Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Queremos Deus 2015 será no “PV”

157 2

domjosenatonio

O Queremos Deus deste ano, evento da Renovação Carismática Católica, já tem data. Vai acontecer no dia 22 de fevereiro, a partir das 15 horas, no estádio Presidente Vargas.

A organização informa que dom José Antônio de Aparecido Tose, arcebispo de Fortaleza, deverá celebrar missa. Até a sua realização, Paróquias vão ser mobilizadas para o evento.

 

Barraca Crocobeach terá que devolver valores descontados do salário de garçonete

149 1

Os desembargadores da 2ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará condenaram a Crocobeach Empreendimento Turísticos a ressarcir valores descontados indevidamente do salário de uma garçonete. De 28 de dezembro de 2011 a 4 de janeiro de 2012, o restaurante de praia abateu mais de R$ 10 mil dos salários de empregados por quebras de material, sendo R$ 4.949,10 de alimentação e R$ 5.720,53 de bebidas.

“Os descontos foram feitos sem qualquer prova ou justificativa de dano proposital”, destacou o desembargador-relator Francisco Gomes da Silva. A decisão confirmou parcialmente sentença anterior da 13ª Vara do Trabalho de Fortaleza. De acordo com o artigo 462 da Consolidação das Leis do Trabalho, os únicos descontos que o empregador tem autorização para realizar no salário do empregado são os de adiantamentos e de dispositivos previstos em lei ou em contratos coletivos.

No caso de danos causados pelo empregado, o desconto é permitido apenas se esta possibilidade tiver sido acordada anteriormente ou quando há dolo do empregado, ou seja, quando há má fé ou intenção em prejudicar o patrão.

Além dos descontos indevidos, a garçonete também pedia que valores supostamente pagos como comissões ou gorjetas fossem utilizados para o cálculo de diferenças de 13º salário, férias, seguro desemprego e Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Nesse caso, por falta de provas, a 2ª Turma do TRT/CE não aceitou pedido da empregada. O depoimento da única testemunha por ela apresentada foi descartado como prova válida por possuir inúmeras contradições.

(Site do TRT-CE)

 

STJ manda Correios indenizarem surfista Dunga Neto

dunganeto

“A Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve decisão que condenou a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) ao pagamento de indenização no valor de R$ 20 mil a surfista que não pôde participar de duas competições porque as suas pranchas foram entregues fora do prazo.

O surfista profissional Estevão Célio Moura Neto – o conhecido Dunga Neto, enviou cinco pranchas de surf, via Sedex, de Fortaleza para Fernando de Noronha (PE). A postagem foi feita no dia 25 de janeiro de 2011, mas as pranchas chegaram ao destino somente em 15 de fevereiro de 2011, o que inviabilizou sua participação em duas competições: na II etapa do Circuito Nordestino e na Hang Loose Pro Contest.

Os Correios recorreram ao STJ contra decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) que manteve a sentença condenatória. Segundo o tribunal, a pessoa jurídica de direito público responde pelos danos que seus agentes causam a terceiro, assegurado o direito de regresso contra o responsável.”

(Site do STJ)

Porto do Pecém registrou movimentação recorde de mercadorias em 2014

Porto-do-Pecém-7

O Porto do Pecém, situado no município de São Gonçalo do Amarante (região Metropolitana de Fortaleza) registrou uma movimentação de mercadorias recorde nos doze meses de 2014. Foram 8,2 milhões de toneladas contra 6,3 milhões transportadas em 2013, o que representa uma variação positiva de 31%.

De acordo com a Cearaportos, gestora do Pecém, 475 navios operaram no terminal portuário durante esse período, com destaque para os granéis sólidos, que registraram incremento de 87%, movimentando 3,5 milhões de toneladas. As exportações cresceram 13%, enquanto as importações contribuíram com elevação de 36%.

Nos últimos seis anos, de 2009 a 2014, o crescimento na movimentação de mercadorias pelo Pecém foi constante, saindo de dois milhões em 2009 para 8,2 milhões no ano passado.

Tom Cavalcante será atração no Teatro RioMar

tomcavalcante

O humorista Tom Cavalcante volta aos palcos cearenses neste mês. Ele fará o show “No tom do Tom”, a partir das 21h30min desta sexta e sábado, no Teatro do Shopping RioMar. O espetáculo marcará o início da programação do espaço neste ano.

