Arquivos da categoria: Política

Joesley Batista diz que vai processar Temer, jornalistas e apresentadores de TV

O empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS, vai processar o presidente Michel Temer e alguns jornalistas e apresentadores de TV que o xingam publicamente. Quem revela é Mônica Bergamo, em sua coluna na Folha de S. Paulo desta quinta-feira.

As indenizações que ele, por acaso ganhar, serão destinadas a instituições filantrópicas.

Joesley foi chamado por Temer de “bandido confesso”  seus assessores de “capangas”. Aliás, o presidente  já processa o empresário.

Ato contra sentença de Moro na Avenida Paulista terá Lula e Dilma

Movimentos sociais, centrais sindicais, organizações de negros e mulheres e partidos políticos do campo progressista promoverá nesta quinta-feira, na avenida Paulista, em São Paulo, em “defesa da democracia, do ex-presidente Lula, contra as reformas trabalhista e da Previdência, por eleições diretas já, contra a volta da fome, e pelo ‘Fora Temer'”. O ato está marcado para as 17 horas, em frente ao Museu de Artes de São Paulo (Masp). O ex-presidente Lula deve participar da manifestação.

Condenado em primeira instância pelo juiz Sergio Moro, o ex-presidente pode ser tornar inelegível e ficar fora da disputa eleitoral de 2018 caso a sentença seja confirmada em segunda instância.

“Será um ato em defesa da democracia. Entendemos que uma eleição sem Lula é uma fraude”, afirmou Douglas Izzo, presidente da CUT-SP, após sair da reunião realizada na sede estadual do Partido dos Trabalhadores (PT). “Precisamos mostrar para o povo que a condenação do Lula faz parte do jogo político dos golpistas. Primeiro foi a retirada do mandato da Dilma sem crime de responsabilidade, e agora a nova fase do golpe é inviabilizar a candidatura do principal candidato. O ato do dia 20 é para colocar esse debate na sociedade.”

(Com Agências)

Sinpol/CE ingressará com uma ação judicial contra a mensagem da Média Salarial do Nordeste

Enquanto a Polícia Militar contou com a justa Média do Nordeste, a Polícia Civil conta com uma média manipulada, longe de representar algum ganho real, uma vez que até mesmo o aumento linear foi retirado na mensagem votada na Assembleia Legislativa.

A reclamação é do Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Ceará (Sinpol/CE), que promete ingressar com uma ação judicial questionando a constitucionalidade do art 2° da lei, entendendo que o referido reajuste não pode ser utilizado como antecipação do linear, o qual é um direito assegurado a todo o conjunto de servidores públicos.

“Temos uma categoria totalmente desmotivada, com uma evasão em média de quatro policiais civis que pedem exoneração, por semana. Atualmente a Polícia Civil possui quase 150 policiais a menos que o efetivo do início da gestão do governador Camilo Santana, mesmo após a chamada de três frações da primeira turma do concurso. Ou seja, está saindo muito mais policiais do que entrando”, apontou a vice-presidente do Sinpol Ceará, Ana Paula Cavalcante.

“O Governo foge das suas responsabilidades, onde durante a campanha eleitoral foi assinada uma carta compromisso com escrivães e inspetores, prometendo o reconhecimento do nível superior e a correção das distorções salariais com relação aos delegados. Entretanto, o que durante o atual governo, o fosso salarial se transformou em um verdadeiro abismo, tamanha a distorção criada a partir da aprovação da carreira jurídica. Os delegados merecem, sim, tal reconhecimento, mas o que não admitimos é essa desproporção salarial gigantesca que não encontra paralelo em nenhuma unidade federativa do país”, completou a vice-presidente do Sinpol.

Parlamentares que votarão novo Refis devem R$ 533 milhões

Senadores e deputados federais que devem à União R$ 532,9 milhões serão os responsáveis por aprovar o texto do novo Refis – programa de parcelamento de débitos tributários e previdenciários concedido com descontos generosos de juros e multas.

O governo enviou uma proposta ao Congresso, em janeiro, com a expectativa de arrecadar R$ 13,3 bilhões neste ano, mas a medida foi alterada pelos parlamentares, derrubando a arrecadação para R$ 420 milhões. A nova versão pretende perdoar 73% da dívida a ser negociada.

