Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Zagallo recebe alta após nove dias de internação

“O ex-jogador e treinador de futebol Mário Jorge Lobo Zagallo recebeu alta na manhã de hoje (17), depois de nove dias internado no hospital Barra D’or, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro. O tetracampeão mundial deu entrada na unidade no dia 8 de agosto, mas, durante todo o período de internação, não foram divulgados detalhes sobre seu estado de saúde.

Zagallo está com 84 anos e sua última aparição pública ocorreu no dia 4 de agosto, quando participou do revezamento da tocha olímpica no Rio. Na ocasião, ele estava visivelmente com a saúde debilitada e teve que fazer o percurso de cadeira de rodas, sendo empurrado por um de seus filhos.”

(Agência Brasil)

A Rio 2016 e a Fortaleza 2014

Com o título “Olimpíadas 2016”, eis artigo de José Borzacchiello, o geógrafo e professor emérito da UFC. Ele fala sobre os jogos do Rio e tantas promessas de obras feitas e deixadas pelo caminho, dando exemplo Fortaleza. Confira:

A cerimônia de abertura das Olimpíadas Rio 2016 foi um sucesso absoluto. A capacidade do brasileiro em dar conta de tarefas complexas, mesmo que de resultado efêmero, ficou comprovada. Uso de alta tecnologia e criatividade em momento de vacas magras mostrou uma equipe competente e inventiva. Temperada com fortes elementos de brasilidade e incursões em temas universais, a abertura caiu nas graças do público.

O sucesso neutralizou parte das críticas presentes nas mídias nacional e internacional, mas não impediu manifestações de movimentos sociais há muito posicionados contra a realização do evento na cidade do Rio de Janeiro face aos seus altos custos quando comparados com as fragilidades das políticas públicas nas áreas de saúde, educação e segurança pública, num estado com economia fragilizada, dependente de transferências extraordinárias do governo federal. Essa indisposição tem sido frequente nas cidades onde se realizam megaeventos.

No Brasil, passada a Copa das Confederações, a Jornada Mundial da Juventude, a Copa do Mundo e agora as Olimpíadas, pergunta-se qual o legado para as cidades sedes. Fortaleza aguarda até hoje a ampliação do Aeroporto Pinto Martins, a implantação de uma linha de Veículo Leve sobre Trilhos, dentre outras melhorias. No caso do Rio de Janeiro, é indiscutível a transformação urbana da cidade. A derrubada do elevado da avenida Perimetral permitiu o resgate de áreas opacas, já esquecidas pelos cariocas. Viadutos contribuem, às vezes, para melhorar o trânsito, mas sempre degradam as áreas atravessadas por ele. Em Fortaleza são emblemáticos os viadutos da avenida Engenheiro Santana Júnior sobre a avenida Santos Dumont e o da avenida Treze de Maio sobre a avenida Aguanambi. São duas áreas extremamente degradadas e desprezadas pelos serviços públicos de apoio e de manutenção. No Rio, o viaduto monstruoso impedia a linha de visada do mar. Túneis foram abertos, reduzindo o ruído e retenções no trânsito, possibilitando maior conforto ambiental. Um grande bulevar criou longos trechos de caminhada à beira-mar. Novos museus e renovação de prédios públicos reforçaram a função de âncoras, gerando fluxos pelos novos caminhos urbanos.

Entretanto, os movimentos sociais, no exercício de sua missão continuam exercendo seu papel de cobrar uma cidade melhor em toda a sua extensão e não apenas nas áreas turistificadas. Repudiam a remoção forçada de várias famílias para que se instalassem estruturas das olimpíadas. Questionam a qualidade da infraestrutura e dos serviços em vários bairros da cidade.

A celebração continua enquanto os movimentos sociais preparam-se para discutir o desmonte do ensino público, o pagamento atrasado e parcelado dos salários dos funcionários, a incapacidade de atendimento digno nos postos de saúde e hospitais, o retorno do controle do narcotráfico em áreas sensíveis da cidade, além do pior que é a situação de falência generalizada do Estado do Rio de Janeiro. A grande pergunta é: quem vai pagar a conta?

*José Borzacchiello da Silva

borza@secrel.com.br

Geógrafo e professor emérito da UFC.

