Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Medalha Iracema 2019 – Prefeitura divulga homenageados

O prefeito Roberto Claudio (PDT) está divulgando os nomes dos três homenageados com a Medalha Iracema 2019.

Nesta edição, receberão a maior comenda do Executivo Municipal o empresário Pio Rodrigues, o ex-senador Mauro Benevides e o médico e professor universitário Oto Leal Nogueira.

Os homenageados foram escolhidos em reconhecimento ao trabalho desenvolvido por cada um, para a vida e o progresso da capital cearense. A entrega da medalha acontecerá no próximo dia 13 de abril, data do aniversário de Fortaleza, durante ato no Teatro São José.

Este é o segundo ano em que a Prefeitura concede a Medalha Iracema. Em 2018, foram homenageados o cantor e compositor Raimundo Fagner, a jornalista Adisía Sá e o professor e arquiteto Liberal de Castro.

MDB fará primeira reunião de cúpula. Eunício Oliveira dará o ar da graça

O MDB fará a primeira reunião de sua executiva, neste ano, no próximo dia 20, às 14h30min, em Brasília.

Entre os temas a serem tratados no encontro, estão a posição da sigla sobre o governo Jair Bolsonaro e, também, a Nova Previdência.

Quem reaparecerá ali é o ex-senador Eunício Oliveira, pois dirigente do partido no Ceará.

(Foto – Agência Brasil)

Pastor Everaldo fecha com direção estadual do PSC estratégias de olho nas próximas eleições

Wellington Saboya, Everaldo, Nicolle, vereadora Patricia Costa e empresário Henrique Santana

Deixou Fortaleza, nas últimas horas, o presidente nacional do PSC, Pastor Everaldo.

Aqui, ele esteve reunido com a direção estadual do partido, que é comandado por Nicolle Barbosa, ocasião em que foram discutidas ações para a reestruturação da sigla no Estado.

Nicolle Barbosa garante que a meta do PSC é conquistar mais adesões não só na Capital mas, principalmente, no Interior, já pensando nas eleições municipais.

Atualmente, o PSC é parceiro da administração do governador Camilo Santana e dá apoio ao prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT)

(Foto – PSC)

Sergio Moro prepara ofensiva contra corrupção policial

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, trabalha para formatar uma ação de combate à corrupção policial. A informação é da Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta sexta-feira,

De acordo com o jornal, o programa já tem até nome: “Operação Serpico”. O nome teria sido inspirado na história real de um policial americano que se recusou a receber propina e quase foi morto.

O caso foi parar no cinema na década de 1970.

(Foto – Agência Brasil)

Camilo e Arnon Bezerra acompanharão em São Paulo o leilão do Aeroporto de Juazeiro do Norte

O governador Camilo Santana e o prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, participarão nesta sexta-feira, em São Paulo, do leilão de novos aeroportos. No pacote, na B3 Bovespa, o Orlando Bezerra do Cariri. “Será largada para novos empregos”, comemora Arnon.

O leilão para concessão do Aeroporto de Juazeiro do Norte deve contar com a participação de pelo menos seis empresas. Três tiveram contato direto com fontes da Prefeitura do município. Outras três buscaram informações por conta própria.

Conforme O POVO publicou, em 30 de dezembro de 2018, as operadoras aeroportuárias internacionais Vinci (França), Zurich (Suiça), Fraport (Alemanha) e Pátria Investimentos (São Paulo) visitaram a cidade interessadas no empreendimento.

O Aeroporto de Juazeiro do Norte está dentro de um pacote que envolverá 12 terminais divididos em três blocos.

