Arquivos da categoria: Cidadania

Juazeiro do Norte ganha nova sinalização

O Departamento Municipal de Trânsito de Juazeiro do Norte (Região do Cariri) reforçou o trabalho de instalação da nova sinalização em algumas vias da cidade. Boa parte delas foi recapeada, como a avenida Plácido Aderaldo Castelo, a Rua Mauro Sampaio e a Beata Maria de Araújo.

O setor de Engenharia e Sinalização do Demutran concluiu nesta semana a instalação da nova sinalização horizontal em toda a Rua José Marrocos, onde a pintura foi realizada. Outra localidade que recebeu nova sinalização foi a Rua Rui Barbosa. A via cruza boa parte da cidade de Juazeiro, antes ela era de sentido duplo em sua totalidade, agora da Avenida Ailton Gomes até a Rua do Limoeiro será sentido único, sendo permitido apenas o fluxo de veículos sentido oeste/leste, ou seja, da Avenida Ailton Gomes para a Rua do Limoeiro.

O prefeito José Arnon (PTB) diz que esse tipo de ação vai se estender ao longo da sua gestão, porque quer modernizar também a política de trânsito do município e facilitar condições de acesso. Nessa terça-feira, Arnon esteve em Fortaleza acertando novos convênios com várias secretarias estaduais.

(Foto – Divulgação)

 

Víctor Frota é eleito presidente da Academia Cearense de Engenharia

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea),  Víctor Frota, foi eleito presidente da Academia Cearense de Engenharia.

Ele entra no lugar de Antônio Albuquerque, ex-reitor da Universidade Federal do Ceará e cumprirá o biênio 2017/2019.

Entre as metas de Victor Frota, entrou a realização de eventos para debate sobre questões estruturais do Estado, maior aproximação com a academia e busca por novos associados.

Que tal um Arraiá para pets?

O Complexo Imprensa Food Square vai promover a segunda edição do Arraiá dos Pets. Voltado para os animais de estimação, ocorrerá neste sábado e domingo, a partir das 18 horas, com direito a feirinha pet, quadrilha improvisada e food trucks de comidas pet.

Para os donos dos bichinhos, o Complexo reservou uma programação com atrações musicais. Para a criançada, haverá no sábado show da Turma do Cocoricó (TV Cultura).

SERVIÇO

*Complexo Imprensa Food Square – Avenida Desembargador Moreira, 2355, Bairro Dionísio Torres.

*Entrada franca.

(Foto – Divulgação)

Qual a diferença entre o agente político e o agente administrativo?

Com o título “Responsabilidade Civil do agente público por danos ao cidadão”, eis artigo do tributarista Hugo de Brito Machado. Confira:

É da maior importância a distinção que existe entre agente político e agente administrativo, para que possamos entender as decisões a respeito da responsabilidade pessoal do agente público por danos causados pelo Estado ao cidadão.

A expressão agente público designa um gênero, do qual são espécies distintas o agente político e o agente administrativo. E a distinção entre essas duas espécies é de fundamental importância quando se trata da questão de saber se aquele que se sente prejudicado por um ato estatal pode, ou não, promover ação cobrando a indenização correspondente diretamente contra o agente público que tenha agido com culpa ou dolo, ou se tal responsabilidade só pode ser cobrada pela entidade pública em ação regressiva. Por isso mesmo, vamos explicar em que consiste essa distinção, que infelizmente não tem sido apontada pelos que cogitam da responsabilidade desses agentes, seja para pleitear indenização seja para julgar esses pleitos, inclusive no Supremo Tribunal Federal.

O agente político é aquele que tem o dever de conteúdo eminentemente político, como o presidente da República, os governadores, senadores, deputados, prefeitos e outros, que exercem atividade política. Tais agentes não dispõem de autoridades superiores às quais estejam subordinados e possam consultar para saber o que devem fazer em face de determinadas situações, e por isso mesmo precisam de maior liberdade para agir. O agente administrativo, diversamente, subordina-se ao princípio da estrita legalidade e não desfruta de liberdade para decidir o que deve e o que não deve fazer. Os agentes administrativos dispõem de autoridades às quais estão subordinados e podem consultar para saber o que devem fazer em certas situações. Por isso, não precisam e realmente não dispõem de liberdade para agir. E assim, em face de situações nas quais de suas condutas pode decorrer danos a terceiros, podem consultar seus superiores para saber se devem, ou não, agir dessa ou daquela forma.

