Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Marcos Lessa e Chambinho do Acordeon farão show em homenagem aos “Gonzagas”

BwQHRJrIMAAzqpr

O Theatro José de Alencar será palco, nesta quarta-feira, a partir das 20h30min, de show com dois nomes da música brasileira: O cantor e compositor Marcos Lessa e Chambinho do Acordeom, que viveu Luiz Gonzaga no filme “Gonzaga de Pai para Filho”

O show “Revivendo Gonzaguinha e Gonzagão” promete um mergulho no universo musical dos Gonzagas para apresentar ao público um repertório que entrelaça o caminho dos compositores e intérpretes que fizeram história na música popular brasileira.

Luiz Gonzaga e Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior, o Gonzaguinha, serão homenageados nesse espetáculo, que faz parte da temporada de divulgação do CD “Estradas – Um Tributo para Gonzaguinha”, lançado por Marcos Lessa no final de 2015.

SERVIÇO

* Theatro José de Alencar – Centro de Fortaleza.

* Ingressos: R$ 60,00 (meia R$ 30,00).

Boate Kiss – Três anos de uma tragédia sem presos ou indenização das famílias

“Três anos depois da tragédia que matou 242 pessoas na Boate Kiss, em Santa Maria, a Justiça brasileira ainda não conseguiu apontar culpados ou puni-los nem determinar indenizações às famílias de jovens mortos e vítimas sobreviventes. Na madrugada do dia 27 de janeiro de 2013, um incêndio na boate, causado por um artefato pirotécnico usado pelos músicos da banda que se apresentavam no local, chocou o Brasil com a morte de centenas de jovens, a maioria com menos de 25 anos.

Até o momento, os processos em fase mais avançada são os que tramitam contra os bombeiros Alex da Rocha Camilo, Daniel da Silva Adriano e Moisés da Silva Fuchs. Em dezembro do ano passado, o Tribunal de Justiça Militar do Rio Grande do Sul aumentou as penas às quais Moisés Fuchs e Alex Camilo tinham sido condenados na Justiça de Santa Maria. E ainda reverteu a absolvição de Daniel da Silva Adriano em condenação a 2 anos e 6 meses de reclusão.

Fuchs era o comandante do Corpo de Bombeiros de Santa Maria e teve a sentença inicial de 1 ano de prisão aumentada para 4 anos e 5 meses. Ele é acusado de prevaricação (deixar de cumprir deveres da função) por não ter punido um subordinado que administrava uma empresa de prevenção a incêndios e fez obras na Kiss, o que é proibido pela corporação. Além disso, como comandante, ele foi responsabilizado pela emissão dos alvarás de funcionamento da boate.

Daniel Adriano foi condenado pela emissão do primeiro alvará de funcionamento da boate, em 2009, e Alex Camilo pela emissão do segundo, em 2011. Em ambos os casos a Justiça entendeu que os alvarás não poderiam ter sido emitidos já que se tratava de um local de risco em que não havia plano de incêndio, rotas de fuga, sinalização de saída ou saídas de emergência e janelas para ventilação.

A condenação e o aumento das penas dos três militares, no entanto, ainda não significa punição. Os bombeiros podem apresentar embargos no próprio Tribunal Militar e recorrer ao Superior Tribunal de Justiça e até ao Supremo Tribunal Federal alegando questões de fundo constitucional em suas condenações. Eles permanecem em liberdade.”

* Da Agência Brasil, aqui.

BNB faz campanha e arrecada R$ 418 mil para projetos sociais

O Banco do Nordeste realizou campanha entre seus colaboradores, clientes e parceiros para incentivar a doação do imposto de renda devido, referente ao ano passado, a projetos sociais em benefício de idosos, crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social. A iniciativa contou com apoio de 390 colaboradores e angariou R$ 418 mil.

Institucionalmente, o BNB destinou, em 2015, R$ 2,4 milhões em recursos para o Fundo para Infância e Adolescência e para o Fundo dos Direitos do Idoso, valores também oriundos de impostos a pagar.

A verba arrecadada será revertida a 31 projetos distribuídos em toda a área de atuação do Banco e beneficiará 4 mil pessoas.

VAMOS NÓS – Quem disse que a turma de banco não tem coração?

