Cagece deve aumentar tarifa de água em 12,9% e praticar multa contra desperdício

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce-CE) autorizou a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) a aumentar, em 12,9%, tarifa de prestação de serviços. A decisão é referente aos 150 municípios do Interior do Estado atendidos pela companhia. O anúncio foi feito em coletiva realizada na manhã desta sexta-feira, 23.

Também foi autorizada a tarifa de contingência: ultrapassado 90% da média de consumo mensal, contada de outubro de 2014 a setembro de 2015, o cliente pagará 120% do valor normal do metro cúbico. Clientes que consomem menos de 10m³ e serviços públicos não estarão sujeitos à nova tarifa. A medida visa a contingência do consumo em situações críticas de escassez ou contaminação de recursos hídricos, afirma a Arce.

As decisões irão a audiência pública, que chegará a uma conclusão a ser abalizada pela Arce. Caso aprovada, as mudanças devem chegar ao consumidor na segunda quinzena de dezembro deste ano ou no início de janeiro de 2016, a depender do vencimento da fatura do cliente.

Em Fortaleza, a responsável por decisão do tipo é a Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle de Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (Acfor). Por meio de assessoria de imprensa, a autarquia afirma que as mudanças ainda estão em análise e sem prazo para uma possível adoção.

(POVO Online- Mariana Freire)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 2 =