Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Confiança do empresário fechou 2017 em alta

O Índice de Confiança Empresarial (ICE), da Fundação Getulio Vargas (FGV), encerrou 2017 com um aumento de 1,2 ponto em dezembro, na comparação com novembro. Acumulando seis meses consecutivos de alta, o indicador atingiu 93,1 pontos, o maior nível desde abril de 2014 (95,7 pontos).

Segundo o economista da FGV Aloisio Campelo Jr., o ano terminou com uma melhora da percepção dos empresários sobre a situação atual dos negócios e com a retomada do otimismo. A expectativa é que a confiança continue avançando nos próximos meses, apesar de níveis ainda elevados de incerteza política, segundo Campelo Jr.

O Índice de Expectativas, que mede a confiança em relação ao futuro, subiu 1,4 ponto, alcançando 101,3 pontos e ultrapassando, pela primeira vez desde novembro de 2013, a barreira dos 100 pontos. O Índice da Situação Atual, que avalia a situação presente, subiu 0,9 ponto e chegou a 87,6 pontos, maior nível desde setembro de 2014 (88,1 pontos).

A confiança avançou nos quatro setores que integram o indicador. A maior contribuição para a alta do índice em dezembro foi dada pelo setor de Serviços (0,5 ponto), seguido pelos setores da Indústria e do Comércio (0,3 ponto, cada) e da Construção (0,1 ponto).

Em dezembro, a confiança aumentou em 67% dos 49 segmentos pesquisados pela FGV. Para a edição de dezembro de 2017, foram coletadas informações de 4.918 empresas entre 1º e 26 de dezembro.

(Agência Brasil)

Prefeitura de Caucaia X Grupo Marquise

A Prefeitura de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza) divulgou, no último dia 30, uma nota oficial em seu site explicando sobre os contratos de serviços de coleta de lixo na cidade. O texto foi divulgado após o Grupo Marquise apresentar o motivo de ter paralisado os serviços no município. De acordo com a nota da empresa, o motivo da paralisação seria o atraso de 12 meses nos pagamentos.

Confira na íntegra a nota divulgada pela Prefeitura de Caucaia:

A Prefeitura de Caucaia, em respeito ao seu valoroso povo e à verdade dos fatos, vem a público esclarecer as aleivosias e inverdades apresentadas na Carta Aberta das empresas do Grupo Marquise (Marquise Ambiental e EcoCaucaia) – todas dos mesmos proprietários – publicada em todos os veículos de comunicação do Estado, nos seguintes termos:

– O Grupo Marquise realizou, em parceria com a gestão passada, no apagar das luzes de 2016, uma licitação para a concessão dos serviços de limpeza pública, no intuito de privatizar esses serviços de competência municipal, cujo contrato tem vigência de 30 anos, sendo a empresa do Grupo Marquise a única concorrente do certame licitatório;

– Após denúncias de Vereadores, Deputados e de entidades da sociedade civil, ainda em 2016, o Ministério Público do Estado do Ceará impetrou Ação Civil Pública para cancelamento da imoral contratação (privatização de serviços públicos essenciais) e conseguiu uma liminar suspendendo a contratação;

– Com o cuidado que deve ter o gestor, especialmente no início de uma gestão, o Prefeito Naumi Amorim resistiu a todos os constrangimentos que o Grupo Marquise tentou fazer ao Município, com ameaças abertas de força e prestígio no Poder Judiciário e utilização de todo tipo de pressão de autoridades e personalidades do Estado para que a atual administração iniciasse imediatamente a contratação dos serviços por meio da Parceria Público Privada – PPP que assegurava ao Grupo Marquise (EcoCaucaia) três décadas de privatização do lixo domiciliar de Caucaia com absoluta exclusividade;

– Para além do contrato da coleta domiciliar, a outra empresa do Grupo, a Marquise Ambiental, também foi contratada pela administração passada para o recolhimento dos resíduos públicos, mediante contrato de terceirização;

– Não bastasse, o Aterro Sanitário também é administrado com exclusividade pela Marquise, cabendo a esta receber e fazer a pesagem dos compactadores de resíduos (de sua propriedade) para efeito de cobrança dos serviços;

– Em face destas razões, a administração municipal, através da Controladoria Geral do Município, realizou auditoria no contrato e nos serviços da empresa recomendando a sua imediata rescisão, aliás, o que já tinha sido feito pelo Ministério Público;