Os arranjos musicais têm a direção dos maestros Lucas Lima e Eduardo Lages consagrado desde 1977 como “maestro do rei Roberto Carlos”. No palco, Tom canta suas perfeitas imitações de grandes nomes da música, entre outras surpresas. Tom não se esquece de incluir no show personagens como hilário João Canabrava e o velho contador de causos Sr. Venâncio.

SERVIÇO

Teatro RioMar Fortaleza – Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 – Shopping.

Ingressos

Plateia Alta – R$ 80,00

Plateia Baixa B – R$ 100,00

Plateia Baixa A – R$ 120,00.

Sociólogo diz que Dilma quer perpetuar o PT no poder e preparar a volta de Lula

272 3

Com o título “O foco do segundo mandato de Dilma”, eis artigo do professor Uribam Xavier, professor da área de Ciência Política do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Ceará. Para ele, o segundo mandato de Dilma vem para tentar perpetuar o PT no Poder e preparar a volta de Lula. Confira:

Em novembro, logo após as eleições, diante de algumas sinalizações esquisitas da presidente reeleita, escrevi um artigo interrogativo: “quem ou o que orienta a Dilma?”. Agora, com mais clareza escrevo sobre como percebo os rumos do segundo mandato de Dilma.

O segundo mandato de Dilma tem como principal foco a perpetuação do PT no poder com a volta de Lula nas eleições de 2018. Isso explica porque Dilma esqueceu seu discurso de campanha e passou a se orientar pelos reclames do mercado.

Obedecendo ao mercado e dando as costas para seus eleitores, Dilma elegeu um trio de economistas neoliberais para cuidar do desenvolvimento econômico do país: Joaquim Levy [Fazenda], Nelson Barbosa [Planejamento] e Alexandre Tombim [Banco Central]. O governo inicia-se, então, com um ajuste fiscal, na realidade com uma política de austeridade nos moldes do neoliberalismo anunciado como medida técnica, que tem como um de seus focos o enfraquecimento da garantia de direitos trabalhistas, e o outro foco será o aumento de receitas pela implantação de novos impostos e corte nos gastos do governo em torno de 21 bilhões. Todavia, enquanto os empresários levantaram suas vozes contra o aumento ou criação de novos impostos, as centrais sindicais fizeram silêncio sobre o enfraquecimento de alguns direitos.

Ao renunciar o projeto neodesenvolvimentista em função de uma estratégia incerta de perpetuação no poder, o segundo mandato de Dilma adota um modelo neoliberal insinuando repetir o praticado por Lula durante o seu primeiro mandato. Nesse jogo, Joaquim Levy disse que o ajuste fiscal será “firme e rápido, e tem como objetivo evitar postergar decisões e se antecipar aos problemas”. A linha de trabalho que vai orientar a política econômica do governo, diz o ministro da fazenda, segue a lógica que predomina no setor privado. Para ele, quando muda o mercado, as firmas têm que se ajustar. Seguindo essa lógica, o Estado tem que ser tutelado pelo mercado: mudou o mercado, muda-se o rumo do governo.

Para Joaquim Levy, o cenário atual do país é de inflação alta, crescimento fraco e dificuldade de caixa, o que inviabiliza uma política expansionista anticíclica na qual o governo gasta os recursos poupados em períodos de bonança para fazer a economia reagir em períodos de crise. Assim, o governo anuncia que vai trabalhar praticando tarifas realistas, o que significa reajustes dos preços do petróleo, energia e tarifas púbicas, além do fim das isenções fiscais. O setor automobilístico, por exemplo, já sinalizou com demissões. Diante disso, possivelmente logo estaremos assistindo o aumento significativo do desemprego no país, cujo controle era orgulho para o governo e prova de que sua política econômica garantiria o pleno emprego.

Dentro desse foco de se perpetuar no poder, atualizando as orientações de Maquiavel, Dilma montou um governo amplo, alargou a participação do PMDB no poder ao lhe conceder um ministério a mais do que o que possuía, passando o controle de cinco ministérios para seis ministérios. Trata-se de uma tentativa de ter no Congresso Nacional uma base de aliados capaz de lhe garantir uma governabilidade sem vexames. Todavia, parece que esse objetivo não será alcançado, pois o PMDB, que logo após sua vitória lhe impôs uma derrota ao derrubar o decreto 8.233, de 23/5/2014, que tinha como objetivo regulamentar o funcionamento da política nacional de participação, fez chantagens e pressão para continuar com as presidências da Câmara e do Senado e ainda se colocou contra medidas anunciadas pelo governo, como a proposta de regulação da mídia. Quando o novo ministro das comunicações, Ricardo Benzoine, indicado pelo PT para tocar tal projeto, fez o anúncio, o PMDB, por meio do deputado Eduardo Cunha, candidato à presidência da Câmara, anunciou que o partido não admite nem dialogar sobre o tema. Imagina se não fosse aliado.

