Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Comitiva do Ceará participa da 40º Feira do Artesanato da Vila do Conde, em Portugal

O Ceará representa o Brasil na 40º Feira do Artesanato da Vila do Conde, em Portugal, uma das mais tradicionais da Europa. Uma comitiva do Estado, tendo à frente a primeira-dama do Ceará, Onélia Leite, levou o melhor do artesanato elaborado pelos grupos da Ceart.

Ainda na comitiva cearense, estão o coordenador de Assuntos Internacionais da Secretaria do Turismo de Fortaleza, Luciano Arruda, e, também, o vice-presidente da cooperativa que administra o Mercado Central de Fortaleza, Jocildo Luz. O secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social do Estado, Josbertini Clementino, juntou-se à equipe.

Na Vila do Conde, quem recepciona o grupo cearense é a prefeita Elisa Ferraz.

(Foto – Divulgação)

Brasil virou paraíso da agiotagem oficial

129 1

Com o título “Bancários não são descartáveis”, eis artigo do deputado estadual Elmano Freitas (PT). Ele bate duro nos bancos, segmento que mais lucrou nos últimos anos e que pouco tem devolvido para a sociedade. Confira:

Uma categoria de trabalhadores que, nos anos 1980/90, era das mais bem remuneradas no mercado de trabalho brasileiro agora parece mesmo um contingente qualquer de descartáveis. Pelo menos aos olhos dos bancos e dos banqueiros.

Em 1989, o sistema financeiro brasileiro ocupava cerca de 900.000 trabalhadores. Atualmente não chega à metade disso. A clientela e o lucro evidentemente permaneceram crescendo. É que a profunda reestruturação produtiva do setor exponenciou produtividade e o desemprego estrutural.

Os bancos parecem mesmo mandar no mundo e seu poder parece maior ainda em nosso país, verdadeiro paraíso da agiotagem oficial.

Nenhum setor da economia nacional passou por uma tanta “reestruturação produtiva”. Nenhum setor manteve incólume e ininterrupta a altíssima taxa de lucro por tanto tempo.

Mesmo com dois anos seguidos de recessão (2015 e 2016), o balanço dos bancos ostentou a continuidade da obtenção de lucro em meio ao caos da economia e da política. De forma monótona e repetida diferentemente de outros setores econômicos que amargam dificuldades.

Temos realmente um sistema financeiro dos mais sofisticados do mundo, em seu instrumental tecnológico. O mesmo não se pode afirmar sobre sua dinâmica de funcionamento com a sociedade e de sua dinâmica propriamente financeira. Aqui – sabemos todos – habitam as mais altas taxas de juros do planeta!

Então o que justifica, neste cenário, a oferta ampla (vide Bradesco, Caixa e BNB) de Planos de Demissão Voluntária, os “PDVs” de triste memória para os assalariados, justamente no setor que pode e deveria ofertar melhores serviços ao público e criar mais e melhores empregos para os brasileiros?

Os bancos não podem continuar a ser a ponte por onde só correm as águas do rentismo. Há que ter o mínimo de responsabilidade histórica para financiar bons projetos no interesse da retomada do desenvolvimento e da geração de postos de trabalho. Há que atuar reduzindo drasticamente a taxa de juros e a abusividade de cobrança de tarifas.

A tradicional campanha salarial dos bancários brasileiros que começa a se organizar e se concretiza mais fortemente em setembro precisa tratar dos frequentes assaltos aos bancos e, principalmente, do assalto dos bancos à toda sociedade. Terá nosso apoio e de toda a sociedade!

*Elmano Freitas

elmano.freitas@gmail.com

Deputado estadual (PT-CE)

As Prefeituras e os consignados

Há prefeituras sendo visitadas por lobistas de empresas do ramo financeiro interessadas em fechar acordo de cooperação técnica na área do crédito consignado para servidores.

O alerta é dado por setores da área, lembrando que, nessa hbistória de consignado, a corda sempre quebra nas cotas do mais frágil, no caso o servidor, que acaba comprometendo seu salário.

 

Procuradora-geral de Contas do TCM chama deputados de “moleques” e AL cobra retratação

O deputado estadual Fernando Hugo (SD) encaminhou, nesta segunda-feira, ao presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), ofício em que pede retratação da procuradora-geral de contas do órgão, Leilyanne Feitosa.

