Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Camilo reativa espaço esportivo no bairro Messejana

O governador Camilo Santana (PT) reativou, nesse sábado (28), a Vila do Esporte e Lazer de Messejana, que possui uma estrutura voltada para a prática de modalidades esportivas, como futebol e basquete, grupos de dança, além de outras atividades destinadas a atender às populações do entorno do equipamento.

O vereador Eron Moreira (PP) informou que o governador Camilo Santana estuda a possibilidade de uma academia ao ar livre e de uma piscina para o local.

(Fotos – Divulgação)

Sortudo ganha sozinho o prêmio de R$ 20,7 milhões da Mega-Sena

Sortudo ganha sozinho o prêmio de R$ 20,7 milhões da Mega-Sena

Um apostador de Curitiba ganhou sozinho o prêmio de R$ 20,7 milhões do concurso 1.982 da Mega-Sena, sorteado nesse sábado (28).

Os números sorteados foram: 04 – 14 – 20 – 24 – 46 e 50.

Já o concurso 4.518 da Quina voltou a acumular. Segundo a Caixa Econômica Federal, o prêmio do sorteio desta segunda-feira (30) deverá pagar a quantia de R$ 3,6 milhões. Os números sorteados nesse sábado foram: 26 – 36 – 43 – 66 e 77.

Visita de Evo Morales ao Brasil é adiada

O Ministério das Relações Exteriores informou nesse sábado (28) que a visita do presidente da Bolívia, Evo Morales, ao Brasil, foi adiada. Morales seria recebido pelo presidente Michel Temer em cerimônia oficial no Palácio do Planalto e para um almoço no Itamaraty nesta segunda-feira (30).

A agenda já tinha sido divulgada pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República, mas foi cancelada depois que o presidente Temer passou por um procedimento cirúrgico em São Paulo na noite da sexta-feira (27). O presidente receberá alta do hospital somente nesta segunda-feira e deve ficar de repouso em São Paulo até terça-feira (31), segundo recomendação médica.

Segundo o Itamaraty, as duas chancelarias definirão uma nova data para a visita de Evo Morales. Entre os principais temas que deverão ser discutidos pelos representantes dos dois países está a criação do Corredor Ferroviário Bioceânico, que pretende integrar o Brasil, a Bolívia e o Peru, ligando os portos de Santos, no Oceano Atlântico, ao de Ilo, no Pacífico. Os presidentes também devem tratar sobre medidas de prevenção ao crime organizado transnacional, esportes e energia.

(Agência Brasil)

Réquiem para a democracia

Da Coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (29):

A recusa da denúncia contra Michel Temer pelo Congresso coroa a desmoralização completa das instituições e é a prova definitiva de que a deposição de Dilma Rousseff não teve como objetivo o combate à corrupção.

Foi um simples golpe de Estado para fazer chegar ao governo as forças derrotadas nas eleições de 2014 e mudar ilicitamente o programa de governo rejeitado pelas urnas; tirar da Constituição, ilegitimamente, as conquistas sociais dos trabalhadores e entregar as riquezas nacionais às forças externas que vinham lutando por isso desde o suicídio de Getúlio Vargas em 1954.

Não queriam um Brasil forte, respaldado por recursos naturais invejáveis e uma indústria respeitável que pudessem dar sustentação a uma liderança continental e servir de estorvo à geopolítica americana e europeia na esfera global.

A última pilhagem foi o leilão dos campos de petróleo do pré-sal, prometidos por José Serra (PSDB) à Exxon, conforme documentos publicados pelo Wikileaks.

Presidente do Parlamento Europeu diz que “ninguém reconhecerá a Catalunha”

O presidente do Parlamento Europeu, o italiano Antonio Tajani, afirmou nesse sábado (28) que “ninguém reconhece, nem reconhecerá, a Catalunha como um estado independente” e que, para a União Europeia (UE), “não existe, nem existirá, outro interlocutor (relativo à região da Catalunha) que não seja o Reino da Espanha”.

“O referendo de 1º de outubro era ilegal, como o era a decisão do parlamento regional. O Estado de Direito deve ser restaurado”, declarou Tajani à imprensa durante um evento realizado no Vaticano sobre o futuro da Europa.

Tajani qualificou de “sábia” a decisão do presidente do governo espanhol, Mariano Rajoy, de convocar eleições autônomas na Catalunha para 21 de dezembro, “porque serão os catalães que decidirão o governo que querem”.

O presidente do Parlamento Europeu ressaltou que a UE “é favorável à democracia”, mas disse que “a independência da Catalunha é ilegal”, e que acredita que o diálogo político colocará um fim à crise.

“Esperamos que o diálogo seja o protagonista neste momento difícil, com base na Constituição espanhola”, concluiu Tajani.

