Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Ciro Gomes dará palestra sobre Soberania Nacional e Crise Institucional

282 4

foto ciro entrevista

A ADUFC-Sindicato e a Secretaria Regional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência no Ceará (SBPC) promoverão palestra sobre o tema “Soberania Nacional e a Crise Institucional”. Será na quinta-feira, a partir das 18 horas, no auditório da Faculdade de Direito da UFC. O conferencista é o ex-ministro e ex-governador Ciro Gomes.

A iniciativa faz parte do projeto “Ciência, Tecnologia e Cultura em Debate nas Universidades Federais do Ceará,” lançado em março deste ano com o objetivo de instituir um espaço de debates interdisciplinares e fortalecer a relação da ADUFC-Sindicato com a comunidade acadêmica e a sociedade, por meio da discussão de temas de interesses comuns. A SBPC é o elo de ligação desse projeto.

Camilo Santana fala de pacote, evita comentar impeachment e comemora pesquisas

246 1

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=3905F3oimXQ[/embedyt]

O governador Camilo Santana (PT) conversou com o Blog, nesta quinta-feira, sobre o pacote de concessões do Estado. O pacote foi lançado durante solenidade na Federação das Indústrias do Ceara (Fiec). Camilo está otimista e disse que será avaliada a possibilidade de lançar esse pacote fora do Estado e no exterior.

Ainda em conversa com o Blog, Camilo evitou comenta o processo de julgamento do impeachment da sua companheiro de partido, a presidente afastada Dilma Rousseff. Preferiu dizer que essa questão cabe ao Senado resolver.

Camilo comentou também rapidamente sobre o início da campanha eleitoral em Fortaleza, quando disse ter gostado muito do resultado das pesquisas. Nelas – Ibope/TV Verdes Mares e Datafolha/O POVO, o seu amigo e aliado, o prefeito Roberto Cláudio (PDT), está liderando.

Presidente da Fiec gostou do pacote de concessões e ainda torce pelo impeachment de Dilma

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=PYX6tF6dGNg[/embedyt]

O pacote de concessões do governo do Ceará. O presidente da Federação das Indústrias do Estado, Beto Studart, conversou com o Blog sobre essa ação do governador Camilo Santana.

O pacote, lançado no começo desta tarde de quinta-feira, na Fiec, tem tudo para reforçar a presença do Estado na economia globalizada.

Ainda em entrevista, Beto Studart comentou o julgamento do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. O líder empresário espera que o caso seja resolvido até o começo da próxima semana. Beto é a favor do impeachment.

Camilo apresenta na Fiec pacote de concessões

cazmilfie

O governador Camilo Santana (PT) lançou, no começo da tarde de quinta-feira, no auditório do 5º andar da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), o pacote de concessões que o Estado apresentará ao mercado interno e externo em busca de parcerias e atração de investidores.

A solenidade foi aberta pelo presidente da Fiec, Beto Studart, que expôs suas expectativas em torno do pacote, que congrega uma série de equipamentos e, em especial, 10 projetos que, no ato, foram apresentados por meio de vídeo.

morni

Durante a solenidade, a presença de lideranças empresariais e políticos como Moroni Torgan, deputado federal e candidato a vice-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT). Também boa parte do secretariado de Camilo, além de dirigentes de entidades do setor produtivo.

Após o ato, o governador e o presidente da Fiec deram coletiva sobre o pacote de concessões. Sob olhares do presidente do Tribunal de Contas do Estado, Edilberto Pontes.

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=mIlAU4mGzSM[/embedyt]

Camilo Santana e a Fiec devem organizar a apresentação desse pacote em São Paulo e, possivelmente, em Nova York (EUA).

