Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Arrecadação de impostos federais supera os R$ 105 bilhões em abril. Apenas

“A arrecadação de impostos e contribuições federais chegou a R$ 105,884 bilhões no mês passado em termos nominais, valor recorde para meses de abril. Os números estão sendo divulgados hoje (26) em Brasília e mostram que o crescimento ficou em 0,93%, em comparação ao mesmo período de 2013, com a correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, (IPCA). No primeiro quadrimestre, a arrecadação foi, em termos nominais, R$ 399,310 bilhões e teve crescimento real (corrigido pela inflação) de 1,78%, na comparação com o mesmo período do ano passado.

Segundo a Receita Federal, o resultado, entre outras coisas, foi influenciado pela queda na arrecadação do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre Lucro Líquido em janeiro e em fevereiro. Houve, porém, reversão do quadro em março – principalmente em razão dos crescimentos observados nos recolhimentos de estimativas mensais que, no mês de abril, apresentou crescimento de 21,76% em comparação ao mesmo mês do ano passado.”

(Agência Brasil)

Se não fizer perícia, INSS deve implantar benefício em 45 dias

“O INSS em Santa Catarina tem prazo de 45 dias para implantar, automaticamente, os benefícios previdenciários por invalidez — exceto acidentários —, caso a perícia não seja realizada nesse período. A determinação é da 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, após julgar parcialmente procedente Ação Civil Pública manejada pelo Ministério Público Federal contra o INSS. O acórdão foi lavrado na sessão do dia 19 de maio, com validade para todo o estado. A ACP foi ajuizada em março de 2012, em função do grande atraso nas perícias, tendo em vista a natureza alimentar dos benefícios pleiteados. O MPF requeria o prazo máximo de 15 dias para a realização da perícia ou a implantação provisória do benefício.

A 3ª Vara Federal de Florianópolis julgou procedente a ação em julho de 2013, levando o INSS a recorrer no tribunal. A autarquia alega que o prazo de 15 dias é exíguo e pode levar à implantação de benefícios indevidos, pedindo aumento para 45 dias, conforme precedentes julgados no Rio Grande do Sul e Paraná.

O relator do processo, desembargador federal Rogério Favreto, apesar de reconhecer que houve melhora nos serviços do INSS desde o ajuizamento da ação, com a nomeação de novos servidores e a realização de concursos públicos de remoção e ingresso na carreira, entende que tais providências ainda são insuficientes. Favreto aponta que, além da demora na conclusão dos concursos públicos, prazos de nomeação e posse, também ocorrem desistências e desinteresse de médicos peritos ao serem lotados em agências previdenciárias que não sejam de seu interesse.”

(Consultor Jurídico)

Copa 2014 -Fifa anuncia regras de conduta do torcedor nos estádios

98 3

copa 2014

“Quem for assistir aos jogos da Copa do Mundo, que começa no dia 12 de junho, deve ficar atento a uma série de regras de conduta impostas pela Federação Internacional de Futebol (Fifa).

Antes de entrar nos estádios, o torcedor vai passar por uma revista, para impedir a entrada de armas, garrafas, copos, jarras, latas ou caixas térmicas. Comida e bebida de qualquer tipo só podem ser compradas dentro do estádio e não será permitido fumar em todas as áreas. A série de regras de conduta da Fifa para o torcedor da Copa pode ser consultada na internet. De acordo com a Fifa, o torcedor só entrará no estádio com ingressos adquiridos por meio de canais oficiais. Qualquer ingresso obtido por outro meio, com cambistas ou por leilões de internet, por exemplo, será automaticamente considerado nulo e inválido.

Além do ingresso serão cobrados, se solicitados, documentos de identidade, carteirinha de estudante e atestado médico – no caso de pessoas com deficiência, para comprovar o direito ao benefício. O ingresso deve ter sido emitido no nome da pessoa que vai assistir ao jogo. Também é proibido levar materiais que apoiem causas racistas ou xenófobas, cartazes ou bandeiras maiores do que 2 metros por 1,5 metro, latas de spray de gás, substâncias corrosivas, inflamáveis, tintas, escadas, bancos ou cadeiras dobráveis. O torcedor também não poderá entrar nas arenas com fogos de artifício, sinalizadores, bombas, megafones.

