Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Fortaleza será sede do RH Brasil 2015

Voltado para empreendedores, profissionais de Recursos Humanos e estudantes, o RH Brasil 2015 vai reunir, no próximo dia 6, das 8 às 18 horas, no Gran Marquise Hotel, nomes relevantes do mercado local e nacional para apresentar as melhores práticas na gestão de pessoas. Realizada por O POVO e Rádio O POVO/CBN, a iniciativa conta com o apoio do Instituto Great Place To Work (GPTW), Fundação Demócrito Rocha (FDR) e da regional da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH).

O presidente da ABRH-CE, Jidlafe Rodrigues, destaca que o encontro é uma oportunidade de congregar práticas que estão dando certo em diversas organizações. “O papel do RH vai além de avaliar currículos. É preciso ter ciência que ali não é só o colaborador, mas há uma família envolvida no processo. O gestor tem que buscar encaixe adequado para os colaboradores, inclusive desenvolvendo pessoas para lideranças”.

Para iniciar, a diretora regional GPTW Ceará, Mariza Quinderé, e o diretor de Educação Corporativa do GPTW Brasil, Cauê Oliveira, vão elencar práticas de gestão de pessoas e promover a dinâmica Journey Giftwork®. Em seguida, a diretora de Recursos Humanos do Magazine Luiza, Telma Rodrigues, apresentará a palestra “Conquistando o melhor das pessoas”.

No período da tarde, os participantes do RH Brasil vão conferir a palestra de Fernanda Abrantes (Coach e Consultora de RH com foco no desenvolvimento humano e organizacional), que focará na “Criação de valor através das pessoas”. Para finalizar, o painel “Como transformar sua empresa” será abordado pela Diretora de Recursos Humanos da Embracon Brasil, Brenda Donato, e por Majo Martinez Campos, Diretora Executiva de Recursos Humanos da Atento Brasil.

SERVIÇO

*As inscrições para o evento estão abertas. Os interessados podem entrar em contato por meio dos telefones (85) 3255 6184 ou (85) 9 8849 7983.

*Quanto: R$ 320 (inteira) e R$ 160 (estudante)

*Valores diferenciados para pacotes corporativos.

Desemprego no País fica estável em junho

“O desemprego em junho alcançou 6,9%, ficando praticamente estável em relação à taxa de 6,7% de maio, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Mesmo assim, junho registra a maior taxa de desemprego para o mês desde 2010, quando o índice foi 7%, como mostra a Pesquisa Mensal de Emprego (PME) divulgada hoje (23).

O IBGE informou que a taxa de desemprego de junho aumento de 2,1 pontos percentuais em relação ao mesmo mês do ano passado, quando a alta do desemprego ficou em 4,8%.

Em junho deste ano havia 1,7 milhão de pessoas desocupadas, resultado estável em relação a maio, mas um aumento de 44,9% (mais 522 mil pessoas) em relação a junho de 2014. Já a população ocupada em junho era 22,8 milhões, também estável em comparação a maio, indicando porém recuo de 1,3% (ou menos 298 mil pessoas) na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Segundo o IBGE, em junho, a população não economicamente ativa manteve-se em 19,3 milhões de pessoas, o que indica estabilidade em relação a maio. Já o número de trabalhadores com carteira assinada no setor privado (11,5 milhões) ficou estável no mês, mas recuou 2% (menos 240 mil pessoas) em relação a junho de 2014.

DETALHE – A PME é realizada nas seguintes regiões metropolitanas do país: Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.”

(Agência Brasil)

Petista assume Sudene em clima de contas desaprovadas

20150702103014255024e

Nomeado como superintendente da Sudene nesta semana, o ex-prefeito do Recife (PE), João Paulo (PT), não comemorou muito.

O Tribunal de Contas do Estado de lá desaprovou as contas 2006 de sua gestão como prefeito, no que melou a festa política do petista.

Mesmo assim, João Paulo vai tomar posse à frente da Sudene, hoje um órgão federal esvaziado e que virou mesmo depósito de político derrotado, segundo queixas da área técnica do órgão.