Taxa de desemprego cresceu em todas as grandes regiões do País

“A taxa de desocupação subiu em todas as grandes regiões do país, fechando o segundo trimestre do ano em 11,3% comparativamente ao mesmo período de 2015. Os dados foram divulgados hoje (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e indicam que as taxas são as mais altas já registradas para cada uma das regiões do país, desde o início da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua), em janeiro de 2012.

Na região Norte, a taxa de desocupação foi de 8,5% para 11,2%; no Nordeste, de 10,3% para 13,2%; no Sudeste, de 8,3% para 11,7%; no Sul, de 5,5% para 8,0%; e no Centro-Oeste, de 7,4% para 9,7%. No primeiro trimestre de 2016, as taxas haviam sido de 12,8% no Nordeste, 11,4% no Sudeste, 10,5% no Norte, 9,7% no Centro-Oeste e 7,3% no Sul.

Entre as unidades da federação, as maiores taxas de desemprego no segundo trimestre de 2016 foram observadas no Amapá (15,8%); Bahia (15,4%) e Pernambuco (14%), enquanto as menores taxas estavam em Santa Catarina (6,7%), Mato Grosso do Sul (7%) e Rondônia (7,8%).

11,6 milhões de desempregados

Dados divulgados anteriormente pelo IBGE indicam que a taxa geral de desemprego, de 11,3% no trimestre encerrado em junho, é também a maior da série histórica e indicava uma população desocupada de 11,6 milhões de pessoas, um crescimento de 4,5% em relação aos primeiros três meses do ano. Quando a comparação se dá com o segundo trimestre do ano passado, no entanto, o aumento da população desocupada chegou a 38,7%.

A pesquisa indica, ainda, que o nível de ocupação (indicador que mede a parcela da população ocupada em relação à população em idade de trabalhar) ficou em 54,6% para a totalidade do Brasil no segundo trimestre deste ano.

As regiões Nordeste (48,6%) e Norte (54,4%) ficaram abaixo da média do país. Já nas demais regiões, o nível de ocupação variou dos 59,1% verificados na região Sul, passando pelos 59,2% do Centro-Oeste e até os 56,1% do Sudeste.

Por estado, Mato Grosso do Sul (61,1%), Santa Catarina (59,4%), Paraná (59,2%) e Goiás (59,2%) apresentaram os maiores percentuais, enquanto Alagoas (42,9%), Pernambuco (46,6%) e Rio Grande do Norte (47,2%) apresentaram os níveis de ocupação mais baixos.

Carteira de trabalho assinada

Os dados divulgados hoje pelo IBGE, relativos à Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua, referentes ao segundo trimestre do ano, apontam a região Sul do país como a que registra o maior percentual de empregados com carteira de trabalho assinada (85,4%), seguida do Sudeste (82,7%) e Centro-Oeste (com 77,5%), todos com percentual de trabalhadores formais superiores à média nacional do país, que fechou o segundo trimestre em 77,3%.

No Nordeste, este percentual de trabalhadores com carteira assinada encerrou o segundo trimestre do ano em 62,25%, enquanto no Norte o índice estava em 61,5%, todos abaixo da média nacional.

Por estado, Santa Catarina (89,7%), Distrito Federal (86,2%) e Rio de Janeiro (85,7%) apresentaram os maiores percentuais de empregados no setor privado com carteira de trabalho, enquanto Maranhão (51,8%), Piauí (52,3%) e Pará (57,4%) exibiram os menores.

Rendimento médio

Os dados da pesquisa indicam que três das principais regiões metropolitanas do país apresentavam um rendimento médio real habitual dos trabalhadores brasileiros acima da média nacional, de R$1.972. Na região Sudeste, o rendimento médio real era no fechamento do segundo trimestre de R$ 2.279, no Centro-Oeste (R$ 2.230) e no Sul (R$ 2.133). Já na região Norte, ele ficou em R$ 1.538 e Nordeste (R$ 1.334), em ambos os casos abaixo da média nacional.

Por estado, o Distrito Federal apresentou o maior rendimento (R$ 3.679), seguido por São Paulo (R$ 2.538) e Rio de Janeiro (R$ 2.287). Os menores valores foram anotados no Maranhão (R$ 1.072), Bahia (R$ 1.285) e Ceará (R$ 1.296).”

