Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Dívida pública federal aumenta 1,83% em maio e chega a R$ 2,5 trilhões

167 1

“A Dívida Pública Federal teve elevação de 1,83% em maio, em comparação a abril deste ano: passou de R$ 2,451 trilhões para R$ 2,496 trilhões. Os dados foram divulgados hoje (23) pelo Secretaria do Tesouro Nacional. O endividamento do Tesouro pode ocorrer por meio da emissão de títulos públicos ou pela assinatura de contratos.

A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) cresceu 1,64% e passou de R$ 2,333 trilhões para R$ 2,372 trilhões. DPMFi é a dívida pública federal em circulação no mercado nacional. Ela é paga em reais e captada por meio da emissão de títulos públicos. O motivo da elevação, informou o Tesouro, foi a emissão líquida, no valor de R$ 13,55 bilhões, mais o total de juros acrescidos a dívida no montante de R$ 24,70 bilhões.

A Dívida Pública Federal externa (DPFe) registrou também, em maio, crescimento, de 5,53%, em comparação ao resultado do mês anterior: atingiu R$ 124,19 bilhões, equivalentes a US$ 37,07 bilhões, dos quais R$ 112,91 bilhões (US$ 35,52 bilhões) são referentes à dívida mobiliária (títulos) e R$ 11,28 bilhões (US$ 3,55 bilhões) à dívida contratual.

O total de emissões da Dívida Pública Federal chegou a R$ 86,09 bilhões enquanto os resgates ficaram em R$ 72,98 bilhões resultando em uma emissão líquida de R$ 13,11 bilhões. De acordo com a programação do Tesouro Nacional, a Dívida Pública Federal deverá encerrar o ano entre R$ 2,45 trilhões e R$ 2,6 trilhões.”

(Agência Brasil)

Neymar – O capitão de barro da “Canarinho”

neymar_coletiva_mowa_95

Com o título”Recordar é viver?”, eis artigo de José Nilton Mariano Saraiva, economista e aposentado do BNB. Ele aborda o caso da exclusão do craque Neymar da Copa América. Ele aborda as “palhaçadas” em torno do atleta, que posou de capitão da “Canarinho”. Confira:

Aos que se mostraram surpresos com a “enésima” palhaçada patrocinada pelo jogador Neimar-cai-cai, no último jogo do Brasil na atual Copa América, permitimo-nos transcrever artigo que postamos em blogs do Crato, em 14.07.2014 (portanto quase um ano atrás) após a extravagante derrota do Brasil para a Alemanha, na Copa do Mundo de Futebol, e que trata sobre a promíscua relação da mídia esportiva brasileira com o comando da CBF e o dito cujo:

…”No mais (e nisso ninguém fala), tivemos também a derrota da mídia esportiva brasileira. É que, antes de se preocupar com os adversários do Brasil propriamente, a atenção maior foi, antes e durante a Copa (e até agora, após) tentar incutir da mente dos torcedores que a seleção tinha um novo “LÍDER” capaz de guiá-la ao Olimpo, levá-la aos píncaros da glória, guindá-la ao panteão dos heróis imortais: o tal Neimar-cai-cai (que é apenas um bom jogador e não esse fenômeno que propagam).

Ora, amigos, “LIDERANÇA” não se encontra disponível nas prateleiras das bodegas da vida do interiorzão brabo, nas gôndolas dos grandes supermercados das capitais ou nas bancas das feiras-livres da periferia; “LIDERANÇA” não se compra, não se impõe, não se transfere e nem se atribui via decreto, bilhete, norma, portaria ou coisa que o valha. “LIDERENÇA” é algo natural, de berço, carismática, única, personalíssima. E disso o tal Neimar-cai-cai é desprovido, do dedão do pé à cabeleira moicana.

Assim, nada mais hipócrita que a recorrente imagem da TV mostrando no túnel de acesso ao gramado o tal Neimar-cai-cai abraçando um a um os colegas, antes de cada partida, ao tempo em que o narrador global, empostando a voz, destacava sua forte “LIDERANÇA” ante os demais; nada mais cafona do que a imagem dos jogadores entrando em campo para uma semifinal de Copa do Mundo usando “bonés” personalizados, saudando o tal Neimar-cai-cai (fora do jogo, por contusão); nada mais ridículo que exibir, durante o canto do Hino Nacional, a camisa do tal Neimar-cai-cai, como se fora ele um “herói” já falecido, a quem todos devêssemos reverência (passa longe, bem longe disso). Deu no que deu.”

