Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

TCM – Conselheiro Hélio Parente agora é presidente nacional do Colégio de Corregedores

helioparente

Hélio Parente,  o corregedor do Tribunal de Contas dos Ceará, acaba de assumir a presidência do Colégio dos Corregedores e Ouvidores dos Tribunais de Contas do Brasil. O ato oficial foi realizado na sede no Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), em São Luis. Na ocasião, ele destacou que dará prioridade à continuidade do processo de implantação de ouvidorias e corregedorias nas cortes de contas do Brasil. Após essa fase, o presidente pretende adotar modelos que irão auxiliar na fiscalização ambiental, e também na parte de arrecadação tributária dos municípios.

O agora ex-presidente do órgão, conselheiro Cláudio Terrão (TCE-MG), na transmissão de cargo, frisou a “importância crescente que o trabalho desempenhado pelas ouvidorias vem ganhando entre os tribunais de todo o país, contribuindo para a imagem e a reputação das cortes de contas, na medida em que os aproxima da sociedade”.

O presidente do TCM-CE, Francisco Aguiar, acompanhou o ato de posse juntamente com dirigentes da corte de contas estadual do Maranhão.

(Foto – Paulo MOsKa)

William Bonner vai mediar debate da Globo com candidatos à Presidência

291 2

bonnerr

O jornalista William Bonner, editor do Jornal Nacional, será o mediador do próximo debate que a Rede Globo de Televisão promoverá entre os candidatos à presidência da República.

A emissora confirmou a informação que era veiculada em várias colunas de televisão dos jornais sulistas. O debate ocorrerá no dia 2 de outubro e será o último antes do primeiro turno das eleições.

Bonner, recentemente, com Patrícia Poeta, entrevistou os candidatos a presidente e, por alguns setores da mídia, chegou a ser qualificado de agressivo em várias intervenções, pouco deixando os entrevistados à vontade.

Terceiro volume do best-seller do bispo Edir Macedo chega às livrarias no sábado

107 1

“Nada A Perder 3, o último volume da autobiografia de Edir Macedo, chega às livrarias (e templos) no próximo sábado. Os dois primeiros volumes venderam 4 milhões de exemplares.

No livro, descreve com indisfarçável orgulho a trajetória do pregador que começou num coreto de praça carioca e há pouco mais de um mês inaugurou um megatemplo em São Paulo, com a presença da presidente da República e de vários governadores.

Macedo, como se vê pela foto acima, assumiu de vez o novo visual, mas sua barba aparece bem mais aparada que no dia da inauguração do templo de Salomão.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Luizianne afirma que Marina é “competitiva’ mas faz discurso para “gregos e troianos”

158 1

prefeita_luiziane_lins_reuniao_do_pt_emmanuel_cunha_163

Da Coluna Vertical desta terça-feira:

Amiga de Marina Silva, a ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), diz não ter dúvidas de que a candidata a presidente da República pelo PSB é “competitiva”. Luizianne afirma respeitar Marina, mas observa que ela está com um discurso que, no momento, agrada a “gregos e troianos”, o que exigirá expor, mais claramente, seus projetos para o País.

A petista se diz meio incomodada com certa “postura fundamentalista” de Marina no campo da religião e lembra que o País sempre conviveu bem com o sincretismo religioso e com superação de muitos preconceitos. Luizianne, que está no Rio retomando seu mestrado, vê como positivo o cenário sucessório.

“O Brasil está mais à esquerda. De sete candidatos, quatro são de origem do PT: Luciana Genro, Eduardo Jorge, Marina e Dilma. Creio que veremos Marina contra Dilma no segundo turno”, diz Luizianne, reiterando seu apoio a presidente.

Ela quer ver pelas costas o neoliberalismo.

Cid Gomes diz que Marina é “canoa furada”

135 9

cidgomes gustavo irandasd

“O governador Cid Gomes (Pros) voltou a subir o tom das críticas destinadas à ex-ministra e candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva. Após inauguração da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas, na manhã dessa segunda-feira, Cid disse estar preocupado com o atual cenário para a sucessão presidencial.