Antero Coelho Neto, uma saudade que ficará nos meios universitários

Com o título “Antero Coelho Neto: uma perda muito sentida”, eis artigo do professor, médico e acadêmico Marcelo Gurgel. Uma homenagem a quem foi fundador e primeiro reitor da Universidade de Fortaleza. Confira:

Antero Coelho Neto nasceu em Fortaleza em 11/06/1931.
Graduou-se em Medicina em 1957, pela Universidade Federal do Ceará (UFC), como o melhor aluno da turma.

Foi Residente em Cirurgia da Casa de Saúde São Miguel, no Rio, em 1958. Em 1961, obteve a Livre-Docência em Cirurgia na Faculdade de Medicina da UFC.Foi Research Fellow in Surgery do Massachusetts General Hospital, e do Albert Einstein Medical Center, nos EUA.

Admitido no corpo docente da Faculdade de Medicina da UFC, em 1959, aposentou-se em 1992, como Professor-Adjunto IV, tendo exercido diferentes e relevantes atribuições acadêmicas.

Licenciou-se da UFC, de 1967 a 1972, para assumir o cargo de professor da Universidade de Brasília, ao nível de Titular, retornando à Fortaleza, para implantar a Universidade de Fortaleza, da qual foi Reitor, de 1973 a 1979.
Como expert na temática “Qualidade de Vida e Longevidade”, era amiúde solicitado a participar, como expositor, em cursos de especialização. Ministrou mais de uma centena de cursos em diferentes países.

A sua produção impressa de artigos e livros o posicionava entre os principais polígrafos do Ceará. Como polímata, foi responsável por cerca de quatrocentas conferências, palestras e trabalhos apresentados em congressos, seminários, workshops.

A experiência internacional, auferida como Consultor da Fundação Kelloggs, contribuiu para que viesse a ser contratado pela OMS/OPAS, organismos integrantes da ONU.

Do seu currículo, com cerca de dois mil títulos, identifica-se um excepcional elenco de consultorias e elaboração de projetos em Saúde, Educação, Recursos Humanos, Desenvolvimento Institucional, Planejamento e Qualidade de Vida.

De regresso à Fortaleza, já aposentado da OMS/OPAS, focalizou o seu empenho investigativo no campo da Qualidade de Vida, com especial referência à longevidade e à saúde do idoso.

Nas últimas três décadas, ele deu guarida à figura do educador comunitário e do homem da comunicação, engajado no esforço de propiciar ações educativas, com vistas à melhoria da qualidade de vida e de uma vida saudável às pessoas. Nesse aspecto, foi articulista regular de O Povo, produzindo artigos de opinião de intangível valor social.

Presidiu a Academia Cearense de Medicina e pertencia à Sobrames/CE, sendo um aclamado vate. Sua partida deste mundo menor, ocorrida ontem (18/01/16), deixa uma lacuna imensa no Ceará, que perde um dos seus mais talentosos cidadãos.

* Marcelo Gurgel Carlos da Silva,
Membro da Academia Cearense de Medicina e da
Sociedade Brasileira de Médicos Escritores – Regional Ceará.

Defensoria Pública da União revoga resolução que previa auxílio-moradia

“Depois de a LDO fixar de maneira bastante restrita a possibilidade de concessão do auxílio-moradia, a Defensoria Pública da União decidiu derrubar uma resolução interna que permitia o pagamento indiscriminado do benefício – tal como acontece no Judiciário e no Ministério Público.

De acordo com a presidente da Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais, Michelle Leite, não era mais possível se manter uma resolução interna de pé após a existência de uma lei, no caso a LDO, regulamentando o auxílio.

O gesto também tenta mostrar uma boa vontade como governo num ano de crise.

Apesar da ação dos defensores, juízes e membros do Ministério Público prometem seguir lutando para a manutenção do auxílio indiscriminado, beneficiando mesmo quem possui casa própria ou que não precisou mudar de cidade por força de seu trabalho.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

VAMOS NÓS – Ah, se esse exemplo fosse seguido por aqui também… É inadmissível que o Tribunal de Justiça e o MP mantenham esse absurdo de forma indiscriminada.

Contas externas fecharam 2015 com déficit superior a US$ 58 bilhões

“As contas externas fecharam 2015 com déficit de US$ 58,942 bilhões, de acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (26). Esse saldo negativo das transações correntes, que são as compras e as vendas de mercadorias e serviços e transferências de renda do país com o mundo, correspondeu a 3,32% de tudo o que o país produziu – Produto Interno Bruto (PIB). O resultado ficou abaixo da projeção do BC para o ano, de US$ 62 bilhões ou 3,48% do PIB.

