Câmara Municipal faz mediação de conflito entre comunidade e construtora no Planalto Vitória

foto salmito 150623 comunidades

Duas ruas foram fechadas e o campo de futebol foi isolado, no bairro Planalto Vitória, após uma construtora erguer um muro em um terreno que foi desapropriado pela Prefeitura de Fortaleza, há nove anos, para fins sociais. Segundo moradores do bairro, a situação ficou tensa depois que foram informados que a escola que está sendo erguida em parte do terreno poderá ser demolida.

O drama da comunidade foi relatado nesta terça-feira (23), na Câmara Municipal de Fortaleza, quando dezenas de famílias foram buscar uma mediação para o conflito.

As famílias foram recebidas pelo presidente Salmito Filho (PROS), além dos vereadores João Alfredo (PSOL), Antônio Henrique (PROS) e Deodato Ramalho (PT). Após quase três horas de reunião, os parlamentares agendaram uma audiência pública, para o dia 30.

O encontro também reuniu moradores dos bairros Alto Alegre, Patativa do Assaré, Dias Macedo e Abreulândia, que passam por problemas semelhantes.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

3 comentários sobre “Câmara Municipal faz mediação de conflito entre comunidade e construtora no Planalto Vitória

  1. Prezadíssimo Eliomar,

    No mundo jurídico, a “mediação” pode significar um processo de resolução de conflitos entre as partes, com a presença de um “mediador”, ou seja, um intermediário imparcial. Creio que a dificuldade, para alguns, está na conjugação do verbo mediar, igual ao verbo odiar, que é irregular.

    E se você verificar no Google, os títulos das centenas de obras sobre “Mediação de Conflitos”, ou ” Mediação e Arbitragem” verá que eles são assim denominados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 2 =