(Agência Brasil)

Um lamentável retrocesso do STF

Com o título “Um lamentável retrocesso”, eis o Editoral do O POVO desta quarta-feira. Aborda decisão do STF que colocou em segundo plano os tribunais de contas e suas decisões sobre gestores inelegíveis. Confira:

Ao estabelecer que prefeitos se tornem inelegíveis caso suas contas sejam desaprovadas pelos tribunais de contas, a Lei da Ficha Limpa havia promovido um eficaz mecanismo no combate à corrupção. Infelizmente, recente decisão do Supremo Tribunal Federal determinou que a reprovação das contas por si só não é suficiente para a inelegibilidade, sendo necessária ainda que as câmaras municipais corroborem a sentença das cortes de contas.

A decisão do Supremo retira grande parte do impacto da Lei da Ficha Limpa. Agora, é exclusivamente da Câmara Municipal a competência para julgar as contas de governo e as contas de gestão dos prefeitos, cabendo ao Tribunal de Contas apenas auxiliar o Poder Legislativo municipal, emitindo parecer prévio e opinativo, que somente poderá ser derrubado por decisão de 2/3 dos vereadores.

Não ficou nisso. O retrocesso foi ainda maior porque o STF decidiu que, em caso de omissão da Câmara Municipal, o parecer emitido pelo Tribunal de Contas não gera a inelegibilidade. Na prática, daqui por diante, se um prefeito desviar dinheiro público, o Tribunal de Contas não poderá julgar as contas para determinar o ressarcimento do dano aos cofres públicos.

Embora tenham cúpulas nomeadas e não concursadas, os tribunais de contas têm um bom corpo técnico e realizam um trabalho de fôlego na análise das contas dos prefeitos. Agora, suas decisões terão bem menos peso. Em contrapartida, as câmaras municipais ganharam mais poder. Considerando a cultura política brasileira, barganhas entre vereadores e gestores tendem a se multiplicar.

Bastará aos prefeitos “ficha suja” ter boa capacidade de articulação política para, simplesmente, impedir a análise de suas contas pelas câmaras municipais mesmo que comandem gestões desastradas do ponto de vista ético e moral. Diante desse quadro, o papel do Ministério Público ganha mais relevo na investigação dos malfeitos municipais.

É importante lembrar que a aprovação das contas (consideradas irregulares nas cortes) pelas câmaras não inviabiliza eventuais ações de improbidade administrativa na Justiça Comum contra o prefeito. De toda forma, a decisão do Supremo concede fôlego aos inimigos do erário.

Enquanto a seca castiga, quatro perfuratrizes precisam de reparo, lamenta deputado

vitorvalim

O deputado federal Vitor Valim (PMDB) está cobrando, do Ministério da Integração, reparo e manutenção de quatro perfuratrizes: duas da Funasa e duas do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).

“Poderiam estar cavando poços”, afirmou para o Blog o parlamentar, que se diz “preocupado” com o cenário da estiagem no Interior.

Vitor Valim tem razão nessa preocupação pois, segundo monitoramento do Governo Federal, o Estado vive cenário de “seca excepcional”. A intensidade da estiagem varia entre moderada, grave, extrema  excepcional.

A regiões do Cariri e do Sertão dos Inhamuns estão em pior situação.

Lewandowski definirá nesta quarta-feira rito final do impeachment

“O presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, definirá nesta quarta-feira (17) como será o roteiro do julgamento final da presidenta afastada Dilma Rousseff, marcado para começar no próximo dia 25, às 9 horas, no plenário do Senado. A exemplo do que fez na fase de pronúncia do processo, mais uma vez o ministro vai se reunir com o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), e com líderes partidários para acertar os detalhes. O encontro será às 11 horas.

Entre os pontos que precisam ser esclarecidos está , por exemplo, o tempo que cada senador terá para falar e apresentar questões de ordem. Também precisa ser acertado quanto tempo terão as três testemunhas indicadas pela acusação e as seis de defesa. Outra dúvida diz respeito ao dia em que Dilma poderá comparecer à casa pessoalmente para se defender, caso queira.

Lewandowski terá que definir ainda o tempo que vai durar cada dia do julgamento, além dos intervalos e se serão convocadas sessões no fim de semana, como defendem aliados do presidente interino Michel Temer. Ainda na fase de pronúncia, questionado pelo presidente da Comissão Especial do Impeachment, senador Raimundo Lira (PMDB-PB), o ministro já tinha adiantado que não pretende marcar sessões no fim de semana.