No balanço das transações correntes, a conta de renda primária (lucros e dividendos, pagamentos de juros e salários) foi a que apresentou o maior saldo negativo, no ano passado: US$ 42,357 bilhões.

A conta de serviços (viagens internacionais, transportes, aluguel de equipamentos, seguros, entre outros) contribuiu para o resultado negativo, com US$ 36,978 bilhões.

A conta de renda secundária (renda gerada em uma economia e distribuída para outra, como doações e remessas de dólares, sem contrapartida de serviços ou bens) apresentou resultado positivo, de US$ 2,724 milhões.

A balança comercial foi a que mais contribuiu para reduzir o déficit das contas externas. No ano passado, o superávit comercial (exportações maiores que as importações) chegou a US$ 17,670 bilhões.

Renda

Mesmo assim, o país gastou além de sua renda. Quando isso ocorre, é preciso financiar esse resultado negativo com investimentos estrangeiros ou tomar dinheiro emprestado no exterior. O investimento direto no país (IDP), recursos que entram no Brasil e vão para o setor produtivo da economia, é considerado a melhor forma de financiamento, por ser de longo prazo.

Em 2015, o IDP chegou a US$ 75,075 bilhões e foi mais que suficiente para cobrir todo o déficit em transações correntes. Em 2014, esses investimentos foram maiores: US$ 96,895 bilhões, mas abaixo do saldo negativo em transações correntes que chegou a US$ 104,076 bilhões. O resultado do ano passado superou a projeção do BC, de US$ 66 bilhões.

O país registrou saída de investimento em ações negociadas em bolsas de valores no Brasil e no exterior e em fundos de investimento no total de US$ 98 milhões, em 2015. A saída de investimento em títulos negociados no país chegou a US$ 2,050 bilhões.”

(Agência Brasil)

Operação Zelotes – Dilma vai se manifestar como testemunha até o dia 5 de fevereiro

Dilma Rousseff: 'Do I look happy, Mr Obama?'

“O juiz Vallisney de Souza Oliveira, titular da 10ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal, determinou hoje (26) o prazo de 5 de fevereiro para que a presidenta Dilma Rousseff se manifeste como testemunha de defesa em ação penal na Operação Zelotes, que investiga suposto esquema de venda de medidas provisórias.

A data também vale para outras autoridades com foro privilegiado que foram arroladas como testemunhas de defesa na mesma ação penal. A lista inclui o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, os senadores Walter Pinheiro (PT-BA), Humberto Costa (PT-PE), José Agripino (DEM-RN) e Tasso Jereissati (PSDB-CE), os deputados José Carlos Aleluia (DEM-BA), Alexandre Baldy (PSDB-GO) e José Guimarães (PT-CE), e o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB).

No dia 20 de janeiro, quando o juiz autorizou o pedido para que a presidenta seja ouvida na ação, o Palácio do Planalto informou que não iria se manifestar sobre o assunto.

Os primeiros depoimentos de testemunhas indicadas por réus na Operação Zelotes começaram ontem (25). Para hoje (26), a previsão é que o juiz Vallisney de Souza Oliveira ouça mais quatro testemunhas. Há ainda a possibilidade de que a ré Cristina Mautoni Marcondes Machado também seja ouvida.

O ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República e ex-chefe de gabinete do ex-presidente Lula, Gilberto Carvalho, prestou ontem (25) depoimento como testemunha em ação penal da Operação Zelotes. Após o depoimento, Carvalho disse à imprensa que a denúncia de que houve compra e venda de medidas provisórias nos governos de Lula e da presidenta Dilma Rousseff é absurda.

“O que ofende o bom senso é essa acusação de que o governo federal, o Executivo, vendeu, trocou MP [medida provisória] por benefício. Isso é um absurdo total”, disse.

As investigações sobre a denúncia de compra de MPs foram feitas na Operação Zelotes, deflagrada pela Polícia Federal, em março do ano passado, para apurar suspeita de pagamento de propina a integrantes do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) visando anular ou diminuir débitos tributários de empresas com a Receita Federal.”