(Agência Brasil)

Leilões do pré-sal e Refis farão governo revisar para baixo projeções de receita

Uma das principais apostas da equipe econômica para cumprir a meta fiscal de déficit de R$ 159 bilhões, os leilões de petróleo da camada pré-sal, ocorridos nessa sexta-feira (27), resultaram em dificuldade adicional para o governo. A frustração de cerca de R$ 1,8 bilhão fará o governo revisar para baixo a estimativa de receitas extraordinárias que entrarão nos cofres federais até o fim do ano.

Originalmente, o governo pretendia arrecadar R$ 11,75 bilhões em 2017 com os leilões do pré-sal. No entanto, as três rodadas terminaram com arrecadação de R$ 9,95 bilhões. Isso ocorreu porque, nos leilões, o governo não conseguiu vender dois dos oito blocos ofertados, reduzindo de R$ 7,75 bilhões, valor inicialmente previsto, para R$ 6,15 bilhões, a quantia arrecadada pela União.

Na quinta-feira (26), a secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, informou que o governo contava com R$ 27,6 bilhões de receitas de concessões no caixa do governo em novembro e dezembro para fechar as contas. Do total, R$ 12,3 bilhões virão do leilão das hidrelétricas da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), que entrarão no próximo mês, e R$ 3,55 bilhões, da concessão de aeroportos, cujo pagamento será feito em dezembro.

O restante dos recursos de concessões virá dos leilões do pré-sal, que também ingressarão nos cofres federais em dezembro. No entanto, as receitas finais com concessões em 2017 ficarão em R$ 25,8 bilhões por causa da não venda de duas áreas no último leilão de petróleo e gás.

A frustração de receitas só será incorporada às estimativas oficiais no fim de novembro, quando o Ministério do Planejamento publicará o Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas. O documento contém atualizações de parâmetros econômicos e de projeções de arrecadação necessários para o cumprimento da meta fiscal de déficit primário – resultado negativo nas contas do governo excluindo os juros da dívida pública – de R$ 159 bilhões para este ano.

Caso o governo não consiga encontrar uma nova fonte de recursos que compense o montante de R$ 1,8 bilhão que deixará de entrar no caixa, terá de contingenciar (bloquear) parte dos R$ 12,8 bilhões liberados no fim de setembro. A liberação de recursos é essencial para a manutenção de serviços públicos que enfrentaram dificuldades financeiras no decorrer do ano, como o patrulhamento de rodovias federais, o sistema de controle do espaço aéreo e o funcionamento das universidades federais.

A sanção da medida provisória que estabelece condições mais brandas para a renegociação de dívidas de contribuintes com a União resultou em nova frustração de receitas. Originalmente, o governo pretendia arrecadar R$ 13 bilhões com o programa, mas a estimativa foi reduzida para R$ 8,8 bilhões e posteriormente para R$ 3,8 bilhões após o Congresso alterar a proposta original da equipe econômica para ampliar o desconto nas multas e nos juros.

Na última quinta-feira, a secretária do Tesouro informou que o governo ainda não calculou em quanto ficará a arrecadação final do Programa Especial de Regularização Tributária (Pert), também conhecido como Novo Refis. Segundo ela, o déficit primário, que acumula R$ 168,6 bilhões nos 12 meses terminados em setembro, deverá encerrar o ano dentro da meta de R$ 159 bilhões porque, além das receitas de concessões e do Pert, despesas que ocorreram nos últimos dois meses do ano passado não se repetirão no mesmo período deste ano.

(Agência Brasil)

Ceará impõe derrota ao Inter, em pleno Beira Rio, e entra na briga pelo título da Série B

O Ceará se firmou na vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, ao derrotar o líder Internacional, em pleno Beira Rio, na tarde deste sábado (28), e entrou na briga pelo título da competição. Élton, aos 15 minutos do segundo tempo, marcou o gol da vitória, após jogada individual de Lima, dentro da área gaúcha.

Com o resultado, o Ceará abriu seis pontos de vantagem para o quinto colocado Oeste e está a três pontos do Inter.

Na sexta-feira (3), o Vozão enfrenta o Juventude, em Caxias do Sul, quando poderá praticamente garantir o acesso à Série A do próximo ano.

Demora da Justiça em homologar delação deixa Palocci preocupado

Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda, está inquieto.

Segundo informa a Coluna Radar, da Veja Online, consequência da demora na homologação de sua delação, que tirou-lhe a conhecida temperança.

A um amigo, ele citou como razão para o atraso até a possibilidade de um acordão para salvar o ex-presidente Lula.

O ex-ministro tem reclamado da demora do STF em julgar seu pedido de habeas corpus. A defesa entrou com o pedido em abril deste ano.

Não vou roubar para envergonhar milhões de pessoas, diz Lula, no seu aniversário de 72 anos

417 2

Da vontade de roubar uma maçã, na adolescência, à mesma contenção de não roubar milhões de reais, na Presidência da República. A vergonha em comum.

