Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Aberto prazo para quem tem precatório com o Governo do Ceará solicitar conciliação

Quem possui precatórios de processos trabalhistas do Estado do Ceará tem a oportunidade de antecipar o recebimento de seu crédito. A Divisão de Precatórios do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará lançou edital de abertura de processo de habilitação para credores solicitarem audiências de conciliação em processos de precatórios devidos pelo ente estadual (Administração Direta e Indireta). O período de habilitação para os interessados vai até o dia 18 de maio próximo, informa a assessoria de imprensa do TRT do Ceará.

Para solicitar a audiência, a parte deve fazer uma petição no processo do respectivo precatório, informando o interesse em fazer o acordo. O pedido de inclusão em pauta de conciliação também pode ser feito por petição dirigida ao Juízo Auxiliar de Conciliação de Precatórios do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região, com protocolo direto no órgão (Av. Desembargador Leite Albuquerque, 1.077, Aldeota, Fortaleza/CE), bem como pelo endereço eletrônico precatorio@trt7.jus.br.

Após protocolizado o pedido do credor informando o interesse em conciliar, o valor do crédito será atualizado e as partes intimadas para comparecimento à audiência.

DETALHE – O Governo do Estado do Ceará dispõe de R$ 27,2 milhões para celebrar os acordos.

Pesquisa aprimora fármacos contra doença de Chagas e elefantíase

Pesquisadores do Departamento de Física da Universidade Federal do Ceará  já estão produzindo fármacos de qualidade voltados para Chagas e elefantíase, doenças normalmente negligenciadas, com pacientes contado apenas com um tipo de medicamento.

A partir de modificações na forma como as moléculas do composto estão organizadas, esses pesquisadores, integrantes do Laboratório Multiusuário de Cristalografia Estrutural (LABCRES), conseguiram tornar o medicamento mais eficiente. Isso, de acordo com os estudos, sem alterar o princípio ativo, reduzindo a necessidade de tomar doses mais altas e evitando maiores efeitos colaterais nos pacientes.

Essa pesquisa pode ser acessada no site da Agência UFC de Notícias (www.agencia.ufc.br), portal de divulgação científica e de extensão da Universidade.

(Foto J. Panela/UFC)

Câmara Municipal fará audiência para debater regulamentação da Uber

Por iniciativa do vereador Márcio Martins (PR), a Câmara Municipal de Fortaleza realizará nesta quinta-feira, a partir das 14 horas, uma audiência pública para discutir a mensagem 0013/2018, que regulamenta os aplicativos de transporte (Uber, 99Pop, Cabify, etc.). “Será uma oportunidade ímpar para dialogar com motoristas, governo, vereadores de base e oposição, empresas e usuários”, explica o vereador.

A favor de mudanças no projeto, o parlamentar destaca que um dos pontos mais polêmicos é a idade mínima do veículo, cinco anos, que passará a valer dois anos após a data de sanção da lei. Ele chegou a apresentar uma emenda que aumenta para 10 anos.

Outras emendas do parlamentar sugerem a retirada de exigência da Carteira Padrão de Operador de Transporte e da certidão de débitos negativos da receita federal, além da redução da Outorga Onerosa.

Um terço dos contribuintes ainda não declarou o IR

A cinco dias do fim do prazo, praticamente um terço dos contribuintes ainda não acertou as contas com o Fisco. Até as 17 horas de hoje (25), a Receita Federal recebeu 18.993.987 declarações do Imposto de Renda Pessoa Física. O total equivale a 66% dos 28,8 milhões de documentos esperados para este ano. O programa de preenchimento da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física de 2018, ano base 2017, está disponível no site da Receita Federal <http://www.receita.fazenda.gov.br/>. O prazo para a entrega da declaração começou em 1º de março e vai até as 23h59min59s de 30 de abril.

Está obrigado a declarar quem recebeu rendimentos tributáveis, em 2017, em valores superiores a R$ 28.559,70. No caso da atividade rural, deve declarar quem teve receita bruta acima R$ 142.798,50. A declaração poderá ser preenchida por meio do programa baixado no computador ou do aplicativo Meu Imposto de Renda para tablets e celulares. Por meio do aplicativo, é possível ainda fazer retificações depois do envio da declaração.

