Arquivos da categoria: Música

Luiz Gonzaga – São João

Banda Sinfônica da Uece vai comemorar 11 anos de existência com espetáculo gratuito no TJA

O Theatro José Alencar receberá, às 19h30min da próxima terça-feira, a Banda Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará. Em apresentação gratuita e aberta ao público, o grupo promete emocionar a plateia com composições de Giuseppe Verdi, Alexej Lebedev, Christian Pinheiro, Samuel Barber e Nicolai Riminsky-Korsakov.

Sob a regência e coordenação do maestro e professor Marcio Spartaco Landi, a Banda Sinfônica da Uece chega, neste 2017, aos seus 11 anos de existência, com mais de 30 integrantes, o que merece festa com o povo.

Veja a programação:

Giuseppe VERDI
Abertura “La forza del Destino”
(arranged by Christiaan Janssen)

Alexej LEBEDEV
Concerto in One Movement
(arranged by Allen Ostrander)
Solista: Caio Ramires Cepp

Christian PINHEIRO
Suite Maestro Dermival
I. Marcha II. Valsa III. Baião

Samuel BARBER
Adagio

Nicolai RIMINSKY-KORSAKOV
Capriccio Espagnol
(arranged by Frank Winterbottom)

Fábio Carneirinho fatura três prêmios nacionais interpretando músicas católicas

O cantor, compositor e instrumentista caririense Fábio Carneirinho foi um dos grandes destaques do Troféu Louvemos ao Senhor, a maior premiação católica do Pais. Foi indicado em cinco categorias e venceu três.

Entre os destaques, o CD “O Pregador e o Sanfoneiro”, onde Fábio Carneirinho interpreta músicas do Padre Zezinho.

Aliás, Fabio está se tornando conhecido em todo o país com o trabalho voltado para o lado religioso.

(Blog do Flávio Pinto News)

Aviões do Forró – To limpando você da minha vida

Banda de Música do Piamarta vai comemorar 45 anos

O Centro Educacional da Juventude Padre João Piamarta vai comemorar os 45 anos de sua banda de música batizada com o nome de “Dona Luíza Távora” (era a mulher do ex-governador Virgílio Távora e que em vida foi benemérita do estabelecimento).

A cerimônia ocorrerá no dia 1º de julho próximo, a partir das 18 horas, com um concerto no Cineteatro São Luiz. A regência é do maestro Rômulo Santiago.

(Foto – Divulgação)

Crato comemora seus 253 anos de emancipação ao som do forró elétrico

O município do Crato (Região do cariri) chega, nesta quarta-feira (21), aos 253 anos de emancipação política. Para comemorar a data, o prefeito Zé Aílton Brasil dará, nesta noite, uma grande festa para a população, no Largo da RFFSA, com a apresentação das bandas Forró Real e Tico do Crato & Garota Vip.

Vai ser forró até o sol raiar. Bom lembrar que amanhã é feriado no Crato.

(Blog do Flavio PintoNews)

Orquestra Filarmônica do Ceará fará o show Tributo a Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira

A Orquestra Filarmônica do Ceará, regida diretor e maestro Gladson Carvalho, fará um tributo a Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira, a partir das 19h30min desta quinta-feira, no Teatro José de Alencar. A apresentação conta ainda com a participação do músico Freitas Júnior no acordeon.

A OFCE surgiu em maio de 1998, em reunião na casa da mãe de seu criador, o maestro Gladson Carvalho. Com intuito de reunir os melhores músicos do Ceará em um trabalho ousado, promovendo formação de plateias, laboratório profissionalizante, geração de trabalho e renda para cerca de 70 profissionais da música.

Atualmente com 19 anos, a OFCE tem trilhado um caminho desafiador para continuar existindo. A sensibilização dos empresários é urgente, a fim de que esse projeto continue semeando talentos e colhendo maravilhosos frutos em prol da harmonia entre corpo e espírito.

Freitas Filho

Freitas Filho, nascido e criado em Fortaleza, desde os 14 anos tem a sanfona como instrumento único e de trabalho, por conta do bom gosto e conhecimento musical de seu pai. Já tocou com artistas de nível nacional como Dominguinhos, Elba Ramalho, João Claudio Moreno, Fagner, Beto Barbosa, Neo Pineo, Flávia Venceslau, Fausto Nilo, Marcos Lessa, Flávio Leandro, entre outros.