(Foto – Hélio Filho – Divulgação)

Tragédia em Suzano – Polícia tenta descobrir motivação do crime

Dois dias depois do crime que chocou o país, os investigadores buscam descobrir o que motivou e os detalhes do planejamento do tiroteio em Suzano, na Grande São Paulo, que matou dez pessoas, inclusive os dois atiradores, e deixou 11 feridos. Testemunhas devem prestar depoimentos, enquanto são feitas análises dos computadores, cadernos e objetos que pertenciam aos dois jovens que provocaram a tragédia.
O Instituto de Criminalística faz exame toxicológico do material orgânico dos dois atiradores. No Instituto Médico Legal (IML), os médicos legistas concluíram que Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, matou Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, com um tiro na testa. Depois, ele se matou com um tiro na cabeça.

Equipes policiais fizeram diligências nas casas dos atiradores e em uma lan house frequentada por eles. Foram apreendidos computadores, tablets e anotações. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, 16 testemunhas foram ouvidas. De acordo com os investigadores, eles poderão prestar novo depoimento.

As armas utilizadas pelos atiradores – um revólver calibre 38, uma besta (arma medieval semelhante ao arco e flecha) e uma machadinha – foram apreendidas e encaminhadas para a perícia. O revólver estava com o número de série apagado.

Terceiro jovem

A Polícia Civil investiga a participação de um adolescente, de 17 anos, no planejamento do atentado na Escola Estadual Professor Raul Brasil. O suspeito foi colega de classe de Guilherme Monteiro e teria ajudado a dupla de atiradores.

Segundo a polícia, ele estava na cidade de Suzano no momento do ataque, mas não foi até a escola. O adolescente foi ouvido pela Polícia Civil, que pediu à Vara da Infância e da Juventude a sua apreensão e espera a autorização.

Há um vídeo em que uma terceira pessoa aparece junto com os dois assassinos dias após eles terem alugado o carro usado no atentado. O aluguel do carro foi pago com cartão de crédito.

Motivação

O delegado-geral da Polícia Civil de São Paulo, Ruy Pontes, disse que os jovens queriam reconhecimento dentro da própria comunidade e publicidade na mídia. De acordo com Pontes, eles pretendiam mostrar que eram tão cruéis quanto os atiradores de Columbine.

O delegado minimizou a hipótese de que um suposto bullying sofrido pelos jovens tenha motivado o massacre. No entanto, depoimentos de pessoas próximas a Guilherme Monteiro afirmaram que ele era alvo de comentários jocosos por causa de acne no rosto. Segundo relatos, o jovem fez tratamento de pele.

Nesta sexta-feira (15) deve ser publicado decreto, no Diário Oficial, que determina que, no prazo máximo de 30 dias, as indenizações serão pagas aos parentes das vítimas. Ontem (14), o governador de São Paulo, João Doria, estimou que os valores podem chegar a R$ 100 mil por família.

Assembleia Legislativa puxa debate sobre Nova Previdência sob leitura do PDT

257 2

A Assembleia Legislativa vai debater, a partir das 9 horas desta sexta-feira, a proposta de reforma da Previdência do governo Jair Bolsonaro. O encontro atende a um requerimento de autoria do deputado estadual Evandro Leitão (PDT).

Para esse encontro, que ocorrerá no Auditório Murilo Aguiar, foram convidados o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), o senador Cid Gomes (PDT), e os deputados federais André Figueiredo, vice-presidente nacional pedetista, e Mauro Filho (PDT), que coordenou o plano econômico do então candidato a presidente Ciro Gomes.

Lideranças de movimentos sociais e sindicais também vão participar desse evento.

(Foto – Fcebook)

MPF denuncia 12 por fraudes contra o BNDES; na lista, Joesley, Palocci e Guido Mantega

O Ministério Público Federal (MPF) no Distrito Federal denunciou à Justiça 12 pessoas por supostas fraudes em aportes do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ao grupo JBS, entre 2007 e 2011. De acordo com as investigações, o banco teve prejuízo estimado em R$ 1,8 bilhão. A ação pede reparação dos danos de R$ 3,7 bilhões.

As acusações são de crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva, gestão fraudulenta, prevaricação financeira e lavagem de dinheiro. Entre os denunciados estão o empresário Joesley Batista, os ex-ministros Guido Mantega e Antonio Palocci e o ex-presidente do BNDES, Luciano Coutinho.