Dilma Rousseff lançará em agosto Minha Casa, Minha Vida 3, diz líder do Governo na Câmara

344648b103ce70bb3f02b2cd79bc104a3c7573a09ab0c8e87fad080d01a32392

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quinta-feira:

A presidente Dilma Rousseff vai lançar, em agosto, o Programa Minha Casa, Minha Vida 3. A informação é do líder do Governo na Câmara, deputado federal José Nobre Guimarães (PT), adiantando que esse projeto integra uma agenda positiva que Dilma deverá cumprir, ao longo do semestre, como forma de enfrentar o alto índice de reprovação popular e tentar reduzir a previsão de 9,15% de inflação para este ano.

A ordem é ir às ruas, em todos os Estados, mesmo sob risco de vaias, e tocar ações que possam capitalizar apoio popular e baixar a fogueira da onda de impeachment turbinada pela oposição.

Bom lembrar, no entanto, que, antes de um Minha Casa, Minha Vida 3, precisa o governo federal liquidar pagamentos atrasados dos programas da área em andamento.

(Foto – Divulgação)

Advogados da Odebrecht vão ao STJ pedir a liberdade dos donos da empreiteira

“Os advogados da Odebrecht deram entrada ontem, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), com um pedido de habeas corpus para Marcelo Odebrecht, Rogério Araújo e Marcio Farias, o trio da empreiteira que está preso há 35 dias.

A Justiça Federal negou por duas vezes libertar os três. Agora, a defesa da Odebrecht está apelando ao STJ.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Ciro Gomes diz que, se for necessário, disputará a presidência da República em 2018

80 5

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=TZSAajWa5lY[/youtube]

O ex-governador e ex-ministro Ciro Gomes (Pros), numa segunda etapa da entrevista que concedeu ao Blog Conversa Afiada, do jornalista Paulo Henrique Amori, avaliou o Governo Dilma Rousseff.

Ciro fez várias críticas à gestão e a pessoas, destacou outras como o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, e bateu no comportamento de Lula em algumas ocasiões. Ciro, no entanto, defendeu o ex-presidente da acusação de que teria feito lobby em favor de empreiteiras e obras no Exterior. “É uma forçação de barra sem fundamento”, acentuou.

Em certo momento da entrevista, Ciro Gomes não escondeu um sonho que continua entre seus planos: disputar a Presidência da República em 2018.

Ceará com 117 municípios em situação irregular no Ministério da Fazenda

“Sessenta e sete porcento dos municípios cearenses estão irregulares com o Ministério da Fazenda. Isso significa que 117 cidades do Estado não realizaram Cadastro da Dívida Pública (CDP), informando ao órgão os dados das operações de crédito de 2014 e tornando transparentes as dívidas públicas. O dado é da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), atualizado no dia 6 deste mês.

A situação deveria estar regularizada desde o dia 31 de janeiro, prazo estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Os municípios e estados atrasados, conforme Resolução do Senado Federal nº 43/2001, ficam impossibilitados de captar recursos por meio de empréstimos, transferências e convênios federais até efetuarem cadastro.

Fortaleza está entre as cidades do Estado que fizeram o registro. O Estado do Ceará também está com o CDP em dia. Segundo Flávia Teixeira, coordenadora do Tesouro Municipal da Capital, a realização do cadastro “não é onerosa, dificultosa ou nova, mas muito simples”.

Ela destaca a relevância do CDP para o Tesouro Nacional, que necessita das informações para acompanhar as contas públicas nacionais. “Ele precisa desses dados e sem o município informar, ele não faz isso de forma correta. Não é mera burocracia”, aponta. Além disso, ela destaca a importância do procedimento para dar transparência à população.

Paulo Rocha, auditor fiscal adjunto da Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará (Sefaz-CE), explica que o cadastramento é antigo, mas, no ano passado, foi reformulado pela portaria nº 702, que reformula a prestação de contas, aumentando as informações que devem ser disponibilizadas à STN.

Ele indica dois possíveis motivos para o atraso, mas reconhece que nenhum dos dois se justifica totalmente: a falta de conhecimento da legislação, apesar de a regra não ser nova, e o fato de muitos municípios pequenos não possuírem dívidas nem buscarem financiamento, apesar de eles serem obrigados, também, a realizar o cadastro.