Os dados da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), responsável pela gestão da dívida ativa, foram obtidos pelo Estadão/Broadcast por meio da Lei de Acesso à Informação. O valor inclui dívidas inscritas nos CPFs dos parlamentares, débitos nos quais eles são corresponsáveis ou fiadores e o endividamento de empresas das quais são sócios ou diretores.

(Com Agências)

Deltan Dallagnol dará palestra na Federação das Indústrias do Ceará

O procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, dará palestra, a partir das 18h30min desta quinta-feira, no auditório da Federação das Indústrias do Ceará. Ele falará sobre a operação dentro do projeto Idéias em Debate, que a Fiec vem promovendo ao longo deste ano para discutir cenários do Brasil.

Graduado em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e mestre em Direito pela Harvard, Dallagnol é especialista em crimes contra o sistema financeiro nacional e lavagem de dinheiro. O procurador foi aquele que, nacionalmente, expôs um power point apontando o ex-presidente Lula como chefe da quadrilha que dilapidou a Petrobras.

SERVIÇO

*O evento é gratuito e ocupará o auditório da Fiece, que fica na Casa da Indústria (Avenida Barão de Studart, 1980 – Aldeota). Inscrições podem ser feitas neste link: http://bit.ly/2u9YCQ3.

Bradesco ganha licitação e vai gerenciar folha de pagamento da Assembleia Legislativa

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quinta-feira:

A folha de pagamento da Assembleia Legislativa mudou de gerente. Ou melhor, saiu do controle do Banco do Brasil e passa, a partir de agora, para o Bradesco que, no Estado, já responde pela conta do Executivo.

O banco, que ganhou pregão, vai administrar a folha até 24 de julho de 2022, com desembolso de R$ 10,4 milhões pelo serviço, podendo explorar crédito consignado para servidores, pagamento de taxas pelos clientes, etc.

São 6.224 servidores (entre deputados, efetivos, comissionados, função comissionada, assessoramento parlamentar, aposentados e pensionistas), o que dá uma folha bruta – dados de maio – da ordem de R$ 24.620.721,83.

Um filezão, sem dúvida, para os dois.

Quebra de sigilo telefônico expõe relações de Cunha com membros do STJ, TCU e CNJ

Relatório inédito da Procuradoria-Geral da República sobre a quebra do sigilo telefônico do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) detectou conversas com autoridades do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Tribunal de Contas da União (TCU) e Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

A análise, que está sob sigilo, abrangeu o período de 2012 a 2014 e foi autorizada pela Justiça Federal do Rio Grande do Norte para trazer elementos às investigações em curso no estado. Os dados foram considerados relevantes pelos investigadores porque mostram o trânsito de Cunha com autoridades do Judiciário.

Cunha manteve sete contatos telefônicos – entre telefonemas e mensagens de texto – com um celular do gabinete do ministro do STJ Benedito Gonçalves – que, assim como o ex-parlamentar, também é do Rio de Janeiro. Em relação ao TCU, o ex-deputado manteve 32 contatos telefônicos por mensagem de texto com Bruno Dantas, sendo sete contatos depois que ele se tornou ministro da Corte – antes, Dantas era consultor legislativo no Senado.

Cunha ainda fez oito contatos telefônicos com José Múcio Monteiro,outro ministro do TCU, e 15 contatos com um servidor do órgão chamado Wilson Carlos Ferreira Valente. Em relação ao CNJ, de acordo com o relatório, Cunha manteve 11 contatos telefônicos com o advogado Emmanoel Pereira, na época conselheiro do órgão. Ele também é filho do atual vice-presidente do TST, Emmanoel Pereira.

(Com Agências)