Durante sessão no TCM, ela lamentou a aprovação da emenda, em primeiro turno, que extingue o TCM. Em tom de desabafo, chegou a qualificar de “moleques” os parlamentares favoráveis à medida, que terá votação em segundo turno no próximo mês. O placar do primeiro turno de votação foi 32 a 8.

Fernando Hugo é o procurador parlamentar da Casa e se disse “indignado” com a fala da procuradora do tribunal. No ofício, dá prazo de 72 horas para que Leyllianne faça a retratação ou dê explicações para a Casa.

Caso isso não ocorra, o deputado quer que a procuradora-geral de contas seja convocada e faça a retratação durante sessão do legislativo estadual.

Confira vídeo onde a procuradora-geral de Contas faz seu desabafo:

DETALHE – Estamos mantendo contatos com a assessoria de imprensa do TCM, mas sem retorno até o momento.

Fundação Nacional da Saúde no Ceará fica sob controle de peemedebista

Tem novo superintendente a Fundação Nacional da Saúde no Ceará. Saiu, nesta segunda-feira, no Diário Oficial da União, a nomeação do médico Ricardo José Araújo Silveira para o cargo.

Filiado ao PMDB, chegou a ser candidato a prefeito de Quixadá. É filho do ex-deputado estadual Everardo Silveira.

Chegou a ser cotado para o cargo Hellosman Sampaio, que foi prefeito de Milagres por cinco gestões. Hellosman, segundo divulgou O POVO, tem no histórico acusações que vão desde improbidade administrativa a abuso sexual contra menores. Em setembro de 2007, chegou a ser condenado a oito anos e três meses de prisão por atentado violento ao pudor e ameaça, após ser acusado de abusar sexualmente de um jovem de 17 anos em 2004.

A condenação foi anulada por cerceamento de defesa e, segundo Paulo Quezado, advogado do ex-prefeito, não houve novo julgamento. “Ele não é condenado hoje”, explicou. Quezado estima que processo já tenha sido prescrito.

(Foto – Divulgação)

TJCE fará concurso com 460 vagas para cartórios

397 6

Vem aí concurso público com oferta de 460 vagas nos cartórios do Ceará. O certame é para todos os cartórios – Registro Civil, Notas, Tabelionato, Registro de Protesto e Registro de Títulos e Documentos.

A informação é do desembargador Paulo Airton Albuquerque, que foi escolhido na última semana como presidente da comissão responsável pelo certame.

De acordo com o desembargador, o edital, com todos os detalhes, especificações e exigências do concurso, será divulgado no próximo mês.

Fies 2017 – Inscrições começam nesta terça-feira

A lista de instituições e os cursos ofertados por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) poderá ser consultada a partir de hoje (24), na página eletrônica do Fies Seleção. As inscrições para o segundo semestre de 2017 começam nesta terça-feira (25) e vão até sexta-feira (28) .

No total, 75 mil novas vagas serão oferecidas aos estudantes que procuram financiamento para cursar o ensino superior em instituições de ensino privadas. A relação dos candidatos pré-selecionados será divulgada no dia 31, quando também será aberta a lista de espera.

Apesar das mudanças anunciadas no início do mês no Fies para 2018, neste semestre continuam valendo as regras atuais. Poderão se inscrever os estudantes que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com média das notas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero. O candidato também precisa ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

Os estudantes pré-selecionados deverão concluir a inscrição pelo Sistema Informatizado do Fies (SisFies), entre 1º de agosto e 8 de setembro.

A partir de 2018, o Novo Fundo de Financiamento Estudantil será dividido em três modalidades. No total, o programa vai garantir 310 mil vagas, sendo que 100 mil serão ofertadas para estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos a juro zero, incidindo a correção monetária.

(Agência Brasil)

Presidente da Fiec: “Quero trabalho para todos!”

O presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Beto Studart, encontra-se de férias nos EUA. Mesmo assim, não larga o olhar da realidade do Brasil. Eis um comentário seu que nos chega por meio do WhatsApp:

Por que eu luto

Luto por um Brasil diferente, reto e justo, sem roubo e onde todos se igualem pela riqueza. Quero um país sem fome, com menos intranquilidade pela perda de um emprego, por não levar os filhos à escola. Luto para que não falte comida às mesas de homens decentes, vítimas dos egoístas e desonestos. Não aceito a vergonha de ver corpos enterrados em cemitérios improvisados, nem muito menos gente largada nos corredores de hospitais à espera de um atendimento digno.

