Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Campanha salarial – Apeoc realiza encontros em 36 municípios a partir desta segunda-feira

O Sindicato Apeoc promoverá em todo o Ceará a assembleia geral com a categoria para discutir as pautas de luta da campanha salarial de 2018. Ao todo serão 36 encontros de discussão e mobilização com os profissionais de Educação do Estado, com início nesta segunda-feira (27) e segue até o dia 4 de dezembro.

A partir das 10h30min, segundo o presidente da Apeoc, Anízio Melo, os encontros acontecerão em Itapipoca, Baturité, e Boa Viagem. No período da tarde, a partir das 16h30min, a assembleia estará em Acaraú, Pacatuba e Quixadá.

Os eixos da Campanha Salarial 2018 abrangem reivindicações e melhorias na remuneração e carreira, valorização dos profissionais da Educação, financiamento público para o setor tanto em nível estadual quanto federal, e a revitalização do ISSEC.

Violência transmissível

Editorial do O POVO deste domingo (26) aponta que quatro em cada 10 mulheres criadas em lares violentos sofrem o mesmo tipo de agressão na vida adulta. Confira:

Experimenta-se um abalo a cada vez que estudos revelam algum aspecto da inaceitável violência que desaba sobre as mulheres nos mais diversos espaços da vida pública ou privada. Não é diferente com o estudo realizado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), em parceria com o Instituto Maria da Penha e o Institute for Advanced Study in Toulouse, que, com a Pesquisa de Condições Socioeconômicas e Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, mostrou que esses atos violentos repetem-se por gerações.

Segundo a pesquisa, quatro em cada 10 mulheres criadas em lares violentos relataram sofrer o mesmo tipo de violência na vida adulta. Ou seja, observou-se um padrão repetitivo, chamado pelos pesquisadores de transmissão intergeracional de violência doméstica. O mesmo índice impacta o comportamento masculino, revelando que homens criados em lares violentos também cometem agressões contra suas parceiras.

Para o professor José Raimundo Carvalho, coordenador da pesquisa, o estudo é um trabalho inédito, pois, pela primeira vez na América Latina, teria sido comprovada a repetição do comportamento violento entre as gerações. “Se nós conseguirmos diminuir a violência hoje, vamos não só melhorar a vida das mulheres que estão vivendo agora, como também das pessoas que viverão daqui a 15, 20 anos”, observa ele.

Outro dado aterrador da pesquisa: 6,2% das mulheres entrevistadas, que estiveram grávidas, sofreram violência durante o período de gestação. Natal, Salvador, Recife e Fortaleza apresentam taxas maiores que a média das cidades pesquisadas.

O problema maior para se combater esse tipo de violência é que, em boa parte das vezes, as agressões acabam sendo abafadas dentro do próprio lar, pois as mulheres, por temor físico ou medo de se ver ao desamparo, quando o homem é o único provedor da casa, acabam por não denunciar o crime cometido contra elas.

No entanto, há de se pensar como a farmacêutica Maria da Penha, fundadora do instituto que leva o seu nome: essa não é uma questão que diz respeito somente às mulheres e sua famílias, mas é uma situação a ser debatida amplamente por toda a sociedade. A pesquisa é um ótimo instrumento para analisar e tornar o problema conhecido, mas, depois disso, é preciso também ações concretas, que possam transformar essa realidade.

Direitos Humanos – Bombardeios nos arredores de Damasco matam 19 civis

Pelo menos 19 civis morreram neste domingo (26) em bombardeios e lançamento de mísseis das forças do governo da Síria na região de Ghouta Oriental, reduto de oposição na periferia de Damasco, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os bombardeios causaram 13 mortes e deixaram vários feridos na cidade de Misraba e mataram outras quatro pessoas em Harasta e Midira, segundo a ONG.

Na cidade de Duma, duas mortes foram confirmadas e dez pessoas ficaram feridas após o lançamento de mísseis por parte das forças governamentais, ainda de acordo com o Observatório.

