Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Paes de Andrade – “Um dos emedebistas mais intransigentes na luta pela democracia”

O senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) lamentou, nesta quarta-feira, a morte de Paes de Andrade. Ele destacou a firmeza democrática do ex-deputado e sua luta contra a ditadura militar.

“Eu tinha, por Paes de Andrade, um enorme apreço. Um apreço com base em suas virtudes: um homem culto, de grande cultura jurídica, de grande cultura histórica. Paes de Andrade integrava a ala dos emedebistas mais intransigentes na luta pela democracia”, disse o parlamentar.

Ministro da Integração Nacional vai liberar verbas para a seca em ato com Camilo Santana

unnamed (4)

O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, estará em Fortaleza, nesta sexta-feira, Vem assinar protocolo de intenção com o Governo do Estado, informa o líder do Pros na Câmara, Domingos Neto. O parlamentar foi recebido em audiência pelo ministro.

Na ocasião, Domingos Neto entregou uma cópia do projeto de lei de sua autoria que dá ao trecho da Transposição do Rio São Francisco no Ceará o nome do deputado estadual falecido Welington Landim.

“O momento não podia ser mais oportuno”, disse Domingos Neto, adiantando que Occhi autorizará, em ato com o governador Camilo Santana, no Palácio da Abolição, a liberação R$ 90 milhões para obras de abastecimento nas margens do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco beneficiando as comunidades rurais, quilombolas e indígenas.

(Foto – Divulgação)

De José Guimarães sobre Paes de Andrade: “Perdemos um democrata convicto, um construtor de sonhos”

PAES-DE-ANDRADE-22-410x439

O líder do Governo na Câmara dos Deputados, José Nobre Guimarães (PT), manda nota destacando a trajetória de Paes de Andrade, que morreu nesta quarta-feira, em Brasília. Confira:

O Ceará despede-se de um grande político: Paes de Andrade. Destacou-se no cenário nacional não somente pelo papel político que desempenhou – tendo sido eleito pelo povo cearense diversas vezes deputado – como também pelo prestígio na diplomacia brasileira – quando foi embaixador do Brasil em Portugal.

Paes de Andrade foi presidente da Câmara dos Deputados entre 1989 e 1991, assumindo por diversas vezes a Presidência da República. Em uma dessas ocasiões, sancionou projeto de construção do açude Castanhão, obra de extrema importância para o povo cearense.

Meus sentimentos de solidariedade à família Paes de Andrade. Perdemos um democrata convicto, um construtor de sonhos. O Brasil perde! Deixamos nosso sincero, forte e caloroso abraço.

* José Nobre Guimarães,

Líder do Governo na Câmara dos Deputados.

Presidente da Assembleia destaca um Paes de Andrade de “reconhecido espírito público”

O presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (Pros), distribuiu nota lamentando a morte de Paes de Andrade. Confira:

“A sociedade cearense lamenta profundamente o falecimento do ex-deputado estadual, ex-presidente da Câmara dos Deputados e ex-presidente interino do Brasil, Antonio Paes de Andrade. Nome de reconhecido espírito público, prestou grandes serviços ao Ceará e ao País desde a década de 1950.

Sua luta pela retomada da democracia no Brasil e a trajetória que se confunde com a do próprio Poder Legislativo são dignas de reconhecimento.

Que Deus dê conforto aos familiares e aos amigos neste momento difícil”.

* Zezinho Albuquerque,

Presidente da Assembleia Legislativa.

Brasil assina Convenção Interamericana de Direitos dos Idosos

178 1

idososs

“A Organização dos Estados Americanos (OEA), em sua 45ª assembleia geral, em Washington, aprovou e abriu para assinaturas dos países a Convenção Interamericana sobre os Direitos das Pessoas Idosas, informou o Ministério das Relações Exteriores.

De acordo com o Itamaraty, este é o primeiro instrumento internacional juridicamente vinculante voltado para a proteção e a promoção dos direitos das pessoas idosas. “Sua aprovação constitui avanço nos esforços para assegurar, em caráter permanente, os direitos desse grupo populacional. A convenção reconhece as pessoas idosas como sujeitos de direitos, empoderando-as e garantindo a sua plena inclusão, integração e participação na sociedade”, destacou o ministério, em nota.

O Brasil, representado pelo secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores, Sérgio França Danese, foi um dos primeiros signatários da convenção.”

(Agência Brasil)

Eunício lembra frase que virou legado para a família de Paes de Andrade

594 1

politica

Paes, em seu último ato político, prestigiou o genro que era candidato a governador

O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, divulgou nota sobre a morte do seu sogro, o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Paes de Andrade. Confira:

“O legado de Paes de Andrade, para mim, está sintetizado numa frase que um dia o ouvi falar: ‘O que eu vou deixar para meus netos e meus filhos são as minhas mãos limpas e a minha honra”.