Quero trabalho para todos, inovação e educação. Intelectuais ensinando aos nossos jovens o que aprenderam ao longo da vida. Quero que as pessoas sejam felizes e que possam vencer, como eu venci. Desejo todos voltados para o altruísmo “de raça”, “puro-sangue”, verdadeiro.

Luto por uma sociedade que valoriza, respeita e reconhece aquilo que aquinhoamos pelo trabalho e pela luta. Luto de sol a sol. Vamos mudar o Brasil para sempre, fazendo o que é certo e respeitando as pessoas.

Beto Studart.

Rosangela Moro: “Lá em casa sou eu que mando!”

Em entrevista à revista Veja, a advogada paranaense Rosangela Maria Wolff de Quadros Moro conta como a Operação Lava Jato impactou sua vida, sua família e seu marido famoso, o juiz federal Sergio Moro, com quem está casada há dezoito anos. “O que mudou na nossa rotina foi o assédio e o interesse das pessoas”, diz ela. Confira trechos:

RV -Quando a Lava Jato entrou na vida da senhora?

Rosangela Moro – Nunca. A força-tarefa não chegou em casa. Quando o Sergio leva trabalho para casa, ele se tranca no escritório. Na vida dele é claro que a operação acarretou um volume alto de trabalho. Mas o que mudou na nossa rotina foi o assédio e o interesse das pessoas.

RV – O assédio a Moro lhe desperta ciúme?

RM – Sou ciumenta, sim. Mas, se acontecer algo, serei a primeira a saber — e por ele, que me conta tudo. O Sergio é um homem muito certinho, prega bons exemplos, trabalha sempre com a verdade. Uma vez, estávamos em um restaurante e ele recebeu um bilhete com o telefone de uma mulher: “Me liga”, estava escrito. Ele me mostrou e demos risada. Não tenho controle sobre o assédio e os sonhos que as mulheres venham eventualmente a ter com ele. Isso não me preocupa. O que me preocupa é a postura dele em relação a isso. E posso garantir que nunca fui desrespeitada.

RV – Sergio Moro dispõe de tempo para a família?

RM – Como temos duas crianças, assim que ele chega em casa, elas passam a ser o centro das atenções. Não ficamos falando da força-tarefa. A gente se senta e assiste a um filme. No fim de semana, vimos Fragmentado, um filme em que o protagonista tem várias personalidades. O máximo que o Sergio faz é trancar-se no escritório que tem em casa e ficar lá trabalhando. Mas nada do que ele faz ali resvala na sala, para as crianças.

RV – Em alguns relacionamentos, sempre há um que manda e o outro que obedece. Isso acontece na sua casa?

RM – Lá em casa, sou eu que mando. As rédeas estão comigo.

FMI rebaixa crescimento econômico da América Latina e Caribe

O Fundo Monetário Internacional (FMI) rebaixou levemente o crescimento econômico da América Latina e Caribe para 2017 e 2018 e vinculou a recuperação da atividade econômica à saída de Brasil e Argentina da recessão. É o que indica a atualização que o FMI apresentou hoje (24), em Kuala Lumpur, do relatório Perspectivas da Economia Mundial, publicado em abril passado.

“A América Latina continua lutando contra um crescimento menor comparado com o resto e rebaixamos as perspectivas para a região durante os dois próximos anos”, disse o diretor de Pesquisa do FMI, Maurice Obstfeld, durante a apresentação na Malásia transmitida ao vivo pela internet.

O FMI calcula que América Latina e Caribe crescerão em conjunto 1% em 2017 e 1,9% em 2018, cálculo que é 0,1% inferior, em ambos os casos, ao previsto há três meses.

O FMI eleva para 0,3% o crescimento econômico do Brasil este ano e rebaixa para 1,3% em 2018, em ambos os casos em comparação com as previsões de abril.

(Agência Brasil)

Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara ganha certificação de “Excelência”

O governador Camilo Santana(PT) vai conferir, agora pela manhã, a entrega da Certificação de Acreditado com Excelência concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) ao Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA), da rede pública de saúde do Ceará.