Ghouta Oriental é uma das chamadas “zonas de distensão” incluídas em um acordo de trégua promovido pela Rússia, Turquia e Irã, mas nas últimas semanas viveu uma escalada da violência, com ataques quase contínuos por parte das forças governamentais.

(Agência Brasil)

João Soares faz homenagem ao professor Erasmo Pitombeira

Em sessão aos 18 anos do Shopping Benfica, quinta-feira última, na Câmara Municipal de Fortaleza, o empresário e escritor João Soares Neto abriu espaço na solenidade festiva.

Ele homenageou a memória do professor da UFC e engenheiro civil Erasmo Pitombeira, que morreu nessa quinta-feira (23), que era festiva para esse polo de compras.

O diagnóstico que precisa ser visto sem ranços

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (26):

Ano de 2015. Governo Dilma. A recessão já definia o quadro econômico e político do Brasil. No Ministério da Fazenda, o economista Joaquim Levy fazia de conta que exercia com todas as prerrogativas o papel de ministro. Todos sabiam que era a “presidenta” Dilma que dava as cartas na economia, o que explicava, em boa parte, o desastre em que o País havia se metido.

Entre um e outro memorando de menor importância, Levi assinou um documento que pediu ao Banco Mundial o diagnóstico dos gastos públicos brasileiros. Algo básico que deveria ser tarefa cotidiana de todo governo que se preze.

Poderia ser algo a cair no esquecimento. Porém, mais de dois anos depois, o Banco Mundial entregou ao Governo do Brasil a encomenda que recebera. O título é, no mínimo, provocativo. “Um Ajuste Justo: Uma Análise da Eficiência e da Equidade do Gasto Público no Brasil”.

Todos nós, todos os governantes e autoridades públicas, sabemos muito bem que a ineficiência dos gastos públicos é a grande responsável pela pobreza que aflige milhões de pessoas.

Em nome de uma guerra ideológica ultrapassada no mundo, mas que resiste no Brasil, o problema não é enfrentado. Bilhões e bilhões de reais se perdem em função das más escolhas dos governantes, pela estrutura pública ineficiente, por políticas públicas atrasadas, pelo tamanho exagerado de um estado gastador e pela corrupção que se mostrou desenfreada.

O relatório do Banco Mundial foi ao ponto e com a devida severidade: no Brasil, os governos (federal, estaduais e municipais) gastam mais do que podem; os gastos são ineficientes, pois não cumprem plenamente seus objetivos; e, em muitos casos, de forma injusta, beneficiando os ricos em detrimento dos mais pobres. Claro, objetivo e verdadeiro.

Tomara que o trabalho feito por economistas do Banco Mundial balize a campanha eleitoral que se avizinha. É a chance para que as disputas não versem sobre a conversa fiada de sempre. O diagnóstico avalia os gastos sobre três aspectos: o peso no Orçamento, a eficiência e a avaliação sobre o ponto de vista da justiça social. Perfeito. É exatamente tudo o que importa.

De nada serve um governante ou um candidato dizer que gastou tanto nisso ou naquilo. O que importa é saber se a ação era necessária, viável, se vale o quanto custa, se deu os resultados previstos e se fez com que tais resultados chegassem aos que mais precisam. Quem são eles? Os mais pobres, claro.

O Ceará, por exemplo, está repleto de decisões que foram adotadas com tais características. Lá atrás, tivemos políticas exemplares como os agentes de saúde. Barata e adequada para o momento de então. Mais recentemente, tivemos uma política de educação eficiente e barata que permitiu ao Estado resultados de referência na área.

Mega-Sena volta a acumular e prêmio na quarta-feira deverá chegar a R$ 65 milhões

Ninguém acertou os seis números da Mega-Sena, em sorteio realizado nesse sábado (26), em Italva (RJ), e o prêmio da quarta-feira (29) deverá chegar a R$ 65 milhões, de acordo com estimativa da Caixa Econômica Federal.

