Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Deputado tucano quer isenção para consumidor cearense que investir em energias alternativas

113 1

carlos-matos

Com o objetivo de proporcionar ao consumidor a oportunidade de gerar a própria energia, por meio da utilização de placas solares e pequenas turbinas eólicas, o deputado estadual Carlos Matos (PSDB) apresentou um projeto de lei ao legislativo cearense que prevê isenção do ICMS de microgeração e minigeração de energia elétrica, cedidas e distribuídas aos sistemas de distribuição de energia elétrica, no âmbito do Estado do Ceará. Para o parlamentar, a iniciativa permite uma alternativa sustentável de consumo de energia.

“A instalação de placas solares ou turbinas eólicas favorece a economia familiar e reduz os custos dessas famílias. O Ceará está atrasado em relação a esse incentivo. Estados como Minas Gerais e Pernambuco já fazem isso. Não podemos fazer como que o consumidor tire dinheiro do próprio bolso para investir no lugar do governo. O mínimo que podemos fazer é conceder a isenção fiscal”, explica o parlamentar.

A proposta prevê a isenção do ICMS, incidente sobre toda a energia excedente, produzida através de fontes de energias renováveis (solar ou eólica) e injetada temporariamente na rede pública, cedida a título de empréstimo gratuito e posteriormente compensada como o consumo de energia elétrica dessa mesma unidade consumidora, onde os créditos foram gerados, ou em outras unidades consumidoras, desde que possua o mesmo CPF ou CNPJ.

A isenção do ICMS prevista no projeto de lei será concedida por até vinte anos, contados do início da produção de energia ativa injetada no sistema e caso sejam apuradas irregularidades com cobranças indevidas de ICMS, os créditos de energia ativa gerados no período pelo consumidor com direito a compensação, aplicar-se-á multa de 100 % (cem por cento) às distribuidoras, por sua ação ou omissão, sobre o valor a ser compensado naquele período.

Microgeração de minigeração istribuidora

Microgeração distribuída é a central geradora de energia elétrica com potência instalada menor ou igual a 100 kW e que utiliza fontes com base em energia solar, eólica, biomassa ou cogeração qualificada, conforme regulamentação da ANEEL, conectada na rede de distribuição por meio de instalações de unidades consumidoras.

A minigeração distribuída é definida como a central geradora de energia elétrica, com potência instalada superior a 100 kW e menor ou igual a 1 MW para fontes com base em energia, solar, eólica, biomassa ou cogeração qualificada, conforme regulamentação da ANEEL, conectada na rede de distribuição por meio de instalações de unidades consumidoras.

Unilab inscreve para Mestrado em Sociobiodiversidade e Tecnologias Sustentáveis

A Unilab inscreve para processo seletivo que preencherá 15 vagas do seu Mestrado Acadêmico em Sociobiodiversidade e Tecnologias Sustentáveis (MASTS). As inscrições vão até o próximo dia 22. A concessão de bolsas depende da existência de cota, concedidas pela CAPES, FUNCAP ou por outra agência com a qual o mestrado mantenha convênio para esse fim. O MASTS oferece formação interdisciplinar visando promover a conservação e o uso sustentável da biodiversidade, por meio da reflexão e da produção de conhecimento acerca da elaboração, divulgação e consumo de tecnologias sustentáveis.

O mestrado recebe profissionais graduados nas diversas áreas do conhecimento interessados em abordar as questões discutidas por ele, no âmbito de suas Linhas de Pesquisa:

1. a) Tecnologias e Desenvolvimento Sustentável – voltada para a análise, compreensão e difusão de tecnologias balizadas pelo enfoque do desenvolvimento sustentado, sustentável e includente e que, sobretudo, possam ser apropriadas pelas populações interessadas.

2. b) Sociobiodiversidade e Sustentabilidade – voltada para a análise e compreensão das conformações sociohistóricas relacionadas às temáticas da sustentabilidade e às diversas formas de apropriação e uso dos recursos naturais.

O mestrado incorpora profissionais que, independentemente de sua formação, estejam interessados em aprofundar seus conhecimentos acerca da temática da Sustentabilidade e da Diversidade de aportes no trato com a natureza e a sua transformação em recursos.”

