Arquivos da categoria: Transportes

Federação dos Transportes do Ceará engaja-se à XI Primavera dos Museus

Fortaleza vai mergulhar na Primavera dos Museus, uma iniciativa do Instituto Brasileiro de Museus (Ibam), que chega à sua décima edição. A programação ocorrerá de 18 a 24 deste mês. Na capital cearense, a Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Ceará, Piauí e Maranhão (Fetrans) é a instituição parceira do Ibram para realizar o evento e nesta edição promoverá atividades educativas em museus em parceria com o Museu da Indústria, buscando fomentar a discussão do tema “Museus e suas Memórias”.

Na quarta-feira (20), alunos da Escola EEEP Dona Creusa do Carmo Rocha participarão de uma visita monitorada nas exposições sobre a história do transporte de passageiros no Ceará, no Centro Cultural FETRANS, e nas exposições sobre a história da indústria do Ceará, no Museu da Indústria. A Fetrans promoverá ainda ação educativa em seu Centro Cultural, na quinta-feira (21), com alunos da Escola EEFM Maria Menezes de Serpa com debate sobre o tema “Museus e suas Memórias” e visita monitorada nas exposições sobre a história do transporte de passageiros no Ceará.

DETALHE – Neste ano, mais de 900 museus de todo país oferecerão ao público 2.500 atividades especiais, como visitas mediadas, palestras, oficinas, exibição de filmes e muito mais.

SERVIÇO

*O Centro Cultural da FETRANS está aberto à visitação da comunidade.

*Os interessados em conhecer um pouco mais sobre a história do transporte no estado podem conferir as exposições de segunda a sexta, das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas, no SEST/SENAT Fortaleza – Rua Dona Leopoldina, 1050 – Centro.

Em Sobral, passagem no VLT agora é R$ 1,00

A prefeita em exercício de Sobral, Christianne Coelho, sancionou, nessa quarta-feira, o projeto de lei que autoriza o município repassar ao Governo do Ceará o recurso financeiro para custear parte do valor do passe do VLT à população sobralense.

Por meio do convênio, que será repassado mensalmente aos cofres públicos estaduais, o preço do bilhete cai de R$3,50 para R$1,00 conforme anunciado anteriormente pelo prefeito Ivo Gomes.

“Esta sanção é mais um compromisso do prefeito Ivo Gomes, que garante aos sobralenses uma maior oportunidade de deslocamento aos seus afazeres, seja no âmbito do trabalho, turístico ou estudantil”, diz Christianne Coelho.

(Foto – Arquivo)

Deputada quer cartazes, câmeras e multas contra abuso sexual nos transportes intermunicipais

A deputada estadual Aderlânia Noronha (SD) apresentou, nesta terça-feira (5), um projeto de lei que objetiva reforçar o combate ao assédio e ao abuso sexual contra mulheres nos meios de transportes coletivos intermunicipais do Ceará (ônibus, micro-ônibus, vans, VLT, metrô e trem). “Nos últimos meses, o Brasil assistiu, aterrorizado, o aumento d escalada do número de casos de abuso e assédio sexual contra mulheres cometidos nos meios de transporte coletivo. Temos que reagir sempre”, justifica a parlamentar.

Aderlânia propõe a Campanha “Assédio sexual nos meios de transporte é crime”, em todo o Estado. Será, de acordo ela, permanente, e terá cartazes dentro dos ônibus, alertando para o crime. Quer obrigatoriedade na instalação de câmeras de segurança dentro desses transportes. “Quem sofrer abusos e assédio poderá pedir as imagens como prova contra o agressor”, destaca a deputada.

Exigências

O projeto determina que sejam fixados cartazes nos terminais de transbordo do transporte coletivo e também no interior dos veículos intermunicipais com orientações acerca das medidas a serem adotadas pelas vítimas de assédio sexual para identificação do agressor e para efetivação da denúncia perante as autoridades competentes.

“Para as empresas, serão medidas de baixo impacto financeiro, uma vez que já existe, na maioria dos meios de transporte coletivo, sistema de segurança digital, sendo apenas necessário afixar cartazes e realizar a orientação dos trabalhadores quanto à assistência das mulheres vítimas. Por outro lado, estarão realizado um serviço de relevante alcance social e de promoção da dignidade da pessoa humana”, informou a deputada Aderlânia Noronha.