Os números sorteados foram: 1920283436 e 44.

Já o concurso 4.540 da Quina teve somente um ganhador, que levou a quantia de R$ 9,7 milhões. O sortudo, da cidade de Santos (SP), marcou os números 04 – 29 – 48 – 61 e 77.

Merkel rejeita novas eleições e espera formar governo rapidamente

A chanceler alemã, Angela Merkel, rejeitou nesse sábado (25) a opção de realizar novas eleições, apostou em uma nova rodada de conversas entre os partidos na próxima semana e disse esperar formar um governo “rapidamente”.

As declarações foram feitas por Merkel ao discursar no congresso regional de seu partido, a União Democrata-Cristã (CDU), no estado federado de Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental.

“Eu não estou absolutamente convencida de que, se não podemos fazer nada sobre o resultado (das eleições), deveríamos pedir às pessoas que votem novamente”, afirmou.

A chanceler fez assim referência às três opções que surgiram após o fracasso das negociações de seu bloco conservador com os partidos liberais e verdes para formar uma coalizão de governo, após os resultados das eleições de 24 de setembro.

A repetição das eleições é uma das opções, mas também seria factível um governo em minoria dos conservadores (sem precedentes na Alemanha e que também não satisfaz a chanceler) e uma reedição da grande coalizão de conservadores e sociais-democratas que governou o país na legislatura anterior.

O Partido Social-Democrata (SPD), no entanto, descartou essa última opção após as eleições, nas quais teve os piores resultados em um pleito geral desde 1949, e anunciou sua mudança à oposição.

O presidente alemão, Frank-Walter Steinmeier, pediu ao SPD que repensasse a posição após o fracasso das negociações. Está previsto, na próxima quinta-feira (30) um encontro entre o líder social-democrata, Martin Schulz, e Merkel.

(Agência Brasil)

Deputado queria criar serviço telefônico para orientação sobre aborto

O deputado Roberto Britto (PP-BA) elaborou projeto que criava um serviço telefônico para oferecer informações sobre métodos contraceptivos e aborto. De acordo com a proposta, as informações seriam prestadas por psicólogos da equipe do Sistema Único de Saúde (SUS) por meio de um número telefônico disponível para todo o País.

O projeto acabou rejeitado pela Comissão de Seguridade Social e Família, pois não haveria como viabilizar a indicação de método contraceptivo por telefone. “Esse procedimento atentaria, inclusive, contra os códigos de ética dos profissionais envolvidos”, alegou o deputado Diego Garcia (PHS-PR), relator da proposta.

“Acolher a presente proposição poderia soar para a sociedade que esse Parlamento insiste em criar um ‘Disque Aborto’, o que geraria um grande mal-estar devido a toda polêmica que o tema desperta no Brasil”, avaliou o relator.

(Com informações da Agência Câmara Notícias)

Planalto retira restrições ambientais do governo inglês na exploração de petróleo e energia

Da Coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (26):

Graças à indignação de ambientalistas britânicos com o descumprimento de protocolos internacionais de proteção ao meio-ambiente, assumidos por seu governo, os brasileiros tomaram conhecimento, através do jornal The Guardian, de maracutaias envolvendo o Ministério do Comércio do Reino Unido e o Ministério das Minas e Energia, do governo Temer, contra interesses do povo brasileiro na área de petróleo e energia. Tudo feito em segredo para evitar reações.

Londres despachou para o Brasil Greg Hands, ministro do Comércio, para comandar o lobby destinado a obter do governo Temer a eliminação de exigências legais brasileiras na área petrolífera, que prejudicavam as petroleiras de Sua Majestade, interessadas em abocanhar o pré-sal. O Planalto retirou a exigência que as obrigava a comprar equipamentos na indústria nacional (política de conteúdo nacional), bem como aboliu restrições ambientais estabelecidas pela legislação brasileira e dispensou as grandes multinacionais de um volume gigantesco de impostos resultantes da operação.

