Caso Molinari – Juiz decide sobre pedido de revogação da prisão de farmacêutica nesta terça-feira

O juiz José Arnaldo dos Santos Soares, da comarca de Jijoca, Ceará, vai publicar nesta terça-feira, 13, sua decisão sobre o pedido de revogação da prisão temporária da farmacêutica carioca Mirian França de Melo, 31, suspeita de participar do homicídio da italiana Gaia Molinari, 29. Estrangeira foi morta no dia 25 de dezembro, em Jericoacoara. As informações foram confirmadas pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJ-CE). 

O magistrado terminará de analisar as informações enviadas pela Polícia Civil nesta segunda-feira, 12, para publicar sua decisão. O juiz havia solicitado os documentos sobre a prisão da farmacêutica na última quinta-feira, 8, e deu um prazo de 48 horas (dias úteis), que se encerrou nesta segunda, para o órgão responder.

A prisão da farmacêutica Mirian França mobilizou mais de 6 mil pessoas pedindo a sua liberdade. Movimentos sociais de defesa da mulher e do negro também têm realizado ações em prol da carioca. O grupo se reuniu com o delegado geral da Polícia Civil, Andrade Junior, para discutir a autuação da suspeita de matar Gaia Molinari.

Após o encontro, três delegados da Polícia Civil foram convocados para o caso com a função de auxiliar as investigações do assassinato da italiana. Segundo Andrade Júnior, a delegada Patrícia Bezerra, da Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur), continuará como presidente do inquérito policial.

(Com TJ e O POVO Online)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 3 =