Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Poupança tem mais saques do que depósitos em novembro

porco

“Os saques da poupança superaram os depósitos em R$ 1,303 bilhão, em novembro. Esse foi o 11º mês seguido de retirada líquida de recursos e o pior resultado para meses de novembro, na série histórica do Banco Central (BC), iniciada em janeiro de 1995. Em novembro de 2014, houve mais depósitos do que retiradas, com captação líquida de R$ 2,534 bilhões. Nos 11 meses deste ano, a retirada líquida (descontados os depósitos) totaliza R$ 58,357 bilhões.

No mês passado, os clientes bancários sacaram R$ 166,885 bilhões, o maior volume da série. Os depósitos chegaram a R$ 165,582 bilhões. De janeiro a novembro, os depósitos somaram R$ 1,708 trilhão e os saques, R$ 1,766 trilhão.

A poupança tem perdido atratividade devido à taxa básica de juros, a Selic, mais alta, o que torna outras aplicações mais atraentes. Outro fator é a inflação mais alta do que a remuneração da poupança. Além disso, há menos dinheiro para aplicar devido à alta dos preços, ao endividamento das famílias e ao aumento do desemprego.

A poupança rende 0,5% ao mês (6,17% ao ano) mais a Taxa Referencial (TR), tipo de taxa variável. A taxa básica de juros, a Selic, está em 14,25% e o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) chegou a 9,93% em 12 meses até outubro.”

(Agência Brasil)

Uece fará segunda fase do seu Vestibular 2016.1 neste domingo e segunda-feira

uecee

A Universidade Estadual do Ceará (UECE) realizará no próximo domingo (06) e segunda-feira (07), a 2ª Fase do Vestibular 2016.1, no horário das 9 às 13 horas, com quatro provas, uma de Redação e três Específicas, cada uma delas com 20 questões, totalizando 60 questões de múltipla escolha, estabelecidas de acordo com o curso de opção do candidato. Estão aptos para a segunda etapa 5.554 candidatos.

As provas da segunda fase serão realizadas em Fortaleza, no Campus Itaperi e nas unidades da UECE nos municípios de Quixadá, Limoeiro do Norte, Crateús, Iguatu, Itapipoca e Tauá.

Na primeira fase estavam inscritos 29.042 candidatos, tanto para os cursos que funcionam em Fortaleza e como para os cursos das unidades da UECE no Interior do Estado. Os 5.554 vestibulandos concorrem a 1.386 vagas.

SERVIÇO

O Cartão de Informação do candidato, com o endereço e local de prova da 2ª Fase está disponível na página eletrônica www.uece.br, no link vestibular/concursos.

TV a Cabo – Assinaturas do serviço estão caindo desde o início do ano

“O número de assinantes do serviço de TV por assinatura vem caindo desde o início do ano. Em janeiro, foram registrados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) 19,65 milhões de assinantes, o que representava uma presença em 29,79% dos domicílios do país. Já os números divulgados hoje (4) pela agência mostram que, em outubro, foram registrados 19,39 milhões de acessos ao serviço, que estava presente em 29,22% dos domicílios.

Os números de outubro apresentam uma leve queda em relação aos registrados em setembro, quando havia 19,47 milhões de acessos, que chegavam a 29,36% dos domicílios.

A participação do serviço prestado via satélite atingiu 58,9% da base de assinantes em outubro e a do serviço a cabo alcançou 40,12% dos assinantes. O estado com maior densidade do serviço é o Distrito Federal, onde 55,10% dos domicílios têm TV paga. No Piauí, está a menor penetração, com 8,32% das casas com o serviço.”

(Agência Brasil)

Crediamigo reforça posição como o melhor programa de microcrédito da América do Sul

foto marcos holanda bnb

O programa Crediamigo, do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), acaba de superar a marca de 2 milhões de clientes.

Segundo o presidente da Instituição, Marcos Holanda, esse resultado reafirma a posição do programa como o maior da área de microcrédito produtivo orientado da América do Sul.

Marcos Holanda pode espoucar champanha. Ou melhor, um chope. A crise paira no ar.