“Se o município pequeno quer fazer qualquer operação, ele tem que estar com o cadastro feito, mesmo não devendo nada”, ressalta. Rocha também evidencia a importância do registro, que, segundo ele, “não é só para mostrar ao Ministério da Fazenda, mas para a sociedade, que deve questionar as dívidas dos governos”.

Durante todo o dia de ontem, a reportagem tentou entrar em contato com várias prefeituras do Estado, mas não conseguiu resposta. O POVO falou também com a Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), mas a entidade não estava a par da situação e não se pronunciou a respeito.”

Financas-municipais

(O POVO – Por Letícia Alves)

Caixa Econômica já está pagando abono salarial para nascidos em julho

A Caixa Econômica Federal começou está pagando o abono salarial do Programa Integração Social (PIS) para os beneficiários nascidos em julho e que não são correntistas do banco. O benefício é pago a quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais no ano passado com carteira assinada ou exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração.

Para o trabalhador que não é correntista da Caixa, o saque pode ser feito nas casas lotéricas e nos correspondentes Caixa Aqui, utilizando o Cartão do Cidadão. O dinheiro pode ser retirado também nas agências da Caixa, apresentando o número do PIS e um documento de identificação. Para quem é correntista do banco, o benefício é depositado diretamente na conta.

O calendário de pagamento do PIS/Pasep deste ano vai até março de 2016. De acordo com a tabela publicada no Diário Oficial da União no início do mês, quem tiver nascido entre os meses de julho e dezembro receberá o benefício neste ano. Os nascidos entre janeiro e junho receberão no primeiro trimestre do ano que vem.”

(Agência Brasil)

Lava Jato – STF proíbe Moro de dar sentença contra Eduardo Cunha antes de acessar informações

lewandowski

“O presidente do Supremo Tribunal Federal,Ricardo Lewandowski, decidiu nesta quarta, 22, que o juiz Sérgio Moro, não poderá proferir sentença na ação penal em que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), é citado, antes de prestar informações ao Supremo. Ele concedeu prazo de dez dias para que Moro se manifeste.
Lewandowski atendeu a um pedido da defesa do parlamentar que deseja agilidade na decisão sobre a suspensão da ação penal em que Cunha foi citado por Júlio Camargo, um dos delatores do esquema de corrupção investigado na Operação Lava Jato. Os advogados pediram que a manifestação de Moro seja enviada por meio eletrônico e não pelos Correios.

Após receber a manifestação, o presidente do Supremo decidirá se suspende o depoimento de Júlio Camargo. Na decisão, Lewandowski explicou que a medida foi tomada para evitar a perda de objeto do pedido de Cunha.

Na semana passada, Camargo – ex-consultor da empresa Toyo Setal – disse a Moro, responsável pelos inquéritos da Operação Lava Jato na primeira instância, que Eduardo Cunha pediu US$ 5 milhões em propina para que um contrato de navios-sonda da Petrobras fosse viabilizado.

Durante o depoimento, Camargo comprometeu-se a falar a verdade por ter assinado acordo de delação premiada. Após a divulgação do depoimento, Cunha voltou a negar que tenha recebido propina de Júlio Camargo.

Os advogados pediram a suspensão do processo, por entenderem que cabe ao Supremo presidir o inquérito, em razão da citação do presidente da Câmara, que tem prerrogativa de foro. Eduardo Cunha é investigado também em um inquérito aberto no tribunal para apurar se apresentou requerimentos para investigar empresas que pararam de pagar propina.

Na ação em que Cunha foi citado, são réus o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró, o doleiro Alberto Youssef, o empresário Fernando Soares – conhecido como Fernando Baiano – e Júlio Camargo. ”

(Agência Brasil)

Jornal O Globo é condenado a indenizar o ex-deputado Álvaro Lins

“A empresa jornalística que publica reportagem com base exclusivamente no que foi transmitido pela fonte, sem proceder qualquer tipo de investigação para confirmar a veracidade da informação, tem que arcar com ônus de tal conduta. Foi o que entendeu a 16ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ao condenar o jornal O Globo a pagar indenização a Álvaro Lins, ex-chefe da Polícia Civil fluminense e deputado estadual pelo PMDB, que teve o mandato cassado. A decisão foi unânime.