Faz parte como solista na Orquestra Sanfonas do Ceará. É aluno e faz parte do grupo do consagrado Tarcísio Sardinha. Tem na sua sanfona o sertão e o jazz lado a lado, e hoje aos 20 anos tem um trabalho solo tocando o que há de melhor na música Brasileira.
Apoio

O evento é apoiado pelo Governo do Estado do Ceará, Teatro José de Alencar, Orquestra Filarmônica do Ceará e D&E Entretenimento.

SERVIÇO

*Teatro José de Alencar – Centro

*Ingressos – R$15 (meia) | R$30 (inteira) – Venda na Bilheteria do TJA.

(Foto – Divulgação)

Evoé, Chico Buarque!!

Com  o título “Evoé, Chico!”, eis artigo do juiz estadual, professor e escritor Mantovanni Colares. Ele festeja os 73 anos de vida do cantor e compositor Chico Buarque de Holanda, mas destacando o escritor. Confira:

Francisco Buarque de Holanda completa 73 anos de idade hoje, dia 19 de junho. E não quero falar do Chico por demais conhecido e suas marcantes canções, muitas delas incorporadas ao nosso patrimônio sentimental. Talvez porque eu ainda esteja sob a emoção da leitura de seu mais recente romance, “O Irmão Alemão” (2014), cuja última página foi por mim dobrada com um nó na garganta, lágrimas na antessala dos olhos, a mostrar que Chico está cada vez mais íntimo das palavras que são seu universo; talvez por isso eu deva falar desse Chico atual, o Chico em seu mais alto grau de maturidade, a produzir, escrever, compor, esse Chico que em 2011 nos legou um trabalho insuperável, em total e exclusiva homenagem à mulher – o CD “Chico” debulha, ao longo de todas as músicas, fortes alegorias do amor entre o homem e a mulher –, seja o amor traiçoeiro (Querido Diário), o amor roubado (Rubato), o amor juvenil (Essa Pequena), O amor fora de hora (Tipo um Baião), o amor inevitável (Se eu Soubesse), o amor melancólico (Sem Você nº 2), o amor malandro (Sou Eu), o amor virtual (Nina), o amor na memória (Barafunda) ou o amor impossível (Sinhá).

Entretanto, falar em Chico é também viajar no tempo, inevitavelmente. Por exemplo, Chico compôs “Sonho de um Carnaval” com 20 anos de idade (a canção é de 1965) e a inscreveu no I Festival Nacional da Música Popular Brasileira, mas a canção sequer ficou entre as cinco primeiras músicas, sendo que a vencedora foi “Arrastão”, de Edu Lobo e Vinicius de Moraes, como lembra Wagner Homem no melhor livro até hoje escrito sobre cada música do universo buarqueano (“Histórias de Canções: Chico Buarque”, da Editora Leya). Naquela distante década, mesmo ainda muito moço, Chico já sinalizava que, para bem compreender sua obra, impõe-se estar atento aos detalhes.

O samba fala, por óbvio, de um sonho de carnaval, no qual todos estariam irmanados no mesmo sentimento de solidariedade e paz, embora o desejo se encerre na quarta-feira de cinzas, e ainda assim a esperança permanece. O detalhe é o do verso final: “Que gente grande saiba ser criança”. Reparem: “saiba ser”; não é “volte a ser” (impossível) ou “seja” (fica ridículo substituir-se por algo que se não é). “Saiba ser” significa seja adulto, mas também saiba ser criança, saiba aproveitar o bafejo do sol amanhecendo e inundar os olhos com a brancura da lua que surge. “Saiba ser criança” é não guardar rancor, como há muito nos ensinava José Saramago ao dizer que “(…) não há rancor nas crianças, é o que as salva” (“A Jangada de Pedra”, da Editora Companhia das Letras). “Saiba ser” é sabedoria.

Há mais de cinquenta anos, Chico nos indicava o necessário cuidado ao ouvir suas canções. E para nossa sorte e privilégio, o Chico com seus 73 anos continua a compor; dizem por aí que ele está às voltas com a música, mastigando composições, em possível gestação de um CD para o ano próximo. Portanto, nós é que somos presenteados pelo aniversariante, pois certamente ainda haveremos de desfrutar em largos afetos da obra desse Artista Brasileiro. Evoé, Chico!

*Mantovanni Colares,

Juiz estadual, professor e escritor, lembrando que “evoé!” é um grito festivo, a saudar o deus do vinho (Dioniso para os gregos e Baco para os romanos), utilizado por Chico em “Paratodos” (1993), ao homenagear os grandes compositores e cantores da música brasileira: “Evoé, jovens à vista”.

