Arquivos da categoria: Economia

A Fortaleza Competitiva e o Turismo

Com o título “Fortaleza Competitiva e o Turismo”, eis artigo do secretário municipal do Turismo, Alexandre Pereira. Ele destaca o projeto Fortaleza Competitiva. Confira:

Vivemos em um mundo competitivo que se renova a cada dia. Estar à frente é necessário para acompanhar esses avanços. Durante os últimos anos, Fortaleza vem crescendo e buscando seu espaço entre capitais já consolidadas no imaginário cultural, como principais destinos para se visitar e pontos para investimento internacional.

No cenário regional, o turismo está começando a tomar grandes proporções. Através dele nossa capital se reinventa buscando unir o tradicional e o inovador.
Queremos evoluir o potencial da nossa cidade, transformando-a na cidade mais
desburocratizada do país, com geração de empregos, oportunidades e agilidade de uma cidade que nunca para.

E não vamos parar. O projeto Fortaleza Competitiva incentivará o turismo
inicialmente pela vertente do empreendedorismo. Dar oportunidade de crescimento e desenvolvimento aos profissionais que investem na cidade mostra que Fortaleza é um ambiente favorável e ágil para superar os desafios de manter e abrir novos negócios. É nesse ambiente que consequentemente moradores e turistas terão o prazer de promover e desfrutar da capital, que hoje já é um dos principais destinos de férias do país.

Na vertente das inovações, duas ações em específico promovidas pelo Fortaleza
Competitiva, irão melhorar o lazer da população e acrescentar ao turismo da
cidade um atrativo a mais. A concessão dos espigões, com a roda gigante aos
moldes da London Eye e o incremento das linhas turísticas de ônibus, para
promover o turismo histórico cultural. Mudanças que visam não somente bons números, mas sim a melhoria na cidade, como serviços, infraestrutura e mobilidade que refletirão na qualidade de vida de quem aqui vive.

Até 2020 muito mais ainda faremos pela capital, pelo turismo e pelos fortalezenses. Porque cidade boa para o turista é cidade boa para o seu morador. O mundo vive uma maratona e não podemos ficar parados.

*Alexandre Pereira,

Secretário do Turismo de Fortaleza.

Multas do Detran e AMC poderão ser pagas com cartão de crédito

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou, nessa quarta-feira, no Diário Oficial da União, uma resolução permitindo que multas de trânsito e demais pagamentos relativos a veículos poderão ser parcelados no cartão de crédito. Cartões de débito também poderão ser utilizados para pagamentos integrais. A resolução, no entanto, não é impositiva. Com isso, fica a cargo de órgãos locais de trânsito a decisão de aderir ou não a esse modelo de pagamentos.

No Ceará e em Fortaleza, órgãos de fiscalização de trânsito devem aderir à medida. Em nota, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE) afirma que vai articular com a Secretaria da Fazenda (Sefaz) para viabilizar o que estabelece a Resolução. “O Detran entende que se trata de uma medida que facilita, para os proprietários de veículos, a solução de pendências para pagamento de multas de trânsito”, diz a nota.

Em Fortaleza, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) admite de maneira mais direta que vai aderir à resolução, garantindo que “possibilitará que o pagamento das multas seja feito de forma parcelada por meio de cartões de crédito”. Contudo, o órgão pondera que ainda vai tomar as medidas cabíveis para se adequar, por se tratar de uma decisão recente.

De acordo com a resolução do Contran, o objetivo da medida é “aperfeiçoar a forma de pagamento das multas de trânsito e demais débitos relativos ao veículo, adequando-a a métodos de pagamento mais modernos utilizados pela sociedade”. Antes da resolução, apenas multas aplicadas a veículos registrados no exterior poderiam ser pagas parceladamente.

No caso dos pagamentos no crédito, a dívida será do titular com a administradora do serviço, que arcará com eventuais atrasos”

No caso dos pagamentos por cartão de crédito, a dívida será do titular com a administradora do serviço. As operadoras arcarão com possíveis atrasos. De acordo com a resolução, os parcelamentos podem ser feitos para mais de uma multa e os órgãos de trânsito receberão o valor integral no momento da operação e proceder a regularização do veículo.