Deverão ser afixados cartazes nos terminais de transbordo do transporte coletivo e no interior dos veículos intermunicipais do Estado, contendo os seguintes dizeres: “O TRANSPORTE É PÚBLICO. O CORPO DA MULHER, NÃO! ASSÉDIO SEXUAL É CRIME! DENUNCIE! DISQUE 180 – CENTRAL DE ATENDIMENTO À MULHER!”.

Sobre Câmeras

As câmaras de vídeo monitoramento e o sistema GPS dos transportes coletivos intermunicipais, quando existentes, deverão ser disponibilizados para identificação dos assediadores e do exato momento do abuso sexual.

A parlamentar também fala sobre multa. Destaca que o não cumprimento das normas acarretará à empresa infratora multa de 1.000 (mil) UFIRCEs (em torno de R$ 3.940,00 reais), aplicada em dobro, em caso de reincidência.

Rodoviária João Tomé e terminais urbanos vão arrecadar brinquedos para crianças carentes

A Socicam, gestora do Terminal Rodoviário João Tomé, e a Concessionária Novo Rio – ambas administradoras de 33 terminais de passageiros no país, iniciarão, nesta sexta-feira (1), a 3ª edição nacional da “Campanha de Brinquedos”. A iniciativa contará com caixas coletoras para o recebimento de brinquedos novos ou em boas condições. As doações podem ser feitas a qualquer hora nos principais acessos das rodoviárias.

O objetivo é proporcionar mais alegria a milhares de crianças no dia 12 de outubro a partir do engajamento do público que circula pelos terminais. Desde sua primeira edição, em 2015, quase 4 mil brinquedos já foram entregues nas instituições cadastradas.

Além do Terminal Rodoviário João Tomé e dos terminais urbanos geridos pela Socicam, estarão engajados na campanha os terminais de passageiros localizados nos estados de SP (Tietê e urbanos); MS (Campo Grande); GO (Caldas Novas); MG (aeroportos e rodoviária de Poços de Caldas); BA (Vitória da Conquista); PE (Recife, Petrolina, Caruaru); PB (Campina Grande e João Pessoa); RN (Natal); e em Brasília.

(Foto – Arquivo)

Motoristas protestam contra a Uber. Prefeito diz que vai recorrer da decisão que liberou serviço

Um grupo de taxistas, convocados via WhatsApp, fez protesto, no fim da tarde desta terça-feira, em trecho da avenida Carlos Jereissati, que dá acesso ao Aeroporto Internacional Pinto Martins, no bairro Serrinha, em Fortaleza.

A categoria reagiu contra decisão do juiz Carlos Augusto Correia Lima, da 7ª Vara da Fazenda Pública, que deferiu liminar autorizando o serviço dos motoristas da Uber.

Nesta terça-feira ainda, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), que viajou para audiências ministeriais em Brasília, informou, antes do embarque, não ter sido notificado sobre a decisão. Ele reiterou ser contra esse serviço por não ser regulamentado e avisou que a Procuradoria do Município vai recorrer.

O protesto dos motoristas contra a Uber ocorreu principalmente com a queima de pneus, o que provocou cortinas de fumaça pela área. A Polícia Rodoviária Estadual e a AMC estiveram no local para evitar excessos.

O presidente do Sinditaxi Fortaleza, Vicente de Paulo Oliveira, informou que o protesto não era puxado pela entidade. Ele informou que aguardaria uma posição da administração municipal sobre o caso.

(Fotos – WhatsApp leitor e de Paulo MOska)

Sinditaxi espera que Prefeitura recorra contra decisão que liberou Uber em Fortaleza

Vicente de Paulo (camisa listrada) não falou em manifestação.

O presidente do Sinditaxi Fortaleza, Vicente de Paula Oliveira, informou, nesta terça-feira, que vai aguardar que a Prefeitura recorra da decisão que liberou o serviço de motoristas da Uber na Capital. Ele lembrou que essa mesma decisão foi monocrática, ou seja, tomada pelo juiz da 7ª Vara da Fazenda Pública, Carlos Augusto Correa, e em caráter liminar, no que aguarda ser derrubada.

