Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

STF nega pedido de liberdade para ex-tesoureiro do PT

“O desembargador convocado Newton Trisotto, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou pedido de liberdade feito pela defesa do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto. Trisotto não deu seguimento ao pedido, por considerar o habeas corpus incabível processualmente.

No STJ, a defesa de Vaccari alegou que a prisão de seu cliente foi decretada, no mês passado, pelo juiz federal Sérgio Moro com base em declarações falsas do doleiro Alberto Youssef e do ex-gerente de Serviços da Petrobras Pedro Barusco, delatores do esquema de corrupção investigado na Operação Lava Jato. Segundo eles, o ex-tesoureiro do PT recebeu propina de executivos de empreiteiras investigados pela Polícia Federal.

Os advogados de Vaccari afirmam que ele nunca pediu doações de origem ilícita e que todas as contribuições ocorreram de forma legal, por transação bancária.”

(Agência Brasil)

José Guimarães – Ajuste não vai retirar nenhum direito trabalhista

96 3

foto guimarães pt

Em entrevista nesta segunda-feira para os meios de comunicação, em Brasília, o líder do governo na Câmara, José Nobre Guimarães (PT), defendeu a aprovação das medidas provisórias de ajuste da economia como “fundamentais para a retomada do crescimento econômico”. E vai além: “não há retirada de nenhum direito trabalhista”. Confira:

PERGUNTA -Líder, a oposição tem dito que as medidas provisórias 664 e 665 retiram direitos dos trabalhadores. Qual a sua opinião sobre as duas matérias?

José Guimarães – É preciso que fique bem claro: as duas medidas provisórias de ajuste da economia brasileira não retiram direitos trabalhistas, apenas aperfeiçoam as regras de acesso aos benefícios previdenciários.

P – Mas elas mexem no seguro-desemprego, no seguro-defeso…

JG – O que estamos fazendo é aplicando mecanismos moralizadores aos programas. Por exemplo, a gente sabe que tem pessoas que trabalham seis meses, pedem demissão para conseguir o seguro-desemprego e continuam trabalhando sem carteira assinada. Quem paga essa conta? A sociedade! Existem municípios no Norte do país, por exemplo, que têm mais pescador do que morador na cidade. Por isso o governo teve que efetivar medidas a fim de coibir esses malfeitos. Mas não se retiraram direitos, como dizem os tucanos.

P – E nesta quarta-feira, dia 13, será votada a medida provisória 664, que trata dos benefícios previdenciários. Qual a sua expectativa?

JG – Será aprovada. Nós tivemos na semana passada uma convergência muito boa da base nas votações da 665 (medida provisória). Ganhamos em todas as votações. Nossas expectativas são as melhores possíveis, afinal, não é o governo que precisa da aprovação, mas sim, o país. A retomada do crescimento econômico, a manutenção dos programas sociais e a confiança do Brasil no mercado externo prescindem da aprovação dessas medidas, desse apoio do Congresso Nacional. Por isso estamos convictos de que os partidos aliados apoiarão com os seus votos à aprovação da MP. A base aliada dialogou muito sobre as propostas enviadas pelo governo. Foram dezenas de reuniões de ministros com parlamentares, com as centrais sindicais e com os movimentos sociais. Mais de 80% das demandas dos parlamentares, das centrais e dos movimentos foram atendidas pelos dois projetos de lei de conversão, portanto, foram aperfeiçoados através de um amplo e franco diálogo aqui na Câmara. Precisamos preservar as conquistas sociais dos últimos 12 anos, por isso vale a pena esse pequeno sacrifício nesse momento conjuntural em que vivemos.

P – Quais as mudanças que a MP 664 traz em relação ao texto original do governo?

JG – Na pensão por morte, por exemplo, reduzimos a exigência de contribuição de dois anos para 18 meses e mantivemos a exigência de dois anos de casamento ou união estável. Isso significa que casamentos ajeitados, de ocasião, não serão mais regras, como vinha acontecendo. Ou é justo que um cidadão que esteja no leito de morte case-se com alguém para que este alguém fique recebendo sua pensão para sempre? Quem paga a conta? Mais uma vez a sociedade. Por isso que precisamos moralizar também essa situação. Na MP foi mantido ainda o valor de 100% para a pensão por morte.