– É de tal forma criminosa a acusação de que a atual gestão deseja contratar empresa de sua livre escolha, o que a Prefeitura no início da administração poderia legalmente ter feito – através de contrato emergencial – e contratar quem quisesse e não o fez, resolveu prorrogar o contrato com a Marquise, mesmo com serviços de péssima qualidade e envoltos em denúncias gravíssimas, até que se realizasse novo processo licitatório;

– As tentativas de chantagear a Prefeitura de Caucaia e outras que tiveram a infelicidade de contratar a Marquise, com a paralisação de serviços já é bem conhecida, não sendo nenhuma novidade para os Caucaienses;

– Todos os atos ilícitos cometidos pelas empresas do Grupo Marquise nestes contratos com Caucaia, cujo Grupo está envolvido em escândalos em vários contratos no País , serão disponibilizados para acesso público e conhecimento das autoridades no site oficial da Prefeitura de Caucaia, a partir do dia 4 de janeiro de 2018;

– A Prefeitura de Caucaia tranquiliza a todos os seus munícipes de que os serviços de limpeza pública serão prestados com muito mais qualidade, transparência e menor custo e não aceitará a condição ditatorial que o Grupo Marquise quer impor.

*Prefeitura de Caucaia.

(Colaborou Matheus Nunes – Repórter)

Mercado financeira eleva estimativa do PIB para 2017 e 2018

Os especialistas ouvidos pelo boletim Focus, do Banco Central (BC), em sua pesquisa semanal, elevaram as projeções para o crescimento da economia brasileira em 2017 e em 2018. De acordo com as estimativas divulgadas hoje (2) pelo BC, o Produto Interno Bruto (PIB – soma de todas riquezas do país) deverá apresentar crescimento de 1% em 2017. No levantamento da semana passada, a estimativa era de 0,98%.

Para 2018, a expectativa do mercado em relação ao PIB também melhorou, passou de 2,68%, no último levantamento, para 2,70% no resultado apresentado nesta terça-feira.

Já as estimativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador oficial que mede a inflação, o mercado manteve a inflação de 2017 em 2,78%.

Para 2018, também não houve alteração em relação à estimativa da semana passada, o IPCA, de acordo com a expectativa do mercado, permanece em 3,96%.

(Agência Brasil)

FHC – Se Lula for preso, o país não vai tremer

O ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, concedeu entrevista ao jornal O Estado de São Paulo. Dividida em duas etapas, eis a segunda e última onde FHC fala sobre a possibilidade de Lula acabar preso por conta da Lava jato. Confira:

O Estadão – Estamos há menos de um mês do julgamento do recurso de Lula no TRF-4. Do ponto de vista da sociologia e da política, qual seria o impacto para o País de uma eventual condenação de um ex-presidente da República?

Fernando Henrique Cardoso – Do ponto de vista do País, é sempre ruim. É ruim para o País e para a memória, mas não acredito que a população vai tremer nas suas bases por causa disso. Não acho que o País vai tremer em função disso. É claro que existe também uma estratégia política do PT: a perseguição. Se o julgamento terminar em condenação, tem que aceitar.

Estadão – Como o sr. explica o fato de o Lula liderar as pesquisas?

FHC – Pega o caso do Peru, que nós citamos. O fujimorismo é a força predominante até hoje, e o Fujimori está na cadeia (estava até o dia 24, quando recebeu indulto humanitário do atual presidente Pedro Pablo Kuczynski). O próprio Perón teve um momento assim. É curioso ver que em países como os nossos, com um nível educacional relativamente pouco desenvolvido, as pessoas têm muitas carências. Aqueles que dão às pessoas a sensação de que atenderam às suas carências ganham uma certa permissão para se desviar da ética. É pavoroso, mas é assim. É populismo. É a cultura que prevalece nesses países. A nossa está em fase de mudança. Aqui a sociedade já tem mais informação. Nos regimes parlamentaristas têm menos chance de que isso aconteça. Tem mais filtros. A emoção global não leva de roldão. Pode alguém irromper, mas difícil é governar depois.

Estadão – O senhor disse que o PSDB precisa fazer autocrítica. Qual seria?

