Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

PIS – Trabalhadores nascidos em setembro já podem sacar o abono salarial 2017

Trabalhadores da iniciativa privada nascidos em setembro e funcionários públicos com inscrição no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) final 2 já podem sacar o abono salarial referente a 2017.

O recurso do Programa de Integração Social (PIS) e do Pasep está disponível a partir de hoje (13) até o dia 28 de junho de 2019.

Notas de Real

Dinheiro já poder recebido por trabalhadores na rede bancária (Arquivo/Marcello Casal Jr./Agência Brasil)
O pagamento do abono do PIS/Pasep ano-base 2017 começou no dia 26 de julho e a liberação do dinheiro para os trabalhadores é feito de acordo com o mês de nascimento ou o número final da inscrição, a depender do programa.

Conforme o calendário de pagamento, inscritos no Programa de Integração Social (PIS) e nascidos de julho a dezembro, recebem o benefício ainda este ano. Já os nascidos entre janeiro e junho, terão o recurso disponível para saque no ano que vem. No caso do Pasep, servidores com inscrição final 0 a 4 recebem os recursos este ano; de 5 a 9 apenas ano que vem.

A partir da liberação, o dinheiro ficará à disposição do trabalhador até 28 de junho de 2019, prazo final para o recebimento.

Telefones úteis ao trabalhador

Os empregados da iniciativa privada, vinculados ao PIS, sacam o dinheiro nas agências da Caixa Econômica Federal. Para saber se tem algo a receber, a consulta pode ser feita pessoalmente, pela internet ou no telefone 0800-726-0207.

Para os funcionários públicos vinculados ao Pasep, a referência é o Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente, pela internet e pelo telefone 0800-729-0001.

O valor que cada trabalhador tem para sacar é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente em 2017. Quem trabalhou o ano todo recebe o valor cheio, que equivale a um salário mínimo (R$ 954). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é R$ 80.

Além do tempo de serviço, para ter direito ao abono, o trabalhador já deveria estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O abono salarial do PIS/Pasep é um benefício pago anualmente com recursos provenientes do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), abastecido por depósito feitos pelos empregadores.

Além do abono salarial, o FAT custeia o programa Seguro-Desemprego e financia programas de desenvolvimento econômico. Os recursos do abono que não são sacados pelos trabalhadores no calendário estabelecido todos os anos retornam para o FAT, para serem usados nos demais programas.

Abono ano base 2016

Também está aberto, desde 26 de julho, o novo período para o pagamento do abono salarial ano-base 2016.

Quase 2 milhões de trabalhadores não retiraram os recursos no prazo, até 29 de junho deste ano, por isso foi aberto um novo período.

O valor chega a R$ 1,44 bilhão e ficará disponível para os trabalhadores que ainda não realizaram o saque até 28 de dezembro.

(Agência Brasil)

Agora é oficial – Haddad anuncia apoio a Eunício Oliveira

2026 4

Da Coluna Política, do O POVO desta quinta-feira, assinada pelo jornalista Érico Firmo, om tópico “Haddad e Eunício”. Confira:

Agora oficialmente candidato a presidente, Haddad justificou, em entrevista publicada ontem pelo site da Carta Capital, o apoio do PT a Eunício Oliveira. Ele disse que o emedebista, assim como Renan Calheiros (MDB-AL), defendia a candidatura de Lula no plano nacional e estava aliado aos governadores do partido. “No Ceará, Eunício apoia o Camilo Santana, que tem mais de 70% das intenções de voto”.

Há, porém, algumas diferenças. Eunício defende Lula, assim como Renan. Mas, o alagoano foi uma das mais veementes vozes contra o impeachment de Dilma Rousseff (PT). Eunício votou pela derrubada da ex-presidente – favorita para ser colega dele no Senado, por Minas Gerais. Quanto aos apoios estaduais, Eunício está engajado com Camilo. Mas, em Alagoas, o candidato a governador é o filho de Renan Calheiros. Não há de ter sido pelo apoio ao filho que o PT decidiu apoiar o emedebista.