Na denúncia, procuradores argumentam que foram praticadas manobras políticas e econômicas “em um projeto que teria por objetivo a internacionalização do grupo JBS, com o fim de que a holding passasse a operar em novos mercados”.

Segundo os procuradores, o banco emprestou ao grupo valor acima do permitido. “Não houve clareza na definição das finalidades em que os recursos seriam aplicados. Nesse aspecto, a empresa pública consentiu que parte do montante entregue à holding fosse destinada conforme livre determinação da empresa e não segundo o deliberado nos contratos. Os autores mencionam ainda a ausência de análise do limite de exposição do BNDES ao Grupo JBS. Ou seja, o MPF verificou que o banco se arriscou e emprestou muito mais do que poderia à empresa, contrariando as próprias normas de segurança”.

Os procuradores dizem que os crimes não foram relatados por Joesley Batista no acordo de delação premiada, firmado em 2017. Em nota, o advogado André Callegari, que defende Joesley Batista, afirma que os fatos da denúncia “foram tratados em anexos entregues por Joesley Batista em colaboração firmada com a PGR e homologada pelo STF, em 2017. Foi inclusive na condição de colaborador que ele prestou depoimentos à autoridade policial e aos próprios autores da denúncia. É preciso que sejam garantidos os direitos assegurados àqueles que firmam acordo e colaboram com a Justiça”.

Outros denunciados negam as acusações.

(Agência Brasil)

Oi abre processo seletivo no Ceará e mais oito estados para pessoas com deficiência

A operadora Oi inscreve para processo seletivo destinado ao preenchimento de 20 vagas para Pessoas com Deficiência (PcD´s) no Ceará (4 vagas), Bahia (2 vagas), Distrito Federal (2), Minas Gerais (3), Pará (2), Pernambuco (1), Rio de Janeiro (3), Santa Catarina (1) e São Paulo (2). A convocação é imediata.

A Oi oferece treinamento especializado e remunerado, vale transporte, vale refeição ou alimentação, plano de saúde, plano odontológico, PPR e outros benefícios, informa a assessoria de imprensa da companhia.

SERVIÇO

*As inscrições devem ser realizadas pelo site www.oi.com.br/euquerotrabalharnaoi.

CNI/FSB fazem pesquisa sobre popularidade de Bolsonaro e do seu governo

351 1

A FSB Pesquisa vai a campo na próxima semana para saber a quantas anda a popularidade de Jair Bolsonaro e do seu governo. Foi contratada para fazer a pesquisa trimestral sob encomenda da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

A informação é do jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo, adiantando que essa será a primeira pesquisa FSB/CNI do governo atual.

Em dezembro, quando a última pesquisa foi feita – na época CNI com Ibope, ainda na Era Michel Temer, 63% dos entrevistados diziam que o Brasil melhoraria neste 2019.

Receita cria chat para regularizar débitos de pessoas físicas

A partir de 8 de abril, as pessoas físicas poderão regularizar os débitos com o Fisco por meio de um chat (sala de bate papo). As empresas também poderão usar a ferramenta para converter processos eletrônicos em digitais, agilizando contestações de cobrança e pedidos de compensação de tributos.

Amanhã (15), a Receita Federal inaugura um novo processo de atendimento eletrônico que permitirá às empresas com certificação digital pedirem a Certidão Negativa de Débito (CND), sem a necessidade de mandarem um representante a uma unidade de atendimento do Fisco.

As duas novidades foram regulamentadas por instruções normativas publicadas hoje (14) no Diário Oficial da União. Os serviços estão disponíveis no Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (e-CAC), disponível na internet.

Segundo o subsecretário de Arrecadação, Cadastro e Atendimento da Receita Federal, Frederico Faber, os serviços digitais serão ampliados até o fim do ano. No caso do chat, os contribuintes poderão tirar dúvidas sobre o preenchimento a declaração do Imposto de Renda. Nessa primeira etapa, as pessoas físicas apenas receberão orientações sobre a regularização de débitos.