FHC – Acho que o PSDB está, à sua maneira, fazendo. Mudou a direção e, ao mudar, escolheu pessoas com responsabilidade. Não que os outros não tivessem. Aécio (Neves, senador por Minas Gerais e ex-presidente do PSDB) não é um irresponsável. Fez coisas positivas para o PSDB. Mas o partido tem que dizer que, se houve erro de algum peessedebista, problema dele. O partido não tem que se solidarizar com o erro de seus filiados. A Lava Jato foi um marco importante na vida brasileira, o que não quer dizer que não tenha excessos aqui e ali. Acho um pouco exagerada essa vontade de vingança que existe hoje.

Estadão – Além do caso da JBS, que envolve o Aécio, o partido ainda enfrenta, mais recentemente, os impactos do acordo de leniência da Camargo Corrêa e da Odebrecht, na qual ambas as empresas reconhecem cartel em obras nos governos tucanos em São Paulo. Qual o tamanho da avaria no caso do PSDB?

FHC – Esse é o ponto. A Lava Jato demonstrou ao País, e isso deixou todo mundo horrorizado, que aqui se montou um sistema de poder político baseado na propina. Não é só uma questão de fulano ou beltrano roubou. É muito mais grave do que isso. As instituições ficaram comprometidas. O PSDB não participou desse sistema nem em São Paulo. No caso de São Paulo, se houve algum malfeito no Rodoanel (uma das obras em investigação – teria havido cartel para linhas de metrô também), não foi o PSDB que fez ou o governador que organizou.

Aqui não se organizou esquema. Não tem um tesoureiro do PSDB que pegou dinheiro. Houve um cartel, mas contra o governo.

Estadão – Há uma crítica recorrente que as denúncias de corrupção em São Paulo não recebem o mesmo tratamento do que em outros Estados ou no plano federal.

FHC – Teve processo em São Paulo. Talvez não tenha produzido o mesmo auê, ou escândalo, talvez por isso: não conseguem envolver o núcleo político e porque não tem a bênção do governo.

(Do jornal O Estado de S. Paulo/Foto – Folhapress)

Festa do Senhor do Bonfim de Icó vai até sábado

Jaime Júnior (Adece), Audic Mota e o vereador Gilberto Barbosa.
A Festa do Padroeiro Nosso Senhor do Bonfim (Jesus Crucificado), no município de Icó (Centro-Sul) vai se estender até o próximo sábado. O evento conta com atividades religiosas e sociais e, claro, atrai também políticos da região.
O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, Audic Mota (PMDB), participou de uma das celebrações religiosas mais antigas do Ceará. Ao lado do ex-prefeito e atual presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adagri), Jaime Júnior, do amigo e vereador Gilberto Barbosa e lideranças políticas locais, foi à procissão que marca a festa, há 268 anos.
No dia 6, haverá a recondução da imagem de madeira do santo, relíquia histórica vinda de Portugal, ao altar-mor do Santuário do Senhor do Bonfim. Nesse período, a imagem fica exposta para devoção dos católicos.
(Foto  Divulgação)

PDT é o partido mais governista do Brasil, diz levantamento da Folha

Mauro Filho ocupa a Sefaz.

O PDT é a sigla mais governista do Brasil É o que diz levantamento publicado nesta terça-feira, 2, pela Folha de S.Paulo. Embora seja oposição no plano federal, a maior legenda no Ceará tem o maior número de filiados em cargos de primeiro escalão nos governos estaduais. Depois do PDT, aparecem na lista MDB, PSB, PSDB e PSD.

Os pedetistas ocupam cargos em 13 governos estaduais pelo País. São 22 secretários em postos de primeiro escalão. Maior partido do Brasil, o MDB (antigo PMDB) está em nove governos, com 19 secretários.

O PDT administra ainda dois estados, ambos na Região Norte: Amazonas, com Amazonino Mendes, e Amapá, com Waldez Góes. Porém, a política de alianças permite à sigla presença em administrações às mais diversas. No Ceará e na Bahia, o partido governa com o PT. No Pará, apoia o PSDB. Outros partidos de cujos governos os pedetistas fazem parte são PSB, MDB, PP e PCdoB.

No Ceará, além de comandar secretarias como a Fazenda, com Mauro Filho, e o Trabalho e Desenvolvimento Social, com Josbertini Clementino, o PDT tem a vice-governadora Izolda Cela.

