Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

IBGE aposta em safra recorde

“A segunda estimativa de 2015 para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas prevê recorde na produção, com um total de 199,6 milhões de toneladas, resultado 3,5% superior à safra obtida em 2014, que atingiu 192,8 milhões de toneladas.

Os dados fazem parte do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de fevereiro, divulgado hoje (10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apesar da manutenção das expectativas de safra recorde, quando comparada às previsões de janeiro, há queda de 1,8 milhão de toneladas (-0,9%).

Segundo o IBGE, entre os 26 principais produtos, 12 apresentaram variação percentual positiva na estimativa de produção em relação ao ano anterior, com destaque para produtos em grãos como aveia, com crescimento de 23,6%; cevada (23,1%); feijão, na primeira safra (9,6%); soja (9,8%) e trigo (21,6%).”

(Agência Brasil)

Ciro Gomes ainda sonha em disputar a Presidência da República

114 1

Entrevista com ciro Gomes

O ex-ministro Ciro Gomes (Pros) não desistiu do sonho de voltar a disputar a presidência da República. Em conversa com este Blog, o também ex-governador, ao ser indagado sobre 2018 e uma possível candidatura sua ao Senado, reagiu de imediato:

“Eu quero é disputar a Presidência da República!” Indagado se o Senado não seria uma melhor alternativa, até porque estarão na disputa duas vagas, voltou a afirmar:

“Que nada! Eu quero é Presidência da República!

Perguntado sobre suas chances e estratégias, Ciro deu calado como resposta, mas não dispensou largo sorriso.

Sobre o cenário econômico nacional, ele não comenta. Diz que hoje trabalhando na CSN e respondendo pela obra da Transnordestina, acha recomendável evitar o tema.

Impeachment: Adísia Sá destaca prudência e serenidade do senador Tasso Jereissati

181 4

A jornalista Adísia Sá assina o artigo “Catastrofismo desnudado”, no O POVO desta terça-feira.  Ela analisa a proposta de impeachment, que circula nos meios políticos, e se posiciona contra. Adísia diz: “Não é com rompantes que as situações se normalizam. pelo contrário, é nesses momentos em que a lucidez se faz necessária e se medem as instituições e as pessoas”. No texto, ela destaca a postura do senador Tasso Jereissati (PSDB), que não vê impeachment como saída., Confira:

Há brasileiros que não sabem conviver com problemas, sejam pessoais, familiares e sociais: pensam logo em rompimentos definitivos, inimizades “eternas”, “impeachment”. E não é com rompantes que situações se normalizam. Pelo contrário, é nesses momentos em que a lucidez se faz necessária e se medem as instituições e as pessoas.

O Governo Dilma Rousseff passa por turbulência, sem dúvida, mas isso não impõe medidas drásticas, como a que corre pela imprensa (não fruto dela, convém que se diga) – ou seja, “impeachment” da presidente.

Ainda bem que há homens públicos atentos ao momento, mas não defendendo nem aceitando essa proposta de alguns pregoeiros da discórdia. O País é maior do que o “catastrofismo” desejado e proposto. Quem ainda não sabe conviver com a democracia, que não é um manso lago azul, pelo contrário, é um mar quase sempre raivoso e agitado.

Do Ceará parte a voz da prudência e da serenidade: o senador Tasso Jereissati declara: “impeachment não é a saída”, e afirma que é necessário aguardar os desdobramentos no cenário jurídico. Com isso o senador apela à classe política e à sociedade, que encontrem caminhos que levem a Nação à tranquilidade desejada e necessária ao seu dia-a-dia. E não tenhamos dúvida: o Brasil é maior do que os que se acobertam na “tese” de que o país corre perigo.

A palavra de Tasso Jereissati disseca a intenção dos que defendem a saída da presidente: o enfraquecimento, a descrença na classe política. E isso não é bom para o País, significa, isto sim, a ganância de alguns e a impatriótica atitude de muitos. Meu consolo é que o Brasil – mesmo com suas fragilidades, é maior do que todos nós, principalmente daqueles que se julgam equivocadamente salvadores da pátria.