P – E como fica o pagamento do auxílio-doença?

JG – Foi mantido o texto da medida provisória, ou seja, para cálculo do benefício é considerado a média das últimas 12 contribuições. A empresa paga ao empregado o salário integral nos primeiros trinta dias de afastamento, além de permitir que, quando o INSS não tiver capacidade de realizar as perícias, poderá estabelecer convênios prioritariamente com o SUS, com os órgãos do Sistema S, com entidades privadas. Não há possibilidade de convênios com empresas onde o empregado trabalha.

P – E nos próximos dias deverá chegar à Câmara o projeto das desonerações na folha de pagamento. Qual o seu sentimento em relação às demais matérias?

JG – Temos confiança que estamos conseguindo o que chamo de governabilidade congressual. O pior já passou. Estamos dialogando com todos os partidos da base, e até da oposição. Mostramos que todas as medidas são necessárias para o país. Não acredito na política do quanto pior, melhor, como querem alguns. Fortalecemos a base para aprovarmos as medidas que consideramos corretas a fim de que a economia volte a crescer, o emprego também e a inflação seja mantida dentro da meta. E o projeto de lei da desoneração é mais um que será tratado com muito diálogo e atenção, ouvindo as centrais sindicais e os movimentos sociais. O conjunto dessas iniciativas dará ainda mais credibilidade ao país tanto no exterior, como também no ambiente interno .

Operação Lava Jato – PF indicia mais 30 por crimes de corrupção, lavagem e fraude em licitações

“A Polícia Federal (PF) indiciou hoje (11) 30 investigados na décima primeira fase da Operação Lava jato, deflagrada no mês passado. Eles foram indiciados pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, organização criminosa e fraude em licitações. Entre os acusados, estão três ex-parlamentares, que estão presos em Curitiba, na Superintendência da PF.

Em abril, a PF prendeu os ex-deputados federais André Vargas (sem partido-PR), Luiz Argôlo (SD-BA) e Pedro Corrêa (PP-PE), condenado na Ação Penal 470, o processo do mensalão. Nessa fase da operação, a Polícia Federal investiga suposto esquema de fraudes em contratos de publicidade do Ministério da Saúde e da Caixa Econômica Federal com a agência Borghi/Lowe.

O ministério nega qualquer irregularidade nos contratos. A Caixa disse que abriu investigação para apurar os fatos.”

(Agência Brasil)

 

Pensador Augusto Cury dará palestra na FIEC

cury

A Federação das Indústrias do Ceará (FIEC) já definiu o próximo convidado do seu Fórum de Debates, que ocorre mensalmente em sua sede, sempre a partir das 18h30min. A entidade fechou com o pensador Augusto Cury, nome dos mais respeitados no plano da educação e com vários livros publicados.

Cury é médico, psiquiatra, psicoterapeuta, doutor em psicanálise e escritor. Seus livros já venderam mais de 20 milhões de exemplares somente no Brasil, tendo sido publicados em mais de 60 países.

* Mais sobre Augusto Cury aqui.

Campus de Crateús terá concurso para professor efetivo

“A Universidade Federal do Ceará recebe, até 9 de junho, inscrições de candidatos a concurso público de professor efetivo (Assistente-A) para o Campus de Crateús, sendo que as unidades executoras do concurso serão centros e departamentos sediados no Campus do Pici, em Fortaleza.

Os interessados podem fazer a inscrição presencial ou pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, via Sedex. As vagas, setores de estudo e endereço para as inscrições são os seguintes: 

* Setor de estudo “Lógica, Teoria da Computação e Linguagens Formais e Autômatos”. Endereço para inscrições: Departamento de Computação – Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra – Bloco 910 – CEP: 60455-760 – Fortaleza-CE. Fones/Fax: (85) 3366 9841/3366 9847/3366 9837 e e-mail: secretaria@lia.ufc.br.