Bruna Bortolotti lança coleção de jóias artesanais

photo (1)

A estudante de arquitetura Bruna Bortolotti lançará neste sábado, ás 17 horas, no Ateliê Fuá da Sil, da estilista Silvania de Deus (Rua dos Tabajaras, 660 (Praia de Iracema), a coleção “Vestígios” de joias em prata feitas artesanalmente, a partir dos esboços e traços de um caderno de anotações da ourives.  

Em cada peça feita a mão, há traços de um processo artesanalmente executado desde a origem, na oficina do avô, seu Bomfim, um inventor de traquitanas, um exímio contador de histórias e um dos mais reconhecidos ourives de uma pequena escola familiar em São Paulo.

Brincos, argolas, colares e outros objetos trazem na sua tessitura o processo de concepção: circunferências disformes, ganchos aparentes, acabamento limado e não polido, ranhuras próprias do metal.

Todas as peças trazem em si a leveza e o minimalismo, escolhas estéticas que partem da ideia de permanência e de simplicidade. Vestígios é uma coleção pequena, de poucas peças, que em nenhum momento passa pelo processo industrial de fundição.

Tudo pronto para a Techday 2015

carmen

Vem ai a Techday 2015.

Trata-se do encontro de tecnologias para radiodifusão, que ocorrerá nos próximos dias 10 e 11, no Palácio da Microempresa.

Hora do empresariado da radiofonia e tevê conhecer avanços no segmento, principalmente nestes tempos de migração do rádio AM para FM.

A abertura do Techday 2015 será feita pela presidente da Acert, Carmen Lúcia.

Deputado Paulo Henrique Lustosa conversa com Levy

phhh

O deputado federal Paulo Henrique Lustosa (PP) conversou com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, durante encontro realizado na liderança do partido na Câmara. O parlamentar pediu detalhes sobre a proposta do Orçamento da União.

“O ministro veio expressar a importância de votarmos a desvinculação das receitas como uma estratégia essencial para o equilíbrio fiscal”, disse Paulo Henrique, adiantando que outro assunto tratado foi sua participação na Comissão Especial que analisará a proposta que prorroga a Desvinculação de Receitas da União (DRU) até 2019.

A DRU foi criada em 1994 para permitir que o governo federal flexibilize alguns gastos obrigatórios. Hoje, esse mecanismo fiscal garante que o Executivo utilize livremente 20% de todos os impostos e contribuições sociais e econômicas federais – verbas que, de outra forma, estariam vinculadas a áreas específicas.

(Foto – Alex Sandro dos Santos)

Joaquim Levy diz que 2016 tem potencial de recuperação

137 1

“Apesar das dificuldades na retomada do crescimento, o ano de 2016 tem potencial de recuperação, disse o ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Segundo ele, o governo está na direção certa, e o país mostrou, em outras ocasiões, capacidade rápida de recuperação e de lidar com problemas estruturais e políticos.

Levy deu as declarações em teleconferência com investidores do Banco Brasil Plural ontem (3) à tarde. O áudio, no entanto, só foi divulgado hoje (4) pela assessoria do Ministério da Fazenda.

Para Levy, grande parte da oscilação do câmbio neste ano decorre das incertezas de curto prazo, muitas delas políticas. Segundo ele, somente o enfrentamento dessas incertezas dará mais confiança ao investidor estrangeiro.

Sem entrar em detalhes, o ministro disse que as investigações de escândalos de corrupção, apesar de provocarem impacto no curto prazo, trazem benefícios para o país mais à frente. “Acredito que estamos deixando o país ainda mais atrativo aos investimentos no médio prazo. No curto prazo vamos focar nos problemas que temos agora e sairemos disso melhor do que antes”, destacou o ministro.

Levy pediu que os investidores pensem de forma mais estrutural e ressaltou que o governo está tomando medidas para melhorar a competitividade, o ambiente regulatório e dar mais segurança aos investidores, como a reforma do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins).

