Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Mauro Filho se inteira da situação econômica junto à equipe de Temer

Mauro Benevides, que já esteve reunido com Mansueto Almeida, secretário do Tesouro, terá nova reunião no Ministério da Fazenda para tentar entender por dentro os números da economia.

Desta vez, segundo informa o jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo, o assessor econômico de Ciro Gomes conversará com o ministro Eduardo Guardia.

Brasileiro vai de herói a vilão na eliminação da Rússia

O paulista naturalizado russo Mario Fernandes foi de herói a vilão, na noite desse sábado (7), em Sochi, após empatar a partida na prorrogação, em 2 a 2 com a Croácia, e perder a cobrança na decisão por pênaltis.

A Rússia perdia por 2 a 1, no segundo tempo da prorrogação, quando Mário Fernandes, ex-lateral do Grêmio, aproveitou a bola levantada na área para cabecear entre a zaga croata.

O empate levou os mais de 44 mil torcedores presentes ao estádio e dezenas de milhões de russos em todo o país a acreditar em uma antes improvável classificação às semifinais da Copa.

No entanto, o brasileiro desperdiçou a terceira cobrança, ao chutar para fora. A Rússia havia perdido a primeira cobrança. Com o resultado, a Croácia enfrenta a Inglaterra, quarta-feira (11), pelas semifinais.

Logo após a partida, o perfil do atleta naturalizado russo foi alterado no Wikipédia, quando acrescentaram “também conhecido como perna torta por errar um pênalti contra a Croácia defendendo a Rússia”.

(Foto: Reprodução)

Juizado Especial suspende atividades nesta segunda e terça-feira

O atendimento às partes, aos advogados e ao público em geral no 22º Juizado Especial Cível de Fortaleza ficará suspenso nesta segunda (9) e terça-feira (10). A medida se dá em virtude da mudança do local de funcionamento da unidade, que passará a atuar nas dependências da Faculdade Ari de Sá, no Centro da Capital. A informação é da assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Estado.

A suspensão do atendimento consta na Portaria nº 557/2018, assinada pelo diretor do Fórum Clóvis Beviláqua (FCB), juiz José Ricardo Vidal Patrocínio, e publicada no Diário da Justiça dessa quinta-feira (05/07). Durante o referido período ficarão igualmente suspensos os prazos processuais, bem como as publicações de sentenças, decisões e intimações das partes e advogados.

Governo haitiano revoga aumento de combustíveis após protestos

O governo do Haiti revogou neste sábado (7) o forte aumento decretado sobre o preço dos combustíveis após os violentos protestos na capital e outros pontos do país que deixaram três mortos. A decisão foi anunciada pelo primeiro-ministro, Jacques Guy Lafontant, horas depois de fazer um apelo à paz e solicitar o restabelecimento da ordem.

Os protestos começaram depois que as autoridades estabeleceram aumentos de 49% no preço da gasolina, de 40% no diesel e de mais de 50% no querosene, muito utilizado para iluminar as casas de haitianos com menos recursos.

Meios de comunicação locais afirmam que o presidente haitiano, Jovenel Moise, falará ao país nas próximas horas, após retornar da Jamaica, onde participou da cúpula do Caricom.

Por outra parte, autoridades confirmaram que vários hotéis foram atacados na exclusiva área de Pentionville, em Porto Príncipe, enquanto dezenas de veículos foram incendiados e outros tantos supermercados foram saqueados.

O aeroporto Toussaint Louverture, da capital, anunciou o fechamento das suas operações enquanto também foram registrados incidentes de violência em outros pontos do país.

O aumento no preço dos combustíveis é uma das medidas tomadas pelo governo haitiano como parte de um programa de ajustes assinado em fevereiro deste ano com o Fundo Monetário Internacional (FMI).

