Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Dilma teria só 7% de aprovação, segundo pesquisa interna do Palácio do Planalto

Dilma23

A presidente Dilma Rousseff (PT) atingiu o ponto mais baixo em sua popularidade, agradando apenas a 7% dos eleitores. A informação foi divulgada nesta quarta, 10, pelo blog Expresso, hospedado no portal da revista Época. Segundo o texto, 75% dos entrevistados desaprovavam o governo e 18% consideram-no regular.

Os números da pesquisa interna do Planalto são piores do que o do ex-presidente Fernando Collor de Melo (então no extinto PRN) em seu momento mais impopular, durante o ano de 1992. Naquele período, a aprovação do alagoano era de 9%, enquanto a desaprovação atingia 68%. 21% consideravam sua gestão regular.

Os números preocupam auxiliares de Dilma. De acordo com o blog do jornalista Gerson Camarotti, hospedado no portal G1, a desaprovação desanima a militância governista. “O clima de hostilidade aos integrantes do PT nas ras é enorme”, diz um assessor não identificado. Um ministro atribuiria a impopularidade ao momento difícil na economia, associado à exposição do governo em virtude da Operação Lava Jato, que investiga escândalo de corrupção na Petrobras.

Eunício emplaca nomeações e deixa petistas comendo poeira

170 1

Eunício-Oliveira-e-José-Guimarães

Quem vai rir por último?

Nas ultimas horas, a briga de bastidores em Brasília, por conta das nomeações dos cargos federais no Ceará, esquentou.

O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, que havia emplacado o economista Marcos Holanda como presidente do BNB e, nesta quarta-feira, o advogado Aloísio Carvalho para superintendente federal da Pesca no Estado, poderá indicar o titular da Companhia Docas.

O nome de César Pinheiro, ex-secretário dos Recursos Hídricos do Estado (Governo Cid Gomes), está na mesa do Ministério dos Transportes.

Há, no entanto, um articulação feita pelo líder do Governo na Câmara, o deputado federal José Guimarães, a favor do  ex-prefeito de Quixadá, o petista Ilário Marques, para o comando das Docas do Ceará.

O próximo Diário Oficial da União deverá dirimir duvidas sobre essa queda de braço em matéria de prestígio ou pressão política junto ao Planalto.

Grupo “Mulheres do Ceará com Dilma” comemora um ano

200 2
O movimento ” Mulheres do Ceará com Dilma” está completando um ano. Para comemorar a data, o grupo fechou uma programação de eventos culturais, com direito a ser recebido em audiência pelo governador Camilo Santana (PT).
No próximo dia 14,  o grupo promoverá, a partir das 17 horas, no restaurante Maria Bonita, recital de poemas, relançamento do livro “Mulheres que ousaram sonhar”, de Nilze Costa e Silva, apresentação da peça “Mulheres na Arte, Mulheres na Política, Mulheres Guerreiras” e show do cantor Eugênio Leandro.
Além da programação do dia 14, o grupo será recebido em audiência pelo governador Camilo Santana no próximo dia 15, ocasião em que vai apresentar pauta de reivindicações do movimento sobre políticas públicas para as mulheres, com os seguintes pontos centrais:
1) Criação da Secretaria de Mulheres;
2) implantação da Casa da Mulher Brasileira, em parceria com o Governo Federal e
3) criação de delegacias de mulheres nos municípios com mais de 60 mil habitantes (são 14 municípios + Fortaleza). Ao todo, serão expostas para o governador 19 propostas nas áreas da saúde, educação, geração de renda, enfrentamento à violência, empoderamento e outras.

Produtos devem ter rótulos alertando sobre efeitos alérgicos

“Depois de anos de demora, a diretoria colegiada da Anvisa vai colocar na pauta do próximo dia 24 a regulamentação sobre como devem ser as informações de alergênicos nas embalagens (leia mais aqui).

A proposta, segundo o relator do processo, Renato Alencar Porto, é que nove ingredientes sejam incluídos nos rótulos com avisos em destaque para pessoas com alergia.”