Tasso Jereissati presta homenagem a Paes de Andrade e solicita voto de pesar do Senado

168 1

[youtube]https://youtu.be/n6an4u2mYIE[/youtube]]

O senador Tasso Jereissati (PSDB) prestou homenagens ao ex-presidente da Câmara dos Deputados, Paes de Andrade, que morreu, na tarde desta quarta-feira, em Brasília.

Em pronunciamento no plenário do Senado, Tasso destacou a história política de Paes de Andrade e seu legado na geração de novas lideranças, em especial no Estado do Ceará.

Em requerimento, o Senador solicitou que fosse encaminhado voto de pesar e apresentação de condolências aos familiares.

Danilo Forte destaca um Paes de Andrade como “exemplo de homem público”

726 1

paesdanilo

O deputado federal Danilo Forte (PMDB lamentou, nesta quarta-feira, da tribuna da Câmara dos Deputados, a morte do ex-presidente dessa Casa Legislativa – entre 1989 a 1991, Paes de Andrade. Danilo, que foi casado com Carla, filha de Paes, estava emocionado.

“Eu queria neste momento lamentar a morte, o falecimento, do ex-presidente desta Casa, um homem público exemplar, dos mais preparados que a política do Ceará já ofertou ao cenário nacional. Queria lamentar e colocar meus sentimentos, com o falecimento agora a pouco do ex-deputado Antônio Paes de Andrade que presidiu com muita honra essa Casa.

Paes de Andrade que teve um papel e uma história significativa no processo de redemocratização do Brasil enfrentando um dos períodos mais tristes e mais violentos da nossa história política – a ditadura militar – com muita veemência, muito vigor e com muito compromisso democrático.

E eu que fui o seu assessor, seu secretário, que apreendi e tive a honra de acompanhá-lo durante toda a minha vida. Sempre tive em Antônio Paes de Andrade um exemplo de homem público de dedicação, de espírito público para referência de todos nós.

E nós do PMDB ainda mais. A única bandeira partidária que ele carregou por toda a sua vida. E Num dos momentos mais tristes e lamentáveis da nossa história, acompanhando aqui desta Casa, inclusive a cassação do seu sogro Martinho Rodrigues que era líder do partido nos tempos mais violentos da história política deste País.

Eu não tenho dúvida que o Ceará hoje só chora. Eu não tenho dúvida que a nossa querida e amada Mombaça se despede de Paes de Andrade como um dos homens mais importantes e mais significativos da história política do Ceará.

E eu aqui hipoteco a sua família, família da qual eu faço parte, do meu filho David Paes de Andrade Forte, seu neto, em que perdemos neste momento um grande homem. Mas fica para a nossa história, o alento, o vigor, a contribuição e o exemplo que ele nos deu.”
E o presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha acaba de me comunicar que o seu corpo será velado aqui nesta Casa.”

Muito obrigado Sr. Presidente e aos demais companheiros os meus agradecimentos e a minha solidariedade por este momento triste da história política do Ceará e do Brasil.

(Foto – Álbum de Família)

Camilo destaca a importância de Paes de Andrade na concretização da barragem do Castanhão

O governador Camilo Santana (PT) divulgou nota, nesta quarta-feira, lamentando a morte do ex-deputado federal Paes de Andrade. Confira:

“Lamento a morte de Antônio Paes de Andrade, um dos grandes políticos da história do Ceará. Natural de Mombaça, o advogado e professor foi deputado estadual, federal e presidente da Câmara dos Deputados entre 1989 e 1991, tendo assumido algumas vezes a Presidência da República interinamente. Ele sancionou, inclusive, o projeto de construção do açude Castanhão. Paes de Andrade também foi embaixador do Brasil em Portugal. Deixo aqui meu abraço e meus sentimentos à família e aos amigos, e declaro luto oficial de três dias no Estado””

* Camilo Santana, governador do Ceará.
DETALHE – O governador decretou luto oficial de três dias por causa da morte de Paes de Andrade.