As perguntas no chat serão respondidas por funcionários da Receita em até 48 horas. Para acessar a sala de bate-papo, a pessoa física precisa usar as mesmas informações exigidas para o e-CAC: certificado digital emitido por autoridade habilitada ou código de acesso gerado na página da Receita Federal.

Também nos próximos meses, as empresas com certificação digital poderão emitir certidões vinculadas a obras e à área rural, retificar pagamentos, parcelamentos e alterar informações cadastrais. Até agora, essas empresas abriam um dossiê digital de atendimento na página da Receita na internet e depois apresentavam o documento numa unidade de atendimento, onde um servidor público criava o dossiê eletrônico.

Com as novas regras, o dossiê digital poderá ser criado diretamente pelo contribuinte no e-CAC, assim como os documentos poderão ser anexados a esse dossiê.

(Agência Brasil)

Bolsonaro diz ter tido acesso a áudios que mostram interesse do PCC em atentado a faca

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou, na manhã dessa quinta-feira, 28, durante café da manhã realizado com 11 jornalistas, ter tido acesso a áudios que mostravam interesse do Primeiro Comando da Capital (PCC) no atentado contra sua vida em setembro do ano passado. Bolsonaro foi alvo de facada durante comício em Juiz de Fora (MG). Segundo ele, as gravações foram obtidas por setores de Inteligência do Governo. As informações são da Folha de São Paulo.

Apesar da afirmação, Bolsonaro não chegou a confirmar envolvimento da facção criminosa no atentado. Mas o presidente afirmou que o PCC se mostrava contrário a ele vencer as eleições e teria algum tipo de interesse na ação. Ele afirmou que não poderia dar mais detalhes sobre o assunto para não atrapalhar as investigações.

O promotor que investiga a facção criminosa, Lincoln Gakyia, afirmou não ter conhecimento da ligação do PCC com o atentado contra o presidente. Até o momento, a única hipótese com que a Polícia Federal trabalha é que o autor do crime, Adélio Bispo, agiu sozinho.

Consumidor poderá usar smartphone para consultar se CPF está no SPC

291 1

A partir desta sexta-feira (15), o consumidor poderá usar o próprio smartphone para consultar se seu CPF está inscrito na base de inadimplentes do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). A consulta é gratuita e estará liberada por meio do aplicativo ‘SPC Consumidor’, que ganha uma nova versão e está disponível para download em todos os sistemas operacionais de smartphones. A informação da assessoria de imprensa da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL).

Com a liberação da consulta, o consumidor terá à disposição não apenas o apontamento de atraso, mas também informações detalhadas sobre o débito, como valor da pendência, data de vencimento da conta e informações de contato da empresa credora para que o consumidor realize o pagamento ou proponha uma renegociação direta com a empresa.

Os consumidores podem consultar o próprio CPF quantas vezes quiserem e a qualquer momento, a partir de uma interface intuitiva e de fácil compreensão. Para garantir a segurança das informações, é necessário preencher um cadastro prévio no aplicativo para em seguida receber um código de ativação em seu celular.

Ao longo deste ano, novas funcionalidades devem ser incorporadas ao ‘SPC Consumidor’, como o serviço de negociação de dívidas via app, em que o devedor poderá negociar com seus credores sem sair de casa, de forma rápida, segura e sem burocracia – inclusive com a possibilidade de fazer uma contraproposta.

(C0m CNDL e SPB Brasil)

Varejo registra alta de 0,4% de dezembro para janeiro, diz IBGE

O volume de vendas do comércio varejista brasileiro teve crescimento de 0,4% na passagem de dezembro do ano passado para janeiro deste ano, depois de um recuo de 2,1% no mês anterior. O dado é a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada hoje (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com a pesquisa, o varejo teve altas de 0,5% na média móvel trimestral, de 1,9% na comparação com janeiro do ano passado e de 2,2% no acumulado de 12 meses.