“Vamos aguardar reação da Prefeitura. Nós também deveremos nos  movimentar juridicamente. Agora, é bom lembrar que tramita, no Congresso, um projeto de lei que regulamenta o serviço desses aplicativos e assegura que, assim como nós, paguem impostos devido”, afirmou Vicente de Paulo.

Para ele, a liberação dos motoristas da Uber não é uma boa medida, porque permite concorrência desleal no mercado. Vicente de Paulo não adiantou se, no decorrer do dia, haverá algum tipo de manifestação da parte da categoria. “Vamos acompanhar o desenrolar do caso”, adiantou.

Justiça de Minas Gerais libera Uber e aplicativos similares no estado

Em julgamento nessa quarta-feira (16), o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) considerou parcialmente ilegal uma lei aprovada no ano passado pela Câmara dos Vereadores de Belo Horizonte que estabelecia novas regras para o funcionamento de aplicativos voltados para o transporte individual de passageiros, como o Uber e o Cabify. De acordo com a decisão, os motoristas vinculados a estes serviços poderão continuar operando sem alterações. Além disso, o entendimento da Justiça mineira sobre o assunto foi uniformizado e a liberação vale para qualquer cidade do estado.

A Lei Municipal 10.900/2016 vigorava na capital mineira desde janeiro do ano passado, quando foi sancionada pelo então prefeito Márcio Lacerda. Segundo o texto, aplicativos voltados para o transporte remunerado de passageiros só poderiam operar se usassem mão de obra de motoristas autorizados pela Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), que é vinculada à prefeitura. Na prática, a legislação determinava que os condutores do Uber e do Cabify fossem taxistas credenciados. É o que fazem outros aplicativos, como o 99Taxis e o Easy Taxi.

De acordo com a nova lei, o descumprimento dessa regra resultaria em uma multa de R$ 30 mil, valor que poderia dobrar em caso de reincidência. No entanto, a medida nunca chegou a ser implementada, uma vez que usuários conseguiram obter, na Justiça, diversas liminares impedindo a prefeitura de fiscalizar os aplicativos.

No entendimento dos magistrados, a lei estendia para o transporte individual privado de passageiros as mesmas exigência feitas ao transporte individual público de passageiros, que é operado por meio de taxis. Segundo eles, a legislação federal diferencia os dois tipos de serviço. “Tal equiparação, com a correspondente vinculação da regulamentação de ambos os serviços, além de ceifar a iniciativa privada, desestimula a livre concorrência”, citou em seu voto Corrêa Junior.

Dessa forma, Uber, Cabify e serviços similares não poderão ser obrigados a utilizar como condutores apenas taxistas credenciados no município. Também foi considerado inaplicável aos motoristas vinculados aos aplicativos o Artigo 231 do Código de Trânsito Brasileiro, que trata de penalidades para quem efetua irregularmente o transporte remunerado de pessoas.

(Agência Brasil)

Sest/Senat Fortaleza e PRF promovem campanha de combate ao uso do álcool e drogas nas estradas

O Sest Senat Fortaleza, em parceria com a FETRANS, Programa Despoluir e Centro Cultural do Transporte, realizará, neste mês de agosto, ações de combate ao uso de álcool e drogas nas estradas. A Polícia Rodoviária Federal e as empresas Siará Grande, São José e Fedex fazem parceria nas atividades.

o objetivo é orientar os profissionais do transporte quanto às reações que o corpo pode ter ao ingerir álcool e outras drogas enquanto dirige e acerca dos perigos do uso indevido dessas substâncias.

A primeira ação acontecerá no próximo dia 23, das 14 às 15 horas, ocasião em que o psicólogo do Sest/Senat Fortaleza, Alexandre Santiago, fará palestra sobre “Ansiedade”, para os colaboradores da empresa Fedex.

No dia 25, das 14 às 17 horas, será realizado na empresa São José um ‘’QUIZ’’ Conhecendo o Programa Despoluir e o Centro Cultural do Transporte. Na ocasião, haverá debate sobre a Lei Seca. E, paralelamente, através da Tenda da Saúde, serão oferecidos serviços como aferição de pressão arterial, distribuição de panfletos da campanha e distribuição de brindes.

No dia 28, das 11 às 12 horas, e no dia 30, das 16 às 17 horas, haverá, na sede do Sest Senat Fortaleza, uma mesa redonda com a Polícia Rodoviária Federal e com os alunos dos cursos legais do Senat.