(Coluna Radar, da Veja online)

PEC dos advogados públicos federais voltará à ordem do dia da Câmara

maurobene

A Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira, requerimento garantindo a inclusão, na ordem do dia da Casa, da Proposta de Emenda Constitucional 443. Essa PEC, de autoria do deputado federal Bonifácio de Andrada (PSDB/MG), teve como relator o ex-deputado federal Mauro Benevides (PMDB).

A PEC assegura aos advogados públicos federais remuneração de até 70% do que percebem hoje os ministros do Supremo Tribunal Federal, a partir do momento em que são incluídos como carreiras jurídicas de Estado.

Bom destacar que essa PEC,se aprovada, terá que entrar em vigor em dois anos.

DETALHE – Mesmo sem mandato, Mauro Benevides teve papel importante e prestígio para assegurar a aprovação do requerimento de inclusão da matéria.

Comissão da Educação aprova projeto que permite Prouni e Fies para curso a distância

“A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou projeto que permite ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e ao Programa Universidade para Todos (Prouni) financiar estudantes matriculados em cursos de graduação a distância (PL 5797/09). Atualmente, os dois programas financiam somente cursos presenciais.

O projeto é de autoria do deputado Felipe Maia (DEM-RN) e recebeu parecer favorável da relatora na comissão, deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO). Ela destacou que o texto dará segurança jurídica para que os alunos de curso a distância pleiteiem bolsas do Prouni e financiamentos do Fies. Dorinha Rezende argumentou que o ensino a distância tem evoluído no Brasil, com oferta de cursos de boa qualidade.

“Trata-se de uma opção que representa praticidade e economia de tempo para o aluno, bem como uma alternativa para estudantes de cidades do interior que não dispõem de faculdades públicas ou privadas”, disse a deputada. O projeto aprovado altera as leis de criação do Fies (Lei 10.260/01) e Prouni (Lei 11.096/05).

Aval do ministério

Dorinha Rezende apresentou substitutivo para determinar que, no caso do Fies, o acesso ao financiamento só poderá ser feito por alunos de cursos a distância que possuam aval do Ministério da Educação para funcionar.”

(Agência Câmara)

Seminário Empreender – De Tirulipa a Boris Feldman

ed207451c7130b45afb0a662e1b7fdd9

O humorista Tirullipa é uma das atrações do Seminário Empreender Fortaleza, que estará desembarcando na Capital cearense a partir desta quinta-feira, depois de ter percorrido, com palestras e serviços oferecidos pelo Sebrae, os municípios de Itapipoca, Quixadá, Aracati, Limoeiro do Norte, Sobral, Juazeiro do Norte, Iguatu, Crateús e Tauá. Tirulipa fará sobre o tema “A Vida no Empreendedorismo do Humor”, dentro de painel que encerra a programação do evento realizado pelo Grupo de Comunicação O POVO.

Além do humorista, falarão, ao longo do dia, empreendedores de várias regiões do Estado, que mostrarão mais do seu trabalho e como desenvolver novas ideias para expandir no mercado. Entre os exemplos de Economia Criativa, estará o stand das artesãs, mais conhecidas como “bonequeiras”, da região de Horizonte, que descobriram no delicado trabalho de fabricação artesanal de bonecas a possibilidade de complementar a renda da família e elevar a autoestima.

“Seja Competitivo. No Mercado Vence o Melhor” é o tema central desta 9ª edição, que se estenderá até sexta-feira, na sede do Sebrae/Ceará.

Copa Empreender de Futebol Digital

Também no primeiro dia do Seminário Empreender, em Fortaleza, será realizada a etapa final da Copa Empreender de Futebol Digital coordenada pela Federação Cearense de Futebol Digital (FCEFD) e PolivalenTi Tecnologia e Inovação: youtu.be/dJrPfEhzWZQ Em cada município, foram formados times de quatro membros (2 jogadores + 1 técnico + 1 reserva), que irão participaram do torneio de games eletrônicos. O jogo utilizado é o FIFA 15, que é preferência nacional dos jogadores de Futebol Digital. A plataforma para a competição é o Playstation 4.