O início do governo Dilma parece uma torre de babel, não tem coordenação política, ministros falam coisas desencontradas e contraditórias entre si, dando a entender que não existe um projeto orientando as ações do governo. Vejamos, o ministro do planejamento anunciou que a política de ajuste salarial passaria por mudanças, depois teve que desmentir. A nova ministra da agricultura afirmou que no país não existe mais latifúndio, e entrou em choque com o ministro do desenvolvimento agrário. O ministro do desenvolvimento, indústria e comércio assumiu o cargo, colocando-se contra parte das medidas anunciadas pelo ministro da fazenda. Isso tudo indica que os cargos foram preenchidos na forma de clientelismo e que continuaremos com o patrimonialismo e com o tráfego de influência danoso no poder.

O governo parece achar que pode seguir uma linha neoliberal para se adaptar às pressões do mercado até que a crise do capital, iniciada em 2008, possa ter suas influências negativas sobre a região amenizadas no espaço de dois ou três anos, permitindo que o governo, depois da metade do mandato, possa ter recursos em caixa para fazer investimentos em estrutura e políticas sociais com poder de reeleger Lula novamente presidente, e, assim, o PT possa seguir o caminho no poder. É uma aposta cara e ousada, já que os fatores favoráveis aos países da América Latina, na primeira década do século, não existem mais e parece que nem vão ser repostos num espaço de tempo tão curto. A função do Brasil na divisão internacional do mercado é de ser um provedor de commodities agrícolas e minerais, principalmente para os emergentes, China e Rússia.Porém, os emergentes também passam a sinalizar que o crescimento movimenta-se dando macha ré.

Outro sinal no rumo neoliberal do governo foi a mudança em seu lema. No primeiro mandato, Dilma elegeu como lema “país rico é país sem pobreza”, o que indicava um foco na política de inclusão social e distribuição de renda. No novo mandato, o lema será “pátria educadora”, o que remete a um modelo de ascensão social baseada no mérito, como defende o neoliberalismo. De forma contraditória, a educação foi anunciada como prioridade e, ao mesmo tempo, foi o setor mais penalizado com o corte de gastos anunciado pelo governo. Além disso, a queda do preço do barril de petróleo, no mercado internacional, inviabiliza a exploração do Pré-Sal e, por consequência, os repasses de parte dos recursos auferidos com sua exploração e venda para educação. Para que a reserva do Pré-Sal cubra suas despesas de exploração, é preciso que o valor do barril no mercado internacional seja cotado entre 115 a 120 dólares, sendo que, atualmente, é cotado a 50 dólares o barril. E por falar em petróleo, o escândalo da Petrobras é um fator que, a qualquer momento, pode trazer efeitos negativos para o governo e seus aliados, e, o mais grave, a prisão de deputados da base aliada e do PT, ministros, e até mesmo a cassação da Dilma.

Ajuste fiscal, com criação de novos impostos e cortes nos gastos do governo; empresas fazendo demissões em massa; enfraquecimento dos direitos trabalhistas; ministra anunciando o fim do latifúndio e da reforma agrária no país; aliados se colocando contra o projeto de regulação da mídia, sejam bem-vindos à “pátria educadora” ou ao atolamento do país no neoliberalismo.

* Uribam Xaiver

Professor do Departamento de Ciências Sociais da UFC.

Tribo Anacé denuncia irregularidades em obras de instalação da futura refinaria do Pecém

A etnia Anacé formalizará uma série de denúncias em decorrência de irregularidades no processo de reassentamento, decorrente da instalação da Refinaria Premium II no Pecém. Isso ocorrerá às 14 horas desta segunda-feira, junto ao Ministério Público Federal.