Nos casos em que houver cobrança de juros no parcelamento, o titular do cartão ficará responsável pelo pagamento do acréscimo e tem o direito de ter acesso a informações sobre custos operacionais antes da efetivação da operação.

De acordo com a norma, não poderão ser parcelados os seguintes tipos de débito: multas inscritas em dívida ativa; parcelamentos inscritos em cobrança administrativa; veículos licenciados em outras unidades da federação; multas aplicadas por outros órgãos autuadores que não autorizam o parcelamento ou arrecadação por meio de cartões de crédito ou débito.

(O POVO – João Marcelo Sena)

Gilmar Mendes: Trabalho escravo tem que ser discutido de forma técnica e sem ideologização

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse hoje (19) que o tema do trabalho escravo precisa ser discutido de forma técnica, objetiva, sem “ideologização”. Como exemplo, ele afirmou não achar que faz trabalho escravo, apesar de ter uma jornada exaustiva, “mas com prazer”, ao acumular também a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Eu já brinquei até no plenário do Supremo que, dependendo do critério e do fiscal, talvez ali, na garagem do Supremo ou na garagem do TSE, alguém pudesse identificar: ‘Ah, condição de trabalho escravo!’. É preciso que haja condições objetivas e que esse tema não seja ideologizado”, afirmou Mendes.

As declarações do ministro foram dadas em repercussão à uma portaria do Ministério do Trabalho que recentemente modificou, entre outros pontos, os critérios para a caracterização do trabalho escravo, acrescentando, além das jornadas exaustivas, a necessidade de que haja o cerceamento do direito de ir e vir, por exemplo.

Ele disse não ver, a princípio, problema em o tema ser tratado via ato administrativo, como uma portaria ministerial, e não por meio de projeto de lei. O ministro acrescentou que, muitas vezes, uma infração trabalhista menos grave acaba sendo caracterizada como trabalho escravo devido ao subjetivismo do fiscal.

“O que é importante é que haja critérios objetivos e que não haja essa subjetivação. Vimos aí alguns processos no STF em que havia irregularidade, o trabalhador não foi contratado, aqueles, por exemplo, que são contratados para limpar pasto. [Trata-se de] uma irregularidade trabalhista, mas daí a falar-se em trabalho escravo, parece um passo largo demais”, disse.

(Agência Brasil)

Desavenças com Maia podem tirar pauta econômica das mãos do governo

Da Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta quinta-feira:

Com a perspectiva de superar a segunda denúncia contra Michel Temer, aliados do Planalto dizem que a prioridade deve ser pacificar a relação com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O democrata tem evidenciado diariamente sua disposição para criticar integrantes e medidas do governo, o que inviabilizaria qualquer tentativa de retomada da pauta econômica. O pano de fundo do impasse é uma disputa velada pela condução da agenda do país daqui até o fim de 2018.

O grupo mais próximo a Temer no Congresso diz que, com o clima que há hoje, nem sequer seria possível encaminhar as medidas provisórias do ajuste fiscal logo após a denúncia. Maia avisou que não receberá mais MPs e o tiro poderia sair pela culatra.

Aliados de Maia avaliam que, mesmo enterrando a segunda denúncia, Temer concluirá esta etapa tão fragilizado que o poder do Congresso sobre o governo aumentará substancialmente. Daí a tentativa do presidente da Câmara de se colocar como líder do processo.

(Foto – Pedro Ladeira, Folhapress)

Ferrovia Transnordestina – Quando a obra fica mesmo pronta?

A Transnordestina Logística, empresa controlada pela Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), responsável pelo Projeto Nova Transnordestina, apresentou em seu Relatório da Administração de 2016, publicado no DOE de 6/10/2017, recursos iniciais de R$ 7,5 bilhões (base abril/2012).

O projeto de malha ferroviária ligará Eliseu Martins (PI) aos Portos de Suape (PE) e Pecém (CE), totalizando 1.753 km. A obra, no entanto, encontra-se em processo de readequação orçamentária e estima-se agora a necessidade de um montante final de R$ 11,2 bilhões.

Com 52% da obra física executada, espera-se que essa obra saia logo. No momento, virou exemplo de dor de cabeça para quem sonha em infraestrutura ferroviária. Aliás, nesse tocante, a classe política cearense ficou literalmente na estação.

