Caos no Frotinha de Parangaba faz médico registrar B.O.

“É um campo de batalha. O plantão de domingo foi um verdadeiro caos. Não há condições de trabalho”. É assim que o presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará (Simec), José Maria Pontes, refere-se a situação do Hospital Distrital Maria José Barroso de Oliveira – o Frotinha da Parangaba -, onde trabalha. A situação limite fez José Maria sair do hospital, ontem pela manhã, e ir direto ao 5º Distrito Policial (DP) para registrar um Boletim de Ocorrência (B.O.), denunciando as deficiências no atendimento prestado pela unidade de saúde.

 Segundo ele, o prédio apresenta uma série de problemas estruturais, como paredes mofadas, ralo dos banheiros abertos e infiltrações nos aparelhos de ar-condicionado. Além disso, José Maria denuncia que o material cirúrgico está sucateado e falta sabão para assepsia das mãos dos profissionais e papel higiênico.

José Maria Pontes relata que, em alguns momentos, pessoas em situação grave precisam ficar aguardando atendimento em cadeiras por falta de macas. “Isso fere a dignidade humana”, opina. Tudo isso estaria gerando insatisfação dos médicos que trabalham no hospital. “Três clínicos concursados já pediram para sair. O médico tem sentimento e sente-se impotente diante desse quadro”, desabafa.”

(O POVO)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “Caos no Frotinha de Parangaba faz médico registrar B.O.

  1. É a Fortaleza bela, limpa, sadia, segura, educada, planejada, cheirosa e sem buracos!
    E, “PT, fraudações”!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 3 =