Blog do Eliomar

Categorias para Acidente aéreo

Acidente com avião no Irã deixa 66 mortos

O serviço de emergências do Irã informou neste domingo (18) que houve um acidente de avião na região de Samiron, na província de Isafahan. Segundo o órgão, a aeronave se chocou com uma montanha no local. O acidente teria sido motivado por dificuldades causadas por más condições climáticas, como nevoeiros e ventos.

Segundo a companhia aérea iraniana Aseman, nenhuma das 66 pessoas a bordo da aeronave sobreviveu. No total, eram 60 passageiros, dois pilotos, dois comissários de bordo e duas pessoas de equipe de segurança.

O porta-voz do serviço de emergências iraniano, Moytaba Khaledi, informou à agência de notícias Isna que o avião, um ATR com 20 anos de uso, saiu da capital Teerã com destino à cidade de Yasuy, no sudoeste do país. Cerca de 20 minutos depois de levantar voo, a aeronave desapareceu do radar.

Khaledi afirmou que foram enviado helicópteros ao local do acidente, por se tratar de uma região montanhosa e de difícil acesso para ambulâncias.

(Agência Brasil)

Queda de avião russo pode ter sido causada por dados errados sobre velocidade

O acidente do avião AN-148 russo que caiu no domingo (11) perto de Moscou pode ter sido causado pelo fato de o painel de comandos da cabine de pilotos ter mostrado dados equivocados sobre a velocidade da aeronave, informou nesta terça-feira (13) o Comitê Interestatal de Aviação.

“A análise preliminar da informação registrada e o exame de casos análogos ocorridos no passado permitem supor que o fator que causou a situação extraordinária durante o voo foram os dados errôneos sobre a velocidade que apareceram nas telas dos pilotos”, afirma o organismo em comunicado.

Os dados equivocados ocorreram devido ao congelamento dos sensores de velocidade, segundo os dados extraídos pelos investigadores da análise das caixas-pretas recuperadas no lugar do acidente, no qual morreram as 71 pessoas que estavam a bordo.

(Agência Brasil)

Sem sobreviventes – Avião com 71 pessoas a bordo cai nos arredores de Moscou

Um avião birreator que levava 71 pessoas a bordo caiu neste domingo (11) nos arredores de Moscou, segundo informou a imprensa local. “Os primeiros dados mostram que ninguém sobreviveu ao acidente”, disse à agência Interfax uma fonte próxima aos serviços de emergência. A aeronave, segundo uma fonte citada pela agência, caiu entre as localidades de Arguntsevo e Stepanovo, na província de Moscou.

Moradores da região disseram que viram o avião, modelo AN-148, caindo em chamas. Fontes dos serviços de emergência indicaram que os destroços da aeronave foram avistados desde o ar e que equipes de resgate se dirigem ao local da queda.

O avião, pertencente à companhia Saratovskie Avialinii, desapareceu dos radares poucos depois de decolar do aeroporto internacional de Domodedovo, em Moscou, rumo à cidade de Orsk, ao sul dos montes Urais.

(Agência Brasil)

Helicóptero que caiu com filho de Alckmin tinha componentes desconectados

O relatório final do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), vinculado à Aeronáutica, sobre a queda de helicóptero em Carapicuíba (SP), que matou Thomaz Rodrigues Alckmin, filho do governador paulista Geraldo Alckmin, confirma que componentes da aeronave estavam desconectados.

O acidente ocorreu em abril de 2015, em Carapicuíba (SP), e matou também o piloto Carlos Haroldo Gonçalves e os mecânicos Paulo Moraes, Erick Martinho e Leandro Souza. A Aeronáutica já havia divulgado nota, em junho de 2015, em que apontava que a causa da queda havia sido um problema com os componentes.

Segundo o relatório, os controles flexíveis (ball type) e alavancas (bellcranck), que são fundamentais para o piloto controlar a aeronave em voo, estavam desconectados antes da decolagem. Uma das hipóteses é que o mecânico a bordo tenha se distraído, sem perceber a intercorrência.

O documento aponta ainda falhas na organização de trabalho: “a rotina de trabalho dos profissionais da organização de manutenção era suscetível a interferências e interrupções que promoviam quebra na sequência das atividades desenvolvidas”.