Adísia Sá

adisiasa@gmail.com

Jornalsta.

Senai e CSP fecham parceria na área da mão de obra

pauloandree

O diretor regional do SENAI, Paulo André Holanda, vai assinar, às 15 horas desta terça-feira, um contrato de parceria com a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). O ato ocorrerá no Centro de Treinamento da CSP, no Complexo Industrial e Portuário do Pecém , em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza).

O contrato de parceria viabilizará a prestação de serviço e a cooperação técnica para o recrutamento, seleção e treinamento de mão de obra, sob responsabilidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, para fase operacional da siderúrgica.

Serão selecionados até 1500 trabalhadores para 950 vagas ofertadas nos cursos. Este será o maior programa de qualificação feito pelo SENAI/CE em 70 anos de atuação no Ceará para educação profissional em uma única empresa industrial no Estado. Os investimentos totais do programa giram em torno R$ 5 milhões.

SERVIÇO

As inscrições ocorrerão nas unidades do SENAI da Barra do Ceará e Jacarecanga, em Fortaleza; Maracanaú; e São Gonçalo do Amarante.

Lula vai propor a Dilma que reajuste em 6,5% da tabela do IR para agradar a classe média

Lula-e-Dilma1

“O governo vai ceder e apresentar ao Congresso nova proposta para a correção da tabela do Imposto de Renda. A garantia foi dada nesta segunda-feira, 9, pela presidente Dilma Rousseff, em reunião com líderes da base aliada no Senado e em jantar com ministros e dirigentes do PT.

O valor do reajuste, porém, ainda está em negociação entre o Palácio do Planalto e a equipe econômica. “Vamos trabalhar na construção de uma alternativa para a correção da tabela do Imposto de Renda”, disse o ministro de Relações Institucionais, Pepe Vargas. “Ela disse que vai ser uma proposta boa”, afirmou o líder do PT na Câmara, Sibá Machado (AC).

Na conversa que terá nesta terça-feira, 10, com Dilma, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai sugerir a ela, porém, que faça um afago na classe média, neste momento de dificuldade política, e corrija a tabela do IR em 6,5%. Sob a alegação de que esse índice seria prejudicial ao ajuste fiscal, Dilma vetou, em 20 de janeiro, o reajuste de 6,5%, aprovado no fim do ano passado pelo Congresso. De lá para cá, a crise se complicou e até parlamentares da base aliada ameaçam impor nova derrota a Dilma, na votação marcada para esta quarta-feira, 11. “Estamos tentando encontrar um índice que faça a mediação”, declarou Vargas.

Segundo o líder do PDT no Senado, Acir Gurgacz (RO), “é preciso ter uma alternativa viável porque, senão, fica difícil não defender a derrubada do veto”, disse. De acordo com o senador, que participou da reunião no Planalto, Dilma prometeu aos líderes dos partidos da base aliada apresentar a eles, até as 10 horas, uma nova proposta relativa à correção da tabela.

Vargas saiu da reunião com Dilma e aliados de vários partidos, no Palácio, e foi direto para um jantar com a presidente, ministros do PT, deputados e senadores do partido, no Palácio da Alvorada. O ministro disse ainda que a modificação da proposta (de reajuste do IR) vai ser discutida também com os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).”

(Estadão)

Lula conversará com Dilma sobre reforma ministerial

“Virou consenso entre os petistas que na conversa de hoje entre Lula e Dilma Rousseff, em São Paulo, o ex sugerirá que ela reformule de modo vigoroso o ministério – a começar por Aloizio Mercadante.

Lula acha – e já expôs isso para alguns interlocutores – que Mercadante não reúne mais condições para ser o homem-forte do governo – na verdade, o homem-forte de um governo fraco. Quem conhece Dilma, no entanto, duvida que ela aceite a proposta.

Lula tentará convencer sua sucessora que o governo precisa ser remontado e começar novamente. Só assim, Dilma conseguiria respirar. E a crise continua.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

CPI da Petrobras – Eduardo Cunha vai depor nesta quinta-feira

eduardo-cunha_0

“O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), falará à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras na próxima quinta-feira (12). O anúncio foi feito hoje (10) pelo presidente da CPI, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), no início da reunião destinada a ouvir o ex-gerente da Petrobras, Pedro Barusco.

