Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

The Economist vê evangélicos e populismo de Bolsonaro rondando 2018

325 1

A edição desta semana da revista britânica The Economist traz reportagem sobre os possíveis impactos que a reforma política brasileira terá nas próximas décadas. Segundo a publicação, a Lava-Jato revelou trouxe à tona a corrupção causada pelo financiamento empresarial de campanha.

A Economist afirma que, agora, o Congresso agora começa a tentar saídas para os próximos pleitos, como cláusulas de barreira e o fundo de financiamento público. A revista, no entanto, vê a ascensão do populismo e da bancada religiosa como resultados desse processo.

“Pessoas que já são famosas vão se beneficiar às custas de candidatos que precisam de dinheiro para se promover. Partidos evangélicos, que já tem uma base leal de apoiadores, também devem sair à frente, diz Filipe Gruppelli Carvalho, da consultoria Eurásia. Em 2018, candidatos à presidência como Jair Bolsonaro, um direitista populista, devem se sair bem”, diz a Economist.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Objetivos policiais numa sociedade livre

Com o título “Objetivos policiais numa sociedade livre”, eis artigo do advogado e professor Irapuan Diniz de Aguiar. Ele bate duro na ideia de unificação das policiais. Confira:

Embora de natureza civil, ao menos nos Estados democráticos, a função policial tem sido exercida em parte no nosso país pelas organizações militares em que se converteram as antigas forças policiais de que são exemplos as Guardas Civis e o Serviço de Rádio Patrulha. Empregadas, a princípio, como órgão de execução ou apoio da atividade policial, sob a direção das autoridades policiais civis, estes organismos, com a ampliação e o aperfeiçoamento de seus quadros dirigentes, passaram a reivindicar maior autonomia de ação, ou seja, a iniciativa e a direção dos trabalhos que antes lhes cabiam executar. Assim, os milicianos, de agentes da autoridade policial passaram a detentores autônomos de determinadas tarefas, como a direção e a execução, com exclusividade, do policiamento ostensivo fardado. Tal missão, assegurada inicialmente pela legislação federal (Decretos Leis 667/69 e 1.072/69) e consagrada na CF/88, levou à extinção os antigos corpos uniformizados da polícia civil (Guarda Civil) e fez declinar as incipientes guardas municipais.

Restaram, assim, nas Unidades da Federação, a Polícia Civil e a Polícia Militar. E, fala-se, de quando em quando, na fusão das duas polícias para se constituir, no Estado, uma polícia única. É isto conveniente? É viável? Pode-se duvidar das duas coisas. Não é aí, ao contrário do que muitos podem pensar, não é no fato de haver duas polícias estaduais que se encontram os maiores problemas da instituição policial. Em diversos países convivem duas ou mais polícias. Há nos Estados Unidos milhares de polícias municipais, estaduais e federais. Nos Estados brasileiros, por conseguinte, poderiam conviver perfeitamente as atuais organizações policiais e, além delas, as polícias municipais, o que seria desejável porquanto elas iriam preencher as lacunas da polícia estadual. O problema maior, portanto, não está no número das polícias, mas no seu emprego desordenado e, não raro, colidente.

O trabalho policial é complexo e exige especializações. Haverá situações em que a utilização da Polícia Militar seja preferível, sobretudo em ações que exijam o emprego coletivo de agentes, pela estruturação e características próprias desta instituição e subordinação a uma disciplina rígida. Em suma – e o exemplo de outros países está a indicar -, não é necessário nem conveniente que a polícia seja unificada. Unificado deve ser, isto sim, o serviço policial. A norma geral a esse respeito, comezinha em Organização Policial, é a de ser o serviço policial, preventivo e repressivo, unificado sob uma única direção, sem prejuízo de sua diversificação ou especialização. Em outras palavras, o serviço policial é uno e indivisível. Não pode ser seccionado em partes estanques: prevenção e repressão, patrulhamento e investigação, ação de rua e elaboração de inquéritos. São atividades que se entrelaçam, convindo por isso estarem reunidas sob a coordenação e responsabilidade de uma só autoridade que, no nosso sistema, é o delegado de polícia. Esta é uma necessidade que salta à vista e a que a nossa estrutura policial não atende, pois a Polícia Civil é judiciária e a Polícia Militar, que leva os casos para a civil, sem a orientação desta, é ostensivo-preventiva. Neste hiato, verifica-se a quebra da organicidade do sistema, com os resultantes prejuízos à prevenção e à repressão, o desentrosamento e a falta de motivação.

