Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Roberto Cláudio defende eleições gerais para o País

200 2

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=JdNd2tiwHFk[/youtube]

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) viajou para Brasília, no início da manhã desta terça-feira (10), para participar da fase nacional do prêmio “Prefeito Empreendedor”, do Sebrae.

Pré-candidato à reeleição, Roberto Cláudio acelera a entrega de obras, diante do prazo de 2 de julho para participar de inaugurações e obras de serviço. O prefeito destacou o calendário da entrega de mais quatro postos de saúde, duas creches, praças e urbanização em bairros.

“Antes da nossa gestão, Fortaleza havia perdido 160 leitos hospitalares, já aumentamos 220 leitos”, ressaltou o prefeito, ao completar que mais 200 leitos serão disponibilizados com o IJF 2.

Sobre política nacional, Roberto Cláudio defende nova eleição para o Palácio do Planalto. Ele lamenta o cenário confuso do momento e fala ainda sobre a expectativa do afastamento da presidente Dilma Rousseff e diz o que se pode esperar de um eventual Governo Michel Temer.

Trabalhadores protestam em São Paulo contra o impeachment de Dilma

“Trabalhadores fazem, nesta manhã de terça-feira, em algumas das principais avenidas de São Paulo protestos simultâneos contra o processo impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

Por volta das 6 horas, eles interditaram a pista expressa da Marginal Pinheiros, no sentido Castelo Branco. Um grupo de cerca de 60 pessoas caminha na altura da Ponte Laguna, no Brooklin, na zona sul.

Por volta das 6h30min, os manifestantes interditaram, nos dois sentidos, a Avenida 23 de Maio, que liga a zona norte à zona sul. na altura do terminal de ônibus Bandeiras. Eles queimam pneus no local.

Em outro protesto na grande São Paulo, trabalhadores interditam a Rodovia Hélio Schmidt, que dá acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos.”

(Agência Brasil)

17 Estados e DF fecham 2015 com gastos de pessoal acima do limite

“A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), de 2002, impôs diretrizes para as contas públicas. O Contas Abertas acompanha como os limites de gastos com pessoal são ou não respeitados pelos estados. Dentre as 25 unidades da federação que entregaram os relatórios de gestão do terceiro quadrimestre de 2015, 17 estados e o Distrito Federal fecharam o exercício pelo menos no limite de alerta previsto na lei, isto é, na “zona de risco” da lei.

Do total, a maior parcela das unidades da federação, 12, estão no “limite prudencial. Isso quer dizer que esses estados comprometeram com pessoal pelo menos 46,55% da Receita Corrente Líquida (RCL), que é a soma das receitas tributárias, de contribuições, patrimonial, agropecuária, industrial, de serviços, transferências correntes e outras receitas correntes, com algumas deduções legais, como as Transferências Constitucionais e Legais.”

(Com Agências)

Transpetro abre processo seletivo para auditor júnior

A Transpetro abriu, nesta sexta-feira, as inscrições para o processo seletivo público que contratará sete profissionais para o cargo de auditor júnior, além da formação de cadastro de reserva. Para concorrer, o candidato deve ter nível superior em Administração, Ciências Contábeis ou Economia. Os aprovados vão atuar no município do Rio de Janeiro (RJ).

Com remuneração mínima inicial de R$ 9.013,67, os admitidos também terão direito a benefícios como auxílio educacional para os dependentes, plano de saúde e plano de previdência complementar.

As inscrições para o processo seletivo vão até o próximo dia 19 e a prova está prevista para 12 de junho, no Rio de Janeiro.

SERVIÇO

*O edital está disponível no site da Fundação Cesgranrio e as inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet no site www.cesgranrio.org.br.

UFC conecta rede tradicional à planta de energia solar

O Laboratório de Energias Alternativas do Centro de Tecnologia, em parceria com o Núcleo de Ensino e Pesquisa em Agricultura Urbana (NEPAU) do Centro de Ciências Agrárias, Superintendência de Infraestrutura da Universidade Federal do Ceará e Instituto Joazeiro de Desenvolvimento Sustentável, instalou a primeira planta fotovoltaica (FV) conectada à rede elétrica da UFC.