“Ontem à noite recebi uma ligação do presidente [da Câmara, Eduardo Cunha] expressando o seu desejo de vir a essa comissão. Já tínhamos alguns requerimentos pedindo a sua presença, mas como não tem sessão deliberativa hoje, nós marcamos para a próxima quinta-feira o seu depoimento”, anunciou Motta ressaltando que o depoimento de Cunha é espontâneo.

Cunha foi um dos parlamentares citados na lista enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, com pedido de abertura de inquéritos para investigar pessoas mencionadas em depoimentos da Operação Lava Jato. Entre os nomes estão outros deputados federais, senadores, ex-governadores e ex-ministros de Estado.

Na última quinta-feira (5), Cunha compareceu de surpresa à primeira reunião da CPI e se colocou à disposição da comissão para esclarecer denúncias de envolvimento com o esquema de desvio de dinheiro e pagamento de propina na Petrobras.”

(Agência Brasil)

CPI da Petrobras – Depoimento de Pedro Barusco será aberto

149 1

“O depoimento do ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras será em audiência pública. Ontem (9), a defesa havia solicitado à Câmara dos Deputados que seu depoimento à CPI da Petrobras, nesta terça-feira, seja a portas fechadas.

Após acordo com a secretaria da CPI, no entanto, a defesa concordou com a realização de uma sessão pública. Os deputados, contudo, não poderão fazer perguntas sobre a vida pessoal ou da família do ex-gerente da estatal.

Um dos delatores da Operação Lava Jato da Polícia Federal, Barusco será o primeiro dos depoimentos agendados pela CPI, que foi criada para investigar a prática de atos ilícitos e irregulares no âmbito da estatal do petróleo, no período de 2005 a 2015.”

(Agência Brasil)

Ministério da Saúde incorpora na lista do SUS cinco medicamentos para transtorno bipolar

“O Ministério da Saúde incorporou os medicamentos clozapina, lamotrigina, olanzapina, quetiapina e risperidona para o tratamento do transtorno bipolar no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). A portaria com a decisão foi publicada na edição desta terça-feira (10) do Diário Oficial da União e entra em vigor hoje.

Clozapina, lamotrigina, olanzapina, quetiapina e risperidona são remédios usados para outros fins na rede pública, mas devem estar disponíveis também para esse transtorno afetivo. A expectativa é que em 2015 cerca de 270 mil pessoas sejam beneficiadas com o tratamento. O investimento este ano será cerca de R$ 90 milhões com os medicamentos.

O Ministério da Saúde deve publicar esta semana as diretrizes terapêuticas para o diagnóstico, tratamento e acompanhamento do transtorno bipolar. A forma mais grave da doença afeta cerca de 2 milhões de brasileiros.”

(Agência Brasil)

Uece, UVA e Urca querem a regulamentação da categoria do “Professor Associado”

237 1

O professor Fernando Cavalcante, da Universidade Estadual do Ceará, manda nota para o Blog expondo luta pela regulamentação da categoria do Professor Associado nas três universidades estaduais (Uece, UVA e Urca). Ele explica melhor essa reivindicação. Confira:

Prezado Jornalista ​​Eliomar de Lima,

Estamos trabalhando pela regulamentação da categoria do Professor Associado nas três Universidades Estaduais (UECE, URCA e UVA) e gostaríamos de contar com sua valiosa ajuda.

Para um melhor entendimento do nosso caso “Professor Associado” apresentamos a seguir um breve histórico:

1) Em 27/05/2008 foi publicada no DOE a Lei No 14.116, que aprovou o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) dos professores das 3 universidades públicas cearenses;

2) Os professores das 3 universidades foram enquadrados na nova carreira em 30/06/2008.