Banco do Brasil abrirá uma hora mais cedo para saques do Pasep

As pessoas com mais de 70 anos beneficiadas com o saque das cotas do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) poderão ir mais cedo ao Banco do Brasil (BB) para agilizarem o atendimento. De hoje até 31 de outubro, 1.334 agências da instituição financeira em todo o País abrirão uma hora mais cedo para atendimento exclusivo aos cotistas do Pasep.

A lista das unidades com horário especial está disponível na página da internet. A retirada é válida somente para os trabalhadores com carteira assinada que contribuíram para algum dos dois fundos até 4 de outubro de 1988.

Em 17 de novembro, começará o saque para aposentados. Em 14 de dezembro, a retirada será liberada para homens a partir de 65 anos e para mulheres a partir de 62 anos. Não há data limite para os saques. Os herdeiros de cotistas falecidos podem sacar o dinheiro a qualquer momento.

Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição de 1988 passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Desde a criação do PIS/Pasep, em 1971, o saque total só podia ser feito quando o trabalhador completava 70 anos, se aposentasse ou tivesse doença grave ou invalidez. A medida provisória editada recentemente pelo presidente Michel Temer (PMDB) flexibilizou as restrições para as retiradas. No entanto, o cidadão com idade inferior não tem direito à cota, mesmo que tenha contribuído antes de 1988, quando passou a vigorar a atual Constituição brasileira.

De acordo com o Governo, a liberação dos saques das cotas do PIS/Pasep vai injetar R$ 15,9 bilhões na economia e beneficiar 7,8 milhões de pessoas. Desse total, R$ 11,2 bilhões virão dos saques do PIS, vinculado aos trabalhadores da iniciativa privada e administrado pela Caixa Econômica Federal, que beneficiarão 6,4 milhões de cotistas. O restante virá do Pasep, vinculado aos servidores públicos e aos empregados de estatais e sociedades de economia mista e administrado pelo Banco do Brasil.

Em relação aos saques do Pasep, o Banco do Brasil depositou automaticamente, na terça-feira, 17, o dinheiro nas contas dos correntistas da instituição.

(Agência Brasil)

Credores da Recuperação da Oi no Ceará tem até esta quinta-feira pra fechar acordo

Os credores da recuperação judicial da Oi residentes no Ceará têm, até as 17 horas desta quinta-feira (19), para assinar o acordo do Programa para Acordo com Credores e receber valores até R$ 50 mil. Segundo a assessoria de imprens da empresa, é necessário acessar a plataforma eletrônica www.credor.oi.com.br para se cadastrar, apresentar a documentação necessária e se dirigir ao Centro de Atendimento da Oi no Estado – Fortaleza – para assinar o acordo. Caso o credor precise de apoio para acessar a plataforma também pode se dirigir ao centro de atendimento, que também está disponível no website da Recuperação Judicial da Oi: www.recjud.com.br).

Até o momento, a Oi fechou, aproximadamente, 21 mil acordos com credores em todo Brasil. O volume de valores envolvido nos acordos firmados até agora está em torno de R$ 286 milhões. Cerca de 32 mil credores já se cadastraram para participar do Programa. Do total de 55 mil credores da Recuperação Judicial da Oi, cerca de 53 mil têm a receber valores até R$ 50 mil.

O credor que aderir ao Programa receberá os valores por meio de depósito em conta bancária. Caso não possua uma, poderá receber na conta de terceiros, desde que autorizado. Em caso de processos com depósito judicial, os valores depositados serão liberados em adiantamento ao credor, mediante expedição de alvará no processo de origem.

Como funciona o Programa

Para o credor cujo valor for inferior ou igual a R$ 50 mil, o pagamento será efetuado em duas parcelas. A primeira, correspondente a 90% do valor, acontecerá em até 10 dias úteis após a assinatura do termo de acordo. Os 10% do crédito remanescente serão recebidos pelo credor em até 10 dias úteis após a homologação do Plano de Recuperação Judicial, a ser votado em Assembleia de Credores.

Já o credor que tiver valor superior a R$ 50 mil receberá o valor de R$ 50 mil também em duas parcelas. A primeira, correspondente a 90% do valor, será recebida em até 10 dias úteis após a assinatura do termo de acordo; e os 10% remanescentes serão recebidos pelo credor em até 10 dias úteis após a homologação do Plano de Recuperação Judicial, a ser votado em Assembleia de Credores; e o restante do valor será pago na forma do plano.

