Arquivos da categoria: Habitação

Caixa suspende financiamento de imóveis com uso da linha de crédito Pró-Cotista

A Caixa Econômica Federal suspendeu novamente as contratações de novas operações da linha de crédito Pró-Cotista, que destina recursos para a aquisição de imóveis com juros menores a pessoas que têm conta vinculada ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Segundo o banco, a suspensão foi “em razão do comprometimento total do orçamento disponibilizado pelo Conselho Curador do FGTS para o exercício de 2017”.

O financiamento já havia sido suspenso em maio, também por falta de recursos, mas o Ministério das Cidades remanejou R$ 2,54 bilhões para a linha e os empréstimos foram retomados.

A linha Pró-Cotista pode ser contratada por trabalhadores com pelo menos 36 meses de vínculo com o FGTS. Também é preciso ter saldo na conta do FGTS de pelo menos 10% do valor do imóvel e estar trabalhando. A taxa de juros é de 8,66% ao ano.

(Agência Brasil)

Fortaleza consegue junto ao BNDES liberação de R$ 5,7 milhões para construção de 1,5 mil casas

O prefeito Roberto Claudio foi recebido nesta semana em Brasília pelo presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Paulo Rabello de Castro, quando tratou da liberação de recursos para projeto de habitação popular em Fortaleza.

Os recursos, no montante de R$ 5,7 milhões, serão repassados via Banco do Brasil para serem aplicados na construção de unidades habitacionais do Conjunto Alto da Paz, região do Grande Mucuripe, onde serão entregues, em 18 meses, cerca de 1.500 unidades, como parte do Programa Minha Casa Minha Vida.

“Esse recurso nos garante a primeira etapa das obras e queremos, até o final do ano que vem, entregar todas as unidades. Tivemos o pronto atendimento do presidente Paulo Rabello a quem queremos demonstrar o nosso agradecimento por entender a necessidade real, tanto das famílias que serão reassentadas como daquelas que esperam o atendimento por meio da ação do poder público com relação à moradi”, afirmou o prefeito Roberto Claudio, que esteve com o presidente do BNDES acompanhado do deputado federal, Danilo Forte.

(Prefeitura de Fortaleza / Foto: Divulgação)

Educação, Saúde e Moradia marcam o “Prefeitura e Câmara” no Bom Jardim

O prefeito Roberto Cláudio (PDT); o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT); secretários municipais e vereadores passaram a manhã deste sábado (10) no bairro Bom Jardim com ações voltadas para a educação, saúde e moradia, diante do programa “Prefeitura e Câmara em Nosso Bairro”.

Com 1,6 mil alunos, a escola Lirêda Facó recebeu ordem de serviço para o serviço de reforma. Em outra ação, 210 papéis da casa foram entregues para a regularização de moradias. Por último, os representantes dos poderes Executivo e Legislativo visitam as obras de construção do posto de saúde do Bom Jardim, que também atenderá a população das áreas adjacentes.

(Fotos: Divulgação)

Secretaria do Patrimônio da União repassar áreas do Morro de Santa Terezinha para a Prefeitura

Depois de repassar áreas do Pirambu e Cristo Redentor para a Prefeitura de Fortaleza, o titular da Secretaria do Patrimônio da União (SPU), Cláudio Cruz, avisa: próximo repasse será o Morro de Santa Terezinha.

Essa medida, de acordo com ele, legalizará a posse de várias famílias nessa área. Gente que mora há décadas, mas que não tem acesso ao chamado “papel da casa”, o que será concedido pelo município.

O termo de cessão da área é um instrumento necessário para a finalização do processo jurídico, viabilizando, assim, as matrículas dos imóveis junto ao cartório. Ou seja, dará garantia da segurança patrimonial dos imóveis.

Prefeito vai regularizar situação fundiária dos moradores do Pirambu e Cristo Redentor

Neste sábado, às 9 horas, no Clube Secai, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), vai assinar a cessão de terreno da União para regularização fundiária nos bairros Pirambu e Cristo Redentor. Como parte do terreno do Pirambu pertence à União, a Prefeitura realizou diálogo junto à Secretaria de Patrimônio da União (SPU), do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, tendo confirmada a autorização para uso do terreno de 1,5 milhão de metros quadrados no Pirambu, por meio da Portaria nº 48/2016.