A planta FV é composta de seis módulos de 250 Wp (potência total de 1.500 Wp) e um inversor de fabricação nacional, necessário para conexão à rede. O projeto foi aprovado pela Coelce atendendo à norma NT-Br 010/2016 R-01, que estabelece os critérios técnicos aplicáveis à conexão de micro e minigeradores difundidos ao sistema de distribuição. A motivação dada ao setor de geração FV vem crescendo no País, parte por causa de resolução aprovada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) sobre geração distribuída de pequeno porte. A norma cria o Sistema de Compensação de Energia, que permite ao consumidor instalar pequenos geradores em sua unidade consumidora e trocar energia com a distribuidora local.

Segundo o coordenador do projeto, professor Paulo Carvalho, do Departamento de Engenharia Elétrica da UFC, o objetivo da planta FV é produzir energia elétrica a partir de fonte solar e injetá-la na rede elétrica do Campus do Pici, e já é tema de doutorado em desenvolvimento no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da UFC. Além da produção de energia elétrica de fonte limpa e renovável, a pesquisa também visa ao desenvolvimento de tecnologias próprias para o aperfeiçoamento dessa geração, como sistemas de aquisição e transmissão de dados.

O caráter social também foi atendido no projeto, assegura o professor Paulo Carvalho ao informar que a instalação da planta FV foi executada por alunos capacitados pelo Instituto Joazeiro, organização não governamental que tem como objetivo promover o desenvolvimento sustentável com preservação do meio ambiente, principalmente nas áreas de recursos hídricos e energias renováveis. O curso de sistemas FV conectados à rede foi o primeiro nesse setor a ser realizado sem nenhum custo para uma comunidade carente do Ceará, atendendo 33 pessoas do município de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza. O curso fez parte do projeto Centro de Produção Sustentável de Alimentos, do Instituto Joazeiro, com patrocínio da Petrobras e apoio do Centro de Ciências Agrárias da UFC.

(Site da UFC)

Petista quer derrubar impeachment de Dilma

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=zO-3SLokCg8[/youtube]

O deputado federal José Airton (PT) não se conforma. Ele quer a derrubada do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), tocado na Câmara sob comando de Eduardo Cunha (PMDB/RJ).

José Airton afirma que foi um processo ilegítimo. Mesmo lembrado de que juristas não seguem essa tese, o parlamentar insiste que dá para questionar o processo.

Coordenadoria de Políticas da Juventude do Ceará ganha turbinada financeira

PT davi barros

O governo estadual não tem muito do que reclamar de Brasília, nos últimos meses. O Programa Nacional de Inclusão de Jovens ganha impulso no Ceará com a destinação de mais de R$ 4,6 milhões para a ampliação da iniciativa no Estado.

A verba saiu após série de articulações da Coordenadoria Especial de Políticas de Juventude junto à Secretaria Nacional de Juventude (SNJ). O secretário nacional, Jefferson Lima, conheceu de perto a realidade cearense, em recente visita ao Estado.

O coordenador Especial de Políticas de Juventude, Davis Barros, destaca a garantia da continuidade do Projovem no Estado e a importância do alinhamento das ações nos diversos níveis da política para a juventude.

Votação do processo de impeachment no plenário do Senado pode durar dois dias

“Ao final da reunião de hoje (6), o presidente da comissão especial que aprovou hoje a admissibilidade do impeachment da presidenta Dilma Rousseff, Raimundo Lira (PMDB-PB), disse que o próximo passo do processo – votação do relatório de Antonio Anastasia (PSDB-MG) em plenário – pode levar dois dias. Com isso, a expectativa é que a conclusão dessa etapa só ocorra na quinta-feira (12). A demora deve-se ao fato de que, na próxima votação, cada um dos 81 senadores terá 15 minutos para se manifestar, o que pode resultar em pelo menos 20 horas de debates.