Segundo recente pesquisa Datafolha, publicada na última sexta-feira, 29, Marina está numericamente empatada com Dilma Rousseff (PT) nas intenções de voto e venceria a petista no segundo turno.

“Eu me preocupo muito porque a Marina parece às pessoas uma liderança progressista, mas tem tido um prática completamente conservadora. Eu diria até reacionária. Isso quer dizer dar passos atrás. Político progressista é aquele que trabalha para distribuir renda. Para melhorar a vida de quem tem menos. Reacionário é aquele que favorece a quem já tem muito. E é essa a política que ela está prometendo, ao dar independência ao Banco Central”, declarou.

Cid defendeu que o eleitorado de Marina compartilha de uma postura de “negação à política”, sendo ele formado por cidadãos de classe média alta. “É o eleitor típico da Barra, no Rio de Janeiro, que não quer justificar para um vizinho de bar em quem vota (…). Votar na Marina é muito cômodo para essas pessoas, que não têm muita dependência do poder público. Agora, eu penso que é uma ilusão. Não é o fato de você ser de classe média, ter seu plano de saúde e o filho estudando na escola particular que vai lhe tornar independente da política”, criticou.

Cid Gomes atribuiu ainda à grande mídia a “responsabilidade pela desilusão dos jovens com a política, o que teria inflado o eleitorado de Marina Silva. “Lamento que muito jovens progressistas, desiludidos com a política, fruto do esforço do desgaste provocado pela grande mídia nacional, acabe embarcando numa canoa que, a meu juízo, é furada. Acho que a Marina vai trazer um grande retrocesso para o Brasil se for eleita”, afirmou.

(O POVO)

Presidente do PCdoB do Ceará acredita na polarização entre Dilma e Marina

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=U-eCczbcIZY[/youtube]

O presidente estadual do PCdoB, Luis Carlos Paes, reconheceu, nesta terça-feira, que a entrada de Marina Silva (PSB) na disputa presidencial, chega como um fato novo e que precisa ser respeitada. “Ela entra forte, bem posicionada, mas não tem nada decidido”, acentua o dirigente comunista.

Para Luis Carlos Paes, quem perdeu nessa história foi Aécio Neves, o postulante do PSDB.

“Esforço Concentrado” com pauta trancada

“Com a pauta de votações trancada pela Medida Provisória (MP) 648, que flexibilizou o horário de transmissão do programa A Voz do Brasil durante os jogos da Copa do Mundo, a Câmara inicia hoje (2) o último esforço concentrado antes do primeiro turno das eleições deste ano. Outro assunto que deverá constar da pauta é o projeto que pretende sustar o decreto presidencial que criou a Política Nacional de Participação Social.

Também tranca a pauta o projeto que cria regras nacionais de acesso e repartição de benefícios dos recursos genéticos da biodiversidade, com a previsão de pagamento de royalties. A proposta tramita em regime de urgência constitucional, já recebeu mais de 100 emendas e sequer tem relator definido. Portanto, não há possibilidade de ser votado no plenário antes das eleições.

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), deverá reunir-se na parte da tarde com os líderes partidários para definir as matérias que devem ser incluídas na pauta desta terça-feira à noite e da manhã de quarta (3). Há muitas matérias prontas para serem incluídas, mas para que isso ocorra serão necessários acordos entre as lideranças partidárias.”

(Agência Brasil)

 

Lúcio Alcântara expõe simpatias por Marina e diz que ela não é fogo de palha

 [youtube]https://www.youtube.com/watch?v=g5P66UUhYSY&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Presidente do Partido da República no Ceará (PR), o ex-governador Lúcio Alcântara é só elogios ao desempenho da candidata a presidente da República pelo PSB, Marina Silva, nas pesquisas. “Ela é um fato novo nesta eleições, tem credibilidade e vem ao encontro do sentimento de indignação do povo brasileiro em relação ao desenrolar da vida política e comportamento dos homens públicos…”

Lúcio lembra que é amigo de Marina desde os tempos em que dividia com ela espaços no Senado. Lúcio ainda está dilmista, mas não esconde simpatias pela candidata do PSB.