SERVIÇO

*Dúvidas e mais informações sobre o programa podem ser obtidas pelo 0800-644-3111 e pelo website da Recuperação Judicial da Oi (www.recjud.com.br).

*Centro de Atendimento do Programa para Acordo com Credores no Ceará  – Avenida Santos Dumont, 6355.

TST decidirá sobre estabilidade de grávida em contrato temporário

O Tribunal Superior do Trabalho está com inscrições abertas para interessados em se manifestar na ação que discute a garantia provisória de emprego à gravida contratada no regime de trabalho temporário. De acordo com o edital, assinado no dia 9 de outubro pelo ministro Vieira de Mello Filho, podem se inscrever pessoas, órgãos e entidades. O prazo para inscrição é de 15 dias, mesmo período no qual o TST receberá os pedidos de admissão no feito como amicus curiae.

O tema, segundo a assessoria de imprensa do TST, será examinado pelo Tribunal Pleno por meio de incidente de assunção de competência. Previsto no artigo 947 do novo Código de Processo Civil, o incidente é suscitado diante de questão relevante de direito com grande repercussão social, a fim de se formar um precedente obrigatório a ser observado nos demais processos sobre o tema.

No caso, a Subseção I Especializada em Dissídios Individuais do TST (SDI-1) decidiu, em agosto, acolher a proposta de instauração do incidente apresentada pelo ministro Alexandre Agra Belmonte, submetendo sua admissibilidade à deliberação do Tribunal Pleno.

 

AECIPP promove encontro sobre gestão aduaneira

Empreendedores e colabores da AECIPP são convocados.

A Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP) promoverá, às 9 horas desta quinta-feira, em sua sede, a palestra “Oportunidades Tributárias com visão estratégica nas Importações e Exportações”. O conferencista André Apostolopoulos, gerente sênior encarregado pelo Departamento de Comércio Exterior da PwC.

Com mais de 10 anos de experiência em consultoria tributária e aduaneira nos mais diversos setores da indústria, André auxiliou na implementação e estruturação de gestão estratégica para os clientes da PwC. Também atuou como head (cabeça) do departamento aduaneiro de uma das maiores montadoras do mundo.

O que é a PwC?

A PricewaterhouseCoopers, também chamada PwC, é uma das maiores prestadoras de serviços profissionais do mundo nas áreas de auditoria, consultoria tributária e societária, consultoria de negócios, assessoria em transações e outros serviços acessórios para todo tipo de empresas e no mundo inteiro.

SERVIÇO

*Sede da AECIPP – Campus do Pecém IFCE – Rodovia CE-155 km 04 – Caucaia/CE).

*Inscrições podem ser feitas, gratuitamente, por meio do endereço eletrônico relacionamento@aecipp.com.brou pelo telefone 99102-2912.

Carlito Lira é reeleito presidente da Acomac

O empresário Carlito Lira, diretor da Construtop, foi reeleito presidente da Associação dos Comerciantes de Material de Construção do Estado do Ceará (Acomac ).

Cumprirá mandato 2018/2019.

(Foto – Divulgação)

Refinaria – Até agora, um poço de votos

Do leitor Ari Hugo de Abreu, eis o que ele deixou na barra de comentários deste Blog sobre a refinaria de petróleo, hoje badalada como um investimento a ser tocado agora pelos chineses. Confira:

A suposta refinaria, ou projeto de instalação da refinaria, é o maior cabo eleitoral do Ceará, senão vejamos:

1. Elegeu Lula;
2. Reelegeu Lula;
3. Elegeu Dilma;
4. Reelegeu Dilma;
5. E a tiracolo os governadores que foram eleitos e reeleitos.

Ano que vem tem eleições, quem será que a refinaria irá apoiar?

Produção de petróleo e gás natural cresceu em setembro no País

A normalização da operação de produção nas plataformas FPSOs Cidade de Itaguaí e Cidade de Maricá, ambas operando no Campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos, levou ao aumento na produção de petróleo e gás natural no mês de setembro nos campos do país operados pela Petrobras.