A empresa Helipark, proprietária do helicóptero, havia se pronunciado quando o primeiro relatório foi anunciado, dizendo que a hipótese de o helicóptero ter decolado com os componentes desconectados é absurda. “Equivalente a imaginar-se dirigir um automóvel com a barra de direção solta. Tratando-se de um helicóptero, o mero acionamento dos motores provocaria o tombamento lateral da aeronave ainda na pista”.

(Agência Brasil)

Laudo constata que Teori Zavascki não morreu por afogamento

O laudo do exame de necropsia feito no corpo de Teori Zavascki constatou que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) morreu de politraumatismo, isto é, de vários traumas ocasionados pela queda da aeronave. Além disso, não houve afogamento, segundo informações do Instituto Médico Legal (IML) de Angra dos Reis, no estado do Rio de Janeiro.

O avião em que estava Zavascki e mais quatro pessoas caiu no litoral de Paraty na tarde de quinta-feira (19), durante uma tentativa de pouso no aeroporto da cidade. Além dele, estavam na aeronave o empresário Carlos Alberto Filgueiras, dono do grupo hoteleiro Emiliano, o piloto Osmar Rodrigues, a massoterapeuta de Carlos Alberto, Maíra Panas, além da mãe dela, Maria Panas.

Os corpos de Zavascki e do empresário foram liberados pelo IML e serão sepultados hoje. O corpo do ministro Teori Zavascki, que já chegou ao Rio Grande do Sul, será sendo velado na sede do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre. O sepultamento será às 18h no Cemitério Jardim da Paz, na capital gaúcha.

(Agência Brasil)

Corpo de Teori Zavascki é resgatado das ferragens do avião na madrugada desta sexta-feira

O Corpo de Bombeiros já resgatou três dos cinco corpos de dentro do avião que caiu no litoral de Paraty, no sul fluminense, na tarde dessa quinta-feira (19). Segundo a assessoria de imprensa dos bombeiros, o trabalho de retirada de uma mulher e dois homens, entre eles o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, começou à meia-noite e terminou à 1h40 desta sexta-feira (20).

Os três corpos já foram encaminhados ao Instituto Médico-Legal de Angra dos Reis, que fará a identificação das vítimas. Os bombeiros retomaram às 5h30 os trabalhos de resgate dos outros dois corpos que continuam dentro do avião, de um homem e uma mulher.

Além do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, também estão entre as vítimas o empresário Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, fundador do Grupo Emiliano, e o piloto da aeronave, Osmar Rodrigues.

A investigação do acidente aéreo está a cargo do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes (Cenipa) da Aeronáutica.

(Agência Brasil)

Boeing cai sobre residências e mata 37 pessoas na Ásia

88 2

Um Boeing 747, que fazia o transporte de cargas, caiu no fim da noite desse domingo (15), horário de Brasília, nas proximidades de Bisqueque, capital do Quirguistão, na Ásia Central, provocando a morte de quatro tripulantes e 33 pessoas atingidas em suas casas.

Segundo a Polícia local, 43 casas foram atingidas na queda da aeronave, sendo que 15 ficaram completamente destruídas.

Pelo Twitter, a empresa Turkish Airlines manifestou seu pesar pelo ocorrido. “Nossas condolências às famílias daqueles que perderam a vida no trágico incidente envolvendo uma aeronave da ACT Airlines no Quirguistão”.

(com agências)

Rússia diz que analisa todas as pistas sobre queda de avião no Mar Negro

O ministro dos Transportes da Rússia, Maksim Sokolov, disse que estão sendo analisadas todas as pistas relacionadas ao acidente com o avião militar do país neste domingo (25), inclusive a de terrorismo.

“É prematuro fazer qualquer especulação no momento. Mas os investigadores estão avaliando todas as pistas, inclusive a de terrorismo”, disse Sokolov. O avião caiu no Mar Negro com 93 pessoas a bordo.

Mais cedo, o chefe da Comissão de Defesa do Senado russo, Viktor Ozerov, tinha descartado a possibilidade de atentado, alegando que o avião era da Força Aérea russa e tinha caído em território russo. Segundo ele, havia mais chances de ter sido uma falha técnica ou erro humano.