(Agência Brasil)

Seleção Brasileira chega neste domingo

A Seleção Brasileira está de volta ao Brasil. A previsão é que o avião, que decolou de Kazan neste sábado (7), pouse no Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, no início da manhã deste domingo. No entanto, antes de chegar ao Rio de Janeiro, a aeronave fará uma escala em Madri.

Nem todos os jogadores desembarcam na capital fluminense. Parte deles ficou na Rússia. O grupo que não embarcou para o Brasil viajou de Kazan para São Petersburgo a fim de se encontrar com familiares, entre eles, Paulinho, Thiago Silva e Roberto Firmino.

Dezenas de torcedores brasileiros foram para a porta do hotel, aguardar a saída dos jogadores para o aeroporto. Ainda tristes com a derrota de 2 a 1 para Bélgica, acenavam para a torcida e eram aplaudidos. Neymar, que pela primeira vez se manifestou sobre a partida, teve o nome gritado pelos torcedores na hora de entrar no ônibus. O atacante postou no Instagram mensagem falando de sua tristeza.

“Posso dizer que é o momento mais triste da minha carreira, a dor é muito grande porque sabíamos que poderíamos chegar, sabíamos que tínhamos condições de irmos mais além, de fazer história, mas não foi desta vez”, disse.

Neymar falou também de sua felicidade de fazer parte do grupo que participou da Copa do Mundo na Rússia. “Muito feliz em fazer parte desse time, estou orgulhoso de todos, interromperam nosso sonho mas não tiraram da nossa cabeça e nem dos nossos corações”, completou.

O treinador Tite também foi aplaudido pela torcida na hora de deixar o hotel. A sua situação na seleção só deverá ser definida no Brasil. Os números da seleção sob o comando do treinador são favoráveis. Em 26 partidas, foram 20 vitórias, quatro empates e duas derrotas; uma contra a Bélgica, na sexta-feira (6); e a outra contra a Argentina por 1 a 0, durante amistoso em junho de 2017, na cidade australiana de Mellbourne. Com Tite, a seleção marcou 55 gols e a defesa foi vazada 8 vezes.

(Agência Brasil)

Jazz – Grupo Argonautas presta tributo com entrada gratuita

O grupo Argonautas se apresenta na noite deste sábado (7), a partir das 19 horas, no Centro Cultural Banco do Nordeste, com entrada franca.

O grupo realiza homenagem a George e Ira Gershwin, diante dos sucessos “Summertime”, “But not for me”, “S Wonderful”, “Someone to watch over me” e outros clássicos do jazz e do american songbook, em novos arranjos, com uma abordagem brasileira.

A banda é formada por Rafael Torres (voz, violão, flauta), Ayrton Bob Pessoa (voz, viola, acordeom), Ednar Pinho (contrabaixo acústico) e Adriano Azevedo (bateria), convidado especial.

Revisão já das taxas de alvarás!

Em artigo sobre a lei que alterou o Código Tributário, o vereador Julierme Sena acredita que a nova norma fará Fortaleza pouco atrativa para a instalação de novas empresas. Confira:

Em momento de recuperação de crise econômica, Fortaleza torna ainda mais difícil a vida de empreendedores e empresários, com a cobrança exorbitante, e agora anual, das taxas para licenças e alvarás do comércio da cidade.

O Projeto de Lei Complementar 241/2017, que alterou o Código Tributário, foi proposto pela Prefeitura de Fortaleza e aprovado pela maioria dos vereadores na Câmara Municipal de Fortaleza, trazendo novas e amargas regras.

Essa lei não teve nosso voto e não tem nosso apoio. Pois, sabemos que os empresários serão sufocados com taxas absurdas, e consequentemente os consumidores serão atingidos por preços mais caros pelos serviços e produtos. Tornando a cidade de Fortaleza pouco atrativa para a instalação de novas empresas e assim, vamos perder em geração de emprego e renda.

