Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Fortaleza terá I Correndo do Imposto

Fortaleza será sede do I Correndo do Imposto. O evento objetivo conscientizar a sociedade sobre a alta carga de impostos incidentes sobre produtos e serviços. Na prática, será uma de rua, marcada para o próximo dia 13, no Aterro da Praia de Iracema. A realização é da Associação Jovens Empresários de Fortaleza.

A corrida terá um percurso de 5km e a concentração no aterro será às 6h30min com largada às 7 horas, we faz parte do XIII Feirão do Imposto, evento realizado pela AJE Fortaleza, em parceria com a Confederação Nacional de Jovens Empresários (CONAJE).

O Feirão do Imposto acontece em 20 estados brasileiros com o objetivo de conscientizar a população e solicitar a aplicação efetiva e transparente dos tributos. Realizado desde 2003, o “Feirão do Imposto” alcançou importantes resultados para reduzir a carga tributária brasileira, além de conscientizar, a cada ano, uma grande parcela da população. Entre os resultados estão a Lei 12.741 (Lei da Transparência), que instituiu a discriminação dos impostos nas notas e cupons fiscais, e a Lei 12.839, que estabeleceu a retirada de impostos federais que incidem em produtos da cesta básica.

SERVIÇO

*Inscrições: www.correndodoimposto.com.br

DNOCS supera meta em perfuração de poços profundos

sede_do_dnocs_em_fortaleza

Sede do DNOCS em Fortaleza.

O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) já superou em 15% a meta de perfuração de poços com recursos da Secretaria de Defesa Civil, órgão do Ministério da Integração Nacional. Dos 1.400 poços programados, a repartição perfurou 1.607 no semiárido brasileiro, ofertando mais 10.365.020 de litros d’água, por hora, às populações carentes da região.

As metas do DNOCS para esse programa, no que concerne à perfuração, recuperação e instalação de poços, foram assim definidas: Alagoas (75), Bahia (156), Ceará (170), Minas Gerais (100), Paraíba (215), Pernambuco (167), Piauí (145), Rio Grande do Norte (307) e Sergipe (65), totalizando 140 poços.

No entanto, as coordenadorias estaduais da instituição, em seus respectivos estados, apresentam o seguinte quadro: Alagoas (73), Bahia (148), Ceará (248), Minas Gerais (104), Paraíba (215), Pernambuco (193), Piauí (75), Rio Grande do Norte (488) e Sergipe (63), totalizando 1.607 poços, com vazão total de 10,36l/h.

DETALHE – As coordenadorias do DNOCS em Pernambuco e no Piauí terão até dezembro de 2015 para concluír seus trabalhos no Programa.

Anvisa suspende venda de remédio contra rinite

“Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), publicada hoje (2) no Diário Oficial da União, suspende a distribuição, a comercialização e o uso de 18 lotes do medicamento Evoterin (cloridrato de irinotecano tri-hidratado), apresentações de 40 miligramas (mg) e 100 mg, distribuídos a partir de dezembro de 2013 até junho de 2015, fabricados por Fármaco Uruguayo S.A. e registrados, importados e distribuídos por Evolabis Produtos Farmacêuticos Ltda.

De acordo com a publicação, a própria empresa detentora do registro enviou à Anvisa comunicado de recolhimento voluntário, após ter recebido reclamações sobre o remédio.

O produto é indicado para o tratamento de sintomas associados a enfermidades alérgicas, como rinite e urticária crônica.”

(Agência Brasil)

Pinheiro Supermercado vai entregar laboratório de informática da Apae Fortaleza

honoriopçinheiro

Nesta quinta-feira, a Rede Pinheiro Supermercados – à frente Honório Pinheiro, vai entregar o laboratório de informática da unidade da Apae de Fortaleza totalmente revitalizado. Isso, após passar por reforma nas suas instalações e receber reparos técnicos e novos equipamentos.

A iniciativa dessa rede de supermercado, que segue o conceito de responsabilidade social, contou com a parceria da Ibyte.

Nos próximos dias, começa a renovação dos laboratórios de informática das Apaes de Sobral e Limoeiro do Norte.

Renan Calheiros – Saída para Orçamento 2016 pode vir do Congresso Nacional

“O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse nesta quarta-feira (2) que a proposta de Orçamento enviada pelo governo ao Congresso será submetida a uma “rigorosa” apreciação. Renan disse que embora não seja papel de deputados e senadores, seria bom que a saída para o déficit viesse do Legislativo. “Se o Congresso encontrar saídas, melhor”, acrescentou. Ontem (1º), o presidente do Senado não cedeu a pressão feita pela oposição para que devolvesse a proposta deficitária ao Executivo.