Foi com essa lógica que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva justificou sua inocência, diante das acusações de corrupção, quando esteve à frente no Palácio do Planalto (2003/2010).

No dia em que completou 72 anos, nessa sexta-feira (27), Lula contou que, aos 12 anos, teve vontade de roubar maçã para comer, mas nunca o fez para não envergonhar a mãe. “Não é aos 72 anos que vou roubar um centavo para envergonhar milhões e milhões de pessoas que a vida inteira confiaram em mim”, alegou.

“Sei o que eu represento para este país, eu sei o que nós fizemos por esse país, eu, a Dilma (Rousseff) e o PT. O Brasil nunca foi tão respeitado”, completou.

Lula disse, ainda, que não iria comemorar seu aniversário, pois a morte de sua esposa, Marisa Letícia, em fevereiro, estava muito recente. “Faz pouco tempo que a Marisa morreu e eu vou esperar dar pelo menos um ano, vou comemorar só em 2018”.

(Com agências)

Primeira-dama de Fortaleza ganhará comenda

A primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra, vai receber a Medalha Boticário Ferreira. A Câmara Municipal aprovou projeto de iniciativa do vereador Carlos Mesquita (Pros) nesse sentido.

De acordo com o vereador, Carol tem atuado, com o “Programa Cresça com Seu Filho” de forma decisiva no apoio às crianças de famílias de baixa renda da periferia da Capital.

Ele também destaca que partiu dela a iniciativa de ampliar a rede de creches e escolas de tempo integral, adicionando o programa das academias ao ar livre nas praças.

Falta a Câmara Municipal marcar a data da solenidade.

Candomblé pode entrar na lista de Patrimônio Munidal da Unesco

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, assumiu, nesta semana, um compromisso com líderes religiosos de comunidades tradicionais de terreiros.

Segundo o colunista Lauro Jardim, do O Globo, em reunião no Rio de Janeiro, o ministro decidiu criar um grupo de trabalho que, entre outras coisas, vai debater a inscrição Candomblé e da Umbanda na lista de Patrimônio Mundial da Unesco.

Os ônibus acessíveis e as promessas

Editorial do O POVO deste sábado (28) avalia a situação do transporte público em Fortaleza. Confira:

Duas matérias na mesma página deste jornal, na quinta-feira (26), tratam de melhorias no transporte público de Fortaleza. Uma delas informa que a temperatura dos ônibus com ar-condicionado será monitorada, de modo a identificar o problemas, tornando mais rápido o reparo. A outra reproduz declaração do prefeito Roberto Cláudio (PDT) afirmando que, até setembro do próximo ano, toda a frota de ônibus da Capital será acessível, a fim de facilitar o embarque e desembarque de pessoas com algum tipo de deficiência. Assim, segundo o prefeito, Fortaleza garantirá o posto de primeira capital brasileira a ter a frota de coletivos totalmente acessíveis.

Felizmente, foi-se o tempo em que o serviço público era considerado uma espécie de favor que se prestava a um setor da população sem recursos para obtê-lo via iniciativa privada. Hoje, os administradores públicos, pelo menos os mais conscientes (entre os quais, sem dúvida, inclui-se Roberto Cláudio), entendem perfeitamente que saúde, educação, transporte e segurança, por exemplo, são direitos inalienáveis do cidadão, seja ele pobre ou rico – e têm de ser garantidos pelo Estado, ou seja, pelos governos federal, estaduais e municipais. De qualquer modo, são sempre louváveis as medidas que visam a facilitar a vida do cidadão.

No entanto, isso não livra nenhum governante de um vezo comum aos políticos, qual seja, fazer promessas que, muitas vezes, sabem que dificilmente cumprirão, mas que se transformam em manchetes de jornais. E esses compromissos poderão ser reciclados mais à frente, pois, como a falta de memória afeta grande número de pessoas, empenhos não cumpridos podem ser repetidos, como se fossem fatos novos, ganhando uma sobrevida.

Em abril de 2013 – com 60% da frota adaptada -, a Empresa de Transporte Urbano (Etufor) informou que a meta era “tornar todos os coletivos de Fortaleza acessíveis” até dezembro de 2014, como divulgado no portal da Prefeitura. Lá se vão quase quatro anos. O novo prazo agora, com garantia de Roberto Cláudio, é setembro de 2018. Além disso, o prefeito afirmou que, até março do próximo ano, todos os ônibus terão também rede de wi-fi (acesso à Internet) instalada. Que assim seja.