Ressaltamos que o Supremo Tribunal Federal, embora sem explicitar essa diferença, tem decidido com acerto as questões, não admitindo a propositura de ação pelo prejudicado contra o agente político, e admitindo-a contra o agente administrativo. Por causa disso, espera-se que, ao apreciar a questão, no caso cujo acórdão terá repercussão geral, esclareça definitivamente essa diferença entre o agente político e o agente administrativo, até porque o caso configura verdadeira exceção, pois o agente político atuou como verdadeiro agente administrativo.

*Hugo de Brito Machado

hbm@hugomachado.adv.br

Professor Titular de Direito Tributário da UFC; presidente do Instituto Cearense de Estudos Tributários

Vem aí a I Colônia de Férias Digital de Fortaleza

A turma que curte games, super-heróis, quadrinhos e jogos digitais terá, na primeira semana de férias, um programa imperdível: a I Colônia de Férias Digital de Fortaleza. A promoção é da Casa da Cultura Digital, equipamento da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação, que receberá o evento. A programação será aberta no sábado (01/07), às 9 horas, com o Evento TAC ORIGENS, destinado a todas as idades e sem pré-requisito.

Ao longo de toda a semana, serão oferecidas mostras de animação, games, workshops, exposições de quadrinhos, concursos, palestras voltadas aos fãs de tecnologia, bem como desenvolvedores e profissionais do mercado de quadrinhos, animação, cinema e jogos digitais, além de minicursos sobre programação com Javascript e de Criação de Games com Scratch.

Informática

Para estas atividades há pré-requisitos que vão desde idade ao conhecimento prévio de informática. O Evento TAC ORIGENS continuará durante toda a semana. No domingo (02/07), será a vez do Hora Aberta, organizado pela União Cearense de Games (UCEG), reunindo grupos de gamers de Fortaleza em um espaço propício para a interação, socialização e diversão, com campeonatos, amostra de games, e a presença do Maior Colecionador de Videogames do Brasil, Alex Mammed. O Hora Aberta não exige pré-requisitos e acolhe todas as idades.

SERVIÇO

*Clique aqui para fazer a inscrição.

*Casa da Cultura Digital – Rua dos Pacajus, nº33 – Praia de Iracema.

O mundo mudou e as festas juninas também

Com o título “Festas juninas”, eis artigo de José Borzacchiello, professor emérito da UFC, que pode ser conferido no O POVO desta quarta-feira. Ele fala que o mundo mudou e as festas juninas também. Confira:

Vendo Fortaleza do alto, busco vestígios de antigas festas juninas até onde minha vista alcança. Nada de fumaça de fogueiras, balões coloridos, fogos iluminando o céu, cheiro de milho, cana e batata doce assados na brasa, ruas embandeiradas como convém a uma autêntica festa junina sertaneja. Fogueiras e balões não cabem mais nas áreas superurbanizadas. Provocam acidentes, incêndios, queimaduras. A festa, mesmo repaginada, permanece fortemente inscrita no calendário de eventos da Cidade. Os traços sertanejos típicos das festas juninas mostram novo formato e cara nova, mas nem por isso deixaram de atrair multidões. O diferencial reside no fato do caráter oficial das festas, hoje incentivadas com verbas municipais e/ou estaduais.

Louvo os que persistem mantendo os traços típicos das festas juninas. Muitas escolas e colégios valorizam aspectos das festas tradicionais. As crianças, orgulhosas, se divertem nos “arraiais”, cuidadosamente preparados, e, muitas vezes, com ajuda delas. Gosto de ver a alegria da petizada. Meninas com tranças, outras com ‘maria chiquinha’ com enormes laçarotes nas pontas, chapéu de palha, vestidos bonitos com estampas enormes e coloridas. Rostos pintados, todas graciosas com sinais artificiais nas faces avermelhadas pelo excesso de maquiagem. Os meninos, garbosos, ostentam seus bigodes pretos como carvão.