Nas arenas, será proibida a entrada com qualquer instrumento que produza volume excessivo, tais como megafones, sirenes, vuvuzelas e, inclusive, a caxirola – apresentada pelo músico baiano Carlinhos Brown como uma espécie de “vuvuzela” brasileira e que contou com o apoio do governo federal. Também é proibida a entrada com sacolas grandes, mochilas, malas e bolsas esportivas. Grandes quantidades de papel e de pó, como farinha e substâncias similares, também estão na mira da Fifa.

A federação recomenda que os torcedores fiquem atentos ao assento indicado no ingresso, pois não poderão trocar de lugar, nem ficar de pé nas cadeiras. Não serão tolerados xingamentos racistas, xenofóbicos ou que estimulem qualquer tipo de discriminação. Promover mensagem política, ideológica ou de qualquer causa de caridade também é proibido.

(Agência Brasil)

VAMOS NÓS – E vaiar pode?

Copa 2014 – Consórcio Castelão distribui ingressos para trabalhadores da obra

O Consórcio Construtor da Arena Castelão – formado pelas empresas Galvão Engenharia e Andrade Mendonça, recebeu da FIFA mais de 1000 ingressos para o jogo Uruguai e Costa Rica, marcado para o dia 14 de junho, em Fortaleza. Esses ingressos serão distribuídos com os operários que trabalharam na obra de reforma e ampliação do Estádio.

Cada trabalhador vai receber um (01) ingresso e para ter acesso será preciso apresentar a carteira de trabalho, com o registro de trabalho feito pelo Consórcio Construtor, no período da obra, além de um documento de identidade com foto.

A distribuição ocorrerá entre quarta-feira e 1º de junho, na bilheteria do Mucuripe Clube (Travessa Maranguape, 108 – Centro), conforme horários a seguir:

* De 28 a 30 de maio – das 10 às 18 horas
* De 31 de maio e 01 de junho – das 9 às 17 horas.

Dilma Rousseff: Agronegócio terá mais de R$ 156 bi para a próxima safra

“A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (26) que o Plano Agrícola e Pecuário para a safra 2014/2015 vai contar com R$ 156,1 bilhões para financiar a produção agrícola e pecuária, um aumento de quase 15% em relação à safra passada.

“São muitos recursos e com taxas de juros muito atrativas. Na safra 2001/2002, os juros variavam de 8,75% a 10,75% ao ano. Hoje, os juros estão praticamente pela metade, entre 4% e 6,5%. Quero reafirmar uma coisa que tenho dito em todas as safras: não faltará crédito para os nossos produtores. Se todo o crédito previsto for utilizado, nós vamos oferecer mais recursos. Nossa agricultura e nossa pecuária são exemplos de sucesso. Somos líderes mundiais na produção e exportação de café, açúcar e suco de laranja. Somos também os maiores exportadores de soja, carne bovina e carne de frango.”

Em seu programa semanal Café com a Presidenta, Dilma informou que serão destinados R$ 16,7 bilhões em crédito para os médios agricultores e pecuaristas. “São 26,5% a mais do que na safra passada, e com juros de 5,5% ao ano, juros praticamente negativos. Por muito tempo, não houve no Brasil uma política específica para o médio produtor, que ficava imprensado entre o pequeno, da agricultura familiar, para o qual tinha política, e o grande, da agricultura comercial, para o qual também havia política.”

(Agência Brasil)

Dilma lança Programa Safra da Agricultura Familiar

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=VkjjoOE5qZM&index=2&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZ[/youtube]

O Ceará participa da solenidade em que a presidente Dilma Rousseff lançará, nesta manhã de segunda-feira, em Brasília, o Plano Safra 2014 da Agricultura Familiar. O secretário-adjunto do Desenvolvimento Agrário do Estado, Antônio Amorim, seguiu para participar do evento no qual Dilma anunciará investimentos da ordem de R$ 24 bilhões.

