Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Governo paga 1ª parcela do 13º de aposentados e pensionistas a partir da próxima sexta-feira

Aposentados e pensionistas começam a receber, a partir da próxima sexta-feira, a antecipação da primeira parcela do abono do 13º. O calendário, que segue até o dia 8 de setembro, vai representar uma injeção extra na economia de pelo menos R$ 19,8 bilhões, de acordo com o Ministério da Previdência.

O pagamento é correspondente a até 50% do valor do benefício. A exceção é para quem passou a receber o benefício previdenciário depois de janeiro – nesse caso o valor será proporcional. O extrato mensal de pagamento está disponível para consulta na página da Previdência Social www.previdencia.gov.br e nos terminais de autoatendimento da rede bancária juntamente com o extrato de pagamento de benefícios da folha de agosto.

Nesta parcela ainda não há incidência de Imposto de Renda (IR). De acordo com a legislação, o IR sobre o 13º somente é cobrado em novembro e dezembro, quando será paga a segunda parcela da gratificação natalina. O decreto que autorizou a antecipação do pagamento foi publicado no Diário Oficial da União do dia 28 de julho. A estimativa é que sejam contemplados 29,4 milhões de beneficiários em todo o País.

Tem direito ao abono quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário como aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade.

(Com Agências)

Polícia catalã diz ter identificado autor de atentado em Barcelona

A polícia autônoma catalã divulgou, nesta segunda-feira (21), a identidade do autor do atentado de Barcelona, que segue foragido. Youbes Abouyaaqoub era o motorista da van que atropelou e matou 13 pessoas, além de deixar mais de 100 feridos. O responsável de Interior do governo da Catalunha, Joaquim Forn, foi o responsável pela divulgação.

Segundo informações da imprensa espanhola, que já havia antecipado a divulgação da identidade do suspeito, Younes Abouyaaqoub é marroquino e tem 22 anos. Ele seria integrante de uma célula terrorista que planejava executar vários ataques na capital da Catalunha.

Josep Lluís Trapero, da polícia catalã, disse que a polícia chegou à autoria do atropelamento examinando a documentação da van, a papelada do aluguel do veículo, evidência científicas e testemunhas que viram Abouyaaqoub fugir da cena do crime.

Além das 13 pessoas em Barcelona, uma outra mulher morreu em Cambrils, depois que o carro onde estavam cinco suspeitos de terrorismo avançou contra pedestres e atropelou pelo menos seis pessoas. Nesta segunda-feira (21), a polícia também confirmou que um homem encontrado morto por esfaqueamento pouco depois do atropelamento em massa também foi assassinado em decorrência do ataque terrorista. Com isso, o número total de vítimas dos dois ataques na Catalunha subiu para 15.

(Com Portal G1)

Reforma Tributária – Proposta será apresentada nesta terça-feira

O relator da reforma tributária, deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), vai apresentar, nesta terça-feira,  o seu texto com as propostas para simplificar a cobrança de tributos no país.

Além de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para alterar o sistema tributário, ele disse que será necessário aprovar pelo menos outros 11 projetos que regulamentarão o novo modelo proposto por ele, com a criação de um imposto único sobre o consumo – o IVA, conforme modelo europeu -, além do Imposto de Renda, dos impostos sobre propriedade e a contribuição previdenciária.

O presidente Temer, os ministros Henrique Meirelles, da Fazenda, e do Planejamento, Dyogo Oliveira, estiveram presentes na reunião preliminar, no fim de semana, onde o deputado apresentou o seu texto.

Camilo vai lançar programa de miniareninhas para o Interior cearense

139 1

Da Coluna Vertical, do O POVO desta segunda-feira:

O governador Camilo Santana (PT) vai lançar, em breve, um projeto que promete fazer a festa da juventude cearense. O Estado construirá cerca de 100 campos de futebol soçaite por todo o Ceará. Batizados de “Campinhos”, espécies de miniareninhas, a ideia surgiu durante uma das viagens de Camilo na prospecção de investimentos para o Ceará.

Alguns países já têm esse projeto, que alia rapidez na execução com baixo custo. Esses campinhos se juntarão a outras 40 areninhas que Camilo construirá no Interior, fazendo com que todo município tenha, pelo menos, uma praça esportiva.

Na prática, a juventude comemora e o governador, de olho na reeleição, reforça sua imagem nesse segmento, com certeza.