Em nota divulgada hoje  (18), a companhia informa  ainda que as duas FPSOs (unidades flutuantes de produção, armazenamento e transferência de petróleo e gás natural) estavam em parada programada para manutenção.

Com a volta à operação dessas duas unidades, a produção de petróleo e gás natural na área do pré-sal nos campos operados pela Petrobras (parcela própria e dos parceiros) cresceu 6,6% em relação a agosto, atingindo 1,68 milhão de barris de óleo equivalente.

A produção média de petróleo no país foi de 2,17 milhões de barris por dia (bpd), volume 2,8% superior ao de agosto; enquanto a produção de gás natural no Brasil, excluído o volume liquefeito, foi de 81,5 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d), 2% acima da extração do mês anterior.

Segundo a Petrobras, o aproveitamento do gás produzido nas plataformas operadas pela Petrobras atingiu, em setembro, pelo segundo mês consecutivo, um novo recorde mensal, com  97%.

A produção total nos campos explorados pela companhia nos campos do Brasil e do exterior em setembro, foi de 2,79 milhões de barris de óleo equivalente por dia (petróleo e gás equivalente), sendo 2,68 milhões barris por dia produzidos no Brasil e 106 mil no exterior.

Óleo e gás no exterior

Isoladamente, a produção de petróleo nos campos explorados pela Petrobras no exterior em setembro foi de 64 mil barris de petróleo por dia, volume 3,3% acima do mês anterior. De acordo com a companhia, o aumento resultou da normalização da produção em campos produtores nos Estados Unidos após a passagem do Furacão Harvey.

Já a produção de gás natural foi de 7,2 milhões de metros cúbicos por dia, neste caso registrando uma queda de 6,9% em relação ao volume produzido em agosto. Esse desempenho resultou, principalmente, da redução da produção do campo de Hadrian South, devido a “ocorrências operacionais”.

(Agência Brasil)

Atividade econômica tem queda de 0,38% em agosto, após dois meses de crescimento

Após dois meses seguidos de crescimento, a atividade econômica registrou queda em agosto. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período) teve queda 0,38%, em agosto, segundo dados divulgados hoje (18).

Na comparação com agosto de 2016, houve crescimento de 1,64% (sem ajuste para o período). Em 12 meses encerrados em agosto, o indicador tem retração de 1,08%. No ano, até agosto, houve crescimento de 0,31%.

O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o BC a tomar suas decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic. O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos.

O indicador foi criado pelo BC para tentar antecipar, por aproximação, a evolução da atividade econômica. Mas o indicador oficial é o Produto Interno Bruto, calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Secretária Nacional de Direitos Humanos critica portaria que afrouxa fiscalização contra trabalho escravo

A secretária nacional de Direitos Humanos do governo Michel Temer, Flávia Piovesan, criticou abertamente a portaria, publicada na última segunda (16) pelo Ministério do Trabalho, que altera o conceito de trabalho escravo e dificulta a fiscalização dessa prática. De acordo com ela, a medida “compromete a execução da política” de combate a esse tipo de crime, “coloca em risco” a chamada Lista Suja e deve ser revogada.

Em nota que ela assina como presidenta da Comissão Nacional de Erradicação do Trabalho Escravo (Conatrae), Flávia manifesta “profunda preocupação” com as novas regras. Na sua avaliação, a mudança “reduz drasticamente o alcance do conceito de trabalho escravo, ao praticamente limitá-lo às situações de restrição de liberdade”.

Em entrevista à BBC, nesta terça (17), Flávia analisou que a nova norma representa um “retrocesso inaceitável”. Segundo ela, a Conatrae não foi consultada sobre as alterações. “Digo que é inaceitável e que temos que lutar pela revogação dessa portaria em caráter de urgência, porque realmente os danos são acentuados, as violações de direitos são gravíssimas”, criticou, dizendo-se perplexa.

A secretária também avaliou que a portaria é ilegal, uma vez que contraria a Constituição e o Código Penal Brasileiro. Ela disse ainda que concorda com a orientação do secretário de Inspeção do Trabalho do ministério, João Paulo Ferreira Machado, para que os auditores não sigam as novas regras.

A advogada foi escolhida por Temer como representante do Brasil na Comissão Interamericana de Direitos Humanos na Organização dos Estados Americanos (OEA), cargo que deverá assumir no mês que vem.

