Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Eduardo Cunha – A “Geni” dos hipócritas?

Com o título “Eduardo Cunha é a Geni que os hipócritas de plantão precisam”, eis artigo da responsabilidade do jornalista, professor e radialista Francisco Bezerra. Ele volta a falar no tema que envolve o presidente da Câmara dos Deputados, que está sob ameaça de casssação. Confira:

“A hipocrisia é uma homenagem que o vício presta à virtude.” François La Rochefoucauld

De tudo que é nego torto/ Do mangue e do cais do porto/ Ela já foi namorada/ Seu corpo é dos errantes/ Dos cegos, dos retirantes/ É de quem não tem mais nada/ Joga pedra na Geni/ Ela é boa de apenhas/ Ela é boa de cuspir/ Maldita Geni. A personagem criada pelo gênio Chico Buarque na “Opéra do Malandro” é para a face dos hipócritas golpe desferido por uma borduna.

A letra descreve, em versos, episódio ocorrido com Geni, um travesti, que era hostilizado em sua cidade. A comunidade, de repente, seu viu ameaçada de ataque de um Zepelim. O seu comandante, que queria tudo explodir, se encanta com os dotes de Geni, que acaba sendo provisoriamente tratada de um modo diferenciado pelos seus detratores. Passada a ameaça, ela retorna ao seu dia a dia normal, no qual as pessoas a ofendiam e a excluíam, revelando o caráter pseudomoralista e hipócrita da sociedade.

A canção teve tal relevância que o refrão Joga pedra na Geni se transformou numa espécie de bordão, indicando como Geni pessoas ou até mesmo conceitos que, em determinadas circunstâncias políticas, se tornam alvo de execração pública, ainda que de forma transitória ou volátil.

A citação da obra magistral do Chico Buarque serve para se fazer um paralelo entre a ficção e a realidade a partir do que assistimos hoje em Brasília. Interessante, muito interessante a situação política do presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha. Todo mundo – governo, oposição e mídia – comenta, nos corredores do Congresso, que o cara é um tremendo 171, “um achacador que vem operando no sistema público desde o final dos anos de 1980”.

No submundo da corrupção, dizem outros, Eduardo Cunha virou é um polvo, dados os tentáculos sobre todos os setores do aparelho estatal. História que vem de longe. Bastar dizer que o deputado desembarcou em 1991 na Telerj, sendo indicado para a estatal de telefonia por nada menos que Paulo César Farias. A figura, já desaparecida do plano físico, desaconselha apresentações. Pois foi esta “vestal” o grande padrinho do Cunha. Certamente, o ainda presidente da Câmara, não precisou fazer com o PC Farias nenhum mestrado em corrupção. O bom, como diz a gíria, já vem do ovo.

Depois de Collor, impichado em 1992, vieram os governos Itamar, Fernando Henrique I e II, Lula I e II e Dilma I e II. Eduardo Cunha passeou serelepe por todo este ciclo republicano de poder e foi amealhando o seu poder através de negócios nada republicanos. Como líder do PMDB, ele sedimentou caminho para os píncaros da glória: presidir colendo colegiado da república. O cara é bom. Afinal de contas, são 513 doutos deputados e um só cargo de presidente.

Disputando com o candidato do governo, deu de braçadas no petista Arlindo Chinaglia. Ganhou a eleição no primeiro turno com sobras de votos. Com ele, o baixo clero havia chegado ao paraíso. Dono absoluto do pedaço impôs ao governo uma agenda legislativa beligerante: a chamada pauta bomba. Com um exército de Brancaleone servil passou a ser cortejado pela oposição destrutiva ao governo. Com ele, o impeachment ganhou aspecto de algo factível e uma bomba no colo da presidente Dilma.

