Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Dilma visitará o Ceará em clima de “Arca de Noé”

foto eunício e dilma

O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, vai integrar a comitiva da presidente Dilma Rousseff. Dilma visitará o Ceará na sexta-feira (28).

Eunício foi comunicado nesta terça-feira (25) e já deu o sim para o convite, observando que, mesmo num Estado onde governa o seu opositor, o petista Camilo Santana, não pode rejeitar o compromisso. “Acima de questões políticas, estão os interesses do meu Estado”, comentou.

Dilma terá seu primeiro compromisso em Lavras da Mangabeira, terra onde Eunício nasceu. Ali, ela assinará ordem de serviço do lote 4 da Ferrovia Transnordestina.

Resta saber se o diretor da CSN, que responde pelo projeto, o ex-ministro Ciro Gomes, também estará no evento. O governador Camilo Santana integrará a comitiva.

Vem aí “Tim Maia in concert”

Ricardo Maia, considerado pela crítica o melhor cover de Tim Maia, fará show em Fortaleza. Dessa vez, dividindo o palco do Theatro José de Alencar, a partir das 19h30min de 1º de setembro, com a Orquestra Filarmônica do Ceará, sob a regência do maestro Gladson Carvalho.

Nesta terça-feira, Ricardo Maia e o maestro Gladson conversaram com a reportagem do Blog e adiantaram detalhes desse show, que promete megaprodução.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=io7kBmS68Ps[/youtube]

Nordeste registra menor taxa de ocupação no segundo trimestre deste ano

foto dilma positivo

Dilma visita o NE – Quer recuperar popularidade.

“O desemprego, no Brasil, atingiu 8,3% no segundo trimestre de 2015, a maior taxa da série histórica, iniciada em 2012, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Trimestral (Pnad Contínua Trimestral), elaborada pelo IBGE, a população desocupada chegou a 8,4 milhões de pessoas: subiu 5,3% em comparação ao trimestre imediatamente anterior. De janeiro a março de 2015, a população desocupada era 7,9 milhões de pessoas. Na comparação com o segundo trimestre de 2014, o número de desocupados subiu 23,5%.

A taxa cresceu tanto na comparação com o primeiro trimestre de 2015, que chegou a 7,9%, quanto com o segundo trimestre de 2014, que foi 6,8%. No segimdo trimestre de 2015 em relação ao mesmo período de 2014, a taxa de desocupação cresceu em todas as regiões: Norte (de 7,2% para 8,5%), Nordeste (de 8,8% para 10,3%), Sudeste (de 6,9% para 8,3%), Sul (de 4,1% para 5,5%) e Centro-Oeste (de 5,6% para 7,4%). Entre as unidades da Federação, Bahia teve a maior taxa (12,7%) e Santa Catarina, a menor (3,9%).

O nível da ocupação (indicador que mede a parcela da população ocupada em relação à população em idade de trabalhar) no Brasil, no segundo trimestre de 2015, atingiu 56,2%. Este indicador ficou estável em relação ao trimestre anterior e registrou queda de 0,7 ponto percentual em comparação com igual trimestre de 2014 (56,9%).

No cenário regional foram verificadas diferenças de patamares no nível da ocupação. As Regiões Sul (60,5%) e Centro-Oeste (60,4%) foram as que apresentaram os maiores percentuais de pessoas trabalhando entre aquelas em idade de trabalhar. A Região Nordeste apresentou o menor nível da ocupação (51,3%).

(Agência Brasil)

DETALHE –  Os dados sobre emprego e desemprego na Região Metropolitana de Fortaleza serão divulgados nesta quarta-feira, pelo SINE/IDT. Por falar em Dilma, ela confirma vinda ao Ceará, nesta sexta-feira.

Parque do Cocó vai ganhar espaço para cinema

cococo

O governador Camilo Santana e o secretário durante uma vistoria ao rio Cocó.

O Parque do Cocó, encravado em Fortaleza, está passando por reforma. A informação é do secretário estadual do Meio Ambiente, Artur B runo.

Dentro dessa reforma, há trabalhos nas trilhas do parque que ganhará, inclusive, em sua área de shows, um espaço para cinema.

Também consta do projeto a implantação de rampas para deficientes físicos, além de todas as ações que fazem parte da chamada acessibilidade.

VAMOS NÓS – Mas a torcida mesmo é para que um dia o Cocó possa ter barcos navegando com cearenses e turistas. Conhecer esse patrimônio natural da cidade não tem preço.

Brasileiro gastou menos no Exterior em julho

“Os gastos de brasileiros em viagem ao exterior chegaram a US$ 1,677 bilhão em julho, queda de 30,39% em comparação ao mesmo mês do ano passado, quando atingiram US$ 2,408 bilhão, informou hoje (25) o Banco Central (BC). De janeiro a julho, essas despesas somaram US$ 11,617 bilhões, contra US$ 14,851 bilhões em igual período do ano passado.