(Fotos e Vídeo – Paulo MOska)

Mensalão tucano – Justiça de Minas manda bloquear R$ 25,6 milhões

PSDB2

“A Justiça de Minas Gerais decretou a indisponibilidade de até R$ 25,6 milhões dos réus do mensalão tucano. A decisão é do juiz Adriano de Mesquita Carneiro, da 5ª Vara da Fazenda Pública. Ele abriu ação civil pública contra o empresário Marcos Valério, condenado a 39 anos de prisão no mensalão do PT, o ex-senador Clésio Andrade e outros oito investigados do Mensalão tucano, mas rejeitou a acusação ao ex-governador de Minas e ex-presidente do PSDB, Eduardo Azeredo.

“Recebo a inicial em relação aos réus Eduardo Pereira Guedes Neto; José Cláudio Pinto de Resende; Ruy José Vianna Lage; Cristiano de Mello Paz; Marcos Valério Fernandes de Souza; Ramom Hollerbach Cardoso; SMP&B; Comunicação LTDA.; Solimões Publicidade LTDA; Clésio Soares de Andrade e Holding Brasil S.A. e determino a indisponibilidade dos bens destes réus até o montante de R$ 25.689.212,03.Rejeito a inicial em relação ao réu Eduardo Brandão de Azeredo”, decidiu o juiz.

Em outra frente de investigação, a Justiça condenou criminalmente os réus do mensalão tucano por peculato e lavagem de dinheiro durante a campanha do ex-governador de Minas (1995-1999), em 1998. Eduardo Azeredo foi condenado a 20 anos e 10 meses de prisão em 1.ª instância.

Na ação civil, o Ministério Público alega prática de improbidade administrativa na transferência de valores das estatais Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) e Comig S.A. (Companhia Mineradora de Minas Gerais) para as empresas SMP&B; Publicidade LTDA, atualmente Solimões Publicidade LTDA.

Segundo a ação, a SMP&B; Comunicação participou da campanha eleitoral de Eduardo Azeredo e Clésio Andrade, então candidatos a governador e vice-governador do Estado de Minas Gerais. A Procuradoria afirma que Clésio Andrade seria sócio controlador da Holding Brasil S.A., empresa que detinha a maior parte do capital da SMP&B; Comunicação, em momento anterior ao início da campanha.

“Sustenta que as transferências foram realizadas pela simples emissão de cheques nominais antecedidas de determinação do Governo do Estado de Minas Gerais, através de ofício do então Secretário-Adjunto da Secretaria de Estado da Comunicação Social, Eduardo Pereira Guedes Neto. Aduz que a data das transferências foi próxima à do evento, o que inviabilizaria a utilização da quantia de R$ 3 milhões na organização do evento, bem como que as Estatais declararam que a beneficiária dos valores SMP&B; Comunicação LTDA. não prestou contas referente ao patrocínio do evento”, relata o juiz.”

ESTADÃO conteúdo

Ortopedista cearense lança livro sobre Jogos Olímpicos

jsoeroberto

O ortopedista cearense José Roberto Campos de Barros, que integrou a delegação médica do Brasil na Rio 2016, lançará, nesta quinta-feira, em Brasília, o livro “Olimpo, Olímpia e Jogos Olímpicos”.

Trata-se de um levantamento histórico sobre as Olimpíadas, com pesquisa na Grécia e uma coletânea de fotografias captadas ou feitas pelo autor.

José Roberto deverá lançar o livro também em belo Horizonte (MG).

(Foto – Paulo MOska)

Comércio brasileiro movimentou R$ 3 trilhões em 2014

“O comércio brasileiro movimentou R$ 3 trilhões em receita operacional líquida e ocupou 10,7 milhões de pessoas em 2014. Em 2013, esse valor foi de R$ 2,7 trilhões. As informações fazem parte da Pesquisa Anual do Comércio (PAC) 2014 e foram divulgadas hoje (25) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A receita do setor, com 1,6 milhão de empresas comerciais, cresceu 7,3% em termos reais, aumento impulsionado pelo desempenho do segmento do comércio atacadista, cuja contribuição para o crescimento da receita foi de 3,7 pontos percentuais. O aumento, no entanto, é menor que em 2013 (8,9%), 2001 e 2012 (11,9%).