* Setor de estudo “Probabilidade e Estatística”. Endereço para inscrições: Departamento de Estatística e Matemática Aplicada – Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra – Bloco 910 – CEP: 60455-760 – Fortaleza-CE. Fones/Fax: (85) 3366 9840/3366 9836 e e-mail: dema@ufc.br.

* Setor de estudo “Expressão Gráfica, Topografia e Geoprocessamento”. Endereço para inscrições: Departamento de Engenharia de Transportes – Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra – Bloco 703 – CEP: 60455-760 – Fortaleza-CE. Fone/Fax: (85) 3366 9488 e e-mail: secretaria@det.ufc.br.

Nos três casos, o regime de trabalho é de 40 horas semanais com dedicação exclusiva. A taxa de inscrição é no valor de R$ 148,00 e o selecionado receberá remuneração mensal de R$ 5.945,98.

SERVIÇO

* Mais informações no Edital nº 91/2015 (http://bit.ly/1Pe88sU), publicado no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (www.progep.ufc.br).

(Site da UFC)

Defensores Públicos do Ceará lançarão campanha em defesa da população em situação de rua

117 1

SandraSá1

Sandra Sá preside a ADPEC

A Associação dos Defensores Públicos do Estado do Ceará (Adpec) realizará, no próximo dia 19, uma manhã de serviços voltados à população em situação de rua e catadores de material reciclável. O evento ocorrerá das 9 às 12 horas, no Centro de Pastoral Maria Mãe da Igreja (Avenida Dom Manoel, 339, Centro), marcando o lançamento da Campanha Nacional 2015, cujo tema é “Defesas Coletivas”.

O evento, cujo lema é “Defensores Públicos pela garantia de direitos à população em situação de rua e catadores”, tem como parceiros o Centro Nacional de Defesa dos Direitos Humanos da População em Situação de Rua e Catadores de material Reciclável, do Movimento Nacional da População de Rua no Ceará, e da Prefeitura de Fortaleza, através dos Centros de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centros Pop) unidades Benfica e Centro.

Durante a manhã de serviços, as pessoas terão esclarecimentos jurídicos, verificação processual, além de receber orientações e encaminhamentos para ter acesso a direitos básicos, como obtenção de registro de nascimento e serviços públicos de saúde e moradia. Haverá, ainda, testes de glicemia, tuberculose e HIV, aferição de pressão arterial, alimentação, corte de cabelo, etc.

Segundo a presidente da Adpec, Sandra Sá, a população em situação de rua foi escolhida para ser o foco da ação de lançamento da Campanha Nacional 2015 exatamente pela sua condição de maior vulnerabilidade dentre os assistidos pela Defensoria Pública.

Dependente químico em readmitido no emprego após decisão da Justiça do Trabalho

“O município de Crateús foi condenado a reintegrar um vigilante com dependência química dispensado por justa causa. O juiz do trabalho Raimundo Oliveira Neto acolheu o argumento do servidor público de que as faltas ao serviço que provocaram a demissão eram consequências de uma doença grave. Não se tratava de um ato de indisciplina. Com a decisão, o vigia voltou ao posto de trabalho.

“A dependência química é doença reconhecida pela Organização Mundial de Saúde, sob a denominação de transtorno mental e comportamental devido ao uso de substância psicoativa”, afirmou o juiz do trabalho Raimundo Oliveira Neto. Na sentença, ele destacou que a dispensa por justa causa foi um ato abusivo e discriminatório por parte do empregador.

A área jurídica de Crateús defendia que deu ao vigilante o direito de justificar as ausências. Foi aberto um processo administrativo disciplinar em setembro de 2013, com o objetivo de apurar o abandono do trabalho por parte do servidor. No entanto, como o vigia não apresentou defesa nem prestou esclarecimentos, o município decidiu dispensá-lo por justa causa.

Ao analisar o processo, o magistrado constatou que atestados médicos demonstravam que o município sabia que o vigia era dependente químico. Em outro processo administrativo realizado em 2011, havia laudos emitidos pelo Centro de Atenção Psicossocial de Crateús afirmando que o vigilante era dependente químico há mais de 14 anos.