Investigado pelo Ministério Público Federal na operação “segurança pública S/A”, que desarticulou uma quadrilha que atuava na Secretaria de Segurança Pública do Rio, Lins acabou sendo submetido a um processo disciplinar no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa do Rio. A ação administrativa teve início em 9 de junho de 2008.

No dia 1 de agosto de 2008, o jornal publicou a notícia: “PF investiga se Álvaro Lins Chantageia Picciani”. A reportagem baseava-se em um suposto relatório da Polícia Federal que revelava que Lins estaria ameaçando vazar um crime atribuído ao presidente da Alerj no passado, caso perdesse o mandato.

Na ação, o ex-chefe da Polícia Civil alegou que a notícia “transmitiu aos leitores a ideia de que teria conhecimento sobre um mandado de prisão expedido contra o presidente da Alerj em 1990, pela 1ª Vara Criminal de Rondorápolis (MT), e que estaria se valendo dessa informação sigilosa para chantagear o então presidente da Alerj para ter alguma vantagem no processo ético-disciplinar”.

A matéria foi publicada há 12 dias da sessão de votação na qual os deputados confirmaram a cassação do mandato de ex-chefe da Polícia Civil. De acordo com Lins, a notícia influenciou a votação. Além disso, lhe trouxe outra consequência negativa, pois serviu para embasar o decreto de sua prisão preventiva logo após a perda do mandato.

PF nega existência de relatório

Ao contestar a acusação, o jornal ressaltou que se limitou a reproduzir uma informação oficial e que a publicação da matéria não teve nexo causal com a perda do mandato. O Globo argumentou que “a jurisprudência é pacífica ao entender que, em se tratando de fatos públicos, relacionados a investigações, o veículo de comunicação se exime de culpa quando busca fontes fidedignas”. E que apesar de reconhecer que “o jornalista tem o dever de investigar os fatos que deseja publicar, isso não significa dizer que sua cognição deva ser plena e exauriente à semelhança daquilo que ocorre em juízo”.

Requerida, a Polícia Federal informou que o relatório de inteligência em questão não foi produzido por aquele órgão. Diante dos fatos, a primeira instância condenou o jornal a pagar R$ 5 mil por danos morais ao deputado cassado. Ambas as partes recorreram: o autor para pedir uma indenização maior, e o réu para requerer a reforma da decisão.”

(Site Consultor Jurídico)

 

Luizianne Lins compara Câmara dos Deputados ao “BBB”

239 3

imagem1

Novata na Câmara dos Deputados, a petista Luizianne Lins diz que já deu bem para definir o cenário das maiores influências na Casa.

Segundo a parlamentar, ali tudo lembra, na realidade, o BBB , o programa da Rede Globo que cria e fomenta novas celebridades).

De forma curta, Luizianne explica logo: “Tem a bancada da Bala, a bancada do Boi e bancada da Bíblia”.

Líder do Pros quer unidade do ITA em Fortaleza

domingosneto

O líder do Pros na Câmara dos Deputados, Domingos Neto, quer trazer para Fortaleza uma unidade do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Ele aceitou desafio lançado pelo Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Estado.

Domingos Neto, ao lado de outros membros da bancada cearense, faz gestões no Ministério da Defesa, que tem como titular o petista Jaques Wagner. Ele lembra que o ITA foi criado por um cearense, Casimiro Montenegro Filho, na década de 1940, com o objetivo de formar engenheiros de excelência e desenvolver tecnologia aeronáutica.

Na época, o projeto do tenente-aviador parecia um sonho irrealizável. Em menos de uma década, provou-se o contrário. “O sonho do cearense Casimiro Montenegro tornou-se realidade, e das pranchetas de seus engenheiros, formados pela utopia realizada do cearense, nasceu a Embraer, projetando o Brasil como a terceira maior fabricante de aviões comerciais do mundo”, destaca Domingos Neto.

DETALHE – É grande a supremacia dos jovens cearenses nos vestibulares da instituição.

DETALHE 2 – O diretor da Rede Master, Nazareno Oliveira, foi uma das primeiras vozes a propor essa luta para a bancada federal cearense.