Juiz manda afastar prefeito, primeira-dama e secretários de Reriutaba

O juiz Raynes Viana de Vasconcelos, da Comarca de Reriutaba, determinou, na quarta-feira (19/07), o afastamento do prefeito daquele município, Osvaldo Honório Lemos Neto, da primeira-dama, Gizelli Lopes e Silva, de secretários municipais e servidores. Além disso, determinou o bloqueio de mais de R$ 1,7 mi deles por fraudes em contratos de emergência. A decisão foi proferida em sede de liminar. A informação é da assessoria de imprensa do Ministério Público Estadual.
De acordo com o Ministério Público do Ceará (MP/CE), foram ajuizadas três ações de improbidade pelo promotor Ítalo de Souza Braga, em parceria com grupo especial de trabalho formado por membros do órgão ministerial.
Ainda segundo o MP-CE, o prefeito Osvaldo Honório deixou de adotar medidas essenciais, dando causa a uma situação emergencial e calamitosa nos serviços de coleta de lixo e no fornecimento de medicamentos.
Com a edição de decreto emergencial, o gestor realizou processos de dispensa de licitação com irregularidades. Com relação a contratos de assessoria de contabilidade, nem mesmo existia a emergência declarada, pois o município já contava com servidores para a execução contábil.
Afastados
Foram afastados os secretários Gizelli Lopes e Silva (por nepotismo e por não possuir qualificação específica para o cargo), Antônia Célia Lemos Alves, Francisco Wellington Pinto, Daniel Memória, Glaydson Gomes, e os servidores José Vilemar e Jardel Soares. Também foram bloqueados automóveis e imóveis pertencentes aos envolvidos. Se condenados, sofrerão perda do cargo público, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa civil e proibição de contratar com o Poder Público ou deste receber benefícios.
Irregularidades
O MP-CE alegou que na contratação de serviço de coleta de lixo, conduzida pelo secretário de infraestrutura Daniel Martins Memória, houve irregularidades e fraudes tanto no processo de dispensa como na execução e pagamento dos serviços, além de direcionamento do contrato para a empresa ECO LOC, que começou a prestar serviço antes mesmo do início do processo de dispensa da licitação. A referida empresa pertence a José Emídio Memória Júnior, primo do próprio secretário.
No que diz respeito ao contrato de fornecimento de medicamentos, segundo o órgão ministerial, houver direcionamento do contrato em favor da empresa D&V, pertencente à Maria Derlange Maia, participante ostensiva da campanha eleitoral do prefeito. Além disso, a referida empresa forneceu medicamentos antes mesmo da finalização do processo de dispensa.
Sobre serviços de assessoria de contabilidade, segundo o MP-CE houve direcionamento na contratação da empresa PUBLICONT, pertencente a Manoel Tomás de Aquino Neto, cujo funcionário já havia prestado serviços para o prefeito em outro momento. Além disso, outro funcionário da empresa assinou proposta representando uma empresa concorrente durante a dispensa licitatória.
Outro lado
A Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Reriutaba informou que deve ser divulgada nota a respeito nas próximas horas.

Defesa de Lula diz que decisão que bloqueou contas do ex-presidente é ilegal

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva considerou “ilegal” e “abusiva” a decisão do juiz Sérgio Moro, responsável pelos inquéritos da Lava Jato na primeira instância, de bloquear R$ 606 mil das contas bancárias do petista, além de determinar o sequestro e arresto de três apartamentos, um terreno e dois carros.

Em nota, assinada pelos advogados Cristiano Martins e Valeska Martins, a defesa disse que vai recorrer da decisão. “Somente a prova efetiva de risco de dilapidação patrimonial poderia justificar a medida cautelar patrimonial. O Ministério Público Federal não fez essa prova, mas o juízo aceitou o pedido mais uma vez recorrendo a mera cogitação”, diz trecho do comunicado.

A defesa do ex-presidente ainda fez críticas a Moro, que para os advogados, manteve o pedido e a decisão sob sigilo. “A decisão é de 14/07, mas foi mantida em sigilo, sem a possibilidade de acesso pela defesa — que somente dela tomou conhecimento por meio da imprensa, que mais uma vez teve acesso com primazia às decisões daquele juízo. A iniciativa partiu do Ministério Público Federal em 04/10/2016 e somente agora foi analisada. Desde então, o processo também foi mantido em sigilo. A defesa irá impugnar a decisão”, disseram os advogados.

O bloqueio, de acordo com os advogados de ex-presidente, prejudicará a subsistência de Lula e da familia dele. “É mais uma arbitrariedade dentre tantas outras já cometidas pelo mesmo juízo contra o ex-presidente Lula”.

Em nota, o PT considerou a decisão de Moro “mesquinha” e que trata-se de uma “vingança” contra um inocente. “Depois de condenar o ex-presidente Lula sem provas, de propagar mentiras e contradizer sua própria sentença, o juiz Sérgio Moro decidiu agora vingar-se de um inocente. Ao bloquear os bens de Lula, Moro decretou uma pena de asfixia econômica que priva o ex-presidente de sua casa, dos meios para subsistir e até para se defender das falsas acusações”, afirmou o PT.

“Foi uma decisão mesquinha, tramada em segredo ao longo de nove meses com a força-tarefa de Curitiba, e concluída após a forte reação da sociedade e do mundo jurídico à sentença injusta no caso do tríplex”, diz outro trecho da nota divulgada pelo PT.