“Ainda assim, nesse primeiro processo administrativo, o município concluiu por aplicar apenas uma advertência ao trabalhador, sem se importar com sua realidade pessoal, nem enfrentar, junto com o servidor, um tratamento eficaz ao problema de saúde”, conclui o magistrado. O município decidiu recorrer da decisão à 2ª instância da Justiça do Trabalho do Ceará.”

(Site do TRT-7ª Região)

Mercado financeiro estima inflação de 8,29% para este ano

“A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve terminar 2015 em 8,29%, na avaliação de analistas e investidores do mercado financeiro. A estimativa está no boletim Focus, pesquisa semanal com instituições financeiras divulgada hoje (11) pelo Banco Central (BC).

A projeção para o IPCA variou 0,03 ponto percentual em comparação à taxa de 8,26% da semana anterior. Para os preços administrados – que são os regulados pelo governo ou contrato, como o da gasolina e energia – é prevista alta de 13,2%, acima da projeção de 13,06% da semana anterior. Para 2016, analistas reduziram a previsão do IPCA de 5,6% para 5,51%.

O IPCA, calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mede a inflação de produtos e serviços comercializados no varejo, referentes ao consumo pessoal das famílias, com rendimento de um a 40 salários mínimos. Desde junho de 1999, o IPCA é o índice usado pelo Banco Central para o acompanhamento dos objetivos estabelecidos no sistema de metas de inflação.

A pesquisa prevê ainda para este ano atividade econômica ligeiramente mais retraída do que na pesquisa anterior. Os analistas mudaram a projeção para o Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e riquezas produzidos em um país), de queda de 1,18% para retração de 1,2%. A projeção de queda especificamente para a produção industrial foi mantida em 2,5%.”

(Agência Brasil)

Receita abre extrato na internet para quem quiser consultar eventuais pendências

“Os contribuintes que entregaram a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2015 podem consultar o extrato no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC), na internet, para verificar eventuais pendências e acompanhar a situação perante o Fisco. De acordo com o supervisor do Imposto de Renda, Joaquim Adir, mais da metade dos extratos foram liberados. “A maioria já está lá. Eu diria que em torno de 70% já estão liberados para consulta na página da Receita Federal.”

Para ter acesso ao extrato, o contribuinte deve localizar a página do e-CAC, no portal da Receita Federal na internet, onde estão também outras informações relativas ao Imposto de Renda. Quem enviou as informações e identificou algum erro deve fazer a retificação para não cair na malha fina.

Para utilizar o e-CAC, o contribuinte precisará ter um código de acesso gerado na própria página da Receita ou o certificado digital emitido por autoridade habilitada. Para gerar o código, terá de informar o número do recibo de entrega das declarações de Imposto de Renda dos dois últimos exercícios. A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones, que facilita a consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).

A Receita iniciará a liberação das restituições dentro de um mês. A consulta aos lotes deverá ocorrer até o dia 8 e o primeiro depósito na rede bancária foi programado para o dia 15 de junho. As restituições serão liberadas uma vez por mês até o dia 15 dezembro, totalizando sete lotes regulares, como ocorre todo ano.”

(Agência Brasil)

Novo “Zorra Total” estreou bem e ganhou sobrevida na programação da Globo

zorra-total-3

“O novo Zorra Total, da Globo, que estreou sábado aumentou ligeiramente a audiência da Globo na comparação com as edições anteriores do programa de humor.

Segundo o Ibope em São Paulo, a emissora registrou 19 pontos no horário entre 22h25 e 23h11. Na cidade, os últimos quatro Zorra registraram média de apenas 16 pontos de audiência.

No Rio, a oscilação foi ainda menor. A Globo também marcou 19 pontos, mas o antigo Zorra alcançou 18 pontos nos últimos quatro programas.”