As despesas de estrangeiros em viagem no Brasil também caíram: chegaram a US$ 468 milhões, no mês passado, contra US$ 785 milhões, em julho de 2014. De janeiro a julho, as despesas de pessoas que viajaram ao Brasil ficaram em US$ 3,412 bilhões, ante US$ 4,369 bilhões no mesmo período de 2014.

Com esses resultados, o déficit na conta de viagens internacionais chegou a US$ 1,209 bilhão, em julho, e a US$ 8,205 bilhões, no acumulado do ano.”

(Agência Brasil)

Domenico Di Masi em Sobral

domencc

Domenico, ao lado de Dummar Neto que abriu o encontro.

O filósofo italiano Domenico Di Masi esteve em Sobral (Zona Norte) e fez conferência no Centro de Convenções. Acompanhado do vice-presidente do Grupo de Comunicação O POVO, Dummar Neto, e do prefeito Clodoveu Arruda, ele falou para membros da academia e alguns setores, sobre os desafios da vida em comunidade.

Domenico, autor do livro “Ócio Criativ”o, expôs desafios que se relacionam aos modos inovadores de trabalho, habitação e mobilidade nas grades cidades. Sobral foi incluída nesse contexto.

(Foto – Sobral Express)

Adail Carneiro vê busca por popularidade nova mudança no 13º salário dos aposentados

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=IQeKOlO0iFU[/youtube]

O deputado federal Adail Carneiro (PHS)P afirmou, nesta terça-feira, que o governo federal precisa deixar de assustar a classe trabalhadora e aos aposentados e pensionistas.

A decisão do governo de pagar 50% do 13º salário dos aposentados de não mais parcelar, atende a um clamor da população.

Adail Carneiro avaliou essa medida como estratégia para recuperação de popularidade. Dilma tem apenas 8% de aprovação do eleitorado, segundo pesquisas.

Tucano critica visita de Dilma ao Ceará

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=NUw3MjdQSyo[/youtube]

O deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB) comenta a decisão do governo federal de cortar 10 ministérios e reduzir cargos comissionados. Para ele, medida que chega bem tarde e que veio após pressão popular.

Raimundo Gomes aproveitou para criticar a visita que a presidente Dilma Rousseff vem fazendo nos Estados do Nordeste.

Nesta sexta-feira, Dilma cumprirá agenda no Ceará, mais precisamente em Caucaia e Lavras da Mangabeira. Gomes de Matos lamenta que a presidente venha conhecer um cenário de obras inacabadas.

Programa Mais Médicos está livre dos cortes federais, garante Odorico Monteiro

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=VZeOnJP80uc[/youtube]

Há dois anos om primeiro grupo de médicos cubanos que desembarcou em Fortaleza para trabalhar com comunidades da periferia da Capital e no Interior, eram recebidas com protesto articulado por grupo de médicos.

Hoje, no entanto, segundo o deputado federal  Odorico Monteiro (PT), a realidade Programa Mais Médicos é outra.

O programa, lançado na época em que Odorico era secretário nacional de Gestão Participativa do Ministério da Saúde, vem correspondendo. Odorico Monteiro disse também que o dinheiro do Mais Médico está preservado dos cortes federais.

Governo já gastou mais de R$ 29 milhões com cartão corporativo

Os gastos do governo federal com cartão corporativo somam R$ 29,3 milhões em 2015. Os dados levantados pelo Contas Abertas contabilizam o montante pagos entre janeiro e julho deste ano. Quase metade do valor, R$ 14,4 milhões, saíram dos cofres públicos de maneira secreta, isto é, não é permitido ao cidadão comum conferir em que foram aplicados.

O Ministério da Justiça ocupa o primeiro lugar no ranking dos órgãos que mais gastam pelo cartão. Até julho, o desembolso da Pasta atingiu a marca de R$ 7,5 milhões. Vinculado ao ministério, a coordenação de administração do Departamento da Polícia Federal foi o que mais se beneficiou do cartão, com R$ 2,9 milhões creditados.”

(Site Contas Abertas)

Ciro Gomes ganhará mídia em evento nacional dos engenheiros

Entrevista com ciro Gomes

O ex-ministro Ciro Gomes (Pros) fechou como palestrante da 72ª Semana Oficial de Engenharia, evento de caráter nacional que o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea), regional do Ceará, promoverá de 15 a 18 de setembro, no Centro de Eventos.

Ele falará sobre a obra da Ferrovia Transnordestina, que, por sinal, está sob sua responsabilidade como diretor da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). A informação é do presidente do Crea/CE, Victor Frota.