(Agência Brasil)

Carnaval 2016 – “Pimenta no Cunha dos outros é refresco”

pimenta

As tensões e o folclore que marcaram a política em 2015 se tornaram um prato cheio para a criatividade de foliões e viraram temas de sátiras e marchinhas de Carnaval. Um dos principais alvos dos blocos de rua deste ano no Distrito Federal é o próprio presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), atolado em denúncias na “Operação Lava Jato. O peemedebista inspirou a criação do bloco “Pimenta no Cunha dos outros é refresco”, que sairá no próximo dia 8 na Asa Norte, em Brasília.

O “Pimenta no Cunha dos outros é refresco” foi idealizado por um grupo de 20 amigos que têm em comum o descontentamento com as atitudes do presidente da Câmara. “É o bloco que a gente não vai poder repetir ano que vem, porque ele vai cair este ano”, aposta um dos organizadores.

* Do Congresso em Foco aqui.

Campus Party em São Paulo. Vai?

“Começa hoje (26) a Campus Party, evento de tecnologia, inovação e empreendedorismo que chega à sua nona edição, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, na capital paulista. São esperados, até domingo (31), 120 mil visitantes e 8 mil campuseiros, vindos de todo o Brasil e de 21 países.

O tema deste ano é Feel The Future (Sinta o futuro, em tradução livre para o português). Paco Ragageles, CEO e fundador da Campus Party, explica que em, no máximo 40 anos, 40% dos empregos formais, como conhecemos atualmente, serão dizimados. “Tudo poderá ser feito por máquinas, até a criatividade, vai ser feita melhor que por nós. A mudança vai ser tão gigante, que temos que pensar no futuro. A tecnologia vai acabar com os empregos, temos que pensar como reformular a sociedade”, disse.

O projeto Feel The Future terá uma fundação com mais de 1 mil especialistas, entre cientistas e sociólogos, focados em estudar quais tecnologias vão impactar as relações de emprego, quando se efetivarão e o que acontecerá com o planeta. “Vamos propor soluções para os desafios que vão chegar”, explicou.

Tonico Novaes, diretor-geral da Campus Party, disse que além do projeto, os visitantes terão a chance de conhecer 200 startups e receber orientações. “Ali é a chance de o jovem conseguir maior conhecimento para alavancar seu negócio, com a mentoria, as incubadoras”. O evento ainda traz trabalhos de universitários. “Temos grandes projetos que podem ser bem relevantes no futuro”, avaliou.

Campus Party em Brasília

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, participou da abertura da Campus Party em São Paulo e aproveitou para anunciar o lançamento do evento em Brasília, que está previsto para o segundo semestre de 2017. “Essa é uma vocação de Brasília, ser um grande centro de eventos culturais, esportivos, tecnológicos. Estamos estimulando muito as startups no Distrito Federal, tivemos R$ 5 milhões em promoção de startups. O evento será acolhido com muito entusiasmo por Brasília, especialmente pela juventude”, disse.”

(Agência Brasil)

VAMOS NÓS – Quando teremos um Campus Party no Ceará?

Ciro está com maturidade para voltar ao ringue político nacional?

219 2

Com o título “Ciro, Presidente”, eis artigo do advogado Reno Ximenes. Ele destaca qualidades do ex-governador e ex-ministro Ciro Gomes para a presidência da República.

O Ciro demonstra ser um raro gênio da política do Brasil, quando emerge no cenário nacional, recorrendo apenas da sua inteligência, chegando ao pé de igualdade, sozinho e com poucas fichas, em meio a líderes antigos, sustentados por meros discursos messiânicos ou pela oligarquia financeira brasileira.

Um político que não se protege na hipocrisia, para corresponder a expectativa populista dos vulneráveis, fonte de poder dos políticos comuns. Poderá ser o futuro Presidente da República, asseguro, sem qualquer exercício de bajulação, bairrismo ou irracionalismo político.

Outrora, eu afirmava indignado com a acomodação dele no Ceará, sustentando num artigo, que “o Ciro precisa se encontrar e perseguir o retorno ao seu espaço nacional, em face de sua histórica e inexorável genialidade, talento e coragem, sob pena de transformar as suas frustrações em ódios e ser soterrado em areias movediças, ambiente fatal, onde o movimento irracional e o desespero,  colaborará em favor de sua submersão definitiva..”

Fico sinceramente feliz, com o horizonte promissor que se apresenta, pois nunca tive compromisso com o rancor nem com o ódio, muito menos com aqueles que o odeiam. O seu retorno ao ringue político nacional, já com maturidade suficiente pra não cair nos constantes alçapões instalados,  assusta parte da elite paulista preconceituosa, egoísta, racista e autoritária.

