Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Operação Lava Jato – PF conduz tesoureiro do PT para prestar depoimento

joao-vaccari-neto-01-size-598

A Polícia Federal, em nova fase da Operação Lava Jato, conduziu, nesta quinta-feira, em São Paulo, o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, para prestar depoimento.

A PF está cumprindo 62 mandados judiciais, dentro da investigação sobre casos de corrupção na Petrobras.

Também foram feitas buscas na casa de Vaccari, que foi citado em depoimento pelo doleiro Alberto Youssef como “operador do esquema no PT”.

Os mandados judiciais são cumpridos em São Paulo, Rio, Bahia e Santa Catarina.

(Com Agências)

Alô, Petrobras! Transferência da tancagem para o Pecém abriria polo turístico no Mucuripe

Do Blog do economista Marcos Holanda, ex-diretor-geral do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), mais uma contribuição dele para o debate sobre o cancelamento da refinaria cearense. Com o título “Refinaria: Já que não trouxe a Mas, que leve a Mini. Confira:

A decisão da Petrobras de não trazer a refinaria max (premium) para o Ceará é um fato consumado. O Estado tem todo o direito de protestar e exigir ressarcimentos pelos investimentos já realizados. Ele pode, no entanto, fazer mais: deve exigir, de forma definitiva, que a Petrobras transfira a minirrefinaria que mantém no Porto do Mucuripe. Essa transferência, antes de mais nada, corrigiria uma aberração em termos de segurança que é ter um equipamento do gênero em uma área urbana densamente povoada.

O ganho maior seria o econômico, pois a transferência da minirrefinaria e do parque de tancagem associado a ela abriria espaço para o desenvolvimento de uma área urbana supernobre.

Essa área esta localizada em um dos locais mais bonitos de Fortaleza, já dispõe de boa infraestrutura urbana – inclusive de mobilidade com o futuro VLT, tem apelo histórico cultural com o farol do Mucuripe e esta conectada com o novo terminal de passageiros do porto. Tem tudo para ser explorada como um polo de hotelaria e de serviços.

No que tange a serviços, é uma área bastante próxima dos terminais de chegada dos cabos submarinos de comunicação que ligam o Brasil com a Europa e Estados Unidos, podendo se transformar em polo de serviços digitais de primeira linha. Um planejamento urbano do tipo do que esta fazendo o Rio de Janeiro com o “Porto Maravilha” pode viabilizar um polo de espaços comerciais, de serviços e de lazer.

Em resumo, já que a Petrobras não quer ajudar no nosso desenvolvimento, que ela deixe de atrapalhar.

Refinaria Cancelada – OAB/RMF divulga nota cobrando medidas judiciais para ressarcir Estado

A diretoria do OAB/Subseção Região Metropolitana de Fortaleza aprovou nota de repúdio á Petrobras, que cancelou o projeto da refinaria cearense. A entidade se diz indignada com o fato e cobra medidas judiciais para que o Estado seja ressarcido no que investiu nesse processo. Confira:

NOTA PÚBLICA

A Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção Região Metropolitana de Fortaleza (OAB-RMF) repudia o anúncio feito pela Petrobras sobre o fim dos investimentos no projeto da refinaria Premium II, em São Gonçalo do Amarante, no último dia 21 de janeiro de 2015. Apesar dos compromissos formais existentes entre os governos, federal e do Estado do Ceará, a decisão da Petrobras significa uma verdadeira provocação ao povo cearense, pois, sua implantação constituiria, sem dúvidas, um fator de estímulo significativo ao desenvolvimento local e regional.

O Ceará não é responsável pela má gestão ocorrida nos últimos anos e muito menos pelos atos de grande corrupção que existiram na Petrobras, principal empresa do Brasil, que por muito tempo, foi orgulho do povo brasileiro.

Assim, a OAB-RMF faz um apelo à sociedade cearense, ultimando a união de todos, independentemente de opções ideológica ou política, objetivando a retomada dos investimentos para a implantação da Premium II. Os cearenses não podem ser penalizados pelos desmandos da gestão da Petrobras, não sendo, portanto, justo fazê-los pagar por isso.

Persistindo tal impossibilidade, a OAB-RMF exige que o Governo do Estado do Ceará adote as medidas judiciais cabíveis em face dos responsáveis a fim de ressarcir aos cofres públicos os prejuízos suportados. Sugere, por fim, a todos que se sentiram prejudicados que busquem a tutela Jurisdicional, pois, assim, nós cearenses, seremos respeitados.

* Raphael Pessoa Mota,
Presidente da OAB-RMF.

Serra quer convocar ministro para explicar sobre concessão de empréstimos do BNDES

74 1

serraj

“Será pelas mãos do senador José Serra (PSDB/SP) o primeiro requerimento de convocação de Joaquim Levy ao Congresso.