Ao falar sobre como o governo conseguirá manter os gastos com educação em meio à crise econômica, o ministro disse que o governo está alcançando um fluxo sustentável de pagamentos de programas como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Segundo ele, o governo está empenhado em atrelar a concessão de bolsas a índices de qualidade e verificar se o dinheiro está sendo gasto com eficiência.

“Estamos convergindo para um fluxo sustentável, mas tem que ser sério em como esse dinheiro é gasto. Continuamos focados em índices de qualidade tanto dos estudantes quanto das instituições”, disse Levy. “Esse é o tipo de programa que você tem de checar todo o tempo o que você está atingindo com o gasto público? Essa é cada vez mais a estratégia do governo brasileiro”, acrescentou.”

(Agência Brasil)

José Guimarães integrará comissão especial que analisará impeachment de Dilma Rousseff

foto guimarães deputado 151202

Dois nomes da bancada do PT na Câmara já estão escolhidos para participar da Comissão Especial que analisará o pedido de impedimento da presidenta Dilma Rousseff acatado, nesta semana, pelo presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ): o líder da bancada, Sibá Machado (AC), e o líder do Governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE). Os outros seis nomes do partido serão escolhidos em reunião da bancada que será realizada segunda-feira (7), conforme informou hoje (4) o líder Sibá Machado.

“Vamos definir as estratégias e nos preparar para defender a democracia e a legitimidade do mandato da presidenta Dilma”, disse Guimarães. Já Sibá voltou a criticar duramente o golpismo do PSDB, por ter terceirizado, via Eduardo Cunha e os juristas “golpistas” Hélio Bicudo, Miguel Reale Jr. e Janaína Paschoal, a tentativa de apear Dilma do poder sem nenhuma base legal.

“O PSDB, se quiser voltar ao poder, que apresente um programa apoiado pela população e vença as eleições em 2018. Não vai ganhar no grito ,nem no tapetão: está na hora de o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG) , reconhecer que perdeu as eleições em 2014 e aprender a respeitar a democracia e a vontade popular expressada nas urnas”, disse Sibá.

Ele reafirmou que, contra o golpismo do PSDB e seus partidos satélites, o PT e todos os setores democráticos – tais como sindicatos, movimentos sociais, entidades estudantis – irão à luta em defesa da democracia e da legitimidade do mandato da presidenta Dilma Rousseff.

(Agência Câmara)

Precatórios do TRT- 4 serão liberados a partir do próximo dia 11. E no TRT-7?

“A partir de 11 de dezembro, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região, com sede em Porto Alegre, fará o pagamento dos precatórios de natureza comum de 2015 (autuados entre 2/7/2013 e 1/7/2014) e dos parcelados de propostas orçamentárias de 2006 a 2011 devidos pela União, suas autarquias e fundações. O valor é de cerca de R$ 1 bilhão.

Em relação aos precatórios comuns, no Paraná serão disponibilizados 503 precatórios para 557 beneficiários. Já em Santa Catarina, 204 precatórios serão pagos a 263 beneficiários. Para o Rio Grande do Sul, 1.088 precatórios serão disponibilizados para 1.371 beneficiários.

Já sobre os precatórios parcelados, no Paraná serão pagos 198 precatórios para 232 beneficiários. Em Santa Catarina, 131 precatórios serão disponibilizados a 146 beneficiários. Para o Rio Grande do Sul, 210 precatórios serão pagos a 241 beneficiários.

Nos precatórios da proposta 2015 expedidos por varas federais e juizados especiais federais e sem determinação de bloqueio, não será necessário alvará de levantamento para fazer o saque. O beneficiário deverá comparecer, a partir do dia 11 de dezembro, em qualquer agência da Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil, conforme o caso. Se houver bloqueio, é necessária a liberação da conta de depósito pela vara que expediu o precatório.

Já os precatórios parcelados das propostas de 2006 a 2011, bem como os expedidos por varas estaduais, dependem de alvará para levantamento dos valores, que deverá ser expedido pelo juiz da vara estadual ou federal onde tramita o processo de execução. As referidas contas estarão liberadas para saque mediante apresentação do alvará, também a partir do dia 11.”

