Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Semana do Meio Ambiente da UFC debate Gestão e Sustentabildiade

“Gestão Ambiental na UFC – O Caminho para a Sustentabilidade”, eis o tema da XII Semana do Meio Ambiente da Universidade Federal do Ceará que ocorrerá no período de 2 a 7 de junho, no auditório da reitoria da Instituição. A abertura está marcada para as 8 horas com a palestra “Sistema de Gestão Ambiental da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)”, pelo professor Darci Campani, assessor de Gestão Ambiental da UFRGS.

Após esse ato solene, haverá mesa-redonda sobre “A Gestão Ambiental na UFC: apresentação do Plano de Logística Sustentável (PLS-UFC)”. O palestrante é o professor Ernesto Pitombeira, Pró-Reitor de Planejamento UFC, e depois a palestra: “A construção enxuta (lean) como alicerce para a construção sustentável”, com a engenheira Caroline Valente, coordenadora de Lean e Green da C. Rolim Engenharia.

SERVIÇO

* A programação detalhada e outras informações podem ser acessadas no portal da UFC (www.ufc.br).

Paes Mendonça vai entregar espaços do Shopping RioMar

pers

O presidente do Grupo JCPM, João Carlos Paes Mendonça, estará em Fortaleza no próximo dia 28. Ele vem se reunir com lojistas do Shopping RioMar, durante um café da manhã, para fazer a entrega oficial dos espaços.

Em seguida, Paes Mendonça dará uma entrevista coletiva para falar expor mais detalhes desse e do outro shopping que será implantado na avenida Sargento Hermínio.

Futebol, política e o direito à argumentação

Com o título “Política e futebol se discutem, mas não são a mesma coisa”, eis artigo do jornalista e sociólogo Demétrio Andrade, ele vê diferenças entre provocações entre torcedores e paixão política. Confira:

Já discorri, em outros artigos, sobre um verniz de ódio que vem cobrindo as discussões nas alcunhadas “mídias sociais”. Notadamente no twitter e no facebook, é corrente a falta de educação e de respeito não só à opinião alheia, mas às próprias pessoas. Nos meios de comunicação de massa, se nota procedimentos semelhantes. E isso é injustificável. Além do que, acaba limitando as discussões políticas a um grau rasteiro e melancólico.
Tenho uma tese calhorda que costumava compartilhar com o Eudes Baima – a quem aproveito pra mandar um abraço pelo aniversário – de que futebol não tem ética. Claro que é um ponto de vista que se desmonta facilmente, posto que qualquer atividade social possui regras morais, mas é ótimo pra criar polêmica. Porque se tem uma coisa interessante e que mantém vivo o interesse pelo futebol é a provocação, a paixão e as brincadeiras entre torcidas, práticas que, aliás, nada têm a ver com violência. Eu mesmo já cometi meus excessos. Mas defender partidos e ideologias usando a mesma lógica de torcedor é um equívoco monstruoso.

Num ano eleitoral como este, a tendência é que as trocas de farpas desçam a uma profundidade abissal. Vale lembrar a frase de Voltaire: “posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las”. Trata-se de um acordo essencial quando se vive numa democracia. Ninguém é obrigado a concordar com ninguém. Diga-se de passagem, isso fere de morte o objeto central da política, que é o de construir consensos coletivos numa sociedade eivada de individualidades e de interesses e pensamentos divergentes de milhares de grupos. Caso você não concorde, experimente argumentar invés de agredir.

A convivência entre diferentes deve ser a nossa meta: é saudável, é bonito e é a única forma de crescermos nessa difícil e maravilhosa arte de viver. Aprender com os nossos erros e acertos, bem como com os erros a acertos alheios. Minha mulher me disse certa vez que prefere ser feliz a ter razão. Em algumas situações, de fato, nem vale a pena discutir. Acho triste optar por perder o prazer da convivência com alguém em nome da minha verdade. As coisas não precisam chegar a este nível.