Encerrando a programação, dia 31, haverá, das 8 às 12 horas, na empresa Siará Grande, um ‘’QUIZ’’ Conhecendo o Programa Despoluir e o Centro Cultural do Transporte. Na ocasião, o psicólogo do Sest/Senat Fortaleza, Alexandre Santiago, fará palestra sobre “Álcool e Drogas”, para os colaboradores da empresa. Paralelamente, através da Tenda da Saúde, serão oferecidos também serviços como aferição de pressão arterial, distribuição de panfletos da campanha e distribuição de brindes.

Prefeitura de Maracanaú fará nova consulta pública sobre Translog/BID

A Secretaria de Infraestrutura de Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza) realizará a II Consulta Pública sobre Programa de Transporte e Logística – Translog/BID. Estão sendo convocadas instituições públicas e privadas. A consulta ocorrerá no próximo dia 10, das 8h30min às 12 horas, no auditório do IFCE, informa o prefeito Firmo Camurça (PP).

A Consulta Pública faz parte do processo, iniciado em 2014, em que o município busca conquistar o financiamento do BID para desenvolver o Programa Translog/BID de Maracanaú, que possui como principal objetivo contribuir para o desenvolvimento socioeconômico do município, proporcionando uma maior circulação de cargas, melhorias na mobilidade urbana e conexões de bairros, segundo a gestão.

A primeira Consulta Pública ocorreu no dia 5 de julho último, pela manhã, no Auditório do Clube da Parceria, em Pajuçara. Participaram empresários, acadêmicos, líderes comunitários, conselhos de direitos, secretários municipais, vereadores e entidades classistas. Durante o evento foi apresentado o relatório Análise Ambiental e Social-AAS e coletado sugestões dos participantes.

DETALHE – O site da Prefeitura de Maracanaú disponibiliza um link com informações sobre o TransLog Maracanaú. Entre as informações está o documento (pdf) Relatório Análise Ambiental e Social-AAS. O relatório apresenta um estudo do municipio em seus aspectos ambientais e sociais, busca identificar e qualificar o cenário socioeconômico e do meio ambiente físico-biótico da área de afetação das principais obras a serem realizadas na cidade de Maracanaú no âmbito do programa.

SERVIÇO

*Sede do IFCE – Avenida José de Alencar, 1315, Distrito Industrial I.

Prefeito do Rio estuda regulamentar aplicativos como Uber

A prefeitura do Rio de Janeiro estuda formas de regulamentar os serviços de transporte por táxi e carros particulares que utilizam aplicativos para smartphone. Segundo o prefeito Marcelo Crivella, as conversas com as empresas que prestam o serviço já começaram. “Estamos fazendo audiências públicas, chamando o pessoal dos aplicativos, que é o 99, o Uber, o Easy, e falando também com os taxistas. A ideia é que estes aplicativos regularizados os impostos possam contribuir para melhorar as condições dos táxis no Rio de Janeiro. É muito importante”, disse.

Crivella destacou o esforço para modernizar o serviço de táxi na cidade com o lançamento de um aplicativo da própria prefeitura, no dia 29 de maio, que está funcionando em fase de teste com 150 motoristas e deve entrar em vigor em agosto. No mesmo dia os tradicionais táxis amarelos foram declarados como Patrimônio Cultural da cidade.

Segundo o prefeito, o aplicativo Taxi.Rio é um esforço para que os taxistas possam competir com o Uber em condições igualitárias. Ele explica que, além de não haver remuneração do poder público pela utilização da tecnologia, como ocorre com os outros aplicativos, o serviço da prefeitura poderá resolver o pagamento de diárias pelos motoristas que não possuem a permissão.

“É preciso conciliar os interesses daqueles que são donos de táxis e  querem cobrar diária de auxiliar. Lembra lá atrás, que a gente dizia ‘diária nunca mais’, que era uma coisa injusta o sujeito trabalhar no taxímetro? Então, agora, com o taxímetro digital, a gente pode estabelecer que o dono do táxi receba uma comissão sobre a corrida, e não uma diária fixa, porque uma diária fixa muitas vezes não ocorre na praça, o sujeito faz R$ 200 e tem que pagar uma diária de R$150, isso traz conflitos. Agora, com o aplicativo da prefeitura, nós podemos viabilizar isso, para que o auxiliar que precisa pagar diária pague a mesma coisa que o motorista de Uber paga para o aplicativo,” explicou o prefeito.