A paixão por carros também compõe a programação

borys-m87bah3bwl1jti8honviaegp0762yj1w26nczgnuh0

A palestra “O Carro e os Empreendedores – História e Mercado no Brasil” está confirmada para às 11 horas, com o jornalista Boris Feldman. O editor executivo do Núcleo Negócios do O POVO, Jocélio Leal, e o presidente da Associação Nacional dos Sincopeças do Brasil, presidente do Sistema Sincopeças Assopeças Ceará e membro da Câmara Automotiva Nacional, Ranieri Leitão farão a mediação. Boris produz e apresenta o programa “Auto Papo”, veiculado na rádio 106.7 FM e O POVO/CBN, além de outras cerca de 40 rádios brasileiras.

Brasil tem mais de 2 milhões de consumidores inadimplentes

“Mais 2 milhões de brasileiros entraram para a lista de inadimplentes, entre dezembro de 2014 e maio deste ano, de acordo com dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) divulgados hoje (10). A alta nos cinco meses do ano chegou a 4,63%. A estimativa é que ao final de maio havia cerca de 56,5 milhões de brasileiros com o CPF negativado no Brasil. Em maio, comparado com o mesmo mês do ano passado, o crescimento ficou em 4,79%. Esse crescimento é o maior desde agosto do ano passado.

De acordo com o SPC Brasil, os brasileiros estão com dificuldades para fazer o pagamento até mesmo de contas básicas. O maior avanço no número de dívidas foi causado por atrasos com empresas concessionárias de água e luz, aumento de 13,31%, na comparação anual. Em segundo lugar, estão as dívidas com telefonia, internet e TV por assinatura, com crescimento de 12,02%.

A alta no segmento de bancos – com dívidas no cartão de crédito, empréstimos e seguros – chegou a 10,1%. Os bancos são os principais credores dos brasileiros, respondendo por 48,56% do toral de dívidas em atraso.

* A pesquisa do SPC Brasil é feita em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).”

(Agência Brasil)

Tasso Jereissati quer marco jurídico para empresas estatais

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=VnSKiy0VkOo[/youtube]

O senador Tasso Jereissati (PSDB) apresentou uma proposta de marco jurídico para as empresas estatais, regulamentando a matéria na Constituição Federal. O texto consta do substitutivo apresentado pelo tucano ao projeto de lei do Senado (PLS) nº 167, de 2015, na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), onde será analisado e, posteriormente, votado. Em seguida será encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça, onde passará novamente por votação, agora em decisão terminativa.

Tasso propõe, em seu substitutivo, que se exija definição do que é a função da empresa estatal – evidenciando como ela procurará atingir eventuais objetivos de políticas públicas. Estabelece ainda critérios para a indicação dos responsáveis por sua administração e suas responsabilidades, institui regras de proteção da empresa contra seu uso político, reforça direitos de sócios minoritários e firma regras gerais para suas compras e aquisições. Ainda define que as empresas terão um prazo de 6 meses, a partir da edição da lei, para adotarem medidas de melhorias substanciais de gestão.

“Com a proposta, as estatais ganharão um marco jurídico moderno e contemporâneo, em sintonia com as melhores práticas internacionais”, defende Jereissati, que já foi definido como relator dessa matéria.

Ministro diz que concessão não é privatização

“Um dia após o anuncio da nova etapa do Programa de Investimento em Logística (PIL) do governo federal, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, negou que concessão seja uma forma disfarçada de privatização. Conforme o ministro, os modelos adotados pelo governo atendem às necessidades concretas e não a “posições ideológicas”.

Durante reunião conjunta das comissões de Infraestrutura e de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado, Barbosa disse que o desafio é transformar a demanda que existe em projetos de execução viável. O ministro avaliou que a taxa de investimento no Brasil em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) – hoje em 20% – está na média de outros países, mas ponderou que para crescer mais rápido o país precisa elevar o índice, aumentando a competitividade. O programa anunciado pelo governo ontem (9) prevê investimentos de R$ 198,4 bilhões nos próximos anos.