Uma dúvida: já estará nesse evento posando de pedetista? Bom lembrar que Ciro é uma opção que o PDT quer apresentar em 2018 para presidente da República.

Governo volta atrás e pagará primeira parcela do 13º salário dos aposentados e pensionistas

“O Palácio do Planalto confirmou na noite desta segunda-feira (24) que não vai mais parcelar o pagamento da primeira parcela do 13º salário de aposentados e pensionistas. A primeira metade do benefício será depositada em setembro, a partir do dia 24, conforme nota.

A equipe econômica da presidente Dilma Rousseff defendia o parcelamento da primeira parcela do 13º. Os ministérios do Planejamento e da Fazenda pretendiam protelar o pagamento para conseguir mais fôlego no caixa do governo.

Prevaleceu a avaliação do ministro Carlos Gabas, da Previdência, contrário ao adiamento proposto pela equipe econômica. Os outros 50% do 13º salário serão pagos em novembro, como acontece normalmente.

O governo chegou a anunciar no fim de semana que os aposentados e pensionistas receberiam 25% do adiantamento do 13º salário em setembro e os outros 25% em outubro apenas em outubro.”

(Portal iG)

UFC e Instituto Maria da Penha farão a maior pesquisa sobre família da América Latina

304 1

Henry

Da Coluna Vertical, do O POVO desta terça-feira:

Será assinado amanhã, às 17 horas, no auditório da UFC, um convênio entre essa universidade e o Instituto Maria da Penha. O ato ocorrerá na presença da secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, ministra Eleonora Menicucci de Oliveira, e do reitor Henry Campos. O convênio é para execução de pesquisa sobre as condições socioeconômicas e violência doméstica e familiar contra a mulher. A ativista Maria da Penha também participará do ato. A pesquisa é coordenada pelo professor José Raimundo Carvalho, do Curso de Pós-graduação em Economia (Caen) da UFC. Serão mais de 30 mil famílias pesquisadas, nas nove capitais nordestinas, durante dois anos, o que constituirá o maior estudo sobre o tema na América Latina.

 

TCU dá mais 15 dias para explicações do governo federal

244 1

“O governou federal pediu um novo prazo de 15 dias para explicar os dois pontos adicionais questionados pelo Ministério Público de Contas junto ao Tribunal de Contas da União (TCU). A informação foi dada pelo ministro relator do processo, Augusto Nardes, em entrevista na tarde desta segunda-feira. “O fato novo é que o governo pediu um prazo de mais 15 dias. Tomei conhecimento disso agora e devo tomar a decisão entre hoje e amanhã”, disse Nardes, antes de dar uma palestra na Associação Comercial de São Paulo.
No dia 17 de junho, o TCU havia dado um prazo de 30 dias para o governo explicar as 13 irregularidades encontradas pelos técnicos do tribunal nas contas do governo de 2014. As explicações foram entregues em 22 de julho. Com isso, o julgamento do processo passaria para o final de agosto. Contudo, em 12 de agosto, depois de uma articulação do governo com o presidente do Senado, Renan Calheiros, um novo prazo foi conseguido.

O movimento inicial foi a aliança com o presidente do Senado, selada com um ‘pacto anticrise’ sugerido pelo próprio Renan e acatado pelo Executivo a toque de caixa. O autor do requerimento que pede explicações sobre os pontos adicionais foi o senador Otto Alencar (PSD-BA), um dos poucos remanescentes da base aliada e ex-vice-governador da Bahia na gestão de Jaques Wagner (PT).

O que parecia comportamento diligente por parte do parlamentar era, na verdade, uma forma de viabilizar um prazo maior para o julgamento. O governo temia que se as contas fossem julgadas no furor das semanas próximas às manifestações de 16 de agosto, a pressão por impeachment inviabilizaria a tentativa de reconquistar ao menos parte da base aliada.

O TCU aceitou o pedido do senador de rever novas irregularidades e deu novo prazo de 15 dias para que o governo se explicasse. Isso significa que um novo documento deveria ser entregue na sexta-feira. Se o pedido de adiamento for acatado pelo ministro, o novo prazo de entrega passa para 14 de setembro.

As duas novas questões levantadas pelo Ministério Público de Contas são a edição de decretos presidenciais de aberta de crédito suplementar pelo Ministério do Trabalho e as omissões sobre financiamentos concedidos a grandes empresas. No total, segundo Nardes, essas irregularidades somariam 26 bilhões de reais em decretos que foram feitos sem autorização do Congresso. No total, as irregularidades das contas do governo Dilma no ano de 2014 teriam somado 104 bilhões de reais, segundo estimativas do próprio TCU.
Em entrevista coletiva, o ministro sinalizou que pode não aceitar novo adiamento, ainda que a decisão seja feita em colegiado. Segundo Nardes, o prazo dado até agora, de 45 dias, é “bastante elástico”.