Com tantas provas de corrupção vindas da Suíça, Eduardo Cunha se transformou numa espécie de Geni. Todo mundo passou a atirar-lhe excrementos. Só que como a Geni da música, Cunha tem lá seus encantos e feitiços. Para o baixo clero da Câmara, ele é uma espécie de grande pajé. Para a oposição demotucana, uma bomba armada nos arredores do palácio do Planalto. Para o PT, um incômodo útil no estratagema para evitar o início do fim do governo do PT. Ou seja, tudo que se diga de bom ou de ruim do Cunha pode parecer hipócrita.

Que ele vai cair ninguém tem mais dúvida. A dúvida é de onde partirá o empurrão que o jogara no cadafalso. Como no episódio bíblico de Madalena, o problema é saber quem se atreve a jogar a primeira pedra. Eduardo Cunha é a Geni que os hipócritas de plantão precisam

* Francisco Bezerra,

Jornalista, radialista e professor.

Tragédia em Minas – Barragem que rompeu estava regular

“O Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Minas Gerais (Sisema) informou hoje (6) que a Barragem do Fundão estava regular e foi inspecionada por um auditor especialista em segurança de barragens. “De acordo com o programa de auditoria de segurança de barragem da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam), a Barragem do Fundão estava com estabilidade garantida pelo auditor. O último relatório foi apresentado em setembro de 2015”, informou o Sisema.

A Samarco teve a licença de operação concedida em 29 de outubro de 2013, com validade até 29 de outubro de 2019.

O Sisema – composto pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Instituto Estadual de Florestas (IEF), Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) e Fundação Estadual de Meio Ambiente – informou, no entanto, que para garantir a estabilidade é necessário que a empresa se responsabilize pela manutenção contínua da segurança. “Uma das exigências da Feam é que a auditoria seja realizada por um auditor especialista em segurança de barragem, que não pertença aos quadros da empresa, no caso, a Samarco S.A.”

Procurada pela Agência Brasil, a Samarco ainda não deu informações sobre a manutenção no local. Ontem (5), a empresa divulgou nota informando que não era possível ainda saber as causas do rompimento e que a prioridade era o atendimento às vítimas. “A organização está mobilizando todos os esforços para priorizar o atendimento às pessoas e a mitigação de danos ao meio ambiente”, diz a nota de ontem.

As barragens do Fundão e de Santarém, pertencentes à empresa, romperam ontem por volta das 16h30min e inundaram a região com lama, rejeitos sólidos e água usados no processo de mineração. Barragens como as que se romperam em Minas são feitas para reter os resíduos sólidos e água dos processos de mineração. O rejeito é material que deve ser armazenado para proteção do meio ambiente.

Várias casas do distrito de Bento Rodrigues, zona rural a 23 quilômetros de Mariana, foram alagadas e há riscos de desmoronamentos. Ainda não é possível confirmar as causas e a extensão do ocorrido. O Ministério Público de Minas Gerais instaurou inquérito para investigar as causas do acidente e responsabilidades no caso.”

(Agência Brasil)

Morre o ex-governador e ex-senador Beni Veras. Velório será no Palácio da Abolição

beni

Morreu, nesta sexta-feira, o ex-governador e ex-senador Beni Veras (80). Ela estava internado, há mais de uma semana, na UTI do Hospital Monte Klinikun, em Fortaleza. Beni morreu vítima de complicações do Mal de Parkinson. A informação foi divulgada há pouco por Cleiton Veras, um dos filhos de Beni, para os deputados estaduais.

Beni Veras era filiado ao PSDB, mas, por causa da doença, afastou-se da vida política e também empresarial. O ex-governador era filho de Crateús e ficou notalizado por comandar nos anos de 1980 o Movimento Mudancista que, ao eleger o empresário Tasso Jereissati, encerrou o chamado “Ciclo dos Coronéis” da política cearense.

Beni foi casado com dona Vanda de Sousa Alcântara. Foi também vice-governador de Tasso Jereissati e assumiu o governo quando o titular desvinculou-se do cargo para disputar uma vaga no Senado Federal. Beni iniciou os estudos na sua cidade natal, depois cursou o ginasial e científico no Colégio Liceu do Ceará. Graduado em Administração, com especialização em Marketing , pela Escola de Administração do Ceará, 1964/67.