Em tempo: não compartilho desta tese. Acho que política e futebol – assim como quaisquer outros assuntos – podem e devem ser discutidos. Mas dentro de arenas apropriadas e com interlocutores exercendo a tolerância como dever. Não podemos perder o direito de argumentar, militar e levantar nossas bandeiras. É um direito pelo qual muitos tombaram. Mas se política é também um exercício de convencimento, é bom lembrar que qualquer criança sabe que não se ganha simpatia de ninguém à força.

* Demétrio Andrade
Jornalista e sociólogo.

Domingos Neto é relator do projeto que trata da criação de municípios

85 1

domingoneto

O deputado federal Domingos Neto (Pros) será o relator, na Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia, do Projeto de Lei Complementar que dispõe sobre o procedimento para a criação, a incorporação, a fusão e o desmembramento de Municípios. A matéria, originária do Senado, é resultado de um acordo dos líderes no Congresso Nacional para fazer avançar a matéria após o veto da presidente Dilma Rousseff ao projeto anterior que criava regras para criação de municípios. O PLP 397/2014 foi encaminhado esta semana à Câmara dos Deputados e já teve aprovado o regime de urgência urgentíssima para sua tramitação.

Com isso, a matéria será analisada simultaneamente em três comissões temáticas: a de Integração Nacional, a de Desenvolvimento Urbano e a de Constituição e Justiça. Domingos Neto disse que conhece a matéria muito bem e já fez uma análise das alterações propostas no novo projeto, que é de autoria do senador Mozarildo Cavalcante, concluindo que não há prejuízo para o Ceará. Domingos Neto disse que o mais importante é dar celeridade ao processo. Por isso, é recomendável aprovar a proposta na forma que veio do Senado para que não haja mais postergação. Com o regime de urgência urgentíssima, Domingos Neto quer votar o seu parecer na Comissão de Integração Nacional já na próxima quarta-feira.

(Com Agência Câmara)

Lula rifaria os Ferreira Gomes para ficar com Eunício em favor de Dilma?

94 4

Eunício-e-Lula

Da colunista Dora Kramer, do Estadão desta sexta-feira:

É próximo de 100% o porcentual de políticos, petistas ou não, que apostam na impossibilidade de o ex-presidente Luiz Inácio da Silva vir a ser candidato a presidente no lugar de Dilma Rousseff. Contudo, se fosse numericamente possível, ultrapassaria esse índice os que consideram fora de cogitação a hipótese de a presidente vir a obter êxito na reeleição sem a ajuda do antecessor.

Na visão desse pessoal, sozinha ela não se elege. Embora seus interlocutores de partidos aliados percebam a importância da posse da “caneta” com linha direta ao Diário Oficial, consideram tal certeza equivocada. Portanto, não obstante ela disponha do poder formal, quem tem a força política é ele. Até mesmo para contrariar interesses imediatos do PT em nome do projeto maior representado pela reeleição de Dilma.

Em nome desse plano, recentemente Lula desembarcou no PMDB para uma ofensiva de última hora para tentar mudar a tendência crescente no partido de renunciar à aliança formal em prol da liberdade de apoios das candidaturas de oposição onde lhe convier nos Estados. A autonomia de cada um nessa altura parece impossível de ser mudada. Mas, nem é isso o mais importante para o governo, que quer mesmo é garantir votos na convenção de 10 de junho por causa do tempo no horário eleitoral, independentemente de como cada seção regional vá atuar.

Lula começou a entrar no jogo na tentativa de inverter a tendência hoje majoritária pelo fim da parceria. A questão é: Lula tem toda essa força e capital de influência para apaziguar as insatisfações e mudar o resultado desse jogo? Quem conhece muito bem as regras diz que há uma combinação de fatores: a influência de Lula e os números das pesquisas. O primeiro é forte, mas o segundo é determinante.

O ex-presidente decidiu investir pesado nas seções regionais do Rio e Ceará. Na primeira, sem chance de sucesso, dado que o PMDB pede o impossível: a retirada da já consolidada candidatura do senador Lindbergh Farias.