O termo de cessão da área é um instrumento necessário para a finalização do processo jurídico, viabilizando, assim, as matrículas dos imóveis junto ao cartório. A medida contempla uma demanda antiga de famílias que residem na área há mais de 40 anos, que é a de garantir a segurança patrimonial dos imóveis.

A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor) promoverá, inicialmente, a regularização de 5.810 imóveis residenciais na região. O potencial para a regularização da área pode chegar a 20 mil prédios, entre residências, equipamentos públicos e comerciais.

Minha Casa, Minha Vida – Governo anuncia 25,6 mil novas contratações

O Ministério das Cidades anunciou hoje (2) as novas contratações para a faixa 1 do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), que contempla famílias com renda mensal bruta limitada a R$1,8 mil. O investimento previsto é de R$2,1 bilhões para projetos em 77 municípios.

De acordo com o ministério, desde 2014 nenhuma contratação foi feita para a faixa 1 do programa. Outra novidade é que a modalidade Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) passa a privilegiar critérios de urbanização, infraestrutura prévia e proximidade de serviços públicos e centros urbanos. Foram contempladas 25.664 novas unidades, que correspondem a 122 propostas selecionadas pelo ministério.

A meta, para 2017, é que sejam contratadas 170 mil novas unidades habitacionais para esta faixa do programa; 40 mil novas unidades para a faixa 1,5 (renda familiar de R$ 2.350 para R$ 2,6 mil) e 400 mil unidades para as faixas 2 e 3 (renda de R$ 3,6 mil para R$ 9 mil). Desse total, 100 mil unidades por meio do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR).

Para as novas contratações, o governo estabeleceu como pré-requisito que o município a ser beneficiado não pode ter empreendimentos paralisados no FAR. Com isso, a intenção é evitar problemas como a distância entre o imóvel e as cidades beneficiadas, a ocorrência de unidades vazias e a paralisação de obras, entre outros gargalos identificados pelo ministério.

Pelos novos critérios eliminatórios de seleção, serão priorizados os municípios com elevado déficit habitacional, propostas com empreendimentos próximos a centros urbanos, agências bancárias, lotéricas e pontos de ônibus. Serão excluídas cidades que tenham unidades concluídas e legalizadas há mais de 60 dias, com ociosidade superior a 5% do total contratado.

(Agência Brasil)

Camilo e Zé Arnon vão entregar casas em Juazeiro do Norte

O governador Camilo Santana (PT) vai entregar às 17 horas desta sexta-feira, em Juazeiro do Norte (Região do Cariri), 781 unidades habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida, nos Conjuntos São Sebastião I e II, no bairro Betolândia. Na solenidade, estará o prefeito José Arnon (PTB), e secretários estaduais e município.

Foram investidos nos conjuntos São Sebastião I e São Sebastião II o valor de R$ 49,2 milhões, por meio do programa do Governo Federal, com investimentos do Estado e apoio do Município. Há cerca de 15 dias foram entregues as chaves aos beneficiários das novas moradias, após análise dos cadastros.

O Conjunto Sebastião I terá 333 casas e o II, 448. Durante a solenidade, os moradores receberão um kit contendo as lâmpadas, torneiras e chuveiros das casas.

Grupo do Movimento de Luta por Moradia acampa em área do Palácio Abolição

Cerca de 300 pessoas articuladas pelo Movimento de Luta por Moradia (MLM) estão acampadas ao lado do Mausoléu, em área do Palácio da Abolição. O grupo ali chegou no fim da tarde dessa terça-feira.

Eles cobram do governo estadual a entrega de apartamentos de novas etapas do Projeto Cidade Jardim, em construção no Conjunto José Walter.

Uma comissão do MLM chegou a ser recebida por vários secretários estaduais, entre os quais o secretário da Casa Civil, Nelson Martins. O grupo falou ainda com representantes da Prefeitura de Fortaleza e expôs suas queixas.

Segundo Nelson Martins, o grupo entregou suas reivindicações, mas avisou que só deixa o local se for recebido agora pelo prefeito Roberto Cláudio e pelo governador Camilo Santana.

Paupina – Projeto quer tirar da vulnerabilidade social moradores do MCMV

Com o objetivo de promover a melhoria da qualidade de vida, além do fortalecimento de uma identidade territorial e de uma cultura de organização social aos moradores do Minha Casa e Minha Vida (MCMV), foi lançado nesse sábado (6), no bairro Paupina, o projeto Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Território (DIST). A iniciativa faz parte de uma estratégia nacional patrocinada pela Caixa Econômica Federal, que está sendo desenvolvida em Fortaleza pelo Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano (IADH), a Universidade Biocêntrica, o Instituto Girândola, a Associação dos Circos e Artistas do Nordeste (ACAN) e a Quitanda das Artes.