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que vai presidir a sessão no plenário, ainda não decidiu se a defesa de Dilma terá mais uma oportunidade de se manifestar antes da votação que pode afastar a presidenta do cargo por 180 dias.

Resultado

O relatório de Anastasia foi aprovado por 15 votos favoráveis e cinco contrários. O placar na comissão especial já era esperado por governistas e oposicionistas. O líder do governo na Casa, Humberto Costa (PT-PE), reafirmou que a base aliada agora vai se dedicar a estratégia de ampliar o apoio no plenário. Costa, por mais de uma vez, criticou a composição do colegiado e disse que os nomes foram escolhidos a dedo. “Acredito que vamos conseguir um bom resultado na votação do plenário”, afirmou. Fátima Bezerra (PT-RN) reforçou as críticas. “O processo está contaminado. É um dia de luto”, avaliou.

Do outro lado, a oposição comemorou o placar, e senadores do DEM e PSDB, entre eles, Ronaldo Caiado (DEM-GO), voltaram a tecer críticas ao que chamaram de “maquiagem de contas” e “contabilidade criativa” por parte do governo e declararam estar ainda mais otimistas com o resultado no plenário da Casa.

Em defesa do processo, Antonio Anastasia afirmou que esperava um debate acalorado. O relator disse que os impasses são naturais, mas avaliou que a base aliada extrapolou. O mineiro classificou como “mau caratismo” os ataques que sofreu de governistas nos últimos dias de reuniões da comissão, que concluiu o processo em duas semanas de trabalho.”

(Agência Brasil)

Comissão do Senado aprova parecer pró-impeachment de Dilma

“A Comissão Especial do Impeachment no Senado aprovou há pouco o parecer do relator, Antonio Anastasia (PSDB-MG), favorável à admissibilidade do processo de afastamento da presidenta Dilma Rousseff. Foram 15 votos a favor e cinco contra. O presidente da comissão, Raimundo Lira (PMDB-PB), não votou, porque o ocupante desse cargo só vota em caso de desempate.

O resultado, anunciado pelo presidente da comissão, senador Raimundo Lira (PMDB-PB), deverá ser lido no plenário da Casa na sessão ordinária marcada para as 14 horas da próxima segunda -feira (9).

A leitura marca também o começo da contagem do prazo de 48 horas para deliberação da fase de admissibilidade do processo no plenário pelos 81 senadores, o que, de acordo com o calendário votado no início dos trabalhos da comissão especial, deve ocorrer na quarta -feira (11). Assim como ocorreu na comissão especial, no plenário a votação é por maioria simples, ou seja, metade mais um dos senadores presentes. Se aprovado o parecer de Anastasia no plenário da Casa, a presidenta Dilma será notificada e imediatamente afastada do cargo por 180 dias. Com isso, quem assume é o vice-presidente Michel Temer.”

(Agência Brasil)

Aquiraz terá sua 1ª Parada Gay

dr.-Guimarães

O prefeito Dr. Guimarães apoia a causa.

A Secretaria de Cultura e Turismo de Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza), vai realizar a 1ª Parada pela Diversidade Sexual & Combate à Homofobia do município. O evento ocorrerá no próximo dia 15, a partir das 15 horas, com a concentração em frente à Escola de Educação Profissional Alda Façanha.

Entre as atrações, a cantora Valesca Popozuda, a participação especial da ex-panicat Nicole Bahls e apresentação de David Brazil.

A 1ª Parada pela Diversidade Sexual & Combate à Homofobia de Aquiraz” contará com trio elétrico e banda, que percorrerá as vias do município até o Estádio Municipal Alberto Targino, no cruzamento das Ruas Virgílio Coelho e Alberto Targino, s/n. O show no estádio terá início às 19 horas.

SERVIÇO

*Escola de Educação Profissional Alda Façanha – Avenida Nossa Senhora de Lourdes, S/N, bairro Gruta.

Acquario do Ceará – A negociação dos equipamentos

arialdodo

O secretário estadual do Turismo, Arialdo Pinho, chegou ontem dos Estados Unidos.