Agora, e voltando à atualidade: quem quiser saber das imoralidades, mutretas e falcatruas do mundo futebolístico, não pode deixar de ler o livro “O Lado Sujo do Futebol – A trama de propinas, negociatas e traições que abalou o esporte mais popular do mundo” (editora Planeta do Brasil, 2014, 382 páginas) onde… “os autores desmontam uma intricada rede de corrupção, que envolve grandes multinacionais, emissoras de televisão, empresários, clubes, políticos e jogadores”.

Lá, por exemplo, tomamos conhecimento que a “NIKE”, patrocinadora da seleção brasileira de futebol, indicava quais os integrantes que deveriam compor a comissão técnica da seleção e, posteriormente, quais os jogadores que deveriam ser convocados por essa mesma comissão, bem como quais os adversários que enfrentaríamos e por aí vai; também, em conluio com a CBF-televisão, que os jogos regionais se realizassem quase que a meia-noite, independentemente ou não da presença de público, mas que “apropriado” à grade televisiva; e, inclusive, que a NIKE chegou ao cúmulo de impor ao comando técnico da seleção a escalação do Ronaldo Gordo Nazário, na final da Copa do Mundo da França, mesmo e apesar de dopado por analgésicos e protegido por coletes ortopédicos que literalmente o mantinham de pé, após sofrer convulsões de origem epiléptica; lá temos, também, todos os detalhes (cópias de documentos, valores pagos e números de contas bancárias no exterior) da transação-fraudulenta entre o então presidente do Barcelona, Sandro Rosell (representante da “NIKE”), o comando da CBF e o pai do Neimar-cai-cai, visando sua transferência para o clube catalão (hoje questionada pelas justiças espanhola e brasileira); lembremo-nos que à época a imprensa brasileira considerou o “papai-Neimar” um autentico “mago das finanças” devido à esperteza demonstrada na transação. Deu no que deu.

Enfim, lamentavelmente temos que aceitar que o futebol brasileiro e seus jogadores não estão nem aí para com a antiga paixão nacional, e que o transformaram num antro de corrupção e safadeza, onde uns poucos se beneficiam com muita, muita grana.

* José Nilton Mariano Saraiva, 

Economista e aposentado do BNB.

Quem tem dívidas do Pronaf pode renegociar até dia 30

Termina no próximo dia 30 o prazo para a renegociação ou a liquidação de dívidas das operações contraídas pelas linhas de crédito do Pronaf A ou A/C, voltadas para beneficiários do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF). Os agricultores devem procurar a agência do Banco do Nordeste do seu município ou cidade mais próxima para fazer a quitação.

As Portarias 4298/2013 e 4347/2014 autorizam desconto de até 80% da dívida de PRONAF, para agricultores que adquiriram sua terra pelo Programa Nacional do Crédito Fundiário (PNCF) que quiserem liquidar dívidas do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) “A” e “A/C”.

Segundo a consultora do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) Luisa de Marillac Evangelista, é possível fazer a quitação da dívida com 80% de desconto ou renegociar com um sinal de 5% do valor devido, obtendo-se um desconto de 40% com parcelas anuais do valor restante para pagamento em até 10 anos (juros de 0,5% a.a.).

SERVIÇO

* Para mais informações pelo 0800.280.3300.

Conselheiro da Anatel defende redução do ICMS nos serviços da internet banda larga

“O conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Marcelo Bechara, defendeu que o Congresso baixe o ICMS incidente sobre os serviços de internet de banda larga. “Baixando os impostos, baixam os preços”, afirmou, em reunião da Subcomissão Especial dos Serviços de Telefonia Móvel e TV por Assinatura. A subcomissão funciona no âmbito da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática e discute o modelo de serviços de telefonia móvel e TV por assinatura no País.

Bechara reconheceu que os serviços de telecomunicações no Brasil são caros e atribuiu isso aos altos impostos. “É um absurdo o que a população brasileira paga de ICMS sobre os serviços de telecomunicações”, disse.

