Arquivos da categoria: Política

ProUni abre inscrições para bolsas que não foram preenchidas

O Programa Universidade para Todos (ProUni) abriu na noite de hoje (27) as incrições para as bolsas que não foram preenchidas no processo de seleção regular. O cadastro vão até 5 abril para os candidatos que não estão matriculados na instituição de ensino e até 5 de maio para os estudantes já inscritos na instituição em que desejam obter a bolsa.

Podem concorrer professores da rede pública e estudantes que fizeram alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010. O candidato não pode ter nota 0 na redação e precisa ter, no mínimo, 450 pontos na média no Enem. As inscrições serão pelo site do ProUni.

As bolsas integrais são para os candidatos com renda familiar bruta por pessoa de até 1,5 salário mínimo por mês e as bolsas parciais, para os participantes com renda familiar bruta por pessoa de até três salários mínimos. Os professores estão dispensados do critério de renda.

Além disso, o candidato deve ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública, ou em escola da rede particular na condição de bolsista integral da própria escola, ou ser pessoa com deficiência.

A inscrição é gratuita e efetuada exclusivamente pela internet, acessando a página do Prouni no endereço eletrônico http://siteprouni.mec.gov.br. Antes de iniciar a inscrição, o candidato deve se cadastrar no sistema de bolsas remanescentes.

O ProUni oferece a estudantes brasileiros de baixa renda bolsas de estudos integrais e parciais (50% da mensalidade) em instituições privadas de ensino superior. Na primeira edição de 2017, o ProUni ofertou 214.242 bolsas de estudo. As bolsas que não foram preenchidas em nenhuma das chamadas regulares serão ofertadas nesta etapa.

(Agência Brasil)

Guilherme Sampaio quer regulamentar o Uber

O vereador Guilherme Sampaio (PT) vai apresentar, nesta terça-feira, na sessão da Câmara Municipal, um projeto que promete gerar boas polêmicas.

Ele quer regulamentar o transporte particular de passageiros na cidade. Ou seja, abrir vez para o aplicativo Uber e similares.

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) já avisou que é contra.

Meirelles deve anunciar aumento de tributos na quarta-feira

Inicialmente programado para amanhã (28), o anúncio de aumento de tributos poderá ser adiado para quarta-feira (29), disse há pouco o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Segundo ele, a equipe econômica e a Advocacia-Geral da União (AGU) ainda estão avaliando quanto de receita de processos judiciais deve entrar para definir a data do anúncio.

“Estamos esperando algumas informações da AGU e mais umas manifestações judiciais de maneira que a gente possa ter a formatação das previsões de receitas. Hoje em dia, o TCU [Tribunal de Contas de União] exige uma fundamentação muito bem formatada para embasar as previsões de receita. Não é apenas na base do que nós achamos [o quanto o governo arrecadará com os leilões das hidrelétricas]”, disse Meirelles.

O ministro destacou que o prazo legal para o decreto de contingenciamento [bloqueio de gastos não obrigatórios] ser publicado no Diário Oficial acaba na quinta-feira (30). Dessa forma, o anúncio pode ser feito até quarta-feira sem descumprimento dos prazos legais.

Na semana passada, Meirelles e o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, anunciaram que o Orçamento tem uma diferença de R$ 58,2 bilhões em relação ao necessário para cumprir a meta de déficit primário (resultado negativo sem pagar os juros da dívida pública) de R$ 139 bilhões. O montante, informou o ministro, será parcialmente coberto por meio do contingenciamento, da arrecadação com decisões judiciais que sairão esta semana e de possíveis aumentos de tributos.

Em relação aos processos judiciais, o ministro disse que as decisões deverão render R$ 17 bilhões ao governo, o que reduziria o contingenciamento para R$ 41,2 bilhões. Segundo Meirelles, somente a regulamentação dos precatórios (dívidas que a Justiça manda o governo pagar) deverá render R$ 8,6 bilhões ao governo. O dinheiro, segundo ele, entrará no resultado primário do governo ainda este ano.