(Veja Online)

Associações dos MP estaduais fazem lobby em Brasília

O presidente da Associação Cearense do Ministério Público (ACMP), Lucas Azevedo, participa, nesta terça e quarta-feira, em Brasília (DF), de reunião com o Conselho Deliberativo da Conselho Nacional de Associações do Ministério Público (CONAMP).

O encontro discutirá, entre os itens da pauta, a possibilidade de permuta entre membros do Ministério Público, medidas anticorrupção e análise da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 412/2009, que trata da organização da Polícia Federal e prescreve normas para autonomia funcional, administrativa e de elaboração de proposta orçamentária. Ainda em Brasília, o presidente visita aos parlamentares no Congresso Nacional.

O encontro tem como objetivo discutir proposições legislativas de interesse do MP que tramitam nas duas Casas do Parlamento.

Derby Club Sobralense fará grande leilão de cavalos na sexta-feira

omancarneiro

O presidente do Derby Club Sobralense, Oman Carneiro, anuncia realização de um grande leilão de animais PSI para a próxima sexta-feira. Ocorrerá nas dependências do Derby de Sobral, ocasião em que serão ofertados aos interessados 19 animais da raça PSI adquiridos pela direção do Derby no eixo Rio/São Paulo.

Dos 19 lotes que serão comercializados a partir das 19 horas, quatro são potros inéditos da geração 2013, que terão direito a participar da tríplice coroa 2016, de acordo com Oman. Os 16 restantes são animais em atividades.

SERVIÇO

* O remate será em 12 parcelas, sendo uma no ato da compra e as demais no dia 15 dos meses subsequentes.

* O leilão é aberto a todos os interessados de qualquer hipódromo.

O resgate da memória do circo no Ceará

pimenta

Palhaço Pimenta.

A Associação dos Proprietários, Artistas e Escolas de Circo do Ceará (Apaece) promoverá, a partir desta quarta-feira e em mais três quartas-feiras seguintes – até 3 de junho, quatro rodadas semanais dos “Diálogos Circenses”, junto aos principais personagens do circo no Estado. Acontecerá sempre das 14 às 17 horas, no Centro Cultural Banco do Nordeste (Centro), com o objetivo de desvendar a memória social da arte circense no Estado, 

Na primeira roda de conversa, o tema é “O viver e a criação em coletivo: famílias, trupes, companhias e circos”, quem vai tecer memórias é o Brandão (do Circo Halley e componente da terceira geração de circo da família Brandão, de Fortaleza); o Palhaço Pimenta (do Circo do Teatro Pimenta e um dos palhaços com mais tempo de atividade no Brasil, Prêmio de Mérito Artístico da Funarte/Carequinha, e Primeiro Mestre Cearense de Circo do Ceará, considerado um tesouro vivo da cultura); o Casimiro (do Circo Tropical) e o Palhaço Garrafa (Circo London), tendo o ator e dramaturgo Ricardo Guilherme e o produtor, articulador cultural e coordenador do projeto, Leandro Guimarães, como debatedores.

DETALHE – Os Diálogos Circenses integram o projeto Circo, Memória e Identidade, que tem nessa ação o patrocínio do Governo Federal, via Fundo de Direito Difuso, do Ministério da Justiça.

SERVIÇO

Centro Cultural Banco do Nordeste – Avenida Conde d’Eu, 560 – Centro.

Mais informações: (85)3081.2757.

CNJ – Mais de 230 mil processos de improbidade administrativa na prateleira do Judiciário

“Mais de 230 mil processos de improbidade administrativa e crimes contra a administração pública aguardavam julgamento pela primeira instância do Judiciário no ano passado, segundo levantamento do Conselho Nacional de Justiça.

A dimensão, porém, é ainda maior, pois os dados levam em conta apenas os processos que deram entrada na primeira instância até dezembro de 2012 e ainda aguardavam julgamento em 2014.

Desses processos, 77,6 mil foram decididos por juízes de primeiro grau no ano passado, enquanto outros 156,5 mil permaneceram sem julgamento. O retrato está no relatório das metas nacionais de 2014 do CNJ, divulgado na semana passada durante reunião preparatória para o Encontro Nacional do Judiciário.”