O presidente Vladimir Putin declarou luto nacional amanhã (26) em todo o país.

O voo tinha partido de Sóchi, na Rússia, e conduzia militares, jornalistas e membros do Coral do Exército. Eles deveriam fazer uma apresentação musical às tropas russas em Latakia, na Síria, na noite do Ano-Novo

(Agência Brasil)

Corpos das vítimas do acidente na Colômbia começam a chegar a Chapecó

Debaixo de muita chuva, aterrissou no aeroporto de Chapecó, por volta de 9h30 – horário de Brasília – deste sábado (3), o primeiro avião que trouxe alguns dos corpos das vítimas do acidente aéreo na Colômbia com a equipe da Chapecoense. Mais duas aeronaves são esperadas ainda nesta manhã.

No próprio aeroporto será realizada uma cerimônia de honrarias fúnebres em que o presidente Michel Temer, já presente no local, entregará às famílias das vítimas a Ordem do Mérito Desportivo.

Após a cerimônia no aeroporto, haverá um cortejo pelas ruas da cidade catarinense que deve durar cerca de uma hora e meia. Três caminhões decorados com a bandeira e as cores do time vão desfilar com os caixões.

Após o cortejo, os corpos serão levados para a Arena Condá, onde acontece o velório coletivo. Durante a primeira hora, a cerimônia será fechada, apenas com a presença da família e dos amigos das vítimas.  Apesar de serem esperadas mais de 50 mil pessoas no velório coletivo, apenas 19 mil poderão entrar no estádio para não exceder a capacidade máxima do local. Na área externa da Arena Condá, foram instalados telões e banheiros químicos para as pessoas que não conseguirem ingressar na cerimônia.

(Agência Brasil)

Rússia descarta hipótese de atentado contra avião que caiu no Egito

O ministro dos Transportes da Rússia, Maxim Sokolov, disse que são falsas as informações de que o avião russo que caiu neste sábado (31) no Egito, provocando 224 mortes, foi alvo de atentado terrorista.

“Em alguns meios de comunicação, surgiram informações sobre o avião de passageiros russo, que voava de Sharm el-Sheik para São Petersburgo, ter sido atingido por um míssil lançado por terroristas. Esta informação não pode ser considerada verdadeira”, afirmou Sokolov.

Um grupo ligado ao Estado Islâmico no Egito reivindicou hoje no Twitter ter abatido o avião russo que caiu no Sinai, no Egito, provocando a morte dos 224 passageiros e tripulantes.

O ministro Maxim Sokolov acrescentou que as autoridades russas estão em estreito contato com o governo egípcio e que, “neste momento, não há informações que confirmem essas fantasias”.

(Agência Brasil)

Estado Islâmico reivindica ter abatido avião russo com 224 pessoas

A ala egípcia do grupo jihadista Estado Islâmico reivindicou, no Twitter, a autoria do atentado ao avião russo que caiu neste sábado (31), na Península do Sinai, no Leste do Egito, provocando a morte aos 224 passageiros e tripulantes.

“Os soldados do Califado conseguiram abater um avião russo na província do Sinai transportando mais de 220 cruzados que foram mortos”, disse o grupo extremista em comunicado nas redes sociais, indicando ter agido como “represália” à intervenção russa na Síria.

O avião, que tinha como destino São Petersburgo, na Rússia, caiu ao sul da cidade egípcia de Al-Arish, capital da província do Norte Sinai, pouco depois de levantar voo de Sharm el-Sheik.

A aeronave pertence à companhia russa MetroJet (Kogalimavia), fundada em 1993 e com base no aeroporto de Domodedovo, que faz habitualmente voos fretados.

(Agência Brasil)

Avião russo cai no Egito e não há sobreviventes

Um avião Airbus-A321 de linhas aéreas russas Metrojet/Kogalymavia, que fazia voo de Sharm el Sheikh a São Petersburgo, desapareceu dos radares neste sábado (31), 23 minutos após a decolagem. Um representante do governo egípcio, Hussam el-Kawish, disse à Sputnik que o avião russo ficou completamente destruído e que não há sobreviventes. Por enquanto, os corpos de mais de cem pessoas já foram encontrados.