Para o gerente da pesquisa, Luiz Andrés Ribeiro, um dos dados que merecem destaque é o que aponta aumento da participação do comércio varejista ao longo dos anos da pesquisa, iniciada em 2007. “A participação passou de 39,8%, em 2007, para 43,4%, em 2014. Por outro lado, o comércio atacadista, que respondeu pela maior parcela da receita, apresentou pequena queda, passando de 44,9% para 44,4%, bem como o comércio de veículos automotores, peças e motocicletas cuja participação passou de 15,4%, em 2007, para 12,2%, em 2014”, disse ele.

Ribeiro destacou que esses resultados tiveram impacto principalmente, pela dinâmica do mercado de trabalho, do mercado de crédito e pela elevação da renda média da economia brasileira no período. O comércio varejista respondeu por 78,8% do número de empresas, com 1,3 milhão, e empregou 7,9 milhões de pessoas (73,7% do total).

O comércio atacadista de combustíveis e lubrificantes manteve-se como a principal atividade na geração de receita, mas perdeu participação entre 2007 e 2014. Hipermercados e supermercados ganharam participação, passando para a segunda posição. Por outro lado, o comércio de veículos automotores perdeu participação, passando para a terceira posição.

A forma de venda tradicional do varejo (em lojas, postos de combustíveis, boxes em mercado, depósitos, galpões, armazéns e salas) ainda é predominante, mas perdeu participação na receita bruta do setor, entre 2007 (96,9%) e 2014 (95,9%). Já as vendas pela internet duplicaram sua participação (de 1% para 2,2%, no período), enquanto as televendas cresceram quase na mesma intensidade (de 0,5% para 0,9%).

A receita bruta do comércio varejista, incluindo todas as formas de comercialização, teve aumento real de 86,5%, ao passar de R$ 753,3 bilhões, em 2007, para R$ 1,4 trilhão, em 2014. De 2007 a 2014, a receita bruta real (já deflacionada) das vendas das empresas varejistas do país pela internet saltou de R$ 7,7 bilhões para R$ 30,2 bilhões, com crescimento real de 290,4% e a das televendas do varejo, 236,3% (ao passar de R$ 3,7 bilhões para R$ 12,6 bilhões).

Massa Salarial e salário médio

Foram pagos R$ 186,3 bilhões em salários, retiradas e outras remunerações. A massa salarial apresentou crescimento real de 8,1%, acompanhado por um aumento de 3,3% do número de pessoas ocupadas.

O salário médio cresceu 4,7% em termos reais para atividade comercial em relação a 2013. O varejo foi responsável pela maior massa salarial, 62,9%, que teve crescimento de 6,8%. A atividade que registrou o maior crescimento da massa salarial anual (21,5%) foi comércio varejista de outros produtos novos (19,7%), atividade caracterizada por pagar salários relativamente baixos (R$ 1.000,00, em 2014).

O comércio varejista, no entanto, apresentou o menor salário médio mensal (R$ 1.143,00) contra R$ 2.058,00 do atacadista e R$ 1.574 do comércio de veículos automotores, peças e motocicletas.

Os hipermercados e supermercados destacaram-se com o maior número de pessoas ocupadas 1,2 milhão (10,8%) e na massa salarial R$ 19,9 bilhões (10,7%).

As regiões

A distribuição regional da receita do comércio entre 2007 e 2014 se manteve, segundo a PAC 2014, mas a Região Sudeste perdeu participação, enquanto as regiões Centro-Oeste e Nordeste exibiram aumentos de participação.

O Sudeste manteve participação majoritária nas principais variáveis do comércio no ano estudado: receita bruta de revenda (51,1%), remunerações (55,5%) e ocupados (51,2%), além de pagar o maior salário médio (dois salários mínimos).

