Blog do Eliomar

Categorias para Aviação

Voo ligando Panamá a Fortaleza aterrissa dia 18 de julho

No próximo dia 18, pousará, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, o primeiro voo da Copa Airlines ligando o Panamá à Capital cearense. A informação é da direção nacional da Associação Brasileira da Industria de Hotéis (Abih).

O primeiro pouso está previsto para as 21h30min, com coquetel para alguns convidados. O voo CM343 será operado em um Boeing 737-800, com capacidade para 16 passageiros em classe executiva e 138 na cabine principal.

As passagens estão sendo vendidas ao preço de US$ 545 ida e volta (aproximadamente R$ 1.720). Serão duas frequências semanais. Com a inclusão do novo destino, Fortaleza passará a ter, até o fim deste ano, 43 frequências semanais internacionais para 13 cidades.

(Foto – Divulgação)

Autoridade americana exige novos procedimentos em voos para os EUA

As companhias aéreas que fazem voos para os Estados Unidos terão de observar as novas regras para o transporte de bagagens de mão, válidas a partir de hoje (30). A Transportation Security Administration (TSA), autoridade norte-americana de segurança da aviação civil contra atos de interferência ilícita, passou a exigir novos procedimentos de segurança para voos internacionais com destino ao país.

As medidas devem ser aplicadas pelas empresas aéreas nos aeroportos de origem, inclusive os brasileiros.

Entre as medidas, as companhias devem informar os passageiros sobre a proibição de embarque de substâncias em pó acima de 350 mililitros em bagagem de mão. As exceções são para leite em pó, medicamentos e produtos adquiridos em duty free, nos próprios aeroportos. A TSA inclue nas normas os materiais em pó em forma granulares ou compactados.

Além disso, os passageiros poderão ter seus pertences de mão submetidos à inspeção de segurança pelo operador aéreo, conforme critérios de escolha do passageiro definidos pelo TSA. De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), essa medida já é prevista desde 2017, trata-se, portanto, de um reforço.

Em comunicado, a Anac informou que está avaliando as novas medidas e os impactos que podem ocorrer em voos no Brasil. A agência também participa de discussões técnicas internacionais, com o objetivo de atualizar a necessidade de alteração de alguma medida de segurança nos aeroportos do país.

(Agência Brasil)

Fortaleza terá voo direto para Madrid a partir de setembro

734 1

A Air Europa, que já faz alguns voos entre o velho continente e o Brasil, vai inaugurar mais uma rota em breve. Será o trecho Madri-Fortaleza, que terá início a partir de setembro próximo.

O governo do Ceará deu apoio a essa nova operação internacional que chega atraída não só pelos incentivos fiscais e mercado, mas, também pelo hub em implantação no Aeroporto Internacional Pinto Martins, com a chegada da alemã Fraport como gestora do terminal.

(Foto – Divulgação)

Governo e Latam vão celebrar acordo que garante novos voos para Fortaleza

A Latam Airlines Brasil e o Governo do Ceará vão celebrar, às 15 horas do próximo dia 4 de julho, no Palácio da Abolição, os novos voos anunciados pela companhia no Estado.

A informação é da Secretaria do Turismo do Estado, adiantando que os investimentos, anunciados pela LATAM em 23 de maio deste ano, integram uma parceria, de longo prazo, que promete fomentar o turismo local e gerar emprego e renda em vários segmentos da economia cearense.

A solenidade contará com a presença do governador Camilo Santana, do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e do CEO da Latam Airlines Brasil, Jerome Cadier.

(Foto – Fco Fontenele)

OAB anuncia novo recurso contra cobrança de bagagem em aviões

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) anunciou hoje (22) um novo recurso, com pedido de decisão liminar (provisória), a fim de interromper a taxa extra de cobrança de bagagens pelas companhias aéreas.

Para o presidente nacional da OAB, Cláudio Lamachia, “desde que a taxa foi colocada em prática, o consumidor tem sido lesado”.

O novo recurso foi motivado pelo reajuste no valor da taxa, feito recentemente pelas companhias Azul e Gol. Desde que a autorização para a cobrança foi anunciada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a OAB tem atuado para revogar a medida, que considera “lesiva” aos consumidores.

A medida chegou a ser suspensa pela Justiça Federal em março do ano passado, mas a decisão liminar foi derrubada no mês seguinte. A OAB quer que uma nova liminar seja concedida enquanto não é julgado o mérito final da ação.