(Foto – Divulgação)

Parceiro de Camilo e Roberto Cláudio, PPL divulga nota anunciando que não vota em Eunício

659 6

O PPL, que é da base do prefeito Roberto Cláudio (PDT) e respalda a reeleição do governador Camilo Santana (PT), divulgou, em suas redes sociais, que não apoia a reeleição do senador Eunício Oliveira (MDB). Diz que o emedebista atuou contra os trabalhadores. Confira:

NOTA DO PARTIDO PÁTRIA LIVRE

O Partido Pátria Livre no Ceará, em reunião de sua Executiva Estadual, deliberou pelo NÃO apoio à candidatura de Eunício Oliveira ao Senado Federal. O PPL-54 faz parte da Coligação Majoritária pela reeleição do Governador Camilo Santana e esta coligação lançou apenas a candidatura de Cid Gomes ao Senado.

Como presidente do Senado, Eunício Oliveira nada fez pelo Ceará além de cumprir com suas funções republicanas e para com o povo cearense que lhe confiou mais de 2 milhões de votos em 2010, incluindo os votos do à época neófito Pátria Livre. Quando teve a chance de mostrar aos e às cearenses que merecia seu respeito e apoio para mais uma jornada, nos traiu a confiança votando a favor do Governo Michel Temer pela Lei do Teto dos Gastos que congela os investimentos públicos em saúde, educação e demais políticas sociais por 20 anos.

Ainda como Presidente do Senado, liderou o maior ataque aos Direitos Trabalhistas conquistados por gerações e gerações de trabalhador@s brasileir@s, aprovou a chamada “Reforma Trabalhista”. E guarda nas gavetas do Senado, em conluio com a Câmara Federal, a maior traição de todas e que retira o benefício d@s noss@s aposentad@s e nos obriga a trabalhar até a morte: a tal “Reforma da Previdência”.

É por essas e outras que o PPL-54 acredita que o senhor Eunício Oliveira não inspira confiança ao povo cearense para reeleição ao Senado. Respeitamos e apoiamos o Governador Camilo Santana e pediremos votos para sua reeleição até o último dia de campanha, assim como para a eleição de Cid Gomes ao Senado, mas NÃO seguiremos o apoio à Eunício Oliveira.

Direção Estadual Partido Pátria Livre Ceará.

(Foto – Arquivo)

Dias Toffoli assume presidência do STF nesta quinta-feira

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, toma posse hoje (13) no cargo de presidente da Corte. A cerimônia de posse será às 17h, no plenário do Supremo. O ministro ficará no cargo pelos próximos dois anos. Ele irá suceder Cármen Lúcia.

Toffoli tem 50 anos e foi nomeado para o STF, em 2009, pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Antes de chegar ao Supremo, o ministro foi advogado-geral da União e advogado de campanhas eleitorais do PT.

Perfil pacificador

O ministro é conhecido por evitar polêmicas e por ter um tom pacificador em suas decisões. De acordo com os colegas da Corte, o novo presidente fará um trabalho ligado à gestão administrativa do Judiciário, por meio do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), órgão que também comandará.

A partir da semana que vem, Toffoli comandará as primeiras sessões da Corte. Foram pautadas somente ações que tratam de licenciamento ambiental e ações de inconstitucionalidade contra leis estaduais.

(Com Agência Brasil)

Conselho Nacional da Educação garante Campus da UFC em Itapajé

609 1

O Conselho Nacional da Educação autorizou a operacionalização do Campus da UFC em Itapajé, que, em 2019, oferecerá 11 cursos para formar docentes em disciplinas como Matemática, Português, Geografia e História. Um edital de concurso público para a contratação de 240 servidores – técnicos e docentes, virá após as eleições.

O Campus da UFC de Itapajé selecionará alunos por meio de notas do Enem e atenderá a 17 municípios.

Emendas do deputado federal Danilo Forte (PSDB) já foram destinadas para assegurar obras do Campus Jardim Anita, em Itapajé, informaram técnicos do Ministério da Educação.

(Foto – Agência Câmara)

Prisão de Beto Richa chama a atenção de ministros do STF

352 1

A prisão, nesta semana, do ex-governador Beto Richa (PSDB-PR) por suposto crime praticado entre 2012 e 2014 causou estranheza no STF. É o que informa a Painel, da Folha de S.Paulo desta quinta-feira.