Sindicato

O Sindicato dos Taxistas Autônomos do Município do Rio de Janeiro convocou para amanhã (27) uma manifestação prevista para concentrar a partir das 4 horas da manhã em diversos pontos da cidade e seguir em direção à prefeitura, na Cidade Nova, às 6 horas. A categoria reivindica a regulamentação do transporte com carros particulares. O funcionamento do Uber na cidade está sob análise da Justiça  e Crivella também declarou hoje que a decisão final cabe ao judiciário.

(Agência Brasil)

DETALHE – Em Fortaleza, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) descarta a medida.

Sest/Senat e Fetrans promoverão ações de saúde para profissionais do transporte coletivo

O Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte de Fortaleza (SEST/SENAT) e a Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará, Piauí e Maranhão (Fetrans) vão promover nesta quarta-feira, das 8 às 18 horas, uma série de ações de caráter educativo e multidisciplinar junto aos trabalhadores do setor.

As ações, que acontecerão na sede do SEST/SENAT Fortaleza, integram o Projeto Transportando Saúde nas Cidades – Orientações e Cuidados. Os profissionais serão contemplados com serviços das diversas áreas de saúde da entidade. A Odontologia fará aplicação de flúor e orientações sobre higiene bucal com distribuição de kit de higiene bucal. A Fisioterapia realizará aulas de alongamento e orientará sobre boa postura corporal. A Nutrição promoverá assistência nutricional e consultas iniciais, além de cálculo de IMC, palestra e dicas de alimentação saudável com distribuição de kit´s lanches. E a Psicologia fará palestra e dará orientações sobre o combate e prevenção ao uso de álcool, drogas e equivalentes.

Pesquisa

De acordo com pesquisa realizada pela CNT em março deste ano, quando foram entrevistados 1.055 motoristas de ônibus urbanos, 55,5% deles disseram procurar profissionais de saúde de forma preventiva, sendo que 83,9% informam que realizam exames preventivos pelo menos uma vez por ano. Em relação à saúde, 70, 2% estão acima do peso, o que pode estar relacionado com suas rotinas alimentares e de exercícios como: 14,7% não têm local certo para fazer as refeições e 46,9% alimentam-se em casa; 38,6% não realizam exercícios físicos atualmente, 13% nunca praticaram e apenas 27,3 % praticam atividades físicas em três dias ou mais da semana.

Um dos principais objetivos do Projeto Transportando Saúde nas Cidades é mudar esses números, fazendo com que os profissionais voltem mais sua atenção para os cuidados com sua saúde, pois profissionais com boa qualidade de vida trabalham melhor, o que impacta positivamente na redução dos índices de acidentes nas ruas e rodovias.

SERVIÇO

*SEST SENAT Fortaleza – Rua Dona Leopoldina, 1050 – Centro.

*Mais Informações – 3304-4111.

(Foto – Divulgação)

VLT ligando Borges de Melo a Parangaba iniciará operação assistida

 

O VLT foi uma promessa para a Copa de 2014.

Uma Operação Assistida do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) terá início, a partir desta terça-feira, no trecho ligando a estação Borges de Melo até a estação de  Parangaba. O governador Camilo Santana (PT) estará às 8h30min no local para cumprir esse trajeto, informa a assessoria de imprensa do Palácio da Abolição.

Ele sairá da Estação Borges de Melo, perfazendo o trajeto entre as estações Borges de Melo, Vila União, Montese e terminando em Parangaba. Como é operação assistida, não haverá cobrança de tarifa nessa fase. O sistema funcionará, no período, entre as 8 e 12 horas, de segunda a sexta-feira.

A Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor) ficará responsável pelas operações. O secretário da Infraestrutura do Estado, Lúcio Gomes, e o presidente do Metrofor, Eduardo Hotz, participarão do evento.

SERVIÇO

*Saída da Estação Borges de Melo – Rua Engenheiro Edmundo Almeida Filho e chegada na Estação Elevada da Parangaba, na Avenida Carlos Amora.