Segundo ele, os custos efetivos do serviço não são muito diferentes de outros países, mas quando são incluídos os impostos, ficam mais caros. “O setor de telecom passou a ser caixa arrecadador para os estados, e os estados já contam com esse dinheiro e passariam a ter problemas sem eles”, salientou.

Diante desse cenário, Bechara acredita que uma saída é baixar pelo menos o ICMS incidente sobre os serviços de banda larga. “Só tem competência para fazer isso o Congresso Nacional”, destacou. Conforme ele, 10 megabits de internet custam em média hoje R$ 70, e deveriam custa cerca de R$ 30 para o serviço ser acessível.

(Agência Câmara)

SUS vai distribuir novos remédios para tratamento da hepatite C

“O Sistema Único de Saúde (SUS) terá três novos medicamentos para o tratamento da hepatite viral C crônica. O uso do sofosbuvir, daclatasvir e simeprevir na rede pública está previsto em portaria da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, do Ministério da Saúde, publicada na edição de hoje (23) do Diário Oficial da União. Na semana passada o ministério anunciou a previsão de incorporar os três medicamentos que aumentam as chances de cura e reduzem o tempo de tratamento. A adoção foi aprovada pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS.

O Ministério da Saúde informou que o novo tratamento tem taxa de cura de 90%, enquanto o usado, atualmente, tem eficácia de cura que varia entre 50% e 70%. Outra vantagem apontada é a diminuição do tempo da terapia, das atuais 48 semanas para de 12 semanas. Os medicamentos poderão ser usados por pacientes que acabaram de receber o diagnóstico de hepatite C e pelas pessoas que já completaram o tratamento atual, mas que não se curaram.

Os medicamentos serão adquiridos de maneira centralizada pelo ministério para distribuição aos estados. A previsão é que no primeiro ano de uso será adquirido o suficiente para o atendimento de 15 mil pacientes. A estimativa é que o valor da compra seja de R$ 500 milhões.”

(Agência Brasil)

 

Sisu – Termina nesta terça-feira o prazo para matrículas da chamada regular

“Termina hoje (23) o prazo para matrículas da chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O candidato deve verificar, na instituição de ensino em que foi aprovado, o local, horário e os procedimentos para a matrícula. Quem que não comparecer na data prevista perderá a vaga. O resultado do Sisu foi divulgado segunda-feira (15), na internet.

Essa segunda edição de 2015 do Sisu terá apenas uma chamada. Quem não foi selecionado na chamada regular pode aderir à lista de espera até o dia 26 deste mês, no site do Sisu. A convocação está prevista para 2 de julho e é feita pela instituição de ensino. Portanto, o candidato deve ficar atendo à chamada junto à instituição na qual tenha manifestado interesse em conseguir a vaga.

A segunda edição de 2015 do Sisu ofereceu 55.571 vagas em 72 instituições públicas de ensino superior. O número de inscritos chegou a 1.192.622 candidatos.

O curso de medicina foi o mais procurado pelos candidatos, com 185.818 inscrições. Em seguida, ficaram os cursos de direito (128.929), administração (95.272) e engenharia civil (77.085). As instituições mais procuradas foram as universidades federais de Minas Gerais (176.285 inscrições), do Rio de Janeiro (139.406) e do Maranhão (136.480). Cerca de 40% dos candidatos estão na faixa etária entre 18 e 20 anos.

O Sisu seleciona estudantes para vagas em instituições públicas de ensino superior com base nas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).”

(Agência Brasil)

Reforma Política – Senado instala comissão especial nesta terça-feira

“A comissão especial que analisará as propostas da reforma política será instalada nesta terça-feira (23), às 17 horas, em evento na sala de audiências da Presidência do Senado. O colegiado será presidido pelo senador Jorge Viana (PT-AC) e terá como relator o senador Romero Jucá (PMDB-RR). O trabalho da comissão será organizar os temas da reforma política para votação em Plenário a partir de duas fontes: propostas originárias do próprio Senado e o substitutivo da Câmara dos Deputados à PEC 23/2007.

Tema central das votações da Câmara ao longo das últimas semanas, o substitutivo será remetido ao Senado quando tiver sua apreciação concluída. A PEC original tratava apenas de fidelidade partidária, mas ideias oriundas de outros projetos e de emendas dos deputados foram incorporadas a ela. O texto final cobre uma variedade mais ampla de temas.”