Série C – Fortaleza mantém terceira colocação, após derrota do Salgueiro

A vitória do Cuiabá sobre o Salgueiro, por 1 a 0, na noite desse domingo, em Mato Grosso, manteve o Fortaleza na terceira colocação da Série C do Campeonato Brasileiro. A três rodadas para o final da primeira fase, o Fortaleza possui a melhor situação entre as quatro equipes que ainda brigam por duas das quatro vagas para o mata-mata que definirá o acesso à Série B do próximo ano. Sampaio Corrêa e CSA praticamente não mais serão alcançados pelo Salgueiro, que caiu para a quinta posição na tabela.

Além de dois jogos em casa, o Fortaleza também será beneficiado pelo confronto direto entre Salgueiro e Remo, na última rodada. O Cuiabá, que entrou na disputa por uma das vagas, mas com remotas chances, jogará duas partidas fora de casa.

Apesar da aparente tranquilidade na tabela, O Fortaleza não poderá perder a partida do próximo domingo (27), contra o CSA, no Castelão. Uma derrota do Leão e vitórias do Salgueiro (Sampaio Corrêa) e Remo (Moto Club) já deixariam o Fortaleza fora do G4.

Adaptações de mito de Édipo é tema de discussão na UFC nesta segunda-feira

A recepção do mito de Édipo continua a inspirar muitas análises e releituras. A mesma obra, com os mesmos elementos, mas com várias reescritas possíveis. O tema será assunto da aula magna de abertura da Pós-graduação em Estudos da Tradução (Poet), da Universidade Federal do Ceará (UFC) hoje, às 10 horas. O convidado a discutir o assunto será o professor alemão Martin Winkler, renomado especialista internacional em tradução e recepção dos clássicos gregos e latinos.

No cerne dos debates, estará a discussão do mito de Édipo, como apresentada na tragédia de Sófocles (497-406 a.C.) Édipo Rei – tanto na peça do escritor, dramaturgo e diretor de cinema francês Jean Cocteau (1889-1963) A Máquina Infernal (traduzida por Manuel Bandeira) quanto na adaptação fílmica do poeta e diretor de cinema Pier Paolo Pasolini (1922-1975) Edipo Re (1967).

Segundo o coordenador da Poet, Robert de Brose, na adaptação do mito feita por Cocteau em sua tragicomédia, os personagens (tão solenes e augustos de Sófocles) são humanizados. Édipo, por exemplo, é um jovem arrogante e ingênuo. Jocasta, uma mulher obcecada por sua própria aparência. A adaptação de Pasolini (diretor do controverso e poderoso Salò ou os 120 dias de Sodoma) apresenta elementos autobiográficos e resgata a dimensão ritual do drama grego.

A ideia, de acordo com Robert, é apresentar as leituras que foram feitas e discuti-las. “A peça do Sófocles na antiguidade já era uma adaptação. O mito do Édipo tem várias versões. Sófocles escolheu uma delas, que foi a que se popularizou e influenciou uma série de adaptações e releituras. O professor Martin vai discutir duas – a do Jean Cocteau e a do filme do Pasolini, que se aproxima mais da tragédia grega”, comenta Robert, que também é professor de Língua e Literatura Grega e Tradução.

Segundo o professor Robert, o público-alvo são todos aqueles interessados nos clássicos de modo geral, além dos aficionados a psicologia, teatro e cinema. “Não será uma explanação muito técnica. Ele vai fazer uma boa contextualização, vai mostrar trechos do filme e interagir com o público”, descreve. A palestra será em inglês, sem tradução simultânea. Após a palestra, a interação entre a plateia e o professor Winkler será facilitada pelo professor Robert e pelos bolsistas da Poet.

SERVIÇO

Aula magna com Martin M. Winkler

Quando: hoje, 21, às 10 horas
Onde: Auditório José Albano (av. da Universidade, 2683 – Benfica)

Entrada franca.
Telefone: 3366 7912

(O POVO)

Câmara analisa nesta semana PEC que cria distritão e financiamento público

Nesta terça-feira (22), o plenário da Câmara dos Deputados deverá analisar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 77/03, que trata da reforma política e prevê um novo sistema para eleição de vereadores, deputados e senadores, o chamado”distritão”, e também a criação de um fundo com dinheiro público para financiar campanhas eleitorais.

A PEC 77/03 será discutida como pauta única do plenário, em sessão marcada para começar as 13h. Estarão em votação o texto-base, que ainda não tem consenso da maioria dos parlamentares.

Na última tentativa de votação, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou ao considerar o quórum de parlamentares presentes baixo. Além do texto-base, 14 destaques também serão analisados.

Pelo sistema “distritão”, serão eleitos os vereadores e deputados (estaduais e federais) mais votados, como ocorre atualmente na escolha de prefeitos, governadores e presidente da República. Não será considerada a proporcionalidade do total de votos recebidos pelos partidos e coligações.