Mauro Benevides lamenta a morte do companheiro de luta pela redemocratização do Brasil

213 1

Paginas_Azuis_OPOVO

Do ex-senador Mauro Benevides sobre Paes de Andrade, que morreu nesta quarta-feira, em Brasília:

“Durante cinquenta anos convivi de perto com o Paes de Andrade, tanto ao tempo  do PSD do grande Juscelino Kubistchek e Martins Rodrigues, como no MDB e PMDB, assim coo Ulysses Guimarães e agora Michel Temer porfiando incessantemente em favor dos ideais democráticos. Na fase mais aguda do autoritarismo, Paes integrava o grupo autêntico e, na tribuna da Câmara Federal, reclamava persistentemente o retorno à normalidade institucional. Em nenhum momento, tergiversou na defesa de tais postulados, até que, a 5 de outubro de 1988, o Brasil passou a vivenciar a sua reconstitucionalização com a promulgação da Carta Cidadã, da qual ele e eu somos signatários. Nas vezes em que o visitei, na Casa de Saúde Santa Lúcia, em Brasília, ele sempre expressava alegria por minha presença de alguns instantes, numa comprovação de que, lucidamente, confiava no nosso trabalho para que o País pudesse respirar sempre os ideais de liberdade e democracia.”

E por falar em venda de liminares…

138 2

O advogado Levy Sales, membro da OAB Jovem do Ceará, manda artigo para o Blog abordando o caso da suposta venda de liminares em plantões do Poder Judiciário cearense, o que resultou em operação da Polícia Federal no Tribunal de Justiça do Estado. Confira:

Enquanto advogado militante, acredito que, se há quem venda liminar, é porque há quem compre. E nós, advogados, temos o dever, com a sociedade, de dar o exemplo de dentro para fora. Nossa categoria deve primar pela construção de um Poder Judiciário que recompense o mérito do jurista e aplique retamente o direito dos assistidos.

Assim, enquanto a OAB-CE não começar a limpar sua própria casa, posterga a limpeza do sistema judiciário como um todo. E preciso lembrar que a OAB não é formada exclusivamente por fulano ou sicrano, por presidente ou analista de TI, mas por cerca de 31 mil advogados, que têm iguais obrigações de zelar pelo exercício ético de sua profissão, não sendo omissos.

Quem enriquece o bolso com o crime ou com maracutaias, mais tarde paga: ou morto, ou sendo preso, desestruturando a família. Pode acabar também num psiquiatra e ingerindo antidepressivos, ao descobrir que o dinheiro, na verdade, não traz a felicidade que ele(a) tanto buscava.

Essa é a reflexão de um jovem advogado. Os demais colegas que que quiserem compartilhar com tais ideias, sintam-se convidados ao dever primordial de se buscar uma advocacia meritocrática, feita com lisura e que exclua de vez os falsos profissionais portadores de nossa amada carteira profissional, a “vermelhinha”.

* Levy Sales,

Advogado e membro da OAB/Jovem.

TCU adia análise das contas 2014 do Governo Dilma

124 1

“O Tribunal de Contas da União (TCU) adiou por 30 dias a análise das contas do governo federal relativas a 2014, uma decisão inédita do tribunal segundo avaliação dos próprios ministros. A decisão foi tomada pelo órgão a pedido do presidente Augusto Nardes. As contas voltarão a ser analisadas em 30 dias. “As contas não estão em condições de serem apreciadas”, disse Nardes, que é o relator do processo.

Segundo ele, o prazo é para que o governo federal esclareça sobre indícios de descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal e da Lei Orçamentária Anual.

Augusto Nardes defendeu, no início da reunião com os ministros do TCU, que a apreciação seja acolhida “após pronunciamento da presidenta Dilma Rousseff acerca de indícios de irregularidades”. Acrescentou que cabe a sugestão ao Congresso Nacional que analise a decisão do colegiado. O TCU é um órgão vinculado ao Parlamento.

O atraso de repasses do governo a bancos públicos para pagamento de programas sociais levantam suspeita de que o governo estaria praticando manobras fiscais para maquiar sua contabilidade.  Em algumas oportunidades, o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, disse que esse fato representa, na verdade, “diferenças na interpretação jurídica” de algumas ações financeiras implementadas não só pelo governo da presidenta Dilma Rousseff, mas também durante o governo Fernando Henrique Cardoso. Segundo Barbosa, a implementação de programas sociais depende de agentes financeiros que têm de ser restituídos pelos serviços prestados. Eventuais atrasos nos repasses, lembrou o ministro, não são irregulares até por estarem previstos em contrato.”

(Agência Brasil)

Morre Paes de Andrade, ex-presidente da Câmara e ex-embaixador do Brasil em Portugal

512 2

PAES-DE-ANDRADE3

Morreu, nesta tarde de quara=-feira, o ex-presidente da Câmara dos Deputados e ex-embaixador do Brasil em Portugal, Paes de Andrade (88). Foi vítima de falência múltipla dos órgãos, segundo familiares. Estava internado dias no Hospital Santa Lúcia, em Brasília. O velório e o enterro não foram divulgados ainda pela família. Paes era sogro do líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira.