A transferência de duas das quatro aldeias Anacés para uma Reserva (parte de um acordo de reassentamento) deve se dar ainda em 2015, em decorrência da instalação da Refinaria e as obras de terraplanagem do terreno e a construção das casas ocorrem desde o final do ano passado. No entanto, relatos do povo Anacé apontam que a empresa responsável está cometendo uma série de irregularidades que envolvem, por exemplo, o aterramento de uma lagoa dentro da área, além de problemas referentes a estrutura inicialmente pensada e definida pelo povo Anacé para as casas.

O embate pela demarcação das terras Anacés já se desenrola há alguns anos, pelo projeto de construção da Refinaria Premium II, da Petrobras, no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), em terras pertencentes às famílias indígenas.

Camilo receberá companheiro Arlindo Chinaglia

O governador Camilo Santana (PT) receberá em audiência, nesta terça-feira, a partir das 11h30min, no Palácio da Abolição, o deputado federal Arlindo Chinaglia (PT/SP). Ele chegará em ritmo de campanha de candidato a presidente da Câmara dos Deputados.

Além de encontro com Camilo, levado pelo vice-presidente nacional petista, o deputado federal José Nobre Guimarães, o parlamentar ainda almoçará com boa parte da bancada cearense. Também no Abolição.

Índice que regula alugueis começa ano em queda

“A inflação medida pelo Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) fechou o primeiro decênio do ano com taxa de variação de 0,29%, registrando queda de 0,34 ponto percentual em relação aos 0,63% da alta do indicador no mesmo período de dezembro do ano passado. A apuração referente ao primeiro decêndio do IGP-M de janeiro compreendeu o intervalo entre os dias 21 e 31 do mês de dezembro.

Os dados foram divulgados hoje (12) pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV) e refletem preços menores captados em dois dos três componentes do IGP-M. O Indicador é utilizado como parâmetro para o reajuste dos preços dos aluguéis, de tarifas públicas e planos e seguros da saúde.

A principal influência foi exercida pelo Índice de Preços no Atacado (IPA) que, com peso de 60% na composição do IGP-M, sofreu retração de 0,48 ponto percentual – de 0,71% para 0,23%, no primeiro decêncio do ano. Já o Índice Nacional de Custos da Construção (INCC), com peso de 10%, caiu 0,33 ponto percentual – de 0,41% para 0,08%.

Único a fechar o mês em alta, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) fechou com uma pequena elevação: 0,01 ponto percentual – de 0,51% para 0,52%. Cinco das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram acréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição partiu do grupo Alimentação (0,47% para 1,01%).

Também apresentaram acréscimo nas taxas de variação os grupos Vestuário (0,34% para 0,85%); Habitação (0,50% para 0,51%); Comunicação (0,19% para 0,28%); e Despesas Diversas (0,11% para 0,16%).”

(Agência Brasil)

 

Parlamentar cobra a retomada das obras de ampliação do Aeroporto Pinto Martins

anibnalgomess

O deputado federal Aníbal Gomes (PMDB) cobrou, durante audiência com o ministro da Aviação, Eliseu Padilha, a retomada das obras de ampliação do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza.

Aníbal expôs sua preocupação quanto à paralisação das obras do terminal, que deveriam ter sido concluídas bem antes da Copa de 2016, mas acabou interrompida em maio do ano passado pela empreiteira responsável, que não cumpriu o contrato firmado com a Infraero. Foram executados 15,6% das obras previstas até a interrupção das obras.

O parlamentar lamenta o prejuízo que a não conclusão da obra causa para o turismo do Estado. Lembra também que a ampliação do aeroporto precisa sair do papel porque Fortaleza terá o maior centro olímpico do país, precisamos de um aeroporto adequado”.

A Infraero informa que um novo edital foi publicado no dia 6 de janeiro, com abertura da licitação prevista para o dia 3 de março. Estão previstas a construção de uma nova sala de embarque doméstico, com 1.350 m², e a ampliação do pátio de aeronaves, que passou a ter 163,2 mil m². Aníbal pediu ainda revisão do fluxo de embarque e desembarque, pois tem havido choque de passageiros nos horários de pico. O ministro Eliseu Padilha prometeu solicitar à Infraero “uma avaliação” das observações do deputado.

(Foto – Secretaria da Aviação Comercial)

Mercado financeiro volta a elevar a projeção da inflação deste ano

“Os investidores e os analistas do mercado financeiro voltaram a elevar a projeção de inflação para 2015, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A projeção passou de 6,56% para 6,6%. A estimativa segue acima do teto da meta, que é 6,5%. Os dados são do boletim Focus, divulgado hoje (12) pelo Banco Central (BC).