3) A referida lei criou uma nova classe na carreira – o de Associado – com 2 referências – N e O , sendo necessário para a ascensão à Associado N que o professor: a) seja detentor do título de doutor; b) passe 365 dias na última referência – M -, da classe de Adjunto, ou seja, a classe abaixo à nova classe; c) tenha sido aprovado em avaliação POR UMA BANCA DE 3 PÓS-DOUTORES, quanto a sua atuação e produção acadêmica, por meio de MEMORIAL DESCRITIVO.

4) As 3 universidades passaram a ter professores em condição legal, pela Lei 14.116/2008, a ascensão para Associado N a partir de 01/07/2009 e a Associado O a partir de 01/07/2011.

5) A Lei 14.116/2008 criou a classe de Associado, mas não criou as vagas para o novo cargo. As vagas só podem ser criadas por lei de iniciativa do Executivo estadual e aprovada pelo Legislativo estadual, sancionada e publicada. Até a presente data, passados quase 7 anos de criação do novo cargo, a lei ainda não existe, o que significa que os professores-doutores das 3 Universidades com direito a Associado estão sendo PREJUDICADOS em seus Direitos.

6) A greve geral das 3 Universidades (2013/2014) teve como uma de suas reivindicações, que o Projeto de Lei tratando da criação de vagas de Professor Associado fosse enviado pelo então Governador Cid Gomes à ALCE e fosse aprovada, sancionada e publicada.

7) O descumprimento dessa promessa e de várias outras, como o concurso público para Professor efetivo, levou a outra greve em 2014/2015.

8) Em 08/10/2014, ou seja, entre os 1o e 2o turnos das eleições de 2014, o então Governador Cid Gomes enviou a mensagem 7.672 para a ALCE, encaminhando Projeto de Lei criando as vagas relativas ao cargo de Professor Associado na UECE, UVA e URCA.

9) Em 10/10/2014, a mensagem foi lida no Expediente em Plenário, tomou a denominação de PL 100/2014 (em anexo) e foi enviada para parecer na 1a das 4 Comissões pelas quais tem de tramitar, que é a Comissão de Constituição e Justiça e Redação (CCJR), onde pegou a relatoria do Dep. Dr. Sarto (Pros). Em síntese, o Dep. Dr. Sarto nunca emitiu seu parecer e o PL nunca saiu do seu gabinete até o final da legislatura 2011-2014 em 31/01/2015.

10) No início da 2a semana de fevereiro de 2015, em decorrência de exigência regimental por conta da mudança de legislatura, o PL 100/14 foi arquivado na ALCE. Voltamos a estaca zero!

Resumindo, em meu nome e do grupo de quase 70 professores-doutores da UECE, UVA e URCA agradecemos antecipadamente sua grande ajuda na publicação deste nosso pleito em seu Blog, que têm grande penetração no meio político e na sociedade.

Atenciosamente,

* Fernando Mourão,

Professor da Uece.

Senador Magno Malta culpa o Governo pela crise

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=h3tW80ilkzI[/youtube]

O senador Magno Malta (PR/ES) bateu duro na presidente Dilma Rousseff nesta terça-feira, em Fortaleza. Ao avaliar o cenário político do País, ele disse que a presidente fez pacote de bondades e colocou os brasileiros em dificuldades.

Magno Malta culpa o governo, que estourou a economia e estuprou leis que davam responsabilidade ao País. Ele lamentou a onda de corrupção que se abateu sobre o Congresso Nacional.

Ônibus da banda “Garota Safada” tomba na BR-222

porffff

Um ônibus pertencente à banda de forró elétrico Garota Safada tombou, na madrugada desta terça-feira, no km 80,5, da BR-222, altura do município de São Luís do Curu( vale do Curu). Deixou pelo menos 18 pessoas feridas, segundo informação da Polícia Rodoviária Federal.

Quatro das vítimas foram transferidas ao Instituto Doutor José Frota (IJF) em estado grave, adiantou a PRF.

O acidente ocorreu por volta da 3 horas e chovia muito, fazendo o motorista perdesse o controle do veículo. Os outros feridos foram encaminhados aos hospitais da região, nas cidades de São Luís do Curu, São Gonçalo do Amarante, Itapipoca e Umirim. O cantor Wesley Safadão não estava no ônibus. O grupo seguia para show no Piauí.