A devolução da concessão de usinas hidrelétricas, que está sendo julgada pela Justiça, deve render os R$ 8,4 bilhões restantes. Na semana passada, o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, concedeu liminar que mandou a Companhia Energética de Minas Gerais devolver a concessão de uma hidrelétrica à União. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgará esta semana a devolução de outras usinas que também devem reforçar o caixa do governo.

Com o fim das concessões, o governo poderá leiloar novamente as usinas hidrelétricas. As estimativas de quanto a venda renderá ao governo foi feita com base no preço médio do quilowatt-hora no último leilão de renovação de concessões de usinas, em 2015.

O encontro que Meirelles teria com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, para fechar as medidas de corte foi adiado para amanhã, às 16h30. A reunião estava inicialmente prevista para esta tarde.

(Agência Brasil)

Prefeitos têm até quinta-feira para enviar contas mensais ao TCM

Quem alerta é o Tribunal de Contas dos Municípios. Prefeitos têm até a próxima quinta-feira, 30, para enviar ao TCM as prestações de contas referentes ao mês de fevereiro deste ano. Segundo o presidente do tribunal, Domingos Filho, o procedimento está previsto no Calendário de Obrigações Municipais, divulgado no início do ano e disponível em www.tcm.ce.gov.br, na sessão “Orientações”.

As prestações de contas mensais devem conter os balancetes, demonstrativos e a respectiva documentação comprobatória das receitas, despesas e créditos adicionais, bem como o número de todos os processos licitatórios realizados.

Para realizar o envio ao TCM é necessário já ter encaminhado ao órgão a Lei Orçamentária Anual de 2017. A falta desse documento, além de impossibilitar a remessa das contas mensais, pode motivar multa e desaprovação de contas. Além do envio para o TCM, as prestação de contas também devem ser enviadas às respectivas Câmaras Municipais.

Câmara Municipal debaterá o Dia Mundial de Conscientização do Autismo

O Dia Mundial de Conscientização do Autismo, que será comemorado no próximo dia 2 de abril, terá audiência pública na Câmara Municipal de Fortaleza. A iniciativa é do vereador Célio Studart (SD), autor da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Espectro Autista, e ocorrerá quinta-feira (30), às 14 horas, no auditório do legislativo municipal.

Segundo o vereador, o encontro debaterá temas como a ideia de se criar um Centro de Referência de Atendimento ao Autista e, também, fará uma avaliação de como está o atendimento na saúde pública do Município e quais as melhorias devem ser implantadas.

Foram convidados para essa audiência pública representantes das ONGs Casa da Esperança, Fortaleza Azul, ABRACA, Projeto Diferente, Pintando o 7 Azul, TEAamo, além dos médicos Alexandre Aquino, psiquiatra infantil, e Fátima Dourado, psiquiatra e pediatra.

Representantes das secretarias da Saúde de Fortaleza, além de Emerson Damasceno, coordenador da Coordenadoria de Pessoas com Deficiência, e Ricardo Madeiro, presidente da Comissão de Saúde da OAB-CE, também marcarão presença no encontro.

Lobista vai delatar esquema do PSDB de São Paulo

Adir Assad, operador e lobista que promete entregar os caminhos dos desvios de grandes obras das gestões tucanas em São Paulo, assina sua delação premiada nos próximos dias.

A informação é do jornalista Lauro Jardim, no O Globo.

Adutora de engate rápido é reivindicada para garantir abastecimento de Boa Viagem

O primeiro secretário da Assembleia Legislativa, deputado Audic Mota, está reivindicando da Secretaria de Recursos Hídricos do Estado a implantação de uma adutora de engate rápido no açude Umari, situado em Madalena. O objetivo é garantir o abastecimento da cidade de Boa Viagem.

Segundo Audic, a situação nesse município se agravou porque o açude Vieirão, principal responsável por abastecer Boa Viagem, encontra-se seco há dois anos.

A implantação de uma adutora no Umari, distante 30 quilômetros de Boa Viagem, beneficiará aproximadamente 40 mil pessoas, atualmente atendidas por carros-pipas particulares e da Prefeitura Municipal.