(Foto – Divulgação)

Carros elétricos terão vagas exclusivas de estacionamento

A Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP)vai implantar as Vagas VAMO (Sistema de Carros Elétricos) a partir desta sexta-feira. A ordem é oferecer novas opções de vagas exclusivas para os carros elétricos localizadas em quatro locais distintos da cidade, informa a assessoria de imprensa do Paço Municipal.

As Vagas VAMO estarão disponíveis em locais públicos, como a Praça do Ferreira, o Centro Cultural Dragão do Mar e a Avenida Beira Mar, em frente ao Náutico; e privados, como o Shopping Riomar Fortaleza. Neste último, como benefício extra, o usuário será isento de pagamento de estacionamento ao utilizar as vagas. As localidades foram selecionadas com o objetivo de contemplar o deslocamento do VAMO para novas áreas da Capital, porém sem a possibilidade de recarga dos carros elétricos.

Tarifa

A tarifação do sistema foi reduzida, levando em conta o tempo de uso dos veículos. Com isso, o valor cobrado dos usuários que possuem Bilhete Único diminuiu de R$ 20,00 para R$ 15,00 referente aos primeiros 30 minutos de utilização. Este novo valor é indivisível, ou seja, do primeiro minuto ao trigésimo minuto, o valor cobrado é fixo e totaliza R$ 15,00. Dessa forma, até 3 horas de utilização, cada faixa de tempo terá sua respectiva taxa de valor indivisível. Somente a partir de 3 horas de uso, é que será cobrado R$ 0,30 por minuto adicional; e a partir de 5 horas, será cobrado R$ 0,50 por minuto adicional. Resumindo, a cobrança se dará da seguinte forma:

– Para até 30 minutos de uso: tarifa reduzida de R$ 20,00 para R$ 15,00 (redução de 25%);
– Para até 1 hora de uso: tarifa reduzida de R$ 44,00 para R$ 20,00 (redução de 54%);
– Para até 2 horas de uso: tarifa reduzida de R$ 80,00 para R$ 30,00 (redução de 62%);
– Para até 3 horas de uso: tarifa reduzida de R$ 110,00 para R$ 35,00 (redução de 68%);
– Entre 3 horas e 5 horas de uso: tarifa de R$ 35,00, com acréscimo de R$ 0,30 por minuto adicional;
– A partir de 5 horas de uso: R$ 71,00, com acréscimo de R$ 0,50 por minuto adicional.

Além da redução na tarifa por tempo de uso, os valores da taxa mensal caíram 50%. Anteriormente, o valor cobrado era de R$ 30,00 para usuários cadastrados com Bilhete Único e de R$ 40,00 para os demais. Agora, será cobrado R$ 15,00 para os cadastrados com Bilhete Único e R$ 20,00 para os demais. Conforme já vinha sendo praticado, o valor da taxa mensal continuará sendo revertido, integralmente, em crédito de R$ 20 para os usuários, sendo ou não cadastrado com o Bilhete Único.

Estações do VAMO – 12 estações disponíveis

Estação 1 – Igreja de Nazaré (Rua André Chaves, 177 – Montese – em frente à Igreja de Nazaré)
Estação 2 – North Shopping (Rua Moreira de Souza, 58 – Parquelândia – ao lado do Banco do Brasil)
Estação 3 – Praça Luiza Távora (Av. Santos Dumont, oposto ao número 1546 – Aldeota)
Estação 4 – Shopping Center Um (Rua Barbosa de Freitas, 1100 – Aldeota)
Estação 5 – Shopping Iguatemi (Av. Washington Soares, s/n – Edson Queiroz)
Estação 6 – Praça Martins Dourado (Rua Bento Albuquerque, s/n – Cocó)
Estação 7 – Praça da Imprensa (Rua Visconde de Mauá, s/n – Dionísio Torres)
Estação 8 – Praça Antônio Prudente (Av. Historiador Raimundo Girão, s/n – Meireles)
Estação 9 – Igreja de Fátima (Av. Deputado Oswaldo Studart, s/n – Fátima)
Estação 10 – Unifor (Av. Dr. Valmir Pontes, esquina com Av. Washington Soares – Edson Queiroz)
Estação 11 – Igreja Matriz da Parangaba (Rua Sete de Setembro, 217 – Parangaba)
Estação 12 – North Shopping Jóquei (Av. Lineu Machado, 419 – Jóquei Clube)

Metrofor vai iniciar venda de passagens em cartões recarregáveis

A clientela da Linha Sul do Metrofor já pode utilizar o cartão do metrô para comprar passagens em cartões recarregáveis, podendo inserir qualquer quantia em créditos. A informação é da assessoria de imprensa da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos, adiantando que a medida representa economia de tempo, já que dispensa a ida à bilheteria a cada vez que o passageiro utilizar o serviço.