(Foto – PRF-CE)

Em Canoa Quebrada, pontos da escadaria já apresentam sinais de corrosão

O presidente do Fórum dom Turismo do Ceará, Pedro Carlos da Fonseca, visitou Canoa Quebrada, em Aracati (Litoral Leste), e voltou preocupado. O cenário ali, segundo ele, é de abandono.

Além da destruição do famoso símbolo de Canoa Quebrada – a lua e a estrela pela ressaca do mar, o local deixa a desejar em matéria de preservação e manutenção. Há muito lixo.

Pedro Carlos, inclusive, divulga fotos, por meio do Blog do jornalista José Rangel,  da situação das escadarias que dão acesso à praia. Em vários pontos, já há sinais de corrosão.

corrosao

 

corrsao2

Secretário e ministro entregarão na Assembleia o Plano Estadual de Cultura

O ministro da Cultura, Juca Ferreira, dará coletiva a partir das 9h30min desta terça-feira, no Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa. Ele falará sobre ações da pasta para este ano de ajuste fiscal.

Em seguida, ele acompanhará o secretário da Cultura do Estado, Guilherme Sampaio (PT), que fará a entrega, aos parlamentares, do Plano Estadual de Cultural., com diretrizes para o setor em vários segmentos.

Juca Ferreira deve participar de debate na Assembleia Legislativa e ainda manter contato com artistas e produtores culturais do Estado no mesmo local. A visita do ministro integra as ações do programa “Diálogos Culturais”, da Secult.

A Saudade de Chico Bento

inezitt

O cartunista Mauricio de Sousa prestou uma homenagem à memória da cantora Inezita Barroso que, com sua voz, tocava as belezas do Brasil rural.

Ele divulga o seu personagem “Chico Bento” lamenta a morte da artista que, por várias décadas, comandou aos domingos, na TV Cultura, o programa “Viola, minha viola”, aqui retransmitido pela TV O POVO.

Protesto na Unilab – Estudantes de Humanidades permanecem na reitoria

Alunos do curso Bacharelado em Humanidades, da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), entram no décimo-segundo dia ocupando a Reitoria e Pró-Reitoria de Administração da Universidade. Eles pressionam para tentar reaver o pagamento do Programa de Assistência Estudantil (Moradia, Transporte, Alimentação, Social, Instalação) e o Programa Bolsa Permanência, conforme prevê o Art. 6º, da Portaria do MEC 389, de 9 de maio de 2013. A permanência na reitoria ocorre desde o dia 26 de fevereiro.

Segundo representantes do CA do Bacharelado em Humanidades, o bolsa permanência não está consolidado e não possui data fixa para o pagamento e os atrasos ainda acontecem constantemente. Além disso, há um desvio de finalidade do Programa, uma vez que o universitário deverá utilizar os recursos do PBP com custos como aluguel, antes assistidos pelo PNAES.

Tucano espera pedido de desculpas de Cid Gomes

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=u33eKRAP5Lw[/youtube]

O deputado federal Raimundo Gomes d Matos (PSDB) disse, nesta terça-feira, esperar pelo menos um pedido de desculpas do ministro da Eduycação, Cid Gomes (Pros). Na última semana, durante evento em Belém (PA), Cid afirmou que havia no Congresso um grupo de 300 a 400 achacadores. Ou seja, grupo de parlamentares que torcem pelo quanto pior, melhor para obter vantagens do Governo.

Para Gomes de Matos, caberá a Cid Gomes pedir desculpas, reafirmar o que disse ou dar nome aos bois nessa sua crítica ao Congresso.

Deputados cearenses esperam retratação de Cid Gomes

cidoog

“Às vésperas do ex-governador do Ceará e atual ministro da Educação, Cid Gomes (Pros), prestar esclarecimentos na Câmara Federal, sobre críticas a parlamentares, deputados cearenses dizem aguardar pedidos de desculpas de Cid. Na semana passada, depois de ele alertar para a existência de “400 ou 300 achacadores” na Casa, deputados convocaram o ministro de Dilma para esclarecer declarações.