(Com Agências)

Peemedebista reage: Ato pró-hub da TAM não influenciará em nada. Ele compara à luta pró-refinaria

171 5

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=nklktvr-Qjo[/youtube]

O presidente da Fundação Ulysses Guimarães, no Ceará, o peemedebista Carlos Guálter, qualificou, nesta terça-feira, a mobilização pró-hub da TAM para Fortaleza como as constantes manifestações pró-refinaria que vêm marcando o Estado há anos.

Carlos Guálter disse que, particularmente, não acredita nesse tipo de ação e que a conquista do hub, como já apregoou o líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, passa mesmo pelo prestígio político em Brasília.

“Essa solenidade que houve aqui – ontem, no Palácio da Abolição, puxada pelo governador Camilo Santana (PT), não influenciará em nada na escolha do hub”, acentuou Guálter.

O peemedebista anunciou o novo encontro regional do PMDB para Quixadá, sábado que vem. Será o segundo. O primeiro ocorreu em Camocim.

Guimarães rebate Eunício e avisa: O Ceará tem prestígio político para conquistar o hub da TAM

196 3

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=BhrTmFYVTTM[/youtube]

O líder do Governo na Câmara, deputado federal José Nobre Guimarães, afirmou, nesta terça-feira, que quem perdeu a mobilização pró-hub da TAM, realizada na segunda-feira, no Palácio da Abolição, perdeu a oportunidade de unir forças em favor do Ceará. Ele considerou esse ato um dos mais importantes dos últimos 20 anos, pois de caráter suprapartidário.

Guimarães reconhece que a luta pelo hub da TAM é política, mas principalmente técnica. De forma indireta, ele deu resposta ao líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, observando que “diferentemente do que alguém pode dizer, nós temos prestígio político para trazer esse investimento para o Ceará”.

José Guimarães adiantou a pauta do Congresso nesta semana. A prioridade é votar o restante do pacote do ajuste fiscal.

Aníbal Gomes lamenta ausências de Eunício e Pimentel na mobilização pró-hub da TAM

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=zrDaJ0-ujpA[/youtube]

O deputado federal Aníbal Gomes (PMDB) elogiou a decisão do governador Camilo Santana (PT) de ter puxado uma luta suprapartidária em favor do hub da TAM em Fortaleza. Para ele, uma mobilização importante, porque Fortaleza tem condições técnicas de ser sede desse tipo de equipamento.

Aníbal Gomes, que participou do ato pró-hub da TAM, realizado no Palácio da Abolição, lamentou as ausências dos senadores Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT). O parlamentar não quis entrar nos motivos, mas observou que os dois perderam a chance de reforçar uma mobilização “lindíssima”.

Roberto Freire agenda visita ao Ceará para tentar resolver crise interna no PPS

161 1

robertofreir

O presidente nacional do PPS, Roberto Freire, agendou visita ao Ceará para o dia 1º de agosto. Atendendo a um convite do dirigente estadual do partido, Alexandre Pereira, ele virá participar da reunião do diretório estadual.

Na ocasião, Freire dará palestra sobre Conjuntura Nacional e discutirá a realidade local, de olho nas próximas eleições.

O encontro foi uma deliberação da executiva estadual, que se reuniu nessa segunda-feira. A visita de Roberto Freira soará como resposta a setores do PPS, puxados pelo deputado federal Moses Rodrigues, que querem o controle do partido.

Consumo de energia bate recorde negativo

“Ninguém duvida da paralisia da economia? A essa altura ninguém, mas os dados oficiais são fundamentais para que se mensure o tamanho da encrenca que qualquer um já vê no cotidiano. No domingo, dia 21, foi observado o menor consumo de energia desde 2012. Foram consumidos irrisórios 46 963,75 megawatts médios (MWhmed).

Até anteontem, o menor consumo anterior havia sido no dia 1º de janeiro de 2012, com 43.679,00 MWhmed – um número totalmente justificável por se tratar de um feriado prolongado.

O Brasil pisou no freio, atolado na recessão, desemprego, inflação alta e tarifaço na energia.

