Bebê é salvo em Icó por Batalhão de Divisas

RBebê_é_salvo_por_policiais_do_Batalhão_de_Divisas_-_23.02.2016

Um bebê, com pouco mais de dois meses, teve a sua vida salva por policiais do Batalhão de Divisas, que integram o Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) do Ceará. O caso ocorreu na divisa do território cearense com os estados da Paraíba e Rio Grande do Norte, na cidade de Icó (Centro-Sul).

Durante patrulhamento na área, os policiais realizavam abordagens a veículos que transitavam pela CE-282, próximo à localidade de Icozinho – quando interceptaram o carro Fiat Pálio de cor cinza que trazia o recém-nascido João Lucas. A criança era levada às pressas pelo pai e a mãe, desfalecida, convulsionando por conta do alto grau de febre e quase sem sinais vitais.

Ao perceber o estado do bebê e dos pais, que estavam em desespero, imediatamente os policiais iniciaram trabalho de salvamento. Um deles realizou massagem de reanimação na criança e, em seguida, mãe e filho foram colocados dentro da viatura. Os patrulheiros se acomodaram na carroceria do veículo policial e todos seguiram para um hospital da cidade. Na unidade médica, o bebê foi atendido pela equipe de plantão e posteriormente encaminhado para o Hospital Infantil Albert Sabin, localizado em Fortaleza.

O salvamento foi feito na última sexta-feira (19). Na segunda (22), a patrulha da composição teve a rota mudada para a vila Carnaubinha, zona rural de Icó. É o endereço da casa do pequeno João Lucas, que recebeu alta no domingo (21) e foi visitado pelos agentes de segurança. “Só em voltar e ver a mãezinha segurando o filho no colo, já foi gratificante”, relata o soldado Marcelo Soares, que tem quase dez anos na Polícia e foi um dos que atuou na ocorrência. “Quando ele teve alta, parecia outra criança”, conta o soldado, relembrando o momento em que viu João Lucas debilitado. “Foi difícil pra gente enquanto pai. Pensei logo na minha filha”, disse.

O soldado ainda disse que se emocionou durante a visita de ontem, enfatizando “a importância de o policial está com sentimento de solidariedade, de atuar mesmo que a ocorrência fuja do trabalho da segurança. O importante é salvar vidas”, declarou.

O garoto nasceu com icterícia neonatal, que é quando o bebê nasce com a tonalidade da pele amarelada pelo excesso de bilirrubina no sangue – pigmento normal amarelo. Ele ainda passou 40 dias na incubadora. Soares também falou que a família da criança é bem receptiva, pretendendo manter contato com o menino. “Estamos trabalhando nessa área e sempre que o patrulhamento for nas proximidades, vamos dar uma passadinha por lá”.

(Com Site do Governo)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois − 1 =