Segundo a COGERH, a barragem, construída em 2011, conta hoje com 59,40 % de sua capacidade. O quadro evoluiu após as primeiras chuvas de março deste ano.

CNI apresenta nesta terça-feira a Agenda Legislativa da Indústria 2017

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, apresentará nesta terça-feira, às 12h30min, a Agenda Legislativa da Indústria 2017. A cerimônia ocorrerá na sede da CNI, em Brasília, e contará com a presença de representantes da indústria, deputados e senadores. Os presidentes da Câmara dos Deputados, (DEM-RJ), Rodrigo Maia (DEM/RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), participarão da solenidade.

Com a 22ª edição da Agenda Legislativa, a CNI diz que quer reforçar o caráter transparente e qualificado da pauta de prioridades do setor industrial para o país. Neste ano, o documento reúne 131 proposições em tramitação no Congresso Nacional que têm impacto sobre a economia e a atividade industrial. Entre as propostas, 16 são consideradas prioritárias, como as reformas política, tributária e da Previdência. A Agenda oferece um resumo de cada projeto e a posição da indústria sobre o tema.

Livro conta a trajetória do delator Delcídio Amaral

O jornalista Claudio Tognolli trabalha, há cinco meses, num livro que promete causar uma barulheira no universo político de Brasília. Ele está escrevendo o livro que irá contar a história do ex-senador Delcidio do Amaral.

A publicação recebeu o título de “A descoberta do Brasil” e será lançada pela Matrix Editora, no segundo semestre deste ano.

Interlocutor privilegiado de diferentes tramas no período em que foi um dos políticos mais influentes do país, Delcídio vem narrando a Tognolli histórias que deixam em péssima luz tanto o PT quanto o PSDB e o próprio PMDB.

(Veja Online)

Prêmio Ambientalista Joaquim Feitosa já está com inscrições abertas

Estão abertas até o próximo dia 31 as inscrições para a 12ª edição do Prêmio Ambientalista Joaquim Feitosa. Uma pessoa física será agraciada pelos trabalhos e ações relevantes desenvolvidos em prol do Bioma Caatinga. A cerimônia de entrega ocorrerá no 28 de abril, na Assembleia Legislativa.

O Prêmio Ambientalista Joaquim Feitosa é destinado a homenagear pessoas físicas ou jurídicas, públicas ou privadas, que no desempenho de suas ações tenham contribuído de forma relevante para o desenvolvimento sustentável do Bioma Caatinga. As pessoas físicas e jurídicas concorrem isoladamente em anos alternados.

Qualquer pessoa pode encaminhar a indicação de nome para concorrer ao prêmio, sempre com as devidas comprovações das atividades desenvolvidas. A próxima reunião do Comitê Estadual da Reserva do Biosfera da Caatinga, que define o agraciado, ocorrerá no dia 11 de abril.

O Prêmio

Constituem requisitos para escolha do agraciado, de acordo com o decreto nº 27.781 de 26/04/2005: I – prestação de relevantes serviços voltados à melhoria da qualidade do bioma caatinga, assim como a criação e implantação de projetos visando sua recuperação e conservação; e/ou II – publicação de trabalhos científicos e literários na defesa e promoção do bioma caatinga.

SERVIÇO

*Coordenadoria de Desenvolvimento Sustentável da SEMA – (85) 3101.1230.

*A ficha de inscrição deverá ser preenchida e documentos comprobatórios anexados ao e-mail: viviane.monte@sema.ce.gov.br.

Expulsão de agentes de segurança cai 96% nos últimos quatro anos

Nos últimos quatro anos, as demissões ou expulsões de agentes de segurança no Ceará pela Controladoria Geral de Disciplina (CGD) caíram 96%. Enquanto 73 servidores foram desligados de suas corporações em 2013, no ano passado, três policiais foram excluídos dos quadros da Polícia Militar (PM), por motivos diversos.

Antes, em 2015, somente um militar foi expulso, o que representa queda de 98% com relação a 2014, quando 48 agentes foram desligados, entre bombeiros, peritos, policiais civis e agentes penitenciários, além de PMs, ampla maioria entre os punidos. Os dados foram solicitados pelo O POVO à CGD.