O título homologa requisitos de segurança e gestão integrada até o nível de excelência gerencial. A solenidade acontece na sede da unidade, no bairro Messejana, em Fortaleza. O HGWA dá suporte e continuidade de tratamento aos pacientes atendidos nas emergências e pronto-atendimentos da rede. A unidade alcançou o nível III de certificação, tornando-se o segundo do Governo a conquistar o título máximo (o primeiro foi o Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte).

Conceito

Acreditação Hospitalar é uma certificação de qualidade, exclusiva para instituições de Saúde. O Sistema de Acreditação é uma metodologia reconhecida pelo Ministério da Saúde e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), sendo concedida pela Organização Nacional de Acreditação. Esta certificação tem o objetivo de comprovar a segurança no gerenciamento de processos, tanto assistenciais como administrativos, reforçando a credibilidade, a confiança e a sustentabilidade da instituição, visando sempre a uma assistência segura e de qualidade para população.

(Foto – Rodrigo Carvalho)

Cadê o Parque Natural das Dunas de Sabiaguaba, dona Âgueda Muniz?

306 1

A orla da Praia da Sabiaguaba e parte do entorno do rio Cocó receberam ação de limpeza e educação de equipe de voluntários coordenada pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma).

Tudoi bem, mas o melhor mesmo seria a efetivação do Parque Natural da Sabiaguaba, que protegeria dunas e esse belo local de Fortaleza, sempre cobiçado pela especulação imobiliária.

Dois jordanianos são mortos a tiros na embaixada de Israel em Amã

Dois jordanianos foram mortos e um israelense foi ferido por tiros neste domingo (23) em um prédio residencial no complexo da embaixada de Israel em Amã, capital da Jordânia, de acordo com informações atualizadas do Diretório de Segurança Pública do país. Em comunicado, a agência de segurança disse que jordanianos tinham entrado no prédio para fazer serviços de carpintaria. O comunicado não explicou o que motivou os tiros.

Os dois jordanianos morreram mais tarde em decorrência dos ferimentos, de acordo com a agência de segurança e um site de notícias ligado aos militares da Jordânia. Um dos jordanianos era um médico que estava no local. O site disse ainda que o homem israelense estava em condição “instável”.

O Ministério de Relações Exteriores de Israel não comentou o incidente.

As tensões vêm aumentando entre Israel e o mundo muçulmano desde que Israel instalou detectores de metal em um santuário reverenciado por muçulmanos e judeus localizado na Cidade Velha de Jerusalém. O rei da Jordânia é considerado o guardião muçulmano do local. Na sexta-feira, milhares de jordanianos realizaram um protesto contra Israel em Amã.

(Associated Press)

Ônibus com turistas argentinos é alvo de assalto

104 1

A Polícia ainda não conseguiu prender grupo armado que atacou um ônibus que conduzia, nesse domingo, para o Aeroporto Internacional Pinto Martins, turistas argentinos. A ação criminosa se registrou, no percurso entre o município de Itarema (211 quilômetros de Fortaleza) e o Pinto Martins.

O grupo, segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), interceptou o ônibus em Itapipoca (a 138 quilômetros de Fortaleza), na rodovia estadual CE 085. Após anunciar o assalto, os criminosos levaram relógios, celulares e dinheiro dos turistas.

Um boletim de ocorrência foi feito no posto avançado da Polícia Civil instalado no Aeroporto Internacional Pinto Martins. A Delegacia de Proteção ao Turismo (Deprotur) está responsável pelas investigações.

Temer e a compra de imóveis do amigão Yunes

Amigos para sempre.

A família do presidente Michel Temer (PMDB) é dona de imóveis comprados do empresário José Yunes, investigado na Lava Jato. A informação é de reportagem da revista Veja desta semana, que aponta valor de mais de R$ 18,4 milhões em quatro imóveis.

Segundo a revista, Temer teria comprado dois escritórios, uma casa e o andar de um prédio, todos em áreas nobres de São Paulo, entre 2000 e 2010, quanto era deputado federal.

O imóvel mais valioso seria um andar do prédio Spazio Faria Lima, no Itaim Bibi, que teria sido comprado por R$ 2,2 milhões à Yuny Incorporadora, empresa de Yunes. Atualmente, o imóvel valeria R$ 14 milhões, segundo a revista.

