Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Uece fará provas da segunda fase do seu vestibular neste domingo e 2ª feira

Neste domingo e segunda-feira, a Universidade Estadual do Ceará realizará a segunda fase do Vestibular de 2014.2. As provas ocorrerá das 9 às 13 horas, no Campus do Itaperi, Centro de Humanidades (CH) e nas unidades da Uece nos municípios de Quixadá,Limoeiro do Norte,CrateúsIguatu eItapipoca.

De acordo com a Instituição, os Cartões de Informação, com os endereços e locais de prova da 2ª Fase estão disponíveis na pagina da Uece, no link vertibular/concursosAo todo, a prova contará com 60 questões de múltipla escolha, estabelecidas de acordo com o curso de opção do candidato, além da redação.

Para a segunda fase estão aptos 4.414 candidatos. Na primeira fase estavam inscritos 9.621 estudantes, tanto para os cursos que funcionam em Fortaleza e como para os cursos das unidades da Uece no interior do Estado. O total dos vestibulandos concorre a 1.639 vagas.

Advogado é condenado a pagar indenização por sumir com processo

“O advogado Hamilton Ferreira Machado Filho foi condenado a pagar indenização de R$ 20 mil por danos morais à autora de uma ação trabalhista por sumir com um processo em fase de execução. A decisão, unânime, é da 3ª Turma Recursal de Pequenas Causas do Tribunal de Justiça da Bahia.

Em seu voto, o relator da ação, juiz Balthazar Miranda Saraiva, afirma que ficou comprovado que Machado Filho, advogado da Fernandez Empreendimentos e Construções, fez carga do processo trabalhista e sumiu com ele. A Polícia Federal instaurou inquérito para apurar os fatos.

Para sustentar a existência de dano moral, Saraiva cita dispositivos da Constituição — artigo 5º, inciso X — e do Código Civil — artigo 186. Ele define o prejuízo como “penosa sensação da ofensa, na humilhação perante terceiros, na dor sofrida, enfim, efeitos puramente psiquícos e sensoriais experimentados pela vítima do dano, em consequência deste”.”

(Consultor Jurídico)

Procurador-geral da República promete: Lei da Ficha Limpa terá aplicação integral

88 1

janott

“O Ministério Público Eleitoral (MPE) já impugnou 1.850 registros de candidaturas às eleições em todo o país. De acordo com balanço parcial divulgado hoje (18), cerca de 20% delas (367) foram com base na Lei da Ficha Limpa, que impede a candidatura de condenados em segunda instância pela Justiça. O número de impugnações deve aumentar até o levantamento final, previsto para o fim deste mês.

O procurador-geral Eleitoral, Rodrigo Janot, considerou alto o número de impugnações com base na Lei da Ficha Limpa e disse que vai defender a aplicação da norma na íntegra para evitar brechas. “Nós vamos ter uma atuação bastante forte para que a Lei da Ficha Limpa se consolide em prol da democracia e em prol da sua aplicação. No que depender do Ministério Público Eleitoral, a lei terá aplicação plena e integral”, afirmou.

Os dados se referem à análise de 20 mil candidaturas, feita por 26 procuradorias regionais e pelo Distrito Federal. Faltam ainda as informações de São Paulo, estado com o maior número de candidaturas. Após o fim do prazo para registro na Justiça Eleitoral, no dia 5 de julho, as procuradorias eleitorais tiveram cinco dias para impugnar as candidaturas que apresentaram irregularidades. Em outubro, cerca de 30 mil candidatos devem concorrer aos cargos de deputado estadual e federal, senador, governador e presidente da República.

A entrega do registro não garante a participação do político nas eleições. Após parecer do MPE, os pedidos são julgados por um juiz eleitoral, que verifica se as formalidades foram cumpridas.”

(Agência Brasil)

Dilma lamenta morte de João Ubaldo Ribeiro

“A presidenta Dilma Rousseff destacou hoje (18) que a literatura brasileira “perde um grande nome”, com a morte do escritor João Ubaldo Ribeiro. Em nota, a presidenta prestou solidariedade aos familiares, amigos e leitores.

João Ubaldo Ribeiro morreu na madrugada de hoje (18), aos 73 anos, em casa, na cidade do Rio de Janeiro.