(Site da Unilab)

Cid Gomes evita falar do seu futuro político

64 1

unnamed (1)

O ex-governador Cid Gomes foi recebido, nesta terça-feira, em Sobral (Zona Norte), pelo prefeito Clodoveu Arruda e alguns secretários municipais. Cid, que ali se encontra em temporada, fez questão de conversar sobre problemas da cidade, mas, em nenhum momento, segundo interlocutores, chegou a falar sobre seu futuro.

Nada de informar se vai morar nos EUA ou se continuará mesmo no Ceará. A única certeza mesmo é que Cid Gomes atuará nas eleições municipais.

(Foto – Leitor do Blog)

Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente repudia a redução da maioridade penal

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Fortaleza (COMDICA) manda nota para o Blog nesta terça-feira. Expõe seu posicionamento contrário a projeto que quer redução da maioridade penal de 18 para 16 anos. Confira a íntegra da nota:

NOTA PÚBLICA

Pela Manutenção da Idade Penal e pelo fortalecimento do Sistema Socioeducativo

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Fortaleza – COMDICA – órgão colegiado composto por Organizações Governamentais e Organizações Não Governamentais, responsável por deliberar sobre as políticas públicas para a infância e a adolescência de Fortaleza, vem a público declarar-se contra qualquer proposta de redução da maioridade penal no Brasil, tomando posição, por outro lado, pela manutenção da idade penal no Brasil em 18 anos, bem como pelo fortalecimento do Sistema Socioeducativo para adolescentes entre 12 e 18 anos.

Antes de mais nada, o COMDICA posiciona-se pelo entendimento que considera a idade penal uma cláusula pétrea da Constituição Federal de 1988, e portanto, não passível de modificação a menos que toda a Constituição seja revogada, com base no princípio da irrevogabilidade dos Direitos Humanos. Entretanto, muito mais do que debater o tema do ponto de vista de legalidade, é importante que consideremos o assunto do ponto de vista racional: quais as consequências de se reduzir a maioridade penal?

No Brasil, a proposta de reduzir a idade penal vem sendo vendida como uma solução para o problema da violência no país, sob o pretexto de que os adolescentes autores de violência são os grandes por esta questão e que, além disso, protegidos por uma lei que lhes garante a impunidade, não tem “medo” de continuar delinquindo. Todas essas premissas, entretanto, são equivocadas.

Em primeiro lugar, é importante observar que o Brasil não é o primeiro país do mundo a usar adolescentes como bodes expiatórios da violência. De 1990 até hoje, vários foram os países que reduziram a maioridade penal1, entre eles Itália, a Espanha e os EUA. Entretanto, absolutamente nenhum dos países que adotaram a medida conseguiram reduzir a violência, tendo esta, inclusive, aumentado. Tome-se o exemplo dos EUA: dos 44 estados que reduziram a maioridade penal entre 1990 e 2007, 42 voltaram atrás, elevando a idade penal, devido ao aumento da violência, ao passo em queo 43º estado (Nova York) estuda

Em segundo lugar,reduzir a violência cometida por adolescentes não implica em redução drástica dos índices de violência no país, uma vez que, segundo o Ministério da Justiça, os adolescentes respondem por menos de 1% do total das mortes cometidas no Brasil, enquanto que mais de 36% das vítimas deste mesmo crime são adolescentes. Para além disso, está mais do que comprovado que endurecer penas NÃO reduz a violência. No Brasil, depois da edição da Lei dos Crimes Hediondos, que endureceu a punição de vários crimes, o número de homicídios na Grande São Paulo cresceu 25%.

Por fim, a lei brasileira já responsabiliza os adolescentes que cometem atos infracionais –furto, roubo, homicídio, etc – através do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (o SINASE, estabelecido pela lei 12.594/2012, com base na lei 8069/1990, o Estatuto da Criança e do Adolescente). Quando bem implementadas, as medidas previstas no ECA e no SINASE são, inclusive, mais eficientes que o sistema penal para onde os adolescentes seriam encaminhados caso a maioridade penal fosse aprovada: enquanto, no sistema penal, de cada 100 presos, 70 voltam a reincidir nos crimes, no sistema socioeducativo bem implementado, de cada 100 adolescentes em cumprimento de medida, entre 11 e 25 reincidem. É o caso de municípios como Belo Horizonte, Jaboatão dos Guararapes e até mesmo São Paulo, que até 2006 era palco de inúmeras violações mas que, desde então, vem investindo na correta execução das medidas.