(Valor Econômico.

Cadeia para quem maltratar os animais

109 1

pit

O deputado federal Ricardo Tripoli (PSDB) aprovou na Câmara, com apoio de todos os partidos, um projeto de lei que prevê cadeia para quem maltratar animais.

Se o projeto for aprovado no Senado e sancionado por Dilma, as penas para quem matar cães e gatos, por exemplo, podem chegar a até três anos de detenção. A pena para quem promover rinhas seria de cinco anos.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Dilma e a continuidade de um projeto neodesenvolvimentista de conciliação de classes

Com o título “Lulismo: a maldição de um modelo”, eis arigo do professor
Uribam Xavier,do Departamento de Ciências Sociais da UFC. Ou seja, prossegue cumprindo o jogo do Capitalismo. Confira:

No que pese o Brasil ter conseguido, durante o governo Lula [2003-2010], uma projeção positiva na mídia internacional como um país emergente, a ponto de o presidente estadunidense [Barack Obama] ter dito que o Lula era “o cara”; no que pese, ainda, o fato de o governo gozar de prestígio político por explorar, de forma competente, o fato de ter oportunizado mecanismos que permitiram que milhões de pessoas saíssem da condição de miséria para pobreza, com acesso a certo grau de consumo, e, embora isso seja um grande feito, o governo manipula a realidade dizendo que esses miseráveis se tornaram classe média por estarem na faixa de renda mensal entre 291 a 1.019 reais. Não obstante esses fenômenos, paradoxalmente o governo petista de Lula e Dilma [2011-2014] permitir facilitar a criação de condições para que o capital nacional e transnacional possa explorar nossos recursos naturais [hídricos, terras, litoral, minérios e toda biodiversidade] impondo um processo de reconcentração de terras e a destruição do modo de vida e de ser dos nossos povos originários, camponeses, pescadores e quilombolas.

Em nossa epocalidade, ou seja, no Brasil do século XXI, as ameaças aos nossos bens naturais são praticadas pelos aliados do governo que se articulam em torno da Frente Parlamentar Agropecuária, mais conhecida por “bancada ruralista”. Essa frente é formada por representantes de latifundiários, usineiros, plantadores de soja, mineradores, criadores de gado, donos de madeireiras e de indústrias extrativistas, e são eleitos por vários partidos[PMDB, PP, DEM, PSD, PR, PTB, PDT, PPS, PSDB]. A aliança do governo petista com a bancada ruralista, embora crie paradoxos, não é uma contradição em essência, mas uma complementação necessária, pois as ações da bancada ruralista dão sustentação econômica ao projeto neodesenvolvimentista implantado pelo governo Lula e seguido por Dilma. O governo petista fez opção por um modelo de desenvolvimento baseado no agronegócio, na reprimarização da economia e na exportação de commodities. A bancada ruralista, como aliada estruturante desse projeto, controla dois ministérios importantes, cujas políticas implantadas rivalizam com os interesses de camponeses, povos indígenas e quilombolas: o Ministério da Agricultura e o de Minas e Energias.

É reconhecido por toda sociedade que, durante o governo Lula, setores pobres da sociedade ampliaram sua capacidade de consumo e obtiveram alguns avanços nas políticas de assistência social, mas o PT não vai além de uma política de negação das políticas neoliberais, pois não tem mostrado disposição para sinalizar com políticas anticapitalistas, seu projeto neodesenvolvimentista é um projeto de conciliação de classes. Segundo o editorial do jornal Brasil de Fato [edição de 18 a 24 de outubro de 2012], o neodesenvolvimentismo petista não é uma alternativa de natureza popular e não dissemina valores e posições históricas da esquerda, como a defesa da soberania nacional e a necessidade de efetivarmos mudanças estruturais na sociedade como a reforma agrária, tributária, urbana e outras. Portanto, o neodesenvolvimentismo não educa politicamente as massas para um projeto pautado nesse conjunto de reformas de natureza nacional, democrática e popular que dão conteúdo à esquerda.