DETALHE 3 – A conquista de uma unidade do ITA seria passo fundamental para o futuro do Estado no campo tecnológico e na atração de empresas de ponta.

DETALHE 4 – Entre alguns da bancada federal que apoiam essa luta está Leônidas Cristino (Pros).

Dia de Protesto – Crianças vão se deitar nesta quinta-feira em frente ao Paço Municipal

A Campanha Nacional Criança Não é de Rua realizará, nesta quinta-feira, a IX Ação Nacional Criança Não é de Rua. A manifestação, prevista para acontecer em 21 capitais, tem a finalidade de prestar solidariedade às crianças e adolescentes em situação de rua, ajudar a sociedade a compreender a complexidade desse fenômeno e denunciar o poder público pela demora em assegurar os direitos dessa população.

Em Fortaleza, o protesto ocorrerá a partir das 15 horas, e o principal objetivo é denunciar o descaso da gestão municipal, responsável pelo fechamento do acolhimento institucional de quatro entidades que atendiam crianças e adolescentes em situação de rua, em função de um calote aplicado em 2012.

A Prefeitura deixou de pagar seis meses de serviços prestados por essas organizações com as quais mantinha convênios. Reduziu em 80% o número de Educadores Sociais nas ruas e mandou cortar R$ 10 milhões no orçamento de 2015 para crianças e adolescentes; intenção barrada pela da sociedade civil organizada junto à Câmara Municipal.

As crianças receberão uma aula de cidadania no Passeio Público, sairão em caminhada para a Praça do Ferreira e com todos os manifestantes vão se deitar sobre papelões em frente ao Paço Municipal para lembrar que ainda hoje várias crianças e adolescentes irão dormir nas ruas.

Programação

15h – Oficinas com as crianças no Passeio Público (Rua, Dr. João Moreira, 197, Centro).
16h – Teatro de Rua na Praça do Ferreira
17h – Protesto em frente ao Paço Municipal.

Sisu na UFC – Confirmação presencial de 2005.2 deve ser feita nos dias 30 e 31 deste mês

“Ingressantes no semestre 2015.2 pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) na UFC precisarão fazer a confirmação presencial de matrícula no dia 30 ou 31 deste mês. Essa etapa é obrigatória para todos que solicitaram matrícula na chamada regular ou de lista de espera, bem como em qualquer uma das convocações de banco de suplentes.

O estudante deverá comparecer, em uma dessas datas, à coordenação do seu curso, levando documento de identificação oficial com foto. A lista completa de documentos aceitos está disponível on-line (http://bit.ly/1LDxj46). A fotocópia autenticada também poderá ser apresentada em substituição ao documento original. Após finalizar esse procedimento, o aluno será automaticamente matriculado em todas as disciplinas do primeiro período do seu curso.

No caso da confirmação presencial de matrícula por procuração, o procurador legalmente constituído deverá apresentar a procuração original estabelecida em cartório e documento de identificação oficial do procurador com foto (fotocópia autenticada ou fotocópia simples acompanhada do original, para verificação da autenticidade no local).

É importante destacar que, se o candidato não assinar a ata de confirmação presencial de matrícula, perderá automaticamente a vaga na UFC. Para saber onde fica a coordenação do seu curso, bem como os telefones de contato, o candidato pode consultar a lista disponível no Portal da UFC (http://bit.ly/1FSA1lc). A própria coordenação poderá dar mais informações sobre o horário de funcionamento do curso. O semestre letivo terá início no dia 3 de agosto em todos os campi da UFC.”

SERVIÇO 

* Mais informações podem ser obtidas no site do Sisu na UFC (www.sisu.ufc.br).

(Site da UFC)

Fortaleza terá “Hora do Mamaço”

65 1

Fortaleza terá a “Hora do Mamaço”. Trata-se de um evento de caráter nacional, com o tema “Trabalhar e amamentar , só basta apoiar!”, que ocorrerá no dia 1º de agosto – Dia Mundial da Amamentação. A mobilização ocorrerá no Passeio Público, a partir das 8h30min, ocasião em que haverá  no local oficina de amamentação, oficina de introdução de alimentos e oficina sobre ordenha de leite materno. Em seguida, as mães seguirão em passeata até o Mercado Central, onde haverá uma apresentação de dança. Na volta ao passeio Público, serão sorteados brindes.