Vicente Pinzón e Antônio Bezerra celebram o Dia das Crianças neste fim de semana

Neste fim de semana, mais dois bairros de Fortaleza recebem o “Arte na Praça – edição especial do mês das crianças”. O Vicente Pinzón (Regional II) será contemplado com a ação neste sábado (28) e o Antônio Bezerra (Regional III) neste domingo (29). O evento aconteceu no decorrer do mês de outubro nas praças Amiga da Criança e passou pelos bairros Passaré, Barra do Ceará, Grande Bom Jardim, Conjunto Ceará, Pan-Americano, Conjunto Palmeiras e no Vila Velha.

A iniciativa faz parte do Programa Mais Infância Ceará, idealizado pela primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, em parceria com o Programa Fortaleza, Amiga da Criança, coordenado pela primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra. O objetivo é fortalecer o vínculo familiar, comunitário e auxiliar no desenvolvimento das crianças cearenses, além de promover arte, cultura e lazer.

A programação conta com apresentações artísticas, circenses, palhaços, dança, teatro, contação de histórias, brincadeiras, jogos, pintura em tela, além de serviços como corte de cabelo, pintura de unhas, aferição de pressão, emissão de documentos, entre outros. Os pequenos também aproveitarão as oficinas de desenho, karatê, capoeira, de gesso, pintura de rosto e EVA, além de informações para o combate ao mosquito Aedes Aegypti.

A programação tem o apoio e execução do Governo do Ceará, por meio da Casa Civil, Gabinete da Primeira-Dama do Estado, Polícia Militar do Ceará, Corpo de Bombeiros, Departamento Estadual de Trânsito do Ceará, Secretaria da Cultura (Secult), Secretaria da Saúde (Sesa), Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) e Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus); e da Prefeitura de Fortaleza, por meio do Gabinete da Primeira-Dama do Município, Secretarias Regionais, Guarda Municipal, Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), Secretaria Municipal dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS).

SERVIÇO

Arte na Praça – edição especial do mês das crianças

Data: sábado (28)
Horário: 16h às 19h
Local: Praça da Conquista (Rua Lima Barreto com Brisa do Mar, Conjunto São Pedro – Vicente Pinzón)

Data: domingo (29)
Horário: 16h às 19h
Local: Praça Joaquim Nogueira (Rua Padre Perdigão Sampaio, s/n – Antônio Bezerra)

Ceará tenta segunda maior sequência invicta da Série B contra o Internacional

Invicto há 43 dias na Série B do Campeonato Brasileiro, o Ceará poderá atingir a segunda maior marca da competição, na tarde deste sábado (28), diante do Internacional, no Beira Rio, quando poderá somar nove partidas sem derrota. De quebra, o Vozão ainda se manterá distante do quinto colocado na tabela de classificação, o Oeste, que nessa sexta-feira (27) derrotou o Brasil de Pelotas, por 1 a 0, e se mantém três pontos atrás do alvinegro cearense. No primeiro turno, em julho, o Ceará perdeu para o Inter, no Castelão, por 2 a 0.

Com oito rodadas sem derrota, o Vozão já detém a segunda maior série invicta, mas ao lado do Oeste. Com 12 partidas sem perder, o América Mineiro é o recordista da temporada. Atrás do Ceará e do Oeste estão o Internacional e o Juventude, ambos com uma série de seis jogos de invencibilidade.

No entanto, das cinco equipes, o Ceará é o único que poderá estender a marca, pois os outros quatro times já somam derrotas em partidas anteriores.

O Internacional entrará em campo com seis desfalques na equipe, incluindo a dupla Rodrigo Dourado e Leandro Damião, além do zagueiro Klaus, que tem sido decisivo para o time gaúcho em jogos anteriores. O Ceará não contará com três atletas titulares: Raul, Lelê e Tiago Cametá.

O árbitro é o carioca Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa), que há um mês se envolveu em polêmica na partida São Paulo 1×1 Corinthians, quando teria beneficiado em três ocasiões o time do Parque São Jorge, atual líder da Série A.

No apito, o árbitro carioca conduziu quatro partidas do Vozão, sendo três derrotas e apenas uma vitória do time cearense.

Roberto Cláudio e Salmito destacam exercício da cidadania no “Prefeitura e Câmara em Nosso Bairro”

O prefeito Roberto Cláudio e o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho, ambos do PDT, destacaram no início da tarde deste sábado (28), no bairro Panamericano, o programa “Prefeitura e Câmara em Nosso Bairro”, que chegou a sua quinta edição.

Para Roberto Cláudio, o programa permite o pleno exercício da cidadania, quando a população dos bairros apontam para os poderes Executivo e Legislativo as principais demandas das comunidades.

Salmito ressaltou que as reuniões nas comunidades têm permitido um melhor foco na gestão para o atendimento à população. O presidente do Legislativo de Fortaleza destacou, ainda, que as discussões acontecem em período fora das eleições, quando a população costuma ver políticos nas comunidades carentes somente às vésperas da votação nas urnas.

(Fotos: Divulgação)