Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Fortaleza terá que romper retranca do Tupi para conseguir vantagem no mata-mata

Com seis empates, dos nove jogos disputados fora de casa na fase de classificação para o mata-mata da Série C do Campeonato Brasileiro, o Tupi deixa claro suas intenções para a primeira partida que definirá o acesso à Série B do próximo ano, neste sábado (16), diante do Fortaleza, no Castelão, a partir das 16 horas.

Assim como ocorreu na primeira fase, o Tupi possui a estratégia de empatar fora de casa e vencer em Juiz de Fora, no interior mineiro.

Já o Fortaleza, invicto em casa, espera alcançar uma boa margem de gols para não depender da pressão na partida de volta no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, o Helenão.

Temer e Aloysio Nunes se reúnem neste sábado no Palácio do Planalto

O presidente da República, Michel Temer, se encontra reunido neste sábado (16), no Palácio do Planalto, com o ministro das Relaçõe Exteriores, Aloysio Nunes. Segundo a assessoria de imprensa da Presidência, a reunião é para discutir a agenda que Temer terá nos Estados Unidos, na semana que vem, onde participará da 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas, na terça-feira (19).

Nos Estados Unidos, Michel Temer será o primeiro a discursar na Organização das Nações Unidas (ONU), seguindo a tradição da instituição de que o Brasil é o primeiro a ter palavra desde 1947, quando o ministro das Relações Exteriores brasileiro, Oswaldo Aranha, foi o primeiro a presidir o encontro.

Na segunda-feira (18), o presidente brasileiro deve se encontrar com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em Nova York. O encontro será durante um jantar, do qual devem participar também o presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, e o da Colômbia, Juan Manuel Santos.

Antes de viajar para os EUA, Temer deve participar, ainda na segunda-feira pela manhã, da cerimônia de posse de Raquel Dodge como procuradora-geral da República.

(Agência Brasil)

Corrupção atinge a quase todos os municípios do Ceará

605 1

Editorial do O POVO deste sábado (16) aponta operação que investiga 171 município do Ceará por irregularidades na merenda das crianças; no deslocamento de alunos e na capacitação de professores. Confira:

Informação divulgada na edição da quinta-feira (14), dando conta que uma estrutura de corrupção atingiu 93% dos municípios cearenses, mostra como esse transtorno está entranhado na administração pública de todo o País. Em 171 dos 184 municípios cearenses foram encontradas irregularidades, reveladas a partir de levantamento realizado pela Controladoria Geral da União (CGU). Na ação, a Polícia Federal cumpriu 45 mandados judiciais, com 24 medidas de busca e apreensão, 12 conduções coercitivas e nove prisões temporárias.

Cálculos apontam desvio de R$ 380 milhões entre os anos 2002 e 2013 em fraudes praticadas por 68 empresas de fachada, que eram usadas em forma de rodízio para vencer licitações viciadas. Os recursos obtidos fraudulentamente eram desperdiçados em obras superfaturadas ou que nem mesmo chegavam a ser construídas e também em outras rubricas. A operação recebeu o nome de Fraternidade, pois as empresas utilizadas na fraude eram controladas por três irmãos.

Um mal em si mesmo, a prática da corrupção torna-se ainda mais escandalosa quando se verifica que recursos eram subtraídos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais (Fundeb). Ou seja, ao mesmo tempo, os criminosos assaltavam a merenda das crianças; prejudicavam a sua ida à escola (em muitas cidades do Interior, o transporte de alunos é absolutamente precário, pondo em risco da vida dos estudantes) e, ainda, sonegavam dos professores a possibilidade de se aperfeiçoarem. Assim, pode-se dizer que tais administradores públicos, secundados por empresários inescrupulosos, literalmente, roubavam o futuro dos jovens, condenando também suas cidades ao subdesenvolvimento.

Devido ao sigilo da investigação não foram divulgados quais são os municípios investigados. Porém, comprovada a fraude, será relevante que se divulgue o nome dos municípios e dos administradores públicos e dos empresários responsáveis pelos malfeitos. E, mais do que isso, fazer com que respondam pelo crime, recebendo a pena correspondente ao mal que praticaram.