A propósito, mesmo com o consumo pífio, as caras e poluentes termelétricas foram responsáveis por 28,7% de toda a energia consumida pelos brasileiros – o motivo é o baixo nível dos reservatórios.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Sessão pública analisará e julgará quinta-feira os recursos de candidatos ao concurso de juiz

“O presidente da Comissão do Concurso de Magistrados, desembargador Francisco Gladyson Pontes, informa que será nesta quinta-feira, às 9h30min, a sessão pública para análise e julgamento dos recursos interpostos contra resultados da avaliação de títulos do concurso para juiz estadual.

A sessão ocorrerá no auditório do 2º andar do Palácio da Justiça, na avenida General Afonso Albuquerque Lima S/N, bairro Cambeba. A medida consta no Edital nº 78/2015, publicado no Diário da Justiça nessa sexta-feira (19/06).

No total, 112 candidatos participaram desta fase. São ofertadas 80 vagas para juiz substituto, além da formação de cadastro reserva. O certame tem validade de dois anos, prorrogável por igual período. Já foram realizadas as seguintes etapas: prova objetiva; discursiva (sentença cível e criminal); inscrição definitiva; sindicância da vida pregressa e investigação social; exame de sanidade física e mental e prova oral.”

(Site do TJ/CE)

Engenharia de Transportes da UFC – Pós-Graduação terá primeira defesa de tese

A primeira tese de doutoramento do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Transportes (Petran) da Universidade Federal do Ceará vai ser defendida no próximo dia 29, às 14 horas, no Departamento de Engenharia de Transprotes (Campus do Pici).

A pesquisa, de autoria de Anselmo Ramalho Pitombeira Neto, professor do Departamento de Engenharia de Produção da UFC e doutorando do Programa, recebeu o título “Dynamic bayesian statistical models for the estimation of the origin-destination matrix” (Modelos estatísticos bayesianos dinâmicos para estimação de matrizes origem-destino),

A tese do professor Anselmo traz contribuição metodológica para a compreensão dos padrões de deslocamento das pessoas e cargas em uma cidade, possibilitando um planejamento urbano mais integrado e eficaz. O orientador do trabalho é o professor Felipe Grangeiro Loureiro.

A banca examinadora será composta por: Professor Carlos Felipe Grangeiro Loureiro (presidente), da UFC; professor Bruno Vieira Bertoncini, da UFC; professor Francisco Moraes de Oliveira Neto, também da UFC; professor Claudio Barbieri da Cunha, da Universidade de São Paulo (USP); e o professor Luis Eduardo Carvalho, da Boston University.

(Site da UFC)

Comissão aprova isenção por 20 anos de empresa que não poluir o meio ambiente

“A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados aprovou projeto que isenta dos tributos federais, por 20 anos, as empresas que adotam processos produtivos e de descarte que não poluam o meio ambiente (PL 2101/11). O projeto é do ex-deputado Nelson Bornier (RJ) e foi aprovado na forma de um substitutivo apresentado pelo relator na comissão, deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), que engloba a proposta original e mais quatro projetos que tramitam apensados (PLs 2355/11, 5646/13, 6887/13 e 635/15).

Pelo texto aprovado, como contrapartida pela isenção, a empresa terá que desenvolver ações de conscientização sobre o desenvolvimento sustentável para funcionários, seus familiares e a comunidade próxima à fábrica.

O substitutivo traz ainda uma série de incentivos fiscais na área ambiental para empresas, alterando quatro leis (9.249/95, 11.196/05, 12.305/10 e 12.375/10). Pela versão aprovada na Comissão de Meio Ambiente, as empresas que exerçam a atividade de reciclagem de resíduos sólidos poderão ter reduzidas pela metade as alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) incidentes sobre importação ou aquisição de máquinas e equipamentos destinados à reciclagem ou à produção de energia renovável.

O benefício só será concedido para as empresas que tiram pelo menos 80% da sua receita bruta anual das atividades de reciclagem de resíduos sólidos. Caso a empresa processadora de resíduo sólido venda ou alugue as máquinas antes de dois anos, o IPI será pago normalmente.

Além do incentivo, elas poderão contar ainda com a depreciação acelerada, uma forma de benefício que reduz o imposto pago sobre o ativo imobilizado (máquinas e equipamentos). Segundo a proposta, a depreciação acelerada será usada para abater o lucro líquido da empresa, diminuindo assim a base sobre a qual incide o Imposto de Renda. O relatório do deputado Eduardo Bolsonaro autoriza também o abatimento de metade do IPI cobrado de máquinas e equipamentos adquiridos por empresas que prestem serviços de aterro sanitário e industrial.”