(Agência Brasil)

Temer nomeia três diretores do Dnit

Saiu no Diário Oficial da União desta quinta-feira (25) três nomeações para diretorias do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). A diretoria executiva será ocupada por um servidor de carreira da Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT): o engenheiro civil Halpher Luiggi Mônico Rosa.

Especialista em logística de transportes, Halpher Luiggi já ocupou o cargo de superintendente regional do Dnit e de diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Espírito Santo (DER-ES). Foi também chefe de Engenharia e Segurança de Trânsito do antigo Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER) – órgão que deu origem ao atual Dnit.

Para o cargo de diretor de Planejamento e Pesquisa do Dnit, o presidente interino Michel Temer nomeou André Martins de Araújo, e para a diretoria de Administração e Finanças foi nomeado Gustavo Adolfo Andrade de Sá.

(Agência Brasil)

Senadores já não aguentam mais o impeachment

dilimp

“A maioria dos senadores já se diz cansada antes mesmo de o início do longo processo final de impeachment que enfrentarão.

Segundo os senadores, serão horas de mais do mesmo e, o único fato novo, será ainda de Dilma Rousseff à Casa…

Isso literalmente, pois a expectativa é que a presidente afastada também não traga novidades no discurso e só repita o que já vem dizendo.”

(Veja Online)

Camilo lançará pacote de concessões na Fiec

foto camilo governo ceará

O governador Camilo Santana (PT) vai apresentar, a partir das 11 horas, na sede da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), o pacote de concessões de equipamentos públicos estaduais. No bolo, 10 equipamentos que serão oferecidos à iniciativa privada e que estão orçados em mais de R$ 7 bilhões.

Mais de 50 equipamentos, já concluídos ou em andamento, foram avaliados pela consultoria McKinsey & Company. Destes, foram selecionados os de maior atratividade no curto prazo para a iniciativa privada e, consequentemente, para o Estado.

Na lista, estão o Acquario Ceará, Ceasa, Centro de Eventos, Centro de Formação Olímpica do Ceará (CFO), Cinturão Digital, Metrofor, Rodovia CE-040, terrenos (Expoece e da Cavalaria da PM) e aeroportos regionais (Jijoca e Aracati).

 

INSS inicia pagamento da 1ª parcela do 13º salário

idoso-2

Vai dar para aliviar despesas com remédio?

“Os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebem um salário mínimo e têm cartão com final 1, desconsiderando-se o dígito, começam a receber hoje (25) a primeira parcela do décimo terceiro salário.

Tem direito ao décimo terceiro quem recebeu, durante o ano, benefício previdenciário como aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade.

Os pagamentos serão feitos até o dia 8 de setembro. A segunda parcela será paga em novembro.

Os beneficiários do INSS chegaram a ter a antecipação do benefício ameaçada pelo ajuste fiscal, mas após negociações com centrais sindicais e associações de aposentados e pensionistas, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, anunciou, no fim de junho, que o adiantamento estaria garantido.

A antecipação de 50% do décimo terceiro salário aos beneficiários do INSS é feita desde 2006.”

(Agência Brasil)

Tudo pronto para o Futura Trends 2016

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quinta-feira:

Tudo pronto para o VI Seminário Futura Trends, evento voltado para o empresariado e cujo tema é “Lideranças do Amanhã – Ciência, Tecnologia e Espiritualidade na Gestão de Empresas Vencedoras”.

Será nesta sexta-feira, 26, das 13 às 20 horas, no Hotel Gran Mareiro (Praia do Futuro), numa promoção do Grupo de Comunicação O POVO, Fundação Demócrito Rocha e Instituto Albanisa Sarasate.

Entre conferencistas, a monja budista Zentchu Sensei. O jornalista Heródoto Barbeiro (Rede Record) será o mestre de cerimônia.

As inscrições ainda podem ser feitas antes do evento, que vai procurar unir a razão empresarial com espiritualidade (www.seminariofuturatrends.com.br).