Também foi diplomado pela Universidade de Harvard-EUA, em Problemas de Desenvolvimento Econômico, 1966 e, na década de 1950, participou como revisor e colaborador do jornal “O Democrata”, período do Partido Comunista Brasileiro (PCB).

Velório

A família de Beni Veras informou que o velório ocorrerá a partir das 16 horas, no Palácio da Abolição. O enterro será neste sábado, às 9 horas, no Cemitério Jardim Metropolitana (Eusébio).

Trajetória política

•Presidente do Centro Industrial do Ceará (1967- 1977);
•Presidente do Comitê Suprapartidário Pró-Tancredo Neves (1984- 1985);
•Vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (1987- 1988);
•Assessor especial do governador do Estado do Ceará (1987- 1990);
•Senador, eleito para o período 1991/1999;
•Ministro de Estado Chefe da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Coordenação da Presidência da República no período de 3.3.1994 a 1º.1.1995 no Governo Itamar Franco
•Vice-governador do Estado do Ceará (1999- 2003).
Com a renúncia do Governador Tasso Jereissati, assume o Governo do Estado do Ceará para o período de 5 de abril de 2002 a 1 de janeiro de 2003.

Eunício bate em Ciro e usa expressão “batedor de carteira” contra pregadores da ética

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=PWQxj73kny0[/youtube]

O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, foi à forra, nesta sexta-feira, contra o ex-ministro Ciro Gomes que, em seu Facebook, vem batendo no parlamentar e nos seus negócios.

Em entrevista ao programa “O POVO no Rádio”, apresentado pelo jornalista Luiz Viana na Rádio O POVO/CBN, Eunício afirmou, ao ser indagado sobre “maus feitos” que são levantados contra ele por Ciro Gomes.

“Maus feito tem feito o senhor Ciro Gomes, que colocou R$ 5 ou R$ 7 bilhões do Ministério da Integração, dinheiro público, numa empresa chamada Transnordestina e foi ser o presidente dessa empresa no dia seguinte (é diretor da Ferrovia Transnordestina, na CSN). Malversação de dinheiro público fez o senhor Ciro Gomes quando ministro da Integração Nacional. Já esqueceram o caso Dnocs? Já esqueceram um diretor do BNB, com carta escrita inclusive, buscando valores de empresários? Já esqueceram o que aconteceu com a saúde pública do Ceará e tornou-se a pior do Brasil? Não vou fazer embate. Agora, não quero ver batedor de carteira gritando pega ladrão”.

Indagado sobre quem seria batedor de cartão, Eunício explicou que falava no “sentido figurado”. Referia-se a pessoas que não têm comportamento ilibado cobrando ética, quando “todos nós sabemos o que aconteceu no Governo do Estado”. Para Eunício, a gestão de Camilo Santana é a pura continuidade do que deixou Cid Gomes. Com problemas também na área da segurança pública.

Eunício diz que Cunha vai cair e deve levar mais 20. Ele incluiu o cearense Anibal Gomes

121 4

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=UKWX4s-V8BA[/youtube]

O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, não acredita mais na permanência do correligionário de partido, Eduardo Cunha (RJ), permaneça à frente da Câmara dos Deputados. Cunha é alvo de processo de cassação pelo Conselho de Ética da Casa sob a justificativa de quebra do decoro parlamentar ao mentir sobre contas suas na Suiça, descobertas ao longo da Operação Lava Jato.

“Se o presidente Eduardo Cunha não provar sua inocência o mais rapidamente possível, ele não terá condições de permanecer!”, acentuou o senador cearense, durante entrevista ao programa “O POVO no Rádio”, apresentado pelo jornalista Luiz Viana na Rádio O POVO/CBN.

Eunício, indagado se Cunha não cairia só, levando outros parlamentares, em princípio evitou responder, observando não conviver com esse “submundo”, mas acabou prevendo que pelo menos uns 20 parlamentares podem cair também.