Ali, manteve contatos com a ICM, a fornecedora dos equipamento do futuro Acquario do Ceará, que promete, a um precinho superior a R$ 300 milhões, revolucionar o turismo cearense.

A propósito: em que pé está o projeto hoje, uma herança do Governo Cid Gomes?

Comissão do Código de Trânsito discutirá política para aplicação de multas

“A Comissão Especial da Alteração do Código de Trânsito (Lei 9503/97) promove audiência pública, na terça-feira (10), para discutir a política e o processo administrativo para aplicação de multas de trânsito. A comissão analisa o Projeto de Lei 8085/14 e apensados.

A audiência foi solicitada pelos deputados Sérgio Brito (PSD-BA) e Hugo Leal (PSB-RJ). Foram convidados:

– o diretor-geral do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Alberto Angerami;
– o presidente do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Luís Fernando Panelli Cesar;
– o presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Furtado Coêlho;
– a diretora-geral do Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF), Maria Alice Nascimento Souza;
– o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Valter Casimiro Silveira; e
– o presidente da Associação Nacional dos Detrans e diretor-geral do (Detran-PR), Marcos Traad.

A audiência ocorrerá em plenário a definir, a partir das 15 horas.”

(Agência Câmara)

Tá tudo bem, mãe!

346 1

Com o título “Tá tudo bem, mãe”, eis artigo do jornalista e sociólogo Demétrio Andrade. Ele aborda a mamãe, em clima terno, de sentimento puro… de puro amor. Confira:

Tá tudo bem, mãe. Não aconteceu nada. Fica tranquila. É só a constatação de que estamos meio longe, né? Sei, sei. A culpa é minha, mesmo. A senhora, sabe: agora tem trabalho muito, filhos, esposa, jogo de futebol e o tempo da cerveja. Às vezes mal almoço. E agora tem umas tais mídias sociais que viciam o juízo. Não precisa ter pena. Não é nada disso. Eu que lhe devo desculpas.

Sabe o que é, mãe? É que agora, como pai, e justamente por não ter tempo pra senhora, eu me dei conta de como era intensa sua relação comigo e com o resto da tropa. Como a senhora perdia suas horas, dias e anos com sua cria, cuidando, ralhando, limpando, alimentando, estudando, orientando, puxando a orelha de quatro curumins ao mesmo tempo. Como a senhora conseguia, mãe? Sei não, viu…

Eu me lembro de tudo, mãezinha. Ou, pelo menos, uma parte. Sua mão me levando pra escola, sua voz cantando Roberto Carlos no balanço da rede, o grito de raiva quando a bola teimava em quebrar alguma coisa pelos inadequados caminhos da garagem, da sala, da cozinha, do quarto. Lembro da sua cara de choro, com rugas gritando “por quê?” nos momentos em que saí de casa. Recordo minhas lágimas de saudade quando tava batendo perna nas esquinas deste mundo. Eu também chorava, sabe?

Eu me lembro do seu orgulho sincero a cada conquista minha. Dava pra tocar no brilho do seu olho. Sua alegria contaminava o ambiente feito doença contagiosa. Isso desde criança. Sabe o que mais? Ainda hoje é assim. A senhora fica do mesmo jeitinho se eu progrido qualquer milímetro.

Eu me relembro também das suas preocupações absolutamente pertinentes: más companhias, álcool, drogas, violência, falta de Deus…

Afinal, como dizia o Vinícius, “são demais os perigos desta vida”. Cê não acredita, mãe, mas eu fico do mesmo jeito com minhas crianças. Vibro a cada passo deles. E, olha só que coincidência, desde que os três nasceram, nunca mais dormi direito.

Olha, mãe, eu queria lhe dizer que errei muito. Algumas vezes sem querer, outras por pura maldade. Ser humano é bicho difícil. Mas tenho plena consciência de que a senhora fez o possível. Talvez até o impossível. E me deixou um rasgo grande de aprendizado no meio da alma. Pode ter certeza: tem muita coisa boa em mim fruto do seu esforço, da sua palavra. Voltei até a rezar. Quem sabe Deus me conceda a graça de conseguir educar meus filhos com sua mesma garra.