Vítima de embolia pulmonar, o escritor era membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) e ocupava a cadeira 34 desde 1994. Jornalista e cientista político, ele foi autor de mais de 20 livros, publicados em 16 países. Entre suas principais obras estão Sargento Getúlio (1971), Viva o Povo Brasileiro (1984) e O Sorriso do Lagarto (1989).”

(Agência Brasil)

Luiz Pontes: Vitória de Aécio restabelecerá Nordeste como prioridade do governo federal

pontesluiz

“A visita do tucano Aécio Neves ao Ceará sinaliza claramente a prioridade que ele dará aos problemas relacionados ao Nordeste, como a falta de investimentos na infraestrutura da região”, disse, nesta quinta-feira, Luiz Pontes, o coordenador político da campanha de Tasso Jereissati rumo ao Senado.

Segundo Pontes, a região continua fora do mapa de prioridades do governo federal. “Basta vermos a obra inacabada da Transnordestina e o projeto da transposição do São Francisco, sem falar na Refinaria Premium II do Ceará”, complementou.

Ele garante que com Aécio Neves na presidência da República, o Nordeste contará com um plano de desenvolvimento regional sustentável e voltado para reduzir a desigualdade que se verifica hoje entre regiões.

Luiz Pontes, nos últimos, trabalhou na reestruturação de seus colégios eleitorais. Queria disputar vaga na Assembleia Legislativa. O PSDB projetava que ele estaria entre os três mais votados da coligação. Desistiu para atuar na equipe de coordenação.

Ex-jogador Roberto Carlos não paga pensão alimentícia a filho espanhol há mais de um ano

“Depois de ser acionado nos tribunais brasileiros por dois ex-seguranças, o ex-jogador Roberto Carlos está às voltas com a Justiça da Espanha. Em 2006, durante sua passagem pelo Real Madrid, o ex-lateral da seleção teve um filho com uma húngara. O garoto e sua mãe, concluiu o juiz espanhol, não recebem pensão alimentícia de Roberto há mais de um ano. O valor acordado inicialmente era de 1 500 euros por mês, aproximadamente 4 500 reais, e agora a mãe do garoto pede 30 000 euros mensais de pensão.

Se continuar inadimplente, Roberto Carlos pode ter a prisão pedida. Os advogados da mãe do garoto aguardam a fixação do valor para pedir o bloqueio do patrimônio de Roberto Carlos no Brasil.”

(Veja Online)

João Ananias trabalhará por Inácio no Interior

87 2

joaoananias

O deputado federal João Ananias (PCdoB), que não disputará reeleição, atuará como coordenador da campanha de deputado federal de Inácio Arruda. O parlamentar, com problemas de saúde, informa que trabalhará pelo companheiro de partido principalmente junto  às suas bases no Interior.

Inácio Arruda articulou com o PCdoB junto aos aliados e, em especial, aos Ferreira Gomes, pelo direito de postular reeleição ao Senado. O Pros, no entanto, optou pelo deputado estadual Mauro Filho.

No âmbito do Pros, o que se diz é que Inácio Arruda, ao se lançar candidato a prefeito de Fortaleza contra o aliado Roberto Cláudio, em 2012, acabou desagradando os Ferreira Gomes. Mas o pior mesmo foi a constatação de que, desse pleito, ele acabou registrando um por cento na votação.

Federação promove debate sobre piso dos agentes de endemias e de saúde

A Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce) está realizando, até as 16 horas desta quinta-feira, no Hotel Romanos, em Messejana, o Seminário “Os desafios da implementação do piso dos Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) e dos Agentes de Combate às Endemias (ACEs)”.

O encontro discute os desdobramentos da aprovação da Lei Nº 12.994, de 17 Junho de 2014, que institui o piso salarial profissional nacional de ACSs e ACEs, que passa a ser de R$ 1.014,00. Participam do debate da Fetamce cerca de 300 servidores de todo o Estado. No grupo, pelo menos 200 representantes dos agentes de endemias dos 154 municípios que formam a federação.

Embora seja uma conquista para as categorias contempladas, ao ser sancionado pela presidente Dilma Rousseff, a Lei que institui o piso teve vetados dispositivos que tratavam do reajuste salarial, da organização das carreiras e de incentivo da União para fortalecimento das áreas de atuação desses profissionais. Assim, permanece indefinido o critério de atualização do piso.