Medida extrema precisa estar bem fundamentada ou só servirá para alimentar as críticas de contaminação da Justiça pelo período eleitoral, dizem integrantes da corte.

Suplente licenciado de Alvaro Dias (PODE-PR) no Senado, o empresário Joel Malucelli, que teve a prisão decretada na mesma operação que encarcerou Richa, fez parte do conselhão do presidente Michel Temer.

(Foto – Agência Brasil)

Torcida do Fortaleza vai ao aeroporto embarcar o time, que luta para manter a liderança na Série B

O Fortaleza embarcou, nessa noite de quarta-feira, na rota de São Luís (MA), onde enfrentará, na noite desta sexta-feira, a equipe do Sampaio Correa.

O jogo é mais um decisivo para pretensões do clube cearense, que quer se manter na liderança no Brasileirão da Série B.

A torcida do Fortaleza, inclusive, compareceu em peso ao embarque do time, e fez festa no Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Justiça leiloa nesta quinta-feira mansão, carros e relógios suíços de Sérgio Cabral

A mansão, quatro apartamentos, uma sala comercial, três carros, uma lancha e seis relógios suíços do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (MDB), apreendidos pela Justiça Federal, vão a leilão na tarde de hoje (13).

Após a última oferta, em 4 de setembro, foi vendido apenas um jet-ski e um jet-boat. O leilão será no auditório da Justiça Federal, no centro do Rio. Os lances poderão ser registrados na internet.

O Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal, responsável pelos desdobramentos da Operação Lava Jato, no estado, determinou a venda.

O mais valioso dos bens é a mansão de dois andares da família em Mangaratiba, no litoral sul do Rio de Janeiro. A casa foi avaliada em R$ 8 milhões, mas não recebeu ofertas e teve o valor reduzido para R$ 6,4 milhões.

Com 462 metros quadrados construídos em um terreno de 1 mil metros quadrados, a mansão tem duas piscinas, área de churrasqueira, cinco suítes e mais dois quartos.

Os lances podem ser feitos à vista ou a prazo, com uma entrada de 25% e o parcelamento do restante em até 30 vezes. Lances à vista têm preferência sobre lances a prazo, caso o valor oferecido seja o mesmo.

(Agência Brasil/Foto – Reprodução de Youtube)

Coordenador da campanha de Ciro doa R$ 1 milhão para a campanha de Cid Gomes

393 2

O empresário Prisco Bezerra doou R$ 1 milhão para a campanha do candidato ao Senado, Cid Gomes (PDT), informa a Coluna Radar, informação já divulgada pela empresa local.

Pode-se dizer que a doação carrega forte interesse próprio: Prisco é 1º suplente de Cid na chapa.

Irmão do prefeito de Fortaleza, Prisco também atua como coordenador financeiro da campanha de Ciro Gomes à Presidência.

Ao TSE, Prisco declarou possuir R$ 64 milhões em bens.

NovaBrasil FM 106.5 estreia nesta quinta-feira

O Grupo O POVO de Comunicação reuniu convidados, nessa noite de quarta-feira, no Pipo Restaurante Pipo (São joão do Tauape), para o lançamento da NovaBrasil Fortaleza FM 106.5.

A emissora estreia nesta quinta-feira com programação 100% voltada para a música brasileira, com foco em MPB, pop e samba.

Na foto: Alexandre Hovoruski, diretor artístico da Rede NovaBrasil FM; João Dummar Neto, vice-presidente do O POVO; Claudia Rei, superintendente da área de comunicação do grupo Solpanamby; e Calil Bassit, responsável pela expansão da Rede NovaBrasil FM.

(O POVO)

Fies 2018 – Termina só na sexta-feira prazo para lista de espera

O Ministério da Educação (MEC) adiou para sexta-feira (14) o fim do prazo para os estudantes pré-selecionados na lista de espera do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) fornecerem os dados necessários para contratar o financiamento. O prazo terminaria no último dia 9. A lista de espera vale para os estudantes que se inscreveram no Fies do segundo semestre e não foram selecionados no processo regular. Segundo a pasta, o objetivo do adiamento é “ampliar as oportunidades de financiamento para os alunos”.