Com 13 deputados estaduais, o PDT tem a maior bancada na Assembleia Legislativa do Ceará. Em Brasília, o PDT tem 21 deputados federais. Os cearenses são a maior representação entre os estados, com quatro parlamentares. No ano passado, o partido elegeu o maior número de prefeitos no Ceará, com vitórias em 52 municípios, inclusive Fortaleza, com Roberto Cláudio.

O partido pretende disputar a Presidência da República neste ano, com Ciro Gomes como candidato.

(POVO Online)

Procon Fortaleza já está atento à venda do material escolar

O Procon Fortaleza divulgou pesquisa sobre preço do material escolar e encontrou variações de produtos em até 370%. Um dos casos, constatado em pesquisa feita ono fim de  novembro, foi mochila com carrinhos. Vale lembrar que e lei federal 12.886/13 reduziu os abusos de material escolar.

Produtos de uso coletivo como papel higiênico, detergente, álcool, copos e talheres descartáveis, grandes quantidades de papel, tinta para impressoras, grampeador, grampos e pastas classificadoras não podem ser solicitados pelas escolas, devendo o valor relativo a estes itens ser incluído no cálculo do valor das anuidades.

SERVIÇO

Denúncias de pedidos indevidos podem ser feitas pela telefone 151, nas unidades físicas do Procon, nos Vapt Vupt do Antônio Bezerra e Messejana e também online, pelo site da Prefeitura de Fortaleza e no aplicativo do Procon Fortaleza, disponível para Android e iOS.

(Também com O POVO)

Preços da gasolina e do diesel vão subir nesta quarta-feira nas refinarias

O preço da gasolina comercializada nas refinarias terá uma redução de 0,1% nesta quarta-feira (3), de acordo com informação divulgada pela Petrobras. O diesel, por sua vez, terá um aumento de 0,6%. É a primeira variação de preço dos dois combustíveis em 2018. A última oscilação ocorreu no sábado (30 de dezembro), quando a gasolina aumentou 1,9% e o diesel 0,4%.

As variações de preço fazem parte do modelo de reajustes frequentes praticados pela Petrobras, “em busca de convergência no curto prazo com a paridade do mercado internacional”, segundo a estatal.

“Analisamos nossa participação no mercado interno e avaliamos frequentemente se haverá manutenção, redução ou aumento nos preços praticados nas refinarias. Sendo assim, os ajustes nos preços podem ser realizados a qualquer momento, inclusive diariamente”, acrescenta a empresa.

O preço final ao consumidor, nas bombas, dependerá de cada empresa revendedora e dos próprios postos de combustíveis. O histórico das últimas variações praticadas pela Petrobras está disponível na página da estatal na internet.

(Agência Brasil)

Governo do Rio Grande do Norte quer prorrogação da presença das Forças Armadas no Estado

O governo do Rio Grande do Norte vai pedir a prorrogação da presença das Forças Armadas no Estado, informa a Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta terça-feira. A missão termina no dia 12, mas a redução no número de homicídios desde a chegada dos militares, na sexta (29), será usada como argumento –os casos caíram de 18 para um na primeira madrugada de 2018.

Aliados do governador Robinson Faria (PSD) dizem que a greve de policiais também tem ligação com a disputa eleitoral deste ano. A questão salarial, afirmam, dá impulso a provável candidatura do PT ao governo potiguar e de militares reformados que estão à frente dos sindicatos da categoria.

Dinho Ouro Preto grava vídeo para campanha em favor da Associação Peter Pan

Dinho Ouro Preto, do Capital Inicial, uma das atrações do Réveillon de Fortaleza, deixou gravado um vídeo para a campanha da Prefeitura em favor da Associação Peter Pan. A entidade trabalha para concluir a construção do seu Hospital Pediátrico.

O Réveillon Solidário vai captar recursos financeiros em prol das obras de expansão do Centro Pediátrico do Câncer, da Associação Peter Pan, ampliando a capacidade de atendimento da instituição e possibilitando a cura de pacientes oncológicos infanto-juvenis.

Atualmente, a Associação Peter Pan atende a cerca de 2,5 mil crianças e adolescentes portadoras de câncer. Além disso, a instituição desenvolve 22 projetos voltados à terapêutica humanizada, assistência e promoção social de crianças, jovens e seus familiares. O atendimento alcança pessoas de todo o Ceará e estados vizinhos. A Associação Peter Pan trabalha em parceria com o Hospital Infantil Albert Sabin.