Mas, no Ceará, não é visto como impossível Lula rifar os irmãos Ciro e Cid Gomes para ficar com Eunício Oliveira do PMDB. Seriam 60 preciosos votos na convenção de 10 de junho. Isso pode mudar o resultado da convenção, cujas contas hoje indicam derrota para o governo. A serventia dos Gomes para o Planalto é bem menor que a prestação de serviços decorrente de aliança com o PMDB.

A paga da paga. A presidente Dilma recebeu anteontem a confirmação do apoio formal do PTB à reeleição. Não pelos seus belos olhos nem pelos ainda mais belos dotes políticos. Em troca da nomeação de um indicado pelo partido na semana passada para uma vice-presidência da Caixa Econômica Federal.

Torcida organizada. A manifestação de José Serra em página de rede social dizendo que será candidato a um cargo no Poder Legislativo não foi suficiente para enterrar as especulações de que possa vir a ser vice na chapa de Aécio Neves.

No mundo político viceja a seguinte leitura: Serra afirmou que nunca pleiteou ser candidato a vice, mas não disse que recusaria se fosse convidado pelo titular da chapa. Os defensores da união acham que, se Aécio Neves pedir com jeito, vai. No PMDB a avaliação é a de que, se for, a casa do PT cai. O PSD do ex-prefeito Gilberto Kassab compartilha da opinião.

A pergunta que se faz é: para Serra, que sempre quis ser presidente, tem inequívoca vocação para o Executivo, já passou diversas vezes pelo Legislativo, é melhor ser vice-presidente ou mais um em meio a tantos integrantes de um Poder desprestigiado?

Índice de Confiança do Consumidor mantém-se abaixo da média histórica

“O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) recuou 3,3% de abril para maio, ao passar de 106,3 para 102,8 pontos, o menor nível desde abril de 2009 (99,7). O indicador foi divulgado hoje (23) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV). Com o resultado, o índice manteve-se abaixo da média histórica, de 116,4 pontos, pelo 16º mês consecutivo.

Segundo a avaliação da FGV, os consumidores “continuam pouco satisfeitos com a situação atual e pessimistas em relação aos rumos da economia nos próximos meses”. O Índice da Situação Atual (ISA), por exemplo, chegou a cair 3,9%, para 107,2 pontos, o menor desde maio de 2009 (103,0). Já o Índice de Expectativas (IE) recuou pelo sexto mês seguido, caindo 2,9%, para 100,6 pontos – também o mais baixo desde março de 2009 (97,6).

A FGV também constatou recuo de 3,8% no indicador que mede o grau de satisfação dos consumidores com a situação financeira pessoal, que com a queda passou de 109,3 para 105,1 pontos – o menor nível desde agosto de 2009 (104,9). A proporção de consumidores que avaliam a situação como boa diminuiu de 22,5% para 19,2%, enquanto a dos que a julgam ruim aumentou de 13,2% para 14,1%.”

(Agência Brasil)

Iphan do Ceará, em greve, recebe solidariedade do Maracatu Nação Fortaleza

Os servidores do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), no Ceará, completam uma semana em greve. Logo mais a partir das 10 horas , a categoria receberá a solidariedade do Maracatu Nação Fortaleza. A autarquia, pertencente aos quadros do Ministério da Cultura, é responsável pela preservação do acervo patrimonial, tangível e intangível, do país, o Maracatu, por exemplo, é um destes patrimônios.

A greve dos servidores do IPHAN tem caráter nacional e reivindica o cumprimento de acordos feitos desde 2007. Na lista, implantação de gratificações de titulação, qualificação e fiscalização; equiparação salarial com servidores da Agência Nacional de Cinema (Ancine) e da Fundação Casa Ruy Barbosa.