 

Eleições 2014 – Ala do PMDB que apoia Aécio pode virar para Marina Silva

tvop debate eunicio oliveira

Eunício também viraria “marineiros”?

“As chances efetivas de vitória de Marina Silva na eleição presidencial já levam a ala do PMDB que apoia a candidatura do senador Aécio Neves (PSDB) a dar como certa a adesão da legenda a um eventual governo dela. A avaliação desse grupo é a de que as chances de recuperação do tucano são difíceis e a perspectiva de poder hoje está com Marina. Isso faz com que a histórica divisão do PMDB ganhe novos contornos. Se antes da campanha o debate era levar ou não o partido a apoiar a reeleição de Dilma Rousseff, agora ele começa a se dar entre compor ou não com Marina e o momento em que essa sinalização deve ser feita.

A cúpula peemedebista, responsável pelo apoio pró-Dilma e que tem em Michel Temer, Renan Calheiros e José Sarney seus expoentes, quer colocar a máquina do partido para derrotar Marina no 2º turno. Em caso de vitória da candidata do PSB, esse grupo fala em dar os tradicionais 100 primeiros dias de trégua ao seu governo para, nesse período, aguardar os sinais da ex-ministra. Prevê, porém, uma relação hostil. Justamente por onde a outra ala planeja crescer. Geddel Vieira Lima, candidato ao Senado pela Bahia, tem interesse em liderar esse movimento.

Os aecistas do PMDB, em processo de transfiguração para neomarineiros, querem começar a emitir os sinais da adesão ao fechar das urnas do primeiro turno. Estão espalhados por Estados como Bahia, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, prontos para deflagrar esse processo. “Marina já sinalizou que abrirá o diálogo com os políticos. Temos plenas condições de dar sustentabilidade e governabilidade a ela”, disse o vice-líder da bancada da Câmara, Danilo Forte (CE).

Até mesmo peemedebistas egressos de Estados que apoiam Dilma avaliam que o PMDB estará com Marina se ela vencer. “O PMDB é um partido pragmático. Não teria problemas em se reposicionar e integrar a base de Marina”, disse Saraiva Felipe (MG), ex-ministro da Saúde do governo Lula. Além de derrotar Dilma, essa ala do PMDB pretende aproveitar o embalo para contestar Temer no comando da sigla. Afinal, é ele o maior avalista do acordo com o PT. Assim, a eleição de Marina resultaria em um reposicionamento interno de forças políticas na legenda.

Jarbas Vasconcelos (PE) e Pedro Simon (RS) seriam os interlocutores naturais, uma vez que próximos a Marina. Mas o problema é que eles não têm força interna para, sozinhos, conduzirem o partido rumo a ela. Uma aposta é que os governadores eleitos pelo partido possam fazer essa intermediação, uma vez que há uma dependência financeira grande dos Estados em relação à União, o que torna a aproximação necessária.

Nomes como os senadores Eduardo Braga (AM) e Eunício Oliveira (CE) e o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), que lideram as pesquisas eleitorais em seus Estados, são algumas opções. Entretanto, por motivos óbvios, a relação também terá necessariamente de passar pelo Congresso Nacional, onde o cenário hoje colocado para comandar as duas Casas é de dois peemedebistas conhecidos por jogar duro com o Palácio do Planalto: o senador Renan Calheiros (AL) e o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ). Uma vez eleitos, o jogo terá de passar por eles.

(Veja Online com Estadão Conteúdo)

Nestlé do Brasil promove em Fortaleza seu 70ª Curso de Atualização em Pediatria

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=xvPYuyjYVJg[/youtube]

Nesta terça-feira, a partir das 9 horas, no Centro de Eventos, a Nestlé do Brasil promoverá seu 70º Curso de Atualização em Pediatria. O objetivo é oferecer, através de palestras de convidados do Brasil e do Exterior, as novidades da área da pediatria.