Sucesso da Copa do Mundo mandou a velha mídia para o chuveiro

Com o título “A arte da guerra e o Velho do Restelo”, eis artigo do jornalista e professor Francisco Bezerra (Bezerrinha). Ele aborda o comportamento da “velha mídia”que apregoou o desastre que seria a Copa do Mundo. Agora, essa mesma velha mídia prefere destacar que o sucesso da festa deve-se apenas aos brasileiros. Confira:

“Uma mentira dá uma volta inteira ao mundo antes mesmo de a verdade ter oportunidade de se vestir.” Winston Churchill, primeiro-ministro britânico.

“Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece, mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas.” O caro leitor, certamente, já deve ter ligo algo sobre Sun Tzu o general, estrategista e filósofo chinês, conhecido por sua obra A Arte da Guerra, composta por 13 capítulos de estratégias militares. O introito tem por desiderato contextualizar a guerra travada entre mídia conservadora e governo antes, durante e depois da Copa do Mundo. O governo conhece o inimigo, mas parece não conhecer a si mesmo. Desse modo, embora tenha vencido a guerra da Copa, na opinião pública, não há certeza do triunfo em mais um confronto beligerante que se avizinha.

Os assessores do Planalto não lerem o filósofo Chinês. Do contrário teriam se preparado melhor para o embate. O que diziam os arautos do fim do mundo antes do início da competição organizada pela FIFA: “A Copa será um fracasso”; “A organização da Copa fará vergonha ao Brasil”; “Aeroportos não irão funcionar bem”; “A mobilidade urbana será um caos”; “Os estádios estarão inacabados”; “As manifestações trarão violência e afugentarão turistas de outros países”; “Violência inviabilizará a Copa”; Vai ter Copa no Brasil?”. A ordem unida juntou na mesma trincheira, os de sempre: organizações Globo, Abril, Folha e Estadão. Estes em proeminência. Há ainda os satélites ou os que se conformam com migalhas do banquete publicitário nacional. As manchetes catastróficas eram estampadas em letras garrafais, editoriais, redes sociais e colunas de articulistas dia sim, dia não. Uma autêntica guerra eletrônica travada aos olhos ouvidos e computadores da nação. As redes sociais, divididas, reverberavam discurso do establishment ou contestavam a “Copa do Fim do Mundo”. Após estas considerações, cabe analisar os números finais da Copa. Observe a opinião de 2209 visitantes estrangeiros ouvidos pelo Instituto Datafolha:

– 92% dos visitantes elogiaram o conforto e a segurança;

– 76% aprovaram o transporte até os estádios;

– 95% disseram que a recepção foi boa ou ótima;

– 83% elogiaram a organização.

Embora reconhecendo que a Copa não foi um evento sem cefaleias, há outras boas notícias. Alvo de muitos fantasmas usados para atemorizar visitantes, o Rio de Janeiro recebeu 900.000 turistas contra 90.000 previstos. Eles deixaram 4 bilhões de reais na cidade, contra 1 bi de previsão. Impelidos a buscarem discurso para enfrentar uma situação inesperada, nossos profetas do apocalipse completaram um ano de campanha contra o evento, desde os protestos de junho de 2013, com sorrisos desconcertados.

Passada a fase da autocrítica, é preciso explicar o que aconteceu. Na falta de explicação melhor, a moda agora é dizer que o sucesso da Copa se deve aos “brasileiros.” Assim, no genérico. Os 200 milhões de brasileiros garantiram a Copa das Copas porque são simpáticos e acolhedores. Descobrimos essas virtudes agora? A finalidade desse discurso é fingir que não havia oposição à Copa, movimento que se expressou num esforço permanente para impedir os jogos e criar um ambiente de desordem, sufoco e desmoralização. Apelos ao boicote eram ouvidos nos melhores jantares, nas melhores famílias. Inclusive em inglês com legendas. A Copa era combatida com argumentos à direita. Em outros lugares, à esquerda. O importante é que não desse certo. Se desse certo, teria que ser capitalizada por setores que não os governamentais.