Segundo a Organização Mundial de Saúde , a amamentação é a principal forma de fornecer ao bebê os nutrientes necessários para sua sobrevivência e seu desenvolvimento. Nos primeiros seis meses de vida, o aleitamento materno deve ser exclusivo. Após o período de seis meses, outros alimentos podem ser oferecidos à criança. Mas vale salientar que estudos comprovam a eficiência do aleitamento materno prolongado em crianças até 2 anos de idade ou mais.

SERVIÇO

Bia Fontele (blog Mãe Chique) – 98785-5785

Daniara Pessoa (Ciranda Cirandinha) – 99679-0673
Krys Rodrigues (equipe Maiêutica) – 999754881
Lorena Medeiros (elo Wrap slings) – 98628-0923

Eudes Xavier quer Luizianne de volta ao Paço Municipal

106 1

maxresdefault (2)

O ex-deputado federal petista Eudes Xavier agora é consultor para prefeituras em Brasília. Foi o que ele informou, nesta quarta-feira, antes de seguir para a Capital Federal, onde acompanhará projetos e convênios de municípios em ministérios e organismos federais.

Eudes, sobre eleições 2016, continua defendendo a tese de que o PT precisa ter candidato próprio em Fortaleza e, de preferência, sua musa política: a deputada federal e ex-prefeita Luizianne Lins.

Eudes, assim como Luizianne, é contra os Ferreira Gomes desde criancinha e não quer ver Roberto Cláudio, cria do clã, renovando mandato.

Governo Dilma lança um “Refis” para empresa com débitos tributários em litígio

“O Diário Oficial da União publicou hoje (22) medida provisória que institui o Programa de Redução de Litígios Tributários (Prorelit).

O programa prevê que a empresa que tiver débitos tributários, vencidos até o dia 30 de junho deste ano e em discussão administrativa ou judicial perante a secretaria da Receita Federal do Brasil ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, poderá desistir do contencioso e utilizar créditos próprios de prejuízos fiscais e de base de cálculo negativa da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).

No caso dessa contribuição, os créditos utilizados devem ter sido apurados até 31 de dezembro de 2013 e declarados até 30 de junho de 2015. As empresas interessadas devem aderir ao programa até 30 de setembro de 2015.”

(Agência Brasil)

Prévia anual da inflação oficial acumula alta de 9,25% em 12 meses

“A prévia da inflação oficial medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) ficou em 0,59% em julho, desacelerando 0,40 ponto percentual em relação ao mês anterior. Em junho, o índice foi 0,99%. O IPCA-15 dos primeiros sete meses do ano fechou com alta acumulada de 6,9%. A inflação dos últimos doze meses totaliza alta de 9,25%. Os dados do IPCA-15 foram divulgados hoje (22), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa de julho deste ano foi a mais elevada desde julho de 2008, quando atingiu 0,63%.

O acumulado do ano ficou acima dos 4,17% do mesmo período do ano anterior. Já o índice de 9,25%, referente ao acumulado dos últimos 12 meses, superou a taxa de 8,8% do período anterior. O índice foi o mais elevado em 12 meses desde dezembro de 2003, quando atingiu 9,86%.”

(Agência Brasil)

No PMDB, a batata de Eduardo Cunha está assando

2015-796094942-2015-795856295-2015030344974.jpg_20150303.jpg_20150304

“Os caciques do PMDB do Rio de Janeiro – Sérgio Cabral, Eduardo Paes, Luiz Fernando Pezão e Jorge Picciani, para ficar entre os principais – têm sido duros com Eduardo Cunha nas conversas que vêm ocorrendo desde que ele explodiu.

Ou melhor, desde quando Júlio Camargo explodiu Cunha. Em graus de intensidade diferentes, todos criticaram a reação de Cunha. Diz um dos caciques:

– Mais uma vez, ao preferir o confronto, talvez por não saber da importância do diálogo, o Eduardo errou. E errou feio. Comprou briga com o Planalto, com o Janot, com o STF e com o Sérgio Moro.”

(Coluna Radar, da Veja Online)