O senador inclui nessa lista o deputado federal Aníbal Gomes. O parlamentar cearense aparece nas investigações da Operação Lava Jato com mais de 30 idas ao gabinete do ex-diretor da Petrobrás, Paulo Roberto Costa, que virou um dos delatores nessa investigação.

Inflação do aluguel subiu 10,58 nos últimos 12 meses

“A inflação medida pelo Índice Geral de Preços do Mercado – Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu 1,76% em outubro, depois do aumento de 1,42% em setembro, informou hoje (6) a Fundação Getulio Vargas (FGV). O índice acumula alta no ano de 8,91% e de 10,58% em 12 meses. O indicador é usado como referência para o reajuste de contratos como aluguel e tarifas públicas, que incluem a conta de luz.

De acordo com a FGV, o aumento do IGP-DI de outubro é reflexo da subida de preços de alimentos processados, em 3,1%. Também pressionaram o indicador o reajuste de preços de combustíveis e lubrificantes, que tiveram queda em setembro e mas subiram 2,7% no último mês.

Já as matérias-primas tiveram uma alta de preços menor, de 2,9%, em outubro, em relação ao anterior. Os preços que menos subiram foram a soja em grão, o leite in natura e os suínos. Já os produtos lácteos, carne, café e cana-de-açúcar foram os que mais subiram.

Com esse cenário, o Índice de Preços do Atacado (IPA), um dos três subíndices que compõem o IGP-DI, aumentou 2,3%, ante 2% em setembro deste ano. No varejo, a FGV registrou aumento de preços em cinco das oito classes de produtos pesquisados. O destaque é para o setor de transportes, que teve alta de 0,32% para 1,92%.

Segundo a FGV, a maior pressão inflacionária veio da gasolina: os preços desse combustível estavam em queda de -0,24%, em setembro, e subiram em outubro para 5,2%, elevando o Índice de Preços a Consumidor para 0,76% no mês.”

(Agência Brasil)

Caravana de empresários e parlamentares visita obra da transposição do São Francisco

comitivivv

Uma comitiva formada por 70 pessoas, entre empresários cearenses e parlamentares, está visitando, nesta sexta-feira, as obras da transposição das águas do rio São Francisco. A visita iniciou por Salgueiro (PE) e virá para Jati (Região do Cariri), onde o governo do Ceará constrói o Cinturão das Águas por onde chegará a água desse empreendimento do governo federal.

A articulação é da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec) e foi motivada pela preocupação com o andamento das obras e, principalmente, por causa da perspectiva de novo ano de seca no Ceará em 2016.

A barragem do Castanhão, hoje com 15% de sua capacidade, abastece Fortaleza e Região Metropolitana, e as autoridades já avisaram que será fundamental a vinda da água da transposição até meados do ano que vem para evita colapso no abastecimento.

(Foto – Fiec)

Custo da construção civil acumula alta de 6,03% em 12 meses

“O custo da construção cresceu 6,03% em 12 meses, chegando ao valor de R$ 960,17 por metro quadrado, em outubro deste ano, segundo dados do Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), divulgados hoje (6) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apenas em outubro, a alta de preços chegou a 0,27%.

Em outubro, a inflação da construção foi influenciada principalmente pela mão de obra, que ficou 0,37% mais cara no mês, passando a custar R$ 446,76 por metro quadrado. Já os materiais de construção tiveram aumento de preços de 0,18%, chegando a um custo de R$ 513,41 por metro quadrado.

Entre os estados, as maiores altas do custo da construção foram observadas no Pará (4,87%) e em Roraima (1,83%). Nove estados tiveram deflação (queda de preços), com destaque para Minas Gerais (-0,3%) e Mato Grosso do Sul (-0,21%).”