Segundo o vice-presidente de Nutrição infantil da Nestlé do Brasil, Westermann Geraldes, o curso deve reunir mais de três mil pediatras.

Seca no Ceará – Ministro promete liberar R$ 100 milhões para o Ceará

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=sNGYTxJg9SA[/youtube]

O ministro da Integração Nacional, Francisco Bezerra, informou, nesta segunda-feira, a liberação de recursos para obras de combate à seca no Ceará.

Antes de retornar para Brasília, ele adiantou que a pasta deve liberar, ao longo desta semana, cerca de R$ 100 milhões.

Marina Silva não é uma onda, Aécio desidrata e Dilma se preocupa

117 2

Essa é do Blog do Gerson Camarotti:

O crescimento expressivo de Marina Silva nas intenções de voto captadas pelo Datafolha, levando a empate com Dilma Rousseff no primeiro turno e vitória folgada no segundo, deixou assustados membros da cúpula da campanha petista. Ainda não sabem como reagir ao fenômeno Marina, revelado nas últimas duas semanas.

A pesquisa do Datafolha confirma os levantamentos internos feitos pela campanha de Dilma. De forma reservada, petistas já admitem que a situação é extremamente delicada. Há o reconhecimento de que não dá para tentar um ataque direto para desconstruir a imagem da adversária. A elevada rejeição, consistente na faixa de 35%, diminui de forma significativa qualquer possibilidade de reviravolta, de que Dilma possa retomar a dianteira num eventual segundo turno. No núcleo petista, o clima é de pessimismo.

Já no PSDB, há o reconhecimento de que a candidatura de Aécio Neves começa a desidratar. A pesquisa revela um cenário que considera improvável uma recuperação de espaço para ir ao segundo turno. O núcleo mais próximo de Aécio agora trabalha para manter ânimo na campanha e evitar que a candidatura tucana seja abandonada nas campanhas estaduais.

De forma realista, tucanos avaliam que é preciso estancar imediatamente a queda de Aécio para que o partido tenha uma força para negociar espaço durante o segundo turno. De todo modo, a ordem no comando tucano é esperar as próximas duas pesquisas para ter um cenário mais claro do que significa Marina nesta campanha.

Tanto no PSDB quanto no PT já existe uma certeza: Marina não é uma onda e os números demonstram consistência no crescimento dela como fenômeno natural.

Dilma procura contradições no plano de Marina para explorar no debate do SBT

94 1

dilmamarina

“Desde que o programa de governo de Marina Silva foi divulgado na sexta-feira passada, uma turma escolhida a dedo pelo Palácio do Planalto passou a lê-lo com lupa, página por página.

A ordem era encontrar contradições e contas que não fecham. Se encontraram algo, será usado hoje por Dilma Rousseff no debate que vai ao ar pelo SBT, no final da tarde.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

DETALHE – O debate do candidatos a presidente da República pelo SBT vai ao ar a partir das 17h45min e se estenderá ate as 19h25, em São Paulo. É uma promoção também do Uol, Folha de São Paulo e rádio Jovem Pan.

Em atendimento à legislação eleitoral, foram convidados todos os candidatos cujos partidos possuem representação na Câmara dos Deputados. Confirmaram presença no evento: Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB), Pastor Everaldo (PSC), Eduardo Jorge (PV), Luciana Genro (PSOL), Levy Fidelix (PRTB) e Marina Silva (PSB).

Alimentação puxa a inflação pra cima

“O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) encerrou agosto em alta de 0,12%. A taxa é o dobro da apurada na última prévia (0,06%), mas está abaixo da registrada no começo do mês (0,16%). A pesquisa, feita pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV), mostra que seis dos oito grupos pesquisados apresentaram acréscimos. O grupo alimentação foi o que influenciou a média inflacionária ao reverter a queda média de 0,01% para alta de 0,13%. Entre os itens que ficaram mais caros está a carne bovina (de -0,54% para 0,34%).