Pelas regras do Fies, quem está na lista dos pré-selecionados deve acessar o Sistema Informatizado do Fies – FiesSeleção e complementar a inscrição no prazo de cinco dias úteis, a contar da divulgação do resultado no sistema. Os nomes dos pré-selecionados foram divulgados aos poucos, desde o dia 6 de agosto. Nesta sexta-feira, terminam os últimos prazos para os estudantes complementarem as inscrições.

Após concluir o procedimento no sistema, o candidato deverá validar as informações prestadas no ato de inscrição na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de educação superior em até cinco dias.

O Fies concede financiamento a estudantes em cursos superiores de instituições privadas com avaliação positiva pelo Ministério da Educação. Pode concorrer quem tenha feito uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos e nota acima de 0 na redação.

O novo Fies tem modalidades de acordo com a renda familiar. A modalidade Fies tem juro zero para os candidatos com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos. Nesse caso, o financiamento mínimo é 50% do curso, enquanto o limite máximo semestral é R$ 42 mil. A lista de espera vale para esta modalidade.

A modalidade chamada de P-Fies é para candidatos com renda familiar per capita entre 3 e 5 salários mínimos. Nesse caso, o financiamento é feito por condições definidas pelo agente financeiro operador de crédito que pode ser um banco privado ou fundos constitucionais e de desenvolvimento. O P-Fies não tem lista de espera.

(Agência Brasil)

Vem aí o Festival de Música de Fortaleza

475 3

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai lançar, às 9 horas desta sexta-feira, no Paço Municipal, o Festival de Música de Fortaleza 2018. Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura poderão participar do evento os artistas residentes no País e no Exterior, com idade acima de 18 (dezoito) anos, que apresentem música inédita composta em língua portuguesa.

Considera-se música inédita pelo Edital do Festival, a composição que ainda não tenha sido objeto de comunicação ou transmissão ao público, sob qualquer plataforma, ou fixação de qualquer natureza.

O vencedor do Festival terá como premiação um contrato para apresentação no Reveillon 2019 de Fortaleza.

O período de inscrição acontece de 14 de setembro a 12 de outubro e a divulgação das músicas classificadas será anunciada no dia 30 de outubro de 2018.

Duas eliminatórias

O festival terá duas eliminatórias. A primeira no dia 30 de novembro e a segunda no dia 1º de dezembro de 2018. A etapa final do Festival de Música de Fortaleza 2018 acontece no dia 8 de dezembro de 2018.

SERVIÇO

*As informações relacionadas ao Festival de Música de Fortaleza 2018, além do edital e ficha de inscrição, serão disponibilizadas a partir de sexta-feira, 14/09, no site: https://www.fortaleza.ce.gov.br/.

Dólar fecha o dia cotado a R$ 4,14

O dólar fechou hoje (12) em queda de 0,21%, cotado a R$ 4,1455 na venda, invertendo uma tendência de alta no fechamento de ontem, quando a moeda norte-americana terminou o dia acima de R$ 4,15. O Banco Central manteve a política tradicional de swaps cambial, sem efetuar leilões extraordinários de venda futura da moeda.

O índice B3, da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), encerrou o pregão em alta de 0,63%, com 75.124 pontos, também invertendo a baixa no fechamento de ontem. As ações de empresas de grande porte puxaram a alta, com Petrobras valorizadas em 2,43%, Vale 1,64% e Eletrobras com alta de 4,73%.

(Agência Brasil)

Governo Temer acerta libração de R$ 100 milhões para Cinturão das Águas

Um aporte complementar no valor de R$ 100 milhões para as obras da transposição da água do Rio São Francisco foi garantido, nesta tarde de quarta-feira, durante reunião, no Palácio da Abolição, entre o governo do Ceará e  o governo federal.

O encontro contou com a presença do chefe do gabinete do Governo, Élcio Batista, o secretário de Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, e o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, e o Ministro da Integração, Antônio de Pádua. No ato, o governo cearense expôs o projeto do Cinturão das Águas, por onde vai entrar a água do rio São francisco no Estado.

O aporte será encaminhado para a Presidência da República para aprovação.