Antonio Amorim aproveitou para falar sobre as perspectivas da safra cearense deste ano. Para ele, a safra deve ser regular, com boa produção de milho e feijão em algumas regiões do Estado.

Executiva Nacional do PT faz reunião para avaliar cenário eleitoral. Ceará é problema

54 3

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=UHAl27W3wLw&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A Executiva Nacional do PT faz reunião em Brasília, a partir das 10 horas esta segunda-feira. O vice-presidente nacional do partido, o deputado federal José Nobre Guimarães, embarcou bem cedo e deu detalhes da agenda.

O encontro servirá para um balanço das conversações políticas pró-formação de palanques em favor da reeleição da presidente Dilma Rousseff nos Estados. José Guimarães reconheceu que o Ceará – com o PMDB apostando no senador Eunício Oliveira, e o Pros do governador Cid Gomes procurando nomes, é um problema.

Guimarães, no entanto, preferiu ser otimista e apostar que o PMDB de Eunício ainda deverá se manter na aliança com o Pros. “O melhor caminho para nós é a manutenção  aliança”, disse o parlamentar.

IBGE cruza os braços

“Servidores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) começam hoje (26) uma greve em defesa de democracia interna e valorização do corpo funcional. A paralisação coincidirá com a divulgação dos resultados do Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro semestre de 2014, previstos para serem apresentados sexta-feira (30), no Rio de Janeiro. De acordo com uma das diretoras da Associação de Servidores do IBGE, Ana Magni, a categoria reivindica aumento do orçamento do órgão, para atender às metas de planejamento, a contratação de 4 mil servidores e equiparação salarial a funcionários de outros órgãos, como o Banco Central e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada.

Os servidores também cobram participação nas decisões de gestão e democracia interna. “Reivindicamos participar das decisões sobre o futuro da instituição, nos moldes de outros órgão que têm um congresso institucional que pensa, debate e escolhe seus dirigentes”. Segundo Ana, a ideia é escolher gestores que não fiquem “à mercê de intempéries políticas e econômicas”.

(Agência Brasil)

Hospitais Regionais do Cariri e do Norte abrem 220 vagas para médicos especialistas

Até o próximo dia 15, estão abertas as inscrições do processo seletivo para médicos especialistas que vão complementar o quadro do corpo médico do Hospital Regional do Cariri (HRC), em Juazeiro do Norte, e do Hospital Regional do Norte (HRN), em Sobral. Ao todo, são oferecidas 220 vagas para médicos, sendo 19 vagas destinadas ao HRC e 201 para o HRN. O processo seletivo terá três fases. A primeira fase, de caráter eliminatório, constará de prova de conhecimentos específicos, a segunda, de caráter eliminatório e classificatório, onde será feita entrevista individual ou coletiva e na terceira fase será avaliado o currículo do candidato e experiência profissional.

As vagas oferecidas no Hospital Regional do Cariri (HRC) são para médicos especialista em anestesiologista, cirurgia geral, cirurgia torácica, clínica médica, cirurgião vascular, emergencista clínico, endoscopista digestivo, neurocirurgião, nutrólogo, ultrassonografista, traumato- ortopedista e terapia intensiva.

Já o HRN oferece vagas para médicos especialistas em anestesiologia, clínica médica, cirurgia geral, cirurgia vascular, endoscopia digestiva, endoscopia respiratória, emergência adulto, emergência infantil, ginecologia e obstetrícia, médico, neurocirurgia, pediatria, radiologia e diagnóstico por imagem, traumatologia, UTI adulto, UTI pediátrica, UTI Neonatal.

SERVIÇO

* As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo site do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), no endereço www.isgh.org.br, no link “Processos Seletivos”, onde constam os editais por especialidade e a ficha de Inscrição. O valor da taxa de inscrição é R$ 30,00.

* Mais informações pelos telefones (85) 3195-2700 e (85)3195-2797.