O ministro destacou que a prioridade em ferrovias – com investimentos previstos da ordem de R$ 86,4 bilhões – visa a melhorar o escoamento da safra agrícola do Centro-Oeste, com ligações de saída pelo corredor norte. Questionado sobre a falta de recursos do governo, ele reconheceu que o desembolso para os investimentos previstos será grande, mas será escalonado ao longo do tempo.”

(Agência Brasil)

Quer investir ou morar na Flórida?

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=1QCiBa7Le4Y[/youtube]

Fortaleza será sede do Seminário Investimentos na Flórida. O evento será aberto nesta quinta-feira, às 19 horas, pela empresa americana Premier Capital, no salão de eventos da avenida Barão de Studart, 300 (Aldeota).

O seminário conta com apoio do Banco do Brasil, Luciano Cavalcante Imóveis, Drummond Advogados Associados e Money Corp e se estenderá, a partir das 10h15min de sexta e sábado, no mesmo local, com palestras e exposição de produtos e nichos de oportunidades de negócios no Estado da Flórida.

Rodrigo Schiavo, da Premier Capital, conversou com o Blog sobre esse seminário que, além de oferecer chances de negócios como compra de imóveis em território americano, ainda dará esclarecimentos para quem pensa em morar nos EUA, dando dicas sobre vistos, green card, transferência de recursos e proteção patrimonial.

SERVIÇO

Local – Avenida Barão de Studart, 300 – Aldeota.

Acesso gratruito

Mais informações e inscrições – www.investimentosnaflorida.com

Eunício Oliveira emplaca mais um correligionário em cargo federal no Ceará

367 7

aloisiocarvalho

O advogado Aloísio Carvalho, ex-secretário de Finanças de Fortaleza (Gestão Cambraia) e ex-secretário-adjunto da Segurança Pública (Governo Cid Gomes), acaba de ser nomeado para o cargo de superintendente federal da Pesca e Aquicultura no Ceará.

O Diário Oficial da União desta quarta-feira traz o ato de nomeação e emplaca assim mais uma indicação do líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira.

Eunício havia conseguido nomear o economista Marcos Holanda para presidente do Banco do Nordeste.

A posse de Aloisio Carvalho ainda está sem data marcada.

foto portaria 150609 pesca

“Caminhada com Maria” agora é patrimônio cultural imaterial do Brasil

foto 130815 caminhada com maria

A Caminhada com Maria – que sempre ocorre no dia 15 de agosto – Dia da Padroeira de Fortaleza (Nossa Senhora da Assunção), agora é patrimônio cultural imaterial do Brasil.

A presidente Dilma Rousseff sancionou a lei nº 13.330 reconhecendo o evento “como forma de expressão do patrimônio histórico-cultural-religioso brasileiro”.

Bom lembrar que esse evento foi uma ideia do arcebispo de Fortaleza, dom José Antônio de Aparecido Tose.

* A cada ano, chega a reunir quase dois milhões de fiéis, num trajeto que sai da Igreja de Nossa Senhora da Assunção até a Catedral.

Inflação oficial fecha com alta de 0,74% em maio

“A inflação oficial medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi 0,74% em maio deste ano, taxa superior ao observado em abril (0,71%) e em maio do ano passado (0,46%). O dado foi divulgado hoje (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No ano, o IPCA acumula taxa de 5,34%, o maior percentual desde maio de 2003 (6,8%). A inflação acumulada em 12 meses ficou em 8,47%, acima do teto da meta do governo, que é 6,5%. O IPCA é considerado a inflação oficial e mede a variação de preços da cesta de compras de famílias com renda entre um e 40 salários mínimos, em dez regiões metropolitanas e três capitais brasileiras.”

(Agência Brasil)

Adail Carneiro apresenta projeto regulamentando a profissão de corretor de moda

unnamed (3)

O deputado federal Adail Carneiro (PHS) apresentou um projeto de lei regulamentando a profissão de corretor de moda. Apresentado no segundo mês de mandato do parlamentar, o projeto de nº 664/2015 será relatado pela deputada Erika Kokay (PT-DF), que já apresentou um parecer favorável à matéria na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara.