A mídia conservadora nos fez lembrar O Velho do Restelo, personagem criado por Luís de Camões no canto IV da sua obra Os Lusíadas. Tal personagem simboliza os
pessimistas, os conservadores e os reacionários que não acreditavam no sucesso da epopeia dos descobrimentos portugueses, e surge na largada da primeira expedição
para a Índia com avisos sobre a odisseia que estaria prestes a acontecer. Se as admoestações do Velho do Restelo tivessem sido ouvidas, o Brasil não teria sido
descoberto pelos navegadores portugueses.

A Copa ocorreu, apesar da campanha de terror orquestrada pelos senhores da Casa Grande. A competição foi sucesso de organização, entusiasmo e festa por esforço
da grande maioria da população, que não só queria assistir aos jogos como também participar de um evento que mobiliza todo o planeta. A mesma população que, prenhe de civismo, estava resoluta: defender imagem do país seria tarefa inadiável. Foram os adversários da Copa que transformaram o Mundial numa guerra política – e perderam.

A velha mídia, como partido de oposição, foi a expressão maior do revés. A derrota acachapante, no entanto, não fará arrefecer o ânimo de quem tem vocação atávica para a conspiração. Como predadores sem escrúpulo, as vistas vão se voltar agora para o processo eleitoral em curso, onde informação sobre queda de avião comercial é esquecida e bolinha de papel vira arma mortífera nas redações a soldo dos rentistas e apátridas de plantão. Vai começar, assim, mais uma guerra político-midiática. Para finalizar, outra frase reflexiva de Winston Churchill: “Se todas as batalhas dos homens se dessem apenas nos campos de futebol, quão belas seriam as guerras.”

* Francisco Bezerra,

Jornalista e professor.

Chiquinho Feitosa é o coordenador da campanha de Aécio Neves no Ceará

chiquinhofeitosa

O ex-deputado federal Chiquinho Feitosa (DEM), que está como primeiro suplente na chapa do candidato a senador pelo PSDB, Tasso Jereissati, assumiu a coordenação estadual da campanha de Aécio Neves, postulante à Presidência da República.

Ele confirma a vinda de Aécio ao Ceará, no fim de semana, para giro pela Região do Cariri. Na agenda do tucano, a exposição agropecuária do Crato (Expocrato) na noite de sábado e, no dia seguinte, missa campal na Igreja do Socorro lembrando os 80 anos da morte do Padre Cícero. Também uma visita à estátua do “Padim” na colina do horto.

Atividade econômica do País registra queda de 0,18% em maio

“O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período) apresentou queda de 0,18% em maio, na comparação com abril. Essa foi a segunda vez no ano que o resultado mensal ficou negativo. De acordo com os dados revisados, a retração ficou em 0,09%, em fevereiro.

Na comparação com maio de 2013, houve queda de 0,17%, de acordo com dados sem ajustes, uma vez que a comparação ocorre entre períodos iguais. Em 12 meses encerrados em maio, a expansão ficou em 1,93% e, no ano, o crescimento chegou a 0,58%.

O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira. O índice traz informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária.”

(Agência Brasil)

Blog e um toque social

helvecioo

O jornalista e radialista Helvécio Martins, de Tauá, que foi diretor-geral da Rádio Príncipe Imperial de Crateús durante 12 anos e, atualmente, correspondente da TV Diário na Região dos Inhamuns, ganhou festa dos amigos por conta de idade nova.

 

Neste espaço, não registramos aniversário, mas para o Helvécio abrimos uma exceção. Que festeje com dona Kátia, sua mulher, e os filhos Roberio, Baylee, Vitória, Mel e Heric Com muita saúde.

E sem deixar também de ser correspondente do Blog na Região.

Jornais não são obrigados a entrevistar todos os candidatos a presidente

levi

“Os veículos de comunicação não são obrigados à convidar todos os candidatos à presidência para entrevistas e debates. Isso porque, em 2010, o Tribunal Superior Eleitoral firmou entendimento sobre a Lei das Eleições segundo o qual a norma não garante aos candidatos espaço idêntico na mídia, mas sim tratamento proporcional à participação de cada um no cenário político.