Durante o lançamento, foram promovidas diversas atividades culturais e serviços sociais e de cidadania, como distribuição de mudas, apresentação circense, emissão de documentos, vacinação de animais além de reuniões com conselhos tutelares. Já no período da tarde, os moradores vão se dividir em grupos para debater as etapas do projeto que tem duração de dois anos.

O DIST visa contribuir para transformar o cenário de fragilidade social de muitas famílias que ocupam as habitações do Minha Casa Minha Vida, promovendo a organização e autonomia dos moradores, sua inserção econômica através de empreendedorismo e a garantia do acesso a políticas públicas. Para isso, são trabalhados quatro eixos: Governança Territorial e Articulação de Políticas Públicas; Promoção da cultura Empreendedora, da economia e finanças solidárias; Promoção de Identidade Sociocultural e Comunicação e Gestão Ambiental com foco em Resíduos Sólidos.

Na capital cearense, além da Paupina (onde funcionam oito conjuntos do MCMV apelidados de “Escritores” com 1960 unidades), o projeto atua em outras áreas consideradas vulneráveis socialmente: Barroso (Conjunto São Domingues, com 120 unidades), Passaré (São Bernardo, com 80 unidades), José Walter (Conjunto Cidade Jardim, com 5.536 unidades) e Mondubim (Monte Líbano com 256 unidades).

(Foto: Divulgação)

Caixa suspende financiamento de imóveis na linha Pró-Cotista

A Caixa Econômica Federal confirmou que suspendeu o financiamento da linha Pró-Cotista, que destina recursos para a aquisição de imóveis com juros menores a pessoas que têm conta vinculada ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). De acordo com o banco, os recursos disponíveis atualmente “são suficientes apenas” para atender as propostas de financiamento já recebidas pelo banco.

Por meio de nota à imprensa, a Caixa informou que a Pró-Cotista deve ser retomada nas próximas semanas, quando cerca de R$ 3 bilhões serão liberados para complementar os recursos da modalidade. Segundo a instituição financeira, a linha não foi suspensa por causa do pagamento das contas inativas do FGTS.

“A liberação das contas inativas foi analisada e estudada pela equipe técnica do governo federal. O saque das contas inativas por parte do trabalhador faz parte do modelo conceitual do FGTS e não fragiliza a capacidade de investimentos, autorizados pelo Conselho Curador do FGTS, nas áreas de saneamento, infraestrutura e habitação”, disse o banco, no comunicado.

O financiamento pela linha Pró-Cotista pode ser contratado por trabalhadores com pelo menos 36 meses de vínculo com o FGTS. Também é preciso ter saldo na conta do FGTS de pelo menos 10% do valor do imóvel ou estar trabalhando. A taxa de juros é de 8,66% ao ano.

(Agência Brasil)

Camilo entrega chave da casa para moradores em Juazeiro do Norte

Camilo curtiu a emoção dos beneficiados com moradia.

O governador Camilo Santana entregou, nesta quarta-feira, em Juazeiro do Norte (Região do Cariri), as chaves do Residencial São sebastião I e II. O projeto saiu porque o governo assumiu a última parte da obra. Ainda falta o esgotamento sanitário, o que será feito pela Cagece.

Ao todo, são 700 famílias beneficiadas com o residencial, de acordo com o governador, adiantando que os beneficiados só entrarão em suas casas dentro de 15 dias, quando serão concluídas algumas obras.

(Foto – Divulgação)

Dois ministros vão à Fiesp expor o desempenho dos setores aquaviário e imobiliário

A federação vai se inteirar sobre o Minha Casa Minha Vida.

Nesta semana, dois ministros irão à sede da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp).

Na quarta (15), Maurício Quintella Lessa, dos Transportes, Portos e Aviação Civil, participará de um encontro para discutir o desempenho do setor aquaviário.

Na sexta (17), Dyogo Henrique de Oliveira, do Planejamento, Orçamento e Gestão, irá a uma reunião sobre o pacote de estímulos ao setor imobiliário. Entre os temas, o programa Minha Casa Minha Vida.