Academia do Enem – Alunos terão segundo simulado do ano

367 1

simuldod

A Coordenadoria Municipal de Juventude abriu, nesta quarta-feira, inscrição para o segundo simulado do Academia Enem 2016, disponível apenas para os alunos do programa. Será o segundo simulado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em um ano. A prova será aplicada nos dias 10 e 11 de setembro.

A prova, que será realizada na Faculdade Nordeste – Fanor Devry, seguirá os moldes do Enem. No sábado (10), as matérias da prova serão as áreas de conhecimento em Ciências Humanas suas Tecnologias; e Ciências da Natureza e suas Tecnologias, com início às 13 horas e encerramento às 17h30min. Já no domingo (11), os alunos irão responder questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; e Matemática e suas Tecnologias, além da redação. O horário no segundo dia será das 13 às 18h30min. Os portões da faculdade irão abrir às 11 horas e o fechamento será às 12h30min.

Inscrição

Para se inscrever, o aluno precisa acessar o site (http://bit.do/simuladoAE) e preencher os campos. Após inscrição, o aluno receberá um e-mail com confirmação do cadastro e informações sobre horário e sala correspondente. O link estará disponível somente até o dia 29 de agosto.

Orientações

Nos dias dos exames, o aluno deverá apresentar identidade com foto e a carteirinha do AE. A sala de realização da prova será enviada por e-mail aos alunos inscritos e divulgada no dia. Para facilitar o acesso à sala correta, evitando transtornos, é importante que o aluno chegue ao local com antecedência.

Não será permitido o uso de lápis, borracha, celular e relógio no momento do simulado. A caneta utilizada deve ser preta e com corpo transparente. Água e lanche poderão ser consumidos na hora da prova.

Transporte

O Sindiônibus irá disponibilizar ônibus especiais para o local de prova, partindo dos terminais Messejana, Papicu, Siqueira, Antônio Bezerra e Parangaba. A recarga das carteirinhas também será garantida. É importante os alunos estarem utilizando a camisa do Academia Enem e portando o vale transporte do projeto.

SERVIÇO

*Fanor Devry – Avenida Santos Dumont, 7800 – Dunas, Fortaleza – CE

(Foto – André Martins)

Pio Rodrigues falará na CDL sobre sua trajetória empresarial de sucesso

Stela-e-Pio-Rodrigues-1

Pio ao lado de sua mulher, Stela.

O empresário Pio Rodrigues (Casa Pio e C.Rolim Construtora) é o convidado desta quinta-feira, às 18h30min, do projeto Diálogos, da  Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza. O também vice-presidente da CDL fará palestra sobre o tema “A trajetória pessoal e empresarial”.

No auditório da CDL, Pio contará um pouco de sua história de vida e como vem comandando, junto com os irmãos e filhos, um conjunto de 16 empresas que atuam em três vertentes: varejo, com destaque para a Casa Pio, líder de recall no setor de calçados; automobilístico com consórcios e automóveis, tendo a concessionária Crasa como carro-chefe; e imóveis, com a C. Rolim Engenharia, que cresceu 40% ano passado, mesmo diante do momento de recessão econômica.

Perfil

Formado em Engenharia Civil, Pio Rodrigues já foi homenageado com comendas nacionais e internacionais. Em 1987, então com 35 anos, foi eleito o Lojista do Ano. Depois, em 2007, ganhou como Construtor do Ano. Em 2011, recebeu o prêmio New Millennium Award, em Paris, pelo reconhecimento ao caráter de inovação e qualidade da C. Rolim Engenharia, a única empresa do Brasil a ser agraciada pelo comitê formado por sete mil membros.

Impeachment – Aliados farão perguntas a Dilma por temas

167 1

dimachuv

“Senadores aliados de Dilma Rousseff vão dividir por temas as perguntas que farão à presidente afastada.