A ideia divide opiniões dentro do Congresso. Várias propostas alternativas têm sido levantadas, como outro modelo, apelidado de “distritão misto”, que seria uma combinação de voto majoritário no candidato e voto em legenda, ou seja, os eleitores poderiam votar em candidatos ou no partido nas eleições para deputados estadual e federal.

O relator Vicente Cândido (PT-SP) disse à Agência Brasil que ainda não há acordo em torno de nenhuma proposta. Líderes da oposição prometem tentar barrar qualquer tentativa de aprovação dos modelos majoritários para as eleições de cargos do Legislativo.

A indefinição pode arrastar ainda mais a tramitação da reforma política na Câmara. A expectativa é que a discussão, prevista para esta terça-feira, se arraste por mais de uma sessão.

A PEC prevê ainda o financiamento das campanhas eleitorais com dinheiro público por meio da criação do Fundo Especial de Financiamento da Democracia. O relator justifica que diante do contexto de investigação do uso de recursos não contabilizados nas campanhas das últimas eleições, a utilização de recursos públicos poderia dar mais transparência para o processo eleitoral.

(Agência Brasil)

PSDB inicia encontro com lideranças em Fortaleza

O PSDB iniciou neste fim de semana, no Serviluz, uma série de encontros com lideranças tucanas em Fortaleza. O evento foi coordenado pelo vereador Plácido Filho e contou com as presenças do presidente municipal do partido, Fernando Façanha, do vice-presidente Paulo Angelim, do deputado Carlos Matos, além de lideranças e representantes da comunidade.

“Esse encontro é o primeiro de uma série que faremos em Fortaleza. Com isso estamos discutindo com as comunidades os reais problemas e as possíveis soluções que o nosso partido poderá apresentar. O PSDB vive um novo momento de reconstrução do seu programa, de renovação e, em Fortaleza, estamos alinhados nesse mesmo pensamento”, disse Fernando Façanha.

Plácido Filho discutiu as prioridades do bairro, ao apontar que a falta de emprego deve ser combatida como forma de reduzir as desigualdades sociais. “Precisamos capacitar os jovens para o futuro e esse é um dos nossos desafios”, comentou.

(Foto – Divulgação)

Temer terá encontro com presidente do Paraguai nesta segunda-feira

Os presidentes do Brasil, Michel Temer, e do Paraguai, Horacio Cartes, reúnem-se amanhã (21), em Brasília, e discutem temas como a relação econômica entre os dois países, segurança na região de fronteira, a crise na Venezuela e a eliminação de barreiras ao comércio no Mercosul.

No encontro, Temer e Cartes vão avaliar os resultados das recentes operações conjuntas de combate ao crime organizado, de acordo com o porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola.

Brasil e Paraguai tem 1.300 quilômetros de fronteira. Outro tema que deve ser tratado pelos presidentes é a usina hidrelétrica de Itaipu, que abastece os dois países.

Mercosul

Em relação ao Mercosul, a previsão é de que, além da questão sobre barreiras ao comércio, os presidentes abordem as negociações sobre a celebração de um acordo comercial entre o bloco e a União Europeia. O Brasil está na presidência temporária do Mercosul e o Paraguai será o próximo país a assumir o posto, no primeiro semestre de 2018.

Pela manhã, Temer recebe o presidente do Paraguai no Palácio do Planalto. Em seguida, oferece um almoço no Itamaraty a Cartes e a delegação paraguaia. Como parte da visita de Estado, Horacio Cartes será recebido na Câmara dos Deputados, no Senado e no Supremo Tribunal Federal.

Relação comercial

O Brasil é o principal parceiro comercial do Paraguai. Absorve cerca de 20% do total das exportações paraguaias e fornece aproximadamente 25% de suas importações. Entre os principais produtos exportados pelo Brasil estão adubos e fertilizantes, cervejas, fumo, fungicidas e ladrilhos/cerâmica. Já entre os importados estão o milho, trigo, material elétrico e soja.

Em 2016, o intercâmbio bilateral alcançou US$ 3,4 bilhões. Nos sete primeiros meses de 2017, o intercâmbio bilateral chegou a US$ 2,1 bilhões, o que representa alta de 19% em relação ao mesmo período do ano passado.

(Agência Brasil)

Polícia espanhola continua busca por terrorista foragido após atentados

A Polícia Autônoma da Catalunha (“Mossos d’Esquadra”) realizaram nesta madrugada várias buscas em dois povoados da região para localizar Younes Abouyaaqoub, um dos terroristas foragidos após os atentados de Barcelona e Cambrils, que causaram 14 mortos.