(Veja Online)

Roberto Cláudio e Ministério das Cidades entregam mais de duas mil casas na segunda-feira

foto-rc-prefeito-fortaleza

O prefeito Roberto Cláudio e o ministro das Cidades, Bruno Araújo, entregam na próxima segunda-feira (12), a partir das 9h30min, as chaves para 2.032 famílias que foram contempladas com moradias do residencial Alameda das Palmeiras, no Programa Minha Casa Minha Vida. A entrega faz parte da primeira etapa do residencial, localizado no bairro Ancuri, na Regional VI.

O conjunto habitacional foi construído com recursos financiados pelo Banco do Brasil, por intermédio do Programa Minha Casa, Minha Vida/Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) e aporte da Prefeitura de Fortaleza. O total do investimento é de R$ 364,5 milhões.

As unidades habitacionais correspondem ao primeiro sorteio realizado pela Prefeitura de Fortaleza. As famílias passaram por etapas de avaliação quanto aos critérios do Programa, com verificação do Cadastro Único, cruzamento de dados no Sistema Integrado de Administração do Crédito Imobiliário, Cadastro de Inadimplentes – Órgãos Federais, FGTS, RAIS e apuração de renda formal.

Cada unidade habitacional mede 44,48 metros quadrados e é composta por uma sala, dois quartos, uma cozinha e um banheiro. O empreendimento conta com área de lazer para crianças, salões para festas, quadras esportivas e academia para a terceira idade.

Durante a assinatura do termo para recebimento das chaves, os moradores também devem receber um kit contendo um manual de orientação para os proprietários.

(Prefeitura de Fortaleza)

Prefeito e ministro das Cidades vão entregar Residencial no Ancuri

rcccc

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) retorna, neste fim de semana, de temporada de férias na Europa. Já na segunda-feira, às 9h30min, ele terá compromisso tendo ao lado o ministro das Cidades, Bruno Araújo. Por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor), os dois vão entregar as chaves para 2.032 famílias que foram contempladas com moradias no Residencial Alameda das Palmeiras, no Ancuri.

Será a entrega da primeira etapa do Residencial construído com recursos financiados pelo Banco do Brasil, por intermédio do Programa Minha Casa, Minha Vida/ Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) e aporte da Prefeitura de Fortaleza. O total do investimento é de R$ 364.522.795.

As unidades habitacionais correspondem ao sorteio realizado em dezembro de 2015. As famílias passaram por etapas de avaliação quanto aos critérios do Programa, verificação do Cadastro Único, cruzamento de dados no Sistema Integrado de Administração do Crédito Imobiliário, Cadastro de Inadimplentes – Órgãos Federais, FGTS, RAIS e apuração de renda formal.

Cada unidade habitacional mede 44,48 m² e é composta por uma sala, dois quartos, uma cozinha e um banheiro. O empreendimento conta com área de lazer para crianças, salões para festas, quadras esportivas e academia da terceira idade.

(Foto – Divulgação)

Ao som do forró, ministro e prefeito vão entregar casas no Ancuri

foto RC prefeito

Remarcada para o próximo dia 12 a entrega de 2.034 unidades habitacionais do Residencial Alameda dos Palmares (Ancuri). A informação é da área de comunicação do Paço Municipal. O evento, que ocorreeria nesta quinta-feira, sofreu adiamento por conta de agenda.

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, e o prefeito Roberto Cláudio (PDT) comandarão o ato. As unidades habitacionais fazem parte do Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal.

DETALHE – A cerimônia será animada pelo forrozeiro Diassis Martins.

(Foto – Divulgação)

 

Prefeito fecha em Brasília agenda com ministro das Cidades

FORTALEZA, CE, BRASIL, 30-10-2015: Roberto Cláudio, prefeito de Fortaleza. Prefeito Roberto Cláudio, se reúne com corretores da Construção Civil, promovido pela Lopes Immobilis, para discutir o Plano Diretor da Cidade. (Foto: Mauri Melo/O POVO) *** Local Caption *** Publicada em 31/12/2015 - CD 02

O Túnel Prefeito Juraci Magalhães será entregue, na manhã da próxima segunda-feira, pelo prefeito Roberto Cláudio (PDT) e pelo ministro Bruno Morais (Cidades). Fica na avenida Padre Antônio Tomás e deve amenizar trânsito na região.

Nesta quinta-feira, o prefeito está em Brasília para audiência com Bruno Morais, quando tratará também da liberação de 1.700 casas para atender às famílias da Comunidade Alto da Paz.