Outra opção é mediante acesso ao serviço Meu Imposto de Renda, disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) <https://cav.receita.fazenda.gov.br/>, no site da Receita, com uso de certificado digital.

Também estão obrigadas a declarar as pessoas físicas: residentes no Brasil que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil; que obtiveram, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens e direitos, sujeito à incidência do imposto ou que realizaram operações em bolsas de valores; que pretendem compensar prejuízos com a atividade rural; que tiveram, em 31 de dezembro de 2017, a posse ou a propriedade de bens e direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil; que passaram à condição de residentes no Brasil em qualquer mês e assim se encontravam em 31 de dezembro; ou que optaram pela isenção do IR incidente sobre o ganho de capital com a venda de imóveis residenciais para a compra de outro imóvel no país, no prazo de 180 dias contados do contrato de venda.

Multa por atraso

A multa para quem apresentar a declaração depois do prazo é de 1% por mês de atraso, com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% sobre o imposto devido.

Deduções

As deduções por dependente estão limitadas a R$ 2.275,08. As despesas com educação têm limite individual anual de R$ 3.561,50. A dedução de gastos com empregadas domésticas é de R$ 1.171,84.

Novidades deste ano

O painel inicial do sistema tem informações das fichas que podem ser mais relevantes para o contribuinte durante o preenchimento da declaração. Neste ano, será obrigatória a apresentação do CPF para dependentes a partir de 8 anos, completados até o dia 31 de dezembro de 2017.

Na declaração de bens, serão incluídos campos para informações complementares, como números e registros, localização e número do Registro Nacional de Veículo (Renavam). Também será incluída a informação sobre a alíquota efetiva utilizada no cálculo da apuração do imposto.

Outra mudança é a possibilidade de impressão do Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf) para pagamento de todas as cotas do imposto, inclusive as que estão em atraso.

(Agência Brasil)

Belchior será homenageado com shows no Teatro São João

A Secretaria da Cultura, Juventude, Esporte e Lazer de Sobral (Zona Norte) vai promover, na próxima segunda-feira (30), uma grande homenagem ao artista e compositor Belchior, que é sobralense.

Será num palco montado em frente ao Theatro São João, com a apresentação da Orquestra Eleazar de Carvalho e a banda sobralense Trovador Eletrônico.

O nome do espetáculo é ”Para Bel com Amor’, a partir das 19 horas. Gratuito.

(Foto – Divulgação)

Aécio vai depor na PF sobre repasse de R$ 35 milhões

O senador Aécio Neves vai depor, nesta manhã de quinta-feira (26), na sede da Polícia Federal.

Ele vai falar dentro da investigação que apura se recebeu propina das construtoras Andrade Gutierrez e Odebrecht para beneficiar as empresas na construção da usina de Santo Antonio, no Rio Madeira, em Rondônia.

O tucano teria recebido R$ 35 milhões.

(Foto – Pedro Ladeira/Folhapress)

Presidenciável Flávio Rocha agenda visita ao Ceará

O empresário e ex-deputado federal Flávio Rocha, agora presidenciável do PRB, agenda visita ao Ceará para o mês de maio. A informação é do presidente regional do partido, o deputado federal Ronaldo Martins.

No dai 17 de maio, Rocha cumprirá agenda em Fortaleza, devendo ter encontros com filiados e com lideranças empresariais. Já no dia 18 de maio, voará para Juazeiro do Norte, onde terá reuniões com militantes e empresários.

Não se sabe ainda se ele vai ao horto do Padim Ciço, até porque o PRB é uma legenda ligada à Igreja Universal do Reino de Deus.

(Foto – Divulgação)

Tasso cobra cenário eleitoral de Alckmin em SP. No Ceará, já admite candidatura de general

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) afirmou, nesta quarta-feira, que o ex-governador Geraldo Alckmin precisa organizar o cenário eleitoral em São Paulo, maior colégio eleitoral do País. Para o parlamentar cearense, o palanque regional no Estado é o que mais preocupa hoje o partido, que tem o próprio Alckmin como pré-candidato à Presidência da República.