O argumento que o chama de incoerente ou um indisciplinado iconoclasta, ao contrário de uma característica pejorativa, considero uma virtude intrépida fenomenal na política brasileira. Um líder político que possui o destemor de enfrentar tabus, ficções imaginárias e dogmas fascistas sociais, criados numa colônia subjugada ao extrativismo internacional e a sangria religiosa, merece todas as homenagens.  A coerência é o orgulho de obedientes funcionais. A coerência social é a mais recorrente retórica dos tolos adestrados, subterfúgio utilizado para justificar as suas constantes e próprias frustrações.

A sociedade não pode ser avaliada com uma ferrovia, que possui o equilíbrio, estabilidade e previsibilidade dos trilhos. Vista assim sempre chegaria em idênticos e bitolados destinos. Os excluídos do poder devem aprender, quanto maior for os destemperos linguísticos nos embates entre políticos, sinaliza que eles não estão partilhando interesses republicanos em silêncio.

Nesse choque verbal só quem ganha é a coletividade. O silêncio e a obediência aos códigos artificiais e diplomáticos de informação e linguagem, são regras éticas criadas pelas aristocracias ou  máfias. O chicoteado da língua na política, não pode ser visto sob o ângulo da inconveniência moral, pois há muitos efeitos benéficos em nome do bem comum. Em especial, a destruição do atual duelo advindo da nociva e enganosa polarização, composta de interesses corporativistas em guerra, entre a ambição conservadora do potentado especulativo e o pelego sindicalismo de resultados.

Por isso, vejo o Ciro um líder apresentado à nação, capaz de enfrentar e implodir a cadeia de privilégios fascistas, impregnados em todas as classes sociais, em algumas categorias profissionais e também em diversos  guetos estatais. Tais individualismos só oneram e atrofiam a capacidade de aceleração do Brasil, em sua busca incessante e definitiva por emancipação política, econômica e social, perante o mundo.

Uma frente republicana integrada de gente do bem – Requião, Jarbas Vasconcelos, Pedro Simon, Cristóvão Buarque, Roberto Amaral, Flávio Dino, Aldo Rebelo, Luiza Erundina, Eduardo Paes, Fernando Haddad, Marina Silva, Randolfe Rodrigues,  Eduardo Suplicy, Pedro Taques, dentre muitos outros,  traria de volta as massas às ruas, numa grande festa libertária e democrática pluripartiária, tão esquecida em face da falsa dicotomia instalada no Brasil.

Que as profecias bíblicas que anunciou o Ciro de outrora, O Grande, líder da Pérsia, una o Brasil de agora, encerrando mais uma vez uma farra pública, como fora suspensa pelo outro na época: a pródiga festa com o erário da Babilônia.

* Reno Ximenes,

Advogado.

Eunício Oliveira emplaca mais uma nomeação: Marlon Cambraia, ex-vice-prefeito da Era Juraci

369 6

Marlon-Cambraia

O advogado Marlon Cambraia foi nomeado para o cargo de secretário de Monitoramento e Controle da Pesca e Aquicultura do Ministério da Pesca e Aquicultura. A nomeação saiu, nesta terça-feira, no Diário Oficial da União.

Marlon Cambraia estava como presidente do Conselho de Ética do PMDB estadual. Já foi vice-prefeito de Fortaleza (Era Juraci Magalhães).

A posse ainda está para ser marcada, mas o padrinho da nomeação já se sabe: é o senador Eunício Oliveira.

Entre as várias nomeações já conquistadas pelo senador peemedebista, nesse clima de Governo Dilma Rousseff, estão o presidente do BNB, Marcos Holanda, RicardoFnelon, seu genro, para a diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), e César Pinheiro para o comando da Companhia Docas do Ceará.

marloon

ONG mexicana aponta Fortaleza como a 12ª cidade mais violenta do mundo

orla_de_fortaleza

Fortaleza apareceu como a cidade mais violenta do Brasil e a 12ª mais violenta do mundo. Isso num levantamento feito pela ONG mexicana Seguridade Justicia y Paz, que faz ranking envolvendo 50 cidades, das quais 41 na América Latina. O levantamento foi divulgado nessa segunda-feira.