A expressiva redução salta aos olhos, sobretudo em um cenário de sucessão de medidas adotadas pelo Governo, objetivando manter a reaproximação entre as forças de segurança e o Estado. Relação cujo desgaste teve ápice durante a greve da PM, entre dezembro e janeiro de 2012, o que possibilitou o surgimento de lideranças políticas de oposição ao Executivo.

A controladoria criou uma nova cultura policial, no sentido de que eles sabem que há um órgão estruturado, que exerce vigilância constante”

Desde então, a CGD passou a enfrentar denúncias de uso político e perseguição. Considerada pelo Governo um “divisor de águas” na fiscalização e disciplina dos servidores da segurança, foi tachada de “vilã”, sobretudo por policiais, e alvo de pedidos de extinção por representantes de associações, sob a justificativa de que a missão da pasta estava “desvirtuada”.

Mas a discussão foi arrefecida nos últimos anos. Exceto no período em que estava sendo investigada a Chacina da Grande Messejana, ocorrida em 12 de novembro de 2015. Ao final da apuração, a CGD indiciou 38 PMs por participação nos 11 assassinatos, três tentativas de homicídio, três torturas físicas e uma tortura psicológica registradas na ocasião. O Ministério Público do Ceará (MP-CE), porém, denunciou 45 PMs. A Justiça acatou 44 pedidos.

Interino

Hoje, com 2.326 procedimentos em andamento, a Controladoria, que tem status de secretaria, é a única pasta de primeiro escalão do governo de Camilo Santana (PT) que segue sem um novo titular. Desde o último dia 6 de janeiro, quando a ex-controladora Socorro França foi nomeada secretária da Justiça e Cidadania (Sejus), o órgão está sendo comandado de forma interina pelo controlador-adjunto, Rodrigo Bona.

Ele foi procurado pelo O POVO para falar sobre o desempenho da CGD nos últimos dois anos, mas não concedeu entrevista. Por meio da assessoria de imprensa, o órgão informou apenas que “não possui somente o papel punitivo”, mas realiza atividades “preventivas e educativas por meio de correições, inspeções in loco, sindicâncias, processos administrativos disciplinares civis e militares”.

2017

A CGD também destacou que os números informados têm como base decisões já publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) do Ceará, e que há dados complementares de novas expulsões, ainda não publicados, em razão de trâmites diversos. São os desligamentos de dois policiais civis, em 2015, e dois policiais civis, em 2016. Mesmo considerando estes casos, a redução em 2015, com relação a 2014, seria de 94%. Já a queda registrada em quatro anos seria de 93%.

Em 2017, conforme decisões publicadas no DOE, foram expulsos dois policiais militares e um bombeiro. Em decisões ainda não divulgadas, houve a expulsão de cinco policiais civis e um perito.

SERVIÇO

Denúncias sobre a conduta de agentes de segurança devem ser comunicadas à CGD:

Onde: Avenida Pessoa Anta, 69, Praia de Iracema.

Contato: 3101 5028.

(O POVO – Repórter Thiago Paiva)

Camilo Santana comemora em artigo avanços na atração de investimentos

Com o título “Conquistas para o Ceará: o futuro já está acontecendo”, eis artigo que O POVO publica, nesta segunda-feira, e que é assinado pelo governador Camilo Santana (T). Ele afirma que, apesar da crise, o Estado vem reagindo e procurando o crescimento de sua economia. Aborda o leilão do aeroporto e memorando com o Porto de Roterdã. Confira:

O Estado do Ceará tem conseguido alcançar significativas conquistas, mesmo em meio a uma das maiores crises econômicas já enfrentadas pelo Brasil. Somente na última semana, dois fatos marcantes nos dão a certeza de que nosso Estado avança para um dos maiores crescimentos de sua história e num momento bem próximo.