Na passagem de dezembro para janeiro, sete das oito atividades pesquisadas tiveram crescimento no volume de vendas, com destaque para equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (8,2%) e outros artigos de uso pessoal e doméstico (7,2%).

Também tiveram crescimento os segmentos de supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,6%), combustíveis e lubrificantes (0,5%), móveis e eletrodomésticos (0,4%), livros, jornais, revistas e papelaria (0,2%) e tecidos, vestuário e calçados (0,1%).

A única queda foi no setor de Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (-0,5%).

O comércio varejista ampliado, que também pesquisa o comportamento dos materiais de construção e do segmento de veículos e peças, cresceu 1% na passagem de dezembro para janeiro. As vendas de veículos tiveram alta de 5,7%, enquanto os materiais de construção cresceram 0,1%.

O varejo ampliado teve altas de 0,2% na média móvel trimestral, de 3,5% na comparação com janeiro de 2018 e de 4,7% no acumulado de 12 meses.

A receita nominal do varejo teve altas de 0,8% na comparação com dezembro, de 0,1% na média móvel trimestral, de 4,8% na comparação com janeiro do ano passado e de 5% no acumulado de 12 meses. A receita do varejo ampliado também teve alta em todos os tipos de comparação: com dezembro (1,4%), com janeiro de 2018 (5,8%), média móvel trimestral (0,2%) e acumulado de 12 meses (6,9%).

(Agência Brasil)

Ciro Gomes abrirá III Seminário Internacional sobre Políticas Públicas Inovadoras para as Cidades

1143 2

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) abrirá, com palestra sobre o Cenário Político-Econômico do País, o III Seminário Internacional de Políticas Públicas Inovadoras para Cidades. Será nesta quinta-feira, às 18 horas, no Centro de Eventos.

O seminário vai se estender até as 12 horas do próximo sábado, discutindo questões que interessam também à cidade.

Ciro estaria virando arroz de festa em eventos do Paço Municipal, eis o que se comenta nos bastidores da política local.

(Foto – Reprodução)

Ministro de Bolsonaro elogia programa do governo de Camilo Santana

Onélia Leite fez apresentação da experiência cearense.

O Programa Mais Infância Ceará, instituído política pública no fim de fevereiro, foi apresentado, nesta semana, durante o II Seminário Internacional da Primeira Infância – O Melhor Investimento para Desenvolver uma Nação, promovido em Brasília. A convite do Ministério da Cidadania, a primeira-dama do Estado, Onélia Santana, foi uma das palestrantes no evento e apontou os resultados do trabalho já realizado pelo Governo do Ceará na área do desenvolvimento infantil.

“Estar em um evento internacional, mostrando os avanços do Ceará na área da infância, é o reconhecimento de que estamos no caminho certo. São milhares de famílias sendo beneficiadas com as ações do programa, nos 184 municípios cearenses”, enfatiza.

Onélia Santana, que dividiu a mesa com a primeira-dama de Alagoas, Renata Calheiros, destacou a parceria com os municípios para garantir condições em benefício das crianças que estejam na primeira infância.

O evento reuniu especialistas e gestores públicos que conheceram experiências exitosas em todo o Brasil de políticas públicas voltadas para a primeira infância, abrangendo crianças até seis anos de idade. As palestras e discussões tiveram início na terça-feira (12), dia da abertura oficial do evento, que contou com a presença do ministro Osmar Terra (Cidadania) e da primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, além de secretários, deputados estaduais e federais e intelectuais da área.

O ministro Osmar Terra não poupou elogios ao Ceará: “Estamos impressionados com o trabalho que vem sendo feito no Ceará. Esse é o estado que atua com mais municípios envolvidos na primeira infância. Estamos sempre ajudando o trabalho da primeira-dama Onélia, que, com compromisso, conduz as ações no estado. Sabemos que é no início da vida que se formam as competências humanas e, certamente, a nova geração do Ceará vira com melhores condições, graças ao trabalho que está sendo feito agora”, destaca.