*Irapuan Diniz Aguiar,

Advogado e professor.

Prefeitura vai inaugurar creche com o nome de Augusto Pontes

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), confirmou, nesta quinta-feira, durante a convenção estadual do seu partido, que vai inaugurar mais um Centro de Educação Infantil.

Desta vez no bairro do Dendê, batizada com o nome do ex-secretário estadual da Cultura, Augusto Pontes, pessoa que era do círculo de amigos do presidenciável Ciro Gomes e de vários outros intelectuais da cidade.

O ato ocorrerá a partir das 9 horas desta sexta-feira.

*Augusto Pontes, jornalista, publicitário, compositor e intelectual de frases marcantes. Ele nos deixou em maio de 2009.

“A união só se faz à força” ( referindo-se ao movimento “Pessoal do Ceará”)

“Vida, vento, vela, leva-me daqui” foi adaptada por Belchior para a música Mucuripe, era uma frase sempre repetida por Augusto Pontes.

“Eu sou apenas um rapaz latino americano”, também adaptada por Belchior para a famosa música, “Apenas um rapaz latino americano” , surgira de uma carta, de Augusto, em que dizia também que não tinha dinheiro no bolso nem “patentes” importantes. 

“O comunismo acabou antes de chegar aos pobres”

“Estou do seu lado, mas não me olhe de banda”

“Quando a mesa cresce, a cultura desaparece.” (sempre que via um penetra sentar à mesa)

(Foto – Cláudia Alvarez)

Avicultores cearenses comemoram o Dia Mundial do Ovo

130 1

O Dia Mundial do Ovo será celebrado nesta sexta-feira. Para marcar a data em território cearense, haverá, no período de 16 a 25 deste mês, a Semana Mundial da Alimentação, a ser puxada pela Associação Cearense de Avicultura (Aceav), que reforçará a importância do ovo na dieta diária.

De grande vilão da alimentação passou a ser considerado por pesquisadores um alimento benéfico para a saúde ocular, dos ossos, músculos e até para a memória. Estudos recentes comprovam que o ovo pode até fazer bem ao coração. E seu status de aliado da saúde vai além: bate de frente com o ganho de peso e o diabetes e auxilia na prevenção ao câncer de mama

Uma gema tem cerca de 300 microgramas de Colina, nutriente essencial da vitamina B que reduz em cerca de 24% o risco de incidência da doença. Segundo a nutricionista Elizângela Martins, ressalta que a sua ingestão na adolescência pode reduzir em 24% a incidência da doença na idade adulta.

Como proteína de alto valor biológico, o ovo atua na prevenção de doenças que alteram a visão e a degeneração macular da retina e auxilia para o bom funcionamento do cérebro. O alimento tem sido usado por desportistas e pessoas de todas as faixas etárias como fonte de nutrientes necessários ao organismo. A nutricionista Elizângela Martins afirma que, por ser um alimento altamente nutritivo, este possui em sua composição elementos bioativos fundamentais para os processos biológicos do organismo em seu estado de saúde normal assim como para a prevenção de doenças como anemias. Possui também componentes com efeito modulador do sistema imune, antimicrobiano, anti-hipertensivo e inibidora de células cancerígenas.