A campanha segue até o dia 13 de janeiro de 2018. Durante o Réveillon de Fortaleza, que ocorre no Aterro da Praia de Iracema, a atividade contará com ações de backstage e estande.

As doações durante a campanha poderão ser feitas por meio do telefone:

Para doar R$ 5, é só discar 0500 001 0005

Para doar R$ 15, é só discar 0500 001 0015

Para doar R$ 30, é só discar 0500 001 0030

As ligações podem ser feitas por telefones das regiões Nordeste, Sudeste e parte do Norte (Pará, Amapá, Amazonas e Roraima). Para confirmar a doação, é preciso ouvir a gravação até o fim. Já para usuários de celular pré-pago e que desejam fazer doações acima de R$ 30, de empresas e demais localidades do País, a doação deverá acontecer por meio do site da campanha: www.reveillonsolidariofortaleza.com.

Ceará vai se apresentar nesta terça-feira para começo da pré-temporada

O time do Ceará vai se apresentar, nesta tarde de terça-feira, no Estádio Carlos de Alencar Pinto, para o início de sua pré-temporada. Com calendário recheado, o Vovô tem pela frente cinco competições em 2018: Campeonato Cearense, Copa do Nordeste, Copa do Brasil, Fares Lopes e Série A.

Foram 14 reforços apresentados nas últimas semanas, além de oito renovações. Fernando Henrique, Ricardinho, Pedro Ken, Rafael Carioca, Pio, Elton, Rafael Pereira e Luiz Otávio renovaram. Renan, Leandro Silva, Renato, Ernandes, Bruno Pires, Denílson, Naldo, Parrudo, Javier Reina, Leandro Canhoto, Luidy, Romário, Douglas Coutinho e Felipe Azevedo contratados.

Apostas

Como fez no começo de 2017, o Ceará promove mais uma vez o laboratório de atletas. No ano que passou, um dos grandes destaques da equipe, atacante Lima, oriundo das categorias de base do Grêmio, veio como aposta e não saiu mais da equipe titular. Neste ano, quatro apostas foram anunciadas: o zagueiro Denílson, volante Parrudo, o meia Leandro Canhoto e o atacante Romário – revelado no próprio alvinegro.

Confira o elenco do Vovô

Goleiros: Éverson, Renan, Fernando Henrique
Lateral-direito: Tiago Cametá, Renato, Leandro Silva
Lateral-esquerdo: Ernandes, Rafael Carioca
Zagueiros: Bruno Pires, Denílson, Rafael Pereira, Valdo e Luiz Otávio
Volantes: Richardson, Jackson Caucaia, Raul, Pio, Naldo, Parrudo, Pedro Ken
Meias: Javier Reina, Leandro Canhoto, Ricardinho
Atacantes: Clemer, Roberto, Alex Amado, Rafinha, Arthur, Luidy, Elton, Romário, Douglas Coutinho, Felipe Azevedo.

DETALHE – Com a não permanência do meia Lima, que retornou para o Grêmio, e do atacante Leandro Carvalho, que foi vendido ao Botafogo/RJ pelo Paysandu, o time busca agora mais dois reforços ofensivos com as mesmas características dos atletas que não permaneceram.

(Repórter Matheus Victor)

PT fará inauguração do viaduto Dona Marisa Letícia que foi vetado por João Doria

476 2

O PT vai organiza uma inauguração extraoficial do viaduto Dona Marisa Letícia, que fica na Zona Sul de São Paulo. A data: dia 15 próximo, informa a coluna Painel, da Folha de São Paulo desta terça-feira.

Segundo a direção petista, o ato será uma resposta ao prefeito João Doria (PSDB), que mandou cancelar o lançamento da obra, marcado para esta quarta-feira.  A homenagem à mulher de Lula, morta em fevereiro de 2017, foi assinada pelo prefeito interino Milton Leite (DEM).

Na Câmara Municipal paulista tramita um projeto de lei do vereador Fernando Holiday (DEM), que quer tirar o nome de Marisa Letícia do viaduto.

(Foto – Leonardo Benassatto – Folhapress)

O Brasil de 2018 – O que teremos pela frente

O ano deve marcar o desfecho de questões que se desenrolam há dois, três, até quatro anos. Será divisor de águas na política, com definição importante ainda este mês. Três pontos cruciais:

1) Julgamento de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em janeiro.