Testemunho de Palocci tem peso, mas, ainda assim, não é mais que palavras

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (16), pelo jornalista Érico Firmo:

A informação de que Antonio Palocci (PT) disse ter feito pagamentos em dinheiro a Luiz Inácio Lula da Silva (PT) traz um problema e uma vantagem para o ex-presidente. É mais uma denúncia grave do delator com maior potencial complicador para ele.

Porém, pagamento em dinheiro é o tipo de coisa que não costuma deixar rastro. Como Palocci pretende provar isso, para além de sua palavra? Lula passou recibo? O testemunho do ex-ministro tem peso, mas, ainda assim, não é mais que palavras.

No afã de defender Lula, o pessoal exagera. O ex-ministro Alexandre Padilha, vice-presidente do PT, saiu-se com esta: “Lula nunca se meteu com qualquer dinheiro”. Menos, né.

Agência em Barreira é novamente atacada, após 45 dias

Um mês e meio depois, os quase 20 mil habitantes de Barreira, no Norte do Ceará, a 72 quilômetros de Fortaleza, foram surpreendidos com um novo ataque contra a agência do Bradesco. A ação criminosa, provocada por quatro homens, foi na noite dessa sexta-feira (15). Segundo a Polícia, a agência foi dinamitada, mas o cofre teria dicado intacto.

De acordo ainda com a Polícia, os suspeitos fugiram em direção a Ocara, no sul do município. Até a manhã deste sábado (16), nenhum dos assaltos foi preso ou identificado.

O Sindicato dos Bancários do Ceará aponta que o ataque é o 44º registrado no Ceará , somente este ano.

(Foto: Divulgação)

36 mil postos de saúde abrem neste sábado para atualizar vacinação de crianças e adolescentes

Cerca de 36 mil postos de saúde de todo país estarão de portas abertas, neste sábado (16), no dia de atualizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes, quando 21 vacinas estarão disponíveis. Neste ano, a campanha do Ministério da Saúde convoca mais de 47 milhões de crianças menores de 5 anos, crianças de 9 anos e também adolescentes de 10 a 15 anos incompletos, para atualizarem o calendário vacinal.

O objetivo é proteger esse público contra doenças que ainda não estão eliminadas e, portanto, representam riscos para quem não estiver vacinado. Mais da metade (53%) desse público já deveriam ter sido estar com o seu calendário de vacinação completo.

A mobilização nacional reúne cerca de 350 mil profissionais de saúde e 42 mil veículos. Além do envio de 143,9 milhões de doses de vacina de rotina, o Ministério da Saúde também distribuiu aos postos de saúde 14,8 milhões de doses extras de 15 vacinas para a campanha. A campanha publicitária deste ano traz o slogan “Todo mundo unido, fica mais protegido”.

O Programa Nacional de Imunizações (PNI) distribui cerca de 300 milhões de imunobiológicos anualmente, dentre vacinas e soros, além de oferecer à população todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no Calendário Nacional de Vacinação. Nos últimos cinco anos, o orçamento do PNI cresceu mais de 140%, passando de R$ 1,2 bilhão, em 2010, para R$ 4,3 bilhões, em 2017.

(Agência Saúde)

Eunício destaca honestidade e respeito como norte para servir a comunidade

“Em toda a minha trajetória, tanto nas esferas pessoal e profissional quanto na vida pública, sempre tive como norte a responsabilidade para com a comunidade e a determinação de conquistar os objetivos calcados em valores como o respeito, a honestidade e a dignidade”.

A declaração é do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), na noite dessa sexta-feira (15), no auditório da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Fortaleza, quando o senador foi homenageado com o Troféu Jangadeiro, comenda foi concedida pelo Conselho Regional de Administração do Ceará, Academia Cearense de Administração e Associação dos Administradores do Estado do Ceará.

“A honraria que recebo nesta noite é mais um fruto dessa postura, que traz consigo tarefas árduas, porém muito gratificantes”, completou Eunício, administrador por formação, que recebeu a homenagem por sua trajetória política e profissional, além de sua defesa da categoria, na condição de parlamentar.

Eunício ressaltou ainda algumas ações de seu mandato, quando apontou articulações em defesa do Estado, por meio da destinação de recursos federais a projetos que beneficiem a população, redução das taxas de crédito oferecido pelo Banco do Nordeste, liberação de verbas para o Cinturão das Águas, além da autorização para empréstimo de cerca de R$ 400 milhões para a construção e aparelhamento de hospitais no Vale do Jaguaribe e na Região Metropolitana de Fortaleza.