“Uma coisa é você fazer numa sexta feira, num sábado, numa segunda, uma sessão de julgamento do afastamento de uma presidente da República. Outra coisa, completamente diferente, é você estabelecer outros procedimentos, como oitiva de testemunhas, discussão, participação da defesa ou da acusação. Eu acho que essa decisão deve ser logo tomada para um lado ou para o outro, com a participação de todos”, disse Renan nessa terça-feira (16).

Votação final

Para afastar definitivamente Dilma Rousseff do mandato, serão necessários desta vez dois terços dos votos, ou seja, o apoio de, no mínimo, 54 dos 81 senadores. Se esse cenário se confirmar, o presidente interino assume definitivamente do cargo e a petista também fica inelegível por oito anos. Se o mínimo necessário para o impeachment não for alcançado, ela retoma o mandato, e o processo no Senado é arquivado.”

(Agência Brasil)

UFC convoca 149 candidatos suplentes para semestre 2016.2

“A Universidade Federal do Ceará convoca 149 candidatos suplentes a ocuparem vagas em seus cursos de graduação no semestre 2016.2. Os convocados devem comparecer à coordenação de curso até esta quinta-feira (18).  Os suplentes convocados devem comparecer à coordenação do seu curso para fazer a ativação da matrícula e garantir a vaga também até quinta.

Na ativação de matrícula, na coordenação do curso, o estudante deverá mostrar documento de identificação oficial com foto (RG, por exemplo). Esse procedimento também pode ser feito por procurador legalmente reconhecido. Neste caso, será necessário apresentar o original da procuração e fotocópias autenticadas de documentos de identificação oficiais com foto do candidato e do procurador.

Cotas

O suplente convocado a uma vaga de cota terá sua documentação complementar de cota verificada. O resultado da análise será divulgado, na próxima sexta-feira (19), no site da Coordenadoria de Concursos (www.ccv.ufc.br), juntamente com o prazo para defesa/recurso.

SERVIÇO

*Confira a convocação nominal de Banco de Suplentes do dia 12 de agosto: http://goo.gl/rqXScL.

*Veja endereço e telefone da coordenação do seu curso: http://ufc.br/ensino/cursos-de-graduação

(Site da UFC)

TV Brasil estreia nova programação a partir de segunda-feira

ledanagle

“A grade de programação da TV Brasil, da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), vai mudar a partir da próxima segunda-feira, 22. Uma das novidades é que o esporte ganhará mais espaço e terá duas edições diárias do programa de notícias esportivas Stadium, às 12h30 e 19 horas. Para se aproximar do telespectador, o telejornal Repórter Brasil noite será exibido mais cedo, às 19h45min.

“O objetivo da mudança na grade de programação é adequar a TV Brasil aos seus diversos públicos. Com a mudança de horário, pretendemos aproximar ainda mais os telespectadores aos seus programas de interesse”, disse o gerente executivo de programação da EBC, Albino Castro.

O programa Sem Censura, comandado por Leda Nagle, volta para as 16 horas. Na atração, Leda recebe atores, cantores, grupos musicais, nutricionistas e especialistas para bate-papo sobre qualidade de vida, informação cultural e prestação de serviços.

Os programas de debate e entrevistas também retornarão com Florestan Fernandes sob o comando do Palavras Cruzadas, toda quarta-feira às 20h30min, ao vivo de São Paulo. O Diálogo Brasil será ancorado por uma “prata da casa”, Pedro Pontes, que integra o quadro de funcionários da EBC. Ele conduzirá o programa, que discutirá temas como política, educação, esporte, cultura e saúde com especialistas. A atração será exibida toda terça-feira, às 20h30min.

No mesmo horário, às quintas-feiras, a TV Brasil exibirá edições inéditas do Caminhos da Reportagem, o programa leva o telespectador para uma viagem pelo país, abordando em grandes reportagens temas atuais e polêmicos com profundidade e seriedade.

A faixa cultural também teve mudança de horário. O Samba na Gamboa, atração em que cantor Diogo Nogueira recebe jovens talentos e nomes consagrados do samba brasileiro, passa a ser exibida mais cedo, às 20h30min, toda segunda-feira.