A bagagem despachada começou a ser efetivamente cobrada em 1o de junho de 2017. A primeira companhia a cobrar foi a Azul, no valor mínimo de R$ 30,00 por mala, preço que agora é de R$ 60,00.

(Agência Brasil/Foto – Jarbas Oliveira)

Aeroporto de Fortaleza ganha uma nova avenida

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta sexta-feira:

A Fraport, gestora do Aeroporto Internacional Pinto Martins, vai investir num outro projeto na área, além da conclusão do novo terminal. Com autorização da Prefeitura, construirá uma nova via nas proximidades do aeroporto. A nova via ligará a avenida Senador Carlos Jereissati com as ruas Equador, Isaie Boris e 15 de Novembro.

A ordem é resolver o congestionamento, principalmente no cruzamento das ruas Equador com 15 de Novembro. A nova via terá comprimento de 320 metros e ligará a Rua Isaie Boris à Avenida Senador Carlos Jereissati, através da Rua Pedro Medeiros, utilizando parte do terreno da Infraero às margens do muro delimitador do aeroporto. A nova via gera benefícios para todo o entorno da área, pois se constituirá num novo acesso direto do tráfego entre o Montese (sem passar pelo Centro do bairro) e os bairros adjacentes como Vila União, Itaóca, Itaperi e consequentemente com os bairros Centro, Aldeota e Fátima. O calendário das obras e valores não foram ainda divulgados pelo grupo alemão. Essa nova via, sem dúvida, chegará como uma espécie de hub da salvação para um trânsito conturbado no entorno do Pinto Martins.

Privatização de aeroportos encarece vida dos passageiros

Com o título “Privatiza que melhora”, eis artigo do jornalista Plínio Bortolotti, do O POVO. Ele expõe um estudo feito pela Associação Internacional de Transporte Aéreo sobre as privatizações de aeroportos e seus impactos para o bolso dos passageiros. Confira:

Advirto que o depoimento não é de nenhum “esquerdista”, muito menos de um “bolivariano”. Trata-se da Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês), que realizou estudo, em conjunto com a consultoria McKinskey, constatando que a privatização dos aeroportos – por venda ou concessão – encareceram os serviços para os consumidores, sem trazer ganhos de eficiência relevantes.

O economista-chefe da Iata, Brian Pearce, considerou o resultado surpreendente: “A maior diferença em relação ao que vimos acontecer com outras indústrias, como a do aço, é a competição. Em infraestrutura aeroportuária, as pressões competitivas são, por natureza, muito menores”, disse ele na 74ª reunião geral da associação de companhias aéreas, em Sydney (Austrália), segundo publicou o jornal O Estado de S. Paulo (14/6/2018).

O estudo mostra queda nos custos unitários de operação em aeroportos privatizados, mas o usuário passou a pagar mais caro pelos serviços, levando ao aumento expressivo dos lucros.

“Claramente, a privatização dos aeroportos vem com um preço, que os consumidores têm de pagar”, afirmou Pearce, considerando que, em ambientes tendentes ao monopólio, há mais risco de “abuso do poder de mercado”, já que o objetivo principal é dar retorno aos investidores.

Ele ainda criticou o pensamento imediatista dos governos na hora de privatizar aeroportos. “Vemos governos pensando nos ganhos de curto prazo, tentando levantar o máximo de recursos com a venda de ativos, em vez de focar no interesse de longo prazo”. Agora vai por minha conta e risco.

Lendo esses argumentos, veio-me à lembrança a Petrobras, que parece encaixar-se perfeitamente nos alertas que faz o economista-chefe da Iata a respeito dos aeroportos. A petroleira estatal age em um ambiente tendente ao monopólio (ou pelo menos ao oligopólio) e, mesmo assim, volta e meia, governos “liberais” tentam privatizar a empresa.

Temer nomeou Pedro Parente presidente da Petrobras para dar-lhe um perfil de “mercado” uma “administração empresarial”. O que fez o ex-presidente da empresa? Espoliou o consumidor e vendeu ativos para retorno ao investidor, em vez de “focar no interesse de longo prazo”.

Deu no que deu.

*Plínio Bortolotti

plinio@opovo.com.br

Jornalista do O POVO.