(Site do TRF-4)

Frei Lauro: Um apóstolo da juventude

Com o título “Frei Lauro: Um apóstolo da juventude”, eis artigo do professor e médico Marcelo Gurgel. Ele aborda a trajetória de Frei Lauro e sua atuação e influência junto aos jovens do bairro Otávio Bonfim, em Fortaleza. Confira:

Em 2004, veio a público o livro “FREI LAURO SCHWARTE E OS ANOS ILUMINADOS DO OTÁVIO BONFIM”, resultando em extensa repercussão, bem além dos limites da urbe fortalezense, ultrapassando divisas estaduais, e até cruzando o Atlântico, ecoando em terras germânicas, mercê da tradução alemã feita por Frei Rainer Kroger, ofm,.

A publicação teve os seus exemplares esgotados e, para dar vazão a pedidos dos interessados em melhor conhecer o trabalho desse missionário franciscano, optou-se, em 2015, por organizar um novo livro, que traria novos elementos e fatos outros, ao tempo em que serviria para assinalar os oitenta anos de nascimento do valoroso religioso alemão.

O ponto de partida para dar o título deste livro foi o atributo “Apóstolo da Juventude”, originalmente a ele conferido pela Profa. Elsie Studart, coorganizadora da obra. De resto, a configuração do presente livro seguiu o mesmo percurso metodológico do anterior.

O novo livro, sob o título “FREI LAURO SCHWARTE: apóstolo da juventude do Otávio Bonfim”, expõe conteúdos relevantes envolvendo a marcante pessoa desse legítimo representante da ordem seráfica, que muito bem soube honrar a investidura do hábito franciscano; contudo, distanciando-se dos limites do claustro, ele empreendeu um vasto e consistente trabalho, verdadeiramente social, voltado mais particularmente à juventude, e aos irmãos mais necessitados.

Nos nove anos de sua residência em Fortaleza, Frei Lauro revolucionou os conceitos paroquiais da Igreja de Nossa Senhora das Dores, no Otávio Bonfim, conquistando corações e mentes de tantos jovens, exercendo um apostolado munido no sentido espiritual da expressão Paz e Bem, porém igualmente lastreado em obras, e sedimentado na pregação de São Paulo, para quem a fé sem obras de pouco adianta.

Frei Lauro foi um daqueles exemplos raros de pessoas que passam pela terra e só deixam saudades. Em seu caso, uma saudade imorredoura dos muitos paroquianos e admiradores que perpetuam o seu nome às gerações sucedâneas, por intermédio de livros biográficos e dos logradouros que o homenageiam em cidades nordestinas por onde efetuara o seu sacro apostolado.

*Marcelo Gurgel Carlos da Silva,

Da Sociedade Médica São Lucas

 

*SERVIÇO

*O lançamento da obra acontecerá neste sábado, às 20 horas, no Centro de Formação Santa Clara, ao lado da Igreja de Nossa Senhora das Dores, no bairro Otávio Bonfim, em Fortaleza.

*Toda a renda da venda dos livros será destinada às ações sociais da Paróquia.

Odorico Monteiro divulga vídeo conclamando: “Fora Eduardo cunha!”

131 2

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=K9FQPs8OfQY[/youtube]

O deputado federal Odorico Monteiro (PT) divulgou vídeo, em seu Facebook, onde afirma que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), ao acatar pedido de impeachment de Dilma Rousseff, agiu com retaliação contra o PT.

O parlamentar aproveita para fazer a pregação do “Fora Eduardo Cunha!”, justificando que o peemedebista não tem moral para pedir a saída de Dilma.

TRT do Ceará homenageia, pela primeira vez, um trabalhador

Romildo Miranda Garcez, atual Secretário de Organização do Sindicato dos Empregados no Comércio de Fortaleza e Vice-presidente da CONTRACS – Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços será um dos homenageados, às 17 horas desta sexta-feira, na sede do TRT7, com a medalha da Ordem Alencarina do Mérito Judiciário do Trabalho no grau de Oficial. A comenda proposta pelo Tribunal Regional do Trabalho – 7ª Região, é indicação do desembargador federal Francisco José Gomes da Silva.