2) Votação da reforma da Previdência, marcada para fevereiro.

3) Eleições, em outubro, com campanha a partir de agosto.

Estes três momentos definirão o futuro político do Brasil e influenciarão os anos seguintes. Observemos um a um.

Julgamento de Lula

Marcado para 24 de janeiro, é o ponto culminante, do ponto de vista político, da cadeia de acontecimentos desencadeada em 2014, com a eclosão da operação Lava Jato.

A relevância: envolve o líder das pesquisas de intenção de voto. Será determinante para definir se Lula poderá ou não ser candidato. Todo o cenário eleitoral depende dessa questão.

Possibilidades: se Lula for condenado e impedido de concorrer, a eleição muda completamente. A migração de votos é incerta e haverá muita gente de olho no voto de centro-esquerda. Ciro Gomes (PDT) tentará atrair esse eleitor. Até Geraldo Alckmin (PSDB) tenderá a aprofundar o discurso para o eleitor mais à esquerda. Por outro lado, se Lula concorre, é praticamente certo que irá ao segundo turno. A campanha, então, passa a ser uma corrida para definir quem será o anti-Lula e quem terá mais chances de batê-lo.

O prognóstico: tudo indica que Lula será condenado. O Ministério Público pedirá que o registro da candidatura seja cassado. O que tende a ser confirmado. Claro que o quadro é incerto, mas os sinais emitidos do Tribunal Regional Federal em Porto Alegre sugerem que a Justiça não permitirá que o petista seja candidato. A interrogação maior é se vão determinar a prisão de Lula ou não.

Reforma da Previdência

É a a grande tarefa a que se propôs o governo Michel Temer (PMDB). A mais importante para ele, a mais difícil de alcançar, a que mais desagrada os adversários. A intenção do Palácio do Planalto é começar a votar em fevereiro. Não será fácil e quanto mais demorar, mais complicado ficará.

O tema será uma constante na campanha, em qualquer cenário. Se a reforma for aprovada, haverá o embate entre os defensores das mudanças e os críticos que apontarão a retirada de direitos dos trabalhadores. Fotos dos parlamentares que votaram a favor serão espalhadas em outdoors. Se a reforma não for aprovada, o assunto talvez tenha peso ainda maior. Um dos assuntos centrais da campanha passará a ser a posição do futuro presidente. Com pressões intensas — contra e a favor — acerca da realização da reforma pelo governo que vier.

As Eleições

Tão imprevisível que o resultado da disputa presidencial pode ir desde alguém com o perfil de Lula, à esquerda, até o de Jair Bolsonaro (PSC). Os dois são os mais bem colocados nas pesquisas, mas parece improvável que qualquer dos dois vença. O petista tem considerável rejeição e, sobretudo, enfrenta muitos obstáculos para ser candidato. Bolsonaro tem tido dificuldade em encontrar partido e costurar condições que o tornem competitivo. De modo que poucas vezes um ano de eleição começou com tal nível de imprevisibilidade.

Prefeitura de Fortaleza inicia matrícula de alunos novatos nesta quarta-feira

Serão abertas amanhã as matrículas de alunos novatos para a rede municipal de ensino de Fortaleza. A Secretaria Municipal da Educação (SME) divulgou o calendário para as inscrições para evitar grandes filas de promete oferecer mais agilidade ao processo.

O calendário foi dividido de acordo com os anos (séries) de interesse. Amanhã, são as matrículas para alunos a partir de 4 anos de idade (pré-escola) até o 1º ano. Na quinta-feira, 4, é a vez dos estudantes do 2º ao 4º ano. No dia 5, poderão se matricular os alunos do 5º ao 7º ano.

O processo será reaberto na próxima semana. Na segunda-feira, 8, os estudantes do 8º e 9º ano poderão se matricular. O calendário será encerrado no dia seguinte com as matrículas dos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Para vagas em creches de crianças de 1 a 3 anos, a SME orienta a inscrição no Registro Único, que pode ser feita em qualquer unidade de educação infantil da rede e em qualquer época do ano.

“Todo ano a gente faz esse calendário para efeito de organização e evitar que todos os pais corram para fazer no mesmo dia. Não há necessidade de dormir na fila”, frisa Iracema Frota, gerente da Célula de Pesquisa e Dados Educacionais da SME.