Quando sorriem, mostram as falhas na dentição com pintura especial. Trajam as tradicionais camisas xadrez e calças com enormes falsos remendos. Como não lembrar a alegria dessas festas juninas tão belas, puras, ingênuas, cheias de significado que rememoram um passado perdido? A festa mudou, ganhou novos sentidos. É feita noutra escala, ocupa enormes espaços e é preparada por especialistas, ajustadas às modernas técnicas com bandas famosas que garantem o sucesso do evento. Festa junina de hoje é megaevento, é marketing político, atrai multidões. É um grande negócio que envolve complexa cadeia produtiva. Na festa atual, não há mais lugar para capelinha, padre, delegado, cadeia, barraquinhas de comidas feitas pela vizinhança.

Nos superpalcos da festa, a mistura de ritmos. Forró, sertanejo romântico divertem a multidão que não aceita de bom grado os poucos momentos de intervalo. A quadrilha, dança coletiva típica do período junino, também se ajustou às exigências desses tempos espetacularizados. Os concursos atraem grupos enormes, luxuosamente trajados com roupas cintilantes e adornos multicoloridos de forte efeito visual. As apresentações maravilham o público – música alta, dançarinos afinados no compasso, noivas lindas. Tudo bem ensaiado, diferente do tempo em que os moradores das ruas se cotizavam para fazer a festa.

Era tempo de fogueiras, bandeirinhas de papel de seda cortadas e coladas pela criançada. Tempo de uma delicadeza em que todos se conheciam, dançavam, participavam, não eram espectadores. Em meio à festa, a criançada corria, pulava, gritava. Muitos namoros iniciados em torno da fogueira terminaram em casamento. O mundo mudou e as festas juninas também. São tempos modernos.

*José Borzacchiello da Silva

borzajose@gmail.com
Geógrafo e professor emérito da UFC

Câmara Municipal debaterá a Lei do Nome Social

Nesta quarta-feira, às 14 horas, no auditório da Câmara Municipal, haverá  uma audiência pública sobre a lei que garante direito à adoção de nome social, por parte de travestis e trans nos serviços públicos municipais.

A iniciativa é do vereador Guilherme Sampaio (PT), que foi autor dessa lei. O objetivo é divulgar a medida.

O jornalista Émerson Maranhão, que assina a Coluna Cena G, do O POVO, participará do debate.

 

Ministério da Integração Nacional libera R$ 31 milhões para o Ceará

O Ministério da Integração Nacional autorizou, por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, o empenho e a transferência de recursos para o Governo do Ceará.

São R$ 31 milhões para ações de defesa civil.

Ou seja, recursos devidos, há meses, pelo MIN e que serão aplicados, por exemplo, em programas de combate e convivência com a seca.

Ceará Junino de Fortaleza – Primeira etapa será no Bairro Ellery

Começa nesta sexta-feira, a partir das 21 horas, a primeira etapa do Ceará Junino de Fortaleza. Será dentro do XXIII Festival de Quadrilhas Juninas do Bairro Ellery. Os dias e horários de apresentação das quadrilhas foram definidos durante sorteio realizado na Secretária de Cultura do Estado. As apresentações vão acontecer até sábado, na Praça Manoel Dias Macedo.

O Festival é uma promoção da Associação Comunitária dos Bairros Ellery e Monte Castelo e do Centro de Juventude Igor Andrade.

A quadrilha campeã garantirá vaga no Festival Estadual de Quadrilhas Juninas. Para o produtor cultural do festival, Wescley Sacramento, “esse evento é motivo de alegria para os moradores e para região, que receberão um festival tradicional e de grande importância para Estado.”