Filho de José Alves de Castro e Raimunda Paes de Andrade. Casou-se com Zilda Maria Martins Rodrigues de Andrade, filha de José Martins Rodrigues, deputado federal pelo Ceará de 1955 a 1969. Teve quatro filhas. Iniciou seus estudos superiores em 1949 na Faculdade de Direito do Distrito Federal, formando-se em 1953. Foi eleito deputado estadual no Ceará pelo PSD em 1950 e reeleito em 1954 e 1958 até 1962.

Eleito pela primeira vez para o cargo de deputado federal em 1963 e reeleito em 1966 pelo MDB, por causa da institucionalização do bipartidarismo. Foi por várias vezes reeleito, sempre representando seu estado natal, o Ceará. Foi presidente da Câmara dos Deputados de fevereiro de 1989 a fevereiro de 1991. É filiado desde 1980 ao PMDB, do qual já foi presidente nacional no ano de 1994.

Foi primeiro secretário da mesa diretora da Câmara dos Deputados no período de 1987 a 1989, quando em fevereiro deste último ano foi eleito presidente da Câmara dos Deputados, sucedendo a Ulysses Guimarães. Como presidente da Câmara dos Deputados e substituto constitucional do presidente José Sarney, Paes de Andrade assumiu a Presidência da República por 12 vezes durante o ano de 1989. Em uma dessas oportunidades, aproveitou para fazer uma visita presidencial à sua cidade natal, acompanhado de uma expressiva comitiva, sendo acusado de gastos excessivos. Foi por isto apelidado de “Presidente Mombaça”.

Foi embaixador do Brasil em Portugal de 2003 a 2007. Publicou A reestruturação agrária do Nordeste (1968), Afirmação democrática do Nordeste (1971), O itinerário da violência (1976), O poder absoluto (1977), A violência da reforma e a denúncia de Caracas (1979), Francisco Pinto, as imunidades parlamentares e a Lei de Segurança Nacional (1980), As secas (1980), O poder ou o subpoder (1980), A greve no ABC e os bispos do Brasil (1980), A universidade e o professor (1980), CNBB e reflexão cristã, O Poder Legislativo e o golpe militar na Bolívia (1980), A inviolabilidade absoluta, Dom Hélder e o seu cinqüentenário de ordenação (1981), Comemoração do CLX aniversário da Confederação do Equador, 1824-1984 (1984), Proposta de ação econômica e social (1985), A Interparlamentar e os direitos humanos (1987), O Brasil e a União Interparlamentar (1988), Perfis parlamentares: Martins Rodrigues (1989), História Constitucional do Brasil – em co-autoria com Paulo Bonavides (1989) e Presença na Constituinte.

Audifax Rios – Homenagem especial em revista

asudfaz

Nesta quinta-feira, às 20 horas, familiares e amigos prestarão uma homenagem à memória do escritor, ilustrador e colunista do O POVO, Audifax Rios. Uma publicação especial da revista dele – “De Um Tudo”, será lançada, em clima de descontração, como gostava Audifax, no Flórida Bar (Praia de Iracema).

Quem divulga para o Blog é um dos amigos do artista, o cantor Falcão. A revista vai trazer um pouco da trajetória de Audifax e expor também a sua Santana do Acaraú.

Audifax morreu em abril deste ano, aos 69 anos, depois de sofrer um infarto.

Escola Tempo Integral em Fortaleza – Um processo promissor e revolucionário

Com o título “Educação municipal em uma nova realidade”, eis artigo do professor João Arruda, assessor do Paço Municipal. Ele destaca avanços no setor educacional, a partir da gestão do prefeito Roberto Cláudio (Pros).  Confira:

O fortalezense vem acompanhando, com muita atenção, uma salutar transformação na área da educação pública em nosso Município. Após vivenciar, por quase uma década, uma realidade educacional caótica, corroída por práticas deletérias, incapaz de fornecer, minimamente, uma educação de qualidade, os nossos munícipes voltam a acreditar e confiar na nova realidade educacional em construção.

Afinal, estamos deixando para trás a pior fase da história da educação pública de Fortaleza. Como é fato notório, ao assumir a administração de Fortaleza, em janeiro de 2013, o prefeito Roberto Cláudio encontrou uma tragédia educacional kafkiana: a pior educação entre os 184 municípios cearenses, resultado de sucessivas greves, com paralisações de mais de 300 dias entre os anos de 2007 e 2012, equivalente a mais de um ano letivo, professores e alunos desmotivados e uma forte evasão do corpo discente rumo à rede particular de ensino.