Os poucos votos contra não foram capazes de conter o rolo compressor da base aliada do prefeito Roberto Claudio, e assim começou o pesadelo do segmento empresarial. Mas, o que parecia uma briga perdida de uma minoria oposicionista na Câmara, ganhou força com a mobilização de empresários e empreendedores. E fez até com que, vereadores da base aliada despertassem para o erro que foi aprovar esta Lei.

Foi o que vimos durante a audiência pública que debateu o novo código tributário, no último dia 4 de julho, em um auditório lotado da Câmara de Fortaleza. E assim, estamos caminhando para um coro alto e forte de REVISÃO JÁ!

O assunto promete ser a pauta mais comentada das sessões plenárias, após o recesso parlamentar de julho e conta com a nossa voz. Vamos juntos para chegar longe e mostrar que com o aumento excessivo das taxas, nossa cidade só tem a perder.

Julierme Sena,

Policial Civil, vereador de Fortaleza e presidente da Comissão dos Direitos do Consumidor e do Contribuinte

Renato Roseno lança pré-candidatura à reeleição neste sábado

O deputado estadual Renato Roseno lança na tarde desta sábado (7), na sede do PSOL, no Centro, a pré-candidatura à reeleição.

Em seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa, Roseno é autor de 12 projetos de lei, sendo nove aprovados e três rejeitados, além de outros sete em tramitação.

Roseno integra as comissões de Direitos Humanos e Cidadania (vice-presidente), do Meio Ambiente e Des. Semiárido (membro) e da Infância e Adolescência (membro).

(Foto: Arquivo)

Cantora Maria Betânia é internada por causa de uma forte virose

A cantora Maria Betânia, 72, está internada no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, para tratamento de uma forte virose. A previsão de alta é amanhã (8).

A assessoria de imprensa da artista explicou que Betânia, para se tratar, preferiu ficar no hospital e aproveitar para fazer um check up da saúde.

A cantora está de férias e não precisou alterar a agenda.

(Agência Brasil)

Após 28 anos, Inglaterra é semifinalista da Copa

Em 15 Copas disputadas, a Inglaterra chega pela terceira vez às semifinais, ao vencer a Suécia, na tarde deste sábado (7), em Samara, na Rússia, por 2 a 0, gols de Maguire e Dele All, um em cada tempo. Os ingleses aguardam o vencedor de Rússia e Croácia, logo mais, em Sochi.

Apesar de disputar sua terceira semifinal, a Inglaterra passou pelas quartas de final, pela primeira vez, diante de um clube europeu. Nas edições anteriores, venceu Camarões na prorrogação, por 3 a 2, em 1990, e, 24 anos antes, eliminou a Argentina, por 1 a 0. Nesse mesmo ano de 1966, ganhou a sua primeira e única Copa, quando sediou a competição.

(Foto: Reprodução)

As eleições e as mentiras nas redes sociais

Em artigo no O POVO deste sábado (7), a jornalista Lucinthya Gomes alerta que “a mentira e a difamação como método para prejudicar adversários sempre permearam campanhas eleitorais. A prática é antiga, mas o meio e o alcance mudaram”. Confira:

A campanha eleitoral de 2018 conta com a certeza de ser mais curta, ter menos recursos e muitos desafios impostos pela ação dos candidatos e de seus simpatizantes na internet. Ainda mais do que em pleitos anteriores.

As eleições já estão na pauta das redes sociais com intensa polarização, que vem se agravando desde a última sucessão presidencial. Mas a preocupação maior é com a proliferação de notícias falsas. Hoje, quando se fala em eleições limpas, não se pode desconsiderar este fator.

Representantes de órgãos eleitorais têm expressado a preocupação com o tema. Recentemente, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, também ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que a Justiça pode anular uma eleição, se o resultado for influenciado por fake news em massa.

O assunto é sério, teve papel importante em eleições de outros países, como nos Estados Unidos, e tem potencial para ser um problema no Brasil. Autoridades eleitorais no País têm discutido a questão com a finalidade de traçar estratégias de enfrentamento.