Serra quer que o ministro explique a política de concessão de empréstimos a taxas de juros baixas pelo BNDES diante do cenário de rigor fiscal.

Cobrou Serra:

– Não sou contra essa política, mas quero que o governo explique. Não existe um governo do Levy e outro da Dilma. O governo é um só.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Operação Lava Jato – Polícia Federal inicia nova fase da investigação

“A Policia Federal (PF) deflagrou na manhã de hoje (5) nova fase da Operação Lava Jato, que investiga desvios de recursos na Petrobras. Cerca de 200 agentes federais e servidores da Receita Federal cumprem 62 mandados judiciais em São Paulo, no Rio de Janeiro, na Bahia e em Santa Catarina.

Ao todo, são 18 mandados de condução coercitiva, um de prisão preventiva, três de prisão temporária e 40 de busca e apreensão. Segundo a PF, a nova fase foi originada a partir da colaboração de um dos investigados, documentos e contratos apreendidos em fases anteriores, além de informações prestadas por uma ex-funcionária de empresa que foi alvo da operação.”

(Agência Brasil)

Dólar passa de R$ 2,74 e atinge o maior valor em 10 anos

dolar

“Em um dia de bastante turbulência nos mercados internacionais, a moeda norte-americana encostou em R$ 2,75 e fechou no maior valor em dez anos. O dólar comercial subiu 1,78% (R$ 0,048) e encerrou a sessão vendido a R$ 2,742. A cotação é a mais alta desde 17 de março de 2005, quando tinha fechado em R$ 2,752.

A moeda registrou alta durante todo o dia, mas a cotação acelerou-se a partir das 11h, depois que a renúncia da presidenta da Petrobras, Graça Foster, e de cinco diretores da empresa foi oficialmente confirmada. Na máxima do dia, por volta das 16h, o dólar foi vendido a R$ 2,748.

Também contribuiu para a alta da moeda a divulgação de que a economia norte-americana gerou mais empregos em dezembro do que o inicialmente informado. No último mês de 2014, os Estados Unidos criaram 253 mil postos de trabalho, contra 12 mil inicialmente informados.

Uma recuperação mais forte da atividade nos Estados Unidos abre caminho para que o Federal Reserve (Fed), Banco Central norte-americano, aumente os juros da maior economia do planeta. Juros mais altos nos Estados Unidos reduzem o fluxo de recursos para países emergentes, como o Brasil, pressionando o dólar para cima.

(Com Agência Lusa)

CPI da Petrobras pode ser criada até segunda-feira

A criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras deverá ser assinada pelo presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), até o início da próxima semana.

A Secretária-Geral da Mesa da Câmara conferiu as assinaturas, e considerou válidas 182, 11 a mais do que as 171 necessárias, e entendeu que há fato determinado para a criação da CPI. Caberá agora ao presidente da Câmara criar a comissão.

O líder do PSDB, deputado Carlos Sampaio (SP), disse ter conversado com o presidente da Câmara sobre a criação da CPI, e que isso acontecerá rapidamente. “Existe o compromisso do presidente Eduardo Cunha de criar a comissão até segunda-feira (9).”

Assinado o ato de criação, ele terá que ser lido em plenário e dado um prazo para os líderes partidários indicarem os seus representantes na CPI. Serão 25 membros titulares e igual número de suplentes.

O pedido de criação da CPI foi apresentado ontem à noite na Secretária-Geral da Mesa da Câmara pelos partidos de oposição. A oposição propõe investigar “a prática de atos ilícitos e irregulares no âmbito da Petrobras, entre os anos de 2005 e 2015, relacionados a superfaturamento e gestão temerária na construção de refinarias no Brasil, à constituição de empresas subsidiárias e sociedades de propósito específico pela Petrobras com o fim de praticar atos ilícito

Odorico Monteiro ocupa tribunal e reafirma luta pelo fortalecimento do SUS

odricoco

Após 25 anos de trabalho no executivo, onde foi secretário de saúde de quatro cidades cearenses e secretário estratégico do Ministério da Saúde, o médico e pesquisador da Fiocruz, Odorico Monteiro, fez sua estreia na Câmara dos Deputados.

Em pronunciamento no plenário, Odorico reafirmou, nesta quarta-eira, seu compromisso de vida pela melhoria da saúde pública. O parlamentar agradeceu os 121.640 votos espalhados pelo Ceará e defendeu o fortalecimento do SUS e seus servidores, além de prometer uma luta incessante pelo financiamento estável do Sistema.