Quadrilhas participantes do festival

Dia 30 de junho (sexta-feira)

Quadrilha Flor de Laranjeira

Quadrilha Zé Morinha

Quadrilha Santa Terezinha

Quadrilha Junina Babaçu

Dia 1º de julho (sábado)

Quadrilha Pirambu em Festa

Quadrilha Amor Nordestino

Quadrilha Encanta Ceará

Quadrilha Arraia do Bairro Ellery

DETALHE – O festival ainda contará com apresentações de outras quadrilhas parcerias: Quadrilha Sagrada Famílias, Império Junino e Raízes Sertanejas.

(Foto – Divulgação)

Sinduscon/CE lançará curso de especialização em gestão e manual sobre manutenção de edifícios

O presidente do Sinduscon-CE, André Montenegro, comandará, nesta quarta-feira, às 18 horas, no auditório da Fiec, duas novidades que prometem contribuir para o desenvolvimento do mercado da construção civil: a Especialização em Gestão e Tecnologia de Negócios Imobiliários, realizada pela Uniconstruir e a UFC; e o Manual de Manutenção de Edifícios, desenvolvido pelo Inovacon-CE (Programa de Inovação da Indústria da Construção Civil do Ceará), com o apoio da Coopercon-CE e patrocínio do SESI.

“Esta especialização é pioneira no nosso estado, tendo um diferencial importante, que é a possibilidade de unir mercado e academia. Os estudantes vão conhecer de perto as novidades tecnológicas aplicadas no dia a dia das construtoras associadas ao Sinduscon-CE”, destaca Montenegro.

Já o manual está voltado para nortear construtoras, incorporadoras, administradoras de condomínios e síndicos na elaboração de seus próprios manuais com base nas diretrizes contidas na publicação. Já o ponto de vista educacional, a especialização é voltada para a capacitação de profissionais do setor.

 

Juíza determina inscrição no CPF de crianças em situação de acolhimento

 

 

A juíza Alda Maria Holanda Leite, titular da 3ª Vara da Infância e da Juventude (unidade especializada no julgamento de processos de adoção), determinou que o superintendente regional da Receita Federal efetue a inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) de crianças e adolescentes que estão em situação de acolhimento institucional em Fortaleza. A medida consta na Portaria nº 1/2017, publicada no Diário da Justiça da última segunda-feira, informa o site do TJCE.

A unificação dos dados de crianças e adolescentes por meio do CPF faz parte das metas a serem cumpridas pelas Corregedorias dos Tribunais de Justiça no ano de 2017 (Meta 4), definidas durante o 10º Encontro Nacional do Poder Judiciário, realizado em dezembro do ano passado. O objetivo da Meta 4 é evitar a duplicidade de informações no Cadastro Nacional de Adoção (CNA), mantido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Na referida portaria, a magistrada considera que a Instrução Normativa nº 1548/2015 da Receita Federal estabelece que as inscrições no CPF serão efetuadas diretamente pelas unidades da Receita, quando por solicitação de órgãos públicos, entidades de assistência social e entidades de saúde públicas ou privadas, em função da incapacidade de comparecimento da pessoa física nas entidades conveniadas; por solicitação de Conselho Tutelar, para menores em situação de risco; quando houver interesse da administração tributária, por meio de processo administrativo; ou por determinação judicial.

Além disso, considera que a Constituição Federal preceitua ser dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta propriedade, os direitos fundamentais da pessoa humana.

De acordo com a portaria, os documentos devem ser expedidos e enviados à 3ª Vara da Infância até sexta-feira (30).

Hemoce monta “Arraiá da Solidariedade” para incentivar a doação de sangue

O Hemoce vai montar seu “Arraiá da Solidariedade”, a partir das 9 horas desta quarta-feira, em sua sede, na avenida José Bastos, 3390, no bairro Porangabussu. Ao som da sanfona e dos festejos juninos, o órgão vai relembrar que todo dia é dia de doar sangue.

Quem for realizar a doação de sangue vai se divertir no clima junino com a apresentação da quadrilha Chama da Fogueira, formada por crianças de 4 a 16 anos de idade. Esta é a quarta vez que o grupo se apresenta voluntariamente no Hemoce.