O empresário, que chegou a ocupar cargo de assessor especial da Presidência, é um dos citados da delação da Odebrecht como receptor de propinas destinadas a políticos do PMDB. Ele nega ter recebido valores da Odebrecht.

Ainda de acordo com a Veja, Yunes teria vendido imóveis para Temer meses após os ter adquirido. Em um dos casos, o imóvel foi doado para o filho de Temer, Michelzinho, de 8 anos.Em nota divulgada após a reportagem, o advogado de Yunes, José Luis de Oliveira Lima, informou que “todas as operações são regulares e perfeitamente legais”.

Já a assessoria do Palácio do Planalto afirmou que não irá se manifestar sobre a reportagem. Na matéria, ela afirma apenas que os negócios foram “absolutamente normais”.

(Com Agências)

Prefeitura manda nota sobre ocupação da Praça do Ferreira por moradores de rua

546 1

Sobre a ocupação da Praça do Ferreira por moradores de rua, este Blog recebeu nota da assessoria de comunicação da Prefeitura de Fortaleza, informando que, nos últimos quatro anos, vêm sendo ampliadas “as políticas públicas voltadas ao enfrentamento do drama das pessoas em situação de rua”.

Cita medidas como a implantação de equipamentos que oferecem “acolhimento, abrigo, alimentação, atenção à saúde e possibilidade de capacitação”. Ressalta a realização do 1º Censo e Pesquisa Municipal sobre População em Situação de Rua, que constatou 1.718 pessoas nesta condição.

Lista a implantação de mais um Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), que oferece, entre outros, serviços de acesso à documentação oficial, Cadastro Único para Programas Sociais, atividades socioeducativas e artísticas.

“No Centro Pop, os usuários realizam ainda sua higiene pessoal, lavam suas roupas e utilizam o equipamento como referência de endereço”. A média de atendimentos por dia é de 120 pessoas. E prossegue: “Na atual gestão, foram inauguradas ainda duas unidades de acolhimento institucional (abrigos) para homens e mulheres.

Cada uma das unidades conta com atendimento integral durante 24 horas ininterruptas, onde os usuários acolhidos têm acesso a quatro refeições durante o dia, além de atender as necessidades de higiene e limpeza bem como a segurança durante o sono”.

VAMOS NÓS – Os moradores de rua continuam ocupando a Praça do Ferreira. É só dar uma voltinha por lá.

Estudantes de Direito iniciam nesta segunda-feira estágio em delegacias

Estudantes do curso de Direito iniciam, nesta semana, estágio nas delegacias da Polícia Civil do Ceará. O projeto é um convênio entre a Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Ceará (Adepol/CE), a Universidade de Fortaleza (Unifor) e o Centro Universitário 7 de Setembro (UNI7).

Na sexta-feira (21), a Adepol/CE realizou um curso introdutório aos selecionados, que serão inicialmente direcionados às delegacias especializadas, mas há projeto de ampliar a parceria para as delegacias distritais.

O estudante será supervisionado pelos titulares das respectivas delegacias e pela vice-presidente da Adepol/CE, delegada Jeovânia Holanda, que durante o encontro, pontuou os critérios de avaliação, além de expor algumas realidades das delegacias.

Já a delegada Yasmin Ximenes, plantonista da DDM de Fortaleza, expôs exemplos que podem ser investigados pelas as equipes da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP), bem como situações das Delegacias de Defesa da Mulher (DDM).

(Foto – Divulgação)

Maduro diz que magistrados nomeados pelo Parlamento da Venezuela serão presos

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nesse domingo (23) que os 33 magistrados nomeados na sexta-feira (21) pelo Parlamento para substituir os juízes do Tribunal Supremo de Justiça (TSJ), considerados “ilegítimos” pelo órgão, serão presos “um a um” e terão os bens e contas bancárias congelados.

“Estes que nomearam, usurpadores que andam por aí, todos serão presos, um a um, um atrás do outro. Todos vão presos e todos terão congelados os bens, as contas e tudo mais. E ninguém vai defendê-los”, disse Maduro durante seu programa semanal na televisão pública.

Um destes magistrados, Ángel Zerpa, foi detido no sábado (22) por agentes do Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional (Sebin), em operação que foi qualificada como “terrorismo de Estado” pelo Parlamento, de maioria opositora, e que acusou os juízes em exercício do TSJ de serem o braço judiciário do governo.

(Agência Brasil)