Mais Infância

Criado em agosto de 2015, o Programa Mais Infância Ceará defende a necessidade de se ter um olhar especial e mais dedicado à infância, a partir de um diagnóstico da situação do Estado na área e do mapeamento das ações voltadas para o segmento nas diferentes secretarias estaduais. A iniciativa, que abrange os 184 municípios cearenses, busca contemplar a complexidade de promover o desenvolvimento infantil, estruturando-se em quatro pilares: Tempo de Crescer, Tempo de Brincar, Tempo de Aprender e Tempo de Nascer.

O Tempo de Crescer contempla a construção de uma rede de fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, por meio de serviços e formações de profissionais. Já o Tempo de Brincar foca nos benefícios do jogo infantil para o desenvolvimento físico, cognitivo e emocional das crianças. No Tempo de Aprender, compreende-se a escola como direito de todos, buscando atender a meta de universalizar a oferta de pré-escola e ampliar a oferta de creches com a construção e a qualificação dos Centros de Educação Infantil – CEIs. Por fim, o Tempo de Nascer que contempla a reestruturação alinhada de cuidado materno-infantil a partir da atenção à gestação de alto risco, visando a redução da morbimortalidade materna e perinatal.

(Também com Ministério da Cidadania/Foto – Rafael Zart)

Caso Marielle – “Quem deu ordem para puxar o gatilho?”

178 1

Com o título “Quem deu a ordem para puxar o gatilho?”, eis artigo do jornalista Plínio Bortolotti, do O POVO. Ele aborda o Caso Marielle e Anderson, que completa um ano sem que se saiba acerca de mandante do crime. Confira:

É compreensível a atitude do delegado Giniton Lages, responsável pela investigação do assassinato de Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes, quando evitou garantir que haveria um mandante do crime. Seu tipo de trabalho exige a prudência de só fazer afirmações com dados suficientes para sustentá-las. Ele não teve dúvida, por exemplo, ao apontar como executores do crime o PM reformado Ronnie Lessa (atirador) e Élcio Queiroz (o motorista do veículo de onde partiram os tiros), ex-policial militar.

Se o delegado, por dever de ofício, deve ser prudente, nada impede que se duvide que o assassino tenha agido de moto-próprio, apenas por “motivo torpe”, isto é, devido à atuação política da vereadora, que teria despertado a ira do policial. De alguns setores virá a inevitável acusação: “O que você entende de investigação?” Entendo alguma coisa como jornalista e nada como policial; porém, de qualquer forma, não me sentiria impedido de opinar.

Mas vou convocar Raul Jungamnn, pois, devido a função que exerceu – ministro da Segurança do governo de Michel Temer -, está mais apto a dar opinião, pois acompanhou o assunto de perto. Foi ele quem disse, em novembro do ano passado, que “políticos poderosos”, agentes públicos e milicianos, estavam por trás do assassinato de Marielle. Foi também, nesse período que a Polícia Federal foi acionada para “investigar os investigadores”, devido a suspeitas de que o caso não estava sendo levado a contento.

Portanto, a “segunda fase” da operação tem de responder às seguintes perguntas: 1) Quem é o mandante do crime? 2) Quem é o responsável pelo vazamento das informações? 3) Qual a relação de Lessa e Queiroz com o “Escritório do Crime”, que levou aos nomes dos milicianos, major PM Ronald Paulo Alves Pereira e de Adriano Magalhães da Nóbrega, ex-capitão do Bope?

Em vez de uma “Lava Jato” para a educação, o que se precisa é de uma CPI para passar um pente fino na polícia do Rio e investigar as milícias em todo o país, um poder criminoso-político, que está minando as instituições e desafiando o Estado.

*Plínio Bortolotti,

Jornalista do POVO.