TCU vai investigar se cobrança de bagagem barateou preço das passagens aéreas

O Tribunal de Contas da União (TCU) abriu uma auditoria de conformidade para verificar se a cobrança em separado de bagagem reduziu, de fato, o preço das passagens aéreas no Brasil. O valor cobrado à parte pelo despacho das malas, em voos domésticos, foi autorizado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), por meio de resolução, em dezembro de 2016, e aplicada a partir de abril de 2017.

Na época, o principal argumento das companhias aéreas foi que, com a cobrança em separado pela franquia de bagagens, o preço dos bilhetes cairia para quem não optasse pelo serviço. O relator do caso no tribunal será o ministro Bruno Dantas. O TCU não informou a previsão para a conclusão da auditoria, aberta na semana passada.

“Trata-se de um trabalho relevante para a sociedade brasileira, especialmente para os usuários do transporte aéreo em nosso país, inclusive para que sejam esclarecidos os diversos fatores que influenciam nos preços das passagens aéreas”, destacou, em comunicado, o presidente do TCU, ministro Raimundo Carreiro. Ele também ressaltou que a abertura da auditoria atende a uma solicitação da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados.

Procuradas pela Agência Brasil para comentar a iniciativa do TCU, a Anac e a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) não haviam respondido até o fechamento da matéria.

(Agência Brasil)

Aeroporto de Juazeiro do Norte aguarda normalizar fornecimento de combustível

Aeroporto de Juazeiro do Norte.

Mesmo com a paralisação dos caminhoneiros sendo desmobilizada, ainda falta combustível em pelo menos oito dos 54 aeroportos administrados pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) no País. A Infraero informou que monitora o abastecimento de querosene de aviação por parte dos fornecedores que atuam nos terminais. A recomendação é de que os passageiros procurem as companhias para consultar a situação de seus voos.

Os aeroportos que estão com falta de combustível são os de São José dos Campos (SP), Uberlândia (MG), Ilhéus (BA), Campina Grande (PB), Aracaju (SE), João Pessoa (PB), Teresina (PI) e Juazeiro do Norte.

Apesar da falta de querosene, os aeroportos estão abertos e têm condições de receber pousos e decolagens. Nos terminais em que o abastecimento está indisponível no momento, as aeronaves que chegarem só poderão decolar se tiverem combustível suficiente para a próxima etapa do voo.

(Veja)

Aeroporto de Fortaleza opera sem problemas

O Aeroporto Internacional Pinto Martins está operando normalmente nesta segunda-feira. Não foram registrados durante amadrugfada atrasos na chegada de voos ou nas decolagens, segundo a Fraport.

O abastecimento das aeronaves também está garantido e a expectativa é de um dia sem problemas, depois de uma semana de paralisação dos caminhoneiros em todo o País.

No Ceará, havia problemas com o Aeroporto Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte. Administrado pela Infraero, estava sem querosene de aviação até o fim da noite desse domingo. Há expectativas de que volte a se normalizar nesta segunda-feira, depois que o governo Temer cedeu às reivindicações dos caminhoneiros.

(Foto – Paulo MOska)

Governo do Ceará e LATAM anunciam novos voos

A Secretaria do Turismo do Ceará e a LATAM Airlines Brasil firmarão, em julho próximo, um acordo voltado para a criação de novos voos no Estado. O objetivo é reforçar o turismo local e contribuir para o desenvolvimento de diversos setores da economia cearense. Pelo convênio, a partir de julho próximo, haverá a ampliação em 25% do número médio de chegadas e partidas domésticas diárias da LATAM em Fortaleza.

No que diz respeito ao mercado internacional, o aumento programado pela empresa aérea será de cinco vezes, passando de 2 para 10 a quantidade semanal de chegadas e partidas internacionais da companhia na Capital cearense. A informação é da assessoria de imprensa da Setur.

Outra novidade. A operadora de turismo LATAM Travel planeja ações coordenadas com o objetivo de concentrar esforços para promover a capital cearense como um dos principais destinos turísticos da operadora no Brasil, aproveitando a capilaridade da sua rede de lojas e o incremento de malha aérea previsto para a cidade.

“Estamos muito felizes com este acordo, que nos assegura incentivos fiscais que permitem o aumento de nossa malha aérea no Estado, proporcionando mais opções de voos dentro do Brasil e ampliando a conexão do Ceará com os Estados Unidos. Nossa intenção é contribuir ainda mais para que o Aeroporto Pinto Martins seja um importante centro de conexões de voos e de passageiros, estimulando o desenvolvimento da região”, afirma Jerome Cadier, CEO da LATAM Airlines Brasil. “Acreditamos no potencial de toda a cadeia do turismo cearense e vamos abrir ainda mais as portas da região com a força da malha aérea da LATAM e com a rede única de lojas da LATAM Travel”, complementa o executivo.