Decreto presidencial altera regras para prestação de contas de ONGs

“A presidenta Dilma Rousseff assinou hoje (23) decreto com novas regras para prestação de contas de recursos públicos transferidos para organizações não governamentais (ONGs). As normas são mais rígidas quanto maior for o volume de dinheiro repassado para a entidade.

“Tem dois objetivos. Um é reduzir a burocracia e simplificar os processos através dos quais se relacionam os convênios do Estado com a sociedade, e, segundo, garantir que a prestação de contas se dê de forma mais exigente quando se tratar de maiores recursos”, disse a presidenta, em discurso durante o lançamento da Política Nacional de Participação Social.

De acordo com secretário executivo da Secretaria-Geral da Presidência, Diogo Santana, o decreto traz regras sobre a informatização e acompanhamento da prestação de contas de ONGs que recebam dinheiro da União.

“É um decreto que regulamenta, em primeiro lugar, a equipe de trabalho das organizações, a regra de prestações de contas escalonadas, a prestação de contas sistemática e traz uma regra bastante específica da questão da informatização e da prestação de contas no Sistema de Convênios do Governo Federal”, explicou.”

(Agência Brasil)

Um livro sobre uma greve de fome não divulgada

Será lançado nesta sexta-feira, às 18 horas, no Auditório Murilo Aguiar, da Assembleia Legislativa, o livro “Resistência atrás das Grades”, de Maurice Politi. A publicação traz um diário escrito por ocasião da greve de fome que um grupo de presos políticos em São Paulo realizou entre 9 de junho e 11 de julho de 1972, pouca conhecida e da qual quase que não há registro.

A greve de fome foi realizada como uma forma de resistir aos planos que tinham as autoridades da época de dividir os presos políticos em vários pequenos grupos levando-os para diversas cadeias do Estado. Após intensa pesquisa sobre o assunto, basicamente nos Arquivos de SP (Dops) e também no Arquivo Nacional (Rio e Brasília), foram encontrados vários documentos que enriquecem o diário.

O livro também revela pela primeira vez o papel que teve um grupo de religiosos denominado “O Grupo das Sextas Feiras” nas discussões internas da Igreja que caracterizaram este período. A obra traz à luz as posições existentes dentro dos presídios políticos a respeito da resistência dos presos às arbitrariedades cometidas por aquelas autoridades que comandavam a política carcerária da época.

O Autor

Maurice Politi nasceu no Egito, mas se diz brasileiro. Filho de judeus que fugiram da intolerância do Oriente Médio, militante esquerdista com claro senso de justiça e direitos, preso, torturado, mantido preso por quatro anos seguidos e expulso do país pela ditadura militar, tem em sua história a síntese de tudo o que foi nosso país durante os tempos sombrios de repressão política.

Café Eunício/PT – Dilma Rousseff pode ter mais de um palanque no Ceará

foto acrísio sena

O café da manhã entre o pré-candidato a governador pelo PMDB, senador Eunício Oliveira, e a bancada de vereadores do PT, nesta sexta-feira, girou em torno da formação de um palaque forte pró-reeleição de Dilma Rousseff. Eunício disse que apoia Dilma, posicionou-se como pré-candidato ao Governo e garantiu: vai trabalhar por ela em todo o Estado. Nada portanto de aproximação com o PSDB de Tasso Jereissati ou o PSB de Eduardo Campos.

Vereadores como Acrísio Sena avaliaram que, diante da possibilidade da divisão entre PMDB e o Pros do governador Cid Gomes, é possível também mais de um palanque pró-Dilma no Ceará. Dentro desse quadro, Acrísio vê condições de PT apresentar “um nome para o Governo do Estado, caso não se configure um palanque único.”

Quanto ao nome para essa candidatura, Acrísio Sena diz que não falta ao PT nomes viáveis para disputar o Governo. Citou, por exemplo, o deputado estadual Camilo Santana, o deputado federal Artur Bruno e até a ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins.