(Foto – Tapis Rouge)

Ambev promoverá nesta sexta-feira em Fortaleza o Dia da Responsa

Nesta sexta-feira, 14, A Ambev vai promover o Dia de Responsa, data criada pela companhia no Brasil para promover o consumo inteligente de bebidas alcoólicas. Em Fortaleza a programação, segundo a assessoria de imprensa do grupo, iniciará com um café da manhã e um encontro com a imprensa para alertar sobre o consumo consciente.

Em seguida o time da Ambev visitará bares e restaurantes da cidade. O ponto alto será a Praia do Futuro. O coletivo de arte urbana Acidum Project fará parte da jornada, com a realização de uma oficina em parceria com a ONG Ipom. A ONG ganhará uma nova fachada com grafites que remetem ao consumo responsável.

A iniciativa, em sua nona edição, também foi adotada pela Anheuser-Busch InBev (ABI), grupo do qual a Ambev faz parte, e é comemorada em outros 24 países onde a empresa atua. Milhares de pessoas, como funcionários, artistas e influenciadores digitais, estarão envolvidas em ações para disseminar mensagens sobre a importância de não vender, servir ou estimular o consumo de bebidas alcoólicas por menores de 18 anos, não consumir em excesso ou associado à direção.

(Foto – Divulgação)

Sebrae reage contra MP que cria agência de museus subtraindo 6% do seu orçamento

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) ingressou na tarde desta quarta-feira (12) com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a medida provisória que criou a Agência Brasileira de Museus (Abram). O motivo é a retirada de parte dos recursos do Sebrae para destinar ao novo órgão.

No documento, os advogados questionam quatro pontos da MP editada no início da semana pelo presidente Michel Temer. Os principais são o que classificam como “desvio de finalidade” da contribuição responsável por bancar o Sebrae. Os defensores do mandado de segurança argumentam que a Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico (Cide) foi criada pela Constituição para destinar recursos a assuntos econômicos, diferindo de temas como a gestão de museus.

O artigo que destina 6% do orçamento anual do Sebrae para a Abram também é criticado pelo órgão. Segundo o mandado de segurança, há uma “ilegalidade” na obrigação de transferir o dinheiro à agência porque as receitas do Sebrae provêm mensalmente da Receita Federal, que deveria ser a responsável por alterar ou diminuir a destinação dos recursos.

Como se trata de uma medida provisória, que tramita no Congresso Nacional, mas já tem força de lei, o critério da urgência também é questionado pelo Sebrae. “A MP não possui urgência para sua aprovação, devendo, caso seu mérito ainda permanecesse válido, ser criada por meio de projeto de lei”, explicou o órgão.

Ontem (11), ao anunciar que ingressaria com o mandado, o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, disse não ser contra a busca de soluções para os problemas dos museus, mas que os micro e pequenos empresários não poderiam “pagar sozinhos esta conta”.

(Agência Brasil)

PT deflagra nesta quinta-feira a campanha de Haddad no Ceará

393 3

O PT do Ceará vai deflagrar, a partir desta quinta-feira, 13, o Setembro Vermelho. A ordem é iniciar a campanha Haddad-Manu-Camiloa em Fortaleza.

Na agenda, segundo a direção estadual petista, a ocupação de mais de 30 cruzamentos com bandeiraço e adesivaço das 7 às 9 horas. Já na parte da tarde, haverá concentração na Avenida 13 de maio, a partir das 16 horas, com a presença do governador Camilo Santana.

De lá, Camilo seguirá com a juventude petista até a sede do Comitê do Povo, localizado na Avenida 13 de maio, 2072 onde participará da Plenária 13 do Campo e da Cidade, a partir das 18 horas.

No encerramento do dia, acontecerá o lançamento do Comitê 13 da Cultura, na Avenida Pessoa Anta, 218, Praia de Iracema.

O Brasil que eu quero…

Com o título “O Brasil que eu quero”, eis artigo de Joaquim Cartaxo, arquiteto urbanista e superintendente estadual do Sebrae. Ele abora a crise e a expectativa de que tudo só se resolve quando acabar a Era Temer. Confira:

Cotidianamente, vemos nas mídias impressas ou digitais manifestações de analistas especializados ou comuns de que o Brasil vive uma crise sem precedentes na sua história. Crise econômica, social, ambiental, política com responsáveis por ela das mais diversas natureza e porte, a partir da visão de mundo de cada um.