(Agência Brasil)

Teori Zavaski determina que BB desbloqueie depósitos judiciais de Minas Gerais

“Em liminar proferida nesta quinta-feira (5/11), o ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, determinou que o Banco do Brasil desbloqueie o valor de R$ 2,87 bilhões referentes a depósitos judiciais que estão na conta única do estado de Minas Gerais. A decisão tem por objetivo deixar claro quais foram as medidas que ele estipulou em outra liminar, do dia 29 de outubro, na análise da Ação Direta de Inconstitucionalidade 5353.

Teori havia suspendido decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais que determinava a transferência de R$ 2,87 bilhões de depósitos judiciais aos cofres do Executivo estadual. Um dia antes, o Banco do Brasil havia transferido o dinheiro para outra conta. Com a liminar do dia 29, o BB realocou a quantia na conta única do estado e bloqueou o dinheiro.

Para o estado de Minas Gerais, isso teria caracterizado medida arbitrária, porque a cautelar teria efeitos exclusivamente ex nunc (a partir de sua publicação) e o Banco do Brasil não teria qualquer autoridade para executar decisões em “processos de controle concentrado”. Além disso, enfatizou que, salvo exceções pontuais não verificadas no caso, a Constituição Federal não permite o sequestro de verbas do caixa único de entes federados.

A unidade federativa pediu na nova liminar que o banco se abstenha de bloquear “quaisquer outras quantias das contas do estado de Minas Gerais”, em especial os repasses feitos com fundamento na Lei Complementar Federal 151/15.

O Banco do Brasil argumentou que, após a concessão da cautelar nesta ADI, comunicou à 5ª Vara de Fazenda Pública Estadual e de Autarquias da Comarca de Belo Horizonte que a decisão antecipatória de tutela proferida por aquele juízo estadual teria deixado “de surtir efeitos, de forma que a transferência dos depósitos judiciais, caso já realizada, deveria ser revertida”. Ato contínuo, a instituição financeira “realizou o bloqueio do valor, em cumprimento à decisão proferida por Vossa Excelência, para consequente recomposição dos saldos de depósitos judiciais dos particulares”.

Esclarecendo a decisão

Em sua decisão divulgada nesta quinta, o ministro Zavascki deixou claro que a medida cautelar tem validade apenas a partir de sua publicação, no dia 29 de outubro. O objetivo é “inibir, daí em diante, a prática de novos atos e a produção de novos efeitos nos processos judiciais suspensos. Ela, todavia, “não autorizou nem determinou a modificação do estado dos fatos então existente nem a invalidação, o desfazimento ou a reversão de atos anteriormente praticados no processo suspenso, ou dos efeitos por eles já produzidos”.

(Site Consultor Jurídico)

MPF sobre Cunha – Deixa ele falar…

Eduardo-Cunha-4

“Desde que o primeiro inquérito contra Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi instaurado e o presidente da Câmara ainda bradava com ar de indignação que não havia nenhuma prova contra ele, o grupo de trabalho da Procuradoria-Geral da República tem um mantra: quem muito fala, dá bom dia a cavalo.

Os procuradores costumavam responder, diante das declarações numerosas de Cunha, que, quanto mais ele falava, mais se enrolava e fornecia indícios contra si mesmos.
Diante da nova linha de defesa esboçada por Cunha e que deve ser detalhada por ele nesta sexta-feira, a equipe do MPF prepara pipocas para assistir de camarote: acha que, na tentativa de se explicar, o peemedebista irá se enrolar mais ainda nas investigações.

A tentativa de Cunha de diferenciar contas na Suíça da suposta existência de uma trust já foi anotada pelos procuradores e será “desmontada” no inquérito, segundo um deles.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Conab fará leilão para contratar frete e mandar milho para o Ceará

Em prosseguimento à política de garantir o abastecimento de alimentos da cesta básica em todas as regiões do país, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) promove três leilões amanhã (6) para enviar milho e feijão para algumas regiões do país.

Dois leilões são para contratação de fretes para remover 17,54 mil toneladas de milho em grão, estocadas em Mato Grosso, para os estados da Bahia, do Ceará, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, de Minas Gerais e Rondônia.

