosto e também perdeu o prazo, também pode receber o dinheiro em até 20 dias se fizer o pedido a partir de agora.

Vereador Dr. Eron quer o aproveitamento de servidores na nova gestão do Hospital N.S. da Conceição

O Hospital Nossa Senhora da Conceição, no Conjunto Ceará, passará a ser administrado por uma Organização Social (OS) até o fim deste ano. Quarenta e quatro servidores, incluindo a direção do hospital, estão de aviso prévio. O vereador Dr. Eron (PP) defende o aproveitamento desses servidores, por parte da Organização Social, diante do compromisso deles com a unidade de saúde há mais de 10 anos.

O assunto foi tema de debate na noite dessa quinta-feira (3), na Comissão de Saúde da OAB-CE, que, além da situação do hospital atendimento materno infantil do Conjunto Ceará, abordou ainda os vínculos precários de trabalho que persistem no sistema público de saúde.

A audiência contou com o presidente da Comissão de Saúde da OAB-CE, o médico e advogado Ricardo Madeiro; do integrante da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Fortaleza, o médico Eron Moreira; e a coordenadora-geral da Rede MPSus, procuradora de Justiça Isabel Porto.

(Foto: Divulgação)

Bolsonaro critica disque-denúncia contra Força Nacional

O presidente Jair Bolsonaro comentou nessa quinta-feira (3) a criação de um disque-denúncia contra eventuais abusos por parte de homens da Força Nacional de Segurança que estão atuando em Cariacica (ES), cidade da região metropolitana de Vitória. O município é um dos cinco do país que fazem parte do projeto piloto do governo federal para redução de crimes violentos, batizado de Em Frente, Brasil.

“Se é o que estou pensando, vou falar com [Sergio] Moro, se começarem a denunciar policiais, a gente troca de município”, afirmou o presidente. Ele se referia à iniciativa do prefeito de Cariacica, Geraldo Luzia de Oliveira Junior, o Juninho, que liberou a linha 162, da Ouvidoria Municipal, para receber denúncia contra excessos dos agentes federais que chegaram na cidade para reforçar a segurança pública.

Para o presidente, muitas vezes ocorrem denúncias falsas, por parte do crime organizado, para prejudicar a atividade policial. “Não podemos expor os nossos agentes de segurança a serem submetidos ao disque-denúncia que, na maioria das vezes, é mentira o disque-denúncia, são os bons policiais que são denunciados”, acrescentou.

Bolsonaro defendeu a eficácia do Em Frente, Brasil, que completou 30 dias de lançamento esta semana. Além de Cariacica, o projeto está sendo implantado em Ananindeua (PA), Goiânia, Paulista (PE), e São José dos Pinhais (PR).

“De concreto, nestes últimos 30 dias, diminuiu em 53% o número de homicídios. Então, o programa, pelo que tudo indica, está obtendo sucesso.”

Bolsonaro também comentou pontos de um novo decreto editado esta semana, que regulamenta o acesso a armas de fogo e produtos controlados pelo Comando do Exército.

Entre as mudanças, a norma dispensa policiais e militares de passar por exames para renovar autorização de armas pessoais e também libera a aquisição de acessórios de armas antes proibidos por parte de empresas, colecionadores, policiais e quem possui porte ou posse de armamento.

Outra medida regulamentada pelo decreto é a que estabelece comunicação obrigatória de perda, furto, roubo ou extravio de armas em até 72 horas. As principais mudanças de decretos anteriores, apresentados em junho, ficam mantidas.

(Agência Brasil)

Programa Criança Feliz terá orçamento de R$ 800 milhões, anuncia ministro

O orçamento do governo federal para o programa Criança Feliz, que atende em domicílio famílias com crianças na primeira idade, deverá passar dos atuais R$ 350 milhões anuais para cerca de R$ 700 milhões a R$ 800 milhões em 2020. De acordo com o ministro da Cidadania, Osmar Terra, o orçamento anual do programa deverá chegar a R$ 2,5 bilhões até o final da atual gestão federal.

“Se fizer o custo por criança, ele é um programa que sai razoavelmente barato, em torno de R$ 300, R$ 400 por criança por ano. É claro que ele não é feito para substituir a creche, a creche tem que existir. Mas se considerar o preço de uma criança na creche e o preço de uma no Criança Feliz, é uma diferença enorme, no mínimo dez vezes menos do que uma criança na creche”, disse o ministro.

O programa Criança Feliz atende prioritariamente gestantes e crianças de até 3 anos beneficiárias do Programa Bolsa Família, e crianças de até 6 anos beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Creches

O ministro disse que o governo federal está estudando fornecer uma espécie de “vale creche” para famílias que não estão conseguindo ser atendidas pelo poder público. “Eu sei que o ministro [da Educação] Abraham [Weintraub] está pensando em dar emergencialmente um voucher creche para as mães das famílias mais pobres, para creche particular, para qualquer creche, que ela possa ter acesso rápido, até equacionar essa questão”, disse Terra.

Terra disse que o problema para o fornecimento das creches não está na construção, mas no custo de sua manutenção, arcado geralmente pelas prefeituras. “A manutenção de uma creche custa mais, em um ano, do que tudo que se gasta na construção do equipamento”, disse.

Bolsa Família

De acordo com o Osmar Terra, o Bolsa Família está atualmente com cerca de 600 mil famílias em fila de espera para entrar no programa. Segundo ele, o tempo é de aproximadamente três meses. “Com essa questão do contingenciamento, essa dificuldade toda da economia brasileira, nós estamos espaçando. Famílias novas que entram podem levar dois meses, três meses. Está na faixa de três meses para começar a receber o programa”, disse.