Enem 2014 – Quase 70 travestis e transexuais pedem para usar o nome social

“Pela primeira vez, travestis e transexuais podem usar o nome social no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A medida foi celebrada por ativistas e atraiu mais candidatos ao exame. Dados obtidos com exclusividade pela Agência Brasil mostram que até o penúltimo dia de inscrição, 68 pessoas solicitaram o uso do nome social pelo telefone 0800-616161.

Essas solicitações já entraram no protocolo do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e serão atendidas. O número ainda pode aumentar. Segundo o Inep, mais 27 pessoas ligaram para pedir informações sobre a questão.

O prazo para solicitar o uso do nome social termina hoje (23), assim como o período de inscrição.”

(Agência Brasil)

Brasil cai três posições em ranking de competitividade mundial em 2014

A menor eficiência das empresas fez o Brasil cair no ranking mundial de competitividade pelo quarto ano seguido. De acordo com Índice de Competitividade Mundial, o país ficou em 54º lugar entre 60 países analisados em 2014. Em relação ao ano passado, o Brasil recuou três lugares.

Nos últimos quatro anos, o Brasil foi o país que mais perdeu posições, caindo 16 colocações. Em 2010, o Brasil estava em 38º lugar. Estados Unidos, Suíça e Cingapura lideram o ranking. O Brasil ficou à frente apenas da Eslovênia, Bulgária, Grécia, Argentina, Croácia e Venezuela.

A pesquisa foi elaborada pelo International Institute for Management Development (IMD), escola de negócios com sede da Suíça. No Brasil, a coleta e a análise de dados ficou a cargo da Fundação Dom Cabral, instituição privada de ensino dedicada à área de negócios.

Apesar da classificação ruim, o Brasil registrou posições elevadas em alguns aspectos relacionados à economia interna. Ficou em sexto lugar no ranking de emprego e em sétimo no ranking de consumo das famílias e de atração de investimentos estrangeiros diretos (investimentos externos que geram emprego). No entanto, a pesquisa considera que esses fatores, que impulsionaram a economia brasileira na década passada, deixaram de sustentar o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país).

(Agência Brasil)

Ibope divulgará pesquisa em que Dilma reage

Da Coluna Radar, da Veja Online:

“A pesquisa que o Ibope divulgará hoje à noite dará alegria a todos os candidatos. Dilma Rousseff, Aécio Neves e Eduardo Campos sobem em relação à última pesquisa Ibope, do dia 17 de abril. Nela, Dilma aparecia com 37%, Aécio com 14% e Campos com 6%. Agora, Dilma surgirá na faixa dos 40%, Aécio no patamar entre 19%e 20% e Eduardo Campos sobe aos dois dígitos, em torno dos 11%.

Em comparação com o Datafolha de duas semanas atrás, poucas mudanças. Aécio e Campos, quando se coteja as duas pesquisas, estão do mesmo tamanho. E Dilma teria crescido um pouco, fruto do momento em que as entrevistas foram feitas – imediatamente após os programas de TV do PT e no auge da super exposição de uma campanha publicitária em que o governo exibia suas obras.

De agora até o fim da Copa, é mais do que improvável que estes números mudem – exceto, claro, se acontecer algo muito significativo durante o evento. Ou seja, é com esses números que os três principais candidatos começarão a disputa em agosto, quando sobe a temperatura de campanha.”

Taxa de desemprego fica estável em todas as seis regiões pesquisadas

“Embora a taxa de desocupação tenha ficado estável de março para abril para o conjunto das seis principais regiões metropolitanas do país, envolvidas na Pesquisa Mensal de Emprego (PME), quando a comparação é feita em relação a abril do ano passado os dados da pesquisa, no entanto, indicam que o desemprego caiu 1,3 ponto percentual no Rio de Janeiro; 1,5 ponto em São Paulo e 0,8 ponto em Porto Alegre. Nas três regiões metropolitanas pesquisadas – Recife, Salvador e Belo Horizonte – o índice ficou estável.