“Cabe ao Executivo propor [uma alternativa para contornar o déficit] e eu cobrarei em todos os instantes que o Executivo proponha, mas o Congresso tem responsabilidade de apreciar o Orçamento, de qualificar o Orçamento”.

Segundo Renan, a proposta orçamentária exige ajuste de despesas e corte de gastos. Acrescentou que, mais do que cortar despesas obrigatórias, o ajuste precisa dar eficiência ao gasto público. “O povo brasileiro já não aguenta mais elevação da carga [tributária] e aumento de impostos. [O povo] cobra do governo federal uma contrapartida, que é a redução da máquina [administrativa], o corte de ministérios, a redução dos cargos em comissão. Eu acho que esse é o primeiro passo que tem que ser dado”, disse.”

(Agência Brasil)

Prestação de contas e uma omissão nada santa

78 1

Com o título “O faz de conta das prestações de contas”, eis artigo de Adriana Soares, técnica judiciária do TRE do Ceará e especialista em Processo Civil e em Direito e Processo Eleitoral., que pode ser lido também no O POVO desta quarta-feira. Ela crítica a omissão dos legislativos nessa área. Confira: 

Notícia veiculada nos últimos dias dá conta do não julgamento das contas de governo dos ex-presidentes da República Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso e Luís Inácio Lula da Silva, referentes, respectivamente, aos exercícios de 1992, 2002, 2006 e 2008, estes dois últimos anos referentes ao governo Lula. Em uma das veiculações, a imprensa informa que nenhuma conta do governo Dilma foi ainda apreciada pelo Congresso Nacional. A fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial da União, exercida pelo Congresso Nacional com o auxílio do Tribunal de Contas da União, nos termos dos artigos 70 e 71 da Constituição Federal, não está sendo feita, ou melhor, o Congresso Nacional não finaliza o procedimento. É que o art. 49, IX da Carta Magna prescreve a competência exclusiva do Congresso Nacional para julgar anualmente referidas contas bem como apreciar os relatórios de gestão.

É interessante refletir sobre a omissão do Congresso Nacional avaliando ainda o objetivo de tais prestações de contas e as consequências de sua não apreciação em tempo hábil. Partindo da premissa de que o Tribunal de Contas da União faz um exame técnico das informações e documentos apresentados, as irregularidades constatadas, mesmo graves e que ensejem desaprovação, de nada servirão se não forem submetidas ao julgamento político do Congresso Nacional.

O mesmo se diga para a inércia das Câmaras Municipais que, de posse de um parecer prévio recheado de irregularidades, não julgam as contas já desaprovadas e, quando o fazem, não emitem o decreto legislativo ou deixam de publicá-lo. A formalidade excessiva vence a finalidade fiscalizatória e a democracia ganha, mas não leva.

A omissão afasta a correta apreciação das contas públicas, esvazia a atividade fiscalizatória dos Tribunais de Contas e possibilita que o gestor que tenha suas contas rejeitadas continue participando da concorrência eleitoral. Sem a pecha de inelegível, nos termos do art. 1º, I, g da LC 64/90, aquele que geriu mal, praticou atos configuradores de improbidade administrativa, dilapidou o patrimônio público ou ainda se locupletou com recursos públicos continuará pleiteando cargos eletivos e participando diretamente do processo democrático. No meio do caminho ficam as análises técnicas, os pareceres prévios e a vontade de construir um país sério.

Adriana Soares Alcântara

adri_alcantara@hotmail.com

Técnica Judiciária do TRE do Ceará e especialista em Processo Civil e em Direito e Processo Eleitoral.

Dilma sanciona lei que dá alíquota diferenciada na folha de pagamento da radiodifusão

download (32)

A presidente Dilma Rousseff sancionou a lei que altera a desoneração da folha de pagamentos das empresas de rádio e televisão. A sanção foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União desta terça-feira (1º). A lei eleva em 150% a taxação para a maioria dos setores da economia, alterando a legislação sobre a desoneração da folha de pagamentos:

*Tornar a adesão ao benefício facultativa;
*Aumentar a atual alíquota de 2% para 4,5%;
*Aumentar a atual alíquota de 1% para 2,5%.

Todavia, a lei prevê um aumento menor de tributo para o setor de rádio e televisão. Assim, a partir de dezembro, o setor de comunicação, que antes contribuía ao INSS com 1% sobre o faturamento bruto, pagará 1,5%.