Sob esse precedente, os ministros do TSE Maria Thereza de Assis Moura e Tarcísio Vieira negaram liminares apresentadas pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), em que a legenda pretendia assegurar que o seu candidato à presidência, Levy Fidelix, fosse entrevistado pelos veículos de comunicação.

O partido alegou que a Folha de S.Paulo, o Portal UOL, a Rádio Panamericana, o SBT e a Globo News deram tratamento privilegiado aos candidatos Eduardo Campos, Aécio Neves e Dilma Rousseff pelo fato de terem marcado entrevistas apenas com eles.

Os ministros destacaram que há uma clara distinção na lei eleitoral entre “entrevistas individuais” e “debates entre candidatos”. Enquanto no debate a lei indica a obrigatoriedade de convite para os candidatos dos partidos com representação na Câmara dos Deputados, a mesma norma silencia sobre a participação dos candidatos em entrevistas.

De acordo com o precedente citado (RP 225.306), “à imprensa compete noticiar o que acontece e é de interesse da sociedade, sendo perfeitamente admissível e coerente que se dedique maior espaço para os candidatos que disputam os primeiros lugares na preferência popular ou para os fatos que são de maior interesse para o público em geral”. Conforme a jurisprudência, o respeito ao princípio da igualdade consiste exatamente em tratar de modo desigual os desiguais.

Com base nesses argumentos, os ministros negaram as duas liminares solicitadas pelo PRTB com o objetivo de suspender as entrevistas já marcadas com os candidatos. No mérito, a sigla pretende obrigar os veículos a convidarem também o candidato Levy Fidelix. Com informações da Assessoria de Comunicação do Tribunal Superior Eleitoral.”

(Consultor Jurídico)

Vem aí a XII Mostra Brasileira do Teatro Transcendental

Será lançada oficialmente, às 8h30min da próxima terça-feira, a XII Mostra Brasileira de Teatro Transcendental. Durante café com a imprensa, patrocinadores, parceiros, entidades assistenciais beneficiadas, comunidade artística e convidados, no auditório da Associação Peter Pan, toda a programação do evento será divulgada.

A mostra ocorrerá entre os dias 20 e 24 de agosto, no Teatro do Via Sul, e terá ainda apresentações em 11 municípios do interior do Estado, em presídios feminino e masculino de Fortaleza e Região Metropolitana, além de casas de medidas socioeducativas da capital.

A programação traz peças de companhias teatrais dos estados do Ceará, São Paulo e Rio de Janeiro, com exemplos positivos e mensagens de paz, amor, respeito e ajuda ao próximo. A edição 2014 presta uma homenagem à figura de Mahatma Gandhi.

SERVIÇO

Associação Peter Pan – Rua Alberto Montezuma, 350 – Vila União.

Datafolha vai divulgar pesquisa

Da Coluna Radar, da Veja Online:

“A expectativa do Palácio do Planalto para o Datafolha que será anunciado logo mais no Jornal Nacional é que tudo permaneça como na última pesquisa, de duas semanas atrás.

Por lá, acredita-se que possíveis mexidas estarão dentro da margem de erro. Se for assim, Dilma Rousseff, ficaria entre 36% e 40%, Aécio Neves, entre 18% e 22% e Eduardo Campos entre 7% e 11%.

Ou seja, a derrota contra a Alemanha na Copa não teria consequências negativas, assim como o sucesso da Copa não teria servido para melhorar a vida de Dilma.”

Membro do Sistema POVO Online é selecionado pelo Google

valney

“Após um processo de seleção que durou cerca de quatro meses, o desenvolvedor de Sistemas do O POVO Online, Mário Valney, é o novo integrante do programa Embaixadores do Google. Estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas na Faculdade Evolução, Mário foi selecionado junto com outros dois estudantes cearenses. A ação é promovida pela empresa americana em todo o mundo e é uma oportunidade para os estudantes atuarem como elo entre o Google e suas universidades.

Em seu site (mariovalney.com/ embaixador-do-google-sim), Valney detalha todas as fases que passou até ser aprovado. No O POVO Online, ele atua como front-end e é um dos responsáveis pela apresentação visual do portal. O jovem se encarrega de definir como o conteúdo se apresenta na tela, a estrutura hierárquica das informações e a aplicação do design para a exibição das informações.”