No terceiro leilão programado para amanhã, a Conab oferecerá 2,32 mil toneladas de feijão cores, armazenadas no Paraná e em Mato Grosso do Sul. Todos os leilões ocorrerão em Brasília, na modalidade cartela, do Sistema Eletrônico de Comercialização da empresa.

Podem participar interessados devidamente cadastrados na Bolsa de Mercadorias, pela qual serão efetivadas as operações. Também é necessário estar em situação regular no Sistema de Registro e Controle de Inadimplentes da Conab (Sircoi).

Hoje (5), a Conab promoveu uma operação de troca de arroz in natura por arroz beneficiado e ensacado para ajuda humanitária à Palestina. Trocou 1,76 mil toneladas do produto em casca por mil toneladas, que serão embarcadas no Porto de Rio Grande (RS), por conta do adquirente, até o dia 15 de dezembro.

A ajuda humanitária é coordenada pelo Ministério das Relações Exteriores. O envio do arroz será de responsabilidade do Programa Mundial de Alimentos. A ação da Conab é autorizada pela Lei 12.429/2011, que permite ao governo federal a doação de estoques públicos de alimentos para assistência humanitária, desde que não afete o abastecimento interno.”

(Agência Brasil)

Aécio vai testar popularidade em Estado administrado pelo PT

aécio2

“O senador Aécio Neves (PSDB-MG), ex-presidenciável tucano e um dos potenciais candidatos do partido em 2018, faz nesta sexta-feira um teste de popularidade na Bahia, tradicional reduto petista, mas onde Dilma Rousseff vem perdendo espaço e enfrenta forte rejeição.

Aécio vai almoçar na praia de Itapuã com o prefeito de Salvador, ACM Neto, após participar do encontro Caminhos da Região Nordeste. A reurbanização da orla foi um investimento de 12 milhões de reais do prefeito do DEM, entregue no mês passado.

A ida à capital baiana faz parte de uma estratégia de Aécio de se manter nos holofotes até 2018, rodando o país em discussões temáticas.

Recentemente, o ex-presidente Lula esteve em Salvador num evento com militantes petistas que fez parte de sua estratégia de reação às investigações sobre ele e seus familiares. No entanto, Lula não arriscou o contato na rua com a população, diante do clima de desgaste do PT — foi, inclusive, hostilizado no hotel onde foi realizado o evento.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Joaquim Levy – Economia começará a reagir quando a questão fiscal for resolvida

Joaquim-Levy-ministro-da-fazenda-27-02-15-567x340

“O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse hoje (5) que a economia do Brasil começará a reagir quando a questão fiscal estiver resolvida. “Se você acerta o fiscal e põe ordem na casa, a economia do Brasil responde”. Com base em outas experiências, segundo Levy, essa reação poderá ocorrer em seis meses. “O prazo depende de quando a gente vai resolver a questão fiscal. Depois da questão fiscal, quando se olha para outras experiências, dá dois trimestres e você já consegue ver o resultado”.

O ministro disse ainda que o superávit primário para 2016 “é uma perspectiva necessária e viável, mas que exigirá decisão da sociedade e dos representantes da sociedade [Congresso] tanto para votar o Orçamento” quanto nas escolhas dos gastos e das receitas, afirmou ao falar com a imprensa após participar do seminário Uma Agenda Positiva para o Brasil, na tarde desta quinta-feira na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Ao discursar durante o evento, o ministro voltou a dizer que 2016 será um “ano de escolhas”. “O Congresso e a sociedade terão que fazer escolhas”. Para isso, de acordo com Levy, será preciso discutir o que dará para ser cortado e que gastos poderão ser diminuídos.

Aos empresários presentes ao seminário, ele admitiu que o governo precisa criar algum imposto, de forma provisória, para equilibrar a economia. “Certamente, no Brasil, não se poderá se resolver pelo lado dos impostos apenas, embora provisoriamente possa se ter que contar com algum imposto para manter as contas públicas flutuantes”, disse.