A Pesquisa foi divulgada hoje (22), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e indica que o número de desempregados chegou a cair em abril deste ano 16% na região metropolitana de Belo Horizonte, 27,9% no Rio de Janeiro, 22,8% em São Paulo e 19,5% em Porto Alegre. Mantendo estabilidade no período em Recife e Salvador.”

(Agência Brasil)

Fiec entrega Medalha do Mérito Industrial a três personalidades: Cid Gomes na lista

Cid-Gomes2

Nesta quinta-feira, a partir das 19h30min, no La Maison Coliseum, a Federação das Indústrias do Ceará (Fiec) entregará a Medalha do Mérito Industrial. Trata-se de sua mais alta comenda, que será entregue dentro das comemorações pelo Dia da Indústria. Três personalidades serão agraciadas com a medalha: o governador Cid Gomes (Pros), o ex-presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Materiais Elétricos do Ceará (Simec-CE), Valdelírio Soares Filho, fundador da Microsol, e o industrial líder do setor de granitos e pedras ornamentais no Estado, Francisco Demontiê Mendes.

* Valdelírio Pereira Filho

Criador da Microsol, primeira empresa de tecnologia do estado. Atualmente investe nos setores de combustíveis, automóveis, imóveis e turismo

* Cid Ferreira Gomes

Governador do Ceará. Ampliou o Porto do Pecém, criou o polo siderúrgico e os centros de eventos de Fortaleza, Iguatu e Crato

* Demontiê Mendes

Fundador das empresas Imarf Granitos, Inbrasma, Minevale, Granos Granitos do Nordeste, Limestone do Brasil e DM Transportes. Fornece granito e rochas para grandes obras.

Para quem gosta de Corridas de Rua…

Amantes das corrida de rua terão um fim de semana de competições em três Capitais brasileiras. Em Fortaleza, será realizada a Etapa Inverno do Circuito das Estações. Na capital cearense, a largada será no Hotel Marina Park e os competidores farão percursos de 5 e 10 km, ambos pela orla da Praia de Iracema.

Em Brasília, serão também dois percursos com as mesmas distâncias, na Esplanada dos Ministérios. Na cidade do Recife (PE), os atletas têm a opção de 3 percursos (1, 5 e 10 km). A largada será às 7 da manhã.

Nas três cidades, as corridas têm algo em comum, além da data. São patrocinadas pela água mineral natural Indaiá, que vai garantir a hidratação dos atletas antes, durante e após as provas. Durante as competições, as equipes da Indaiá vão distribuir brindes, registrar a participação dos atletas com fotos personalizadas e oferecer massagens para os atletas.

Eleições 2014 – Eunício conversa com petistas e ganha cidadania no Interior

foto eunicio crateus 140510

O pré-candidato a governador pelo PMDB, Eunício Oliveira, receberá nesta sexta-feira, em sua residência em Fortaleza, a bancada municipal do PT. Para um café onde a conversa, claro, é sobre o cenário sucessório.

Não se sabe se entrará no breakfast a atual situação da Câmara Municipal, onde Eunício tem grande influência, a partir do presidente da Casa, Walter Cavalcante, e de mais outros vereadores do PMDB e de pequenos partidos. A Câmara, hoje, dá maioria ao prefeito Roberto Cláudio (Pros), aliado do governador Cid Gomes (Pros), que não sinaliza apoio ao senador.

Aliás, mesmo sob questionamento de que estaria fazendo propaganda eleitoral antecipada – alusão aos encontros regionais do Interior, Eunício Oliveira não deixará de circular por suas bases. Nesta sexta-feira, ele ganhará título de cidadania da Câmara Municipal de Iracema.

Luizianne Lins, a jogadora

67 1

luizaguima

Luizianne apoia Guimarães para o Senado

Em menos de cinco dias, a ex-prefeita Luizianne Lins, com maestria de quem joga xadrez, sepultou chances do deputado estadual Camilo Santana (PT) ser indicado postulante ao Governo pelos Ferreira Gomes. Ela disse logo que não apoiaria nome petista com aval cidista e, em seguida, cravou apoio no desejo do deputado federal José Nobre Guimarães, dono da maioria no petismo, de disputar o Senado.