O presidente da Academia Cearense de Administração, João Melo, justificou a homenagem ao enaltecer Eunício como administrador, bem como do seu comprometimento com a categoria e com a sociedade.

O ex-senador Mauro Benevides fez a saudação ao homenageado e destacou a eleição unânime de Eunício como “Administrador do Ano”. O ex-senador, que também já presidiu o Congresso Nacional, disse que Eunício tem capacidade de contribuir para que o Brasil volte a uma condição de normalidade política e econômica e de paz social.

Prestigiaram a solenidade o deputado federal Cabo Sabino; o deputado estadual Leonardo Araújo; o vereador Casimiro Neto; o presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda; prefeitos e vereadores de diversos municípios, além de demais autoridades e personalidades.

(Foto: Divulgação)

“Valeu cada minuto de labuta e até de sofrimento”, afirma Janot

Depois de quatro anos, o procurador Rodrigo Janot cumpriu nesta sexta-feira (15) seu último dia útil de trabalho no comando do Ministério Público Federal (MPF). A partir de segunda-feira (18), a Procuradoria-Geral da República (PGR) será comandada por Raquel Dodge. No principal compromisso do dia, Janot reuniu a equipe para apresentar o balanço de sua gestão e disse que a esperança triunfa no Ministério Público.

“Juntos vivemos e escrevemos um capítulo muito especial na história do país e do Ministério Público. A esperança ainda triunfa nesta casa. Valeu a pena para mim cada minuto de labuta, e até de sofrimento”, disse Janot aos colaboradores do gabinete e a servidores da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Durante o encontro, o procurador ganhou um arco e uma flecha de origem indígena, da tribo Xokó, como presente de aniversário. Janot completou 61 anos nessa sexta-feira. “Enquanto houver bambu, lá vai flecha”, disse Janot recentemente, em uma palestra, fazendo referência ao processo de investigação da JBS.

De acordo com dados referentes ao segundo período de Janot na Procuradoria, que comandou de 2013 a 2017, na área criminal, que envolve a Operação Lava Jato, foram feitos 242 pedidos de abertura de inquérito, 98 pedidos de busca e apreensão, de interceptações telefônicas e quebras de sigilo bancário e 66 denúncias foram enviadas à Justiça.

(Agência Brasil)

Pele da tilápia será vendida em farmácias contra queimaduras ainda este ano

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (16):

Até o fim deste ano, estará em oferta como produto farmacêutico a pele de tilápia papa o tratamento de queimaduras. Prevê o coordenador do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos (NPDM), da Universidade Federal do Ceará, Odorico Moraes.

Ele informa que uma empresa do ramo, de São Paulo, já deu entrada no pedido de registro do produto na Agência Nacional da Vigilância Sanitária (Anvisa).

O uso da pele da tilápia nesse procedimento já está comprovado como eficiente e foi resultado de pesquisa de dois anos, tocada pelo NPDM, Instituto de Apoio ao Queimado (IAQ) e Centro de Tratamento de Queimados do Instituto Dr. José Frota. Além de eficaz como curativo, a pele de tilápia tem maior quantidade de colágeno dos tipos 1 e 3, proteínas importantes no processo de cicatrização. E Viva a tilápia!!

Roberto Cláudio testa acessibilidade da Aguanambi neste sábado

O prefeito Roberto Cláudio estará neste sábado (16), a partir das 10 horas, visitando as obras de requalificação da Avenida Aguanambi, juntamente com a secretária de infraestrutura, Manuela Nogueira, e o coordenador da Copedef (Coordenadoria de Pessoas com Deficiência), Emerson Damasceno.

A visita será acompanhada por cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida, convidadas especialmente para testar as condições de acessibilidade dos novos equipamentos instalados na avenida, como a passarela com elevadores, calçadas e rampas de acesso.

Quando concluída, a nova Avenida Aguanambi será 100% acessível, com travessias especiais e amplas calçadas com piso podotátil e rampas para cadeirantes.