“A CPMF é aquele imposto que todo mundo paga e que é proporcional ao que se gasta: quem gasta mais, paga mais. É automática e transparente. Ela é tão transparente que você sabe que, se não tiver CPMF, você tem R$ 32 bilhões de déficit, que é o tamanho do Bolsa Família, que é mais ou menos o tamanho do seguro-desemprego”, afirmou.

“Se não tem um determinado recurso, você vai ter que descobrir o que você vai deixar de gastar ou como vai ser a vida, se vai ser mais difícil, se vai trazer mais intranquilidade e a maneira como vão olhar para o país”, falou ele. Segundo o ministro, a CPMF, como o próprio nome diz, seria provisória e dentro de um contexto onde o governo está cortando gastos e fazendo reformas”, acrescentou.”

(Agência Brasil)

Dom Cláudio Hummes chega para festas do centenário da Arquidiocese e diocese de Sobral

domclaudid

O Cardeal e Marta Andrade, coordenadora do Setor de Comunicação da Arquidiocese.

O cardeal e ex-arcebispo de Fortaleza, Dom Cláudio Hummes, esteve em Fortaleza, nesta quinta-feira. Aqui, veio rever amigos e religiosos na Arquidiocese e seguir para Sobral onde, neste domingo, participará dos atos em comemoração ao centenário da diocese desse município da Zona Norte.

Dom Cláudio, bom destacar, vai estar também no encerramento do centenário da Arquidiocese de Fortaleza, dia 13, no Condomínio Espiritual Uirapuru.

O Núncio Apostólico (representante do Papa no Brasil), dom Giovanni d’Aniello, e do padre Reginaldo Manzotti estão confirmadas na festa.

(Foto – V. Sousa)

Lula admite que pode disputar de novo a presidência da República

alx_luis-inacio-lula-da-silva-20150330-0002-ale_original

“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva gravou na manhã desta quinta-feira, 5, entrevista com o jornalista Kennedy Alencar. Em sua página na rede de microblogs Twitter, Kennedy disse que Lula afirmou que pode ser candidato outra vez, numa referência ao desejo de dirigentes de seu partido, o PT, de que ele dispute a sucessão de Dilma Rousseff em 2018.

No Twitter, o jornalista também afirma que, na entrevista, que vai ao ar hoje a partir das 19h45 no jornal “SBT Brasil”, Lula fala dos “equívocos” do governo da afilhada política Dilma Rousseff, das operações Lava Jato e Zelotes e responde a críticas do ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso.”

(Estadão Conteúdo)

Ciro Gomes bate em fala de Guimarães sobre permanência de Cunha: “Vergonha”

ciro

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) criticou em seu Facebook, nesta quinta-feira, declaração do líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT), admitindo que Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ainda “tem condições de continuar no cargo”.

Ele definiu essa colocação com um só adjetivo, lembrando bordão do jornalista Boris Casoy : “VERGONHA”.

Atualmente, Conselho de Ética julga processo de cassação contra Eduardo Cunha por quebra de decoro parlamentar. O presidente da Câmara é acusado de receber propina para viabilizar negócios da Petrobras e de manter contas secretas na Suíça em pelo menos US$ 5 milhões.

Líder do governo Dilma Rousseff (PT) na Câmara, Guimarães evitou polêmica ao comentar posição da gestão no caso. “Acho que ele tem sim (condições de continuar no cargo). Ninguém pode ser excluído de suas funções antes de ser condenado. Não vou dar opinião sobre o Conselho de Ética, porque não participo dele e porque o governo não vai se meter nisso”. 

(POVO Online)

HUWC fará mutirão de prevenção do câncer de pele, enquanto seu pessoal tenta salvar a própria pele

hospital_universitario_walter_cantidio_huwc

Essa é do Site da UFC:

O Hospital Universitário Walter Cantídio, ligado à rede da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), realiza mutirão de prevenção e combate ao câncer de pele neste sábado, das 8 às 14 horas, no Ambulatório do Serviço de Dermatologia do hospital (Rua Capitão Francisco Pedro, 1.290, bairro Rodolfo Teófilo). Essa ação faz parte do Dia C – Dia Nacional de Combate ao Câncer de Pele, numa promoção da Sociedade Brasileira de Dermatologia e seus serviços credenciados.