Isenções

Todos os investimentos serão celebrados em Fortaleza durante encontro do Grupo LATAM Airlines com o Governo do Estado do Ceará, que será realizado em 4 de julho, na véspera da inauguração do novo voo direto da companhia entre Fortaleza e Orlando (EUA). A partir do início das novas operações, a companhia terá isenção de ICMS sobre o QAV (Querosene de Aviação), e também sobre importação de peças de manutenção e de aeronaves, transporte doméstico de cargas e alimentos e provisões de bordo. Em contrapartida, a LATAM se compromete a ampliar o seu volume total de voos domésticos e internacionais em Fortaleza.

Novos voos com passagens aéreas já à venda

Em 1º de julho, será inaugurada a terceira frequência entre Fortaleza e Miami, ampliando de 2 para 3 o número de voos (ida e volta) semanais na rota.

Em 5 de julho, será inaugurada a rota Fortaleza-Orlando-Fortaleza, com 2 voos (ida e volta) por semana.

Em 2 de julho, será retomada a rota Fortaleza-Galeão-Fortaleza, com 1 voo (ida e volta) semanal.

Em 1º de agosto, será ampliada de 41 voos (ida e volta) para 47 voos (ida e volta) a quantidade semanal de operações na rota Fortaleza-Guarulhos-Fortaleza.

Em 1º de agosto, será ampliada de 19 voos (ida e volta) para 20 voos (ida e volta) a quantidade semanal de operações na rota Fortaleza-Brasília-Fortaleza.

Em 1º de agosto, será ampliada de 8 voos (ida e volta) para 13 voos (ida e volta) a quantidade semanal de operações na rota Fortaleza-Salvador-Fortaleza.

Em 1º de agosto, será ampliada de 7 voos (ida e volta) para 11 voos (ida e volta) a quantidade semanal de operações na rota Fortaleza-Recife-Fortaleza.

Em 1º de agosto, será ampliada de 10 voos (ida e volta) para 11 voos (ida e volta) a quantidade semanal de operações na rota Fortaleza-São Luís-Fortaleza.

Em 1º de agosto, será ampliada de 8 voos (ida e volta) para 9 voos (ida e volta) a quantidade semanal de operações na rota Fortaleza-Belém-Fortaleza.

Em 1º de agosto, será ampliada de 7 voos (ida e volta) para 8 voos (ida e volta) a quantidade semanal de operações na rota Fortaleza-Teresina-Fortaleza.

Em 1º de agosto, será ampliada de 1 voo (ida e volta) para 2 voos (ida e volta) a quantidade semanal de operações na rota Fortaleza-Manaus-Fortaleza.

Em 1º de agosto, será ampliada de 1 voo (ida e volta) para 2 voos (ida e volta) a quantidade semanal de operações na rota Fortaleza-Belo Horizonte-Fortaleza.

Em 1º de agosto, será inaugurada a rota Fortaleza-Vitória-Fortaleza com 6 voos (ida e volta) por semana.

(Fotos – Divulgação/ Fco fontenele)

Anac interdita avião usado por Maiara e Maraísa

273 1

Em uma operação contra os táxis-aéreos piratas, a Anac interditou o avião usado pela dupla Maiara e Maraísa para voar nos últimos meses entre um show e outro. A informação é do O Globo.

A agência constatou que a aeronave não tinha certificação para ser fretada para táxi-aéreo. Os pilotos envolvidos no transporte das cantoras tiveram suas licenças suspensas.

A polêmica das sertanejas com esse tipo de serviço não é de hoje. Em 2017, elas já haviam sido notificadas pelo mesmo motivo. Inclusive, quase sofreram um acidente em outubro em um desses aviões.

Maiara e Maraísa não foram as únicas celebridades atingidas pela operação. Um avião que transportava Amado Batista também foi interditado ontem, dois dias após um pouso de emergência na Bahia.

Os dois casos serão encaminhados à Polícia e ao Ministério Público.