(Portal Vermelho)

Governo autoriza aumento das tarifas dos Correios

O Ministério da Fazenda autorizou, pela segunda vez este ano, o aumento das tarifas cobradas pelos Correios. Na edição de hoje (18) do Diário Oficial da União, o governo autoriza o reajuste “sob forma de recomposição” das tarifas dos serviços postais e telégraficos nacionais e internacionais. O reajuste ocorre em duas parcelas: a primeira de 6,121% será por prazo indeterminado e a segunda, de 4,094% vai vigorar por 64 meses.

A revisão das tarifas ainda depende de publicação de aprovação pelo Ministério das Comunicações, de acordo com o Diário Oficial. Com o aumento, a carta comercial de até 20 gramas passará a custar R$ 1,83. Anteriormente, o valor era R$ 1,23.

Em abril, o Ministério da Fazenda havia autorizado aumento de 7,485% nas tarifas dos serviços postais e telegráficos prestados pelos Correios. Na época, a empresa explicou que os serviços da estatal são reajustados todos os anos, com base na recomposição dos custos, como aumento dos preços dos combustíveis, contratos de aluguel, transportes, vigilância, limpeza e salários dos empregados. As tarifas são atualizadas com base no Índice de Serviços Postais, indicador formado a partir de uma cesta de índices, como INPC, IPCA, e IGP-M.

(Agência Brasil)

Prefeito de Martinópole reduz seu salário em 30% e diz que a medida é por causa da crise

Justificando caixa apertado, o prefeito de Martinópole, Júnior Fontenele (PSD), decretou a redução de seu próprio salário em 30%. A medida também se aplica a outros funcionários do primeiro escalão de seu governo, como o vice-prefeito, Valter da Paz, além de secretários municipais e demais funcionários comissionados e contratados.

“Foi uma queda muito grande na arrecadação que tornou essa medida necessária e urgente. Nossos servidores estão lidando com tranquilidade. Tudo foi conversado com antecedência junto aos secretários e demais funcionários. É claro que ninguém gosta de perder parte da renda, eu mesmo não gostaria no lugar deles, mas todo mundo entende”, explica o prefeito.

De acordo com a Secretaria de Finanças do  Município, no segundo quadrimestre deste ano Martinópole amargou quedas constantes nas arrecadações sobre o que se havia projetado na Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO).

O prefeito decidiu também proibir a concessão de horas extras para todos os servidores, assim como diárias e gratificações. Apenas casos excepcionais, devidamente justificados e deliberados através de portaria ou pessoalmente serão autorizados pelo prefeito.

(Foto – Divulgação)

Tudo pronto para o XI Seminário Empreender

Dummar Neto, vice do Grupo O POVO, entre conferencistas.

“O Ceará decolou criando oportunidades” é o tema do XI Seminário Empreender. Realizado pela Fundação Demócrito Rocha (FDR) e O POVO, o encontro ocorrerá nesta sexta (20) e sábado (21), no Sebrae (Praia de Iracema), a partir das 8 horas.

Durante a solenidade de lançamento do seminário, que ocorrerá nesta quinta-feira, às 19 horas, haverá a abertura da feira em comemoração aos 20 anos do CrediAmigo do Banco do Nordeste. Mais de 50 expositores micro e pequenos que alcançaram o sucesso ao obter crédito farão exposição de produtos para venda no local.

A feira comemorativa dos 20 anos do CrediAmigo segue até o último dia do Seminário Empreender e terá estandes expondo produtos da criatividade, talento, cultura e vocação empreendedora do cearense, além de quatro oficinas de capacitação e orientação do microcrédito, marketing e técnicas de vendas.

Debates

Palestrantes e convidados debaterão sobre as recentes tendências e oportunidades do mercado empreendedor, como o hub internacional de aviação, para investimentos a partir das ferramentas do mundo digital. Haverá, também, painéis com temas de políticas de empreendedorismo, inovação, e-commerce, internet das coisas, startups, negócios inovadores e desenvolvimento de pequenos negócios.