Dilma Rousseff, eleita para o segundo mandato [2015-2018], indicou para o ministério da agricultura a senadora Kátia Abreu, empresária pecuarista e representante da bancada ruralista, que, no seu discurso de posse como ministra, declarou que no Brasil não havia mais latifúndios e que a reforma agrária seria algo pontual.

* Uribam Xaier, 

Professor do Departamento de Ciências Sociais da UFC.

UFC – Consulta para escolha de reitor e vice será no dia 18 de junho

jesualdofsarias

Jesualdo renunciou da UFC para ocupar a SESu/MEC

O Conselho Universitário (Consuni) da Universidade Federal do Ceará, já definiu a data da consulta para escolha do reitor e do vice-reitor, a partir da formação de lista trípplice: será no dia 18 de junho. As inscrições dos candidatos, mediante requerimento formalizado à Secretaria dos Órgãos Deliberativos Superiores, se darão a partir do dia 20 deste mês, das 8 às 12 horas, e das 14 às 18 horas

A Resolução nº 30 (http://bit.ly/1DWVK4y), que estabelece normas complementares ao Estatuto da UFC sobre o processo de consulta à comunidade universitária, já está à disposição.

Poderão candidatar-se a reitor e vice-reitor somente os professores da UFC ocupantes, no período destinado à inscrição, do cargo de professor titular ou de professor associado 4, ou que possuam o título de doutor e, ainda, 10 anos, no mínimo, de efetivo exercício do magistério superior na Instituição.

Estão habilitados a participar da consulta os integrantes das carreiras do magistério superior e do ensino básico, técnico e tecnológico da Universidade, exceto os professores aposentados, substitutos, visitantes e de licença para tratar de interesses particulares.

Também participam da consulta os alunos de graduação e pós-graduação stricto sensu regularmente matriculados, incluídos os alunos dos cursos a distância vinculados ao Instituto UFC Virtual, bem como os servidores técnico-administrativos, exceto aposentados e os de licença para tratar de interesses particulares.

DETALHE – O novo reitor será eleito em razão da renúncia de Jesualdo Farias, que ocupa agora a Secretaria de educação Superior do MEC, em Brasília.

(Com Site da UFC)

Em ranking surpreendente, Espanha lidera competitividade no turismo e Brasil avança 23 posições

A Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas do Rio no próximo ano impulsionaram o Brasil a investimentos em infraestrutura e conectividade, o que elevou o país para a 28ª colocação no ranking da competitividade no turismo, segundo o Fórum Econômico Mundial. Antes, o Brasil era o 51º lugar, entre 141 países avaliados.

Além do grande salto brasileiro, que coloca o país no topo da América Latina, a lista este ano traz uma outra surpresa. Pela primeira vez, a Espenha lidera o ranking, à frente da França, Alemanha, Estados Unidos, Reino Unido, Suíça, Austrália, Itália, Japão e Canadá, que completam os 10 melhores colocados.

O Fórum avalia 14 fatores para a atração e o trânsito de turistas, como estrutura aeroportuária, recursos naturais, segurança pública, ambiente de negócios e competitividade de preços. O Brasil se saiu mal na taxa de impostos.

(com informações da Folha)

Danilo Forte denuncia esquema de favorecimento para quem vota com o governo Dilma

119 3

foto danilo forte 150508 jornal nacional

O deputado federal cearense Danilo Forte (PMDB) denunciou durante o Jornal Nacional dessa sexta-feira (8) um esquema de “favorecimento” a políticos que votarem nas propostas do governo Dilma. Segundo Forte, o líder do governo na Câmara Federal, José Guimarães (PT-CE), teria acenado uma “gratidão” do governo para com aqueles parlamentares que seguirem a orientação da base governista. De acordo com Forte, a “gratidão” seria a liberação de cargos.

O líder do PMDB na Câmara Federal, deputado Leonardo Picciani (RJ), negou o esquema de “favorecimento”.

O Palácio do Planalto informou que o deputado cearense Danilo Forte teria indicado seis cargos no governo federal, mas não teria sido atendido em nenhum dos pedidos.