Gol lucra R$ 504 milhões no primeiro trimestre deste ano

A GOL Linhas Aéreas Inteligentes registrou, no primeiro trimestre deste ano, um lucro operacional de R$ 504,3 milhões no período, representando margem operacional de 17,0%. Esse resultado significa um crescimento de 97,4% em relação ao primeiro trimestre de 2017 e também a maior margem em um trimestre desde 2006. A informação é da assessoria de imprensa dessa empresa.

“Os resultados da companhia comprovam a assertividade da estratégia de oferecer um produto diferenciado e de alta qualidade, ao mesmo tempo em que atuamos incansavelmente na eficiência de custos. Continuamos focados em promover a melhor experiência em transporte aéreo aos nossos Clientes, com serviços exclusivos e pontualidade, em aeronaves novas e modernas que interligam os principais mercados, em horários e frequência de maior conveniência”, comenta Paulo Kakinoff, presidente da GOL.

A relação de dívida líquida (excluindo os bônus perpétuos) sobre EBITDA foi de 2,5x no primeiro trimestre de 2018, melhor em relação ao quarto trimestre de 2017 (3,0x) e ainda melhor em relação ao primeiro trimestre de 2017 (5,2x). A liquidez total, incluindo caixa, aplicações financeiras, caixa restrito e contas a receber, totalizou R$ 3,1 bilhões, um aumento de 104,9% sobre 31/03/17.

Câmara dos Deputados vai regulamentar atividade de aeroportuário

Levantamento do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (SINA) revela: há mais de 22 mil aeroportuários que prestam serviços à Infraero e às concessionárias do país aguardando a regulamentação de suas atividades. Na Câmara dos Deputados tramita a proposta (PL 6172/16) que prevê os direitos e deveres destes profissionais.

Os aeroportuários fazem o controle de embarque, desembarque, segurança e controle de raio-X, atividades de manutenção de infraestrutura aeroportuária, controle administrativo de aeroportos, aeródromos, helipontos e heliportos.

O líder do PSD na Câmara, Domingos Neto, é a favor da matéria. Ele lembra que, há poucos meses, a Lei nº 13.475/2017 reformulou a regulamentação da profissão de tripulante de aeronave. “O problema é que deixaram de fora o trabalhador que exerce função em terra, do lado de fora dos aviões. São profissionais imprescindíveis para a segurança aeroportuária e que ficaram sem amparo da legislação”, explica o parlamentar.

Na prática, o projeto permitirá que os aeroportuários tenham o mesmo status jurídico-profissional que há muito tempo já é concedido aos aeronautas (pilotos e copilotos) e aeroviários (manutenção de aeronaves). “Já fomos questionados até mesmo fora do país por não sermos regulamentados. Discutimos a condição do trabalhador, os seus direitos trabalhistas. Também temos preocupação com o bem-estar, a garantia do emprego e a responsabilidade civil e criminal do aeroportuário”, disse o presidente do SINA, Francisco Lemos, em audiência na Câmara.

Outra norma que deve acompanhar o processo de regulamentação da profissão faz menção à jornada de trabalho. Pelo texto, não será permitido exceder 36 horas semanais de trabalho para profissionais que trabalham em turnos, e 40 horas por semana para os demais. Para aqueles que trabalham mais de seis horas será obrigatório intervalo de descanso de no mínimo uma hora e no máximo duas.

Aeroviários e aeronautas

A categoria dos aeroportuários é representada pelo SINA desde 1989, mas ainda aguarda a regulamentação da profissão. Outros setores do segmento aéreo já estão totalmente resguardados por legislação específica: aeroviários pelo decreto 1.232/62 e aeronautas pela Lei 7.183/84.

A proposta em tramitação na Câmara também prevê 17 de novembro como o Dia do Trabalhador Aeroportuário.

(Com Agências)

Cadê o hub dos voos domésticos?

529 3

Da Coluna Eliomar de Lima, no O POVO deste sábado (5):

Merece elogios o esforço do governo estadual que atraiu o hub aéreo da Air France-KLM/Gol. As perspectivas para o setor econômico são positivas, mas, ao mesmo tempo em que o horizonte se abre no plano dos voos internacionais, o passageiro do voo doméstico continua amargando tarifas elevadas e nada de facilidades nos trechos entre Fortaleza e capitais, por exemplo, próximas, aqui do Nordeste.

Encontrar voos diretos para cidades como Recife é uma novela. Isso, sem falar que, quando há condições, aparecem escalas absurdas que geram perda de tempo e desgastes.