(O POVO)

Taxa básica de juros é mantida em 11% ao ano

“Apesar da expectativa do Banco Central de mais inflação, a diretoria da instituição decidiu, por unanimidade, manter a taxa básica de juros (Selic) em 11% ao ano. A decisão ocorreu mesmo depois de ter elevado a projeção para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2014 de 6,1% para 6,4%, previsão que mudou entre o Relatório Trimestral de Inflação de março e de junho.

O resultado da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que ocorreu ontem e hoje, era esperado pelo mercado. Segundo pesquisa da AE Projeções finalizada na última quinta-feira, 10, de 80 instituições consultadas, todas apostavam na manutenção da taxa.

O comunicado pós-reunião foi idêntico ao do encontro anterior. O texto, inclusive, manteve o termo “neste momento”. “Avaliando a evolução do cenário macroeconômico e as perspectivas para a inflação, o Copom decidiu, por unanimidade, neste momento, manter a taxa Selic em 11,00% a.a., sem viés”, disse o comunicado.”

(Agência Brasil)

TRF permite acúmulo de vaga em universidade federal e bolsa do ProUni

“Uma decisão do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região permite que um estudante que cursa o ensino superior público receba também bolsa integral do Programa Universidade para Todos (ProUni) e não pague pelo curso em instituição privada de ensino superior. A União já foi notificada e tem 30 dias para recorrer ao Superior Tribunal de Justiça ou ao Superior Tribunal Federal. O prazo começa a contar amanhã (17), informou o TRF.

A ação foi movida por um estudante de Teresina. Segundo o relatório do desembargador federal Souza Prudente, ele faz curso de direito na Universidade Federal do Piauí. Além disso, ele cursa medicina, com bolsa integral do ProUni na Novafapi. A decisão permite que ele continue recebendo bolsa integral até a conclusão da graduação em medicina, mediante bom desempenho acadêmico.

O relator entende que a lei que institui o ProUni (Lei 11.096/2005) trata apenas de critérios de renda para a concessão de bolsas. De acordo com o TRF, o caso firma jurisprudência e poderá ser citado em outro processo. Procurado, o Ministério da Educação (MEC) diz que não existe impedimento para que um bolsista do Prouni concorra a uma vaga em curso de instituição pública e gratuita de educação superior.O MEC ressalta, porém, que o Decreto 5.493, de 18 de julho de 2005, em seu art. 2º, § 3º, veda o acúmulo de bolsa do Prouni com matrícula em instituição de educação superior pública e gratuita.

“Neste sentido, caso o bolsista do Prouni seja selecionado pelo Sisu [Sistema de Seleção Unificada] e matricule-se em IES [instituição de ensino superior] pública e gratuita, deverá proceder ao encerramento de sua bolsa de estudos do Programa”, diz nota do ministério.”

(Agência Brasil)

Candidato do PCB a presidente da República agenda visita ao Ceará para agosto

maurolasi

O candidato à presidência da República pelo PCB, Mauro Iasi, agenda visita ao Ceará para o dia 13 de agosto. A agenda ainda está em elaboração, mas já inclui um debate sobre universidade popular e um jantar a ser realizado pelo Comitê Popular Mauro Iasi Presidente.

Enquanto Mauro Iasi não chega, o PCB vai inaugurar no próximo dia 26 o Comitê Popular do candidato. Na ocasião, haverá debate sobre o papel dos comunistas no terreno eleitoral, tendo a participação de vários militantes sociais.

Quem é?

Nascido em 10 de fevereiro de 1960 em São Paulo, Mauro Luís Iasi é formado em história pela PUC-SP, é mestre e doutor em sociologia pela USP e atua como professor adjunto da escola de Serviço Social da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

Pai de três filhos, Iasi ajudou a fundar o PT na década de 1980 e participou da campanha de Luiz Inácio Lula da Silva em 1989, quando foi derrotado por Fernando Collor de Melo nas urnas. Deixou o PT em 2004 e migrou para o PCB.

Em sua trajetória, Iasi participou do grupo Luta (Liberdade e União para o Teatro Amador), que montava peças proibidas pela ditadura para universitários e movimentos sociais na década de 1970. O candidato também fez parte do movimento estudantil.

(Foto – Divulgação)