Segundo o deputado Adail Carneiro, estima-se que em Fortaleza 77% das vendas realizadas no comércio atacadista local contem com a ação de um profissional de moda. “Fortaleza é um polo de confecção. Precisamos regulamentar e evidenciar a importância que o corretor de moda tem hoje para alavancarmos este setor que é gerador intensivo de mão de obra e de dividendos econômicos para o País”, destacou para o Blog o parlamentar.

Para a relatora do projeto, a regulamentação “é necessária em função da expansão e importância que o setor têxtil representa.” Outro dado apresentado no projeto de Adail é que o setor de confecções brasileiro é um importante empregador de mão de obra feminina. Estima-se que 75% dos quase 2 milhões de empregados do setor são mulheres.

Comissão Nacional da Anistia julgará recuso de José Dirceu

marioalbuqueruqe

Nesta quarta-feira, em Brasília, a Comissão Nacional da Anistia, do Ministério da Justiça, vai julgar recurso do ex-ministro José Dirceu, que pede contagem de tempo do período em que foi ele foi preso, exilado e viveu na clandestinidade no período do regime militar.

Isso para efeito de aposentadoria.

Entre os conselheiros que apreciarão o caso está o advogado Mário Albuquerque, ex-preso político cearense que hoje preside a Associação 64/68 Anistia.

Com a privatização do aeroporto a caminho, a ordem é conquistar o “hub” da TAM

pinto martins

Com o título “O próximo passo é conquistar o hub”, eis o Editorial do O POVO desta quarta-feira:

Como esperado, o Governo Federal confirmou a inclusão do aeroporto Pinto Martins no pacote de concessões. Trata-se do 12º aeroporto mais movimentado do país e o 3º da região Nordeste. Em 2014, registrou a movimentação de 6,5 milhões de passageiros. O investimento previsto é de R$ 1,8 bilhão, com a ampliação do pátio e do terminal de passageiros. Por si só, a concessão é uma operação econômico-financeira de grande impacto. Em vez de investir de modo direto, com recursos do Tesouro, o Governo passa a operação do aeroporto para a inciativa privada, que se responsabilizará também, de acordo com as regras estabelecidas, pelos investimentos de ampliação e modernização do equipamento.

Além de aeroporto mais moderno, com gestão eficiente, a expectativa é que a concessão crie as condições para que Fortaleza seja, até o final do ano, escolhida para abrigar o centro de distribuição de voos (hub) previsto pela empresa Latam, que une duas companhias gigantes da aviação latino-americana. Nos bastidores, sabe-se que o Pinto Martins entrou na lista de concessões preparada pelo Governo Federal para atender a esse objetivo. Nesse caso, o trabalho político do governador Camilo Santana surtiu o efeito desejado. Na exposição do pacote de concessões, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, deixou antever que Fortaleza deve ser a cidade escolhida pela Latam.

Em sua fala introdutória, o ministro disse o seguinte: “As novas concessões de aeroportos visam ampliar a infraestrutura, melhorar a qualidade dos serviços, trazer mais inovação e experiência de operadores internacionais, incentivar o turismo, aperfeiçoar o transporte de cargas e criar novos hubs regionais”. Como só há um “hub regional” em discussão, fica claro que o Governo sabia que o “hub” seria a consequência natural da escolha do Pinto Martins para entrar na lista de concessões. No entanto, nada está garantido. A Latam não vai anunciar sua escolha para já. É preciso manter ativa a mobilização política. O que foi anunciado ontem foi apenas um conjunto de boas intenções.

No que Camilo lembra Lúcio Alcântara?

330 2

Camilo Santana(1)

Com o título “As (des) semelhanças entre Lúcio e Camilo”, eis artigo de Emanuel Freitas, doutor em Sociologia. Ele cita algumas posições do atual governador que muito lembram o ex-governador Lúcio Alcântara. Fala da herança e do DNA políticos de ambos e deixa no ar as perspectivas de uma reeleição de Camilo. Confira;

Há muito venho pensando em escrever sobre aquilo que me parecem ser semelhanças e diferenças entre o ex-governador Lúcio Alcântara (PR) e o atual governador, Camilo Santana (PT). Esperava um pouco mais de tempo para reunir elementos para tecer as considerações, coisa que agora pareço possuir. Vamos às semelhanças.