Pesquisa da Universidade de Connecticut, nos Estados Unidos, indica que o consumo diário do ovo daria uma força para o aumento da fração boa do colesterol, o HDL. Descobriu que, ao mesmo tempo que fornecia o colesterol, o alimento continha substância que bloqueavam sua chegada à corrente sanguínea. Maria Luz Fernandez, bioquímica mexicana que participou dos estudos, garante que no experimento com 28 homens acima do peso e que consumiam ovo não foram constatadas mudanças nas taxas de LDL, a versão ruim do colesterol.

Segundo Elizângela, isso é possível devido ao ovo possuir fosfolipídios, substancia lipossolúvel que se agregam ao colesterol fazendo com que este não seja absorvido e sim expelido junto com as fezes.

Contra tudo o que acreditamos, estudiosos da Universidade da Finlândia Oriental analisaram, por quase 20 anos, 2.332 homens de 42 a 60 anos e observaram que os fãs de ovos estavam menos propensos a diabete do tipo 2. De acordo com professor de epidemiologia da nutrição Jyrki Virtanen, que integrou a equipe de pesquisadores, o alimento tem um conjunto de componentes vantajosos, incluindo substâncias anti-inflamatórias, que atuariam sobre o descompasso da glicose.

DETALHE – A Aceav, nesta semana de alimentação saudável, vai dar descontinho no preço do ovo?

Quarteto de instrumentistas brasileiros fará o show “Farra do Som” no Centro Dragão do Mar

Pedro Martins é premiado internacionalmente.
Na quinta-feira (19), às 20 horas, o palco do anfiteatro do Centro Dragão do Mar receberá o evento “Farra do Som”.
Trata-se de um show inédito de jovens, porém grandes instrumentistas brasileiros. Um deles, Pedro Martins, ganhador do prêmio de melhor guitarrista na competição do Festival de Montreux, na Suíça.
Outro, o Mestrinho, um dos sanfoneiros mais requisitados entre artistas nacionais como Gilberto Gil, Ivete Sangalo e Elba Ramalho.
Completam o quarteto os cearenses Michael Pipoquinha e Cainã Cavalcante, que têm viajado em apresentações na Europa e África.

SERVIÇO

*Anfiteatro do Centro Dragão do Mar – Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema.

*Ingressos – R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia). À venda na bilheteria do Dragão (de terça a domingo, das 14 às 20 horas)
*Classificação etária: Livre
(Foto – Divulgação)

CasaCor 2017 abre espaços para a II Feira de Jóias

Tudo pronto para a II Feira de ​Cor da Cultura da CASACOR Ceará 2017. Terá início nesta sexta-feira, a partir das 17 horas, dentro desse evento de arquitetura e decoração, e se estenderá até domingo.

Visitantes terão a oportunidade de conferir uma mostra exclusiva de joias com designer contemporâneo, num ambiente montado no na Praça #sertaoconnect. As designers Bruna Bortolotti, Carolina Figueiredo, Jamylle Weyne, Suyenne Lemos e Evelyn Matthews estarão expondo nessa feira seus trabalhos em joalheria.

O material, segundo a assessoria de imprensa do evento, foi criado exclusivamente para lançamento na CASACOR. As peças apresentadas na exposição transcendem o status de adereços e passam a ser classificadas como arte-joalheria. Cada artista-joalheira busca acrescentar um traço peculiar e pessoal nas suas peças.

SERVIÇO

*Horário: 17h às 22h, de terça a sábado e 16h as 21h, domingo e feriados

*Local – Rua Zuca Acioli – 505
Special Sale: 14 e 15 de Novembro

*Valores entrada – Passaporte: R$ 100,00 (entrada com valor único para todos os dias do evento). Ingresso: R$ 44,00 meia R$ 22,00.

(Foto – Divulgação)

Revalidação de diploma estrangeiro não requer teste de proficiência em Português

Por considerar que exigir certificado de proficiência em língua portuguesa para revalidação de diploma não tem previsão legal, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região proibiu a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) de exigir o documento de médicos estrangeiros. A informação é da assessoria de imprensa do TRF-4.