A expectativa da pasta é de que, com as pré-inscrições para as Escolas de Tempo Integral (ETIs), realizadas em dezembro, as filas agora sejam menores.

Os pais ou responsáveis devem estar atentos à documentação necessária para realizar as matrículas: certidão de nascimento; documento de transferência (histórico escolar ou declaração da escola de origem); três fotos 3×4; cartão de identificação social do responsável legal (NIS); comprovante de residência; cartão de vacinação atualizado para educação infantil e ensino fundamental e CPF ou RG do responsável, quando o aluno for menor de idade.

Caso o aluno não tenha algum desses documentos, a matrícula pode ser efetuada e os itens faltantes entregues posteriormente.

Julgamento de Lula – PT do Ceará mandará caravanas até Porto Alegre

Da Coluna Vertical, no O POVO desta terça-feira (2):

O PT do Ceará vai se engajar à vigília que petistas e movimentos sociais realizarão dia 24 próximo, em Porto Alegre, quando o TRF-4 estará julgando o ex-presidente Lula, réu na Lava Jato.

Na quinta-feira, 4, os diretores municipal e estadual petistas vão se reunir para fechar uma caravana que, antes de seguir para os pampas, percorrerá as principais cidades do Estado com objetivo de mobilizar as bases. Prefeitos e vice, vereadores e parlamentares serão convocados a aderir, enquanto, no dia 8 próximo, haverá plenária na Capital para fechar o grupo.

Na mobilização, de acordo com o presidente estadual do PT, Francisco de Assis Diniz, estarão também membros da Igreja Católica, de correntes evangélicas e organizações representativas de várias categorias.

Nessa mobilização, uma dúvida: o governador Camilo Santana, que é do PT, vai se engajar nesse mar vermelho?

Califórnia começa a vender legalmente maconha para uso recreativo

A Califórnia lançou nessa segunda-feira (1º) o maior mercado de maconha recreativa regulamentado do mundo, com dezenas de lojas recém-licenciadas em todo o estado norte-americano atendendo usuários que procuram a droga por seus efeitos psicoativos.

A Califórnia será o sexto estado dos Estados Unidos e, de longe, o mais populoso, a se aventurar para além do uso da maconha medicinal legalizada e permitir a venda de produtos de cannabis de todos os tipos a clientes com pelo menos 21 anos de idade.

Colorado, Washington, Oregon, Alasca e Nevada foram os primeiros a introduzir as vendas de maconha para uso recreativo de forma regulada, licenciada e tributada pelo Estado. Massachusetts e Maine devem seguir no mesmo rumo em 2018.

Com a Califórnia e seus 39,5 milhões de habitantes se juntando oficialmente ao pacote, mais de um em cada cinco norte-americanos agora vivem em Estados onde a maconha recreativa é legal para compra, embora a maconha continue sendo classificada como um narcótico ilegal sob a lei dos Estados Unidos.

O mercado de maconha na Califórnia, o sexto maior do mundo, é avaliado pela maioria dos especialistas em vários bilhões de dólares por ano e espera gerar pelo menos US$ 1 bilhão por ano em receitas tributárias.

“A adesão da Califórnia ao mercado (recreativo) regulado de cannabis é um grande negócio”, disse Heather Azzi, advogada sênior do Projeto de Política de Marijuana, um grupo de defesa da legalização da maconha.

O Uruguai tornou-se o primeiro e único país a legalizar a venda da maconha para uso recreativo nacionalmente, a partir de julho de 2017, mas é muito menor que a Califórnia com uma população de apenas 3,4 milhões de habitantes.

A maioria das jurisdições da Califórnia ainda vai ter que esperar para lançar as vendas recreativas de cannabis neste ano novo.

Muitas cidades, incluindo Los Angeles e San Francisco, não estarão prontas a tempo devido à burocracia adicional exigida pelos governos municipais para que revendedores potenciais obtenham as licenças estaduais.

De acordo com o guia de estabelecimentos autorizados GreenState, publicado pelo San Francisco Chronicle, cerca de quase 50 lojas em toda a Califórnia já estão prontas. Ao longo do ano, espera-se a abertura de centenas de outros estabelecimentos no Estado.

(Agência Brasil)