Fato. O atual Governo Federal não reúne as condições políticas e sociais para enfrentar os desafios e dificuldades dessa crise, pois é resultante de um golpe liderado pelas forças políticas inconformadas por haverem perdido as eleições de 2014. Portanto, sem legitimidade popular. O que se vê é o aprofundamento da crise, que se expressa no aumento vertiginoso do desemprego e no desmantelamento do estado mínimo de bem-estar social construído no Brasil nas últimas décadas.

Essa ilegitimidade do Governo Federal produziu, na campanha eleitoral de 2018, a proliferação de candidaturas que apresentam propostas para enfrentar a crise em que o País está imerso, desde as de caráter complexo até àquelas risíveis, como resolver os problemas no Brasil procurando soluções em um posto de gasolina, combinadas ao armamento da população para resolver a violência.

Para resolver os problemas do Brasil com radicalidade é preciso compreender o País com radicalidade; entender que a sociedade brasileira positivamente é um multiverso cultural, que por outro lado também é uma sociedade historicamente marcada pela desigualdade entre pessoas e regiões. Em 2017, por exemplo, os 10% mais ricos dos brasileiros detinham 43,3% da renda total do País, enquanto os 10% mais pobres detinham apenas 0,7%.

Utilizar nossa diversidade para erradicar essa desigualdade deve ser a prioridade estratégica de um projeto para o Brasil. Mas, no curto prazo é preciso um plano emergencial que combata a perversidade do desemprego, investindo no empreendedorismo, valorizando o salário mínimo, retomando um programa de obras e intensificando o acesso ao crédito e a transferência de renda, como o Bolsa Família que na prática é um importante instrumento de desenvolvimento local.

*Joaquim Cartaxo

cartaxojoaquim@bol.com.br

Arquiteto e urbanista e superintendente estadual do Sebrae.

Dia Nacional da Cachaça – 13 de setembro

O Dia Nacional da Cachaça será comemorado nesta quinta-feira, 13 de setembro, e de acordo com o Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC), atualmente, esse é um dos quatro destilados mais consumidos mundialmente. Para a DIAGEO, líder mundial em bebidas alcoólicas premium do mundo, a data tem um sabor especial desde 2012, quando a empresa adquiriu a YPIÓCA – a marca de cachaça mais antiga do Brasil, com mais de 170 anos de história.

No Brasil, a cachaça é a segunda bebida alcoólica mais consumida e representa em torno de 70% do mercado de destilados, segundo dados do IBRAC. Os principais estados produtores (em volume) são: São Paulo, Pernambuco, Ceará, Minas Gerais e Paraíba. Além do destaque nacional, YPIÓCA leva qualidade e tradição para mais de 40 países, tendo como principal mercado consumidor a França, seguido por Portugal, Espanha e Estados Unidos.

“YPIÓCA é uma das marcas mais tradicionais de cachaça do País. A história do líquido está totalmente ligada à história do Brasil. A cachaça é nossa herança, assim como a tequila é para o mexicano. E a DIAGEO tem como uma de suas prioridades desenvolver a categoria e tornar a cachaça, cada vez mais, a bebida brasileira por excelência”, afirma a gerente de YPIÓCA, Juliana Ballarin. “O posicionamento de nossa marca está baseado na sua história: se tem Ypióca, tem história e, assim, tradição e qualidade”, complementa.

Você sabia?

1. Cachaça é sempre feita de cana?

Sim, ela deve ser exclusivamente feita de caldo de cana fresco. Por lei, para ser chamada de cachaça, a bebida deve ser produzida em território brasileiro, não pode conter qualquer tipo de infusão como frutas e ervas, e deve possuir de 38% a 48% de álcool. Se for feita fora do Brasil, é chamada de aguardente de cana, sem usar o nome cachaça.

2. Como funciona o processo de produção e envelhecimento da cachaça?

Diferentes etapas fazem parte do processo de produção da cachaça, a começar pelo plantio da cana de açúcar, que está pronta para colheita em aproximadamente 10 meses. O que determina o ponto de colheita é o controle de maturação da cana – saber se ela está rica em açúcar para cortar.