“A divisão do palanque em São Paulo é o que mais preocupa. Precisa arrumar São Paulo”, disse Tasso ao Estadão/Broadcast. No Estado, o ex-prefeito da capital paulista João Doria é o pré-candidato tucano a governador, mas tem como adversários outros aliados de Alckmin, entre eles, o atual governador paulista, Márcio França (PSB). Tasso também conta nessa “divisão” o presidente da Fiesp, Paulo Skaf (MDB).

A declaração de Tasso foi dada um dia após divulgação de pesquisa Ibope sobre o cenário eleitoral em São Paulo. Encomendado pela TV Bandeirantes, o levantamento aponta que Alckmin empata, em alguns cenários, com o deputado Jair Bolsonaro (RJ), presidenciável pelo PSL. Ambos aparecem em segundo lugar no Estado com 14% das intenções de voto, no cenário com a participação do ex-presidente Lula (PT), que, mesmo preso e inelegível, lidera com 20%.

A pesquisa mostrou ainda que Dória está tecnicamente empatado com Skaf na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes. Segundo o levantamento, Doria tem 24% das intenções de voto, contra 19% de Skaf – a margem de erro é de 3 pontos porcentuais. O petista Luiz Marinho, ex-prefeito de São Bernardo do Campo, e o atual governador paulista seguem bem atrás, com 4% e 3%, respectivamente.

Ceará

Tasso também afirmou que deverá lançar o general do Exército Guilherme Cals Theophilo como candidato ao governo do Ceará para servir de palanque para Alckmin. “Não está confirmado, mas tem tudo para ser. Está na hora de sangue novo”, afirmou o senador, que recusou apelos do presidenciável tucano para que ele próprio fosse o candidato a governador. “Ele (Cals) é um amante do Ceará, tem um ótimo currículo e está sendo muito bem recebido”.

Em Caucaia, 18 escolas municipais concorrem ao Selo Unesco

Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza, detentora do título de única cidade do Ceará com uma escola municipal a receber o Selo Unesco, entra novamente na disputa pela certificação com um número recorde de inscrições. Dezoito unidades educacionais da cidade submeteram projetos à apreciação da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. A confirmação das candidaturas foi feita pela Unesco nessa terça-feira (24/4). O material foi encaminhado para a Coordenação Nacional do Programa das Escolas Associadas (PEA-Unesco), em São Paulo, de onde seguirá para análise final em Paris, na França. A informação é da assessoria de imprensa desse município.

Serão avaliados a qualidade dos projetos e o impacto positivo deles nas escolas e nas comunidades. Na Escola de Ensino Infantil e Ensino Fundamental (EEIEF) Manoel Rocha, por exemplo, o selo foi conquistado em decorrência de ações sociais contra o Aedes aegypti, mosquito transmissor das arboviroses dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

Localizada numa área de vulnerabilidade social do Conjunto Nova Metrópole, a unidade tinha estudantes do primeiro ao quinto ano com elevados índices de ausiência. “Percebemos essa alta incidência de falta e fomos buscar os motivos. E o principal era a dengue. Os alunos estavam doentes. Então, a gente pensou em ações de combate ao mosquito e envolvemos as famílias. Os pais adotaram nossa ideia e aí tudo fluiu. Veio o selo e com ele a certeza de que podíamos fazer muito mais”, resume a coordenadora de programas e projetos da Secretaria Municipal de Educação (SME), professora Andrea Herculano.

É essa perspectiva de melhoria do ambiente escolar e do entorno da escola que a SME quer promover nas 18 novas candidatas à certificação da Unesco. Por isso, os projetos tratam, por exemplo, da inclusão de alunos surdos, banda musical, uso racional da água, aplicação do xadrez em aulas de matemática, solidariedade, estímulo à leitura, plantas medicinais, reforço escolar e empreendedorismo juvenil.

Cinco das 18 escolas ficam em Sítios Novos, zona rural de Caucaia. As demais localizam-se no Parque Guadalajara, Tabapuá, Tabapuazinho, Nova Metrópole, Cumbuco, Alto do Garrote, Taquara, Grilo, Genipabu, Novo Pabussu, Catuana, Tucunduba e Jandaiguaba.