“O Brasil é o único País do mundo com mais de 100 milhões de habitantes, que possui um sistema universal de saúde. Avançamos, mas ainda temos que lutar pela melhoria do Sistema e na consolidação da ideia que trata saúde não só como ausência de doença, mas também como qualidade de vida”, destacou em sua fala Odorico Monteiro.

(Foto – Agência Câmara)

Camilo recebe em audiência Gilberto Kassab

kassabb
O governador Camilo Santana (PT) vai receber, nesta quinta-feira, no Palácio da Abolição, o ministro das Cidades, Gilberto Kassab. O encontro não teve agenda divulgada.
Questões relacionadas ao atraso nos repasses do Programa Minha Casa, Minha Vida que está em execução no Estado – cerca de 35 mil unidades, com  certeza, entrará na conversa.
Partido Liberal
Mas, paralelo a isso, será hora também de um balanço sobre a formação do Partido Liberal no Ceará. Por aqui, a sigla é turbinada pelo Governo e tem como presidente da comissão provisória o médico Aramicyr Pinto.
Kassab, bom destacar, comanda o PSD que, no Estado, teve organização bancada pelo ex-governador Cid Gomes. Na presidência estadual, Almiciyr Pinto, ex-chefe de gabinete do Abolição.

CPMI da Petrobras – Oposição consegue assinaturas para instalar nova comissão

93 1

“A oposição conseguiu o número necessário de assinaturas para criar mais uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) na Câmara dos Deputados para investigar denúncias de corrupção e desvio de dinheiro na Petrobras. São necessárias 171 assinaturas para criar uma CPI, e a Secretaria-Geral da Mesa Diretora da Câmara confirmou hoje (4) 182 assinaturas.

Agora, o próximo passo para a instalação da CPI é a leitura do requerimento no plenário pelo presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Em seguida, os líderes partidários terão prazo de até cinco sessões ordinárias para apresentar os nomes dos integrantes da comissão, como prevê o regimento da Casa. Se algum partido deixar de indicar representante para a CPI, caberá a Eduardo Cunha fazê-lo. Sem definir uma data, Cunha já avisou que fará o que prevê o regimento e determinará a instalação da comissão de inquérito.

A oposição considera a criação de uma CPI exclusiva da Câmara estratégica para diminuir a força do governo, maior no Senado. “A CPI da Câmara pode ter muito mais força. A CPI do Senado sempre é chapa branca”, disse o líder do PSDB, Carlos Sampaio (SP), que protocolou o pedido. Ele não descarta, no entanto, a criação de uma comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI).

Sampaio acrescentou que uma das primeiras ações da oposição na CPI será pedir todas as provas colhidas pela CPMI Mista da Petrobras, encerrada em dezembro de 2014, inclusive os autos da Operação Lava Jato.

O presidente do PT, Rui Falcão, disse que o partido não teme a CPI ou outra investigação. Falcão ressaltou que os desvios na Petrobras já são objeto de investigação por outros órgãos. “Tudo o que havia para ser investigado tem sido investigado à exaustão pelo Ministério Público, pelo Judiciário, pela Polícia Federal, pelo juiz Sérgio Moro.”

(Agência Brasil)

Partido Solidariedade pede inconstitucionalidade de MPs que mexem em benefícios trabalhistas

O Partido Solidariedade, a Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM) e a Força Sindical ajuizaram no Supremo Tribunal Federal (STF) Ações Diretas de Inconstitucionalidade que questionam as Medidas Provisórias 664 e 665, editadas pela presidente da República em 2014. As medidas baixadas por Dilma reduzem em 50% a pensão por morte, obrigam as empresas a pagar os 30 primeiros dias de afastamentos por motivo de doença, elevam de seis para 18 meses o tempo de trabalho para pedir ao seguro-desemprego, parcelam e reduzem o abono do PIS e mudam o seguro-defeso para o pescador artesanal.

As ações alegam que a edição das MPs violou o artigo 62, caput, da Constituição Federal (CF), diante da ausência do pressuposto de urgência, requisito constitucional para a adoção de medidas provisórias, e defendem que a função legislativa atribuída excepcionalmente ao Poder Executivo deve ser condicionada “à ocorrência de conjunturas extremas”.

“O uso desse instrumento na ausência daqueles pressupostos estará a caracterizar autêntica agressão ao princípio de divisão e integração harmônica entre os Poderes do Estado”, afirma o Solidariedade. Para o partido, não há urgência para justificar a medida provisória. Além disso, as alterações “empreenderam uma verdadeira minirreforma previdenciária”, modificando leis que estão em vigência há anos.

A CNTM e a Força Sindical ressaltam que os benefícios previdenciários disciplinados pelas duas medidas provisórias se estendem “por longo tempo, até por anos, muito além do exíguo prazo constitucional de 60 dias, prorrogável por igual período”. Um dos critérios para a não caracterização da urgência, segundo as entidades de classe, “é se a aplicação da matéria disciplinada ficar diferida no tempo, justamente por conta da exiguidade de
seu prazo constitucional”.