Natural de São Bernardo-MA, Romildo Miranda chegou a Fortaleza em 1979 e teve, na capital, seu primeiro emprego de carteira assinada como vendedor de tecidos nas lojas Esplanada. Na década de 80, dedicou-se à luta por melhores condições de emprego e salário para os comerciários do município. Em 1990 foi eleito diretor do Sindicato dos Empregados no Comércio de Fortaleza, chegando a ser Secretário Geral  da entidade por três mandatos, entre os anos de 2005 e 2013.

Foi, também, diretor da Federação dos Trabalhadores no Comércio e Serviços – Fetrace e hoje, com 56 anos, está no segundo mandato como Vice-presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços – CONTRACS, onde já ocupou a Presidência da entidade, de forma interina, durante o ano de 2011.

FHC (Delcídio Amaral) e Lula – Uma transição mal resolvida?

160 2

Com o título “FHC e Lula: uma transição mal resolvida?”, eis artigo do jornalista e sociólogo Demétrio Andrade. Em seu texto, ele coloca: “A prisão do senador Delcídio do Amaral, um petista e ex-tucano, trouxe esta necessidade à baila novamente. Ficou claro que algumas coisas, muitas escusas, permaneceram operando na República, independentemente da mudança de governo”. Confira:

Uma coisa é comum quando se mudam governos e a oposição ganha: quem assume tem como regra dizer que pegou uma administração “falida”, cheia de problemas financeiros e gerenciais, e que agora vai “mudar tudo, com muito trabalho, para melhor”. Isso nem sempre é verdade. Mas faz parte do jogo político – infelizmente, desde que o mundo é mundo – plantar a dificuldade para vender a facilidade depois.

No caso da vitória de Lula sobre Serra, candidato da situação, em 2002, há muita coisa que, como se diz no popular, “ficou por isso mesmo”. É fácil reparar, por exemplo, que o PT, inclusive como forma de afirmar uma nova gestão e se diferenciar do modelo anterior, fez e faz da comparação de ações e resultados um pilar de divulgação e de sedimentação de sua imagem na opinião pública. À parte a evidente evolução de vários números, por conta de diversos programas, alguns dos ataques mais comuns aos tucanos colocavam em cheque a política de privatizações, a compra de votos para a reeleição e outros quetais.

Pois bem. Hoje em dia, com casos de corrupção vindo à tona aos montes – mensalão e petrolão à frente – a lógica parece ser invertida: o discurso do atual governo é de que “isso já existia antes”. A única diferença alegada por petistas é que agora se expõe, com independência das instituições, o que antes se varria pra debaixo do tapete. O argumento é bom, diga-se de passagem, mas traz em seu bojo uma pergunta inconveniente: por que não se investigou isso antes? Por que o governo Lula não mandou, por exemplo, auditar todas as privatizações, uma a uma?

A transição FHC/Lula é um capítulo ainda não amplamente desvendado nem pela imprensa e nem pelos que se dedicam a escrever a história recente do país. A prisão do senador Delcídio do Amaral, um petista e ex-tucano, trouxe esta necessidade à baila novamente. Ficou claro que algumas coisas, muitas escusas, permaneceram operando na República, independentemente da mudança de governo. A dança das cadeiras em 2002 não afetou alguns acordos, contratos, cargos e negociatas.

Para o eleitor comum, está cada vez mais complicado distinguir petistas e tucanos, dois partidos referenciais no processo de redemocratização do Brasil. No quesito “desvio de verbas” pode até ser que as panelas tenham mudado, mas o odor é o mesmo. Para o PT, a remota possibilidade de reconstrução após tanto desgaste passa por uma clara independência que renegue tais artimanhas e o recoloque num papel de autonomia política – se é que isso é possível. Caso contrário, a conta a ser paga será bem mais alta do que o montante até então desvelado.

*Demétrio Andrade

Jornalista e sociólogo.