Em 2011, pela primeira vez na nossa história, o número de alunos da rede privada em Fortaleza havia superado o do setor público. Com essa pesada herança a ser superada, a sua reversão passou a ser uma das grandes prioridades da administração Roberto Cláudio. Como medidas reestruturantes, foram definidas, de imediato, o fim do clientelismo e a institucionalização da meritocracia como critério para a escolha dos gestores da educação, a normalização do ano letivo, o reconhecimento e a garantia dos direitos trabalhistas e a valorização docente, com uma política permanente de aumento real dos salários. Contando com as profícuas parcerias com os governos federal e estadual, a administração municipal vem investindo fortemente na infraestrutura escolar e expandindo sua área de atuação. 

Como reflexo dessas medidas, desde 2014, o sistema público de ensino voltou a suplantar o sistema privado em número de alunos. O sistema de creches, por exemplo, que não conseguiu se expandir nos 10 anos que antecederam a gestão Roberto Cláudio, passou a conhecer um significativo aumento nos últimos dois anos, saltando de 10.500 alunos para mais de 16.100, com um crescimento de mais de 50%.

Além das 42 creches construídas ou reformadas, 20 novas serão entregues até dezembro de 2015 e 46 novas creches estão em processo de licitação até o final de junho. A previsão é a de que, até o final da gestão Roberto Cláudio, sejam feitas mais de 31 mil novas matrículas de crianças, com um crescimento superior a 300%.

Quanto à Escola em Tempo Integral, o processo também é bastante promissor e revolucionário. Ao final de 2012, o sistema municipal de educação não tinha nenhuma ETI em funcionamento. Hoje, a rede municipal já conta com 12 escolas em funcionamento, seis em construção em fase de acabamento e 23 já licitadas, com previsão de entrega em junho de 2016. Ações que remetem a uma perspectiva promissora quanto ao futuro da educação em nossa Capital.

João Arruda

opiniao@opovo.com.br 
Professor da UFC

PIB do Ceará cresceu 1,05% no primeiro trimestre deste ano

O PIB do Estado do Ceará registrou, no primeiro trimestre deste ano, um crescimento de 1,05% em relação a igual período do ano passado. Os dados preliminares foram divulgados nesta manhã de quarta-feira, pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), durante coletiva.

A marca é superior ao resultado nacional de -1,6%. No resultado acumulado dos quatro trimestres o Ceará também ultrapassou a média nacional, com 3,10% de crescimento, enquanto a queda do desempenho nacional foi de 0,9%. O setor de serviços puxou o resultado positivo atingido pelo Estado.

 

Governo quer ampliar aviação regional para 270 aeroportos

“O ministro da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha, disse hoje (17) que o Programa de Aviação Regional democratizará o acesso ao transporte aéreo e reduzirá o custo das viagens no interior do país. O programa prevê investimentos de R$ 7,3 bilhões para adequar e ampliar para 270 o número de aeroportos regionais disponíveis para voos regulares. Atualmente, cerca de 80 aeroportos operam aviação regular, de acordo com a secretaria. O governo concederá subsídio às empresas aéreas para estimular a aviação regional.

“O programa diz que vamos subvencionar, garantir para as empresas aéreas 50% dos assentos. O governo subsidia, paga 50%, com isso a gente garante o voo e garante o passageiro. As pessoas sabendo que tem o voo, começam a habituar-se a viajar de avião e começam a fazer disso sua rotina. Estamos conseguindo democratizar a viagem aérea, o custo da viagem aérea e, com isso, fazer com que todos os brasileiros tenham acesso”, explicou o ministro. Segundo Padilha, a expectativa é que no segundo semestre deste ano sejam iniciadas as primeiras licitações para o programa.

O ministro participou nesta quarta-feira do programa Bom Dia, Ministro, produzido pela EBC Serviços em parceria com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República. Padilha destacou a concessão dos aeroportos de Fortaleza, Porto Alegre, Florianópolis e Salvador anunciada no dia 9 na nova etapa do Programa de Investimento em Logística e falou sobre a reestruturação da Infraero. A reestruturação vai resultar na criação de duas subsidiárias, a Infraero Participações e a Infraero Serviços.

“Com as concessões, a Infraero perdeu receita e temos que reestruturar a empresa. Vamos criar a Infraero Serviços com uma empresa alemã para sermos um player de operação aeroportuária no Brasil e fora daqui. Vamos concorrer fora nas concessões também. Aqui no país vamos ter 270 aeroportos regionais e precisamos ter um ente do estado que tenha experiência para garantir a manutenção das operações no Brasil”, afirmou Padilha.”

(Agência Brasil)