A autoridade monetária se comprometeu a fazer a inflação chegar ao centro da meta, de 4,5%, em 2016. Na sexta-feira (9), o presidente do BC, Alexandre Tombini, reafirmou o compromisso ao comentar o IPCA de 2014, que fechou em 6,41%.

O boletim Focus da última semana também reduziu pela segunda vez a projeção do crescimento da economia para 2015, de 0,5% para 0,4%. A estimativa para os preços administrados, que sofrem algum tipo de influência do governo, teve alta pela quinta semana, passando de 7,85% para 8%. Com relação à taxa básica de juros, a Selic, a previsão para 2015 permanece em 12,5% ao ano. A projeção de câmbio também foi mantida, em R$ 2,80.”

(Agência Brasil)

Alistamento militar vaia té 30 de junho

jveoemem

Fila do alistamento em Fortaleza.

“O prazo para o alistamento militar vai até 30 de junho para os cidadãos brasileiros do sexo masculino nascidos em 1997 e que completam 18 anos em 2015. Neste período, os jovens devem se apresentar à Junta de Serviço Militar (JSM) municipal mais próxima de sua residência. O alistamento militar é obrigatório e independe de grau de escolaridade. O Serviço Militar inicial obrigatório tem duração de 12 meses, e pode ser reduzido por dois meses ou prorrogado por até seis meses.

Os documentos necessários para o alistamento são: Certidão de Nascimento ou equivalente (identidade, Carteira de Habilitação ou de trabalho), comprovante de residência, foto 3×4 recente, de frente e sem retoques. No caso de ser naturalizado, o interessado deve levar a prova de naturalização ou certidão do termo de opção. Também existe a opção de pré-alistamento, que visa a acelerar o processo, para que o cidadão permaneça o mínimo de tempo na JSM.

Segundo o Ministério da Defesa, caso o cidadão tenha filhos, também é necessária a apresentação das certidões de nascimento das crianças. Jovens com deficiência precisam apresentar atestado médico. Todos os documentos devem ser originais.”

(Agência Brasil/ Foto – Paulo MOsKa)

Ministério do Trabalho gastará R$ 700 mil para divulgar FGTS em palavras cruzadas

manueldias

Pedetista Manuel Dias fechou o acerto.

A tesoura do Ministério dom Trabalho e Emprego passou no abono salarial e no seguro-desemprego, mas poupou uma campanha midiática de 5 milhões de reais para divulgar o FGTS.

Só de revistas de palavras cruzadas serão gastos cerca de 700.000 reais, informa a Coluna Radar, da Veja Online.

CGU expulsou 550 servidores públicos em 2014

A Controladoria Geral da união expulsou, no ano passado, 550 agentes públicos por envolvimento em atividades contrárias à Lei 8.112/1990 (que rege o funcionalismo público federal). Os dados constam de levantamento divulgado órgão.
De acordo com a CGU, o número é recorde no comparativo dos últimos 12 anos. Ao todo, foram registradas 423 demissões de servidores efetivos, 58 destituições de ocupantes de cargos em comissão e 69 cassações de aposentadorias. As penalidades foram aplicadas pelos órgãos da administração pública federal.

Copa do Nordeste – Ceará e Fortaleza podem receber cota de tevê antecipadamente

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=UXVPvA6Y9GE[/youtube]

O vice-presidente da Federação Cearense de Futebol, Eudes Bringel, terá reunião, nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro, com a cúpula do Canal Esporte Interativo, detentor dos direitos de transmissão da Copa do Nordeste. O objetivo é tentar a liberação antecipada da cota de R$ 300 mil do Ceará e do Fortaleza que diz respeito aos direitos de imagem.

Segundo Eudes Bringel,  alvinegros e tricolores teriam assim mais fundos para continuar o trabalho de reforço das equipes, não só para a Copa Nordeste e o Estadual, mas, principalmente, de olho nos cerames nacionais da CBF.

Eudes Bringel admitiu que a partida do Ceará e Fortaleza, na Copa do Nordeste, pode sofrer alteração de data.

Dilma fará primeira reunião com ministros dia 27

A presidente Dilma Rousseff fará, no próximo dia 27, a primeira reunião ministerial do governo. Ela receberá no Salão Oval do Palácio do Planalto os 39 ministros que compõem o primeiro escalão.