Semana do Meio Ambiente da UFC debate Gestão e Sustentabildiade

“Gestão Ambiental na UFC – O Caminho para a Sustentabilidade”, eis o tema da XII Semana do Meio Ambiente da Universidade Federal do Ceará que ocorrerá no período de 2 a 7 de junho, no auditório da reitoria da Instituição. A abertura está marcada para as 8 horas com a palestra “Sistema de Gestão Ambiental da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)”, pelo professor Darci Campani, assessor de Gestão Ambiental da UFRGS.

Após esse ato solene, haverá mesa-redonda sobre “A Gestão Ambiental na UFC: apresentação do Plano de Logística Sustentável (PLS-UFC)”. O palestrante é o professor Ernesto Pitombeira, Pró-Reitor de Planejamento UFC, e depois a palestra: “A construção enxuta (lean) como alicerce para a construção sustentável”, com a engenheira Caroline Valente, coordenadora de Lean e Green da C. Rolim Engenharia.

SERVIÇO

* A programação detalhada e outras informações podem ser acessadas no portal da UFC (www.ufc.br).

Paes Mendonça vai entregar espaços do Shopping RioMar

pers

O presidente do Grupo JCPM, João Carlos Paes Mendonça, estará em Fortaleza no próximo dia 28. Ele vem se reunir com lojistas do Shopping RioMar, durante um café da manhã, para fazer a entrega oficial dos espaços.

Em seguida, Paes Mendonça dará uma entrevista coletiva para falar expor mais detalhes desse e do outro shopping que será implantado na avenida Sargento Hermínio.

Futebol, política e o direito à argumentação

Com o título “Política e futebol se discutem, mas não são a mesma coisa”, eis artigo do jornalista e sociólogo Demétrio Andrade, ele vê diferenças entre provocações entre torcedores e paixão política. Confira:

Já discorri, em outros artigos, sobre um verniz de ódio que vem cobrindo as discussões nas alcunhadas “mídias sociais”. Notadamente no twitter e no facebook, é corrente a falta de educação e de respeito não só à opinião alheia, mas às próprias pessoas. Nos meios de comunicação de massa, se nota procedimentos semelhantes. E isso é injustificável. Além do que, acaba limitando as discussões políticas a um grau rasteiro e melancólico.
Tenho uma tese calhorda que costumava compartilhar com o Eudes Baima – a quem aproveito pra mandar um abraço pelo aniversário – de que futebol não tem ética. Claro que é um ponto de vista que se desmonta facilmente, posto que qualquer atividade social possui regras morais, mas é ótimo pra criar polêmica. Porque se tem uma coisa interessante e que mantém vivo o interesse pelo futebol é a provocação, a paixão e as brincadeiras entre torcidas, práticas que, aliás, nada têm a ver com violência. Eu mesmo já cometi meus excessos. Mas defender partidos e ideologias usando a mesma lógica de torcedor é um equívoco monstruoso.

Num ano eleitoral como este, a tendência é que as trocas de farpas desçam a uma profundidade abissal. Vale lembrar a frase de Voltaire: “posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las”. Trata-se de um acordo essencial quando se vive numa democracia. Ninguém é obrigado a concordar com ninguém. Diga-se de passagem, isso fere de morte o objeto central da política, que é o de construir consensos coletivos numa sociedade eivada de individualidades e de interesses e pensamentos divergentes de milhares de grupos. Caso você não concorde, experimente argumentar invés de agredir.

A convivência entre diferentes deve ser a nossa meta: é saudável, é bonito e é a única forma de crescermos nessa difícil e maravilhosa arte de viver. Aprender com os nossos erros e acertos, bem como com os erros a acertos alheios. Minha mulher me disse certa vez que prefere ser feliz a ter razão. Em algumas situações, de fato, nem vale a pena discutir. Acho triste optar por perder o prazer da convivência com alguém em nome da minha verdade. As coisas não precisam chegar a este nível.

Em tempo: não compartilho desta tese. Acho que política e futebol – assim como quaisquer outros assuntos – podem e devem ser discutidos. Mas dentro de arenas apropriadas e com interlocutores exercendo a tolerância como dever. Não podemos perder o direito de argumentar, militar e levantar nossas bandeiras. É um direito pelo qual muitos tombaram. Mas se política é também um exercício de convencimento, é bom lembrar que qualquer criança sabe que não se ganha simpatia de ninguém à força.