Essa posição, aliás, é a mesma na maioria dos países do mundo, que mantém a maioridade penal entre os 18 e os 21 anos, mas estabelecem um sistema de responsabilização especial para adolescentes a partir dos 12 (Brasil, Bolívia, Espanha), 14 (Alemanha, Bulgária, Colômbia), 15 (Finlândia, Suíca) ou 16 (Argentina, Romênia). O Brasil, portanto, possui uma das idades de responsabilização mais baixas do mundo, entre os países signatários da Declaração dos Direitos da Criança da Organização das Nações Unidas.

Em resumo: (1) a redução da maioridade penal, empiricamente, não foi capaz de reduzir a violência em nenhum país do mundo, chegando inclusive a aumentá-la; (2) os adolescentes são responsáveis pela menor parcela dos atos de violência no Brasil; (3) o Brasil, longe de garantir a impunidade, possui um sistema de responsabilização para adolescentes entre 12 e 18, similar ao que adotam outros países do mundo. O grande problema é que este sistema precisa ser implementado, o que exige recursos orçamentários e vontade política.

Por conta disso, o COMDICA reitera sua posição pela manutenção da idade penal no Brasil em 18 anos, e pelo fortalecimento do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo, conclamando, ademais, toda a sociedade a fazer este debate de forma racional e coerente, longe da sombra do medo e da desinformação que, em geral, orbitam em torno desse tema.

* Colegiado do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Fortaleza.

——————————————————————————————————————-

1 A redução da idade penal, no contexto internacional, equivale ao conceito de “age of criminal majority”: a idade mínima para o adolescente ser encarcerado como adulto e junto com adultos, que, ao redor do mundo, varia entre 18 e 21 anos. Não confundir com o conceito de “age of criminal responsability”, que é a idade mínima para o adolescente ser responsabilizado em sistemas diferenciados, adequados à sua faixa etária, que, na maior parte dos países, é de 14 anos. No Brasil, esta idade é de 12 anos, quando o adolescente pode responder em face do Sistema Socioeducativo. Vê-se, portanto, que a idade de responsabilização no Brasil é menor do que a de países como Austria, Alemanha, Itália e Portugal.

Ex-diretor da Petrobras credita a maus políticos o esquema de corrupção na estatal

“Em depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, o ex-diretor de Abastecimento da estatal Paulo Roberto Costa voltou a dizer que se arrepende de ter participado do esquema de corrupção na empresa e reiterou que está “pagando com muito sofrimento”.

“A origem do que aconteceu na Petrobras foram maus políticos que fizeram isso acontecer. A oportunidade do Brasil agora é fazer uma ruptura de um sistema podre. Eu estou dando minha contribuição com muito sofrimento e muita dificuldade. Quero um país melhor no futuro. Estou pagando por isso, e não está sendo fácil”, disse Costa, adiantando que pretende contribuir com os trabalhos da CPI, respondendo às perguntas dos deputados.

É a terceira vez que ele vai ao Congresso depor sobre as irregularidades na estatal. Em setembro do ano passado, Costa esteve no Congresso para depor na comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) que investigava denúncias de corrupção na companhia. Ele, no entanto, não respondeu às perguntas dos parlamentares, usando o direito de ficar calado.

Em dezembro, o ex-diretor voltou à Casa para uma acareação com o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró. Na ocasião, Costa declarou que o caso da Petrobras se repete em todos os outros setores públicos do Brasil – “nos portos, nos aeroportos, nas rodovias, nas ferrovias e nas hidrelétricas” –, e disse que “ninguém chega à diretoria da Petrobras sem uma indicação política”.

(Agência Brasil)

Produção de petróleo cresceu 13,9% em março

“A produção de óleo equivalente (petróleo e gás natural) nos campos brasileiros atingiu, em março deste ano, aproximadamente 3 milhões de barris diários. Na comparação com março de 2014, a geração de petróleo cresceu 13,9%. Comparada à de fevereiro deste ano, a produção de óleo fechou em queda de 0,7%. A de gás natural subiu 14,6% em relação a março de 2014 e 0,3% na comparação com fevereiro.