Nesse ranking, de acordo com dados computado, aparecem 21 cidades brasileiras, oito da Venezuela, cinco do México, três da Colômbia, duas de Honduras, uma de El Salvador e uma na Guatemala. Constam na lista cidades também da Jamaica, EUA e África do Sul.

Ranking das cidades mais violentas

1° – Caracas (Venezuela) – 119.87 homicídios/100 mil habitantes
2° – San Pedro Sula (Honduras) – 111.03
3° – San Salvador (El Salvador) – 108.54
4° – Acapulco (México) – 104.73
5° – Maturín (Venezuela) – 86.45
6° – Distrito Central (Honduras) – 73.51
7° – Valencia (Venezuela) – 72.31
8° – Palmira (Colômbia) – 70.88
9° – Cidade do Cabo (África do Sul) – 65.53
10° – Cali (Colômbia) – 64.27
11° – Ciudad Guayana (Venezuela) – 62.33
12° – Fortaleza (Brasil) – 60.77
13° – Natal (Brasil) – 60.66
14° – Salvador e região metropolitana (Brasil) – 60.63
15° – ST. Louis (Estados Unidos) – 59.23
16° – João Pessoa; conurbação (Brasil) – 58.40
17° – Culiacán (México) – 56.09
18° – Maceió (Brasil) – 55.63
19° – Baltimore (Estados Unidos) – 54.98
20° – Barquisimeto (Venezuela) – 54.96
21° – São Luís (Brasil) – 53.05
22° – Cuiabá (Brasil) – 48.52
23° – Manaus (Brasil) – 47.87
24° – Cumaná (Venezuela) – 47.77
25° – Guatemala (Guatemala) – 47.17
26° – Belém (Brasil) – 45.83
27° – Feira de Santana (Brasil) – 45.50
28° – Detroit (Estados Unidos) – 43.89
29° – Goiânia e Aparecida de Goiânia (Brasil) – 43.38
30° – Teresina (Brasil) – 42.64
31° – Vitória (Brasil) – 41.99
32° – Nova Orleans (Estados Unidos) – 41.44
33° – Kingston (Jamaica) – 41.14
34° – Gran Barcelona (Venezuela) – 40.08
35° – Tijuana (México) – 39.09
36° – Vitória da Conquista (Brasil) – 38.46
37° – Recife (Brasil) – 38.12
38° – Aracaju (Brasil) – 37.70
39° – Campos dos Goytacazes (Brasil) – 36.16
40° – Campina Grande (Brasil) – 36.04
41° – Durban (África do Sul) – 35.93
42° – Nelson Mandela Bay (África do Sul) – 35.85
43° – Porto Alegre (Brasil) – 34.73
44° – Curitiba (Brasil) – 34.71
45° – Pereira (Colômbia) – 32.58
46° – Victoria (México) – 30.50
47° – Johanesburgo (África do Sul) – 30.31
48° – Macapá (Brasil) – 30.25
49° – Maracaibo (Venezuela) – 28.85
50° – Obregón (México) – 28.29

Governador assinará contrato do Programa Rota das Emoções

govoov

O governador Camilo Santana (PT) cumprirá agenda em São Luís (M), nesta manhã de terça-feira. Ele vai assinar o contrato de rateio para a reativação da Agência de Desenvolvimento Regional Sustentável da Rota das Emoções (Ceará, Piauí e Maranhão).

De acordo com o superintendente estadual do Sebrae, Joaquim Cartaxo, trata-se de uma agência que atuará no aprimoramento e na melhoria dos equipamentos e infraestrutura turística em 14 municípios que contam, entre atrações, com o eixo Jericoacoara (CE), Delta do Parnaíba (PI) e Lençóis Maranhenses.

Ainda nesta terça-feira, no Palácio da Abolição, às 15h30min, o governador Camilo Santana receberá o presidente da Vale, Murilo Ferreira. a Vale faz parte do consórcio que implanta a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP).

Dirigente do PSB quer parceria de Tasso nas próximas eleições

180 1

0805cd0201

Com o título “Para onde vai Tasso Jereissati?”, eis  artigo de Barros  Alves, escritor e secretário-geral do PSB do Ceará. Ele faz um avaliação da postura política do tucano e o convida a parceria com o PSB. Confira: 

A indagação do título em epígrafe bem que poderia ser desvestida do personalismo evidente. Algo como “Para onde vai o PSDB?” Ocorre que, sem nenhum demérito para as lideranças da social democracia no Ceará, o senador Tasso Jereissati assoma como o nome a quem todos escutam com grande respeito, mercê de suas inegáveis qualidades de político e administrador, cujos tato e tino já foram sobejamente demonstrados ao longo de sua trajetória como homem público que elevou o padrão ético na administração do Estado do Ceará.