* Demétrio Andrade
Jornalista e sociólogo.

Domingos Neto é relator do projeto que trata da criação de municípios

96 1

domingoneto

O deputado federal Domingos Neto (Pros) será o relator, na Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia, do Projeto de Lei Complementar que dispõe sobre o procedimento para a criação, a incorporação, a fusão e o desmembramento de Municípios. A matéria, originária do Senado, é resultado de um acordo dos líderes no Congresso Nacional para fazer avançar a matéria após o veto da presidente Dilma Rousseff ao projeto anterior que criava regras para criação de municípios. O PLP 397/2014 foi encaminhado esta semana à Câmara dos Deputados e já teve aprovado o regime de urgência urgentíssima para sua tramitação.

Com isso, a matéria será analisada simultaneamente em três comissões temáticas: a de Integração Nacional, a de Desenvolvimento Urbano e a de Constituição e Justiça. Domingos Neto disse que conhece a matéria muito bem e já fez uma análise das alterações propostas no novo projeto, que é de autoria do senador Mozarildo Cavalcante, concluindo que não há prejuízo para o Ceará. Domingos Neto disse que o mais importante é dar celeridade ao processo. Por isso, é recomendável aprovar a proposta na forma que veio do Senado para que não haja mais postergação. Com o regime de urgência urgentíssima, Domingos Neto quer votar o seu parecer na Comissão de Integração Nacional já na próxima quarta-feira.

(Com Agência Câmara)

Lula rifaria os Ferreira Gomes para ficar com Eunício em favor de Dilma?

106 4

Eunício-e-Lula

Da colunista Dora Kramer, do Estadão desta sexta-feira:

É próximo de 100% o porcentual de políticos, petistas ou não, que apostam na impossibilidade de o ex-presidente Luiz Inácio da Silva vir a ser candidato a presidente no lugar de Dilma Rousseff. Contudo, se fosse numericamente possível, ultrapassaria esse índice os que consideram fora de cogitação a hipótese de a presidente vir a obter êxito na reeleição sem a ajuda do antecessor.

Na visão desse pessoal, sozinha ela não se elege. Embora seus interlocutores de partidos aliados percebam a importância da posse da “caneta” com linha direta ao Diário Oficial, consideram tal certeza equivocada. Portanto, não obstante ela disponha do poder formal, quem tem a força política é ele. Até mesmo para contrariar interesses imediatos do PT em nome do projeto maior representado pela reeleição de Dilma.

Em nome desse plano, recentemente Lula desembarcou no PMDB para uma ofensiva de última hora para tentar mudar a tendência crescente no partido de renunciar à aliança formal em prol da liberdade de apoios das candidaturas de oposição onde lhe convier nos Estados. A autonomia de cada um nessa altura parece impossível de ser mudada. Mas, nem é isso o mais importante para o governo, que quer mesmo é garantir votos na convenção de 10 de junho por causa do tempo no horário eleitoral, independentemente de como cada seção regional vá atuar.

Lula começou a entrar no jogo na tentativa de inverter a tendência hoje majoritária pelo fim da parceria. A questão é: Lula tem toda essa força e capital de influência para apaziguar as insatisfações e mudar o resultado desse jogo? Quem conhece muito bem as regras diz que há uma combinação de fatores: a influência de Lula e os números das pesquisas. O primeiro é forte, mas o segundo é determinante.

O ex-presidente decidiu investir pesado nas seções regionais do Rio e Ceará. Na primeira, sem chance de sucesso, dado que o PMDB pede o impossível: a retirada da já consolidada candidatura do senador Lindbergh Farias.

Mas, no Ceará, não é visto como impossível Lula rifar os irmãos Ciro e Cid Gomes para ficar com Eunício Oliveira do PMDB. Seriam 60 preciosos votos na convenção de 10 de junho. Isso pode mudar o resultado da convenção, cujas contas hoje indicam derrota para o governo. A serventia dos Gomes para o Planalto é bem menor que a prestação de serviços decorrente de aliança com o PMDB.