Segundo a embaixada russa no Egito, o voo transportava 212 passageiros e 7 integrantes da tripulação. A maioria dos passageiros é de turistas russos, incluindo 17 crianças.

Os destroços foram encontrados perto da cidade de Arish, no Norte da Península do Sinai. O Ministério das Relações Exteriores turco desmentiu a informação de que o motivo da catástrofe foram problemas técnicos. Testemunhas citadas pelo site de notícias al-Masry al-Youm disseram ter visto o avião incendiado, provavelmente do motor.

(Agência Brasil)

Filho caçula de Geraldo Alckmin morre em queda de avião

137 1

foto Thomaz Alckmin

Cinco pessoas morreram, segundo o Corpo de Bombeiros, na queda de um helicóptero no final da tarde desta quinta-feira (2) na divisa de Baurueri com Carapicuíba, zona oeste da Grande São Paulo. A corporação enviou oito viaturas para o local do acidente.

A aeronave caiu sobre uma casa e deixou um morador ferido, mas ele não corre risco de morrer. A residência foi interditada.

As investigações sobre o acidente serão conduzidas pela Polícia Civil.

(Agência Brasil)

ATUALIZAÇÃO (21H42MIN) – Uma das vítimas foi identificada como Thomaz Alckmin, 31, filho do governador Geraldo Alckmin.

Acidente do Airbus – Copiloto foi responsável pela queda da aeronave

“O copiloto do Airbus que caiu terça-feira (24) nos Alpes franceses foi o responsável pela queda do avião, iniciando deliberadamente a descida e recusando-se a abrir a porta da cabine ao piloto, revelou hoje (26) o principal investigador.

Em entrevista coletiva, o procurador Brice Robin afirmou que o copiloto estava sozinho no comando do avião no momento da queda, recusou-se a abrir a porta da cabine ao piloto e, voluntariamente, iniciou a descida.

Os investigadores tiraram as conclusões ao analisar as gravações contidas em uma das caixas-pretas. Eles acrescentaram que o copiloto não tinha indicações de ligação com o terrorismo. A queda do avião da companhia alemã Germanwings, de baixo custo, deixou 150 mortos.”

(Agencia Lusa)

Acidentes do Airbus – Caixa-preta é enviada para Paris

“Recuperado entre os destroços do avião, o gravador de voz do cockpit do Airbus da Germanwings, que caiu na terça-feira (25), está danificado e foi enviado a Paris para ser analisado. “A caixa-preta encontrada é o gravador de voz do cockpit”, disse uma fonte à Agência France Press, indicando que o aparelho estava “danificado” e “foi transferido para Paris esta manhã”.

A notícia foi confirmada pelo ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve, que acrescentou que, apesar de danificada, ainda é possível analisá-la.

Em entrevista à emissora RTL, o ministro Cazeneuve disse que será possível reconstituir os dados da caixa que grava as conversas dos pilotos, de modo a esclarecer o motivo da queda da aeronave. A segunda caixa-preta, com os dados do voo, ainda não foi encontrada na área onde o avião caiu, nos Alpes franceses.

Sobre as hipóteses do que teria provocado o acidente, o ministro francês disse que “a hipótese de terrorismo não é privilegiada”. Segundo Cazeneuve, “todas as hipóteses devem ser analisadas”. Ele acrescentou que “há uma concentração de destroços do avião em uma área de 1,5 hectare”.

O governo adiantou que “é certamente uma área importante porque o choque foi significativo, mas demonstra que o avião provavelmente não explodiu” e, portanto, “a hipótese de terrorismo não é privilegiada”.

(Agência Lusa)

Airbus cai nos Alpes franceses com 148 passageiros

“Um Airbus A320, da companhia German Wings, com 148 pessoas a bordo, caiu hoje (24) nos Alpes franceses, na região de Digne, segundo fontes de segurança.

Segundo o portal de notícias La Provence.com, o organismo responsável pela aviação civil na França, confirmou a queda do avião no vale de Haute-Bléone, no maciço de Trois Évêchés.