Lúcio e Camilo são filhos de políticos “tradicionais”, vindos de famílias do interior do Ceará e que ostentam os sobrenomes de seus pais: Alcântara e Santana. Ambos foram escolhidos para suceder seus “padrinhos” políticos – Tasso e Cid – quando estes não mais podiam candidatar-se, e tiveram seus nomes sacralizados no intuito de serem apresentados como “perfis diferentes” de seus padrinhos. A eleição de ambos deu-se num cenário de alta competitividade (algo incomum nas eleições estaduais do Ceará), sendo levadas ao segundo turno. Em ambas as eleições era o legado dos patronos que estava em jogo, seja para defender, seja para diferenciar-se. A presença destes era visível no nome indicado como vice à chapa: Maia Jr. E Izolda Cela.

lucioc

Mas, é aproximando o olhar dos governos que parecem findar as semelhanças. Vejamos: Lúcio montou um governo com a “cara” de Tasso Jereissati: secretários ligadíssimos a este davam as cartas no governo lucista, dentre os quais Maia Jr e Raimundo Matos, Carlos Mattos dentre outros, cabendo a Lúcio indicações de nomes para pastas menos relevantes. Camilo também montou um governo até certo ponto com a “cara” de Cid. Mauro Filho continuou à frente da Fazenda, Ivo Gomes nas Cidades. Mas a mão de Camilo parece ter sido mais forte do que a de Lúcio, em 2003.

Camilo, na condução do Governo, vem destacando-se em áreas que desgastaram Cid: incorporou demandas históricas de militares e de professores da rede estadual, além de anunciar o tão esperado concurso da Uece, justamente coisas em que Cid Gomes “sentara em cima”. Ao contrário de Lúcio que continuou a “política” de Tasso em várias áreas, inclusive tendo em seu governo uma greve de professores universitários de mais de seis meses, cabendo a Cid a negociação, quando já eleito, em novembro de 2006.

Camilo, assim, vai por outro caminho: o de buscar o apoio de setores rejeitados por seu patrono. Lúcio, não. Inclusive, na Assembleia costura-se agora a saída de um cidista da articulação política para um “camilista”. Dos 15 deputados que se elegeram pelo PSDB em 2002, apenas três eram lucistas, o que causou “prejuízo” à campanha de reeleição de Lúcio. Mas, Camilo conseguirá formar uma robusta base de apoio a seu nome? 

Emanuel Freitas

emanuel.freitas@ufersa.edu.br
Doutorando em Sociologia (UFC) e professor de Sociologia (Ufersa).

Gráfica requisitada por petista em campanha teve o PSDB também como cliente

“A Gráfica Brasil, do notório Benedito de Oliveira Rodrigues Neto, o Bené, não era requisitada somente por petistas em época de campanha. Na prestação de contas eleições de 2010, por exemplo, o PSDB de Tocantins é o único partido a figurar na relação de doações do empresário investigado.

A chapa tucana ao governo do Estado, encabeçada por Siqueira Campos, que se elegeu, pôde usufruir dos serviços de Bené sem gastar nada. A Gráfica Brasil doou 91 259 reais ao Comitê Financeiro Único tucano tocantinense, que depois foram repassados a título de “Baixa de Recursos Estimáveis em Dinheiro” à mesma Gráfica Brasil. Elas por elas.

O mesmo expediente foi usado em 25 candidatos a deputado federal, deputado estadual e senador. Entre os beneficiados do toma lá da cá, Gabriel Guimarães (PT-MG), amigo do peito de Bené, que recebeu e depois pagou 60 527 reais à Gráfica Brasil, o senador cassado Demóstenes Torres, com 38 000 reais, e José Mentor (PT-SP), com 133 000 reais.

A propósito, as doações feitas em 2010 com o CNPJ 00.379.172/0001-18, o mesmo da Gráfica Brasil, foram feitos em nome de uma tal QQV.Publicidade Ltda. Uma pesquisa básica na internet não mostra qualquer empresa com esse nome. O mais próximo disso é a DQV Publicidade Ltda, que fica em Brasília.”

(Coluna Radar – Veja Online)