Em 2015, dois colombianos pediram a revalidação de seus diplomas na UFSC para exercer a profissão em território brasileiro. No entanto, mesmo após a aprovação no exame Revalida, a instituição não entregou os diplomas, exigindo um certificado de proficiência em língua portuguesa.

Os médicos ajuizaram ação pedindo a liberação de seus diplomas revalidados. Sustentaram que o certificado de proficiência não é requisito legal e que a prova aplicada pelo Revalida foi suficiente para demonstrar o domínio do português.

O pedido foi julgado procedente pela 3ª Vara Federal de Florianópolis. De acordo com a sentença, a legislação brasileira impõe como requisito para o exercício legal da profissão médica apenas o registro do diploma no Ministério da Educação e a inscrição no Conselho Regional de Medicina. A ação chegou ao TRF-4 para reexame.

A relatora do caso, juíza federal convocada Gabriela Pietsch Serafin, manteve o entendimento da primeira instância. Para ela, a cobrança do certificado excede o poder regulamentar e afronta o princípio da reserva legal. “Tem-se, portanto, que houve inovação no ordenamento jurídico através de atos infralegais, com o intuito de criar regras restritivas de direito, o que não se pode admitir.

Quo vadis Eunício Oliveira?

142 1

Por falar em Tasso Jereissati (PSDB) para o Governo em 2018, como difundem lideranças da oposição, eis a chapa que setores políticos querem articular:

Tasso-governador, Capitão Wagner-vice e Eunício Oliveira disputando a reeleição ao Senado, com a outra vaga de senador a ser negociada.

O problema é saber mesmo para onde vai o senador Eunício Oliveira.

(Foto – Veja)

Projeto de cidadania promete fiscalizar Prefeituras

A Ação Cearense de Combate à Corrupção e a Impunidade (ACECCI) lançará, às 8h30min do próximo dia 19, o Projeto Ceará Transparente. O ato ocorrerá no auditório da Faculdade de Economia e Administração (FEAAC), da Universidade Federal do Ceará (Benfica).

O projeto Ceará Transparente tem como objetivo avaliar a transparência nas prefeituras do Ceará.

Segundo Francisco Fernandes, diretor-executivo da ACECCI, a ação contará com o apoio e parceria de estudantes universitários e diversas instituições do Estado. Para execução do projeto será utilizado a metodologia do projeto Cidade Transparente.

*Projeto Cidade Transparente saiba mais aqui.

SERVIÇO

*Faça aqui suas inscrição -https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScyja4_8WqYxHXxlsTorD1Q6hZuBk5lBpod3ihiyamKh69f8w/viewform?usp=sf_link

O que vem a ser a expressão “ideologicamente falsos”?

2489 4

Com o título “Falsidades”, eis artigo do jornalista Plínio Bortolotti, que pode ser conferido no O POVO desta quinta-feira. Ele aborda a declaração do coordenador da força-tarefa Lava Jato, procurador Deltan Dallagnol. Ele disse que Lula anexou recibos de aluguel ideologicamente falsos ao processo. Confira:

O leitor sabe o que é um documento “ideologicamente falso”? Confesso a minha ignorância: não tinha pleno esclarecimento, apesar de já haver lido dezenas de manchetes com o procurador Deltan Dallagnol afirmando que Lula anexara ao processo recibos de aluguel “ideologicamente falsos” para disfarçar a propriedade de um imóvel vizinho ao apartamento dele, em São Bernardo do Campo (SP).

Como a busca no Google pela expressão pouco ajudou, apelei para o advogado Fernando Castelo Branco. Ele me explica que a expressão tem o mesmo significado de “falsidade ideológica”, o artigo 299 do Código Penal.