XII Festival de Inverno da Meruoca chega ao fim em clima de sucesso

Edu Assaf, o grande vencedor, recebendo premiação das mãos do prefeito de Meruoca.

O XII Festival de Inverno da Serra da Meruoca, na cidade serrana de Meruoca (Zona Norte), chegou ao fim nesse fim de semana. Desde quinta-feira, o festival apresentou sua tradicional mostra competitiva de música, reunindo grande público no Estádio Municipal para acompanhar e conhecer os trabalhos de músicos, compositores e intérpretes cearenses e de outros estados do Brasil.

Na ocasião, foram divulgados os vencedores do certame:

1º – Dá-me a Ti – Edu Asaf (Sobral-CE)
2º – Casa dos Viajantes – Zebeto Corrêa (Belo Horizonte – MG)
3º – Prece – Eudes Fraga (Pedra Branca – CE)
Música de aclamação popular – Forró do Luiz – Cumpade Barbosa
Melhor intérprete: Lúcio Ricardo (Pedra Branca–CE)

As músicas vencedoras foram agraciadas com as premiações: 1.º lugar – R$ 8.000,00 (Oito mil reais) e troféu; 2.º lugar – R$ 5.000,00 (Cinco mil reais) e troféu; 3.º lugar – R$ 3.000,00 (Três mil reais) e troféu;Música de aclamação popular: R$ 1.500,00 (Hum mil e quinhentos reais) e troféu e Melhor intérprete: R$ 1.500,00 (Hum mil e quinhentos reais) e troféu.

Após a premiação, o palco recebeu o show do cantor Raimundo Fagner. A noite também reservou surpresa às 20 mil pessoas presentes. Juntos, Fagner e Guilherme Arantes dividiram o palco cantando músicas de seus repertórios e prestando homenagem também ao cantor Belchior.

(Foto – Airton Bastos)

Nova geração do jazz se apresenta hoje na Praia de Iracema

Dois músicos da nova cena jazzística do Nordeste se apresentam neste domingo (18), a partir das 19h, no Café Couture, na Praia de Iracema. A cantora potiguar Bruna Hetzel e o pianista pernambucano Amaro Freitas realizam show especial, com standards do jazz e clássicos da bossa nova, em um encontro que também contará com os músicos cearenses do Por um Trio, Hermano Faltz (guitarra), Iury Batista (contrabaixo acústico) e André Benedecti (bateria) como convidados especiais. O show tem apoio do projeto Ceará Jazz Series.

“O show deste domingo vai ter um repertório com clássicos do jazz e da bossa nova, a partir das convergências entre as vivências minha e do Amaro, além dos músicos cearenses maravilhosos, do Por um Trio”, antecipa Bruna Hetzel, prometendo também duas composições dela e duas de Amaro Freitas.

SERVIÇO

Show “Bruna Hetzel, Amaro Freitas e Por Um Trio- ‘Jazz Costa Nordeste'”. O trio é composto por Hermano Faltz (guitarra), Iury Batista (contrabaixo acústico) e André Benedecti (bateria). Neste domingo, 18/6, às 19h, no Café Couture (Rua dos Tabajaras, 554, Praia de Iracema). Couvert artístico: R$ 7,00. Informações: 99913-3819 / Facebook Café Couture.

Banda cearense canta The Beatles em homenagem aos 75 anos de McCartney

O ex-Beatle Paul McCartney completa neste domingo (18) 75 anos de idade. Para comemorar a data, um grupo de artistas cearenses canta sucessos da banda inglesa e da carreira solo do cantor, neste sábado (17), a partir das 19 horas, no Centro Cultural Banco do Nordeste, no Centro de Fortaleza, com entrada franca e direito a bolo de aniversário.

Na voz de Lorena Nunes, o grupo tem ainda Luciano Franco (guitarra semiacústica e direção musical), Tito Freitas (piano), Luis Hermano Bezerra (contrabaixo acústico) e Adriano Azevedo (bateria).

Cantora Solange Almeida dá pausa na agenda junina neste feriado religioso

Quem está descansando em Fortaleza, neste feriado religioso, é a cantora Solange Almeida. Ela chegou nas últimas horas de Pernambuco, onde cumpriu agenda de shows em várias festas juninas

Mas, já neste fim de semana, a cantora já estará de novo em giro junino pelo Nordeste. Solange, agora em carreira solo (ex-Aviões do Forró), diz viver um grande momento de sua carreira.

Com razão. Olha só os fãs em torno dela, quando desembarcava no Aeroporto Internacional Pinto Martins…

(Foto – Paulo MOska)