De acordo com as ações, as MPs, com exceção da parte em que altera a regra relativa a pensão por morte, não terão incidência imediata, pois entrarão em vigor somente nos próximos meses. “Claro e evidente, no caso, o excedimento, pelo Poder Executivo Federal aos limites constitucionais colocados à adoção de medidas provisórias, configurando verdadeiro excesso de Poder”, conclui o Solidariedade.

(Com Site do SD)

Cid Gomes bota o pé na estrada para conhecer a realidade educacional do País

63 2

cidgomess

O ministro da Educação, Cid Gomes (Pros), começou a perambular pelo Brasil para conhecer a realidade da educação nos Estados. Na sexta-feira passada, almoçou com o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão.

Por falar em Cid, ele j[a bateu o martelo e vai nomear o professor Manuel Palácios, da Universidade Federal de Juiz de Fora, para a Secretaria de Educação Básica.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Presidente nacional do PDT cumprirá agenda em Fortaleza nesta quinta-feira

lupi

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, cumprirá agenda em Fortaleza, nesta quinta-feira. Ele desembarcará por volta das 10 horas e seguirá para a sede do partido onde gravará para a Rádio Legalidade, da sigla. Depois, Lupi almoçará com dirigentes partidários no Marina Park Hotel.

Na parte da tarde, Carlos Lupi será recebido em audiência, no Paço Municipal, pelo prefeito Roberto Cláudio. Em seguida, ele se reunirá, a partir das 17h30min, com o diretório estadual na sala de comissões da Assembleia Legislativa.

No mesmo local, a partir das 19 horas, será a vez de Lupi abonar cerca de 50 novas adesões ao partido. O retorno dele para o Rio ocorrerá no dia seguinte.

Camilo diz para Revista FIEC que vai fazer o Acquario e a Ponte Estaiada

foto camilo santana

Já saiu a primeira edição da Revista FIEC da gestão Beto Studart. Na publicação, sob responsabilidade da Federação das Indústrias do Ceará, o destaque é uma entrevista com o governador Camilo Santana (PT).

Camilo afirma que nunca defendeu a volta da CPMF, mas que sua postura sempre foi na defesa de recursos exclusivos para a área da saúde.

O governador diz ainda na entrevista que, apesar do ano difícil, o Governo mantém a intenção de manter os projetos dos Acquario do Ceará e da Ponte Estaia. Considera projetos estratégicos para qualificação do turismo do Estado.

Sobre 2015 ser ano difícil, Camilo disse que só temia se houvesse seca, porque o problema não seria de verbas, mas de onde tirar água.

DETALHE – A entrevista foi feita com Camilo em janeiro, bem antes dos prognósticos da Funceme sobre escassez de chuva.

Por uma filial do ITA no Ceará

nazareno

Nazareno e sua mulher, a educadora Herbênia Oliveira.

O professor Nazareno Oliveira, controlador da Rede Master de Ensino, está apregoando uma luta que merece todo apoio: a conquista de uma filial do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) para o Ceará.

“Quase a metade aprovados anualmente no ITA é do Ceará”, explica o professor que, inclusive, já esteve expondo a ideia para Fernando Mendonça, criador do ITA.

Nazareno vem contando não só com o apoio do segmento, mas de alguns empresários. Falta, no entanto, a classe política começar a se mobilizar e assumir essa boa briga, como, por exemplo, o próprio ministro da Educação, Cid Gomes.

Sem dúvida, uma unidade do ITA seria o mesmo que o Estado conquistasse a sua “Refinaria do Saber”.

(Foto – Paulo MOska)

Pedidos de falência das empresas caem 11,7%

“Os requerimentos de falências somaram, em janeiro, 113 pedidos em todo o país, uma queda de 11,7% em relação a dezembro, mostra a empresa de consultoria Serasa Experian. Na comparação com janeiro de 2014, o número de pedidos caiu 8,9%. Dos 113 requerimentos de falência de janeiro, 65 vieram de micro e pequenas empresas, 22 de médias empresas e 26 de grandes empresas.

Os requerimentos de recuperações judiciais aumentaram 39,6% em janeiro, quando comparados ao mês anterior. Foram 74 solicitações no primeiro mês deste ano, contra 53 em dezembro. As micro e pequenas empresas lideraram os requerimentos de recuperação judicial com 48 pedidos, seguidas pelas médias grandes empresas, com 13 pedidos cada.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, a queda dos pedidos de falências em janeiro, na comparação com dezembro, é reflexo do impacto positivo no caixa das empresas das vendas de final de ano.”

(Agência Brasil)