A ação faz parte da campanha do Hemoce de incentivo à doação de sangue lançada no último dia 14 de junho. A campanha, que tem como tema: “O Hemoce Precisa da Sua Melhor Parte”, vai se estender até o dia 12 de agosto com a expectativa de coletar 16 mil bolsas de sangue em todo o Estado.

Quem quer doar

*Para se candidatar à doação de sangue é necessário estar saudável, bem alimentado, ter entre 16 e 69 anos e mais de 50 kg. Os menores de idade devem apresentar o termo de consentimento assinado pelos pais ou responsável legal e anexar a cópia de documento oficial com foto do representante legal.

*O termo de consentimento está disponível no site www.hemoce.ce.gov.br

Camilo Santana anuncia “Refis” para multas de trânsito

Os motoristas que cometeram infrações de trânsito e foram multados até dezembro de 2015 terão a oportunidade de regularizar os débitos através de Refis. O anúncio foi feito nesta terça-feira, via Facebook, pelo governador Camilo Santana (PT), que se encontra na Europa em missão oficial.

Camilo adiantou que os cidadãos com multas de cerca de R$ 4 mil (1.000 UFIRCE) poderão pagar 20% do valor para quitar a dívida. A iniciativa do Governo do Ceará estará disponível a partir do dia 3 de julho e seguirá até o final de 2017. O procedimento será feito pela internet, no site do Detran.

Exemplo

Camilo Santana exemplificou no vídeo que, caso o motorista habilitado tenha uma dívida de R$ 1 mil, ele pagará R$ 200, com a disponibilidade de parcelar o valor em até 10 vezes. O governador expôs que o objetivo é que mais veículos estejam regularizados e licenciados no Estado.

“O Refis só não valerá para seguro obrigatório ou licenciamento, mas para qualquer outro tipo de cobrança, você vai ter o desconto na dívida que tem com o Detran. Essa é uma facilidade que nós resolvemos fazer diante desse momento de crise, difícil, que a população vive. Estamos dando esse desconto”, detalhou.

O governador deixou claro que a medida não abranda ou estimula irregularidades no Estado, e destacou a diminuição de acidentes por meio de ações do Detran em todas as rodovias estaduais.

Plácido Rios presidirá grupo nacional de combate às organizações criminosas

O procurador-geral de Justiça do Ceará, Plácido Rios, foi eleito por aclamação, nesta terça-feira, em Brasília, presidente do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC). O nome foi endossado durante reunião extraordinária do Colégio Nacional de Procuradores Gerais (CNPG). Será a primeira vez que o grupo terá à frente um cearense. Já na vice-presidência do GNCOC ficará o subprocurador de Justiça do Rio Grande do Sul, Marcelo Dornelles, informa a assessoria de imprensa do MPCE.

“Presidir o GNCOC no atual quadro social é um grande desafio. Precisamos mais do que nunca de união perene entre todas as instituições públicas de combate ao crime, além de planejamento, técnica e inteligência nas ações persecutórias. É fundamental no âmbito do Ministério Público que consigamos maior proximidade, uniformidade e eficiência nas ações dos GAECOS em todo o Brasil”, disse Plácido Rios.

O GNCOC tem por objetivo combater as organizações criminosas e atuar em investigações relevantes, tais como combate aos crimes tributários, lavagem de dinheiro, tráfico e crimes cibernéticos. É responsável ainda por articular ações em âmbito nacional ou regional visando a uniformização e fortalecimento de ações de combate ao crime organizado, a partir de capacitação dos membros e servidores e troca de experiências sobre as ações de investigação.

Criado em 2002 e formado pelos Grupos de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (GAECOs) dos Ministérios Públicos Estaduais e da União, o GNCOC trabalha de maneira integrada com as Polícias Civil, Militar, Federal e Rodoviária Federal, Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Receitas Estadual e Federal, Agência Nacional de Petróleo, entre outros órgãos.

(Foto – Divulgação)

Prefeito sancionará lei criando a Coordenadoria de Bem-Estar e Proteção Animal

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai sancionar, nesta quarta-feira, às 14 horas, no Paço Municipal, a lei que cria a Coordenadoria de Bem-Estar e Proteção Animal. Também um fundo municipal de defesa dos animais.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, o novo órgão terá como objetivo elaborar e executar políticas públicas voltadas para o cuidado com os animais em Fortaleza.