A paga da paga. A presidente Dilma recebeu anteontem a confirmação do apoio formal do PTB à reeleição. Não pelos seus belos olhos nem pelos ainda mais belos dotes políticos. Em troca da nomeação de um indicado pelo partido na semana passada para uma vice-presidência da Caixa Econômica Federal.

Torcida organizada. A manifestação de José Serra em página de rede social dizendo que será candidato a um cargo no Poder Legislativo não foi suficiente para enterrar as especulações de que possa vir a ser vice na chapa de Aécio Neves.

No mundo político viceja a seguinte leitura: Serra afirmou que nunca pleiteou ser candidato a vice, mas não disse que recusaria se fosse convidado pelo titular da chapa. Os defensores da união acham que, se Aécio Neves pedir com jeito, vai. No PMDB a avaliação é a de que, se for, a casa do PT cai. O PSD do ex-prefeito Gilberto Kassab compartilha da opinião.

A pergunta que se faz é: para Serra, que sempre quis ser presidente, tem inequívoca vocação para o Executivo, já passou diversas vezes pelo Legislativo, é melhor ser vice-presidente ou mais um em meio a tantos integrantes de um Poder desprestigiado?

Índice de Confiança do Consumidor mantém-se abaixo da média histórica

“O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) recuou 3,3% de abril para maio, ao passar de 106,3 para 102,8 pontos, o menor nível desde abril de 2009 (99,7). O indicador foi divulgado hoje (23) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV). Com o resultado, o índice manteve-se abaixo da média histórica, de 116,4 pontos, pelo 16º mês consecutivo.

Segundo a avaliação da FGV, os consumidores “continuam pouco satisfeitos com a situação atual e pessimistas em relação aos rumos da economia nos próximos meses”. O Índice da Situação Atual (ISA), por exemplo, chegou a cair 3,9%, para 107,2 pontos, o menor desde maio de 2009 (103,0). Já o Índice de Expectativas (IE) recuou pelo sexto mês seguido, caindo 2,9%, para 100,6 pontos – também o mais baixo desde março de 2009 (97,6).

A FGV também constatou recuo de 3,8% no indicador que mede o grau de satisfação dos consumidores com a situação financeira pessoal, que com a queda passou de 109,3 para 105,1 pontos – o menor nível desde agosto de 2009 (104,9). A proporção de consumidores que avaliam a situação como boa diminuiu de 22,5% para 19,2%, enquanto a dos que a julgam ruim aumentou de 13,2% para 14,1%.”

(Agência Brasil)

Iphan do Ceará, em greve, recebe solidariedade do Maracatu Nação Fortaleza

Os servidores do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), no Ceará, completam uma semana em greve. Logo mais a partir das 10 horas , a categoria receberá a solidariedade do Maracatu Nação Fortaleza. A autarquia, pertencente aos quadros do Ministério da Cultura, é responsável pela preservação do acervo patrimonial, tangível e intangível, do país, o Maracatu, por exemplo, é um destes patrimônios.

A greve dos servidores do IPHAN tem caráter nacional e reivindica o cumprimento de acordos feitos desde 2007. Na lista, implantação de gratificações de titulação, qualificação e fiscalização; equiparação salarial com servidores da Agência Nacional de Cinema (Ancine) e da Fundação Casa Ruy Barbosa.

Enem 2014 – Quase 70 travestis e transexuais pedem para usar o nome social

“Pela primeira vez, travestis e transexuais podem usar o nome social no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A medida foi celebrada por ativistas e atraiu mais candidatos ao exame. Dados obtidos com exclusividade pela Agência Brasil mostram que até o penúltimo dia de inscrição, 68 pessoas solicitaram o uso do nome social pelo telefone 0800-616161.

Essas solicitações já entraram no protocolo do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e serão atendidas. O número ainda pode aumentar. Segundo o Inep, mais 27 pessoas ligaram para pedir informações sobre a questão.

O prazo para solicitar o uso do nome social termina hoje (23), assim como o período de inscrição.”

(Agência Brasil)