Para a Abert, que trabalhou intensamente pela garantia de uma alíquota menor para a radiodifusão, a sanção da lei representa a manutenção de empregos e o investimento por parte das empresas de comunicação em equipamentos, principalmente neste momento da migração do rádio AM para o FM e na digitalização da TV.

Agências lotéricas vão protestar contra a Caixa nesta quinta-feira

unnamed (88)

As agências lotéricas de todo o Ceará vão paralisar as atividades das 10 às 12 horas desta quinta-feira. O ato faz parte de um protesto nacional contra a Caixa Econômica Federal que quer rever licitações na área. A manifestação, puxada pela Federação das Lotéricas do Brasil, ocorrerá no momento em que haverá audiência pública sobre o assunto na Câmara dos Deputados.

No Estado, quem convoca para o ato é o Sindicato das Empresas Lotéricas e Similares do Ceará. Uma caravana de empresários do ramo viajou nesta quarta-feira para fazer pressão política em Brasília. 

A Caixa prepara o processo de licitação de 6.104 casas lotéricas em todo o país (46% do total) ao longo dos próximos três anos. diz que a medida é para regularizar a concessão das casas lotéricas, unificando o regime jurídico das unidades que começaram a funcionar antes de 1999. Até então, a permissão para entrar no ramo era concedida por credenciamento na Instituição.

Comissa da MP da Aposentadoria reúne-se nesta quarta-feira

“A comissão mista encarregada de emitir parecer sobre a Medida Provisória (MP) 676/15, que cria uma nova fórmula de cálculo da aposentadoria como alternativa ao Projeto de Lei de Conversão 4/15 — vetado pela presidente Dilma Rousseff, reúne-se, nesta quarta-feira, às 14h30min, em audiência pública com 23 convidados. Entre eles, estão representantes do IBGE, Dieese, Ipea, Anfip e CUT.

A MP 676/15 manteve a fórmula 85/95 aprovada pelo Congresso, referindo-se à soma da idade e do tempo de contribuição dos segurados, mas criou o chamado “dispositivo progressivo”.

Segundo o governo, o mecanismo considera o aumento da expectativa de vida do brasileiro e tem como principal objetivo manter o sistema “sustentável”. Pela MP 676, as somas da idade e do tempo de contribuição deverão ser aumentadas em um ponto a cada ano a partir de 1º de janeiro de 2017; e, depois, em 1º de janeiro de 2019; 1º de janeiro de 2020; 1º de janeiro de 2021 e 1º de janeiro de 2022.”

(Agência Câmara)

E por falar no vandalismo praticado na reitoria da UFC…

93 1

Com o título “Violência contra a memória e o interesse público”, eis tópico da Coluna Política, do jornalista Érico Firmo, no O POVO desta quarta-feira. Ele aborda o absurdo do vandalismo praticado por grupo de alunos que invadiram, na última tarde, a reitoria da UFC. Confira

Nem toda a legitimidade do mundo contida nas reivindicações justifica a depredação da reitoria da Universidade Federal do Ceará, cometida ontem. O mais inacreditável é que o gesto tenha partido de segmentos que tentam passar a imagem de que têm zelo pelo patrimônio histórico e defensores da preservação da memória. Conversa que cai por terra quando gestos como o de ontem são perpetrados contra um patrimônio arquitetônico precioso para a cidade.

A reitoria não é do reitor, não é do ministro, não é da presidente da República. Não é nem mesmo dos estudantes, dos professores ou dos servidores. A reitoria é patrimônio de Fortaleza, do Ceará, da memória coletiva. Um patrimônio da educação e da cultura.

E o mais estúpido: quem vai pagar pela recuperação também não é o reitor, não é o ministro. É o dinheiro da população. É o orçamento da educação irá arcar com o custo. Não é uma grande despesa, certamente. Mas já faltam recursos para pequenas coisas. Não dá para esbanjar, ainda mais no atual contexto.

Porém, essa questão financeira não é o que considero mais grave. Pior mesmo é o aspecto simbólico de pessoas escolarizadas e que se dizem politizadas, mas que acreditam que depredar o patrimônio histórico é forma de defender suas bandeiras. Emblemático do tempo em que vivemos.

Eunício fez pesquisa e Dilma cancelou ida a Lavras da Mangabeira para evitar vaias

Dilma-eunicio-300x186

A agenda de Dilma na sexta-feira, quando ela foi ao Ceará, mostra quão delicada é a situação da popularidade da presidente.