A ideia é que alguns questionem os crimes de responsabilidade, para que ela possa fazer sua defesa técnica, e outros indaguem sobre golpe e Michel Temer, quando Dilma poderá fazer sua defesa política e dizer que o impedimento serviu para colocar um fim no “processo de transformação social iniciado pelo PT em 2003″.

(Veja Online)

Henrique Meirelles – ainda não há decisão sobre aumento de impostos

meirelleaudi

“O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, encerrou hoje (24) audiência pública na Câmara dos Deputados sem deixar claro se poderá haver aumento de impostos para cumprir a meta fiscal de 2017. Segundo ele, o governo vai apresentar a proposta para o Orçamento da União de 2017 no início da próxima semana, quando o assunto “será decidido de forma definitiva”. “No momento, não há uma definição final sobre isso. Até o momento, não se configurou ainda esta necessidade, mas não fechamos ainda a proposta orçamentária”, disse.

Meirelles voltou a destacar que a carga tributária no Brasil está muito elevada e que, no momento de recessão na economia brasileira, deve-se evitar o aumento de impostos. Ele ressaltou que a equipe econômica está trabalhando no corte de despesas e na avaliação de todos os programas, em um momento de economia em contração. O governo tem até o dia 31 de agosto para enviar ao Congresso Nacional o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) do ano que vem.

“O que eu tenho dito, no entanto, é que a prioridade é o ajuste fiscal. É a meta de déficit primário do ano que vem e esta será cumprida, como será cumprida a meta deste ano. Isso que é o prioritário e o que for necessário será feito”, disse Meirelles.

Em audiência na Câmara dos Deputados, o ministro da Fazenda afirmou que a não aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece teto para o crescimento das despesas significará o aumento da dívida pública, com aumento de impostos, dos juros estruturais, levando o Estado brasileiro a dificuldades no seu financiamento. “Outras medidas menos benéficas teriam que ser contempladas. Acho a aprovação da PEC o mais eficiente. Devemos trabalhar para melhorar a qualidade dos gastos”, acrescentou.

O ministro disse ainda que o ajuste é para todos e não para determinado segmentos, já que existirá um teto para todas as despesas, inclusive subsídios empresariais ou financiamentos do Tesouro. “A restrição é para todas as despesas que impactem o resultado primário. É uma restrição à evolução [das despesas]”, explicou.

Sobre o tempo estabelecido na proposta, Meirelles destacou que é importante adotar o tempo suficiente para que a dívida pública se estabilize até começar a cair. Segundo ele, se for por um tempo curto vai gerar incertezas. Se colocar de forma que possa prejudicar o crescimento não sustentável, gerará dúvidas, afirmou.

Meirelles participou de audiência na Comissão Especial sobre Novo Regime Fiscal, na Câmara dos Deputados. Os parlamentares analisam a PEC que estabelecerá um teto para o crescimento das despesas públicas, limitado à inflação do ano anterior. Na audiência, que durou mais de quatro horas, o ministro defendeu a aprovação da PEC como forma de reverter a trajetória insustentável da dívida, além de destacar outras medidas fiscais importantes para o país voltar a crescer, também solucionando as questões fiscais permanentemente.

“Estamos abrindo hoje o debate. Estamos começando um bom debate. Está no momento do Brasil discutir essas questões”, disse o ministro. Meirelles destacou que a economia dá sinais de reação e que a recuperação poderá ser rápida.

Meirelles afirmou que o piso para as áreas de saúde e educação, uma das preocupações dos parlamentares, deve ser corrigido pela inflação em vez de ser vinculado a um percentual das receitas como é atualmente. Segundo ele, como é feito hoje as vinculações nem sempre são eficientes e a atual regra não protege esses setores em momento de crise.

Meirelles também disse que os pobres são os mais prejudicados com a crise econômica e destacou que o governo não pode resolver o problema do déficit e da dívida simplesmente por meio de aumento de impostos, porque a carga tributária já cresceu muito nos últimos anos e está entre as mais altas do mundo.