O momento de festa vivido por aqui precisa servir para reflexões no sentido de que a atual política da malha aérea do País deve, com urgência, ser repensada. Viajar para o Exterior, muitas vezes, até sai mais barato do que voar para qualquer ponto do Brasil como Gramado (RS) ou até Manaus (AM).

Claro que são muitos os fatores de influência neste País continental, mas será que a Anac e as empresas aéreas não poderiam discutir esse cenário?

Não custa nada cutucar politicamente um nicho onde governos e empresa aérea de grande porte não abrem para que a aviação regional tenha também direito ao seu pedacinho de céu nesse mercado.

Passageiros via hub ficarão no Ceará até 3 dias sem custo extra, anuncia Camilo Santana

Fortaleza vai se tornar ponto de stopover (quando o passageiro faz, de maneira voluntária, escala ou conexão com duração maior que 24 horas). Foi o que anunciou, nesta manha de sexta-feira, durante coletiva, no Hotel Gran Marquise, o governador Camilo Santana (PT). Isso será possível porque haverá parceria com as empresas de aviação.

A ideia, com a chega do hub aéreo da Air France-KLM-Gol, é que a “parada” se estenda por até três dias, o que deve aumentar o fluxo de turistas na cidade e animar donos de hotéis, restaurantes e setores da economia que lidam diretamente com os viajantes.

“A partir de agora, o passageiro que for fazer uma conexão em Fortaleza pode passar até três dias sem alterar a tarifa da passagem”, reforçou em sua fala o governador.

(Com O POVO Online – Repórter Irna Cavalcante/Foto – Divulgação)

Há algo no ar do Aeroporto Internacional Pinto Martins

Para a festa de instalação do hub da Air France-KLM-Gol, a partir da chegada de voos procedentes de Paris e Amsterdã, no fim desta tarde de quinta-feira, a Fraport, administradora do Aeroporto Internacional Pinto Martins, prepara recepção festiva. Com direito a cerimônia de batismo e o corte da faixa de inauguração das rotas.

Quem chega ao terminal, já vislumbra logo a logomarca da Fraport toda iluminada.

(Foto – Paulo MOska)

Camilo e Izolda já estão na rota da festa de inauguração do hub da Air France-KLM-Gol

O governador vem de Paris…

O governador Camilo Santana e a vice-governadora Izolda Cela inauguraram, nos aeroportos de Paris (França) e Amsterdã (Holanda), o primeiro voo direto da Air France e da KLM para Fortaleza. A cerimônia ocorreu nesta quinta-feira.

Os dois embarcaram para a Capital cearense marcando a inauguração do hub aéreo, com festa programada para o Aeroporto Internacional Pinto Martins no fim da tarde desta mesma quinta-feirase.

O avião da KLM, que vem de Amsterdã, tocará o solo cearense às 17h20min, enquanto o voo de Paris deverá pousar às 17h30min.

… E Izolda Cela vem de Amsterdã.

Camilo Santana e Izolda Cela lideram a comitiva oficial cearense nesses voos internacionais. No desembarque, no aeroporto de Fortaleza, ainda haverá o batismo das aeronaves.

(Fotos – Divulgação)

Secretário do Turismo comemora instalação oficial do hub Air France-KLM-Gol

256 1

Bilhete do secretário – Paris/Fortaleza.

O secretário do Turismo do Ceará, Arialdo Pinho, comemora, em sua página no Facebook, a concretização do hub da Air France-KLM-Gol, com voos inaugurais Paris-Fortaleza e Amsterdã-Fortaleza sendo aguardado no fim da tarde desta quarta-feira no Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Tudo com direito a festa no desembarque e jantar no Palácio da Abolição anfitrionado pelo governador Camilo Santana – que virá no voo procedente de Paris, e a vice, izolda Cela – que chegará oriunda de Amsterdã, para convidados. Confira a postagem:

Hoje, com orgulho estou realizando um sonho, com muito trabalho e perseverança. Estou no primeiro voo Paris Fortaleza do HUB AIRFrance/KLM/Gol. 

Chegarão ao mesmo tempo para inauguração do HUB voos, 1. Paris Fortaleza Joon Air France, 2. Amsterdam Fortaleza Joon KLM, 3. São Paulo Fortaleza GOL. Inaugurando nova etapa para turismo do Ceará e do Nordeste.