Resultado: a rapinagem britânica custou ao Brasil mais de R$ 1 trilhão em isenção de impostos para a Shell, a BB e a Premier Oil, segundo The Guardian. Tudo em detrimento da Petrobras e do pré-sal. Um verdadeiro crime de lesa-pátria, praticado por entreguistas descarados.

Enquanto os brasileiros têm cortes na saúde, na educação, na segurança e nos programas sociais, e o País volta a fazer parte do Mapa da Fome, o Planalto entrega, de mãos beijadas, mais de um trilhão de reais de futuras receitas para os bolsos das petroleiras internacionais.

Como se chama quem atua contra os interesses de sua pátria? Se depender do governo Temer, de seu ministro das Minas e Energia, Paulo Pedrosa, e de gente como Pedro Parente, presidente da Petrobras, não será duvidoso que até o Cristo Redentor em breve esteja no Museu Britânico ao lado de outros antigos troféus de povos conquistados.

Ex-governador Garotinho é transferido para Bangu e defesa protesta

O ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, foi transferido para o Complexo Penitenciário de Bangu, após denunciar ter sido agredido, em sua cela na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, no Rio de Janeiro. A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) afirmou que não houve registro de imagens da suposta agressão e alegou que Garotinho se auto lesionou, o que foi rebatido em nota divulgada pelos advogados de defesa do ex-governador.

“A família do ex-governador Anthony Garotinho repudia veementemente as insinuações da Seap de que Garotinho teria se auto lesionado, usando isso, inclusive, como pretexto para lhe impor punições. A Seap alega que as imagens do circuito interno de TV não detectaram ninguém entrando na cela para agredir o ex-governador, mas essas mesmas câmeras também não flagraram inúmeras irregularidades que beneficiaram o grupo de Sérgio Cabral”, destacou a nota.

A Seap informou, também em nota, que Garotinho estava sozinho na galeria e que não houve registro de qualquer pessoa entrando na cela do ex-governador, conforme relatado por ele.

No presídio de Benfica, também estão presos o ex-governador Sérgio Cabral e os deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, além de ex-secretários e assessores do governo Cabral, todos considerados desafetos políticos de Garotinho, que os denunciou inúmeras vezes.

A conhecida foto de membros do grupo de Sérgio Cabral com guardanapos na cabeça, em um restaurante em Paris, foi divulgada à imprensa por Garotinho.

(Agência Brasil)

Coletiva dos servidores da Semace manda nota para o Blog

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – Mova-se manda nota para o Blog acerca da operação da Polícia Civil e Ministério Público do Estado realizada, na última semana, na Semace. Na operação, houve prisões temporários de alguns servidores e afastamento de comissionados como o titular do órgão. Confira:

Nota do coletivo de servidores da Semace, apoiado pelo Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – Mova-se

Nós, servidores públicos da Superintendência Estadual do Meio Ambiente, manifestamos nosso apoio às investigações sobre possíveis desvios de conduta ocorridos na Semace, bem como às consequentes punições aos servidores efetivos ou comissionados comprovadamente envolvidos.

No entanto, ressalvamos a forma como os meios de comunicação divulgaram a notícia. O Jornal O Povo utilizou inicialmente a imagem de um servidor com farda de uso exclusivo da fiscalização ambiental, e o Jornal Diário do Nordeste mencionou que alguns “‘articuladores’ atuavam na fiscalização” e estariam envolvidos em corrupção passiva, concussão, advocacia administrativa, fornecimento de informações falsas e organização criminosa. Ressalta-se que a fiscalização é exercida exclusivamente por servidor do cargo de Fiscal Ambiental, e que nenhum dos fiscais em exercício na fiscalização está sob investigação. A notícia torna-se, então, distorcida e confusa para o público.

Portanto, os servidores desta instituição exigem que a mídia veicule apenas informações verídicas, com o devido cuidado e responsabilidade, sob pena de macular a imagem da Semace e dos servidores públicos que a compõe.