A mentira e a difamação como método para prejudicar adversários sempre permearam campanhas eleitorais. A prática é antiga, mas o meio e o alcance mudaram. Com um smartphone na mão, qualquer pessoa pode compartilhar conteúdos duvidosos e maliciosos prejudicando um candidato ou beneficiando outro, ainda que muitas vezes não seja essa a intenção de quem repassa. Com tantos temas sensíveis rondando os debates, mexer com as emoções do eleitor será forte estratégia para influenciar o voto.

Por este motivo, recai sobre o cidadão também a reflexão sobre que tipo de conteúdo será passado adiante. Este é um momento em que a ingenuidade de alguns se torna aliada de quem estará mal intencionado nas redes sociais. Recebeu uma notícia e não tem certeza da veracidade? Melhor não compartilhar.

Fortaleza tem mais de 117 mm de chuva desde a meia-noite

Após noite de chuva, Fortaleza amanhece neste sábado, 7, com tempo nublado. Em alguns lugares da Capital, como no Centro, ainda chovia por volta das 9h30min. Relatório da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou, desde a meia noite, 117.4mm de chuva na Capital.

A previsão para Fortaleza é de nebulosidade variável com eventos de chuva. A temperatura mínima é de 25ºC e a máxima, 32ºC.

Para as demais regiões do Ceará, a previsão indica céu parcialmente nublado. Em alguns lugares, como o Litoral Norte, Litoral do Pecém, Maciço de Baturité e Jaguaribana, a previsão é idêntica a de Fortaleza: tempo nublado variável com eventos de chuva.

(O POVO Online)

Partidas de hoje definem a segunda semifinal da Copa

Após a eliminação de Brasil e Uruguai, a Copa do Mundo continua apenas com times europeus. De um lado, o confronto França x Bélgica já está definido. Hoje (7), serão conhecidos os times que se enfrentarão na outra semifinal. Enquanto suecos e ingleses já estão em campo, os donos da casa, os russos, pegam os croatas a partir das 15 horas.

Os suecos não aparecem como favoritos ao título, mas têm uma defesa alta e sólida, que pode fazer o time ir mais longe na Copa. Já a Inglaterra veio para a Copa com um time jovem e já fez melhor que a geração anterior, que saiu do Mundial de 2014 ainda na fase de grupos.

A Rússia chega a essa fase da competição com um futebol de aplicação tática, sobretudo na defesa. A Croácia está entre os oito melhores times da Copa com méritos. Com um meio-campo de qualidade, os centroavantes são bastante acionados e conseguem participar do jogo com eficiência.

(Agência Brasil)

Procura-se favorito

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (7), pelo jornalista Érico Firmo:

Faltam três meses para o primeiro turno da eleição presidencial e, não muito diferente da Copa do Mundo, nenhum favorito claro despontou. No caso do futebol, o Brasil despontava como principal candidato e já caiu fora. Dos que ficaram, a França parece a principal candidata, mas é bom abrir o olho. No caso da política, as pesquisas apontam Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como líder, mas a condição jurídica de preso condenado inviabiliza a candidatura. Sem ele, ninguém chega a 20% das intenções de voto – e, na moderna história eleitoral brasileira, isso não tem precedentes a tão pouco tempo da eleição.

Jair Bolsonaro (PSL) tem vantagem numérica sobre os demais, mas a falta de estrutura, o partido nanico e o discurso extremista e agressivo lança muitas dúvidas sobre a viabilidade de construir maioria.

Os dois candidatos que vêm a seguir têm viabilidade eleitoral, nas pesquisas, condicionada à ausência de Lula na disputa. Marina Silva (Rede) segue Bolsonaro de perto, mas sofre também com pequeno partido, ausência de estrutura e com falta de visibilidade tanto dos apoiadores quanto da própria candidata. Não é alguém cuja movimentação sugere que ela esteja se encaminhando para a Presidência.