(Agência Câmara)

Beach Park leva animação para a criançada da Associação Peter Pan

unnamed (8)

O Complexo Turístico Beach Park realizou, nesta manhã de segunda-feira, uma visita especial à Associação Peter Pan, entidade que é referência na luta contra o câncer infantil. Cerca de 150 crianças receberam a caravana do Beach Park com a turma de animação e os mascotes do parque, que se encarregaram da festa junto aos pequenos com muitas apresentações musicais, contação de história e dinâmicas.

A caravana também levou para todas as crianças comidinhas e lanches com o aval nutricional para que não prejudiquem o tratamento na luta contra o câncer. Além disso, os aniversariantes do mês ganharam uma festa de aniversário com direito a bolo, lembrancinhas e tudo o que eles têm direito.

(Foto – Divulgação)

TSE fará audiência pública para coletar sugestões sobre criação de partidos

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) promoverá no dia 23 de julho deste ano, a partir das 14h30min, audiência pública para coletar sugestões e propostas de partidos políticos, entidades e pessoas a respeito de minuta de resolução que disciplina a criação, organização, fusão, incorporação e extinção de partidos políticos.

O ministro Henrique Neves é o relator da minuta de resolução e presidirá a audiência pública, que ocorrerá no auditório I do TSE.

Em seu despacho de convocação da audiência pública, o ministro Henrique Neves afirma que, considerada a relevância do assunto, assim como a proposta de modernização do processo de criação de partidos políticos e a regulamentação do registro dos atos partidários junto à Justiça Eleitoral, “torna-se recomendável que a sociedade e os principais interessados sejam ouvidos para que possam contribuir com suas sugestões ou críticas, essenciais para a formação do entendimento desta Corte”.

(Com Agências)

Raimundo Gomes: Desaprovação de Dilma em 65% é prova de que povo não aguenta mais calote

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=g6AtO1GlwwY[/youtube]

A reprovação do Governo Dilma chegou a 65%, de acordo com o Datafolha. Para o deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB), o dado é mais uma uma prova de que o povo não aguenta mais calote.

“Isso mostra a realidade que o Brasil está passando de falta de credibilidade”, acentua o parlamentar. Ele aproveitou para bater no Governo Dilma e nas suas prestações de contas questionadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Novo programa de reforma agrária será apresentado em julho

“O ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, disse hoje (22) que o governo está preparando um novo programa de reforma agrária, que deve ser apresentado em julho. A proposta, que está sendo discutida com governos estaduais e municipais e entidades do campo, será apresentada à presidenta Dilma Rousseff para que seja lançada até o aniversário de 45 anos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), no começo do próximo mês.

“No dia 9 de julho, aniversário do Incra, o ideal seria que até lá estejamos lançando o programa. Vamos trabalhar com esta data como referência, mas é claro que decisão final será da presidenta, quanto ao momento e aos conteúdos”, disse o ministro, em entrevista após o lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar 2015/2016.

A ampliação da reforma agrária é uma das principais cobranças dos movimentos sociais do campo ao governo da presidenta Dilma Rousseff. Em 2014, o governo assentou 32 mil famílias. Desde 2011, início do governo Dilma, foram 107 mil famílias assentadas, resultado muito inferior ao de governos anteriores. Nos primeiros quatro anos de mandato, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assentou 232 mil famílias.

“Nosso desejo é o assentamento, em condições dignas, de todas as pessoas, famílias, que hoje estão acampadas”, disse o ministro, sem adiantar os números. O governo também prepara para o próximo mês, uma revisão dos limites de financiamento do Programa Nacional de Crédito Fundiário.

Durante o lançamento do plano, o coordenador-geral da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf), Marcos Rochinski, cobrou do governo federal a reforma agrária para combater conflitos fundiários e a violência no campo. “Não é possível continuar sem a implementação de uma reforma agrária efetiva – entendamos de uma vez por todas que não seja mais necessário derramamento de sangue por disputa de terras”, afirmou Rochinski. E acrescentou: “Nós todos precisamos dar um voto de repúdio ao latifúndio improdutivo, a toda forma de violência no campo.””

(Agência Brasil)