Os dados foram divulgados hoje (5) pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Desse total 2,413 milhões de barris/dia são relativos à produção de petróleo. A produção de gás natural alcançou 95,6 milhões de metros cúbicos diários.

As informações do Boletim de Produção da ANP de março indicam que a atividade dos 46 poços em atividade na área do pré-sal atingiu 833 mil barris/dia de óleo equivalente, registrando crescimento de 2,9% em relação ao mês fevereiro. De acordo com os dados, 672,9 mil barris diários equivalem à produção de petróleo e 25,5 milhões de metros cúbicos por dia, à de gás natural.

O relatório da ANP revela ainda que o aproveitamento de gás natural em março chegou a 96%. A queima de gás natural no período totalizou 3,8 milhões de metros cúbicos por dia, aumento aproximado de 16,2% em relação ao mês anterior e redução de 12,4% na comparação com março de 2014.”

(Agência Brasil)

Sem o secretário da Saúde, o governador recebe ministro da área

camilo-santana-chioro

“Sem a presença de Carlile Lavor, o seu secretário da Saúde, o governador Camilo Santana (PT) recebeu, para almoço, nesta terça-feira, no Palácio da Abolição, o ministro da Saúde, Artur Chioro. A ausência do secretário chama a atenção, pois ocorre em meio a rumores de que ele já teria entregado o cargo em meio a uma crise na pasta.

Pela tarde desta terça, Camilo e Chioro participam de evento sobre sarampo com prefeitos do Estado. Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do governo não confirmou presença de Carlile Lavor no evento nem seu efetivo afastamento da pasta.

Acompanharam o encontro no Palácio o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e a secretária de Saúde do Município, Socorro Martins. Segundo fontes próximas de Carlile Lavor, a saída do gestor ocorre em meio a tensões em torno do Orçamento da pasta. Declarações polêmicas do gestor e situação delicada da Saúde no Estado teriam antecipado sua saída.

Além disso, se fala ainda em possível ida de Carlile para o Ministério da Saúde. Segundo interlocutores, ele teria sido sondado para coordenar programa de expansão do Sistema Único de Saúde (SUS) previsto pela pasta.”

(POVO ONline/Foto – Divulgação)

Pros Mesmos – Itaú fechou primeiro trimestre com lucro líquido de R$ 5,73 bilhões

“O Banco Itaú Unibanco registrou um lucro líquido de 5,73 bilhões de reais no primeiro trimestre deste ano, o que representa um crescimento de 29,7% sobre o mesmo intervalo do ano passado, quando somou 4,41 bilhões de reais. Os dados foram anunciados nesta terça-feira pela própria instituição financeira. Em relação ao quarto trimestre, quando somou um montante de 5,52 bilhões de reais, houve alta de 3,9%.

O resultado foi melhor do que o previsto por analistas do mercado financeiro. A cifra ficou 2,3% acima da projeção média, de 5,60 bilhões de reais, feita por oito instituições consultadas pela reportagem – Deutsche, Goldman, BTG, Credit, JPMorgan, Safra, GBM e UBS.

A carteira de crédito total do Itaú, que inclui avais e fianças, encerrou março com um saldo de 578,59 bilhões de reais, expansão de 3,4% ante a cifra de dezembro, de 559,69 bilhões de reais. No acumulado do ano, quando os empréstimos somavam 508,24 bilhões de reais, foi registrada elevação de 13,8%.

Em ativos totais, o Itaú Unibanco somou 1,29 trilhão de reais ao final de março, o que corresponde a um aumento de 16,9% ante o mesmo período do ano passado, de 1,10 trilhão de reais. Na comparação com dezembro, quando apresentava montante de 1,20 trilhão, foi verificado incremento de 7,1%. Já o patrimônio líquido do Itaú totalizou 96,95 bilhões de reais nos três primeiros meses do ano, aumento de 18,0% em doze meses e de 1,2% em relação ao trimestre anterior.”

(Veja Online)

Márcio Thomaz Bastos deixou herança de R$ 393 milhões

marcio-thomaz-bastos

“O legado de Márcio Thomaz Bastos é indiscutível. Criminalistas apontam que ele mudou a forma de advogar no país, com sua habilidade de traçar estratégias e suas sustentações orais memoráveis. Como ministro da Justiça do governo Lula, Thomaz Bastos também modernizou a investigação criminal, transformando a Polícia Federal em uma corporação independente, capaz de fazer grandes operações. Apontado por muitos como o advogado mais bem sucedido do Brasil, Thomaz Bastos deixou uma herança também expressiva para sua família: R$ 393 milhões.