No grupo habitação, o índice subiu de 0,27% para 0,34%, puxado, principalmente, pelo condomínio residencial (de -0,28% para 0,05%). Em saúde e cuidados pessoais, o aumento foi 0,35% ante 0,27%. Entre as despesas em alta no grupo estão os serviços de salão de beleza, que passaram de 0,30% para 0,71%.

No grupo despesas diversas, a taxa passou de 0,14% para 0,19% com influência vinda das clínicas veterinárias que reajustaram seus preços em 1,81% ante 1,15%. Em transportes, diminuiu a intensidade de queda (de -0,06% para -0,02%), reflexo da venda de gasolina a preços variando -0,40% ante -0,55%. E, em vestuário, houve movimento semelhante (de-0,70% para -0,50%).

Em educação, leitura e recreação, caiu o ritmo de alta com variação de 0,12% ante 0,28%, resultado da queda no valor dos ingressos para shows musicais (de 5,29% para -0,26%). No grupo comunicação, o índice caiu mais passando de -0,34% para -0,53%, efeito de uma queda mais expressiva na tarifa de telefone residencial (de -1,11% para -1,93%).”

(Agência Brasil)

Dom Hélder Câmara – O cearense precisa conhecer sua dimensão

Com o título “Helder Câmara, um cearense do tamanho do mundo”, eis artigo do historiador Eduardo Hoornaert sobre os 105 anos de nascimento de de Dom Hélder Câmara. Para ele, o cearense ainda precisa conhecer muito desse homem e sua dimensão histórica e política. Confira:

Em 1909 nasceu em Fortaleza um homem que tinha as dimensões do mundo. De estatura pequena e olhar penetrante, enxergava o mundo inteiro e entendia a raiz dos problemas políticos que afligem a humanidade no planeta. Entendia que a humanidade estava (e permanece até hoje) num círculo vicioso do qual parece não consegue sair. Não falava coisas difíceis e permaneceu a vida toda fiel às lições aprendidas no Ceará e ao jeito cearense de ser. Há quem diga que só cearense entende Helder Câmara e que ele, que falou para auditórios no mundo, é simplesmente expoente eminente da cultura de um povo que deu ao mundo figuras como Antônio Conselheiro, padre Ibiapina, padre Cícero, José de Alencar, Capistrano de Abreu, José Lourenço, todas ao simples e extraordinárias. Os católicos costumam falar em ‘dom Helder’, mas ele não é só dos católicos, é um homem da dimensão do mundo. Como seu modelo Jesus de Nazaré, Helder Câmara é pássaro de voo livre e não pode ficar preso numa gaiola, por dourada que seja. Jesus e Helder são do mundo, não da igreja.

São poucos os que enxergam a grandeza de Helder Câmara. Em livro recente acerca das 51 figuras mais importantes do Brasil, seu nome nem aparece. Paradoxalmente, são os de fora que enxergam melhor a verdadeira dimensão do pequeno cearense. Só dou aqui dois exemplos. O escritor francês Roger Garaudy, já falecido, escreveu as seguintes palavras: ‘Meu primeiro encontro com dom Helder foi o momento mais importante de minha vida’. E acrescentou: ‘ele é meu irmão radical’. Ele era comunista e Helder era bispo católico. Ambos se entendiam perfeitamente e trocavam correspondência.

Outra pessoa de fora que percebeu a grandeza de Helder Câmara foi o embaixador americano Charles Elbrick, sequestrado no dia 4 de setembro de 1969 por grupo de pessoas ligadas à Ação Libertadora Nacional (ALN), da qual participava a atual presidenta do Brasil Dilma Rousseff. Ainda no cativeiro, esse embaixador declarou que Helder Câmara seria o candidato de sua preferência para a presidência do Brasil, pois evitaria muito sofrimento, derramamento de sangue, torturas e perseguições, ódios e ressentimentos ocasionados pelo golpe militar de 1964, e que perduram até hoje em muitos corações. Ele sabia que Helder Câmara não era comunista, mas verdadeiro cristão.