(Agência Brasil)

Sem Tasso, PSDB discute reforma política no Ceará

Sem a presença do presidente nacional do partido, o senador cearense Tasso Jereissati, o PSDB debate nesta quinta-feira (20), em Quixadá, no Sertão do Ceará, a 167 quilômetros de Fortaleza, as propostas de reforma política em tramitação no Congresso Nacional.

Os tucanos ainda avaliarão a organização do partido para as eleições de 2018. O encontro terá à frente o presidente regional Luiz Pontes e o presidente municipal Zé Nilson (Quixadá) e contará ainda com as presenças do deputado federal Raimundo Gomes de Matos, do deputado estadual Carlos Matos e dirigentes tucanos nos municípios de Banabuiú, Choró, Dep. Irapuan Pinheiro, Ibaretama, Ibicuitinga, Milhã, Mombaça, Pedra Branca, Piquet Carneiro, Quixadá, Quixeramobim, Senador Pompeu e Solonópole.

SERVIÇO

Encontro regional do PSDB

Local: CDL Quixadá

Data: 20 de Julho (Quinta-feira)

Horário: 19h

Doria se diz “enxovalhado” por Ciro Gomes

A queixa-crime que o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), registrou contra Ciro Gomes traz um ponto que ainda não foi tornado público, informa a Coluna Radar, da Veja Online.

A peça destaca as declarações de Ciro Gomes, pré-candidato a presidência da República, “que extrapolam ‘em muito’ o seu direito à liberdade de expressão e manifestação do pensamento”.

Os advogados reclamam que, há três meses, Doria “vê seu nome e sua honra sendo enxovalhados” pelo ex-governador do Ceará. “Farsante”, “despreparado” e “engomadinho” foram algumas das ofensas dirigidas pelo pedetista ao tucano.

Além disso, para Ciro, o “farsante” Doria, ao chefiar a Embratur no governo Sarney, “saiu debaixo de muitas irregularidades e foi violentamente criticado por uma propaganda do turismo brasileiro com bundas de mulher na praia, estimulando claramente o turismo sexual”.

Vem aí o VIII Encontro da Criança e do Adolescente do Ceará

Estão abertas as inscrições para o VIII Encontro da Magistratura, do Ministério Público e da Defensoria Pública da Criança e do Adolescente do Ceará. O evento ocorrerá nos dias 31 de agosto e 1º de setembro, das 8 às 17h30min, na sede do Tribunal de Justiça do Ceará. É destinado a juízes, promotores de Justiça e defensores públicos, informa a assessoria de imprensa do TJCE.

O evento é uma realização do Tribunal de Justiça, Ministério Público do Ceará e Defensoria Pública Geral do Estado; com apoio da Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ) do TJCE, Associação Cearense de Magistrados (ACM), Esmec, Prefeitura de Fortaleza, Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará e de empresa particular. A programação contará com palestras sobre o sistema socioeducativo e eixo protetivo. Além disso também haverá apresentação de boas práticas, mesa redonda e debates.

SERVIÇO

*Os interessados deverão fazer inscrição junto à Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec), pelo e-mail esmec@tjce.jus.br ou telefone 85 3218-6188. O solicitante deve informar nome completo, e-mail, cargo/função, comarca de origem e telefone de contato.

*Mais informações com pelo telefone 85 3207.7952 (CIJ).

*Veja a programação aqui.

MEC libera R$ 273,43 milhões para instituições federais

O Ministério da Educação (MEC) liberou R$ 273,43 milhões para manutenção, custeio e pagamento de assistência estudantil a instituições federais. Os recursos contemplam universidades federais e a rede federal de educação profissional, científica e tecnológica.

Desse total, R$ 187,56 milhões foram destinados às universidades federais, incluindo repasses para os hospitais universitários. A rede federal de educação profissional, científica e tecnológica recebeu R$ 82,47 milhões e R$ 3,4 milhões foram repassados ao Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), ao Instituto Benjamin Constant (IBC) e à Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj).

Segundo o MEC, desde o início do ano, foram repassados mais de R$ 4 bilhões para as instituições federais vinculadas à pasta. Tais instituições têm autonomia para aplicação da verba de acordo com suas necessidades.