O valor é a soma dos bens como imóveis, ações, aplicações em fundos de investimento e participação em empresas do criminalista. A divisão proposta em seu inventário é que metade fique para a viúva do advogado, Maria Leonor, e metade para sua filha, Marcela.

O criminalista nunca escondeu que se dava ao direito de cobrar honorários altos pelo serviço especializado que prestava. Sonia Ráo, advogada que atuou com Thomaz Bastos, disse, em entrevista à ConJur, que o advogado se classificava como “justo”, em relação ao dinheiro. E ela concorda: “Não era nem perdulário nem pão duro.” Thomaz Bastos morreu no dia 20 de novembro de 2014.

(Consultor Jurídico)

Empresa cearense é destaque em congresso paulista de supermercados

A cearense Maris está participando da APAS 2015, que é o Congresso e Feira de Negócios em Supermercados de São Paulo. Ali, expõe o mix de produtos que faz da marca a mais lembrada do país. No mercado há 3 anos, a Maris conta atualmente com 33 produtos diferenciados, entre camarão, peixe, lagosta, polvo e bacalhau.

Entre os lançamentos da Maris na APAS 2015, que ocorre em sua trigésima-primeira edição, estão o Kit Paella 400g, Lombo de Cação 1kg, Bolinho de camarão 300g (saco) e Bacalhau desfiado dessalgado 250g.

 

 

 

PR do Ceará programa encontros regionais de olho em 2016

77 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=r6yZL0PL2kU[/youtube]

O Partido da República no Ceará vai realizar encontros regionais com o objetivo de animar as bases já de olho nas eleições de 2016. Anunciou, nesta terça-feira, a vice-presidente estadual da legenda, a deputada federal Gorete Pereira. Ela adianta que esse ciclo de encontros regionais deve ser finalizado em Fortaleza.

Gorete Pereira disse também que o PR quer reeditar a mesma coligação formada quando do último pleito. Naquela ocasião, o partido respaldou o então postulante ao Governo, o senador Eunício Oliveira, do PMDB.

Operação Lava Jato – Eduardo Cunha diz que Janot tem “querela” contra ele

foto eduardo cunha camara federal

“O presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), voltou a rechaçar a decisão do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de pedir ao STF que dê continuidade ao inquérito sobre sua participação no esquema investigado pela Operação Lava Jato. Cunha afirmou que Janot tem uma “querela” com ele desde que o parlamentar contestou o procurador.

“Ele escolheu a mim e está insistindo na querela pessoal porque eu o contestei. Virou um problema pessoal dele comigo”, afirmou. Segundo Cunha, no documento enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), ele provou que as contribuições citadas foram feitas diretamente. “[Janot] insiste e me escolheu para investigar. Ele coloca as situações que não fazem parte do objeto inicial do Ministério Público baseado em matérias jornalísticas para criar qualquer tipo de constrangimento. Não vai me constranger. Estou absolutamente tranquilo”, garantiu.

Cunha explicou que contestou as investigações na primeira etapa pelo fato de outros envolvidos terem tido os inquéritos arquivados. “Eu provei nos fundamentos do meu agravo regimental que outras pessoas que deveriam estar sendo investigadas não estão”, afirmou ao citar o nome do senador Delcídio Amaral [PT-MS], que teve o nome citado na operação, mas cujo inquérito foi arquivado por Janot. O pedido para arquivamento do inquérito contra o presidente da Câmara ainda será analisado pelo STF.

Ontem (4), a Procuradoria-Geral da República enviou ao Supremo pareceres a favor da continuidade de inquéritos contra parlamentares citados na Operação Lava Jato. Segundo a procuradoria, há indícios para o prosseguimento das investigações não só em relação a Cunha, mas também sobre a conduta dos senadores Antônio Anastasia (PSDB-MG), Valdir Raupp (PMDB-RO), do ex-ministro de Minas e Energia Edison Lobão, da ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney e do vice-governador da Bahia João Leão.”