O evangelho ensinou a Helder como sair do círculo vicioso que prende a humanidade. Doze dias antes de seu sequestro, o embaixador americano tinha estado com o bispo em Recife e ambos falaram por quase uma hora, como relata o historiador Piletti. Helder Câmara, o cearense da dimensão do mundo, até hoje não é conhecido nem valorizado como merece. Os cearenses, principalmente, merecem conhecer melhor esse homem que saiu desse chão.

* Eduardo Hoornaert

opiniao@opovo.com.br

Historiador.

Tasso – O homem cordial

120 1

fottotottt

Com o título “O homem cordial”, eis artigo do jornalista Henrique Araújo, editor-chefe do Núcleo de Cultura do O POVO. El abordou a participação de Tasso Jereissati no debate dos candidatos ao Senado, realizado nesse domingo, pelo Grupo de Comunicação O POVO, com veiculação na TV O POVO, Portal O POVO Online e exposto nesta segunda-feira, nas páginas do O POVO. Confira: 

Curiosa a participação de Tasso Jereissati no primeiro debate de sua vida política desde que se tornou governador, no já distante 1986. Na TV O POVO, ontem, o “galego” lembrava um experimentado pugilista no centro do ringue. Embora tenha pespegado em Mauro Filho (Pros) o adjetivo de “garoto-propaganda do PT” quando este o fustigou com a pergunta de um milhão (“por que o senhor é contra a Dilma?”), o tucano escolheu, com garbo e satisfação, um caminho mais técnico. Em alguns momentos, tive a impressão de que falava a uma plateia do Centro Industrial do Ceará (CIC) e não a telespectadores estirados no sofá de casa num final de domingo.

Contrariando as expectativas, Tasso foi quase monocórdico, exceto quando Mauro o obrigou a explicitar que o candidato é contra o governo Dilma. E ele, Mauro, a favor. Mas não se ouviu, ali, o nome de Aécio ou de Eunício. O de Camilo, apenas quando o candidato do Pros já se despedia. Tasso é seu próprio fiador. Se considerarmos que Aécio naufraga nas pesquisas e dificilmente alguém o escolheria para afiançar qualquer negócio a esta altura do campeonato, a estratégia foi inteligente.

Classificado pelo empresário como uma troca de ideias “cordial e elegante”, o debate teve outros bons momentos. Instado por Raquel Dias (PSTU), por exemplo, o ex-senador defendeu o capitalismo, mencionando o fracasso do modelo soviético. O telespectador que, achando-se desavisadamente diante da televisão naquele momento, ficou sem entender se assistia a um debate entre candidatos ao senado federal ou a um grêmio estudantil.

Mais adiante, Tasso transformou uma fraqueza – ter muito dinheiro – em vantagem, apresentando-se como independente e patrão de si mesmo. Nesse ponto, aproximou-se de Eunício, cuja campanha tenta, aos olhos do eleitor, converter sucesso econômico em capacidade administrativa. Ora, uma coisa é habilmente enriquecer; outra bem diferente é cuidar do que é público. No Brasil, quase sempre as duas se encontram, para danação do que é público.

Tasso esgrimou ideias num tom de desapaixonado didatismo que contrastava com a retórica militante de Raquel, a aura de candura de Geovana “Marina” Cartaxo (PSB) e a indisfarçável verve política de Mauro. Foi bem-sucedido, o que não significa que tenha conquistado simpatias. Aparenta mais preparo, o que não é garantia de que será eleito.

Novamente, se acatarmos a possibilidade de que num debate haja vencedores e perdedores, hipótese da qual muitos discordam, no de ontem vejo claramente um empate técnico entre Geovana e Tasso. A pessebista por arrancar, com voz aveludada de professora de primário, nacos desse “animal sagrado” que se tornou Marina Silva. E o tucano cearense por bicar os adversários com a maestria de um velho jogador de xadrez.

* Henrique Araújo,

Editor-chefe do Núcleo de Cultura do O POVO. 