Na Holanda, assinamos um Memorando de Entendimento com o Porto de Roterdã, o maior da Europa e um dos maiores do mundo, para a consolidação de uma parceria com o nosso Complexo Industrial e Portuário do Pecém, dando novo impulso na captação de investidores para o Ceará. Essa parceria chega num momento único vivido pelo Pecém, que, após grandes investimentos do Estado, passou a contar com a primeira Zona de Processamento de Exportação (ZPE) em funcionamento no País e com a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), maior empreendimento privado da América Latina. Só com a CSP haverá um crescimento de 12% do PIB total do Estado e 48% do PIB Industrial, além da geração de milhares de empregos. A parceria com o Porto de Roterdã tornará esses resultados ainda mais significativos, ampliando nossas relações comerciais e dinamizando nossa economia.

Menos de uma semana antes, num evento na Bovespa, em SP, foi fechado acordo de concessão do nosso Aeroporto Pinto Martins para uma das maiores operadoras de aeroportos do mundo, a alemã Fraport AG. Somente em melhorias, a Fraport investirá no Pinto Martins R$ 1,4 bilhão, transformando-o num dos mais modernos e eficientes do País. Em recente reunião na sede da empresa, em Frankfurt, traçamos planos para, juntos, buscarmos atrair novos negócios, como o hub da Latam, um centro de conexões que representará um incremento muito importante para a economia cearense.

Esses fatos juntam-se a uma série de outras conquistas que servem de orgulho para cada um de nós, cearenses. Conquista como a da nossa educação pública, quando o Ceará conseguiu colocar suas escolas nos 24 primeiros lugares do ensino fundamental do País, segundo o Ideb, do Ministério da Educação. Nada menos que 77 das 100 melhores escolas são daqui. Ou o alcance do primeiro lugar do País no Ranking da Transparência, com nota máxima, de acordo com o Ministério Público Federal.

Na área da segurança pública, um desafio permanente, reduzimos o número de mortes violentas pelo segundo ano consecutivo após 17 anos de crescimento, começando a tirar o Ceará do mapa dos estados mais violentos. Um avanço, mas com a compreensão de que essa luta está apenas no começo.

Como não sentir orgulho de termos batido novo recorde de transplante de órgãos em 2016, com milhares de vidas salvas e nosso Estado sendo referência na área para todo o País?

E tantas outras conquistas, que nos dão a certeza de que estamos trilhando o caminho certo: com muito diálogo, respeito, perseverança e ousadia. Esse é o Ceará de todos nós. E o futuro é agora.

Camilo Santana

camilo.santana@ceara.gov.br

Governador do Ceará.

Prefeito reúne secretariado e acerta cronograma para novas obras

O prefeito de Fortaleza, Roberto Claudio (PDT), está reunindo, durante toda esta segunda-feira, no Paço Municipal, com seu secretariado. O objetivo é avaliar o andamento de obras e estabelecer prazos para a sua conclusão.

Entre as ações, está o início da construção de dois túneis sob a Via Expressa, marcado para julho deste ano. O primeiro túnel na Avenida Alberto Sá. O segundo será um
túnel longitudinal sob a linha férrea do VLT, próximo à Avenida Santos Dumont. As duas obras deverão estar concluídas em outubro do próximo ano.

Para este ano, de acordo com a secretária de Infraestrutura, Manuela Nogueira, o prefeito deve entregar duas importantes obras: o novo Terminal de Messejana, a ser entregue em dezembro de 2017, e a nova urbanização do Morro Santa Terezinha, que será inaugurada já em agosto deste ano.

O prefeito Roberto Claudio também deve anunciar, até o mês de junho, três novas licitações: novas vagas de táxis, mobiliário urbano e estacionamento de zona azul.

DETALHE – Nesta terça-feira, o vice-prefeito Moroni Torgan assume o Paço. Roberto Cláudio viajará para o eixo Índia-Alemanha. Terá participação na reunião dos BRICs em Nova Deli e, na Alemanha, reunião com a empresa FRAPORT, que vai administrar o Aeroporto Internacional Pinto Martins.