Neste momento em que se abate sobre o Brasil uma crise ética e econômica sem precedentes na nossa história, Jereissati tem sido referência de firmeza e de prudência no Congresso Nacional. No Ceará todos sonham com o seu apoio nos embates político-eleitorais que se avizinham. O líder social-democrata, antes demonizado pela esquerda, hoje é cortejado por muitos assentados em todos os espectros político-ideológicos do nosso Estado, aí incluindo-se a mesma esquerda lulo-petista que o apedrejava.

Todavia, há que se firmar na ideia de que, pelo menos no Ceará atual, não há caminho mais iluminado para Tasso Jereissati e o PSDB do que o socialismo democrático com raízes no pensamento que, ao longo da história, se irmana de forma siamesa com a social democracia. Destarte, como o viés leninista, na primeira metade do século passado, afastou João Mangabeira e companheiros das utopias revolucionárias que ainda deleteriamente infestam alguns setores da esquerda brasileira, assim também os intelectuais que formaram o PSDB na década de 1980, buscaram uma saída radicalmente democrática com forte viés na estabilidade econômica e social e diálogo com o capitalismo, cujo fito é o de transformar as caducas estruturas que infelicitam o Brasil, modernizando-o.

As próximas eleições em Fortaleza constituirão indubitavelmente uma oportunidade para o PSDB reafirmar sua condição de partido com raízes fincadas em uma visão na qual o equilíbrio social caminha pari passu com o desenvolvimento econômico, sem triunfalismos, consoante o exemplo dado pelo governo Tasso Jereissati ao seu tempo.

Sendo mais claro: por mais que se queira desconstruir a atitude histórica, PSB e PSDB, na essência de suas formações ideológicas são semelhantes. Diria mais: PSDB tem no seu DNA o pensamento de Rui Barbosa, de João Mangabeira, de Evaristo de Morais, de Jamil Haddad, de Antônio Houaiss e tantos outros que ajudaram a construir a democracia brasileira, com ética e respeito aos sagrados valores da cidadania.

* Barros Alves
barrosalvespoeta@gmail.com

Jornalista e secretário-geral do Partido Socialista Brasileiro (PSB).

Custo da construção civil entra 2016 em alta

“O Índice Nacional de Custo da Construção do Mercado (INCC-M) iniciou o ano em alta ao atingir, neste mês de janeiro, variação de 0,32%, ficando acima do registrado em dezembro passado (0,12%). Houve elevações tanto no grupo de materiais, equipamentos e serviços, que subiu de 0,23% para 0,52%, quanto no índice referente à mão de obra, que passou de 0,02% para 0,15%.

Esses resultados referem-se à coleta de preços no período de 21 de dezembro de 2015 ao último dia 20. O INCC-M é calculado pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV). No acumulado dos últimos 12 meses, o índice registra aumento de 6,82% . A taxa relativa a materiais, equipamentos e serviços acumulou elevação de 6,55% e a mão de obra, de 7,06%.

Neste mês de janeiro, o custo da mão de obra foi influenciado pelo reajuste salarial do Recife e as antecipações em Salvador. Das sete capitais onde é feita a pesquisa, apenas o Rio de Janeiro apresentou queda no ritmo de reajuste, com alta de 0,2% ante 0,23%.

Em Salvador, o índice subiu 0,61%, depois de uma estabilidade em dezembro. No Recife, a taxa passou de 0,02% para 1,13%; em Brasília, de 0,13% para 0,17%; em Belo Horizonte, de 0,13% para 0,27%; em Porto Alegre, de 0,2% para 0,31%, e em São Paulo, de 0,11% para 0,25%.”

(Agência Brasil)

Ceará participa do Brasileirão Feminino de Futebol

caucaia

O Caucaia, time que representa o Ceará no Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, embarcou, nesta madrugada de terça-feira, para Belém (PA). Ali, a equipe enfrentará pela Chave 3, nesta quarta-feira, o Pinheirense.

Será a segunda partida do Caucaia, que lidera a chave após estreia, em seu campo, goleando por 5 a 0 o Vitória da Bahia. O clube cearense, comandado pelo técnico Antônio Sérgio, viajou confiante em mais uma vitória. Ele lidera a chave pelo saldo de gols.