Esse novo organismo é resultado de quatro anos de trabalho da ex-vereadora Toinha Rocha, respaldada por várias entidades protetora dos animais.

Escritor César Barreto lança livro sobre Padre Palhano

O superintendente-adjunto do Departamento Estadual de Rodovias (DER), César Barreto, também escritor, lançará, às 9 horas do próxima sábado, no Beco do Cotovelo, em Sobral (Zona Norte), mais um livro. Dentro da programação de aniversário dos 244 anos desse município, fará sessão de autógrafos, durante o programa Show do Ivan Frota, livro “Padre Palhano: Santo, Semideus ou Cavalheiro do Apocalipse?” A obra é mais uma parceria com seu primo, Saulo Barreto Lima.

Durante o evento César Barreto entregará o troféu Poeta do Becco do Cotovelo, iniciativa do radialista Ivan Frota e da Revista Alternativa. Serão homenageadas as seguintes personalidades: Mauro Benevides, radialista Fernando Solon, escritor Francisco Assis Arruda, José Ribamar Ponte e o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho.

Padre Palhano

Padre José Palhano de Saboia foi prefeito de Sobral entre 1958-1962, uma candidatura na época que contou com todo apoio de Cesário Barreto, pai de Cesar Barreto, comerciante e líder classista, na época. Tudo para afrontar o líder politico Chico Monte. Em 1962, Padre Palhano foi eleito deputado federal, sendo o terceiro mais votado do Estado. Mas teve mandato cassado dois anos depois com a implantação do golpe militar.

Palhano estudou em Roma. Também era advogado, radioamador e fundou a Rádio Tupinambá AM. Pilotava aviões tipo Teco-teco, inclusive fundou o Aeroclube de Sobral. Morreu em 1982 vítima de complicações da Diabetes.

TCM alerta: Prestação de contas de maio deve ser enviada até sexta-feira

Gestores públicos têm até a próxima sexta-feira, 30, para enviar ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) as prestações de contas referentes ao mês de maio deste ano. Segundo o presidente do órgão, conselheiro Domingos Filho, a remessa deve conter os balancetes, demonstrativos e a respectiva documentação comprobatória das receitas, despesas e créditos adicionais, bem como o número de todos os processos licitatórios realizados.

A transferência dos dados deve ser feita por meio do Sistema de Informações Municipais (SIM), que, além de ferramenta para a atividade de fiscalização, permite a disponibilização dos dados recebidos no Portal da Transparência dos Municípios (www.tcm.ce.gov.br/transparencia), para acesso da sociedade e demais órgãos de controle.

Obrigação

O não envio das informações dentro do prazo pode comprometer o recebimento, pelos municípios, de recursos estaduais decorrentes de convênios, por exemplo, e motivar a aplicação de multa e desaprovação de contas pelo TCM.

SERVIÇO

Em caso de dúvidas os gestores e servidores municipais podem entrar em contato com a Coordenadoria de Assistência Técnica aos Municípios do TCM (Cotem) pelos telefones (85) 3218-1293, 3218-1490, 3218-1377 e 3218-1034; pela Consulta Técnica Online (www.tcm.ce.gov.br); ou pelo e-mail ouvidoria@tcm.ce.gov.br.

Capitão Wagner quer 5% das vagas do concurso de agente penitenciário para pessoas com deficiência

 

O deputado estadual Capitão Wagner (PR) apresentou uma emenda ao projeto de lei 51/2017, oriundo do Governo do Estado, garantindo a reserva de no mínimo 5% das vagas do concurso de Agente Penitenciário para deficientes físicos.

Ele diz que não há essa previsão da mensagem governamental.

No Brasil, o Censo de 2010, realizado pelo IBGE, apontou que 23,9% da população têm algum tipo de deficiência. A reserva de vagas determinada pela Constituição Federal tem dois objetivos principais: inserir essas pessoas no mercado de trabalho e possibilitar à Administração Pública preencher cargos com pessoas qualificadas e capacitadas para o exercício da função.