Os cartões recarregáveis entraram em circulação na última segunda-feira (10/7). Até então, eram distribuídos cartões carregados com passagem única, sem possibilidade de recarga, recolhidos pela catraca eletrônica após liberação do embarque, adianta a empresa. Agora, usuários que compram duas ou mais passagens ficam de posse do cartão recarregável – que não é recolhido pela catraca.

Caso o usuário solicite apenas uma passagem, receberá o cartão para apenas um embarque, e que será recolhido ao passar na catraca em qualquer das 19 estações da Linha Sul.

Operação

O cartão do Metrofor é distribuído gratuitamente. Para adquirir, é necessário ir à bilheteria e comprar duas ou mais passagens, ou solicitar qualquer valor em crédito, acima de R$ 3,20. O passageiro paga apenas o valor das passagens ou o valor solicitado em créditos no cartão.

A cada embarque, será debitado do cartão o valor de uma passagem inteira (R$ 3,20), até o consumo total do saldo. Restando crédito menor que R$ 3,20, será necessário uma nova recarga – com valor mínimo para completar uma passagem inteira – para voltar a utilizar o cartão. As recargas podem ser realizadas em qualquer bilheteria, sendo obrigatória a apresentação do cartão. Todos os valores inseridos em crédito tem validade de 6 meses.

Parcial

No momento, o sistema de bilhetagem eletrônica ainda opera parcialmente – já que as passagens eletrônicas estão disponíveis apenas para pagantes de tarifa cheia. Ajustes técnicos estão sendo finalizados para que, em seguida, o cartão do Metrofor seja liberado para idosos (gratuidade), e estudantes (meia passagem). Temporariamente, estas passagens continuam disponibilizadas por meio do bilhete de papel.

Camilo gira ministérios em Brasília em busca de recursos

O governador Camilo Santana (PT) cumpre agenda, nesta quarta-feira, em Brasília. Um giro pelos ministérios dos Transportes, Educação, Saúde e Justiça.

Na agenda, obras de infraestrutura de estradas, VLT e Metrofor, recursos para o setor educacional e saúde e apoio, no âmbito da Justiça, para ações no plano do sistema penitenciário e de segurança.

(Foto – Rodrigo Carvalho)

Comissão rejeita direitos de outorga de mototaxistas

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados rejeitou o projeto do deputado Daniel Vilela (PMDB-GO) que estende aos mototaxistas os direitos de outorga conferidos aos taxistas na Lei da Mobilidade Urbana (Lei 12.587/12).

A proposta (PL 3356/15) foi rejeitada pelo relator, deputado Diego Andrade (PSD-MG). Segundo ele, a substituição do taxi pelo transporte de motocicleta pode representar maior risco aos usuários em virtude das características do veículo e da inexistência de proteção adequada para passageiro e condutor, entre outros.

Ele acredita que o texto vai “colocar em risco a vida de milhares de usuários, podendo contribuir diretamente para o aumento no número de vítimas fatais no trânsito”.

Inicialmente, o projeto recebeu parecer favorável do deputado Leônidas Cristino (PDT-CE), mas foi rejeitado pela comissão, tornando-se este relatório voto em separado.

(Agência Câmara Notícias)

Sesst/Senat e Fetrans promoverão ações pelo Dia do Motorista

Em homenagem ao Dia do Motorista, celebrado em 25 de julho, o Sest/Senat Fortaleza e a Fetrans promoverão, nesta sexta, das 12 às 16 horas, no Posto da Secretaria da Fazenda em Aracati (Litoral Leste), uma série de ações na área da saúde e em favor dos profissionais do transporte.

Na programação, aferição de pressão arterial, teste de glicemia, orientação nutricional e palestra sobre a importância da atividade física e saúde bucal.