A Unesco estabelece um prazo de até dois anos para conceder o Selo. “A gente está falando de um braço da ONU e pensa a educação no mundo. Ser uma escola com essa certificação é um reconhecimento internacional de uma instituição de credibilidade. Para além desse reconhecimento, acontecem os intercâmbios, projetos, recursos didáticos…”, detalha Andrea Herculano.

À frente do projeto que resultou no Selo para a EEIEF Manoel Rocha, ela explica como ganhar o aval da Unesco modificou realidades. “Nós pudemos sentir efetivamente a mudança na escola. Professores, estudantes e famílias se sentiram valorizados. A escola aumentou até o número de alunos. Hoje, a escola tem uma perspectiva de crescimento e a certeza de que desenvolver um trabalho diferenciado que traga sentimento de pertencimento é absolutamente possível.”

As 18 escolas candidatas

EEIEF 7 de Setembro, no Parque Guadalajara

EEIEF Affonso de Medeiros, no Tabapuá

EEIEF Dona Lavínia de Medeiros, no Tabapuazinho

EEIEF Francisca Alves do Amaral, no Conjunto Nova Metrópole

EEIEF Helena de Aguiar Dias, no Cumbuco

EEIEF José Pontes Filho, no Alto do Garrote

EEIEF Maria de Lourdes Rocha, na Taquara

EEIEF Nair Magalhães Guerra, no Grilo

EEIEF Osmira Eduardo de Castro, no Genipabu

EEIEF Patronato Pio XI, no Novo Pabussu

EEIEF Plácido Monteiro Gondim, na Catuana

EEIEF Yara Guerra Silva, na Tucunduba

EDEIEF Aba Tapeba, na Jandaiguaba

EEIEF Alice Moreira de Oliveira, nos Sítios Novos

EEIEF Manoel Pereira Marques, nos Sítios Novos

EEIEF Nossa Senhora da Conceição, nos Sítios Novos

EEIEF Pedro Moreira de Oliveira, nos Sítios Novos

NEDI Maria Simone Moreira do Nascimento, nos Sítios Novos

Mega-Sena pode pagar R$ 3 milhões

O Concurso 2.034 da Mega-Sena pode pagar R$ 3 milhões para quem acertar as seis dezenas no prêmio principal. O sorteio será hoje (25), às 20 horas, no Caminhão da Sorte, em Aparecida do Taboado, no Mato Grosso do Sul.

Segundo a Caixa, caso o ganhador decida investir o prêmio na poupança, poderá receber R$ 11 mil de rendimentos por mês.

As apostas podem ser feitas até uma hora antes do sorteio nas lojas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo o país.

(Agência Brasil)

Custo da construção sobe 0,28% em abril

O Índice Nacional de Custo da Construção–M (INCC-M), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), teve alta de 0,28% em abril, taxa acima do resultado de março: 0,23%. O índice acumula taxas de inflação de 0,93% no ano e de 3,84% em 12 meses.

O INCC-M relativo a materiais, equipamentos e serviços teve variação de preços de 0,40% em abril. Os materiais e equipamentos registraram inflação de 0,35%, enquanto os serviços variaram 0,61% no período. Individualmente, os itens que mais influenciaram a inflação foram os projetos (1,48%), vergalhões e arames de aço (1,26%) e cimento Portland comum (1,12%)

Já o índice referente à mão de obra teve inflação de 0,18% em abril. Individualmente, o item que mais influenciou a inflação foi o ajudante especializado, cujo custo de contratação cresceu 0,16%.

(Agência Brasil)

Ministro vem abrir a Semana do Trabalhador no Ceará

O ministro Helton Yomura (Trabalho e Emprego) abrirá, dia 30 próximo, pela manhã, na sede da Superintendência Regional do Trabalho, em Fortaleza, a Semana do Trabalhador no Ceará.

A informação é do titular da SRT/CE, Fábio Zech, adiantando que no dia 1º de Maio, haverá uma série de eventos e  prestação de serviços no Shopping RioMar Kennedy.