(Foto – AL)

Conselho Regional de Administração inscreve para o Prêmio Belmiro Siqueira

O Conselho Regional de Administração (CRA-CE) está recebendo, até o próximo dia 31, artigos dos associados que desejarem concorrer ao Prêmio Belmiro Siqueira. São três modalidade: Artigo Acadêmico , Livro e Empresa Cidadã. a iniciativa é do Conselho Federal de Administração, que distribuirá até R$ 30 mil em prêmios.

Para participar da modalidade “Artigo Acadêmico”, é necessário ser estudante do Curso de Bacharelado em Administração. Os temas propostos são “A valorização Profissional do Administrador na Administração Pública” e “A valorização Profissional do Administrador na Administração Privada”. Os candidatos deverão escolher um dos assuntos para o desenvolvimento do seu trabalho, o qual pode ser de autoria individual ou coletiva.

Na categoria “Livro”, é preciso ser Administrador com situação regular no seu Regional. O livro deve ter mais de oitenta páginas, abordar tema próprio da ciência da Administração e pode ser de autoria individual ou coletiva. Além disso, a primeira edição da obra deverá ter ocorrido nos dois anos anteriores ao ano em que a modalidade for contemplada, ou no mesmo ano em que ocorrer a modalidade. Cada candidatura deve apresentar uma única obra.

A modalidade “Empresa Cidadã” é diferente, pois as empresas deverão ser indicadas por Conselheiro Federal ou pelos Plenários dos CRAs. Só poderão ser sugeridas organizações privadas ou de economia mista que desenvolvam ações empresariais de Responsabilidade Social e de Cidadania bem sucedidas.

SERVIÇO

*O edital está disponível em www.cfa.org.br.

Empreender deve começar também na escola

Com o título “O desafio da educação empreendedora”, eis artigo do superintendente estadual do Sebrae, Joaquim Cartaxo. Ele destaca que “nossas crianças e jovens precisam conviver com a cultura empreendedora ainda na escola”. Confira:

A palavra empreendedorismo vem se tornando cada vez mais familiar ao brasileiro. Todavia, associada quase sempre à ideia de abrir uma empresa. Empreendedorismo é mais que isso, está presente em nossas vidas de diversas formas – na busca por soluções de problemas, no enfrentamento dos desafios ou na capacidade de inovar. O empreendedor pode ser aquele que aprende e adapta-se a situações novas, complexas; que promove transformações; de quem se espera que ocupe papel protagonista na sociedade contemporânea.

Diante disso, a educação empreendedora alcançou posição destacada no contexto econômico e social brasileiro, em especial porque nossas crianças e jovens precisam conviver com a cultura empreendedora ainda na escola. Ao vivenciar conteúdos e experienciar ações de empreendedorismo, os estudantes aprendem a refletir e a encontrar conceitos, assimilam conhecimentos e técnicas necessários ao equacionamento de oportunidades e desafios cotidianos com que lidarão na vivência pessoal e na prática profissional.

Outrossim, aprendem a planejar, buscar informações e estabelecer metas. O ensino do empreendedorismo contribui para a formação de atitudes, que podem ajudar os jovens a se tornarem adultos mais persistentes, proativos, independentes e autoconfiantes. Por isso, a necessidade dos governos federal, estaduais e municipais estarem sensíveis à importância da inclusão do empreendedorismo nos currículos escolares.

Experiência exitosa neste sentido é o programa de educação empreendedora desenvolvido pelo Sebrae, que leva conteúdo do empreendedorismo para alunos dos ensinos fundamental, médio e superior. Desde 2014, o programa já capacitou mais de 2,4 milhões de estudantes em todo o País. Em 2017, mais de 30 mil alunos estão sendo qualificados no Ceará, em parcerias com prefeituras municipais, com a Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) e com faculdades de Fortaleza e interior do Estado.

*Joaquim Cartaxo,

cartaxojoaquim@bol.com.br

Arquiteto urbanista e superintendente do Sebrae/Ceará.