Mais uma vez, nós, servidores públicos estaduais, com o apoio do Sindicato Mova-se, ressaltamos nosso interesse em que todos os envolvidos, independente de cargo ou função, sejam devidamente investigados e punidos, em caso de irregularidade comprovada.

Relembramos que no ano de 2012, durante período de greve, os servidores empenharam-se em lutar por ações transparentes e em respeito ao rigor da lei, ressaltando a importância da atuação somente de servidores concursados em todas as atividades-fim da instituição.

Ceará se despede da Série B com novo recorde de público

O Ceará se despediu da Série B do Campeonato Brasileiro, na noite deste sábado (25), no Castelão, como equipe de Série A. Com um público de 56.999 torcedores, o Vozão venceu o ABC, por 1 x 0, gol de Maikon Leite, aos 35 minutos do segundo tempo, e encerrou a competição na terceira colocação.

Além do Ceará, também conquistaram o acesso o América Mineiro (campeão), o Internacional (vice-campeão) e o Paraná (quatro colocado). Foram rebaixados para a Série C, o Luverdense, o Santa Cruz, o ABC e o Náutico (lanterna).

O governador Camilo Santana homenageou o acesso do Ceará com a entrega de um troféu.

Prefeitura de Frecheirinha abre concurso para a Guarda Municipal

A Prefeitura de Frecheirinha (Zona Norte) acaba de lançar edital de concurso público para a Guarda Civil Municipal. O prefeito Carleone Júnior (PP) quer reforçar o contingente da cidade.

As vagas ofertadas são para o nível médio completo, que está descrito no Quadro A do edital. São ofertadas 11 vagas para contratação imediata e 10 para cadastro de reserva. O salário é de R$ 1.200,00.

SERVIÇO

*Mais Informações no site da Prefeitura Municipal de Frecheirinha aqui.

*Edital aqui.

Tribunal de Justiça inicia nesta segunda-feira a Semana de Conciliação

O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) inicia, na próxima segunda-feira (27/11), a XII Semana Nacional da Conciliação. A mobilização envolve magistrados e servidores que atuam nas comarcas da Capital e do Interior e prossegue até 1º de dezembro. O objetivo é promover cultura de paz entre as partes e agilizar a solução de processos que tramitam na Justiça. A abertura acontecerá às  9 horas, no Fórum Clóvis Beviláqua. Em todo o Estado, 13.907 audiências foram agendadas para esse evento, informa a assessoria de imprensa do TJCE.

Advogados e partes interessados em incluir processos na pauta de conciliação devem acessar o link “Quero Conciliar” disponível no site do Tribunal (www.tjce.jus.br) para se cadastrar. Vale destacar que mesmo após o encerramento da mobilização a ferramenta ficará disponível para a inclusão de processos.

Do total de audiências marcadas, 8.239 foram de comarcas do Interior e 4.033 concentradas na Capital, conforme dados do Sistema de Controle de Conciliação (SCONC) divulgados pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), que tem à frente a desembargadora Tereze Neumann Duarte Chaves, supervisora do órgão.

Este ano, as sessões conciliatórias são preferencialmente referentes a ações que envolvem questões relacionadas a instituições financeiras, concessionárias de energia elétrica, operadoras de saúde e de telefonia celular. Também farão parte multas da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), divórcio, pensão alimentícia, revisional de contratos bancários, entre outras.

Criada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para disseminar a cultura da paz e do diálogo, a força-tarefa é um esforço concentrado da Justiça brasileira para solucionar o maior número possível de litígios por meio da conciliação.

Em 2016, o Judiciário cearense obteve o primeiro lugar em conciliações entre todos os Tribunais de Justiça estaduais do país, alcançado o percentual de 25% dos processos que são solucionados por meio de acordos, segundo o relatório “Justiça em Números”, publicado pelo Conselho Nacional Justiça (CNJ), sob a gestão do desembargador Gladyson Pontes, então supervisor do Nupemec.