(Veja Online)

MPF e MP-CE conseguem condenação de instituto de educação por funcionamento irregular

“O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) conseguiram a condenação do Instituto de Educação Piauiense (IEP) e de mais dois réus que ofertaram cursos irregularmente, sem o certificado de autorização do Ministério da Educação (MEC). A decisão a favor da condenação foi do juiz federal Daniel Guerra Alves, da 22ª Vara da Justiça Federal do Ceará.

A decisão pela condenação é resultado de ação civil pública que apontou a ausência de credenciamento de cursos universitários junto ao MEC. Entre os cursos irregulares, estão: Pedagogia, Serviço Social, Administração, Letras, História, Matemática e Ciências Contábeis.

A sentença determina a suspensão dos cursos de graduação e pós-graduação lato sensu e stricto sensu em nível superior, até que haja credenciamento e autorização do MEC, além da paralisação da divulgação de anúncio publicitário que designe o IEP como instituição de ensino superior.

Além do IEP, Erisvaldo Ibiapina Lima e Dilza Soares da Silva Pereira, proprietários do instituto de ensino superior, foram condenados por danos morais e materiais. A resolução ainda fixa multa diária de R$ 5 mil para o descumprimento de qualquer medida judicial determinada. A decisão judicial data de março, mas somente agora o Ministério Público Federal foi notificado sobre a decisão.”

* Número do processo para consulta: 0000225-88.2014.4.05.8104.

(Site do MPF-CE)

Governo Dilma – Temer decide continuar na articulação política

210 1

dilma-e-temer-1024x634

“Diante do agravamento da crise política, da possibilidade de o PMDB desembarcar do governo e de ameaças de impeachment, a presidente Dilma Rousseff (PT) fez nesta segunda-feira, 24, um apelo ao vice-presidente Michel Temer (PMDB) para que ele permaneça à frente da articulação política do Palácio do Planalto. “Eu não quero mudança na articulação política”, disse Dilma, na reunião de coordenação de governo.

Temer atendeu o pedido de Dilma, mas deixou claro que não vai cuidar do “pequeno varejo” da política, como a liberação de emendas parlamentares e a composição de segundo e terceiro escalões, segundo a reportagem apurou. Essas negociações seguirão sendo tocadas pelo ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha. Tanto Temer quanto Padilha tiveram recentemente embate com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, por causa da liberação de verbas para emendas parlamentares. O vice também se desentendeu com o titular da Fazenda na negociação em torno do projeto que revê a política de desoneração da folha de pagamento das empresas.

Dilma se reuniu com Temer, Padilha e o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, nesta segunda-feira, por cerca de uma hora, depois da reunião de coordenação. Ficou acertado que o vice-presidente vai concentrar as atenções em grandes temas, como o diálogo com o Congresso Nacional e reuniões com líderes do governo para garantir a aprovação de projetos de interesse do Planalto.

“O Temer é muito hábil, o governo não abre mão dele”, disse um auxiliar direto da presidente Dilma à reportagem.”

(Estadão Conteúdo)

Dólar ultrapassa R$ 3,55 e fecha no maior valor em mais de 12 anos

“Em um dia de turbulência nos mercados internacionais, a moeda norte-americana ultrapassou R$ 3,55 e fechou no maior valor em mais de 12 anos. O dólar comercial encerrou esta segunda-feira (24) vendido a R$ 3,553, com alta de R$ 0,056 (1,61%). A cotação fechou no maior valor desde 5 de março de 2003 (R$ 3,555).

Durante toda a sessão, a divisa operou em alta. Na máxima do dia, por volta das 10h40, o dólar chegou a ser vendido a R$ 3,57, mas o ritmo de aumento diminuiu nas horas seguintes. A moeda norte-americana acumula alta de 3,7% em agosto e de 33,62% em 2015.

O mercado financeiro mundial passou por grande inquietação relacionada às incertezas em relação à robustez da economia chinesa e às perspetivas de crescimento da economia mundial. A bolsa de Xangai encerrou a sessão de hoje com perda de 8,49%, a maior queda em oito anos. A bolsa de Shenzhen, segunda praça financeira da China, caiu mais de 7%.

As bolsas europeias, dos Estados Unidos e da América Latina acabaram por ser arrastadas e sofreram também perdas acentuadas, atingindo valores mínimos dos últimos anos. No Brasil, o índice Ibovespa, da Bolsa de Valores de São Paulo, atingiu a menor pontuação desde abril de 2009.

A cotação de matérias-primas, principalmente o preço do petróleo, está em queda acentuada. Segundo analistas, a incerteza em torno da China pode levar o Federal Reserve, Banco Central norte-americano, a adiar uma subida das taxas de juros nos Estados Unidos, que poderia ocorrer em setembro.”

(Agência Brasil)