Entre os palestrantes estão o vice-presidente do Grupo de Comunicação O POVO, Dummar Neto, e o diretor do BPOP, Sanchae Camatti, que vão falar sobre a ferramenta; também a coordenadora estadual do Banco de Oportunidades do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) Ceará, Alcilane Mota; o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-CE), Rodolphe Trindade, e Raphael Gonçalves, diretor-executivo da Casa Azul Ventures, que falará sobre a aceleradora de startups do O POVO e Elogroup.

Programação Seminário Empreender 11 anos*

Dia 19

Lançamento do Seminário Empreender e Feira Comemorativa dos 20 Anos do CrediAmigo, com estandes de negócios com produtos das Micro e Pequenas Empresas (MPES), orientação e financiamento do CrediAmigo. A feira segue até o último dia do evento.

Dia 20

8 horas – Abertura
8h40min – Painel: Um Novo Ambiente para o Desenvolvimento dos Pequenos Negócios no Ceará – Moderadora Neila Fontenele
9h30min – Palestra: Marketing Digital para Pequenas Empresas, com Marcelo Negrini – Moderador W. Gabriel
10h10min – Painel: Os Impactos Econômicos do HUB da Gol/Air France/KLM para a Economia do Ceará com Oportunidades para as MPES e Empreendedores Individuais, com Alexandre Pereira, Alci Porto e Rodolphe Trindade
10h45min – Coffee break
11 horas – Apresentação Economia Criativa
11h10min – Palestra: BPOP – Uma Ferramenta Inovadora de O POVO para o Crescimento dos Pequenos Negócios, com João Dummar Neto e Sanchae Camatti
11h40min – Palestra: A Atuação dos Cucas na Formação de Futuros Empreendedores, com Julio Brizzi – Moderador Fernando Cordeiro
12h15min – Intervalo
13h30min – Apresentação Economia Criativa
13h45min – Painel: Ecossistemas das Startups – Principais Erros dos Empreendedores Iniciantes, com Alex Granjeiro – Moderadora Bárbara Brito
14h30min – Palestra: Hubine: Hub Inovação Nordeste e o Fomento a Negócios Inovadores, com Eduardo Gaspar
15 horas – Palestra: Apresentando a Aceleradora Casa Azul Ventures – Abrindo Portas para Empreendedores, com Raphael Gonçalves
15h20min – Palestra: Empreender Saindo da Caixa, com Alcilane Mota
15h50min – Coffee break
16h10min – Painel: Narrativas de Experiências Vitoriosas de Pequenos Negócios no Ceará, com Francisca Wilma Ferreira de Almeida, Charles Diniz Leandro e Dalvani Mota – Moderador Nazareno Albuquerque
17 horas – Sorteios

Dia 21 – Oficinas

8h30min – Técnicas de Vendas – Identificando o cliente
8h30min – Marketing para Pequenos Negócios – Como encantar o cliente
8h30min – Planejamento Estratégico – Preparando-se para crescer
8h30min – Legislação Municipal – Colocando um negócio legal pra funcionar

As inscrições para as oficinas poderão ser feitas no site do Seminário Empreender (seminarioempreender.com.br) e no local do evento.

*Programação sujeita a alterações.

SERVIÇO

*Centro de Negócios do Sebrae – Avenida Monsenhor Tabosa, 777, Praia de Iracema.

*Inscrições gratuitas: www.seminarioempreender.com.br

*Mais Informações – (85) 3433 8464.

Motoristas de vans e topics de Fortaleza ameaçam greve

O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Complementar no Estado do Ceará (Sintraafor-Ce) está convocando a categoria para uma assembleia geral. Acontecerá no próximo domingo (22), a partir das 9 horas, na sede da Federação dos Trabalhadores e Empregados e Empregadas do Comércio e Serviço do Estado (Fetrace).

Segundo a diretoria do Sintraafor, o objetivo é discutir a aprovação de uma greve geral, por tempo Indeterminado, a partir das zero hora do dia 30 deste mês. A categoria reclama da falta de pagamentos de salários em folha, cobra assinatura de carteiras de trabalho já, cestas básicas atrasadas, pagamentos dos retroativos dos empregados avulsos, passe livre e o fim da dupla função de motorista e cobrador.

SERVIÇO

*Fetrace – Rua Padre Mororó, 1055, Centro.