(Foto – MTE)

E por falar em economia criativa…

Com o título “Criatividade e negócios”, eis artigo do superintendente estadual do Sebrae, arquiteto Joaquim Cartaxo. Ele destaca a economia criativa como valor para a economia. Confira:

Estamos vivendo a era do conhecimento, onde o talento e a criatividade se configuram em ativos cada vez mais importantes no âmbito do mundo dos negócios. Uma nova economia vem se consolidando a partir de modelos de negócio ou gestão que se originam em atividades, produtos ou serviços desenvolvidos a partir do conhecimento, criatividade ou capital intelectual de indivíduos com vistas à geração de trabalho e renda.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), todas estas atividades baseadas no conhecimento e produção de bens tangíveis, intelectuais e artísticos, com conteúdo criativo e valor econômico, integram a chamada “Economia Criativa”. Para a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) estas indústrias criativas se dividem em quatro grandes grupos: patrimônio, artes, mídia e criações funcionais.

Diferentemente da economia tradicional, a economia criativa foca no potencial individual ou coletivo para produzir bens e serviços criativos. Esta nova economia gera cerca de US$ 8 trilhões por ano no mundo, representando de 8 a 10% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial. Em nosso País, a área criativa gerou uma riqueza de R$ 155,6 bilhões para a economia brasileira em 2015, segundo o Mapeamento da Indústria Criativa no Brasil, publicado pela Federação da Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) em dezembro de 2016.

Entretanto, produtores e empreendedores que atuam no mercado dos negócios criativos no Brasil ainda precisam desenvolver a sustentabilidade de seus empreendimentos, adquirir independência dos recursos do Estado, profissionalizar a gestão e buscar a longevidade de seus negócios.

Tão importante quanto o talento e a criatividade é a necessidade de se desenvolver competências para gerir o empreendimento de um modo que gere um fluxo de receitas constante e autônomo, visando a sustentação a médio e longo prazos. São estas competências que ajudarão os empreendedores a transformar a habilidade criativa natural em ativo econômico e recurso para o desenvolvimento de negócios duradouros.

*Joaquim Cartaxo

cartaxojoaquim@bol.com.br

Arquiteto urbanista e superintendente do Sebrae Ceará.

Ministro promete ao governador a retomada da obra da transposição para o mês de maio

O governador Camilo Santana (PT) esteve, nesta manhã de quarta-feira, em Brasília, em audiência com o ministro da Integração Nacional, Antônio de Pádua Andrade.

No encontro, tendo ao seu lado o presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB), e o secretário estadual dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, Camilo cobrou a retomada das obras da transposição das águas do rio São Francisco, no Eixo Note, que beneficia o Ceará.

O ministro garantiu que o novo consórcio assumirá o empreendimento, a partir de maio e que a ordem é dar celeridade ao projeto. Dentro dessa meta, haverá três períodos de trabalho. O consórcio tem à frente a Ferreira Guedes, quarta colocada na licitação e que assumiu porque demais consórcios não cumpriram o contrato.

(Foto – Divulgação)

Rodrigo Maia diz que projetos de crédito suplementar terão restrição na Câmara

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (25), em Brasília, que haverá dificuldades para o plenário votar projetos de lei do governo federal que pedem abertura de crédito suplementar com a transferência de recursos de alguns ministérios e projetos de estados para a conta da União. Dois projetos de lei que estão na pauta da sessão do Congresso Nacional de hoje somam mais de R$ 4,4 bilhões de recursos a serem remanejados entre as pastas da União e cancelados em alguns estados.

Novo relator, deputado Rodrigo Maia, faz leitura do texto no plenário da Câmara dos Deputados que realiza sessões esta semana para análise e votação da reforma política (Wilson Dias/Agência Brasil)
Rodrigo Maia disse que projetos enfrentarão dificuldades na Câmara (Arquivo/Wilson Dias/Agência Brasil)
Segundo as propostas, o governo pede o cancelamento de projetos não obrigatórios de ministérios, como Integração e Cidades, bem como de ações da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf), entre outros de alguns estados em favor das contas previdenciárias e programas previstos na Lei Orçamentária de outras pastas.