(Foto – Divulgação)

Ceará perde “benefício” da sequência de vitórias em casa e cumpre “temporária” fora do G4

Após a sequência de três vitórias em casa, a zaga alvinegra voltou a depor contra a equipe e o Ceará terá que cumprir “temporária” fora do G4, com o empate na noite dessa sexta-feira (15), diante do América Mineiro, em 1 a 1, em pleno Castelão, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Nos minutos iniciais da primeira etapa, o América já acusava a fragilidade da zaga do Ceará, mas os atacantes do time mineiro não souberam tirar proveito desse processo em causa própria. Diante do vazamento do áudio de “Vozão”, por parte dos mais de 20 mil torcedores, que ecoava por todo o estádio, o Ceará chegou ao gol aos 43 minutos, em uma cabeçada de Élton.

Aos 30 minutos do segundo tempo, em uma reviravolta no andamento da disputa, o Ceará perdeu a ação em campo, depois que o zagueiro Luiz Otávio delatou a fragilidade da defesa do Vozão, ao entregar um bolão para o adversário. O atacante Edno bateu forte e o juiz acatou a queda do benefício alvinegro de três vitórias consecutivas em casa, além de decretar a “temporária” do Ceará fora do G4.

Neste sábado (16), em Curitiba, o Ceará poderá sofrer uma segunda ação em desfavor do time, em caso de vitória do Paraná sobre o Londrina, quando o Vozão poderá cair da quinta para a sexta colocação no esquema de classificação da Série B.

Com poucas possibilidades, o Ceará poderá retornar ao G4 na próxima rodada, sábado (23), no Castelão. Para isso, terá que “corromper” a boa reação do Brasil na competição. É! O Brasil. Mas isso já é outra instância…

Governo adia cronograma para liberação do dinheiro do PIS/Pasep

Previsto para ser divulgado nessa sexta-feira (15), o cronograma para a liberação do dinheiro do PIS/Pasep para idosos foi adiado. A expectativa inicial era de que a divulgação do calenário ocorresse nesta sexta-feira, mas a definição ocorrerá somente após o retorno da viagem do presidente Michel Temer para os Estados Unidos (EUA), onde o presidente deve ficar até a próxima quarta-feira (20).

Na segunda-feira (18), Temer viaja para participar da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em que o Brasil tradicionalmente faz a abertura.

No final de agosto, o governo publicou a Medida Provisória (MP) 797/17 para liberar os recursos do Fundo PIS/Pasep a cerca de 7,8 milhões de cotistas. De acordo com o Ministério do Planejamento Desenvolvimento e Gestão, a medida liberará R$ 15,9 bilhões.

A MP reduz a idade mínima para saque das cotas do fundo dos atuais 70 anos para 62 anos, no caso de mulheres, e 65 anos no caso de homens, permitindo que o crédito seja disponibilizado em folha de pagamento ou de forma automática em conta de depósito ou conta poupança.

Os beneficiados sem conta em uma das instituições financeiras devem se dirigir a uma das agências, referente ao programa em que é cadastrado, para retirar o valor. Na hipótese de morte do titular da conta individual, o saldo da conta será disponibilizado a seus herdeiros.

Dados apresentados pelo ministério apontam que, em junho de 2016, o saldo médio por cotista era R$ 1.187, sendo que a maioria dos cotistas tem ao menos R$ 750 a ser resgatado.

De acordo com o governo, os saques começam a partir de outubro de 2017 e se estenderão até março de 2018. Segundo o Tesouro Nacional, ao final do exercício 2015/2016, aproximadamente 24,8 milhões de trabalhadores ainda tinham recursos junto ao fundo.

Têm direito ao benefício os trabalhadores da iniciativa privada (PIS) e de organizações públicas (Pasep) que tenham contribuído aos fundos até 4 de outubro de 1988 e que não tenham efetuado o resgate total de seus saldos.

(Agência Brasil)

Defesa de Temer pede que denúncia seja devolvida à PGR

A defesa do presidente Michel Temer pediu nesta sexta-feira (15), ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que a denúncia contra o presidente e integrantes do PMDB seja devolvida à Procuradoria-Geral da República (PGR).

Caso o ministro atenda ao pedido, a denúncia volta à PGR, que estará, a partir da segunda-feira (18), sob novo comando: Raquel Dodge sucederá o atual procurador-geral, Rodrigo Janot, que deixa o cargo após quatros anos à frente do Ministério Público Federal (MPF).