(Agência Brasil)

PT vai dizer em cadeia nacional que expulsará petista que tiver culpa no cartório

Em seu programa em cadeia nacional de rádio e TV, na noite desta terça-feira, o Partido dos Trabalhadores anunciará que vai expulsar de suas fileiras qualquer petista que, ao final de um processo judicial, for julgado culpado

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, afirmará na peça que o filiado que cometer malfeitos e ilegalidades não continuará no partido.

Essa promessa diverge do tratamento dado aos dirigentes da sigla condenados no caso do Mensalão.

Líder do Pros discute seguro-defeso com Mercadante. Antes que a pauta tranque na Câmara

O líder do Pros na Câmara, Domingos Neto, está reunido, neste momento, no Palácio do Planalto, com o ministro Aloizio Mercadante, da Casa Civil. À mesa, discussão sobre soluções para os pescadores do Nordeste que estão impedidos de receber o seguro-defeso em razão de norma de Ministério Público do Trabalho. Participam da reunião, os ministros do Trabalho, Manoel Dias, e da Pesca, Helder Barbalho.

O apelo de Mercadante busca fechar um acordo para garantir a aprovação das Medidas Provisórias do ajuste fiscal que começam a trancar a pauta de votações na Câmara dos Deputados. Na reunião com o vice-presidente Michel Temer e os ministros da área econômica, segunda-feira última, Domingos Neto defendeu uma solução na MP 665 para o grupo de trabalhadores prejudicados pela seca e sem acesso ao seguro desemprego.

“O Nordeste precisa de um tratamento diferenciado e não podemos aprovar a MP 665 sem uma proposta definitiva para pescadores artesanais”. A MP 665/14, do seguro desemprego, começa a trancar pauta do plenário a partir desta terça-feira, já a MP 664/14 pode ser votada pela Comissão Mista na reunião das 14h30min e passa também a trancar pauta na Câmara dos Deputados.

 

Grupo de vereadores do Ceará reforçam luta em Brasília contra proposta do voto distrital

acrisiossna

Representantes das maiores bancadas da Câmara Municipal de Fortaleza estarão seguindo para Brasília, nesta terça-feira. O objetivo é reforçar a mobilização contra o voto distrital, um dos pontos da reforma política já aprovado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

Acrísio Sena, líder do PT na Casa e que integrará o grupo, explica que o objetivo dessa ação é conversar com o relator da proposta, líderes partidários e com as mesas diretoras da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. “Acho a proposta um retrocesso. Vamos reduzir discussões políticas a questões paroquiais”, acentuou petista.

Nesse grupo contra o voto distrital, seguirão Luciran Girão (PMDB), Cristina Brasil (PTdoB), Márcio Cruz (PROS) e Eulógio Neto (PSC). Os parlamentares levarão também propostas como a do voto majoritário para vereador (sendo eleitos os 43 mais votados, sem o uso do critério da proporcionalidade), cota feminina, opção de troca de partido e coincidência de eleições.

Grupo Votorantim – Nova fábrica começa a sair do papel em Sobral

veveuuii

Nada de crise. O prefeito de Sobral , Clodoveu Arruda (PT), ao lado de sua mulher, a vice-governadora Izolda Cela, estará dando a ordem de serviço, a partir das 10 horas desta terça-feira, da nova fábrica do Grupo Votorantim nesse município da Zona Norte. Com ele, diretores do grupo.

A Votorantim promete dobrar, com essa unidade localizada no distrito de Aprazível, a atual produção de cimento. Durante a execução da obra, deverá empregar mais de 1.200 técnicos e operários e, concluído o empreendimento, oferecer 750 novas vagas.

DETALHE – Izolda ali estará representando o governador Camilo Santana, que cumpre agenda no mesmo horário em Fortaleza.

William Correa garante que, apesar do assédio, vai ficar no Ceará

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=yi4YWpcUlPs[/youtube]

O atleta William Correa garantiu, nesta terça-feira, que vai permanecer no time do Ceará, apesar do assédio, depois que o time alvinegro conquistou a Copa Nordeste. Ele diz que tem contrato de três anos com o clube.

William Correa também lamentou a saída do craque Magno Alves, que deverá vestir a camisa do clube que o projetou para o futebol – o Fluminense.