Pra senhora, eu só queria dizer uma coisa: obrigado, mãe! Porque essa coisa de amar é bem trabalhoso. Não admite preguiça. E preciso lhe dedicar esta poesia da Adélia Prado, autora que me é muito cara, chamado “Ensinamento”:

Minha mãe achava estudo a coisa mais fina do mundo. Não é.

A coisa mais fina do mundo é o sentimento.

Aquele dia de noite, o pai fazendo serão, ela falou comigo:

“Coitado, até essa hora no serviço pesado”.

Arrumou pão e café, deixou tacho no fogo com água quente.

Não me falou em amor.

Essa palavra de luxo.

*Demétrio Andrade,

Jornalista e sociólogo.

Mensalão – Mais um condenado ganha indulto

valdemar-costa-neto3

“O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, concedeu indulto e extinguiu a punibilidade do ex-deputado federal Valdemar Costa Neto, condenado na Ação Penal 470, o processo do mensalão. O ministro concluiu que o ex-parlamentar preencheu os requisitos do Decreto 8.615/2015, que fixa condições para a concessão do benefício e foi publicado pela Presidência da República na véspera do Natal.

Costa Neto encontrava-se então em regime aberto, com pena remanescente inferior a oito anos, e já havia cumprido um quarto da pena. Também não é reincidente e apresentou bom comportamento, atendendo assim às condições para o perdão. Barroso acolheu parecer da Procuradoria-Geral da República.

Condenado à pena de 7 anos e 10 meses de reclusão, no regime inicial semiaberto, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o ex-deputado iniciou o cumprimento da sentença em 5 de dezembro de 2013. Em razão da progressão de regime, cumpria pena em regime domiciliar desde novembro de 2014. Ele também teve de pagar multa no valor de R$ 2 milhões, imposta na decisão do STF.

Já foram perdoados o ex-presidente do PT José Genoino, o ex-tesoureiro do partido Delúbio Sores, o ex-deputado João Paulo Cunha e o ex-tesoureiro Jacinto Lamas, que atuava no extinto PL (atual PR). Em março, entraram na lista os ex-deputados federais Roberto Jefferson, Pedro Henry, Romeu Queiroz e Carlos Alberto Rodrigues Pinto, além de Vinicius Samarane, ex-diretor do Banco Rural, e Rogério Tolentino, ex-advogado do publicitário Marcos Valério.

Preso na operação “lava jato”, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu teve o pedido negado. “Até que sobrevenha sentença sobre os fatos que justificariam eventual regressão para o regime fechado, não é possível conceder o indulto”, avaliou Barroso em fevereiro. Com informações da Assessoria de Imprensa do STF.”

(Site do Consultor Jurídico)

Ednilton Soàrez – Hora de apostar em Temer

ednilton

O  diretor-geral das Instituições Educadoras 7 de Setembro e diretor do Beach Park, Ednilton Soares, esteve, nessa quinta-feira, falando no Ciclo de Palestras do IBEF, no Marina Park Hotel. Confira um bate-papo rápido com ele sobre cenários.

1 – Há muitas dúvidas para o ano de 2016 em relação à economia do País, qual a sua expectativa para o cenário havendo o impeachment da presidente Dilma Rousseff e não havendo o impeachment?

ES – Com impeachment ou sem impeachment o ano de 2016 vai ser sacrificado. O que poderá mudar é a expectativa. Com a presidente Dilma não existe mais nenhuma esperança, ela perdeu totalmente o poder de liderar qualquer mudança. Alguns ajustes profundos precisam ser feitos. É possível que o vice-presidente Temer consiga fazer um governo de alianças e possa também trazer mais segurança aos empresários. O Brasil precisa de reformas e esperança. Foram cometidos muitos erros. Mesmo corrigindo os mesmos, o resultado só vem a médio prazo.

2 – A crise econômica afetou o setor de educação? Houve estratégias específicas criadas pelo Grupo 7 Setembro para este momento?