Ciro Gomes (PDT) tem feito negociações promissoras. Tem mais infraestrutura que os candidatos que estão acima. Mas ainda não deslanchou e existe a eterna dúvida sobre se ele não acabará estragando tudo.

Ciro e Marina têm uma desvantagem em relação a Bolsonaro: o pré-candidato do PSL tem apoiadores convictos e consolidados. As intenções de Ciro e Marina, em grande parte, migram para eles na simulação sem Lula. Ou seja, nenhum dos dois é a primeira opção de grande parcela de eleitores. Assim como vêm, esses votos podem ir.

Geraldo Alckmin (PSDB) tem mais recursos, mais estrutura, mais apoiadores, governadores, prefeitos, deputados. Tudo indica que ele seria favorito, salvo uma coisa: intenções de voto. Ele simplesmente não cresce e o tempo fica cada vez menor. Dos quatro citados, é quem mais representa a política tradicional, o establishment. O desgaste desse setor talvez seja uma âncora pesada demais para o candidato.

Serviço de TV por assinatura registra queda no país

O serviço de TV por assinatura no país registrou uma redução de 787.513 contratos no período entre maio deste mês e o mesmo mês de 2017. Apenas no mês de abril, houve uma queda de 52.307 contratos em comparação ao mesmo período do ano passado. Os dados são da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Ao todo, foram registrados 17.855.020 contratos de TV por Assinatura em todo país, no mês de maio deste ano.

De acordo com a agência reguladora, entre os motivos para a redução do serviço de TV por assinatura está a mudança de perfil dos usuários, que têm optado por provedores de filmes e séries via streaming, que oferecem um custo menor aos clientes.

São Paulo ainda obtém o maior número contratos de TV por Assinatura em operação no país, 37,61% do total (6,7 milhões); seguido por Rio de Janeiro, com 13,56% (2,4 milhões); e Minas Gerais com 8,74% (1,5 milhões). Nos últimos 12 meses, o Piauí apresentou o maior percentual de crescimento, o estado registrou aumento de 5,09% (+4,3 mil) nos contratos em operação da TV por Assinatura; seguido do Maranhão com aumento de 3,02% (+5,3 mil); Tocantins com mais 1,43% (608 contratos); e Pará com mais 1,21% (3.794 contratos). Todos os outros estados apresentaram redução no saldo de contratos de TV por assinatura.

(Agência Brasil)

Casas Legislativas precisam se moldar à redução de recursos, alerta subprocurador-geral do MP

Nos próximos anos, as casas legislativas no País deverão sofrer cortes de recursos e terão que estar preparadas para esse novo momento. O alerta é do subprocurador-geral do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União, Lucas Rocha Furtado, durante o Fórum Brasileiro de Governança nas Contratações Públicas, encerrado nessa sexta-feira (6), na Câmara Municipal de Fortaleza. A realização foi da Editora Fórum.

“Nos próximos anos as verbas e orçamentos vão diminuir e as Câmaras precisam se moldar com os cortes de verbas para que haja um equilíbrio. O país todo está numa carência de conhecimento e gestão. Está sendo um evento importante porque vemos a visão que o presidente Salmito tem sobre o que é Governança Pública e quer repassar para a Casa do Povo”, disse o subprocurador.

O diretor-geral da CMFor, Robson Loureiro, afirmou que o evento fez parte da estratégia do Programa de Capacitação e Formação Continuada, realizada pela gestão do presidente do Legislativo de Fortaleza, Salmito Filho (PDT).

“Essa estratégia de sempre estar informando, municiando os agentes públicos desta Casa com informação e conhecimento, acreditamos ser estratégia fundamental para a melhoria constante dos serviços que essa Casa presta, que o poder legislativo presta ao cidadão”, afirmou.