Marcos Holanda promete fortalecer a área técnica do BNB

foto marcos holanda professor

“O novo presidente do Banco do Nordeste (BNB), Marcos Holanda, 56, foge do rótulo de liberal e anuncia que vai trabalhar para fortalecer a instituição como banco de desenvolvimento. “No que se encaixar nisso está minha ideologia”. Segundo ele, não há definição ainda sobre a nova diretoria, mas afirma que, a despeito de influência política, haverá critérios técnicos.

A disputa pelas indicações corre nos bastidores. No caso dele, aponta o senador Eunício Oliveira (PMDB), como um dos apoiadores na indicação, assinada pela presidente Dilma Rousseff ontem no Diário Oficial da União. O nome dele foi bem acolhido na equipe econômica desde quando foi apresentado, em meados do mês passado.

Além do currículo, há um fator a mais. Marcos foi colega de mestrado na FGV-RJ do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, a quem chama de Joaquim, e de doutorado, na Universidade de Illinois (EUA), do presidente do Banco Central, Alexandre Tombini. Na tarde de ontem, por telefone, ele aceitou falar ao O POVO, com a condição de ser “uma conversa rápida”. A posse ainda não tem data.

O POVO – Teremos um liberal no BNB?

MARCOS – Este rótulo está fora do contexto. Sou um defensor do Nordeste e tenho crença nessa lógica do banco de desenvolvimento. No que se encaixar nisso está minha ideologia. Farei todo o possível para fortalecer o Nordeste. O Etene (Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste) nisso é um órgão-chave. Um dos diferenciais que o Banco tem. Tem de ser fortalecido.

OP – O senhor já tem planos para o Banco?

Marcos – O Banco é o grande instrumento de desenvolvimento do Nordeste. Foi criado com esta função e permanece com esta função. Tem passado de conquistas e sucesso. Óbvio que eu, como cearense e nordestino, tenho a satisfação de encarar este desafio. Minha alegria não é pela pessoa, mas porque um técnico foi nomeado.

OP – O que senhor pensa de políticas em curso no BNB como o investimento na expansão de agências?

Marcos – Tudo o que couber nesta lógica será fortalecido, será apoiado.

OP – Como o senhor pretende lidar com uma diretoria não necessariamente 

indicada pelo senhor?

Marcos – É um processo inicial ainda. Vamos ter conversas mais detalhadas. Naturalmente, a política permeia. Mas uma coisa é certa, o fundamento técnico vai prevalecer. Aliás, de certa forma isto já vem acontecendo. Vamos continuar neste processo, porque, na medida em que for forte tecnicamente, será politicamente forte também.

OP – O senhor se considera uma nomeação da cota do PMDB?

Marcos – Certamente minha nomeação teve apoio forte do senador Eunício Oliveira. Não sou político. Sou técnico. Espero contar com quem puder contar. Em última instância, houve o reconhecimento da presidenta Dilma e do Joaquim (Levy, ministro da Fazenda).

OP – O senhor já marcou a data da posse?

Marcos – Ainda não, estamos vendo. Ainda tenho de deixar a Universidade (Federal do Ceará).

(O POVO)

Membros da Advocacia Geral da União fazem ato no aeroporto de Fortaleza pela PEC 443

dvogaoddd

O tucano Raimundo Gomes de Matos ouve apelos da categoria.

Um grupo formado por cerca de 30 membros da Advocacia Geral da União no Ceará fez corpo a corpo junto a parlamentares federais que estavam embarcando, nesta madrugada de terça-feira, para Brasília. O objetivo dessa mobilização, que ocorreu em vários aeroportos do País, foi pedir apoio em favor do projeto de emenda constitucional 443.

Entre parlamentares abordados, Raimundo Gomes de Matos (PSDB), Odorico Monteiro (PT), Gorete Pereira (PR) e Adail Carneiro (PHS), este satisfeito pelo diálogo com a categoria e sem lembrar ataques sofridos, segundo ele, em recente ato realizado pela CUT e que dizia respeito ao projeto das terceirizações.

adillld

O deputado Adail Carneiro garantiu apoio e ganhou até aplausos.

O representante do Sindicato Nacional dos Advogados Públicos Federais, no Estado, Gomes Mororó, deu mais detalhes sobre o teor dessa emenda que, na prática, busca a isonomia salarial com carreiras da magistratura, Ministério Público Federal e Defensoria Pública da União.

[youtube]https://youtu.be/d2MAnJxvrM4[/youtube]