Assim, fico sabendo a diferença entre “falsidade material” e “falsidade ideológica”. A primeira ocorre quando se falsifica um documento. Exemplo: um sujeito, para faltar impunemente ao trabalho, forja um atestado e a assinatura do médico. A segunda acontece quando se inserem informações falsas em um documento verdadeiro. Exemplo: um médico atesta uma doença inexistente para justificar um faltoso. Nesse caso, a assinatura do médico é verdadeira, o documento é verdadeiro, mas a informação nele contida é falsa.

Em resumo, o Ministério Público não nega a autenticidade dos recibos apresentados pela defesa de Lula nem da assinatura de Glaucos da Costamarques, que assina como proprietário do imóvel. Porém, o MP garante que os recibos são “ideologicamente falsos”, pois visariam acobertar o verdadeiro possuinte do imóvel. Lula até pode ser o dono do apartamento, mas o MP, pelo menos até agora, não apresentou nenhuma prova disso.

Além disso, mesmo sem conseguir esclarecer adequadamente os tortuosos termos jurídicos, muitos jornais, mantêm o chamativo “ideologicamente falso” piscando repetidamente nas manchetes, o que representa condenação prévia: quem é “falso” boa coisa não é; e se tem “ideologia” pelo meio, pior ainda.

Em um processo tão complexo, no mínimo, o MP deveria ter um pouco mais de prudência; mas como pedir recato para o aparecido do Power Point?

*Plínio Bortolotti

plinio@opovo.com.br

Jornalista do O POVO

Ministros do STF “desopilam” em Miami

Se o Supremo Tribunal Federal quisesse realizar uma sessão de turma, nesta quinta-feira, em Miami (EUA), haveria quorum.

Segundo informa o colunista Lauro Jardim, do O Globo, os ministros Dias Tofolli, Gilmar Mendes e Luis Roberto Barroso desembarcaram nas últimas horas nessa cidade americana.

No aeroporto, foram vistos em animado papo na imigração americana. (longe dos mortais, claro, pois possuem passaportes diplomáticos)

Vavá Maravilha: Ceará virou “freguês de caderno” do Fortaleza

O narrador esportivo e comentarista Evaristo Nogueira – o “Vavá Maravilha” do programa Trem Bala, do Alan Neto (TV Ceará ), analisou o clássico Fortaleza 2 X1 Ceará e concluiu: o alvinegro menosprezou o ‘Leão” e o tiro saiu pela culatra.

A equipe do Leão se classificou na Copa Fares Lopes para a semifinal contra o Iguatu e o Ceará, com time bem superior, acabou virando “freguês de caderno” do time do Pici.

Eleições 2018 – Chefe de gabinete do prefeito Roberto Cláudio filia-se ao PDT

O chefe de gabinete do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o advogado Queiroz Filho, assinou sua ficha de filiação ao PDT nesta quinta-feira. Foi durante a convenção regional do partido, que ocupou espaços no Ginásio de Esportes do Clube Náutico.

Queiroz teve a ficha no PDT abonada pelo prefeito, que, no evento, foi reconduzido à presidência municipal da legenda. Já é tido como pré-candidato a deputado estadual ano que vem.

Perfil

O chefe de gabinete de RC é formado em Direito pela Universidade de Fortaleza (Unifor), foi professor de Direito do Trabalho na Universidade Vale do Acaraú e atuou como assessor parlamentar e chefe de gabinete da presidência da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.

(Foto: Divulgação)

Ceará fechou setembro com o maior número de queimadas desde 2012

O Ceará fechou o mês de setembro último com o maior número de focos ativos de queimadas desde o ano de 2012. De acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) por meio de monitoramento do satélite AQUA, o Estado registrou 505 focos no último mês, contra 611 de setembro daquele ano. Em relação ao mesmo período de 2016, quando foram registrados 365 focos, o crescimento foi de 38,3%. A informação é do site da Funceme.