Toffoli derruba trecho da Reforma Eleitoral

diastofoli

“O ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli ,acatou um pedido do Ministério Público e derrubou trecho da reforma eleitoral que trata das vagas remanescentes em eleições proporcionais, as chamadas sobras (vagas não preenchidas depois de aplicados os quocientes eleitoral e partidário).

Devido à mudança na maneira de cálculo para a divisão dessas vagas, o partido que obtivesse a maior votação ficaria praticamente com todas as sobras. Com a derrubada da regra, vale o cálculo antigo, que divide de maneira mais uniforme entre os partidos que disputaram o pleito as vagas remanescentes.

A decisão de Toffoli vale para todas as eleições proporcionais, atingindo vereadores, deputados estaduais e federais. Segundo ele, valesse a nova fórmula, com concentração de vagas, o princípio da proporcionalidade restaria ferido.

Como a decisão foi tomada por um único ministro, ainda cabe recurso ao plenário.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Eunício comandará em Itaitinga o 5º Encontro Regional do PMDB

eunicio_f1

O senador Eunício Oliveira (PMDB) comandará neste sábado, a partir das 9 horas, no Itapark (BR-116 – km 20), em Itaitinga (Região Metropolitana de Fortaleza), o quinto encontro regional do partido. Entre os principais temas em discussão, o caos na saúde pública do Ceará.

O encontro, claro, abrirá espaços para discussões sobre sucessão municipal nas prefeituras da RMF, mas abordará também seca, segurança pública e geração de emprego e renda.

O PMDB já fez encontro do gênero em Camocim, Quixadá, Sobral e Pacajus e reuniu seus novos filiados em Fortaleza.

DETALHE – Será ocasião boa para que Eunício, líder do partido no Senado, fale também sobre tanto imbróglio político em Brasília – do caso do impeachment de Dilma ao processo de cassação do seu colega de partido, Eduardo Cunha (RJ).

Governo Dilma publica decreto suspendendo o contingenciamento de verbas

dinhh

“O Diário Oficial da União publicou hoje (4) decreto que suspende o contingenciamento (bloqueio) do orçamento deste ano, anunciado na última segunda-feira (30). O desbloqueio só foi possível após o Congresso Nacional alterar – no último dia 2 – a meta fiscal de 2015 de R$ 66,3 bilhões de superávit para R$ 119 bilhões de déficit, atendendo a proposta de destravamento feita pelo governo.

Com a aprovação da meta de déficit de R$ 119,9 bilhões para 2015, o governo pode liberar R$ 12,9 bilhões – R$ 11,2 bilhões do Poder Executivo e R$ 1,7 bilhão dos demais poderes – que estavam contingenciados (bloqueados) desde segunda-feira. Caso o bloqueio se estendesse, o governo teria de atrasar o pagamento de despesas correntes, como contas de água, luz, telefone, aluguéis e contratos terceirizados.

Duas portarias do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão fazem os ajustes após o restabelecimento da meta fiscal pretendida pelo governo.”

(Agência Brasil)

Construção civil vai fechar o ano com desemprego em alta

“Pela vigésima vez consecutiva, em outubro último, a construção civil registra mais demissões do que novas contratações em todo o país. O declínio foi de 1,82%, com o corte de 55,9 mil vagas, segundo mostra a pesquisa do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), feita em conjunto com a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Nos últimos 12 meses, o setor já eliminou 508,2 mil postos de trabalho. No setor estão empregados, atualmente, 3,014 milhões de pessoas.

Pelas projeções do SindusCon-SP, no fechamento de 2015 haverá uma queda de 16,8% no nível de emprego em relação ao ano passado, o que significará uma redução de 556 mil vagas. Em outubro, a maior redução ocorreu no setor de infraestrutura (3,18%), seguido pelo segmento de imobiliário (2,02%). Por região, os maiores cortes no emprego foram registrados no Norte (-4,82%), e no Centro-Oeste (-2,39%).

O presidente da entidade, José Romeu Ferraz Neto, disse – por meio de nota – que a queda foi causada pela crise política. Segundo Ferrz Neto, a crise afetou a confiança das famílias e dos investidores.”

(Agência Brasil)