No início da semana passada, Eunício Oliveira (PMDB) estava todo pimpão espalhando por aí que Dilma iria a Lavras de Mangabeira, sua cidade.

Só que a agenda, cogitada para colocar Dilma em contato com o principal perfil de eleitores que a elegeu, nunca chegou a ser confirmada.

Acabou sendo deixada de lado por dois motivos.

Primeiro, porque a passagem de Dilma pelo Ceará ficaria muito extensa. E segundo e principalmente por isso: porque Eunício deduziu, a partir de uma pesquisa, que a popularidade de Dilma esfarelou por lá.

Ao pesar custos e benefícios, diante da pesquisa, Dilma ir a Lavras passou a ser arriscado para Dilma e para Eunício. Ela poderia ser vaiada no interior do Nordeste, até outro dia terra que consagrou quatro vitórias eleitorais ao PT. Eunício idem, por estar ao lado de uma presidente que nem em uma pacata cidade do interior do Nordeste pode ir em paz.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Reforma Política – Câmara dos Deputados pode votar doação de empresas para campanhas

Está marcada para esta quarta-feira, às 14 horas, a votação do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 75/2015, que trata da Reforma Política. O relator da matéria, senador Romero Jucá (PMDB-RR), chegou a sugerir que fosse votado o texto-base do projeto, mas o presidente do Sendo, Renan Calheiros (PMDB-AL), preferiu adiar de terça para esta quarta-feira a votação.

O PLC 75/2015 modifica três leis. Uma delas é o Código Eleitoral (Lei 4.737/1965). O objetivo, nesse caso, é fortalecer os partidos, cortar os custos das campanhas e disciplinar as doações e o repasse do dinheiro do Fundo Partidário.

O texto também permite que empresas e pessoas físicas façam doações às campanhas eleitorais. As pessoas jurídicas, porém, estão autorizadas a repassar recursos apenas aos partidos políticos. O valor doado é limitado a 2% da receita do ano anterior à transferência do dinheiro até o máximo de R$ 10 milhões. Cada agremiação pode receber 0,5% do total.

Izolda Cela conclama no Rio investidores a apostarem em energia eólica no Ceará

izolslddda

A governadora em exercício do Ceará, Izolda Cela, participou, nessa terça-feira à noite, da abertura, no Rio de Janeiro, do Brazil WindPower 2015. Trata-se de um dos maiores eventos sobre energia eólica da América Latina.

Izolda, falando em nome de um Estado que se inclui entre os maiores do ramo, citou o pioneirismo do cearense nesse tema e a importância da energia eólica para o desenvolvimento sustentável da região. Izolda lançou um convite aos investidores:

“Nosso estado está preparado e de braços abertos para receber empresas interessadas em investir no Ceará”.

(Foto – Divulgação)

Arquidiocese vai gerir Programa de Proteção aos Defensores dos Direitos Humanos

domjoeantonioo

Dom José Antônio é o arcebispo de Fortaleza.

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quarta-feira:

A Arquidiocese de Fortaleza prepara-se para assumir a gestão do Programa Estadual de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos.

Um projeto de lei que autoriza a transferência dos recursos estaduais para a entidade foi aprovado pela Assembleia Legislativa e aguarda a sanção do governador Camilo Santana (PT).

O convênio com o Estado garante que a entidade religiosa receberá o montante de R$ 1,15 milhão. As verbas são destinadas à proteção dos defensores de direitos humanos vulnerabilizados ou ameaçados em decorrência de sua atividade militante. Ou seja, além da proteção de vida, apoio financeiro.

Anatel quer simplificar regulamentação para aproximar operadoras e provedores

“Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) apresentará, no primeiro semestre de 2016, uma proposta de revisão de seus regulamentos. O objetivo é simplificar as regras, de forma a facilitar a convivência de serviços de internet e telecomunicações. “Não queremos criar empecilhos para essa aproximação”, disse hoje (1°) o conselheiro da agência Igor Freitas, durante o 59º Painel Telebrasil.

Ao diminuir o peso da regulamentação que recai sobre as operadoras, a Anatel pretende melhorar o ambiente de competição entre empresas de telecomunicações e de internet – setores que, apesar da proximidade, têm legislações distintas. No caso da internet, o papel da Anatel é mais focado no acompanhamentor da prestação do serviço de rede para saber se foi prestado conforme o contrato.