Apesar do grande número desde 2012, o Ceará não apresenta dados tão críticos quanto a estados como Pará e Mato Grosso que, juntos, somaram quase 50 mil focos no último mês. No Nordeste, o Estado ficou atrás do Maranhão (14.825), Piauí (3.422) e Bahia (1.791).

Para o supervisor da Unidade de Tempo e Clima da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Raul Fritz, as condições secas de solo e de vegetação, as baixas umidades relativas do ar, temperaturas altas e ventos frequentemente mais intensos facilitaram o aumento do número de queimadas nesta época.

Neste período, é comum que tais focos tomem proporções maiores e evoluam para incêndio. Fritz explica ainda que muitas vezes, os incêndios florestais podem ser causados por agricultores que começam a preparar a terra para o plantio aguardando a chegada das primeiras chuvas da pré-estação.

Próximos meses

Apesar do recorde de setembro, outubro e novembro são os meses que, historicamente, registram maior parte das focos no Ceará. No ano passado, por exemplo, o Inpe catalogou 1.321 e 1.328 focos, respectivamente. Em 2017, até os primeiros 10 dias de outubro, o Estado já teve 286 casos.

A quantidade de focos aumenta ainda mais pela intensificação das condições secas mencionadas, devido à ausência de chuvas e pelas condições meteorológicas favoráveis. “Em dezembro elas podem reduzir um pouco se caírem algumas chuvas vinculadas ao período da Pré-estação chuvosa”, explica Fritz.

No Estado, as regiões mais propensas ao risco de incêndios são aquelas mais áridas, isso inclui, por exemplo, os sertões. O supervisor da Unidade de Tempo e Clima da Funceme ressalta ainda que, nas serras úmidas, mais altas, elas são bem menos numerosas e menos extensas.

(Foto – Whatsapp)

 

Tasso Jereissati se move por pesquisas

Quem conhece de pertinho o presidente nacional interino do PSDB, senador Tasso Jereissati, garante: na política, ele não age com a paixão e só toma decisões baseado em pesquisas.

Pois é, o tucano vem sendo cogitado para disputar, pela quarta vez, o Governo do Ceará. Ele não quer, mas seus aliados veem essa como a melhor alternativa das oposições no Estado.

(Foto – PSDB)

 

EUA anunciam saída da Unesco

158 1

Donaldo Trump preside os EUA.

Os Estados Unidos anunciaram hoje (12), em Washington, sua decisão oficial de se retirar da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e o seu desejo de estabelecer uma missão permanente como país “observador” nesse organismo.

A porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Heather Nauert, detalhou em um comunicado que a diretora-geral da entidade foi notificada da decisão.

Pelo Twitter, a diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, disse lamentar profundamente a saída dos Estados Unidos do organismo. Segundo ela, a retirada é uma perda para a “família das Nações Unidas” e para o multilateralismo.

“No momento em que a luta contra o extremismo violento exige um renovado investimento na educação, no diálogo entre as culturas para evitar o ódio, é profundamente lamentável que os Estados Unidos se retirem da agência das Nações Unidas que lidera essas questões”, disse Irina em comunicado oficial.

(Agência Brasil)

Ciro evita criticar Tasso em convenção, mas diz que PSDB é quem dá sustentação política a Temer

191 2

Ciro Gomes, presidenciável do PDT, evitou, a todo custo, em clima de convenção regional do partrido, nesta quinta-eira, no ginásio de esportes do Clube Náutico, falar sobre o seu ex-mentor político, o senador tucano Tasso Jereissati.

Indagado por repórteres sobre uma possível candidatura tassista ao Governo, ficou calado. Sobre várias insistências, encarava repórteres e permanecia calado.

A única observação que Ciro fez questão de falar é que o PSDB é o partido que dá sustentação política ao governo Temer e fica se fazendo de oposição.

(Foto -Cláudio Barata)

Ciro alerta Camilo sobre “espertalhões” que tenham se aproveitar de sua bondade

O pré-candidato a presidente da República pelo PDT, Ciro Gomes, foi o último a discursar, durante convenção regional do partido, no ginásio de esportes do Clube Náutico.