“Esperamos no mínimo uma retratação, pedindo desculpas ao Parlamento e que ele se comprometa a não ser reincidente a essa postura antidemocrática”, garantiu o deputado Danilo Forte (PMDB). Para ele, Cid encontrará um ambiente hostil no plenário da Câmara. O peemedebista explica ainda a postura do ex-governador como fruto de uma prática comum enquanto estava à frente do Executivo.

Menos simpáticos a Cid, os deputados Raimundo Gomes de Matos (PSDB) e Vitor Valim (PMDB) dizem esperar uma tentativa de explicar o inexplicável e reconhecer o calor da emoção em seus dizeres. “Não é dessa maneira. Precisa ter cautela. Cid não pode sair metralhando. Se o PMDB tem pessoas desonestas que ele aponte quem são”, alfinetou Valim.

Matos destaca o fato de que em “anos passados, quando Lula disse o mesmo, não houve reação ao então pré-candidato à Presidência, porque, naquele período, não se tinha esse ambiente de crise política. Hoje, essa instabilidade política gerou total desconforto na Câmara”. Em 1993, Lula falou de “300 picaretas que defendem seus próprio interesses”.

(O POVO)

FHC – Impeachment de Dilma “não adiantaria nada”

SAO PAULO/SP 05/09/2006 - 16:00 H - FHC / ENTREVISTA - VARIEDADES JT - Entrevista com ex Presidente da Republica, Fernando Henrique Cardoso em seu escritorio no Instituto.

“O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou nesta segunda-feira, 9, que um eventual impeachment da presidente Dilma Rousseff “não adiantaria nada”. “Tirar a presidente da República não adianta nada. O que vai fazer depois?”, questionou o tucano durante um seminário no Instituto FHC, na capital paulista.

O tucano deu a declaração um dia depois do panelaço contra Dilma no qual manifestantes xingaram a petista e também pediram sua renúncia durante a transmissão do pronunciamento oficial da presidente na TV. Durante o seminário, o ex-presidente realizou uma análise sobre o cenário político e econômico do País e teceu uma série de críticas ao modelo de gestão do PT na Presidência.

FHC afirmou que o modelo de presidencialismo de coalização, chamado pelo tucano como de “presidencialismo de cooptação”, está exaurido. Para o tucano, o sistema político está “totalmente espatifado”. “Um Congresso que tem 20 e poucos partidos e um governo que tem 40 e poucos ministérios é receita para não dar certo. Não pode funcionar”, afirmou ele. 

“Esse modelo que eles chamou de presidencialismo de coalização está exaurido. E não é de coalização. É de cooptação. Isso se arrebentou. Não tem mais Tesouro para sustentar essa farra toda. O sistema políticos está totalmente espatifado”.

(Agência Estado)

Congresso terá sessão extraordinária nesta quarta-feira para votar vetos presidenciais

“Nova sessão conjunta da Câmara dos Deputados e do Senado, para votação de vetos presidenciais, foi convocada hoje (9) pelo presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL). A sessão será na próxima quarta-feira (11) e foi anunciada pelo senador Sérgio Petecão (PSD-TO), que presidiu a sessão ordinária do Senado nesta segunda-feira.

Segundo Petecão, além da apreciação dos vetos que trancam a pauta do Congresso – entre eles o que trata do reajuste na tabela do Imposto de Renda (IR) –, também será analisado o Projeto de Resolução 1/2015, que muda o regimento comum do Congresso e impõe limites no número de requerimentos durante a discussão de matérias em votação. O objetivo é impedir obstruções por muito tempo. Na oportunidade, também poderá ser votado o Orçamento Geral da União para 2015.

Entre os vetos a serem apreciados, além do que trata do IR – que mudou o reajuste de 4,5% para 6,5% –, estão o que trata da redução da alíquota de empregadores e empregados domésticos na contribuição para a Previdência Social e alguns da Lei de Diretrizes Orçamentárias deste ano, que aumentam as prioridades e obrigações do governo. O governo alegou, em todas essas situações, que elas prejudicam os esforços de ajuste fiscal – aumentam gastos e diminuem receitas.”

(Agência Brasil)