(Foto – Sara Maia)

Jogos Parapanamericanos – Cearense vai representar o Brasil na modalidade tiro com arco

eugenioo

O paratleta e vice-presidente da Federação Cearense de Tiro com Arco (FCETARCO), Eugênio Franco, vai representar o Brasil nos Jogos Parapanamericanos 2014, em Rosário na Argentina. Ele é o primeiro cearense a ser convocado para competir pela Seleção Brasileira do esporte.

Eugênio Franco também foi convocado pela Seleção Brasileira para participar do 40º Campeonato Brasileiro de Tiro com Arco, entre outubro e novembro deste ano, na Avenida Sapucaí, no Sambódromo, no Rio de Janeiro. Neste mesmo lugar, em 2016, serão realizadas as competições de tiro com arco dos Jogos Olímpicos.

O cearense viaja dia 18 de outubro para Maricá, no Rio de Janeiro, onde fica a sede da Confederação Brasileira de Tiro com Arco (CBTARCO). Lá, ele e os demais atletas convocados vão se dedicar integralmente aos treinos, nas modalidades tiro em equipe e individual, até o início das competições.

Em 28 de outubro, será realizado o Campeonato Brasileiro, na capital fluminense, que ocorre até 1º de novembro. De lá, a delegação brasileira embarca para Rosário para tentar conquistar uma medalha para o Brasil.

Mercado financeiro continua pessimista sobre o crescimento da economia neste ano

“O mercado financeiro continua pessimista em relação ao desenvolvimento econômico. De acordo com o boletim Focus, apurado e publicado semanalmente pelo Banco Central, o crescimento da economia está estimado agora em 0,52%. Na pesquisa anterior, analistas e investidores tinham a perspectiva de aumento de 0,70%. A produção industrial poderá ter ligeira melhora, ao passar de -1,76% para -1,70%.

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) continua no mesmo patamar, de 6,27%. Não houve também alteração no câmbio. O dólar continua estimado em R$ 2,35, ao fim do ano. Os juros básicos da economia (Selic) deve fechar o ano em 11%. Os preços administrados, aqueles com influência do governo, crescerão 5,05% ante os 5,10% da pesquisa anterior.

A dívida líquida do setor público terá uma ligeira queda na percepção do mercado, passando de R$ 34,99 bilhões para R$ 34,94 bilhões. Nas contas externas, a perspectiva é também de melhora, com o déficit em conta corrente – um dos principais indicadores do setor– passando de US$ 81,90 bilhões para US$ 81,80 bilhões. Por outro lado, o saldo da balança comercial cai de US$ 2,50 bilhões para US$ 2,17 bilhões. Os investimentos estrangeiros diretos permanecem estimados em US$ 60 bilhões.”

(Agência Brasil)

Lula deve reforçar luta pró-reeleição de Dilma

94 1

lualdilma

“Há apenas dois meses, analistas políticos do Partido dos Trabalhadores (PT) tinham certeza de que nem os maus resultados da economia seriam um obstáculo para uma nova vitória da candidata Dilma Rousseff. O motivo de tal esperança era a força outorgada ao apoio com que contava o carismático ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Existia a convicção de que em plena campanha a presença do ex-sindicalista, que continua sendo o motor do PT e seu líder mais ouvido, poderia ser definitiva para convencer sobretudo o eleitorado de renda mais baixa, mas até mesmo empresários e banqueiros, de que um segundo mandato de sua pupila seria melhor do que o primeiro.

Mais ainda: que em tal segundo Governo sua presença seria mais forte e decisiva.”

Juan Arias – Jornal El Pais.

(Foto – Divulgação)

Ministério da Saúde deve repasse de R$ 6 milhões para hospitais do Ceará

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=jZWkbbSOnrI&index=3&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O Ministério da Saúde está devendo repasse da ordem de R$ 6 milhões para as Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do ceará. Isso desde julho último, segundo informou, nesta segunda-feira,  o presidente da Federação Brasileira de Hospitais.

Aramicyr Pinto seguiu para Brasília, onde tem reunião extraordinária da federação para cobrar essa conta do Ministério da Saúde. Cerca de 100 hospitais cearenses aguardam a verba que integra os fundos municipal e estadual da saúde.