A preocupação de Freitas leva em conta a tendência cada vez maior de distribuição de conteúdo audiovisual fora das tradicionais radiodifusoras ou operadoras de TV por assinatura. A distribuição é feita pelas chamadas Over the Top Content (OTTs), caso de aplicativos como WhatsApp ou sites com grande tráfego de dados, como Youtube, Netflix e Facebook.

“Não dá para fazer regulações muito detalhistas em função da dinâmica [das tecnologias usadas nos serviços de internet e de telecomunicações]”, disse Freitas. Segundo ele, será difícil as operadoras de telecomunicações evoluírem sem que tenham uma liberdade de inovação similar à das OTTs. Nesse sentido, a Anatel pretende apresentar algumas sugestões para a regulamentação do Marco Civil da Internet, que está sendo elaborado pelo Ministério da Justiça.”

(Agência Brasil)

Ceará vai estender vacinação contra a poliomielite até o próximo dia 10

vacina polio

“Ceará, Alagoas, Bahia e Pernambuco vão continuar a Campanha de Vacinação contra a poliomielite por, pelo menos, mais dez dias. A decisão foi tomada porque os estados não atingiram a meta de 95% de cobertura estabelecida pelo Ministério da Saúde. A campanha oficial teve início no dia 15 de agosto e terminou ontem (31).

Em Alagoas, dados do Programa Nacional de Imunização (PNI) registravam 183.619 crianças vacinadas, equivalente a 75% do público-alvo, formado por crianças com idade entre 6 meses e menores de 5 anos.

Na Bahia e no Ceará, as secretarias estaduais de Saúde orientam os municípios que não atingiram a meta a continuarem vacinando. A Bahia tem 955.471 crianças dentro da faixa etária da campanha e até ontem apenas 62% desse total havia recebido a vacina contra a pólio. No Ceará, a cobertura vacinal ficou em 76%.

A supervisora do Núcleo Estadual de Imunização da Secretaria da Saúde do Ceará, Ana Vilma Leite, pede aos municípios que vão continuar vacinando, que adotem novas estratégias para que a vacina chegue ao maior número de crianças. “Orientamos que os municípios busquem essa população de crianças nas escolas e nas creches, que é o local onde podemos encontrar nossa população prioritária para a campanha”, disse.

Dentre os quatro estados nordestinos que prorrogaram a vacinação, Pernambuco foi o que conseguiu maior cobertura: 80% das 625.686 crianças na faixa etária que compõem o público alvo da campanha.

Alagoas, Bahia e Ceará continuam vacinando até o dia 10 de setembro, data limite para que os estados insiram os dados da campanha no sistema de informação do PNI. Em Pernambuco, a prorrogação da campanha vai até o dia 9.”

(Agência Brasil)

Morte de ambientalista no Maranhão é denunciada à OEA

O assassinato de Raimundo dos Santos Rodrigues, ambientalista e conselheiro da Reserva Biológica do Gurupi, foi denunciado à Organização dos Estados Americanos (OEA) pela ONG Justiça Global. Raimundo foi morto em uma emboscada, a tiros e golpes de facão, na estrada que liga as cidades de Bom Jardim a Buriticupu, no Maranhão. A sua esposa ficou gravemente ferida no atentado. Desde 2012, ele vinha denunciando a ação de madeireiros ilegais na região, o que o tornou alvo de constantes ameaças. Tanto que os madeireiros teriam elaborado uma lista com o nome do conselheiro e de outras pessoas marcadas para morrer.

As ameaças contra a vida de Raimundo já haviam sido comunicadas à Ouvidoria Nacional Agrária, mas nada foi feito. A Justiça Global manifestou à OEA sua preocupação com a segurança e a vida dos outros conselheiros da ReBio do Gurupi e com os moradores da Comunidade Brejinho das Onças, localizada no interior da reserva, onde Raimundo vivia com a sua família. Além do conflito com os madeireiros, a comunidade sofre também com a perseguição de um latifundiário, ligado a políticos locais.

Em julho deste ano, o Ibama apreendeu e incendiou caminhões que eram utilizados para extrair madeira ilegal do interior da ReBio. A Reserva está conectada com as Terras Indígenas Alto Turiaçú, Awá e Carú. Juntas, formam um mosaico que representa o que resta de floresta amazônica no Maranhão.

Em abril, o agente indígena de saneamento Eusébio Ka’apor foi assassinado com um tiro nas costas, na mesma região. De acordo com informações, ele teria sido vitimado por madeireiros contrários às ações de autofiscalização e vigilância territorial dos indígenas contra a exploração ilegal de madeira na Terra Indígena Alto Turiaçu. Apesar de ser uma reserva ambiental, a ReBio do Gurupi não conta com uma proteção efetiva dos órgãos federais.