Ele tratou Camilo Santana c omo “um grande governador” e até alertou para que ele tivesse cuidado com “espertalhões” da política que querem tirar proveito da sua “bondade”. Houve quem balbuciasse nos bastidores de que seria esse um recado de Ciro para o senador Eunício Oliveira (PMDB), com sinalização de aproximação com Camilo.

Ciro destacou que o Estado do Ceará vive uma situação financeira estável e aproveita para criticar discurso “demagógico” da oposição sobre segurança pública “pois a polícia faz sua parte, mas a justiça possui muitas brechas”.

Na condição de presidenciável, disse que tem andado pelo País e percebido a vida difícil de muitos brasileiros, enquanto a política só gera notícias de roubalheira e de corrupção, enquanto o próprio presidente da República é apontado como chefe de quadrilha.

Neste dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, lembrou de mais de 14 milhões de brasileiros desempregados.

(Foto – Cláudio Barata)

Primeira-dama do Ceará diz o que o governo faz pelas crianças

Com o título “Crescer, Brincar e Aprender no Ceará”, eis artigo da primeira-dama do Estado, Onélia Leite, que pode ser conferido no O POVO desta quinta-feira. Ela destaca o Programa Mais Infância e outras ações governamentais em favor da criança. Confira:

No mês de outubro celebramos o Dia da Criança, data propícia para apresentar reflexões sobre as práticas que o Governo do Ceará vem utilizando para enfrentar os desafios ligados à infância, em especial, a garantia de que os direitos das crianças sejam promovidos e respeitados.

O Programa Mais Infância Ceará foi criado com o propósito de englobar as várias etapas do desenvolvimento infantil, numa atuação multidisciplinar baseada nos pilares Tempo de Crescer, Brincar e Aprender. Em cada um deles, desenvolvemos diversas ações, tais como construção e qualificação de creches; implementação de espaços públicos adequados para os pequenos como o Arte na Praça, Brinquedopraças, Praia Acessível e Espaço Mais Infância, além de formação de profissionais que lidam com as crianças e a promoção de visitas domiciliares com o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Infantil (Padin). Essas iniciativas contribuem significativamente para a execução de políticas públicas destinadas ao desenvolvimento infantil e atenção às famílias em situação de vulnerabilidade social.

Outra importante ação do programa foi a implantação de 19 Núcleos de Estimulação Precoce no Estado, todos dotados de equipamentos e equipes qualificadas para o atendimento de crianças acometidas pela Síndrome Congênita do Zika Vírus, e para crianças que, por acaso, apresentem atrasos no desenvolvimento neuropsicomotor, melhorando assim a vida delas e de suas famílias.

Nosso compromisso cotidiano tem sido com a promoção de ações e estratégias para atenção à criança, especialmente àquelas em situação de risco.

A criança é um sujeito social e histórico, em desenvolvimento permanente, o que nos impele a oferecer um olhar cuidadoso e diferenciado sobre esse período da vida. Nosso compromisso com a primeira infância tem nos levado a uma busca incessante sobre as melhores formas de atender e intervir junto à criança, buscando a garantia de seus direitos fundamentais. Destacamos o papel imprescindível das parcerias com os municípios e instituições, além dos profissionais protagonistas desse processo, participantes ativos na implantação dessa política, contribuindo com experiências construídas ao longo dos anos de trabalho.

É hora de fortalecer a busca de maior igualdade e equidade social em direção a uma sociedade que tenha como bandeira o respeito primordial à infância favorecendo as transformações sociais que o nosso Estado tanto almeja e merece.

*Onélia Santana

gabprimeiradama@stds.ce.gov.br

Psicopedagoga, primeira-dama do Ceará e presidente do Comitê Consultivo Intersetorial das Políticas de Desenvolvimento Infantil (CPDI) no Ceará.