Fontes da investigação explicaram que os “Mossos” montaram uma grande operação na região de Manlleu, nas imediações da localidade de Vic, onde foi encontrada uma das três vans supostamente alugadas pela célula terrorista para cometer atentados.

Aparentemente, Younes, de 22 anos e que morava em outra localidade catalã, Ripoll, frequentava Manlleu, pelo que a operação policial se concentrou nesse município da província de Barcelona e nos arredores, devido à possibilidade de que algum conhecido tenha oferecido refúgio ao terrorista.

A mãe de Younes participou ontem de uma manifestação na praça da Câmara municipal de Ripoll em repulsa aos atentados e pediu a seu filho que se entregue à Polícia, mas disse não acreditar que ele fosse membro da célula terrorista.

Uma prima do foragido, identificada como Fátima Abouyaaqoud, mostrou estar convencida de que foi o ímã da localidade de Ripoll, Abdelbaki es Satty, que manipulou seu parente e os demais jovens da localidade supostamente envolvidos nos atentados e os radicalizou.

Os investigadores revistaram ontem a casa do ímã em Ripoll em busca de indícios sobre os atentados e de provas que permitissem comprovar se o religioso, que está desaparecido, é um dos mortos na casa de Alcanar, província de Tarragona, que explodiu na última quarta-feira (16).

A casa era utilizada pela célula para preparar explosivos e nela foram encontrados restos biológicos de três pessoas, segundo fontes da investigação, além de material utilizado habitualmente pelo terrorismo jihadista.

De forma paralela, os “Mossos” procuram três veículos relacionados com os atentados, segundo informaram à EFE fontes da luta antiterrorista.

(Agência Brasil)

Janot vai deixar para Raquel Dodge a homologação da delação da OAS

O planejamento da equipe do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, prevê que, daqui até o fim de seu mandato, seja fechado o acordo com os delatores da OAS. Mas só fechado.

Segundo informa o colunista Lauro Jardim, do O Globo, neste domingo, a tendência é que não haja tempo suficiente para colher nenhum depoimento dos executivos.

Essa parte e o pedido de homologação serão missões para sua substituta na PGR, Raquel Dodge.

Lúcio Alcântara cita nomes ao Palácio da Abolição, mas o “candidato tem que aceitar o desafio”

Os senadores Eunício Oliveira (PMDB) e Tasso Jereissati (PSDB), Domingos Filho, presidente do TCM em extinção, e o deputado estadual Capitão Wagner (PR) são os principais nomes da oposição ao Governo do Ceará, nas eleições do próximo ano.

A lista passada para o Blog é do presidente estadual do PR, Lúcio Alcântara.

“Mas o candidato tem que aceitar o desafio”, condicionou o ex-governador, que acredita que a falta de “aceno” dos postulantes seja reflexo da indefinição da Reforma Política.

Morre Jerry Lewis

Morreu neste domingo (20) o comediante e ator Jerry Lewis, aos 91 anos, que nos últimos meses sofria de problemas pulmonares e dor crônica nas costas. Há relatos que ele também sofria paradas cardíacas.

Jerry Lewis participou de cerca de 45 filmes de comédia, em cinco décadas, desde que ganhou fama ainda nos anos 1950.

(Com agências)

Previdência gasta R$ 56 bi por ano com fraudes e erros, diz TCU

Do O Globo, deste domingo:

O Brasil é um país em que ricos fingem ser pobres, presidiários reconhecem a paternidade de filhos de mulheres que nunca viram, crianças recebem licença-maternidade, bebês indígenas são adotados e esquecidos em suas tribos, homens assassinam esposas fictícias e ciganos mudam de identidade como trocam de cidade. O Brasil é um país que paga por tudo isso. E a conta imposta por tanta “criatividade” à Previdência Social é alta. Uma fatura maior que o governo supunha: pode chegar a R$ 56 bilhões por ano. Ao cruzar dados de uma força-tarefa — formada por Secretaria de Previdência, Ministério Público Federal (MPF), Polícia Federal e os ministérios do Trabalho e do Desenvolvimento Social — e pedir uma análise de especialistas, o Tribunal de Contas da União (TCU) chegou à conclusão de que a “percepção de irregularidades” é que um, em cada dez benefícios, é pago com erros ou por fraude.

Com um rombo recorde previsto para este ano, a Previdência é considerada um empecilho para o Brasil voltar a crescer. Em 2017, devem faltar R$ 185,8 bilhões para fechar a conta. Sem fraudes e erros, esse déficit poderia ser 30% menor. No entanto, a fiscalização, apesar dos avanços obtidos nos últimos anos, ainda está bem longe de conseguir impedir tudo o que desfalca o sistema de aposentadorias e benefícios assistenciais do país.