Meirelles participou da audiência acompanhado do ministro interino do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Henrique, que fez um alerta sobre o descontrole das despesas públicas do país que, segundo ele, crescem sem parar.”

(Agência Brasil)

Empregado será indenizado por ter ficado em quarto de motel com colega

“Luz baixa, privacidade e a cama redonda não agradaram o empregado de uma empresa de telefonia que ficou hospedado em um motel no Rio de Janeiro. Ele viajava a trabalho com um colega e se irritou quando chegou ao local “romântico” onde ficariam hospedados — com uma só cama. A circunstância inusitada foi o bastante para ele receber uma indenização de R$ 10 mil a ser paga pela empresa. Segundo a 6ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho, a situação é vexatória, caso em que o dano moral é presumido.

Consta da reclamação trabalhista que a empresa enviou dez trabalhadores à capital fluminense em abril de 2006 e os hospedou em cinco quartos de um motel em Jacarepaguá por cerca de 30 dias. O episódio fez com que o empregado movesse ação trabalhista contra seu empregador alegando sua imagem e honra foram ofendidos por causa do alojamento.

Segundo o autor da ação, ele e os outros colegas passaram a ser alvo de chacotas e piadas na empresa. Já a empregadora negou que expôs os trabalhadores à situação constrangedora e que o instalador prestou serviço normalmente. Acrescentou que, à época, não houve qualquer reclamação dos empregados quanto às acomodações.

A companhia afirmou ainda que “zelou pelo bem estar dos seus funcionários, oferecendo-lhes acomodações dignas e confortáveis”. Em primeiro grau, o juízo da 14ª Vara do Trabalho de Curitiba (PR) indeferiu o pedido, por entender que não houve dano moral.

Porém o Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR) condenou a empresa a indenizar o trabalhador em R$ 10 mil. Segundo o TRT-9, a empregadora, ao alojar dois empregados em um mesmo quarto de motel, causou constrangimento capaz de ensejar a reparação financeira.”

(Site Consultor Jurídico)

Assembleia Legislativa lembrará o Dia da Maçonaria

A Assembleia Legislativa realizará, a partir das 15 horas desta quarta-feira, no Plenário 13 de Maio, uma sessão solene em homenagem ao Dia Nacional do Maçom, celebrado em 20 de agosto. A solenidade atende a um requerimento do deputado Sérgio Aguiar (PDT).

O deputado explica que, em setembro de 1918, o irmão Antenor de Campos Moura, da Loja Fraternidade de Santos, propôs a criação do Dia do Maçom ao Grande Oriente do Brasil. “A data deveria ser comemorada não só como um dia de festa, mas também de beneficência e caridade”, contou o parlamentar.

Posteriormente, em 20 de agosto de 1922, numa sessão ordinária, Joaquim Gonçalves Ledo proferiu um discurso que influenciou a Loja a aprovar a proposta e reconhecer a Independência do Brasil. A data ficou estabelecida como Dia Nacional do Maçom.

Sinduscon/CE vai comemorar o Dia Nacional da Construção Social

FORTALEZA, CE, BRASIL, 08-06-2015: André Montenegro, engenheiro e presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Ceará (SINDUSCON-CE). Entrevista com André Montenegro para o caderno Imóveis. (Foto: Camila de Almeida/O POVO)

O Dia Nacional da Construção Social (DNCS) 2016 será comemorado no próximo sábado (27), no SESI da Parangaba.

A ação promovida pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e realizada pelo Sindicato das Construtoras (Sinduscon) é destinada a difundir o conceito de responsabilidade social empresarial, informa André Montenegro, que preside o Sinduscon.

O evento, com o tema “Valores constroem’, se transforma num dia de serviços gratuitos, dedicado exclusivamente aos trabalhadores do setor e seus familiares, nas áreas de saúde, lazer, cidadania e educação, além de oferecer atividades recreativas, esportivas e culturais.