(Agência Brasil)

Heitor diz que ampliação do Hospitaal de Messejana está com dois anos de atraso

O deputado estadual Heitor Férrer (PSB) cobrou, nesta terça-feira (19), da tribuna da Assembleia, a obra de ampliação do Hospital de Messejana prometido pelo governador Camilo Santana em 2015. Ele disse que o Governo publicou um decreto publicado no dia 10 de julho revogando a decisão, sob a justificativa de falta de recursos.

Essa falta de recursos, de acordo com o parlamentar é resultado de “arruaças do governo com o dinheiro público”. Ele disse que a gestão empregou dinheiro público em obras como o Acquario, Arena Castelão, Centro de Formação Olímpica, Centro de Eventos, compra da Usina de Barbalha e dos tatuzões, deixando prioridades na saudade.

“A ampliação do Hospital de Messejana é necessária para dar condição de atender, de uma maneira mais digna, quem procura esse hospital. Nós lamentamos profundamente que os governantes não estabeleçam as prioridades que melhoram a vida das pessoas”, acentuou o deputado Heitor Férrer que, nos últimos dias, tem usado suas redes sociais para denunciar, em vídeos, mau uso do dinheiro público. Ele visita “obras inacabadas” deixadas pela gestão do ex-governador Cid Gomes principalmente.

Sai dinheiro para emissão de passaportes

O presidente Michel Temer sancionou hoje (19) projeto que libera recursos para emissão de passaportes. A autorização de crédito extra de R$ 102 milhões para o Ministério da Justiça foi aprovada semana passada pelo Congresso Nacional.

Segundo a Casa Civil da Presidência da República, a sanção será publicada amanhã (20) no Diário Oficial da União. Depois da publicação, a verba será liberada assim que Ministério do Planejamento abrir o empenho de recursos e autorizar o repasse ao Ministério da Justiça, que o destinará à Polícia Federal (PF).

Paralisação

De acordo com a Polícia Federal, são realizados 11 mil atendimentos por dia útil para a requisição do documento em todo o país. Como a paralisação já dura três semanas, a demanda não atendida pode superar 150 mil pedidos.

Com orçamento insuficiente para as atividades de controle migratório e emissão de documentos de viagem, a Polícia Federal suspendeu a emissão de novos passaportes na noite do último dia 27. Segundo a PF, o setor atingiu o limite de gastos previstos na Lei Orçamentária da União.

(Agência Brasil)

CCJ da Assembleia acata emenda que extingue TCM e matéria deve ir para votação nesta quinta-feira

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa aprovou, nesta tarde de quarta-feira, o relatório do deputado Osmar Baquit pela admissibilidade da emenda que extingue o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). O placarf: 6 a 1, com voto contrário e em separado da deputada Fernanda Pessoa (PR).

A PEC é de autoria do deputado Heitor Férrer (PSB) e chegou em nova versão. Heitor apresentou uma emenda no fim do ano passado que foi aprovada pelos parlamentares. O presidente do Tribunal de Contas dos Municípios, Domingos Filho, por meio da Associação Nacional dos Tribunais de Contas (Atricon), recorreu e a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, acabou dando liminar que garantiu sobrevida ao TCM.

Com a aprovação da admissibilidade, a emenda deverá entrar em votação nesta quinta-feira.

O governo estadual quer extinguir baseado em questões de economia, mas o presidente do tribunal garante ser “pura perseguição política”. Domingos Filho era aliado do governador Camilo Santana (PT) e dos Ferreira Gomes, mas, por ser acusado de ter fomentado a candidatura de Sérgio Aguiar contra a reeleição do presidente da Casa, Zezinho Albuquerque, acabou se transformando em inimigo político.

DETALHE – Para ser aprovada, a PEC exigirá dois turnos e dois terços dos votos da Casa.

Finep/NE, Sebrae e Senar iniciam discussões sobre parceria em projetos

A gerente da Finep para o Nordeste, Patrícia Aguiar, recebeu, nesta quarta-feira (19), a visita do diretor técnico do Sebrae/CE, Alci Porto, que estava acompanhado do presidente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-Ce) e da Federação da Agricultura do Estado, Flávio Saboya.

O encontro serviu para a apresentação de projetos que vão ser desenvolvidos numa parceria entre esses organismos.
“Esse foi nosso primeiro encontro e espero que possamos concretizar essa parceria para incentivar a tecnologia e a inovação no Ceará e no Nordeste”, disse, na ocasião, a gerente da Finep/NE, Patrícia Aguiar.