Governo quer aumentar alíquota de contribuição previdenciária dos servidores

Em contrapartida à tramitação no Congresso de um reforma de Previdência mais enxuta, a equipe econômica do Governo Federal quer apoio para conseguir aprovar o aumento de contribuição previdenciária dos servidores públicos federais. A proposta de elevação da alíquota de 11% para 14% foi anunciada há dois meses, mas enfrenta resistências do funcionalismo que tem forte poder de pressão com senadores e deputados. O projeto nem mesmo chegou ao Congresso Nacional.

O Governo considera fundamental a medida para começar a reforma no funcionalismo e quer garantias de que o projeto será aprovado até o fim do ano. Para começar a valer o aumento da alíquota, é necessário o cumprimento de um prazo de noventa dias.

Na semana passada, lideranças políticas começaram a articular com integrantes do Governo uma emenda aglutinativa, espécie de texto alternativo ao parecer do deputado Arthur de Oliveira Maia (PPS-BA) aprovado em uma comissão especial da Casa em maio.

A apresentação da emenda será feita logo após a votação da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) na Câmara dos Deputados. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, já havia admitido em agosto a possibilidade de redução da proposta de reforma da Previdência.

O ponto inegociável, segundo o Governo, é manter a idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens. Mas as lideranças querem fazer ajustes no tempo mínimo de contribuição (de 25 anos, pelo texto da comissão) e na regra de transição.

(Agência Estado)

Sonho não Acabou – Projeto de refinaria deve ser entregue em novembro

A planta final da refinaria para o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp) será apresentada no próximo mês de novembro ao China Development Bank – o banco de desenvolvimento nacional do país asiático. O equipamento, negociado pelo Governo do Estado com investidores chineses, é orçado na primeira fase em US$ 4 bilhões. Outros US$ 500 milhões seriam empregados na construção de um terminal de petrolífero para atender o fluxo da unidade de refino.

“Não temos mais questões sobre o projeto com as empresas. A próxima etapa é obter o financiamento da instituição bancária. Mostraremos em novembro. A equipe técnica está trabalhando para finalizá-lo”, ressalta Antonio Balhmann, assessor especial para Assuntos Internacionais do Estado. Segundo ele, a formatação do projeto é feita por engenheiros que já atuaram em companhias de petróleo da China. Não há nenhum cearense envolvido.

O modelo do projeto, no entanto, pode sofrer alterações caso haja a necessidade de modificá-lo por eventuais pedidos do banco chinês. “As mudanças seriam pontuais, mas nada que prejudicaria a base do projeto”, afirma Balhmann. Em setembro, o Governo do Estado e a instituição financeira asiática assinaram um Memorando de Entendimento (MOU) para financiar o projeto.

A empresa responsável pelo projeto da refinaria é a Qingdao Xinyutian Chemical. Na primeira fase, o empreendimento deve refinar 150 mil barris de petróleo por dia. A segunda fase dobra a capacidade de produção para 300 mil barris/dia. O orçamento da segunda fase gira em US$ 4 bilhões, totalizando montante de U$ 8 bilhões.

A companhia também irá implantar uma petroquímica – destinada à produção de derivados advindos do combustível fóssil. São esperados investimentos de US$ 3 bilhões. Ao todo, a refinaria demandará 600 hectares. 400 hectares para as duas fases do equipamento, além de outros 200 hectares para a instalação da petroquímica. Os projetos, localizados no Cipp, ficarão na Zona de Processamento e Exportação (ZPE).

Energia solar

Balhmann destaca que investidores chineses seguem interessados em um projeto de energia solar no município de Russas. O montante a ser empregado é de aproximadamente US$ 775 milhões (em três fases). A cearense FG Soluções e a espanhola Enerside são as outras companhias interessadas na formação de um consórcio para o projeto, juntamente com o player asiático. “As empresas mantêm o interesse em adquirir o projeto para o leilão de Energia Nova em dezembro. Mas a limitação é a subestação de Russas II, que está limitada por um projeto estatal”, disse o secretário.

O equipamento interligando em Russas II pertence à Furnas, subsidiária da Eletrobras, localizado no município de Fortim. A estatal usaria, então, a subestação Russas II para escoar o montante produzido, o que inviabilizaria a margem de escoamento da energia dos projetos privados interessados na região. O parque da estatal, aliás, teve o início da geração adiado de 2016 para 2020.

(O POVO – Repórter Átila Varela)