(Foto – Agencia Brasil)

Sindicalistas belgas visita a CUT do Ceará

171 1

Uma delegação do Comitê Belgo-Brasileiro visitou a sede da CUT do Ceará. O grupo veio conhecer o trabalho desenvolvido pela Central Única na defesa dos direitos da classe trabalhadora e trocar experiências e conhecimentos que contribuam para o desenvolvimento de políticas públicas.

O engenheiro Dirk Ameel e a professora Cecília Kooken estão em Fortaleza desde o fim de semana, cumprindo roteiro de visitas que incluiu também a Unilab, UFC, MST e o Dieese.

Durante visita à CUT Ceará, eles foram recebidos pelos secretários de comunicação, Emanuel Lima e de formação, Lúcia Silveira. Também participou do encontro o ex-presidente da CUT e ex-deputado federal Eudes Xavier.

(Foto – CUT/CE)

Abate de suínos fecha 2018 com recorde

Cerca de 44,2 milhões de suínos foram abatidos no Brasil no ano passado. O volume é recorde na série histórica da pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), iniciada em 1997. De acordo com os dados divulgados hoje (14), houve crescimento de 3,4% em relação a 2017.

O abate cresceu em 19 das 26 unidades da Federação pesquisadas. Houve aumentos em locais como Mato Grosso do Sul (mais 296,4 mil cabeças), Rio Grande do Sul (mais 194,72 mil) e São Paulo (mais 181,64 mil). Santa Catarina manteve a liderança no abate de suínos em 2018, com 26,2% da participação nacional, seguida pelo Paraná (21%) e o Rio Grande do Sul (18,6%).

O abate de bovinos também fechou 2018 com crescimento (3,4%). No total, foram abatidos 31,9 milhões de animais. Já o abate de frangos teve queda de 2,5% em 2018, a segunda redução consecutiva do indicador.

Outro segmento agropecuário com recorde em 2018 foi a produção de ovos, que fechou o ano com 3,6 bilhões de dúzias, um aumento de 8,6% em relação a 2017 e o maior resultado desde o início da pesquisa, em 1987.

A aquisição de leite pelas unidades beneficiadoras do produto (24,45 bilhões de litros) manteve-se relativamente estável, com crescimento de apenas 0,5% em relação a 2017. Já a aquisição de couro por curtumes nacionais cresceu 3% em relação a 2017.

Nova Previdência – Tasso é vice da comissão de acompanhamento do projeto no Senado

Os senadores Otto Alencar (PSD/BA) e Tasso Jereissati (PSDB) e Otto Alencar (PSD-BA) serão respectivamente presidente e vice da Comissão de Acompanhamento da Reforma da Previdência que será criada no Senado. Segundo o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), o ato de criação do colegiado será assinado hoje (14),mas a instalação deverá ficar para a próxima terça-feira (19).

A comissão terá outros sete integrantes, representantes de todos os Blocos Parlamentares e, apesar de nenhum poder decisório, o objetivo é levar aos deputados as divergências e expectativas dos senadores para que o texto venha da Câmara com os principais pontos mais afinados. É que proposta de emenda constitucional não têm Casa revisora, por isso, enquanto sofrer alteração de mérito, o texto passa da Câmara para o Senado e vice-versa, até que não seja mais modificado.

Para evitar esse vai e vem, a ideia é que os senadores aprovem o texto analisado pelos deputados e, a saída encontrada por Alcolumbre para que isso ocorra de maneira mais tranquila foi a criação da comissão especial.

Militares

Embora o objetivo da Comissão seja acompanhar exclusivamente a PEC 6/2019, da Reforma da Previdência, Davi Alcolumbre reconheceu que o projeto de lei que vai tratar de mudanças no regime de previdência dos militares, que deve chegar à Câmara na semana que vem, pode eventualmente ser debatido no colegiado. Alcolumbre, que tem um almoço hoje com o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo, anunciou nesta quinta-feira que se comprometeu com o ministro a só votar no Senado o PL dos militares, depois que a Reforma da Previdência for aprovada na Casa. O mesmo compromisso já havia sido feito pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

(Agência Brasil)