Na petição, o advogado Antonio Claudio Mariz, representante de Temer, alega que as acusações referem-se a um período em que presidente não estava no cargo. De acordo com a Constituição, o presidente da República não pode ser alvo de investigação sobre fatos que aconteceram antes de assumir a chefia do governo.

“Entretanto, da leitura da peça vestibular [petição inicial], exsurge [destaca-se] que quase todos os supostos fatos delituosos narrados e imputados ao Sr. Presidente da República são anteriores ao seu mandato, razão pela qual, nos exatos termos do Artigo 86, § 4º, da Constituição Federal, o chefe da Nação não pode ser responsabilizado por atos estranhos ao exercício de suas funções”, argumentou Mariz.

Nessa quinta-feira (14), após receber a denúncia, Fachin decidiu aguardar a decisão da Corte sobre a suspensão do caso antes de enviar o processo para a Câmara dos Deputados, conforme determina a Constituição.

A decisão coincidiu com o desejo da defesa do presidente Temer, que havia protocolado no Supremo pedido para que o ministro suspendesse o envio até próxima quarta-feira (20), quando a Corte vai retomar o julgamento, iniciado nesta semana, que analisa a possibilidade de suspender a apresentação de denúncia contra o presidente da República, baseada nas provas obtidas por meio da delação dos executivos da J&F.

Com a chegada da denúncia ao STF, a Câmara dos Deputados precisará fazer outra votação para decidir sobre a autorização prévia para o prosseguimento do processo na Suprema Corte.

O Supremo não poderá analisar a questão antes de uma decisão prévia da Câmara. De acordo com a Constituição, a denúncia apresentada contra Temer somente poderá ser analisada após a aceitação de 342 deputados, o equivalente a dois terços do número de parlamentares que compõem a Casa.

(Agência Brasil)

Leitor alerta para assaltos na Praça do Cristo Rei

As ruas escuras no entorno da Praça Cristo Rei, no Centro, e um canteiro de obras abandonado são armadilhas perfeitas para que cidadãos caiam nas mãos de assaltantes.

O alerta é do leitor Aurilio de Sá Barreto, que se tornou vítima dos assaltantes. Ele afirma que os crimes ocorrem após as 20 horas e que os bandidos não têm pressa em deixar o local, depois que comentem os delitos.

Plenário volta a discutir propostas de reforma política a partir da terça-feira

As duas propostas de reforma política (PECs 77/03 e 282/16) voltam à pauta do Plenário nos dias 19 e 20 de setembro. O Congresso tem até o dia 7 de outubro para fazer mudanças nas regras eleitorais para que possam valer em 2018.

Na terça-feira (19), os deputados poderão voltar a debater a PEC 77/03, que define novo sistema eleitoral e cria um fundo público para financiar campanhas eleitorais.

Na semana que passou, as votações dessa PEC não avançaram. Os partidos maiores apresentaram emendas aglutinativas para tentar incluir em uma única votação as mudanças no sistema eleitoral e a criação do fundo, mas não houve apoio do Plenário para aprovação.

Em seguida, também não prosperou uma votação nominal sobre a parte do substitutivo do deputado Vicente Candido (PT-SP) que trata do sistema eleitoral, propondo o chamado “distritão” para 2018 e 2020 e o distrital misto nas eleições posteriores para deputados estaduais e federais. A votação foi encerrada por falta de quórum depois que os maiores partidos passaram à obstrução.

Apenas 20 deputados votaram a favor da proposta, que teve 216 votos contrários – esses 244 votos são insuficientes para definir a votação, que foi encerrada por falta de quórum. A aprovação de PECs depende do aval de, no mínimo, 308 deputados, em dois turnos.

O “distritão” é um sistema assim apelidado porque prevê a escolha dos deputados mais votados em cada estado, transformado em um único grande distrito. Seria aplicado ainda à eleição de vereadores em 2020.

Já o distrital misto divide o total de vagas a serem preenchidas em cada estado, para a Câmara dos Deputados, entre os mais votados em cada distrito de um determinado estado e os indicados em uma lista preordenada pelos partidos. O eleitor votaria duas vezes: uma vez no candidato distrital e outra vez na legenda.

(Agência Câmara Notícias)