O cinema ganhou mais espaço e será exibido de terça a sexta-feira, a partir das 22h, com apresentação de festivais temáticos tanto da produção nacional quanto latinoamericana. Segundo monitoramento anual da grade de programação da TV aberta do país, feito pela Agência Nacional do Cinema (Ancine), em 2015, a TV Brasil foi a emissora que exibiu o maior número de longas-metragens nacionais, seguida pela Rede Globo e pela TV Cultura.

O programa Estação Plural será veiculado toda segunda-feira, às 22 horas. Apresentado pelas cantoras Ellen Oléria e Mel Gonçalves (da Banda Uó) e pelo jornalista Fefito, a atração semanal fala sobre diversidade e aborda temas ligados ao universo LGBT, direitos humanos e cidadania.”

(Agência Brasil)

Dia dos Pais – Vendas em lojas virtuais registraram aumento de 10,7%

“Como previsto, o setor de e-commerce registrou aumento de 10,7% nas vendas na semana do Dia dos Pais, em comparação com o mesmo período do ano anterior. As compras à vista aumentaram 5,3%, já as por cartões de crédito parcelado caíram 1,4%.

Os segmentos que mais movimentaram foram “Moda e Acessórios” (40%), seguido por “Eletrônicos” (33,1%) e “Alimentos e Bebidas” (10,9%).

Os dados são da MundiPagg e da ShopBack.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Milton Neves diz que não gosta de futebol de mulheres e gera polêmica

milton-neves

O apresentador Milton Neves, da Rede Band, causou polêmica no Twitter ao comentar o jogo da seleção brasileira de futebol feminino contra a equipe da Suécia. Ele disse que não gosta de assistir aos jogos de futebol com mulheres.

Acabou sendo chamado de “machista”.

As brasileiras perderam para as suecas nos pênaltis, depois de uma partida suada na tarde desta terça-feira (16) disputando a vaga para final na Rio-2016.

(Com Agências)

Teori autoriza abertura de inquérito contra Dilma, Lula e dois ministros da Era PT

luladilmama

O relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, autorizou a abertura do inquérito contra a presidente afastada Dilma Rousseff, o ex-presidente Lula e dois ex-ministros do governo da petista.

Informa o Estadão, baseado em fontes que têm acesso à investigação. O caso é mantido sob extremo sigilo no STF e o despacho do ministro foi assinado na segunda-feira (15).

A publicação recorda que, em junho, Teori encaminhou de volta ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o pedido de investigação feito pelo Ministério Público. O ministro havia dito ao procurador-geral que tinha anulado a gravação em que Lula e Dilma conversavam sobre a entrega do termo de posse do petista como ministro da Casa Civil. A conversa entre os dois indica, segundo Janot, tentativa de obstrução de justiça.

A presidente afastada Dilma Rousseff, o ex-presidente Lula e também os ex-ministros Aloizio Mercadante e José Eduardo Cardozo, serão investigados pela PGR por suposta tentativa de atrapalhar as investigações da Lava Jato. O pedido de investigação foi encaminhado ao STF em maio.

A autorização de Teori permite que PGR e Polícia Federal (PF) conduzam investigações com objetivo de conseguir provas de que houve tentativa de obstruir a Lava Jato. Depois da fase de diligências, a PGR poderá pedir o arquivamento da investigação, caso julgue que não há indicativos concretos de crime, ou então oferecer uma denúncia ao STF.

(Com Estadão)

Robson Conceição ganha primeira medalha de ouro do Brasil no boxe

naom_57b39545f0e5e

O brasileiro Robson Conceição derrotou, nesta noite de terça-feira, o francês Sofiane Omiha e levou mais um ouro para o Brasil.

O boxeador conseguiu um feito inédito, pois se consagrou como o primeiro campeão olímpico na modalidade.

Robson dominou Sofiane nos dois primeiros rounds e venceu por 10 a 9. No terceiro, o lutador manteve a boa atuação e conseguiu a unanimidade dos juízes.

(Com Agências)

Dilma quer plebiscito para que o povo decida sobre eleições gerais

dilma-defende-plebiscito-pronunciamento1

A presidente afastada Dilma Rousseff (PT) defendeu, durante pronunciamento nesta tarde de terça-feira, 16, a realização de plebiscito para que o povo possa decidir sobre novas eleições presidenciais. Ela lanço a ideia durante um pronunciamento transmitido ao vivo pelo seu perfil no Facebook.