PF e MPF realiza no Rio nova fase da Operação Ponto Final

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPF) iniciaram, nas primeiras horas de hoje (5), uma nova fase da Operação Ponto Final, desencadeada na última segunda-feira (3) e que já prendeu 11 pessoas por envolvimento em irregularidades no transporte público do Rio de Janeiro. Entre as pessoas presas na operação, está o empresário Jacob Barata Filho, detido no Aeroporto Internacional do Galeão quando tentava embarcar para Portugal.

Nesta fase da Operação Ponto Final, agentes da PF, em conjunto com o Ministério Público Federal, cumprem mais quatro mandados expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio. Desses, três são de busca e apreensão e um de condução coercitiva, todos na capital fluminense, segundo nota da Polícia Federal.

A Operação Ponto Final tem por objetivo desarticular organização criminosa que atuava no setor de transportes do Rio. Desde o início, a PF já cumpriu cerca de 30 mandados de busca e apreensão.

Os empresários presos são acusados de desvios de cerca de R$ 500 milhões. Os 11 presos, dez dos quais estão na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na região central do Rio, são Jacob Barata Filho, Marcelo Traça Gonçalves, Lelis Marcos Teixeira, João Augusto Morais Monteiro, Marcelo Marques Pereira de Miranda, Carlos Roberto Alves, Otacílio de Almeida Monteiro, Eneas da Silva Bueno, Claudio Sá Garcia de Freitas e David Augusto da Câmara Sampaio.

Além de Jacob Barata Filho, estão presos outros empresários, funcionários públicos ligados a órgãos de fiscalização do transporte público – como o ex-presidente do Detro Rogério Onofre, preso pela Polícia Federal em Florianópolis – e políticos.

O conselheiro da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio José Carlos Reis, também envolvido no esquema, encontra-se em Portugal, mas já consta da lista de foragidos da Interpol – a Polícia Internacional.

(Agência Brasil)

Polícia Federal cumpre mandados contra empresários do transporte do Rio

A Polícia Federal cumpre oito mandados de prisão nesta segunda-feira em mais um desdobramento da operação Lava Jato no Rio de Janeiro. O foco da ação é a cúpula do transporte rodoviário. De acordo com as investigações, R$ 200 milhões em propina teriam sido pagos pelos investigados a políticos do Estado. A informação é da Veja Online.

Agentes da PF estiveram no apartamento de Lélis Marcos Teixeira, presidente da Fetranspor, para cumprir mandado de prisão contra ele. Também há buscas nas cidades de São Gonçalo e Paraíba do Sul, no Rio de Janeiro, e no Paraná e em Santa Catarina.

No domingo, Jacob Barata Filho, um dos maiores empresários do ramo de ônibus do Rio de Janeiro, foi detido no Aeroporto Internacional Tom Jobim, enquanto tentava embarcar para Portugal.

O mandado foi expedido pelo juiz federal Marcelo Bretas, da 7.ª Vara Federal Criminal do Rio, responsável pelas investigações que levaram à cadeia o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB).

PF prende Jacob Barata Filho ao tentar embarcar para Portugal

O empresário Jacob Barata Filho foi preso pela Polícia Federal na noite desse domingo, 2, no escopo da Operação Lava Jato no Rio. Ele estava no Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio, de onde embarcaria para Portugal.

Barata Filho teria pago propina a autoridades do Rio para conseguir facilidades para seus negócios. Ele teve a prisão decretada pelo juiz Marcelo Bretas, da 7.ª Vara Federal Criminal do Rio, responsável pelas investigações que levaram à cadeia o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB).

A prisão seria nos próximos dias, mas a polícia descobriu que ele viajaria nesse domingo, por isso antecipou sua captura, informou o programa Fantástico, da TV Globo.

Conhecido como “o rei do ônibus do Rio”, Barata Filho estava já na área de embarque do Tom Jobim. Iria viajar para Lisboa. Ele é dono de um conglomerado de empresas no Rio e em outros Estados com mais de quatro mil veículos. Herdou o negócio de seu pai, que atuava no ramo desde os anos 1960. Os negócios da família incluem também operadores de turismo, entre outras empresas, e se estendem por Portugal.

(Agência Estado)