Roberto Cláudio também quer incluir na agenda do ministro a entrega de unidades do Residencial Alameda dos Palmares, no bairro Ancuri.

 

Defensoria Pública promove debate sobre Comunidade Vila Vicentina

comunidade-vilavicentina1

Das 42 casas, dez foram desocupadas.

A Defensoria Pública do Estado, através do seu Núcleo de Habitação, promoverá nesta quarta-feira, a partir das 9 horas, em sua sede, um debate sobre Zonas Especiais de Interesse Social (Zeis).

Hora de discutir principalmente o caso da Comunidade Vila Vicentina, que teve oito moradias demolidas. Há uma peleja judicial envolvendo a área dessa vila tradicional de Fortaleza, mas encravada num pedaço valioso para o mercado imobiliário.

(Foto: Tatiana Fortes)

Ministro vem entregar unidades habitacionais em Fortaleza

bruno-araujo-787x500

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), vão entregar, às 9h30min da próxima segunda-feira, as chaves para 2.032 famílias que foram contempladas com moradias no residencial Alameda das Palmeiras (Bairro Ancuri).

As unidades foram construídas com recursos do Banco do Brasil, por intermédio do Programa Minha Casa, Minha Vida/ Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) e aporte da Prefeitura. O total do investimento é de R$ 364.522.795.

As unidades habitacionais correspondem ao sorteio realizado em dezembro de 2015. As famílias passaram por etapas de avaliação quanto aos critérios do programa, verificação do Cadastro Único, cruzamento de dados no Sistema Integrado de Administração do Crédito Imobiliário, Cadastro de Inadimplentes – Órgãos Federais, FGTS, RAIS, apuração de renda formal.

Unidades

Cada unidade habitacional mede 44,48 m² e é composta por uma sala, dois quartos, uma cozinha e um banheiro. O empreendimento conta com área de lazer para crianças, salões de festa, quadras esportivas e academia da terceira idade.

 

 

Audiência discute alterações em regras do programa Minha Casa, Minha Vida

A Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados realiza nesta quarta-feira (23) audiência pública para debater novas exigências para a concessão de operações de crédito do programa Minha Casa, Minha Vida com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O deputado Mauro Mariani (PMDB-SC), que sugeriu a audiência, quer discutir as regras divulgadas nos últimos meses em portarias do Ministério das Cidades e em instruções normativas da Caixa Econômica Federal.

Foram convidados para a audiência a secretária nacional de Habitação do Ministério das Cidades, Maria Henriqueta Arantes; o secretário da Associação Comercial de Joinville – Núcleo de Construção Civil, Julcimar Taylor Sevegnani; o presidente da Associação dos Construtores do Estado de Goiás, Delermond Dias Marques; além de representantes da Caixa Econômica Federal, do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Paraná (Sinduscon-PR) e da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic).

(Agência Câmara Notícias)

Prefeitura convoca sorteados do Conjunto Alameda das Palmeiras para assinar os contratos

A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor) está convocando os 2.032 sorteados para receber unidades do conjunto Alameda das Palmeiras para assinatura do contrato com o Banco do Brasil. Este é o último passo antes do recebimento das chaves. A assinatura ocorrerá nos dias 9 e 10 deste mês, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas, no Ginásio Paulo Sarasate.

Os beneficiários já tiveram os dossiês analisados e aprovados pelo Banco do Brasil (BB) e realizaram a vistoria dos apartamentos, no último mês de setembro – um pré-requisito para o recebimento das unidades habitacionais.

O atendimento será realizado por turno e em ordem alfabética. Os usuários precisam levar CPF e RG. Caso o dossiê tenha sido assinado com o cônjuge, é necessário que este compareça novamente. Em caso do dossiê assinado via procuração, também é necessária a assinatura do procurador.

As unidades habitacionais correspondem ao sorteio realizado em dezembro de 2015. As famílias passaram por etapas de avaliação quanto aos critérios do Programa, verificação do Cadastro Único, cruzamento de dados no Sistema Integrado de Administração do Crédito Imobiliário, Cadastro de Inadimplentes – Órgãos Federais, FGTS, RAIS, apuração de renda formal. Todo material coletado produziu os dossiês que foram encaminhados ao Banco do Brasil.

SERVIÇO

* Ginásio Paulo Sarasate – Rua Ildefonso Albano, 2050 – Dionísio Torres.

*Ma\is Informações – 3488-3384