Essas fraudes e erros ocorrem no momento em que a sociedade se confronta com o dilema de reformar a Previdência, ou começar a cortar despesas em áreas essenciais. Tudo porque falta dinheiro. Mas foram as contribuições pagas pelos brasileiros que bancaram a luxuosa jornada de uma família de ciganos pelo país. O ponto de partida foi uma das áreas mais pobres do Brasil: o Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais. De cidadezinha em cidadezinha, eles requisitaram uma coleção de certidões de nascimento tardias. Com elas, conseguiram vários benefícios, entre eles, aposentadorias rurais. A pobreza dos lugares por onde o grupo passou contrastava com as caminhonetes de luxo usadas para trilhar o caminho. Foram presos em Sergipe. Os 11 parentes foram condenados por estelionato contra a Previdência.

*Leia mais aqui.

 

Ato da campanha Doria em Fortaleza e um Tasso meio afastado

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (20):

Foi um clássico e típico evento de político em pré-campanha presidencial. No alto das dunas da Praia do Futuro, o azul do mar ao fundo, o nome João Doria em letras garrafais estampadas com o verde e amarelo da bandeira figurava o pátio que antecedia a entrada do salão onde o encontro ocorreu. Sol a pino. Por trás das letras, pose para fotos. Doria sozinho. Tasso com Doria. Doria com Geraldo Luciano. Doria com Beto Studart. Doria com os empresários que bancaram o evento. Lá dentro, no ar-condicionado, cerca de 300 convidados em pé, à espera, servidos com acepipes e bebidas. O convite dizia “blazer sem gravata”, um uniforme bem doriano.

Nas conversas dos espectadores (jornalistas, empresários, profissionais liberais), os temas proeminentes eram negócios, economia brasileira, candidatura Doria e o polêmico programa do PSDB na TV que havia ido ao ar na noite anterior. Esse último ponto gerando muitas opiniões controversas.

Começa o evento. Mesas redondas, pratos postos com uma entrada e serviço de bebidas. O microfone é aberto. Beto Studart, presidente da Fiec, o primeiro a falar. Tratou Dória como fato consumado na linha: é candidato e será eleito. Com fala de improviso, dirigiu-se ao prefeito de São Paulo para lembrar que o Ceará precisará de políticas públicas para combater as desigualdades.

Na sequência, o presidente da CDL, Severino Ramalho Neto, leu seu discurso. Procurou ser sóbrio e politicamente amplo. Deu boas vindas ao convidado, porém gastou mais saliva elogiando Tasso Jereissati. Sobrou loas para Camilo Santana e Roberto Cláudio. Jogou todos em um só balaio e os denominou de “inovadores”. Como quem diz: meu santo mercadinho é de todos. O ralo prato principal já começara a ser servido.

Chegou a vez da fala de João Dória. Alguém me perguntou: “Ué, o Tasso não vai falar não?”. Pois é, o anfitrião mais importante do correligionário paulistano se recolheu em seu lugar à mesa. Não falou. Pelo visto, o presidente nacional interino do PSDB não quis se comprometer a fundo com o encontro meticulosamente preparado para ser um ato de campanha presidencial.

O silêncio do senador Tasso e seus comentários protocolares dirigidos aos jornalistas podem ser vistos como um sinal de que Geraldo Alckmin, o governador de São Paulo, é um dos únicos tucanos de bico grosso que apoia o conteúdo do polêmico e criticado programa do PSDB na TV. Tasso, sentado estava, sentado, ficou. Ao lado dele, o executivo (já será tucano?) Geraldo Luciano.

A essa altura, é provável que a maioria dos leitores já conheça o teor do discurso do prefeito de São Paulo na tarde de sexta-feira, em Fortaleza. Afinal, toda a imprensa lá estava e fez os registros mais apimentados. Logo depois do evento, o portal do O POVO já trazia trecho que também foi reproduzido pelo jornalismo on line Brasil a fora: “Sem-vergonha, preguiçoso, mentiroso e covarde… Aprenda de vez que o Brasil não é seu. Venha aqui disputar eleição, com quem estiver, porque você vai perder. O Brasil das pessoas de bem saberá dar uma resposta nas urnas”, disse o prefeito acerca de Lula, seu alvo preferencial.

O evento recebeu o gracioso batismo de “I Fórum Empresarial de Gestão”. Balela. Foi política do começo ao fim.