O voo, que partiu de Barcelona para Dusseldorf, tinha 142 passageiros, dois pilotos e mais quatro tripulantes a bordo.

O La Provence.com informa que veículos do Corpo de Bombeiros se dirigem para a área do acidente.”

(Agêncai Brasil)

Servidores públicos vítimas de acidente aéreo devem receber R$ 100 mil, cada

A 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) manteve decisão que condenou a empresa Prática Táxi Aéreo Ltda. a pagar indenização individual de R$ 100 mil para quatro servidores públicos vítimas de acidente aéreo por falta de combustível em helicóptero.

No Município de Itarema, o helicóptero pousou duas vezes para que fossem vistoriados dois empreendimentos de carcinicultura irregulares. Quando sobrevoava o Rio Acaraú, uma das passageiras começou a passar mal, com fortes enjoos. O piloto recomendou o retorno a Fortaleza por causa do estado de saúde da mulher.

Indagado se havia combustível suficiente, respondeu que sim. Quando estavam chegando à Capital, na altura do Rio Siqueira, notaram forte barulho na aeronave, a rotatividade da hélice diminuiu bruscamente, e o helicóptero caiu. Com o impacto ao solo, todos a bordo ficaram muito feridos, com fraturas e lesões graves.

Na contestação, a empresa alegou inexistirem provas de culpa ou dolo, inexistindo assim o dever de indenizar. Defendeu ainda a não aplicação do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Ao julgar o caso, a 7ª Câmara Cível negou provimento ao recurso. Para o relator do processo, a matéria deve ser analisada à luz do CDC por estar plenamente caracterizada a relação de consumo.

(TJCE)

MPF pede que órgãos federais investiguem acidente de Eduardo Campos

O Ministério Público Federal em Santos (SP) pediu que autoridades federais investiguem o acidente aéreo que matou sete pessoas, entre elas o candidato à Presidência da República Eduardo Campos, no dia 13 de agosto. Atualmente, a Polícia Civil de São Paulo trabalha no caso. O pedido do MPF foi feito à Justiça Federal. Para o órgão, a competência federal se dá uma vez que a Constituição Federal estabelece que a navegação aérea é responsabilidade da União.

“Trata-se de atividade que é integralmente regulada, fiscalizada e controlada por um sistema de órgãos federais, os quais devem adotar providências de prevenção e apuração de acidentes aéreos, inclusive para estabelecer, no exercício da competência regulatória, a revisão de atos normativos e técnicos que disciplinam os vários aspectos dessa atividade complexa”, disse o procurador da República Thiago Lacerda Nobre, autor da solicitação, em material publicado no site do Ministério Público Federal.

A Constituição diz, no Artigo 109, que é competência dos juízes federais processar e julgar “os crimes políticos e as infrações penais praticadas em detrimento de bens, serviços ou interesse da União”. “Portanto, a apuração sobre eventuais delitos que teriam levado à queda do jato em Santos é competência apenas de autoridades federais (Polícia Federal, Ministério Público Federal e Justiça Federal)”, argumentou.

O jato Cessna 560XL prefixo PR-AFA, no qual estava o presidenciável, caiu por volta das 10h do dia 13 de agosto. Quando se preparava para pouso, a aeronave arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com o avião, que atingiu casas e um bambuzal durante a queda, no bairro do Boqueirão. Campos viajava para Santos para cumprir agenda de campanha.

(Agência Brasil)

Fernandão morre em acidente que teve outras quatro vítimas

foto fernandão

A queda de um helicóptero causou a morte de cinco pessoas, neste sábado (7), na cidade goiana de Aruanã. Entre os mortos está Fernando Lucio da Costa, o Fernandão, que se destacou como atacante do Goiás, do Internacional, do São Paulo e da Seleção Brasileira. Ele ainda chegou a ser socorrido como até então o único sobrevivente, mas não chegou com vida ao hospital.

Segundo o Corpo de Bombeiros, as outras vítimas são um vereador, um assessor, um primeiro do governador de Goiás e o piloto, que era policial militar.

Em nota, a Fifa lamentou a morte do ex-jogador, que atualmente trabalhava como comentarista esportivo.

(com agências)