(Foto – Divulgação)

 

Trecho do viaduto da Aguanambi já desafoga o trânsito da área

Após a liberação do viaduto da Aguanambi – Centro-Messejana – o tráfego na via está fluindo com mais rapidez. Sobre isso, eis o que a secretária municipal de Infraestrutura, Manuela Nogueira, falou sobre o assunto, nesta segunda-feira:

“A expectativa é que haja uma melhora e ganho de 50% no tempo de viagem naquele trecho. A gente espera que, após a entrega da obra de requalificação, que acontece na avenida, haja um ganho ainda maior para aqueles que seguem do Centro para a BR-116”.

(Foto – Tatiana Fortes)

Governador quer formatação juridica para acordo fechado com Roterdã

O governador Camilo Santana (PT) vai reunir, nesta terça-feira, no Palácio da Abolição, segundo assessores, os secretários que integram o estafe relacionado ao memorando firmado, na última semana, pelo Porto do Pecém com o Porto de Roterdã, na Holanda.

Além dos secretários da área econômica, foi convocado o procurador-geral do Estado, Juvêncio Vasconcelos. O objetivo é avaliar o memorando e torná-lo viável em se tratando de legislação brasileira.

Ou seja, dar uma formatação jurídica a tudo acertado na Holanda. Com apoio de uma consultoria internacional.

Carne vendida no Ceará é de boa qualidade, garante superintendente do MARA no Ceará

Todos os superintendentes estaduais do Ministério da Agricultura foram convocados para reunião, nesta segunda-feira, em Brasília. A convocação partiu do próprio ministério, que vai discutir consequências da Operação Carne Fraca, realizada pela da Polícia Federal neste mês e que detectou esquema de propina envolvendo fiscais e liberação de carne de origem duvidosa.

A superintendente estadual do Ministério da Agricultura, Maria Luiza Rufino, embarcou para essa reunião e garantiu que a carne vendida no Ceará é de boa qualidade. Ela considera o caso da carne podre encontrada no Paraná algo “pontual”, mas que atinge a credibilidade do País, o maior exportador de carnes do mundo.

João Doria chama Lula de “maior cara de pau do Brasil”

O prefeito João Doria (PSDB) voltou a criticar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante evento oficial neste domingo, 26. O tucano “dedicou” ao petista o plantio de uma muda de pau-brasil. “Essa é talvez a árvore mais brasileira, por sua origem, sua característica e seu nome, dedicamos essa árvore para um homem que tem a coragem de dizer que vai voltar para ajudar o Brasil. Esse cara de pau se chama Luiz Inácio Lula da Silva”, disse o prefeito, na presença da imprensa, de secretários, vereadores e moradores do bairro Vila Jaguara, na zona norte de São Paulo.

Durante o discurso, Doria ainda negou que esteja em campanha eleitoral e chamou a crítica a Lula de “cidadania”. “Como brasileiro, tenho o direito de me manifestar contra os mentirosos, os falsos, os populistas, que, agora, depois de terem destruído o Brasil, têm a cara de pau de dizer que vão voltar para resgatar o País. Resgatar o quê? O Brasil da corrupção, da miséria, da mentira, de 13 milhões de desempregados? Vai contar essa mentira no seu terreiro, o povo não vai aceitar. Esse pau-brasil é dedicado a esse mentiroso, Luiz Inácio Lula da Silva, o maior cara de pau do Brasil”, encerrou.

Essa foi a segunda vez que o prefeito de São Paulo dedicou o plantio de uma muda de pau-brasil ao ex-presidente; ele fez a mesma coisa em 14 de janeiro. Neste domingo, 26, ele esteve na Praça Barão de Ibirocaí, na Vila Jaguara, para participar de mais uma edição do Mutirão Mario Covas. No local, ele ajudou a fazer o calçamento da praça, momento em que desenhou um coração e escreveu “Ame SP” no concreto ainda úmido.

Na sexta-feira, 24, Doria rebateu críticas do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), que afirmou que “gestor não inspira nada, tem que ser líder”. Segundo o prefeito, FHC errou duas vezes os prognósticos sobre ele: de que não venceria as prévias do PSDB para a Prefeitura e de que não seria eleito para governar a cidade de São Paulo. “Se mantiver a média de acertos nas suas previsões, Fernando Henrique vai pedir música no Fantástico”, chegou a declarar, de acordo com a Coluna do Estadão.