Estão previstos cerca de 300 atendimentos nesse dia. Serão realizados exames em pacientes com suspeita de câncer de pele. Se o diagnóstico for compatível com esse tipo de neoplasia, essa lesão será investigada, inclusive, com encaminhamento para realização de biópsia e tratamento.

VAMOS NÓS – Enquanto isso, cerca de 700 funcionários do HUWC e da Maternidade-Escola Assis Chateaubriand continuam ameaçados de demissão. Isso só não ocorreu ainda por força de liminar. Mas bem que a Procuradoria Regional do Trabalho poderia se sensibilizar e resolver esse impasse. Ou seja, avaliar pelo lado humano o caso e ser menos legalista.

Fortaleza terá show de Trinere, a “Rainha do Funk Freestyle”

tirree

A “Rainha do Funk Freestyle” foi recebida pelo empresário  Augusto Pedrosa.

Está em Fortaleza a cantora norte-americana Trinere que, nos anos de 1980, foi considerada a “Rainha do Freestyle (funk melody). Ela desembarcou nesta tarde de quinta-feira, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, com sua banda.

Fará show neste sábado, a partir das 22 horas, no Clube dos Sargentos, iniciando temporada pelo Brasil. Daqui, seguirá para São Luís, Rio de Janeiro e outras Capitais.

SERVIÇO

* Mais informações – 9 86946262.

* Veja Trinere aqui.

(Foto – Paulo MOska)

Greve dos petroleiros não afetou distribuição de combustíveis, garante a BR Distribuidora

“A BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras, informou, em nota, que a greve dos petroleiros não afetou, até o momento, a rotina de comercialização e distribuição de derivados do petróleo (combustível) para todo o Brasil. Até o início da tarde, o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes também não registrou problemas causados pela greve.

Já o presidente do Sindicato dos Petroleiros de Duque de Caxias (Sindipetro), Simão Zanardi, prevê falta de combustível na semana que vem caso a paralisação continue. “As refinarias param por exaustão. Lá pelo sétimo, oitavo dia, as pessoas que estão trabalhando começam a sair, e aí para”, disse. “Os níveis de petróleo estão baixando e, nesse momento, as refinarias começam a perder estoque”.

A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou ontem (4) que faz acompanhamento permanente do mercado de combustíveis e não identificou falta de abastecimento por causa da greve dos petroleiros. A ANP disse que “se houver desabastecimento, estudará as medidas a serem tomadas”. Por meio da assessoria de imprensa, a Petrobras descartou hoje desabastecimento no Rio de Janeiro na semana que vem.

A produção de petróleo no Brasil teve queda de 8,5 % ontem (3), segundo nota divulgada pela Petrobras. Este percentual representa 178 mil barris de petróleo da produção diária da companhia. Na avaliação da empresa, o resultado mostra que a greve dos petroleiros tem afetado as operações.”

(Agência Brasil)

Caravana da área de restaurantes vai conferir a Fispal Tecnologia Nordeste no Recife

alexxx

Herbênia no embarque, com os filhos e o maridão-sócio Alex Lopes.

Um grupo de donos de restaurantes do Ceará embarcou, nas últimas horas, para o Recife. Ali, participará da Fispal 2015, a Feira Internacional de Tecnologia – Nordeste, voltada para o segmento de bebidas e alimentos e que apresentará as novidades dessas áreas até sábado.

No grupo, seguiu a empresaria Herbênia Lopes que, ao lado do seu marido, Alex Lopes, comanda a rede Alex de Restaurantes, com dois pontos no bairro Parquelândia, além de barraca de praia na Tabuba, em Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza).

Herbênia não fala em crise. Diz que o fundamental, em tempos de incerteza, é continuar apostando no trabalho.