Ao chegar à Câmara para participar da sessão solene em homenagem póstuma ao ex-presidente da Câmara, Luís Eduardo Magalhães, Rodrigo Maia disse que os projetos enfrentarão “restrição” na Câmara e que não há condições de votar a matéria sem entender as motivações das transferências dos recursos.

Argumentação

“Nós estamos com dificuldade para votar o PLN [projeto de lei do Congresso Nacional] do governo hoje. Ele tira quase R$ 500 milhões da Bahia, quase R$ 400 milhões do Rio e do jeito que ele está não vai ter sessão no Congresso. Nós não vamos ter condição de aceitar o PLN do jeito que está colocado, tirando dinheiro dos estados, tirando dinheiro dos ministérios e colocando numa conta que vai ser controlada exclusivamente pelo governo. Do jeito que está o PLN, é muito difícil a Câmara avançar com ele”, disse.

O presidente da Câmara afirmou ainda que tem a intenção de abrir a sessão deliberativa do plenário da Câmara antes da sessão do Congresso e que vai conversar com o presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB-CE), para tratar da pauta, que pode ser analisada em sessão mista de senadores e deputados hoje à tarde.

Rodrigo Maia reiterou que pretende avançar hoje na votação do projeto do Cadastro Positivo, apesar da obstrução de alguns partidos. O projeto, que prevê a adesão automática dos consumidores adimplentes ao cadastro, está pautado há várias semanas, mas não passou da fase de discussão devido ao questionamento de algumas bancadas com relação ao sigilo de dados dos consumidores e por causa da insegurança jurídica que a exposição das informações poderia causar.

(Agência Brasil)

Economistas cearenses reduzem otimismo sobre o País

A pesquisa Índice de Expectativas dos Especialistas em Economia (IEE), realizada pela Federação do Comércio do Ceará (Fecomercio) e Conselho Regional de Economia (Corecon),  revela, na sua vigésima quarta edição, uma piora na percepção dos analistas sobre o comportamento das variáveis econômicas capturadas pelos três índices: de percepção geral (112,1 pontos), presente (113,4 pontos) e futura (110,9 pontos). De acordo com o levantamento, a interrupção das reformas econômicas e a dinâmica política do País impactaram negativamente as expectativas dos agentes econômicos consultados.

Os analistas revelaram otimismo em apenas cinco das nove variáveis investigadas: evolução do PIB (170,2 pontos), nível de emprego (139,4 pontos), cenário internacional (137,7 pontos), oferta de crédito (127,5 pontos) e taxa de juros (112,7 pontos).

Em relação à pesquisa anterior, os analistas revelaram pessimismo com um número maior de variáveis, quatro: taxa de inflação (99,2 pontos), taxa de câmbio (80,1 pontos), salários reais (77,1 pontos) e gastos públicos (65,3 pontos), que pela primeira vez apresentou a menor pontuação entre as nove variáveis.

A pesquisa, de periodicidade bimestral, colheu no período março a abril as expectativas de 138 especialistas em economia. A amostra reúne profissionais dos mais diversos setores da economia cearense: indústria, agricultura, setor público, mercado financeiro, comércio e serviços. Economistas, empresários, consultores, executivos de finanças, professores universitários, pesquisadores, analistas e dirigentes de entidades diversas contribuíram com suas percepções.

Tasso discute com Zé Airton regulamentação do seguro defeso

Diferenças políticas à parte, o senador Tasso Jereissati (PSDB) recebeu, nesta manhã de quarta-feira, em seu gabinete em Brasília, o deputado federal José Airton Cirilo (PT), vereadores e representantes do setor pesqueiro cearense.

Na ocasião, foi discutida a regulamentação do seguro defeso, considerado uma compensação importante para milhares de famílias e pescadores do Ceará.

(Foto – Divulgação)

Camilo muda parte do secretariado, mas não mexe em time que estaria ganhando

Ao optar por Roger Mendes como titular da Secretaria da Educação do Estado, o governador Camilo Santana (PT) sinalizou que não mexeria no que lhe tem dado bons resultados: a Educação.

Mendes, bom destacar, era o adjunto do então titular da pasta, Idilvan Alencar, que deixou o governo em busca do sonho de virar deputado federal pelo PDT.

(Foto – Divulgação)