O ministro avaliou que não é uma fila muito grande e nem é muita gente na fila. Ele disse que existe em torno de 600 mil a 700 mil famílias, em um universo de 13,5 milhões de famílias atendidas pelo programa.

(Agência Brasil)

PMs denunciados por envolvimento na morte do ex-mascote do Ferroviário são absolvidos

Três policiais militares que haviam sido denunciados à Controladoria Geral de Disciplina (CGD) foram absolvidos da suspeita de envolvimento na morte de Ronierbson Gomes e Silva, conhecido como antigo intérprete do mascote Tutuba, do Ferroviário. As testemunhas apontadas por familiares da vítimas deram depoimento negando terem visto as supostas agressões dos PMs. Outra das pessoas ouvidas, uma servidora do Instituto Doutor José Frota (IJF), negou que tivesse presenciado Roni Tutuba, como era conhecido, afirmar ter sofrido espancamento por parte dos policiais. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado na segunda-feira, 30, por falta de provas.

Os três policiais investigados foram responsáveis por atender Roni Tutuba após um acidente de trânsito. A vítima teria tentado invadir um estabelecimento comercial e, em seguida, a viatura da PM acionada para a ocorrência deixou Ronierbson em casa. A família, conforme documento publicado no Diário Oficial do Estado, afirmou que recebeu informações de que, antes de ser deixado na residência, o intérprete do mascote do Ferroviário teria sido espancado pelos agentes de segurança.

Os parentes apontaram testemunhas que teriam visto o crime, além de uma servidora que atendeu Ronierbson no IJF e teria afirmado que, na sala de reanimação, ele comentou ter sido agredido pelos PMs. Nos respectivos depoimentos, porém, todas as testemunhas negaram qualquer comentário sobre a atuação dos policiais.

O depoimento dos três policiais afirma que Tutuba estaria na calçada do estabelecimento e teria uma mancha de sangue na roupa. Ele teria pedido aos PMs para ir para casa e, ao entrar em contato com a própria esposa, ela afirmou que não poderia buscá-lo. Em contato com a Coordenadoria Integrada de Operações (Ciops), os agentes pediram autorização para deixar a vítima do acidente em casa e receberam a orientação positiva.

O depoimento dos familiares é de que, além de terem recebido informes sobre a agressão, perceberam manchas roxas em Roni Tutuba. Segundo eles, Ronierbson teria confirmado que foi vítima de agressões. Por serem de parentes da vítima, porém, as acusações foram desconsideradas pela Controladoria Geral de Disciplina.

O proprietário e os funcionários da pizzaria onde teria ocorrido o crime afirmaram que Roni Tutuba estava “transtornado” e que queria entrar no estabelecimento, afirmando que pessoas queriam matá-lo. Disseram ainda que não presenciaram agressões contra. A CGD entendeu que o erro dos policiais teria sido infringir deveres militares e levar o acidentado e acusado de conduta criminosa diretamente para a residência. Tal infração ocasionou na penalidade de dois dias de permanência para os soldados envolvidos, e de quatro dias para o sargento.

Nos laudos médico e cadavérico constam que não foram encontradas lesões traumáticas visíveis que pudessem ser atribuídas às causa da morte. Além disso, o quadro clínico durante o internamento chegou à conclusão que Roni Tutuba apresentava diagnóstico de rabdomiólise (síndrome de destruição do músculo esquelético com vazamento do conteúdo muscula) e insuficiência renal aguda, além de acidose grave — que resultou na morte. Os sinais indicam insuficiência renal, cardiocirculatória, pulmonar e doença hepática.

O Caso

Ronierbison Gomes e Silva, à época intérprete do Tutuba, morreu na madrugada do dia 6 de novembro, no Instituto Doutor José Frota (IJF). Inicialmente, foi afirmado que ele faleceu em decorrência de acidente de trânsito que sofrera. Mas, posteriormente, a família denunciou que o mascote do Ferroviário foi vítima de espancamento. Parentes afirmaram que testemunhas relavam agressões, que teriam sido iniciadas em uma pizzaria, e, posteriormente, continuadas por policiais que atenderam a ocorrência. A Controladoria Geral de Disciplina entrou no caso e, em dezembro do ano passado, foi divulgada nota informando que o laudo cadavérico do caso foi entregue à autoridade policial e que a investigação seguia em andamento.

(O POVO Online/Foto – Reprodução do Facebook)

Empresas de seleção, agenciamento e locação de mão de obra correspondem a 36,6% do setor de asseio

Pesquisa encomendada pelo Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Estado do Ceará (Seacec), que fez uma ampla leitura da atividade do setor, revelou que 36,6% das empresas cearenses atuam na área de seleção, agenciamento e locação de mão de obra.

O levantamento, realizado pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Ceará (IPDC), da Fecomércio-CE, avaliou 272 empresas e foi apresentado nesta quinta-feira (3), na sede do sindicato.

Fabiano Barreira, Presidente do Seacec

O setor privado ainda se destacou como o principal empregador do segmento, sendo o responsável pela contratação de 44% dos aproximadamente 71 mil trabalhadores que atuam na área.

O Governo do Estado do Ceará, com 25,1%, e o Governo Federal, com 15,7%, aparecem respectivamente em segundo e terceiro.

(Foto – Divulgação)