Além do Caucaia, Vitória da Bahia e Pinheirense, ainda estão na Chave 3 as equipes do Foz Cataratas (PR) e o São José (SP).

O certame conta com 20 clubes divididos em quatro grupos de cinco equipes. Os dois melhores de cada chave avançam, com quatro grupos. As disputas se estenderão até 25 de maio.

(Foto – Paulo MOska)

Sisu 2016 – Matrícula dos selecionados termina nesta terça-feira

“Hoje (26) é o último dia para que os estudantes que conseguiram uma vaga por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) façam a matrícula nas instituições públicas de ensino superior. Nesta etapa, cabe ao estudante selecionado verificar, na instituição de ensino em que foi aprovado, o local, horário e os procedimentos para a matrícula. Ao todo, 2.712.937 candidatos se inscreveram. A concorrência geral foi de 23,1 candidatos por vaga.

Aqueles que não foram selecionados na chamada regular podem participar da lista de espera até o dia 29 de janeiro. Também pode participar da lista o candidato selecionado para o curso que escolheu como segunda opção. A adesão à lista de espera deve ser feita no portal do Sisu.

Para aderir, o estudante acessa o sistema e, em seu boletim, precisa clicar no botão que corresponde à confirmação de interesse em participar da lista de espera. Ao finalizar, o sistema emite uma mensagem de confirmação.

A convocação para matrícula dos candidatos em lista de espera começa no dia 4 de fevereiro. Na lista de espera, a convocação cabe às próprias instituições de ensino.

O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação por meio do qual os estudantes participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) concorrem a vagas de ensino superior em instituições públicas. Nesta primeira edição de 2016 foram ofertadas 228 mil vagas em 131 instituições.”

(Agência Brasil)

Dilma reativará Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social

foto dilma desespero

“Com o tema Repactuação dos Caminhos para o Desenvolvimento, a presidenta Dilma Rousseff reativa nesta semana o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o Conselhão. O órgão consultivo, formado por 90 representantes da sociedade civil, do empresariado e das centrais sindicais, não se reúne desde julho de 2014.

O foco das atividades do Conselhão será a busca de sugestões a serem adotadas pelo governo para retomar a confiança na economia brasileira em curto e médio prazos. Na primeira reunião, nesta quinta-feira (28), Dilma vai discursar no encerramento das discussões, propondo que sejam criados grupos de trabalho no âmbito do órgão para debater, entre outros, temas como a reforma da previdência. A possibilidade de o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço ser usado como garantia de empréstimos também poderá ser discutida pelos integrantes do órgão.

O governo pretende enviar, no primeiro semestre, uma proposta ao Congresso Nacional com o objetivo de sanar o déficit no setor. A presidenta tem dito que uma das possibilidades é aumentar a idade mínima para aposentadoria, solução criticada por representantes dos trabalhadores. No Conselhão, ela poderá receber contribuições de integrantes como o presidente da Central Única dos Trabalhadores, Vagner Freitas.

Pela primeira vez, o órgão também vai contar com a participação de um representante dos empregados domésticos. Creuza Maria Oliveira, presidenta da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas, participará das discussões do órgão. A presença do ator Wagner Moura já foi confirmada, representando a Organização Internacional do Trabalho, ligada às Nações Unidas.

Convidado por Dilma para participar do órgão, o vice-presidente Michel Temer não vai comparecerá no primeiro encontro devido às viagens que já havia agendado anteriormente. Na semana passada, ele sugeriu à presidenta que o retorno do Conselhão seja uma oportunidade de o governo escutar o setor empresarial e acatar as propostas viáveis.

Nomes de peso da economia nacional também vão compor o Conselhão, como Benjamin Steinbruch (presidente da Companhia Siderúrgica Nacional), José Paulo Lemann (um dos sócios controladores da multinacional AB InBev), e Luiz Carlos Trabuco (diretor-presidente do Bradesco).

A repactuação do diálogo será o principal objetivo da retomada das atividades do Conselhão. Durante o encontro desta semana, além de Dilma e de ministros, vão discursar representantes dos empresários, dos trabalhadores e da sociedade civil. A formação definitiva do órgão ainda não está fechada, mas deve ser divulgada pelo Palácio do Planalto até esta quarta-feira (27).”

(Agência Brasil)