Procurada na noite deste domingo, 26, a assessoria de Lula não respondeu aos contatos da reportagem.

(Estadão)

Cid Gomes endossa reeleição de Camilo Santana

Da Coluna Vertical, do O POVO desta segunda-feira:

Se depender do ex-governador Cid Gomes (PDT), o governador Camilo Santana (PT) vai disputar a reeleição. Para ele, o petista vem fazendo uma boa gestão, apesar de enfrentar desgastes de uma estiagem de seis anos.

Cid, feliz pelo irmão Ciro Gomes (PDT) ter recebido, no fim de semana, no Centro de Eventos, a Medalha da Abolição, até afasta dessa disputa ao Estado o seu amigo, o prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio (PDT) – sempre cotado por alguns setores do partido como alternativa ao Governo.

Segundo Cid, o prefeito RC faz uma “boa administração”, apesar das dificuldades do momento, e tem, portanto, que tocar todos os projetos estratégicos que Fortaleza exige.

Sobre seu futuro político, o ex-governador prefere se manter como esfinge.

Propina da Odebrecht era entregue até em cabaré, diz delator

Em depoimento à Justiça Eleitoral, o delator da Odebrecht, Hilberto Mascarenhas, responsável pelo setor de repasses de propina da empresa de 2006 a 2015, relatou que entregas de dinheiro em espécie aconteciam em “lugares absurdos” e até em “cabaré”. A reportagem teve acesso à íntegra do depoimento Hilberto.

Questionado pelo juiz auxiliar da ação que pede a cassação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer na eleição de 2014 sobre como eram os pagamentos ao marqueteiro João Santana e à esposa dele, Mônica Moura, Hilberto respondeu: Se fossem valores pequenos encontravam num bar, em todos os lugares. Você não tem ideia dos lugares mais absurdos que se encontra, no cabaré.

(Com Agências)

Ciro Gomes: “Não tem vontade de ser candidato se Lula for!”

Ex-ministro do governo de Luiz Inácio Lula da Silva e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT-CE) torce para que Lula não concorra novamente ao Planalto. Para Ciro, seria um “desserviço” ao Brasil uma eventual nova candidatura de Lula. O pedetista diz que não gostaria de concorrer contra o ex-presidente. “Não tenho a menor vontade de ser candidato se o Lula for”, diz.

Ciro também afirma que não tem interesse em ser vice em uma eventual chapa conjunta com Lula.

Em entrevista à Anna Virginia Balloussier, na Folha de S.Paulo desta segunda-feira, o político cearense criticou ainda o prefeito de São Paulo, João Doria, a quem ele classificou como “farsante”, além do “exibicionista” Sergio Moro e do “golpista” Michel Temer.

“Não tenho a menor vontade de ser candidato se o Lula for. Menos em homenagem a ele e mais porque a tendência é ele polarizar o processo. E eu ficar falando de modelo econômico… Vou ter um papel nobre, vou lá para meus 12%, 15% no mínimo, mas daí dizer para o povo que acredito que vou ser presidente… Não consigo mentir desse jeito”, afirmou.

Ainda sobre Lula:

“Temos longa história de parcerias e diferenças. Votei nele em 1989 [no segundo turno], 2002 e 2006. Na Dilma em 2010 e 2014. Entretanto, acho que nesse momento a candidatura do Lula desserve a ele e ao país. Na melhor das hipóteses, ganha e projeta essa confrontação odienta que está rachando o país. Mas a probabilidade de polarizar e perder é muito alta.”

Ciro não poupou críticas a Temer:

“Ele, para além de ser essa coisa constrangedora de chefe de quadrilha, sendo um velho e notório malversador de dinheiros públicos, virou chefe de um governo de patetas.”

Ciro também criticou o “exibicionismo midiático” do juiz Sergio Moro e sua decisão de coagir Eduardo Guimarães, editor do “Blog da Cidadania”, crítico à Lava Jato. “Mandar prender um blogueiro, tem uma coisa patológica nisso”, avaliou.

(Site Brasil 247)