O evento também contou com palestras do ministro do TCU Augusto Nardes, que disse que é preciso haver um novo modelo de governança executado pelos eleitos em outubro próximo; do ministro do TCU Benjamin Zymler, que falou sobre a questão de aquisições e contratações públicas; do advogado Jorge Ulisses Jacoby, que destacou a Governança para Aquisições como Requisito para a Eficiência das Contratações Públicas, sob o aspecto da verificação do adequado preço da contratação; do procurador do Estado do Paraná, Hamilton Bonatto, que ressaltou o Building Information Modeling, que visa melhorar o orçamento e compatibilidade entre os projetos; e da assessora especial da Presidência do TJMG, Tatiana Camarão, que abordou sobre Compliance Pública.

“Ter contato com todos esses temas, faz com que a Câmara Municipal de Fortaleza tenha contato com o que há mais de moderno. Isso faz com que a Casa do Povo fique atualizada e comece a discutir o assunto governança, como já fizemos em cursos direcionados a servidores da Casa, agora discutindo com grandes nomes, com juristas e servidores do país. Nossa Casa já faz essa discussão para ter amadurecimento e quando ela chegar no ápice da discussão em todo o Brasil, ela poderá servir como referencial para outras Câmaras no país”, destacou Robson Loureiro.

(Foto: Divulgação)

Cerca de 2 milhões de mesários devem participar das eleições deste ano

O calendário das eleições de 2018 já admite a nomeação dos membros das mesas receptoras e do pessoal de apoio logístico para o primeiro e segundo turnos do pleito de outubro. O prazo final para a nomeação é 8 de agosto, e os atos têm que ser publicados no Diário da Justiça Eletrônico, nas capitais, ou afixados nos cartórios eleitorais, nas demais cidades. A expectativa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é que cerca de 2 milhões de pessoas atuem nas mesas receptoras nas eleições deste ano.

Em sua conta no Twitter, o TSE fez uma chamada aos eleitores para reforçarem a equipe que vai trabalhar nas eleições. “A força de trabalho fica ainda mais forte quando existe um bom motivo: a DEMOCRACIA! E este time sempre ganha. Ele faz a democracia acontecer!”, diz o post, seguido da hashtag “Vem ser mesário”.

Eleitores a partir dos 18 anos em situação regular podem ser convocados para trabalhar no dia da votação, com exceção dos candidatos e seus parentes consanguíneos e por afinidade até segundo grau. Também não podem ser mesários os integrantes dos diretórios de partidos que exerçam função executiva, os policiais, os funcionários com cargos de confiança do Executivo e os integrantes do serviço eleitoral.

As mesas são formadas por presidente, primeiro e segundo mesários, dois secretários e um suplente. Cabe aos membros das mesas receptoras organizar os trabalhos das seções eleitorais do início da votação (8h) até o encerramento (17h). Eles recebem o eleitor, colhem e conferem a assinatura e liberam a urna para o voto. Na seção eleitoral, o presidente é a autoridade máxima, responsável pelo sigilo do voto de cada eleitor e pela tranquilidade da votação, além de zelar pela segurança da urna eletrônica durante todo o processo.

(Agência Brasil)

Karla Karenina fala sobre “vidas da alma” na manhã deste sábado

A atriz e pedagoga Karla Karenina realiza na manhã deste sábado (7), na Parangaba, uma roda de conversa sobre “As várias vidas da alma”, com base no estudo do psicoterapeuta e autor britânico-americano Roger Woolger (1944-2011), então especialista em liberação de espírito de regressão a vidas passadas. O evento é gratuito.

Mega-Sena paga R$ 27,5 milhões neste sábado

O concurso 2.057 da Mega-Sena deverá pagar neste sábado (7) a quantia de R$ 27,5 milhões, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal. As apostas podem ser feitas até as 19 horas, ao preço mínimo de R$ 3,50.

Já o concurso 6.718 da Quina também está acumulado e o prêmio deverá chegar a R$ 1,7 milhão, de acordo ainda com a Caixa Econômica. A aposta mínima é de R$ 1,50. Os números sorteados nessa sexta-feira (6) foram: 21 – 23 – 41 – 54 e 72.