A  Finep/Nordeste foi instalada no Ceará no início do mês de julho e tem a previsão de investimentos na ordem de R$ 1 bilhão para este ano.

(Foto – Divulgação)

Temer embarca nesta quinta-feira para a reunião de cúpula do Mercosul na Argentina

O presidente Michel Temer viaja amanhã (20) para Mendoza, na Argentina, onde participa da 50ª Reunião do Conselho do Mercado Comum e Cúpula do Mercosul e Estados Associados. Temer embarcará no fim da tarde desta quinta-feira (20) depois de encerrar sua agenda e volta na sexta-feira (21).

Após a Cúpula de Mendoza, o Brasil deve assumir a presidência pro tempore do Mercosul. Segundo o Itamaraty, o país quer continuar o trabalho realizado pela Argentina, que presidiu o bloco no primeiro semestre deste ano e eliminou diversas barreiras comerciais entre os países que compõem grupo.

O Brasil tentará também concluir os acordos de cooperação entre Mercosul e União Europeia, o Canadá e alguns países da Ásia, como Japão, Coréia do Sul e Índia, entre outros blocos internacionais. A situação da Venezuela também deve ser discutida durante a Cúpula.

Agenda

A viagem à Argentina ocorre em meio a uma agenda intensa da presidência para reforçar o apoio dos partidos da base aliada. Nas últimas semanas, Temer e seus ministros mais próximos têm recebido diversos parlamentares para manter a base alinhada no sentido de impedir o avanço na Justiça da denúncia por corrupção passiva apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra Temer.

Pela manhã, o presidente recebeu, no Palácio do Planalto, o vice-líder do DEM na Câmara, deputado Pauderney Avelino (AM), o senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) e o prefeito de Goiânia, Íris Rezende, considerado o maior líder do PMDB em Goiás.

Segundo a assessoria do prefeito, ele foi convidado por Temer para uma visita “pessoal” na qual deve “reafirmar” o apoio ao presidente em meio à crise política. Em troca, Íris pleiteia recursos para tocar projetos de infraestrutura, pavimentação e moradia na capital goiana.

Ainda hoje devem comparecer ao Palácio o governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, também do PMDB e parlamentares de outros partidos, como o PSB, Podemos e PSL.

(Agência Brasil)

Ministro admite aumento de impostos, diz jornalista Miriam Leitão

Em entrevista para a jornalista Miriam Leitão, em seu programa na GloboNews, o ministro Henrique Meirelles (Fazenda) admitiu aumentar tributos. Essa decisão será tomada nesta tarde de quarta-feira e pode ser anunciada na quinta-feira. O programa estreia, excepcionalmente, às 21h30min desta quarta-feira nessa emissora.

“Quando perguntei se haverá aumento de impostos, o ministro me pareceu mais afirmativo dessa vez”, conta a jornalista, em sua coluna no O Globo. O martelo será batido hoje à tarde porque amanhã será divulgado o relatório bimestral de receitas e despesas.

— Ajuste fiscal a gente sabe que é importante, mas o governo tem que continuar funcionando — disse Meirelles, que busca o equilíbrio das contas públicas.

Moro confisca R$ 606 mil de Lula

Por ordem do juiz federal Sergio Moro, o Banco Central acaba de bloquear R$ 606.727 pertencentes ao ex-presidente Lula. A informação é da Veja Online.

O dinheiro estava depositado em quatro contas bancárias do ex-presidente: R$ 397.636 (Banco do Brasil), R$ 123.831 (Caixa Econômica Federal), R$ 63.702 (Bradesco) e R$ 21.557 (Itaú).

O confisco inclui ainda três imóveis, localizados em São Bernardo do Campo, um terreno e dois automóveis.

Na sentença em que condenou Lula no caso do tríplex, Moro havia exigido o pagamento de R$ 16 milhões. O valor é referente a uma suposta conta da empreiteira OAS com o PT.

“Como já decretado o sequestro e o confisco do apartamento, o valor correspondente deve ser descontado dos dezesseis milhões, restando R$ 13.747.528,00. Cabe, portanto, a constrição de bens do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva até o montante de R$ 13.747.528,00”, escreveu Moro no documento em que pede o confisco.

O pedido de sequestro foi feito pelo Ministério Público Federal em outubro de 2016. O requerimento do MPF incluiu também dona Marisa. A ex-primeira-dama faleceu no dia 3 de fevereiro, e teve sua punição extinta.