 

Operação Lava Jato – STF dá 30 dias para Fernando Collor apresentar defesa

collorido

“A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal(STF) concedeu, nesta terça-feira, 1°, mais prazo para o senador Fernando Collor (PTB-AL) apresentar defesa ao tribunal. Com a decisão, os advogados terão 30 dias para rebater as acusações contra o parlamentar. Antes, o prazo era de 15 dias. Há duas semanas, Collor foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por corrupção em um dos inquéritos da Operação Lava Jato.

O Supremo concedeu mais prazo para a defesa após os advogados de Collor alegarem que não tiveram acesso aos documentos que embasaram a denúncia da procuradoria. O relator da investigação da Lava Jato no STF, ministro Teori Zavascki, manifestou-se contra a prorrogação do prazo, afirmando que os documentos estão disponíveis na secretaria do tribunal. Teori foi voto vencido. Os ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Celso de Mello votaram a favor do pedido da defesa.

As investigações indicam que o parlamentar recebeu cerca de R$ 26 milhões de propina em contratos da BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras. Collor também foi alvo da Operação Politeia, fase da Lava Jato que apreendeu três carros de luxo naCasa da Dinda, residência particular do ex-presidente da República. Na ocasião, a PF recolheu uma Lamborghini, uma Ferrari e um Porsche.

Na segunda-feira, 1°, a defesa do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), também pediu mais 15 dias para apresentar defesa ao Supremo. Cunha foi denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro na Lava Jato.

Após o oferecimento da denúncia ao Supremo, o presidente da Câmara e o senador Fernando Collor refutaram as denúncias. Em nota, Cunha rebateu com “veemência” e chamou de “ilações” a denúncia apresentada por Janot. No texto, ele se diz inocente e aliviado “já que agora o assunto passa para o Poder Judiciário”.

Fernando Collor manifestou-se por meio das redes sociais, classificando a denúncia de “lances espetaculosos”. ”Como um teatro, o PGR [procurador-geral da República] encarregou-se de selecionar a ordem dos atos para a plateia, sem nenhuma vista pela principal vítima dessa trama, que também não teve direito a falar nos autos.”, disse.”

(Agência Brasil)

Oi reforça sua governança no mercado

A Oi divulgou nota oficial para o mercado sobre mudanças em sua governança.

A Oi informa que o resultado da Assembleia Geral Extraordinária ocorrida nesta terça-feira representa a realização de um desejo antigo da companhia de se tornar uma empresa com capital pulverizado e elevados níveis de governança, o que vai contribuir para  potencializar suas capacidades.

As aprovações dessa assembleia darão mais agilidade e flexibilidade ao management da companhia para conduzir a empresa num mercado cada vez mais dinâmico e desafiador.

A Oi acrescenta que, ao elevar seus níveis de governança, está entregando também uma das prioridades estratégicas previstas para este ano, conforme havia sido comunicado ao mercado.

 

 

Fortaleza será sede do Illustra Day, evento de games e do cinema

ilustraa

Nesta quarta-feira, Fortaleza receberá, a partir das 18 horas, no Teatro Celina Queiroz (Unifor), grandes nomes dos games e do cinema que ministrarão workshop na área. Isso dentro do evento Illustra Day. A grande atração é Tyson Murphy, diretor da  Blizzard Entertainment, um dos maiores estúdios de games do mundo produtor do WOW, jogo que possui 100 milhões de usuários.

O encontro reunirá artistas, profissionais e demais interessados na área do audiovisual e dos games de Fortaleza para intercâmbio e troca de ideias com profissionais dos maiores estúdios do mundo.  Também, haverá as participações do artista cearense Júlio César, que foi destaque no Daily Post alemão, Diego Maia, Thiago Hoisel, Rob Sevilla e Storm.

Finalizando o evento, às 19 horas de quinta-feira, na sede da Art&Cia, Tyson Murphy e  Rob Sevilla,  também da Blizzard Entertainment, analisarão  gratuitamente  20 portfólios de artistas de Fortaleza.

SERVIÇO

* A entrada é uma lata de leite em pó. Todas as doações serão revertidas para uma instituição social.

*O processo de seleção é gratuito, para isso basta se inscrever por meio do link: https://eventioz.com.br/e/illustra-analise-de-portfolio

*Mais informações: (85)  3023 7201/ 9 – 9626 148.