ES – Nos Colégios não afetou. De 2015 para 2016 até tivemos um pequeno crescimento nas matrículas, mas na Faculdade tivemos que adiar o campus da Imperador. A crise do Brasil e do Fies atingiu os possíveis candidatos que ficaram mais temerosos de contrair dívidas. Em educação não existe estratégias a curto prazo. Tudo deve ser feito a médio e longo prazos.

3 – As crises costumam ser cíclicas, o senhor percebe o empresariado preparado para esse tipo de cenário?

 

ES – O grande problema é que sabemos que são cíclicas, mas não sabemos se o ciclo é curto ou longo. Além da extensão do ciclo temos que pensar na intensidade da mesma. Crise  é profunda ou mais superficial? Ser empresário no Brasil exige muito jogo de cintura.

4 – Quais os principais gargalos do empresariado cearense, hoje?

 

ES – No momento, sem dúvida é o crédito. Tenho ouvido muita queixa que os bancos estão muito exigentes. Tanto os bancos oficiais quanto os particulares.

6 – O IBEF-CE completa 30 anos em 2016. Qual a sua avaliação da Instituição? Como o senhor avalia o papel das entidades de classe em geral?

ES – O Ibef-CE tem desempenhado muito bem seu papel neste 30 anos. Traz sempre ao debate problemas que afligem os executivos financeiros. Cada dia é um novo desafio. Afinal ser executivo nesta área exige muito equilíbrio, daí o prêmio da categoria ser “O Equilibrista.

(Colaboração – Lena Ximenes)

Uma viúva a menos de Cunha

mosess

O deputado federal Moses Rodrigues manda nota garantindo não ser da tropa de choque de Eduardo Cunha, afastado da presidência da Câmara. Confira:

Caro Eliomar de Lima.

Hoje pela manhã deparei-me com um engano da sua parte. Com o título “Viúvas de Cunha”, o senhor afirma que faço parte de uma “tropa de choque” e que nunca deixei de apoiar as peripécias do finado Cunha.

Veja bem, já em 2015, quando ainda era filiado ao PPS, dei entrada no STF com um pedido de afastamento de Eduardo Cunha, que nessa época ainda era aliado da presidente Dilma (PT). Demorou, mas se concretizou o afastamento.

Quero ainda dizer que já votei contra projetos de Eduardo Cunha, como na ocasião em que fui contrário ao Projeto de Lei Nº 2.960/15, aquela proposta de regularização de bens lícitos enviados ao exterior sem a devida declaração à Receita Federal, a chamada repatriação de recursos.

Portanto, aproveito o espaço do seu blog para esclarecer e reafirmar que sou oposição ao governo Dilma, contudo, não tenho corrupto de estimação.

*Moses Rodrigues

Deputado Federal.

VAMOS NÓS – Pois é, deputado, hoje no PMDB do Cunha, o senhor tem que engolir sapos, não é mesmo?

Eunício Oliveira quer Ministério da Integração para Gaudêncio Lucena

Gaudencio Lucena e Eunicio Oliveira

“Capitaneado pelo líder Eunício Oliveira, o PMDB do Senado articula junto a Michel Temer uma dança das cadeiras: abriria mão do Ministério de Minas e Energia, que estava reservado à bancada, e assumiria a pasta da Integração Nacional.

Muito voltada ao Nordeste e com instrumentos como Dnocs, Sudene e Sudam em seu guarda-chuva, a Integração é considerada uma pasta mais valiosa em ano de eleições municipais que Minas e Energia –que, de quebra, tem todo o passivo da Lava-Jato para administrar.

O indicado por Eunício para o posto é o vice-prefeito de Fortaleza Gaudêncio Lucena.

O lobby não é consensual: Eduardo Braga, que foi ministro de Minas e Energia de Dilma Rousseff, bem que gostaria de voltar ao posto, mas aliados de Temer veem pouca chance de mais uma reencarnação dilmista.

Se Temer promover a dança das cadeiras, Minas e Energia iria para o PSB. O indicado seria o mesmo: o deputado Fernando Coelho Filho, de Pernambuco.”

(Coluna Radar, da Veja Online)