Após o corte da cana, dá-se início à moagem: primeira fase do processo industrial. Na moagem, é extraído todo o caldo da cana e separado o bagaço, usado como combustível para a caldeira na geração de vapor, que fará funcionar todo o processo produtivo. Rico em açúcar, o caldo de cana passa por um processo de decantação e filtragem e vai para a fermentação, onde leveduras selecionadas fazem a transformação do açúcar em álcool, gerando o que chamamos de vinho de cana. Depois de zerado o açúcar na fermentação, o vinho é enviado para a destilação – processo que separa os líquidos voláteis e utiliza o calor para possibilitar a concentração de álcool na cachaça. Terminada a destilação, a cachaça vai para os tanques e depois é transferida para os galpões de envelhecimento, e a passagem pela madeira confere à cachaça sabores e aromas únicos.

3. Quais as variações da cachaça?

Há uma infinidade de variações da cachaça e isso está diretamente relacionado ao seu processo de envelhecimento, podendo ser em madeiras selecionadas, como o bálsamo e o carvalho; com aromas variados, como a de fulô ypê; blend de cachaças raras envelhecidas em barris de carvalho e castanheira, como a YPIÓCA Cinco Chaves; combinação de sabores nobres de bálsamo e carvalho; e envelhecida na madeira de freijó ou tonéis de bálsamo.

4. Quais as melhores combinações de drinques com cachaça?

Há composições e drinques variados que podem ser feitos com cachaça. O limão é considerado por muitos a combinação perfeita, mas sempre tem quem goste de combinar com kiwi, maracujá, caju, cajá, morango, gengibre, hortelã e muitos outros ingredientes. Cachaça também vai bem com castanha, queijo, amendoim. Há quem prefira a cachaça nos dias de churrasco, mas também ela pode ser combinada com as delícias do mar.

5. Há uma temperatura indicada para tomar a bebida?

Dose, drinque, pura, gelada, muitas recomendações e muitas preferências. Há aquelas que são ideias na temperatura ambiente, como a YPIÓCA Cinco Chaves é indicada para tomar pura em tempeatura ambiente. Mas o melhor jeito é apreciar com responsabilidade.

6. Qual a diferença entre a cachaça ouro e a prata?

Este é um fator relacionado à forma de envelhecimento. A cachaça que apresenta alteração de cor e aroma é a cachaça ouro. Ela passou por um período de amadurecimento em barris de madeira. Já a que não tem essa alteração substancial é a cachaça prata.

7. A cachaça é uma bebida muito calórica?

A dose de cachaça contém aproximadamente de 80 a 110 kcal, como qualquer destilado do qual só extraímos as substâncias voláteis (álcool, aromas e sabores). Muitas vezes, a questão das calorias quando se está apreciando uma bebida, tem relação com os acompanhamentos (petiscos), normalmente frituras e com mais gordura.

(Com assessoria da Diageo)

TJ do Ceará já se prepara para a XIII Semana de Conciliação

O Poder Judiciário de todo o país promoverá, de 5 a 9 de novembro, a XIII Semana Nacional da Conciliação. O objetivo, segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Ceará, é incentivar as partes processuais a buscarem uma cultura de paz utilizando os meios consensuais de solução de conflitos. Os interessados em participar das audiências devem se inscrever por meio da ferramenta “Quero Conciliar” disponibilizada no site do TJCE.

Os tribunais (estudais, federais e trabalhistas) que alcançarem índices de composição consensual anual mais elevados, concorrerão ao prêmio, independentemente de inscrição no “Prêmio Conciliar É Legal”.

No TJCE, as audiências de conciliação são realizadas pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), que tem a supervisão da desembargadora Tereze Neumann. Em 2017, o Judiciário cearense realizou 10.890 audiências durante a Semana, que resultaram em 3.642 acordos entre as partes, sendo 859 na Capital e 2.791 no Interior. Os dados representam índice de 33,44% de êxito.

Primeiro lugar

Pelo segundo ano consecutivo, o Judiciário do Ceará é o primeiro colocado em conciliações entre todos os tribunais estaduais do país. A estatística, referente ao ano de 2017, aponta que 25,6% dos processos são solucionados por meio de acordos, conforme relatório “Justiça em Números” do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), divulgado em agosto.

SERVIÇO

*Confia mais informações aqui.