“Entendo que a solução para as crises política e econômica que enfrentamos passa pelo voto popular em eleições diretas. A democracia é o único caminho para a construção de um pacto para a unidade nacional, é o único caminho para sair da crise”, afirmou Dilma. Além da decisão sobre realização de novas eleições, o plebiscito também se voltaria para a necessidade de uma reforma política.

No pronunciamento, a presidente também se defendeu das acusações de crime de responsabilidade. Segundo ela, o processo de impeachment, que corre no Senado Federal, é “injusto” porque ela não teria cometido nenhum crime de responsabilidade.

“Atos idênticos foram feitos por presidentes que me excederam, atos que não eram crime na época deles, e também não é crime agora”, disse. “Jamais se encontrará em minha vida registros de desonestidade, covardia e traição”, afirmou. “Nunca recebi propina de ninguém”.

Com o impeachment marcado para o próximo dia 25, Dilma disse que não iria desistir de voltar à presidência. “Vou lutar com todos os instrumentos legais que tiver”, garantiu.

(Com Agências)

Michel Temer recebe lideranças empresariais cearenses e suas reivindicações para o NE e Estado

alextemer2

Beto Studart, Temer e grupo de empresários do Ceará.

O presidente em exercício Michel Temer recebeu em audiência, no Palácio do Planalto, nesta terça-feira, lideranças empresariais do Nordeste. Eram os presidentes de federações do setor industrial e empresários do setor produtivo de vários ramos.

O grupo fez apelo por mais apoio de crédito, investimentos em rodovias, priorização do projeto da transposição do São Francisco, dentre algumas reivindicações.

Após o encontro, temer fez questão de conversar com cada grupo de empresários dos Estados. O Ceará, através do presidente da Fiec, Beto Studart, conversou questões mais específicas.

O vice-presidente da Fiec, Alexandre Pereira, que também é presidente estadual do PPS, aproveitou para entregar ao presidente um documento oficial com reivindicações do interesse do Nordeste e, em especial, do Ceará.

alextgemer

(Fotos – Palácio do Planalto)

IV Fórum Brasil África em clima de acertos finais

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=znC4-LweMP0[/embedyt]

Todos os detalhes para o IV Fórum Brasil Africa, que acontecerá nos dias 3 e 4 de novembro próximo, em Itaipu (PR), estão em acertos pelo professor Bosco Monte.

O cearense é o presidente do Instituto Brasil África, promotor do fórum que discutirá nesta edição o tema Agricultura.

O professor Bosco Mote aproveitou para falar sobre o cenário político-econômico.

Junta Comercial avança no ranking da RedeSimples

A Junta Comercial do Ceará (Jucec) informa que avançou cinco posições no ranking de integração dos órgãos da RedeSimples. Isso, de acordo com relatório elaborado pela Receita Federal.

A Jucec ocupava a última posição em maio deste ano e, em apenas três meses da atual gestão, o cenário é bem mais promissor em relação a desburocratizações nos processos de abertura de empresas.

O motivo de tal avanço foi a recente integração da consulta de viabilidade e do Documento Básico de Entrada (DBE), no Portal de Serviços.

Outra informação: A Jucec está em fase de conclusão do processo de integração com o Corpo de Bombeiros, a exemplo do que já ocorreu com a Secretaria de Meio Ambiente de Urbanismo, para a consulta de viabilidade locacional.

Líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto dará palestra em Fortaleza

arton3580

Guilherme Boulos, dirigente nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e líder da Frente Nacional de Mobilização Somos Povo Sem Medo, cumprirá agenda em Fortaleza nesta quarta-feira.

Na sede do Sindifort, às 19 horas, ele debaterá o tema “A Conjuntura Atual e a Luta contra o Golpe”.

Boulos é a favor de um plebiscito, ainda neste ano, para consultar a população acerca da antecipação das eleições gerais.

Confira a agenda do líder do MTST

9h – Recepção no Aeroporto com lideranças do MTST;

14h – Coletiva de Imprensa (Sindicato dos Servidores Municipais de Fortaleza, Av 24 de Maio, 1188 – CENTRO – próximo à Faculdade de Direito)

16h – Reunião com Movimentos Sociais de Moradia acerca do Plano Local de Habitação Popular;

19h – Debate Público: “A Conjuntura Atual e a Luta contra o Golpe” – Local: Sindifort.