O objetivo é começar a traçar as primeiras ações da gestão que, em termos de prioridade, terá como prioridade fazer o País voltar a crescer economicamente.

Dilma deverá fechar algumas medidas que mandará para o Congresso Nacional, com atividades sendo retomadas a partir de 2 de fevereiro próximo.

Cid Gomes é papai pela terceira vez

cidfacee

O ministro da Educação, Cid Gomes (Pros0, é papai de novo. Ele divulgou no facebook que nasceu, na noite do último sábado, seu terceiro filho: “Nasceu, às 20:00, o Pedro, meu terceiro filho. Graças a Deus com muita vitalidade!”, disse na postagem. O ex-governador ganhou parabéns de muitos Internautas.

Cid Gomes tem mais dois filhos: Rodrigo Gomes (17 anos), fruto de seu primeiro casamento, e Matheus Gomes (7), primeiro filho de Maria Célia Habib, que deu à luz no Hospital Gastroclínica.

(Fioto- Facebook de Cid)

Cid Gomes quer discutir novo modelo para o Enem

144 1

“O ministro da Educação, Cid Gomes, pretende discutir a possibilidade de tornar públicas as questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), liberando ao público um banco de dados com mais de 70 mil questões de todas as áreas. Com isso, a prova poderia ser feita por computador, aplicada em terminais em todo o país.

NACIONAL

Hoje (9), em Recife, ele comentou a proposta, uma alternativa que simplificaria e manteria a confiabilidade do exame. De acordo com o ministro, tornar público não faria o exame mais fácil. Seria necessário ser “um gênio para memorizar todas as questões”. A prática, segundo o Ministério da Educação (MEC), já ocorre em outros países.

“Existe um esforço violento para fazer com que 7 milhões de pessoas sentem para fazer uma prova e isso, naturalmente, gera uma série de complicações”, disse. A intenção é que o exame não ocorra apenas uma vez por ano, mas que o candidato possa se inscrever e tenha um tempo para ir ao local de prova e fazê-la.

Não há prazo para colocar em prática o novo modelo. Cid Gomes ainda vai debater a proposta com técnicos e acadêmicos e com a sociedade, antes de apresentá-la para análise da presidenta Dilma Rousseff.”

(Agência Brasil)

Confirmado. Arlindo Chinaglia visitará Fortaleza, em campanha, na próxima terça-feira

foto guimarães pt-ce

O deputado federal José Nobre Guimarães (PT) confirma, nesta sexta-feira: na próxima terça-feira, às 11 horas, o deputado federal Arlindo Chinaglia (PT/SP), desembarcará em Fortaleza em ritmo de campanha. Ele é candidato a presidente da Câmara.

Do Aeroporto Internacional Pinto Martins, Chinaglia seguirá para o Palácio da Abolição, onde terá audiência com o governador Camilo Santana (PT). Depois, almoçará com a bancada federal para expor os porquês de querer presidir a Câmara.

Em Fortaleza, Chinaglia se encontrará com o ainda líder do PT na Casa, Vicentinho (SP), que, inclusive, passa férias no litoral cearense.

Arlindo Chinaglia já ocupou a presidência da Câmara entre 2007 e 2009, ainda durante o governo Lula, foi líder do PT (2004-2005) e líder do governo Dilma na Câmara (2012-2014).

DETALHE – Eduardo Cunha, também postulante à Câmara, visitará Fortaleza, em ritmo de campanha, dia 6.

 

Ministério da Integração manda nota para Blog sobre obras da transposição do São Francisco

Do Ministério da Integração Nacional, este Blog recebeu a seguinte nota em resposta a postagem que fizemos reverberando nota da Veja Online sobre obras da transposição do rio São Francisco. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Com relação ao post publicado em seu Blog com o título “Operação Lava-Jato causa efeito nas obras da Transposição do rio São Francisco”, a assessoria de comunicação do Ministério da Integração Nacional esclarece o seguinte:

– de acordo com o cronograma de atividades da Mendes Júnior, responsável pelo trecho da Meta 1 Norte do Projeto São Francisco, a empresa ampliará a mobilização de funcionários nas frentes de serviço entre os municípios pernambucanos de Cabrobó e Salgueiro, a partir da próxima semana.

– os pagamentos mais recentes efetuados por esta Pasta para empresa Mendes Júnior ocorreram em 30/12/2014 e em 5/1/2015 e totalizaram R$ 16,2 milhões.

Sem mais,

* Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Integração Nacional.