Por falar em Luizianne Lins, ela é aguardada nesta sexta-feira para a festa de inauguração da nova sede do PT de Fortaleza.

Não se sabe se a ex-prefeita virá conferir o ato. É que na última sexta-feira, durante gravação de programas para a TV União, ela teve pico de pressão. Evitará, por enquanto, emoções fortes neste cenário sucessório? Eis a dúvida.

(Foto – Arquivo)

Dilma recebe reitor da UFC

O reitor da Universidade Federal do Ceará, Jesualdo Farias, foi recebido em audiência, no fim da tarde dessa quarta-feira, no Palácio do Planalto, pela  presidenta Dilma Rousseff. Na condição de presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), ele expõs a necessidade de uma agenda de desenvolvimento para as universidades federais. Do encontro, participaram reitores de todas as 63 universidades federais brasileiras, bem como os ministros da Educação, Henrique Paim, e da Ciência, Tecnologia e Inovação, Clelio Campolina.

“Nesse contexto, as universidades federais desempenham papel crucial, tanto na expansão e modernização do sistema como na oferta de um caminho de oportunidades para os jovens”, argumentou o reitor para a presidente. O reitor da UFC apontou a “expansão com qualidade” que as universidades apresentaram nos últimos anos, proporcionada pela alta nos investimentos e por políticas públicas que, segundo ele, têm se mostrado exitosas. Tal modelo resultou em melhorias como a criação de novas universidades e novos campi em áreas antes desassistidas, a ampliação de cursos noturnos e o aumento de vagas para estudantes. Com os avanços conquistados, o Reitor salientou que é indispensável uma política permanente para consolidar os novos cursos, os novos campi e as novas instituições, com o objetivo de dar continuidade ao crescimento do ensino superior no País.

Nessa perspectiva, foi entregue à presidente Dilma Rousseff um documento com as propostas de desenvolvimento para as universidades federais nos próximos 10 anos. A presidente reconheceu ainda a importância da Andifes que, ao longo de seus 25 anos de existência, tem contribuído com ideias e com a execução de propostas

Tasso Jereissati tenta convencer Heitor a formar palanque pró-Aécio no Ceará

57 2

tassojereissati

Depois de receber o pré-candidato a governador pelo PR, Roberto Pessoa, na última segunda-feira, o ex-senador Tasso Jereissati abriu portas do seu escritório para o deputado estadual Heitor Férrer (PDT).

É a costura por chapa de oposição e, principalmente, busca pela formação de um palanque forte pró-presidenciável Aécio Neves que Tasso articula nos bastidores com a oposição.

Heitor foge do cerco e deve mesmo disputar reeleição de deputado estadual. Tasso, até agora, não fala sobre seu futuro político, dentro de um cenário onde as pesquisas o aponta como favorito na disputa pelo Senado.

PEC que obriga defensor público em comarcas é avanço para a cidadania

maurobenevides

Da Coluna Vertical desta quinta-feira, no O POVO:

Com o objetivo de democratizar o acesso à Justiça, o Senado aprovou por unanimidade, nesta semana, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 04/14) que fixa prazo de oito anos à União, aos Estados e ao Distrito Federal para que todas as unidades jurisdicionais contem com defensores públicos. Há expectativa de que a promulgação da PEC, já aprovada na Câmara, ocorra semana que vem.

De autoria do deputado federal Mauro Benevides (PMDB), o texto diz que o número de defensores deverá ser proporcional à demanda efetiva pelo serviço e à respectiva população. Durante o prazo de oito anos, defensores deverão trabalhar, prioritariamente, nas regiões com maiores índices de exclusão social e de adensamento populacional.

As defensorias públicas e entidades dos defensores, sempre vistas como “primos pobres” do Judiciário comemoram. Que a medida contribua de fato para que a justiça possa ser feita em toda sua dimensão no País.